Um Gre-Nal de renascidos e zumbis

08/05/2011 at 20:53 190 comentários

Os colorados devem estar puxando as tripas pelo umbigo para extrair a raiva e a demência interior que se apodera de seus corpos destroçados, mas também os gremistas devem sentir certo desconforto. Afinal, se Renato tivesse adiantado esta mesma escalação que praticamente garantiu o campeonato gaúcho ao vencer o Inter por 3 a 2 contra os católicos chilenos, seriam grandes as chances de estar presente nas quartas-de-final da Libertadores.

Tratou-se de um clássico reprovável desde os primeiros toques na bola. Obscenamente ofensivo, com despudoradas e repetidas chances de gol desperdiçadas que só causam sofrimento na torcida, ainda mais se contamos com duas defesas AUTISTAS, desqualificadas e que se posicionam como quem desvia das pessoas às quatro da tarde na Rua da Praia.

Pelo lado gremista, um atenuante, já que Vílson compunha um remendo junto de Rodolfo, e nas laterais Mário Fernandes e Gílson até que se saíram bem. Pelo Inter, Nei, Bolívar e Rodrigo mereciam ser enfiados dentro de um saco e levarem uma surra de EXTINTOR DE INCÊNCIO. Apenas na primeira etapa, erraram quatro saídas de bola, o que faria qualquer treinador consciente substituir os três ao mesmo tempos antes dos quinze minutos de jogo.

Na primeira etapa, gremistas e colorados revezaram-se no domínio do jogo. Renato Portaluppi, de forma acertada e óbvia, tratou de explorar a total inexistência de física e moral de Nei, primeiro com Escudero, que fez seu melhor jogo no Grêmio, e depois com Leandro, de grande apresentação, que no início deu uma cabeçada sensacional e quase abriu o placar. Depois, os FALKO BOYS tomaram o controle do jogo, especialmente quando D’Alessandro e Kléber caíam no lado de Mário Fernandes, armando algumas TRAQUINAGENS para chamarem Damião e Andrezinho, que marcou o primeiro gol após um pivô involuntário de Rafael Sóbis.

Após o gol, o Inter cresceu e poderia ter ampliado, novamente com Andrezinho, Kléber e Rafael Sóbis. Mas este Gre-Nal era tão GANG BANG que logo os tricolores, com Escudero desfilando na meia e Leandro montado e dando ESPORAÇOS em Nei, passaram a desperdiçar chances cristalinas, com o aparentemente azarado Viçosa, que perdeu duas na cara de Renan. Ele mesmo, no entanto, marcaria o gol do empate quando, após um cruzamento cheio de LOCURAMA, Renan saiu sem pára-quedas e o viçoso atacante desviou para as redes.

Mas algo que a incipiente Era Falcão vem mostrando é que toda a desgraça pode se tornar mais PUNGENTE após o intervalo. Alguns treinadores  liberam a cerveja após as vitórias, mas o eterno deus supremo do Beira-Rio me dá a impressão de que incentiva a leitura de poesia inglea e o chá de camomila. Certamente segue a filosofia do presidente Luigi, que me faz cortar os pulsos e invocar Lord Byron a cada entrevista. É muita depressão para um clube só.

Repetindo a última quarta-feira, os colorados não viram a cor da bola até levar o gol de Leandro, em rapida troca de passes pela direita. O lado positivo é que contra o Peñarol o gol saiu aos doze segundos e ontem conseguimos aguentar quase um minito e meio. Em 2018, de repente seguramos até os cinco minutos. Na primeira metade do segunto tempo, o Internacional teve a atuação mais ridícula, risível, desajeitada e desinteressada que presenciei em toda minha vida.

Exceto por Kléber, a defesa inteira era um convite ao DESFLORAMENTO. O meio de campo estava virado numa órgia ébria, sem organização defensiva ou qualidade em sair para o jogo. O Grêmio fazia o simples, o óbvio, explorando os espaços que havia na frente da área do Inter, com Leandro, e depois Lúcio, realizando uma COLONOSCOPIA em Nei e Bolivar, sem correr riscos quaisquer, mas talvez com pouco ímpeto ofensivo. Se o tivesse, poderia marcar uns quatro ou cinco gols ao natural.

Esse era o panorama quando Damião empatou aos 36 do segundo tempo, um gol que carregava toneladas de surpresa, tamanha era a NEGRIDÃO que se esparramava sobre o time do Inter. Um gol que era uma injusta benção, que, pasmem, deixava na boca o adocicado gosto de uma vitória. Sem vantagem no placar, sem qualquer autoridade moral, mas, devido às circunstâncias, uma vitória.  No entanto, em vez de se aventurar a uma última e desesperada tentativa de encurralar o adversário, esse time COVARDE, sem gana, que faz o vermelho parecer amarelo, não demorou a se entregar ao JUGO do rival, que marcou com Viçosa o terceiro e previsível gol do Gre-Nal, que deu ao placar o mínimo de justiça.

Apenas uma hecatombe tira o título do Grêmio, virtual campeão. O que certamente dará certa tranquilidade ao clube e ao time, que poderá, com a volta dos titulares baleados, se refazer da campanha TRÔPEGA na Libertadores e, buscando reforços, começar o Brasileiro olhando apenas para a parte de cima da tabela.

No Inter, tudo se desmorona. E apenas um messias lunático e furioso que seja capaz de incendiar, de forma real e metafórica, o vestiário, o estádio, o gramado, a alma dos torcedores e os cabelos de cada jogador, apenas uma pessoa deste quilate de insanidade e fúria pode tirar o Inter de sua depressão de novo rico, de um clube que vive um paradoxo surreal ao extremo:  apesar de ser cada vez mais vencedor, parece ter cada vez menos vontade de vencer.

E a pior notícia para os colorados é que esse parágrafo não faz sentido e hoje não existe ninguém assim no Beira-Rio.

Fotos: Jefferson Bernardes/Gazeta Press e site do Grêmio.

Saudações,
Douglas Ceconello.

Anúncios

Entry filed under: Gauchão.

O Inter está morto. Longa vida ao Inter? Casa estranha, a duas mil léguas da minha (Parte I)

190 Comentários Add your own

  • 1. col  |  08/05/2011 às 20:59

    Volta ABel.

  • 2. Vizzotto (Goleiro)  |  08/05/2011 às 21:05

    Meu zagueiraço, Cecco! Sei que é muito canalha da minha parte dizer isso, mas… MAS…
    A DOR TE FAZ MUITO BEM!!!! Escreves melhor quando sofre!!
    Hauhauhauahuhauhauau

    E, calma!! Na dia em que tu fores entrevistar o Falcon tu vais descobrir que o chá que ele toma não é camomila. É AGUA DE MELISSA!!
    Hauhauhauhahauahu

  • 3. Luís Felipe  |  08/05/2011 às 21:07

    Renan foi o culpado pela derrota. Bastava ficar debaixo das traves.

    Mesmo assim, isso não apaga o principal fato desse jogo: o Inter sofreu uma devastação psicológica. O time entra em campo sem foco e ao levar o gol, desmorona. Falcão não consegue sustentar os ânimos desse time.

    Quando Falcão reclama da falta de tempo e Siegmann diz que o grupo precisa ser reformulado, isso tem a ver com o que foi dito no texto anterior, ainda que ninguém concorde. Perceberam que esse ‘grupo vencedor sem vontade de vencer’ chegou ao fim, mas a mudança não acontece de uma hora para outra.

    Um time de cachorros mancos, caolhos e sarnentos teria derrotado o Inter hoje. Mesmo nos 20 minutos em que apresentou superioridade, o Inter não tinha a menor condição de sustentar essa vitória, nem de conquistar esse título.

    Acrescento: o Inter ainda pode vencer o campeonato no domingo que vem, e isso será um desastre ainda maior do que perder de forma humilhante. Por que as mudanças que devem acontecer não ocorrerão, e o time sucumbirá no Campeonato Brasileiro.

    Não vejo saída. Tempos muito difíceis estão a caminho.

  • 4. Sancho  |  08/05/2011 às 21:09

    8)

  • 5. Frederico  |  08/05/2011 às 21:11

    Volta Azmuz, Fernando Miranda… Fica Siegmann.

  • 6. Sancho  |  08/05/2011 às 21:11

    Renato escalou o time de maneira correta com uma semana de atraso…

  • 7. Anônimo  |  08/05/2011 às 21:11

    Ultimo paragrafo é o apelo de mais sem vergonha pela volta de Abel.

    O que nos consola é o renato sofre como o torcedor…

  • 8. Matheus  |  08/05/2011 às 21:15

    Sou eu no #7…

    Alias como joga esse Damião, Vida sem centroavante é uma merda..

  • 9. douglasceconello  |  08/05/2011 às 21:15

    Não é sobre Abel. É sobre o MESSIAS mesmo. Não há saída. Estamos ferrados. Voltamos a 1980. Tudo será negro.

  • 10. Lucas Cavalheiro  |  08/05/2011 às 21:19

    2. Lucas Cavalheiro | 20/04/2011 às 00:56

    Acho que eles jogam GOLFE no intervalo.
    Vou dar meu pitaco antes que a merda aconteça:
    A defesa (lenta) jogar adiantada como foi hoje vai dar merda com o primeiro time que souber trocar 3 passes e fazer ultrapassagens. Ninguém marca o homem que vem de trás.

    Tá avisado.

    em https://impedimento.wordpress.com/2011/04/20/flerte-com-o-desastre-casorio-com-o-alivio/

    Eu >> Falcão.

  • 11. Lol  |  08/05/2011 às 21:20

    Se minha memória não estiver me traindo, Renan já levou gol exatamente assim em outras partidas.

  • 12. Vizzotto (Goleiro)  |  08/05/2011 às 21:21

    #10

    Sorte que hoje o Renato escalou um time que consegue trocar 3 passes NA FRENTE!!
    Pq com o Fernando é impossível!! O cara não acerta nem passe de 30 cm!!

  • 13. Prestes  |  08/05/2011 às 21:22

    Sim, o Renan é o único goleiro do mundo que leva mais de um gol de cabeça de fora da área em uma mesma partida.

    Se o Palermo jogasse no Grêmio teria feito OITO GOLS de cabeça do MEIO DO CAMPO hoje.

  • 14. Eduardo  |  08/05/2011 às 21:32

    #9
    que MUTLEY te ouça!!!

    12.Eduardo | 08/05/2011 às 00:40

    vou fazer um “plágio” do comentário dos corinthianos no post anterior:
    “QUERO MEU RIVAL DE VOLTA”, àquele, dos anos 90. só no quase e na base do bastantão….

  • 15. Eduardo  |  08/05/2011 às 21:33

    vou repetir porque gostei!!!

    Renato
    Roeu a
    Roupa do
    Rei de
    Roma!!!

  • 16. Vitor Hugo  |  08/05/2011 às 21:35

    Me caguei todo, de tanto rir, mas pode ser simplesmente desespero e um flashback terrível que, para os nascidos da década de 80, como eu, nunca poderemos esquecer e talvez acreditássemos que não viveríamos novamente.

  • 17. Vitor Hugo  |  08/05/2011 às 21:38

    Portão 8 feelings.

  • 18. Lucas Cavalheiro  |  08/05/2011 às 21:38

    Eu não vou fazer essa terra arrasada que os colorados daqui estão fazendo.

    Mas o Falcão não pode ter uma característica que 99% dos treinadores tem: a teimosia.

    Zaga adiantada = lançamentos nas costas da zaga. No outro grenal, o Leandro chutou uma na rede pelo lado de fora. Hoje foram só replays do mesmo lance, mas com efetividade (pela falha do Renan).

    E aí que falha quem resume a derrota colorada pelas falhas do Renan: se continuar com a zaga adiantada dessa forma, é só meter a bola no peito do atacante que ele domina entra com bola, Renan e tudo pra dentro do gol.

    Esse grenal me deu uma esperança, apesar de tudo: Nei e Vôlívar vaiados durante o jogo. Torcida está acordando.

    Urge um lateral direito, um zagueiro e um 2o atacante veloz (volta TAISON aeajelakej)

  • 19. Paul  |  08/05/2011 às 21:39

    “E a pior notícia para os colorados é que este parágrafo não faz sentido e hoje não existe ninguém assim no Beira-Rio.”

  • 20. Prestes  |  08/05/2011 às 21:43

    Um nome para ajeitar TUDO no Inter, zaga, motivação, etc.: LUCIMAR DA SILVA FERREIRA.

  • 21. Eduardo  |  08/05/2011 às 21:44

    bah meu, não tinha visto o jogo. estava apenas acompanhando alguns PEDAÇOS por um minuto a minuto no telefone…
    agora que vi os lances…. sério, o renan tomou um gol de cabeça DO MEIO DO CAMPO…. comentei no outro grenal… mas SE colorado fosse, eu me preocuparia… o GRÊMIO tá fraco, mas fazer UM ponto contra esse GRÊMIO em 2 jogos em casa… o inter teve MUITA sorte de não ter o GRENAL pela liber…
    pode reverter na semana que vem?? claro que pode. lembram do ano passado? fez gol no começo e o jogo foi todo cagado, pros 2 lados.,… mas convenhamos… RENAN é nosso melhor jogador…

  • 22. Prestes  |  08/05/2011 às 21:49

    Será o Lucio o MESSIAS do último parágrafo???

  • 23. Lucian  |  08/05/2011 às 21:49

    O último parágrafo é genial estilisticamente, mas porra, pensar assim é continuar com a mesma mentalidade de que o Inter tem um grupo acima da média e que o principal problema é de postura. Não dá mais pra se enganar. Tá evidente que temos problema de goleiro, lateral direito, zagueiros e atacante. Isso é quase meio time. A proposta de jogo do Falcão só escancarou isso, pois agora não dá pra botar a culpa na retranca. E no fundo, isso pode ser bom.

  • 24. Gabriel  |  08/05/2011 às 21:53

    Acho que esse é o ano do Brasileirão, que bate na trave desde 2005.

  • 25. Allan Garcia  |  08/05/2011 às 21:58

    Sou do tempo em que todo time entrava em campo buscando marcar um gol antes dos 15 minutos, para colocar o adversário sob pressão e explorar os espaços deixados por ele ao se lançar ao ataque. Mas, pelo que ando vendo, o Falcão veio pra revolucionar tudo o que sabemos sobre futebol.

    É amigos, começou uma nova década… Parece que a gangorra vai virar de novo…

  • 26. Ernesto  |  08/05/2011 às 22:00

    #24 pensamento mágico, hashashsahsahsa.

    Falcão, se tiver hombridade e largar o homossexualismo, deveria ele mesmo, trazer algum descendente do CAÇAPAVA. Falta proteção à zaga. Bolatti joga muito, mas não é primeiro volante. Guinazu nao guarda posição.

  • 27. Eduardo  |  08/05/2011 às 22:02

    off topic: lendo alguns posts sobre o campeonato mineiro…
    Once Caldas x Cruzeiro :
    time do Renteria x Time da Desinteria…

  • 28. Lucian  |  08/05/2011 às 22:03

    Assim como até semana passada a SOBERBA imperava entre os vermelhos, acho que é cedo demais para os azuis falaram em domínio e mudança de cenário. Hoje qualquer um ganhava do Inter. Esse time do grêmio não tá grande coisa também.

  • 29. Allan Garcia  |  08/05/2011 às 22:04

    Aliás, alguém pode me ajudar a lembrar quando foi a última vez que o Inter derrotou o Grêmio no Beira-Rio? Empate que dava título ou vantagem não vale…

  • 30. Eduardo  |  08/05/2011 às 22:04

    #28 favor RELER o 21…
    pelo menos essa é MINHA opinião!!!

  • 31. Eduardo  |  08/05/2011 às 22:05

    #29 Acho que foi o 4 x 1 de 2008.

  • 32. Matheus  |  08/05/2011 às 22:06

    Srs,

    vamos ser sinceros:

    Goleiros: dois desequilibrados emocionais
    Laterais: só o Kleber, o outro é zag.+ duas pulhas
    Zagueiros: fim de carreira.
    Volantes: Bolatti e olhe lá, de resto umas antas gordas e um pivete
    Meias: dengoso, zangado, soneca e TIMIDO
    Atacantes: um 9 e um 7 das antigas + duas long neck descartavel

    Essa é nossa realidade.

  • 33. KICHA  |  08/05/2011 às 22:06

    Obrigado pela genial última frase. Maior verdade.

  • 34. Sacchet  |  08/05/2011 às 22:07

    Colonoscopia em Nei e Bolívar. Muito bom! Acordei minha mãe aqui.

  • 35. Rafael L  |  08/05/2011 às 22:09

    #15 Mijei no pijama

    Tem que fazer uma faixa pro Domingo

  • 36. Vizzotto (Goleiro)  |  08/05/2011 às 22:13

    #32

    Tu transformou um dos melhores elencos do Brasil em uma piada!!
    É isso???

    SANTO GREnada!!
    Hauhauahuahauhauhauh

  • 37. Eduardo  |  08/05/2011 às 22:14

    #35 um amigo postou no Facebook dele…
    aí veio um comentário MELHOR!!!

    “Renato Rasgou a Rosca do Rei de Roma!!”

  • 38. Matheus  |  08/05/2011 às 22:16

    #36

    tava falando dos 22 que começaram a gre-nal.

  • 39. Ernesto  |  08/05/2011 às 22:18

    Não queria que fosse com o meu time, mas pelo menos temos uma noção, com Falcão, de como comentaristas não entendem NADA de futebol.

  • 40. Roger  |  08/05/2011 às 22:18

    #29
    Brasileirão de 2009
    1 x0 , gol do dalessandro de fora da area

  • 41. Wilson Farina  |  08/05/2011 às 22:22

    Renan errou, mas foi tentando corrigir as cagadas da defesa. Como disseram aí, se ele fica embaixo do gol, o atacante entrava cara a cara e fazia o gol igual (ou não, como o proprio Renan salvou no começo do jogo, mas daí ninguem lembra).

    Domingo que vem é um bom dia pra estreiar Moledo e Juan como zagueiros titulares, e um camisa 5 q não existe no Beira-Rio desde a saída do Edinho.

  • 42. Allan Garcia  |  08/05/2011 às 22:23

    # 40
    Obrigado Roger, foi esse mesmo.

    Mário Sérgio era o técnico… De lá pra cá, tivemos Fossati, Roth e Falcão… E nenhum deles conseguiu ganhar do Grêmio no Beira-Rio.

    Minha depressão não tem hora pra ir embora hoje…

  • 43. alemao  |  08/05/2011 às 22:23

    acho q o falcao tem q orientar o time das cabines de rádio…de lá suas teorias funcionam lindamente.

    Ou contrata o galvao bueno de auxiliar tecnico.

    32. considero q o rochemback jogou pra caraleo, até mais q o boleta.

  • 44. Márcio Floriano  |  08/05/2011 às 22:25

    texto do alliati e cecconi no globoesporte.com sobre o clássico ao estilo impedimento

    só estilo mesmo

  • 45. Vizzotto (Goleiro)  |  08/05/2011 às 22:27

    #38

    Entre esses, 11 eram do Inter!!
    E não concordo com praticamente nenhuma análise que tu fez do time do Grêmio!
    Marcelo desequilibrado????
    Zagueiros em fim de carreira???

    Concordo com os laterais (espero que os pulhas tenhas usado pros do Grêmio) e que o ANTA GORDA seja especificamente para o FERNANDO!!

    Quanto ao resto, não comentarei!! Faltam palavras! Hauahuahu

  • 46. Eduardo  |  08/05/2011 às 22:30

    pergunta que não quer calar… SE o Grêmio for campeão, Cazalberto volta prá foto???

  • 47. Márcio Floriano  |  08/05/2011 às 22:30

    uma demasia o vermelho pro escudero.
    a bota do bolatti no lúcio foi semelhante e ficou no amarelo
    tinga poderia ter tomado o cartão em mais de um lance. ainda tiveram os lances do bolivar e do rodrigo…

  • 48. Cesar Cardoso  |  08/05/2011 às 22:31

    É inacreditável que um goleiro profissional que se preze leve DOIS GOLS de fora da área NO MESMO JOGO. Simples assim.

    Fora isso, o Falcão está sentindo na pele que falar do jogo como comentarista, no alto das cabines, com replays e comentaristas de arbitragem é fácil; na beira do campo, não tendo replay e não tendo tempo, é outra conversa. E este sono do Inter na volta do intervalo é um caso muito preocupante.

  • 49. Gelso Job  |  08/05/2011 às 22:34

    Falcão – Novo Paulo Autuori?
    Em 2008 Celso Roth tinha levado o Grêmio, com um time sofrível a ser vice-campeão brasileiro. No ano seguinte estava muito bem na libertadores, quando foi demitido para dar lugar a Paulo Autuori. Treinador de estilo controvertido, que ficava durante os jogos apenas observando o time, sem demonstrar nenhum insentivo ou indignação com o que ocorria em campo.
    O fato é que Autuori não rendeu o que esperava no Tricolor Gaúcho, que foi eliminado da Copa Libertadores da América sem vencer nenhuma partida desde que ele assumiu o clube e o time ganhou apenas uma partida fora do Estádio Olímpico Monumental em seu comando, contra o Náutico, no Estádio dos Aflitos, por 2 a 0.
    Agora novamente demite-se Roth e contrata-se um técnico de estilo semelhante, que se esconde na casamata quando seu time está perdendo e apenas aparece para comemorar quando seu time faz um gol.
    Só que desta vez é o meu Inter.
    Já vi este filme antes…
    Em tempo: em 1999 Paulo Autuori também treinou o Inter. Os resultados foram simplesmente catastróficos.

  • 50. Márcio Floriano  |  08/05/2011 às 22:34

    #46
    bá, e pensar que se o cazalbert estivesse aqui ele teria jogado hoje

  • 51. Luís Felipe  |  08/05/2011 às 22:35

    O discurso do Falcão é muito semelhante ao do Autuori.

  • 52. Eduardo  |  08/05/2011 às 22:37

    comentário de outro amigo…

    Obrigado Renan, você foi uma MÃE prá nós!!!

  • 53. Lucian  |  08/05/2011 às 22:42

    Faz tempo que vantagem no placar não significa nada no Beira-rio. Antes, era retranca até tomar a virada inevitável. Agora, é ficar tocando bolinha até tomar um arrodião.

  • 54. Pedro  |  08/05/2011 às 22:43

    # 44

    Bah, perdi meu tempo lendo o texto. Tu tinha sido sarcástico né?

  • 55. Fábio  |  08/05/2011 às 22:55

    O Renato finalmente usou o Escudero onde deveria ser usado, no meio campo, dando velocidade e movimentação, apesar da visivel falta de condição fisica fez um primeiro tempo muito bom. Outro fator foi Leandro e Viçosa no ataque, dois jogadores que se movimentam muito, apavorando a LENTISSIMA zaga colorada, a ausencia de Rafael Marques também foi importante, é só essa naba não jogar que o Grêmio volta a ganhar!

  • 56. Maciel Cover  |  08/05/2011 às 23:15

    E pensar que se o Borges não tivesse se expulsado na primeira partida com los cruzados no Olímpico nos ia guadanhar a américa cara, dale Escudero

  • 57. Carlos  |  08/05/2011 às 23:18

    Time matreiro, copeiro, esperto. Ganha quando quer. Letal, tal qual o Boca dos anos 2000.
    Demaissssssssssssssssssssssssssssssssss

    huaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa !!!!!

  • 58. Matheus  |  08/05/2011 às 23:24

    #57

    ironia mode turbo

  • 59. Carlos  |  08/05/2011 às 23:27

    Não é ironia, amigão.

    É MEGALOMANIA.

    Já avisei, aviso de novo. MEGALOMANIA. Mesmo q o inter ganhe o titulo no olimpico (e pode ganhar, pq não? Afinal o time do gremio é uma merda. MERDA) o time do inter TAMBÉM É OUTRA MERDA, e não adianta MEGALOMANIA.

  • 60. Lopo  |  08/05/2011 às 23:32

    Um gre-nal que tinha no banco um comentarista que acha que é técnico porque diz que gosta de assistir espetáculo (melhor ficar na cabine brigando com o Galvão), e no outro um ex-jogador que acha que pode ser técnico sem entender nada de sistema defensivo!
    #55 Acho que o Grêmio tomou dois gols ridículos, e meu maior medo para o Brasileiro é que o Renato não consiga armar uma zaga de respeito, com ou sem Rafael Marques.
    O Fernando esse tem que jogar só pra imprensa achar que ele joga algo e o Grêmio ganhar alguns euros com europeus cegos!
    O Escudero parece que não treina com o resto do grupo, e acho uma hecatombe as pessoas acharem que o Viçosa é centro-avante pro Grêmio! No mais, não vale nem mais a pena falar mal do Gilson, ta loco, que homi ruim!!!

  • 61. Serramalte Extra  |  08/05/2011 às 23:33

    O pior, gurizada, é que o inter tava quase completo e o Grêmio DESMONTADO, o Banguzinho de 95/96 tinha menos reservas em campo…

  • 62. Matheus  |  08/05/2011 às 23:35

    Sim
    Carlos esse é meu ponto

    Hj no RS tem só dois cara que jogam bola:

    Douglas e Damião.

    O resto só ocupa espaço em campo.

  • 63. Serramalte Extra  |  08/05/2011 às 23:47

    62, viu o jogo? Não viu um cara de azul com o número 5 nas costas? Acha que ele não joga?

  • 64. Matheus  |  08/05/2011 às 23:51

    Não, ele engana e muito bem.

    Ele é lento na cobertura forçando a zaga a correr por ele e segura a transição, tirando velocidade do ataque.

    Mas como ninguem no BR marca o volante, ele tem liberdade pro passe.

    Não serve como camisa 5.

  • 65. Serramalte Extra  |  08/05/2011 às 23:55

    Minha nossa… vou dormir depois dessa

  • 66. Rudi  |  09/05/2011 às 00:12

    Eu já vi o contrário

    o time do grêmio invadiu a casa colorada, saqueou e estuprou as crianças… fez o que quis e não meteu 6, 7 ou 8 por displicência

    acabando os desfalques os azuis são candidatos a pegar vaga pra libertadores talvez…

    nós? se não mudar nada faremos companhia ao (insira o nome de algum time que subiu da B esse ano exceto o curitiba) na luta contra o descenso…

  • 67. Ernesto  |  09/05/2011 às 00:12

    Esse time do Inter parece aquele magrão amador, prestes a perder a virgindade, mas que por algum azar, sempre sai errado. Fica no chalálá, trovando, naquele toque-toque que não produz nada.

    Aí quando vai pra cima, avança a primeira base, uma dedilhada, ao invés de finalizar, se fresqueia, fica igual a um mongolão e perde a foda.

  • 68. Guigui  |  09/05/2011 às 00:27

    67 – uhuahauha muito boa metáfora.
    um – o time do grêmio tá ruim, todo mundo sabe disso. mas o inter conseguiu ser pior, eh incrível.
    dois – será, somente será, que o renato andou invertendo trocando umas cabeças aí e os titulares nao deveriam estar na reserva e os reservas como titulares? a gurizada tá muito melhor que os titulares, locura rapaiz

  • 69. Vitor VEC  |  09/05/2011 às 00:40

    Não vi.
    Tava desfrutando da presença da vieja no domingo feito pra ela.
    Isso não importa, mas clássico digno de final foi este daqui.

  • 70. Eduardo  |  09/05/2011 às 00:51

    E quem serve matheus??? O espetacular?
    Rocka tem jogado Bem. Não sei ontem pois não vi, mas ele tem sido o melhor do time regularmente.

  • 71. diosandri  |  09/05/2011 às 02:19

    Resumindo o texto e comentários:

    Não foi o Grêmio que ganhou, foi o inter que perdeu.

    [Hum, tá bão então…]

  • 72. andiño ugiette  |  09/05/2011 às 03:03

    25. nenhum sentido…

  • 73. andiño ugiette  |  09/05/2011 às 03:04

    ops
    24. nenhum sentido… o 25 faz sentido sim.

  • 74. marcelo benvenutti  |  09/05/2011 às 03:32

    Me dêem 10 mil por mês, ceva e churras liberado na concentração e carta branca pra fazer o que quiser que eu derrubo o Beira-Rio e mando à Andrade Gutierrez, a Copa do Mundo, a Fifa e Fair Play pros quintos dos infernos, Na entrada do campo vou passar slides de bombas, corpos dilacerados e trilha sonora do MINISTRY

  • 75. marcelo benvenutti  |  09/05/2011 às 03:33

  • 76. marcelo benvenutti  |  09/05/2011 às 03:39

    Chega de jogador que pede pra tocar Pagode e louvor a Deus. Fodam-se todos eles. Sertanejo nem se fala. Terá as bolas cortadas ao passar as catracas do Beira-Rio.

    O apocalipse está próximo. Só nos resta aguardar o Messias. Eu já vou começar aqui a fazer minha dança fantasma me preparando pra guerra. Só os colorados restarão. E nem são os jatoinhas da música ensaiada e nem os comedores de amendoim. Seremos nós, os piores. Que não fazem parte de grupelhos, de organizadas ou de rodas de intelectuais. Somente nós, os bêbados, os doentes, as prostitutas, enfim, os verdadeiros amigos do Messias. Esperem!

  • 77. marcelo benvenutti  |  09/05/2011 às 03:46

    Já saí da Matrix. E vocês?

  • 78. Guilherme  |  09/05/2011 às 04:11

    Só existe um Leandro craque em Porto Alegre.

  • 79. Guilherme  |  09/05/2011 às 04:14

    E o Escudero é um bom reserva, que poderia ser mais utilizado. Mas é isso aí, um RESERVA do Lúcio.

    E Viçosa = Jonas 2.

  • 80. Anônimo  |  09/05/2011 às 07:52

    O Grêmio hoje é um time com a cara de Gauchão, isso é verdade.

    O mais preparado. Seguro fora de casa, competente em casa.
    E sempre jogando “feio”.

    Hoje a maturidade do Grêmio é a regularidade.. fora sempre vence por um gol, ou empata. Em casa SEMPRE vence, nunca dá show, mas SEMPRE vence.

    O Grêmio está igual ao Boca do inicio da década.
    Copeiro. Maroto. Malandro. Encorpado. Seguro. Capaz. Competente. Imponente. Inteligente.

    Enfim, repito, o Grêmio me parece muito o TIME (não o clube) do Boca de 2004, 2005, 2006, 2007. Time no sentido de jogar RAPOSAMENTE, matreiro, cancheiro.

    Posse, ataca na boa.

  • 81. Caue Fonseca  |  09/05/2011 às 08:21

    Cara, eu só fui entender como o Grêmio ganhou esse jogo lá no meio da entrevista do Renato, quando alguém perguntou sem prestar muita atenção na resposta o que ele falou pra motivar o grupo no vestiário antes do jogo:

    “Falei que a maior motivação é o poster que eles vão colocar no quarto, na parede da casa deles, quando forem campeões. Simples assim.”

    Agora tu imagina o impacto disso para os Gilsons, Wilsons, Neutons, Leandros e Viçosas da vida e o tamanho do BOCEJO se o Falcão me sai com uma dessas no vestiário dos “Campeões de Tudo.”

    Meu time é uma merda. Viva o meu time!

  • 82. El Cañestro  |  09/05/2011 às 08:23

    La crueldá humana no tiene limitaciones.

    Hace pocos dias, el gran comentênico Falcón nos encantô a todos, explanando como un equipo moderna y eficiente debe rugar. Por erremplo, la compactación del equipo, obtenida pelo adelantamiento de la defessa, permite la marcación de mêdia-pression, lo que sufoca el aversário sin contudo desgatar mucho sus rugadores. Simplesmente esplêndido.

    Contudo, indivíduos sôrdidos e oportunistas luego atcharan un reito de tirar provetcho prôprio del possicionamiento brijantemente armado por el Rex Romanvs. Inescrupulossamiente, passaran a alçar la pelota por sobre la defessa adelantada o invadila matreramente, com tabelamientos indecorossos. Tratanse de elemientos nefastos al espectáculo, adoradores de un hediondo pramatismo fubolístico que no tiene más espácio ni rassón nesto siécle.

    Pero contudo, no han sutraído de Falcón su mejor, más lerritima, convincente y gradiossa contribuisson al fúbol: su equipo siegue sendo la más divertida de se assistir.

  • 83. Milton Ribeiro  |  09/05/2011 às 08:45

    Cavenaghi não entra porque é 9. Ontem foi segundo homem de ataque. Ricardo Goulart mudaria o jogo da vida. Ontem, nem entrou. Quarta, sobrou o D’Alessandro. Ontem, foi o primeiro a sair.

    Falcão, volta pra Globo!

  • 84. Felipe (o catarina)  |  09/05/2011 às 09:04

    Maior notícia do fim de semana: Santinha da Catarina mete 2×0 no Sport na Ilha do Retiro e aproxima-se do título. E vocês ficam aí discutindo Gre-Nal? Francamente, hein…

    Mas esse negócio de taça é mera formalidade. O Santa Cruz é campeão moral de todos os campeonatos que disputa desde 2007. Imagino que o próximo jogo no Arruda vai ter pelo menos 390 mil pessoas.

  • 85. Anônimo  |  09/05/2011 às 09:19

    #12 verdade, vizzotto, o fernando tá foda de aguentar – sorte q levou o terceiro amarelo. a merda foi a expulsão ridícula do escudero. mas vamo lá, lúcio tá de volta.

    [ducker não entra no beira rio?]

  • 86. arbo  |  09/05/2011 às 09:20

    eu escrevi o #85

  • 87. Sancho  |  09/05/2011 às 09:21

    Re 84

    UM MINUTO DE JOGO, um zagueiro do Santa falha bisonhamente, deixa um atacante do Sport livre com a bola e faz falta. O juiz, naquela ânsia de “não estragar o clássico”, dá amarelo. Absurdo no nível daquela recuada de bola que o Simon fingiu que não viu em 2006…

  • 88. Sancho  |  09/05/2011 às 09:23

    O Fernando está uma CALAMIDADE. Gente que entende muito mais de futebol do que eu diz que ele tem bola, o problema só pode ser psicológico. Ele não tem maturidade para jogar como titular no profissional ainda.

  • 89. catarina cristo  |  09/05/2011 às 09:25

    #84 #87

    Vcs não tem idéia da doidice de ontem.

    Se eu disser que não consegui NEM VER NEM OUVIR o jogo ninguém acredita,

  • 90. Felipe (o catarina)  |  09/05/2011 às 09:28

    #87

    bem que ele fez. Pro Santinha, tudo.

  • 91. João Batista Mezzomo  |  09/05/2011 às 09:28

    RODRIGO É IMEXÍVEL
    O Inter vive em função do Grêmio. O Grêmio também vive em função do Inter, mas hoje trataremos somente do primeiro caso.
    Pois bem, o Inter dos dias atuais, campeão do mundo e duplamente campeão da América, é inegavelmente um sucesso, a ser copiado pelos demais clubes do Brasil (e deverá ser copiado também pelo Grêmio, mas este não é o assunto de hoje, já falamos). Podemos dizer mesmo que ele é um verdadeiro Aquiles. Por isso mesmo, possui calcanhares.
    Esse Aquiles que é o Inter nasceu e cresceu nas sombras do grande time do Grêmio dos anos 80 e 90, campeão do mundo e duplamente campeão da América. Fernando Carvalho, o homem certo na hora certa, assumiu o papel com maestria, mas se não fosse ele seria outro. Pois as coisas são assim, meninos e meninas, a história já está escrita (como demonstrou o polvo Paul), e as pessoas (nós, no caso), apenas revestimos os papéis. Mas quando revestimos os papéis, nós os revestimos como um pacote. Se o Inter é um Aquiles, Fernando Carvalho viveu e vive também os seus calcanhares. Isso é uma lei.
    A tese que estou tencionando defender (é uma tese, claro) é que o Rodrigo é imexível. Pois faz parte da ideologia que guindou esse Aquiles mostrar sua superioridade em relação ao Grêmio. Então, Fernando Carvalho e seus companheiros de geração, representando esta ideologia, sai avidamente atrás de toda a coisa jogada fora pelo Grêmio, revira o lixo do Grêmio avidamente, em busca de algo que possa afirmar sua superioridade. Algo que o Grêmio jogue fora, e possa ter valor, para mostrar a incompetência do rival. Para mostrar como ele, Fernando Carvalho, é um excepcional dirigente colorado, e seu Aquiles o mais veloz dos guerreiros. Talvez esteja aí o ponto em que iniciará a derrocada de Aquiles.
    Pois pode parecer, caros, que o Rodrigo até que não é ruim (e não é mesmo), mas a sua presença suga a força do time. Tem algo aí não dito, algo rasteiro, pouco claro. O Inter devia se preocupar unicamente com ele, mas ele não esquece o Grêmio (assim como o Grêmio não esquece o Inter, mas sobre isso não falaremos hoje). Por isso, é artificial a presença de Rodrigo no time, e isso fica assim, encoberto (como um calcanhar). E não adianta nada tirar o Rodrigo, pois o calcanhar continuará lá. Está escrito. Só falta nós sabermos quem vai vestir o chapéu.

  • 92. Alexandre N.  |  09/05/2011 às 09:30

    #84

    Rapaz, semana passada o Demonhão genialmente comemora um gol aplicando um HADOUKEN e quase ninguém dá tanta bola assim.

    Esses gauchos estão perdidos mesmo… hehedhehehehehe

  • 93. Roger  |  09/05/2011 às 09:30

    #81

    Sabe que faz muito sentido essa tua tese. Ouvi essa entrevista mas não tinha me dado conta.

    O que me indigna são as verdades absolutras que surgem ‘pós grenal’.
    Pro David Coimbra o inter ia passar por cima, vencer os dois grenais com facilidade e Damião é deus, e sei lá mais o que; agora, o Grêmio é que é o máximo, se melhorar um pouquinho a defesa vai ser campeão brasileiro!!

  • 94. catarina cristo  |  09/05/2011 às 09:34

    #84 #90

    Em cinco anos foram tantos, mas TANTOS “erros” favorecendo o Sport, inclusive deste mesmo juiz – um habituè de Pernambucanos – que um erro a favor do Santinha nem fede nem cheira. Dá nem pra reclamar.

  • 95. Sancho  |  09/05/2011 às 09:35

    Re 93

    Como diria Menotti, são los invictos.

    Melhor exemplo:

  • 96. arbo  |  09/05/2011 às 09:47

    #91 hauhauha sensacional,mto bm

    e na minha opinião, o rock & bach joga mto, mas ontem jogou abaixo do q tem jogado, errando mto passe. no entanto, ainda assim fez toda diferença. joga demais.
    e ninguém falou ainda,mas devemos agradecimentos ao marcelo, ainda q tenhamos perdidooportunidade de golear o inter (parece q o grêmio não sabe fazer isso)

    o inter jogou absolutamente nada ontem.

  • 97. Tulio  |  09/05/2011 às 09:49

    Adoro ler todas essas teorias sobre o fim de uma era, Aquiles, mudanças de filosofias…

    Já tivemos até CPI para investigar por que perdemos uma Copa. Olha que beleza.

    Mas… é só futebol. Perdeu porque o Kléber errou mais um que mataria o jogo na cara do gol, porque o Renan tomou dois gols de cabeça do meio-campo, porque o Leandro jogou melhor que o Oscar, porque o Rochemback enganou melhor que o Bolatti…

    No próximo jogo, pode ser tudo diferente.

    E ai virão mais teorias filosóficas que são o forte desse blog. Ainda bem.

  • 98. Vinicius  |  09/05/2011 às 10:01

    http://detriva.blogspot.com/2011/05/mexicanizacao-colorada.html

  • 99. João Batista Mezzomo  |  09/05/2011 às 10:03

    97
    Achar que está tudo certo, tudo normal, também faz parte da lei…..

  • 100. Tulio  |  09/05/2011 às 10:17

    Não acho que está tudo certo.

    Mas não acho porque tomou 4 gols e fez 2 nos últimos dois jogos.

    Não porque o fim da era dourada se aproxima e teremos que esperar mais 1.000 por um novo Dom Sebastião.

  • 101. poi  |  09/05/2011 às 10:19

    80. aham, ta bom, vai nessa.

  • 102. Carlos  |  09/05/2011 às 10:30

    Um troço que eu NÃO AGUENTO MAIS OUVIR é essa tal de compactação.

    É compactação pra cá, compactação pra lá.

    Compactação, meus caros, só serve pra cimento e pra merda.

  • 103. Lol  |  09/05/2011 às 10:34

    Volta Gallo! Vc é a esperança pro Bi da RECOPA!!!

  • 104. Wilson Farina  |  09/05/2011 às 10:37

    Qdo o cara acha que nada pode piorar, no Clicrbs falam que Bolivar pode sair do time, pra voltar o INDIO, mais ex-atleta q qualquer um no Beira-Rio.

  • 106. Eduardo  |  09/05/2011 às 10:52

    #105, isso prova o sucesso das redes de relacionamento… hjehehe
    quem tem amigos, TEM TUDO!!!

  • 107. juliano r.  |  09/05/2011 às 10:54

    ^ 101

    80 foi ironico, estilo “inter boca juniors dos anos 2000” só que no caso gremio…

  • 108. Alexsander  |  09/05/2011 às 10:55

    Re 87:

    “Absurdo no nível daquela recuada de bola que o Simon fingiu que não viu em 2006…”

    Vocês falam tanto daquele lance, mas seria marcado o quê? Uma mera falta de DOIS TOQUES dentro da área, quase na meia-lua. Pior que uma falta lateral, pois sendo tiro indireto teria que haver passe, e sendo de frente a vantagem no jogo aéreo seria da zaga.

    No mesmo jogo teve outro erro bisonho do Simon: depois de uma falta do ataque colorado, um jogador gremista colocou a bola no chão com as mãos, pela direita da zaga, e cobrou para um colega que estava dentro da área. O colega, distraído, pegou a bola com as mãos — pênalti. Botou no chão e cobrou de novo a falta. Simon estava correndo de costas, voltando para o meio-campo, e viu. Fernandão, que estava próximo, reclamou — e Simon ignorou.

  • 109. juliano r.  |  09/05/2011 às 10:56

    compactação na verdade existe sim, mas com zagueiros do tempo que se amarrava bandido com barbante e um lateral desiquilibrado e um soneca não tem como acontecer

    sem contar meias lentos (andrézinho…)

  • 110. Sancho  |  09/05/2011 às 11:06

    re 108

    Fala-se porque foi BISONHO. Porque ele se justificou dizendo que o CLEMER sabia as regras. Porque era final de campeonato. Porque era o Simon…

  • 111. Mandioca  |  09/05/2011 às 11:12

    #105

    Kaiser é um gênio, impagável.

  • 112. Gerhardt  |  09/05/2011 às 11:13

    hehe, esse texto do Ceco mostra q o tesão era grande, a mulher feia e o alcool escasso.

    é foda aguentar as oscilações de humor que tomam conta da midia gaucha, os veredictos e as “sumariedades” baseadas tão somente no resultado e na luminosidade do cabra Viçosa.

  • 114. Gerhardt  |  09/05/2011 às 11:24

    O cara merece destaque, não essa comparação ridícula e forçada. Normal.

    Veja bem, o loco podia ter feito 4 ontem. Ele tem 21 anos apenas e se criou num ambiente precário.
    Tem muito a melhorar, mas eu sempre disse q ele tinha mais potencial q todos os outros do ataque.

    Nessas horas o vazio cazalbertiano dá chances a um viçosa, a um escudero…

  • 115. G.Albo  |  09/05/2011 às 11:39

    #97

    Concordo.

    O Inter tem material humano; contratações, só se forem exceções – coisa que é difícil de achar, especialmente para o gol e para a lateral direita. Arrumar taticamente o time, sinceramente, Falcão e Julinho fazem em 3 rodadas no brasileirão. Isso é o menos complicado. O problema é consertar o ânimo desse grupo que, com a eliminação da Copa, entrou em depressão profunda… e começar uma reformulação tranquila, sem sobressaltos e sem correria. Começar a preparar o Juan pra titularidade, por exemplo.

    Não sou jatobá, mas também não acho que duas partidas signifiquem “o fim de uma era”, como tantos gremistas desprovidos de alegrias recentes pregam, tentando eles mesmos acreditar.

    Como ALELÃO poderia sugerir, tem que escolher se vão se arriscar pra vencer no domingo com ousadia ou ir cauteloso pra perder sem vexame. Depois disso, começa outro ano pro Inter.

  • 116. João Batista Mezzomo  |  09/05/2011 às 11:59

    100
    Pô, tu ainda lembra do Don Sebastião…rs…
    Legal que tem gente que curte essas besteiras…
    Abraço

  • 117. Rafael L  |  09/05/2011 às 12:25

    Concordo bastante com o #91.
    Mas de resto, falar que o Grêmio joga como o Boca da década passada é exagero. E que o Inter vai disputar rebaixamento… bem que eu gostaria, mas é irreal.

  • 118. Eduardo  |  09/05/2011 às 12:34

    #117 não te preocupa que isso foi uma ironia.
    há dias atrás, apareceu o mesmo texto usando “inter” no nome do time… o póximo a aparecer é o Coritiba…

  • 119. Carlos  |  09/05/2011 às 12:37

    Ai ai….sensacional a gurizada q entra aqui como um viamão lotado as 6 da tarde…

  • 120. Vinicius  |  09/05/2011 às 12:41

    O anonimo do texto #80 gremio e boca é o Carlos amargo.
    Utilizou minhas palavras que o abalaram tanto, e trocou inter por gremio.

    mais criatividade.

    gauchoes: 39 a 37.
    Inter ainda tem a Recopa.

  • 121. Carlos  |  09/05/2011 às 12:51

    Pobre do Vinicius.

    Tá tão abalado q até culpa de outro eu tô levando.

    Calma, amigão:
    1) Não fui eu q escrevi. Raramente fico “anonimo”
    2) Não sou amargo. Hj tô de sangue doce.

    39 x 37 em gauchões. Grande merda.

    Ah, e fica te enganando com a tal “recopa” (WTF?)

  • 122. Ernesto  |  09/05/2011 às 12:59

    #91

    Bah, perfeito. David Coimbra sempre dizendo que pro Gremio não era bom grenal, bla bla bla.

    Velho Cabral, da Band, e outros, também. Contra o Juventude, “a zaga melhorou, Rodrigo ajeitou”. O proprio Cecconello falou isso. Aprovou a entrada de Rodrigo. Naquele domingo, contra o juventude, Falcão era gênio, não recuou o time, o problema do Inter eram apenas conceitos, diziam

    Agora, o Inter está desarrumado. Jornalistas são cobras, brutus esperando o primeiro vacilo para dar o punhalasso.

    No mais, só jatobá pra achar Juan a solução. Tínhamos aquele gurizão do Fluminense e foi emprestado. Tem o espadaúdo Moledo, contrate-se laterais.

  • 123. Sancho  |  09/05/2011 às 12:59

    Eu não compro essa história de favas contadas. O Grêmio terá que brigar pelo título no jogo da volta…

  • 124. Bruno Lorenz  |  09/05/2011 às 12:59

    #120: não esquece a Copa Audi, ein.

  • 125. Ernesto  |  09/05/2011 às 13:16

    #124

    do jeito que a barca vai, vamos nos igualar ao segundo objeto de desejo da trupe do Carvalho e dos neocolorados: ser igual ao Boca:

  • 126. Allan Garcia  |  09/05/2011 às 13:33

    Mundial de 2006: CEARÁ parou Ronaldinho.

    Copa Audi 2011: NEI vai parar o MESSI.

    Eu acredito!

  • 127. almilano  |  09/05/2011 às 13:42

    Sensacional o texto do Ceconello. Lúcido. Algo que falta ao atual Inter de hoje.

  • 128. Caroline  |  09/05/2011 às 13:47

    Damião é o messias, apenas precisamos descobrir uma forma de multiplicá-lo, cloná-lo ou sei lá… Qualquer coisa assim é mais fácil que colocar este time em dia…

  • 129. Sancho  |  09/05/2011 às 13:55

    Re 126

    Quarta passada, o Ronaldinho parou de novo no Ceará.

  • 130. Mandioca  |  09/05/2011 às 14:00

    O bonde do Mengão sem freio tá arrastando até o Vasco:

    Bonde sai do trilho em festa no motel

    Jogadores de Flamengo e Vasco deixam a rivalidade de lado e fazem orgia com 15 mulheres numa suíte

    As vaias da torcida do Flamengo e a derrota para o Ceará pela Copa do Brasil na quinta-feira não abalaram o moral do time. Indiferente às críticas, alguns jogadores resolveram comemorar a conquista do título carioca invicto fazendo uma orgia com 15 mulheres em um dos motéis mais caros da cidade, na última sexta-feira. E para surpresa geral, o bonde Rubro-Negro teve o reforço de vascaínos, que, pelo jeito, comemoravam a conquista do vice-campeonato do time. A conta da festinha regada
    a champanhe, uísque e vodca foi R$ 18 mil.

    O evento começou na tarde da sexta-feira, quando quatro jogadores rubro-negros chegaram a um motel na Avenida Niemeyer, na Zona Sul. O líder do grupo reservou as duas suítes mais caras, que têm 500 metros quadrados cada. O período de seis horas em cada suíte custa R$ 800, mais R$ 170 por cada hora extra. Mais tarde, para surpresa dos garçons, chegaram três ‘reforços’ do Vasco para a festa.

    Além do caminhão de mulheres, a festa foi regada a muitas garrafas de uísques Balantines e Johnnie Walker, e dos
    champanhes Moët Chandon e Veuve Cliquot, cujas garrafas custam R$ 245 e 250 respectivamente. De acordo com relatos, foram recolhidas muitas garrafas das bebidas espalhadas pelas suítes usadas na festa.

    A farra rubro-cruzmaltina durou nada menos do que 18 horas, e só foi terminar na madrugada de sábado, quando o grupo deixou o local sem fazer alarde. No fim, a conta deu a ‘mixaria’ de R$ 18 mil, o que equivale a uma média de R$ 1 mil por hora de diversão.

    Esta não foi a primeira comemoração de arromba de jogadores do Flamengo pela conquista do título
    carioca invicto. No domingo, algumas horas depois da vitória sobre o Vasco, um jogador alugou uma casa em Jacarepaguá, na Zona Oeste, onde houve uma festa privê com a presença de muitas convidadas de fino trato. O convescote só terminou às 15h de segunda-feira.

    Fonte: Marca Brasil

  • 131. Mandioca  |  09/05/2011 às 14:46

  • 132. Schmidt  |  09/05/2011 às 15:54

    Depois desse grenal, cansei de futebol.
    Nem vou ler o texto, o mundo que se foda.
    Meu último desejo é mandar TOMAR NO CÚ todos aqueles comentaristas do impedimento que acham o Roth um técnico melhor que o Falcão. Aproveitem e levem o Fernando carvalho para tomar NO CÚ também. E no final das contas, o Falcão que vá TOMAR NO CÚ também.
    Adeus.

  • 133. Junior  |  09/05/2011 às 16:08

    Rudi, permita uma brincadeira: quantas vezes tu já escreveste aqui que o Inter via cair para a 2ª divisão, umas 20, ushjfsd?
    Falando sério, tenho medo dessa teoria de fim de ciclo, terra arrasada, etc. O Inter precisa de um zagueiro jovem, veloz e bom cabeaceador (não vai ser fácil achá-lo), um lateral-direito e um segundo atacante.
    Discordo de quem responsabilizou o Renan pelos gols do Viçosa. Com uma zaga tão adiantada, ele OBRIGATORIAMENTE também precisa jogar adiantado. Imaginem que se em um dos lances, um zagueiro do Inter recuasse de cabeça para o goleiro. Se ele estivesse dentro do gol, como um goleiro geralmente fica, o Viçosa chegaria na bola antes dele, pela distância grande entre a zaga adiantada e o goleiro. Na posição adiantada em que ele joga, ele consegue pegar um eventual recuo de cabeça da zaga. O Renan foi vítima do mau posicionamento dos zagueiros. Concordo com o que Milton Ribeiro escreveu:
    “Ah, e por favor, não me digam que Renan foi culpado pelos dois gols de Viçosa. Alguém tinha que ir na jogada. Se o goleiro não saísse, Viçosa poderia ter matado a bola e ido até dentro do gol do Inter. Neste caso, Renan seria culpado por não sair. Responsabilizem a dupla de zaga, peço-lhes. No primeiro gol Viçosa estava entre os zagueiros, que guardavam temerosos 5 metros de distância do atacante; no segundo, Rodrigo tentou deixá-lo impedido depois do lançamento ter partido… Céus!”
    Só acho que foi o Kleber quem tentou fazer linha de impedimento.

  • 134. Rudi  |  09/05/2011 às 16:12

    Junior, tá dando sorte por enquanto, então deixa hehehe
    (e sim, geralmente eu escrevo isso no momento máximo de irritação, depois melhora)
    Mas acho que tem muita coisa a ser trocada sim… como fazer eu não sei, até pq não me pagam pra isso… pagam pro PRF

  • 135. Vinicius  |  09/05/2011 às 16:33

    Como foi o gol do Bautista, do Chivas, lá no méxico, libertadores? Chivas 1 x 2 Inter

    De cabeça, encobrindo Renan.

  • 136. Junior  |  09/05/2011 às 16:41

    Sim, mas não tem nada a ver com os gols de ontem. Naquele, a falha foi exclusiva dele. Ontem (e em todos os jogos que a zaga jogar assim) ele ou qualquer goleiro vão precisar jogar muito adiantados. Ele foi o menos culpado. O primeiro erro foi dos volantes (e há colorados que dizem que o Guiñazu é dispensável) que deram todo o tempo do mundo para o Lucio e o Rockembola lançarem, mais um pouco eles pediam um suco de laranja, um bolo e um chá, tomavam café da tarde e os volantes do Inter continuariam olhando à distância. Depois, os zagueiros que ficaram só olhando. No outro Gre-Nal e contra o Peñarol também foram feitos lançamentos por cima da zaga, a “única” diferença é que os atacantes adversários não aproveitaram.

  • 137. Prestes  |  09/05/2011 às 16:41

    Junior, como tu podes negar um fato histórico? Renan é o primeiro goleiro do mundo a levar dois gols de cobertura de CABEÇA num mesmo jogo.

  • 138. Prestes  |  09/05/2011 às 16:42

    Reitero: se o Palermo jogasse no Grêmio teria feito ontem OITO GOLS de cabeça, do MEIO-CAMPO.

  • 139. Roger  |  09/05/2011 às 16:55

    Tomara que essa vitória de ontem, que na minha opinião foi circunstancial, não crie falsas expectativas na diretoria do Grêmio e o clube contrate logo para o brasileiro.

    Bom, pelo menos ainda temos o próximo grenal pra levar um sarrafo e cair na real! alghafglksdfg

  • 140. Rafael L  |  09/05/2011 às 17:01

    ClicRBS uns dias atrás:

    “Cinco ideias de Falcão para mudar o Inter

    Inspirado no Barcelona, novo técnico colorado prima pelo ofensivismo (…)”

    Tô empolgado com as outras 4 idéias.

  • 141. col  |  09/05/2011 às 17:05

    Eu, amador semi-aposentado, jogo mais que o Renan.
    Serio.

    mandem esse cara embora….

  • 142. Prestes  |  09/05/2011 às 17:09

    Concordo, Col (não que tu sejas melhor, afinal, sempre afrouxou para jogar a Impedcopa, hussadhuadhsu).

    Tivessem vergonha na cara, os dirigentes do Inter dispensariam o Renan NO VESTIÁRIO.

  • 143. Diogo  |  09/05/2011 às 17:10

    # 125

    Ernesto, esse jogo pertence à pior fase da história do Boca. Época em que o clube estava quebrado por picaretagem explícita da cartolagem (bem, nada comparável à era Macri) e por pesificação de contratos e dívidas em dólar. Época em que quem dissesse que os clubes brasileiros lhes abririam as pernas tantas vezes e em casa se arriscaria a ser internado no horrendo Hospital Borda.

    Dias antes desse jogo com o Barça – é a pior derrota da história do clube -, o Boca enfrentou o Atlanta na Bombonera pelo ALFONSINÃO. Não havia camisetas para os jogadores, e tiveram que se virar com umas brancas algodão tipo Hering, e escrever os números com caneta tinteira. Os jogadores, obviamente, a transpiraram de tal forma que os números ficaram borrados:

    Portanto, a atual fase do Inter, graças a Deus, não tem NADA a ver com essa do Boca. O Inter não vai ter 150 processos trabalhistas contra si, não vai correr o risco de ter o Beira-Rio penhorado, não vai ter uma barra tomando conta do poder (El Abuelo & Cia.) e não vai ficar 11 anos, que nem o Boca, sem ganhar um mísero torneio de pedra-papel-tesoura, certo? Aviso de um colorado que já tinha um “pezinho” familiar na Argentina muito antes dessa onda de “castelhanização” que toma conta de nossos pagos, tão parecidos de fato com os deles – para o bem e para o mal.

  • 144. Junior  |  09/05/2011 às 17:11

    Ele é o primeiro goleiro do mundo a ser “protegido” por Nei, Bolivar e Rodrigo. Tomar dois gols de cabeça num mesmo jogo com essa zaga é mérito, não é defeito.

  • 145. Junior  |  09/05/2011 às 17:14

    *tomar SÓ dois gols …

  • 146. Prestes  |  09/05/2011 às 17:15

    Tomar dois gols daquele jeito é fiasco até em pelada, Junior.

  • 147. Junior  |  09/05/2011 às 17:23

    Na boa, perguntem para qualquer goleiro de 9 anos se com a zaga adiantada, o goleiro não vai jogar adiantado. O Van der Sar naquele Ajax jogava muito mais adiantado. A diferença é que os zagueiros eram muito bons. Se O Renan fica parado, seria criticado por não sair, como muito bem ressaltou o Milton. Se ele fica parado, o Viçoça domina a bola e o fuzila, lembram do gol do Índio em um Gre-Nal, no Victor? O Renan não tinha uma alternativa boa. A culpa dos gols foi dos zagueiros.

  • 148. Norteña  |  09/05/2011 às 17:27

    O problema é botafoguização do inter, heheheheh

  • 149. Eduardo  |  09/05/2011 às 17:31

    tem gente caindo na pilha da mídia bovina.
    falando sério, sem flauta, o inter é horroroso? claro que não. é sensacional/espetacular? claro que não… mas não levou 6 gols num jogo, é um clube civilizadamente administrado e apenas tem um grupo de jogadores que não precisa de muito ânimo, pois é bastante vitorioso… banco prá 3 ou quatro e uns 2 ou 3 novos jogadores, já muda tudo…
    cair prá segunda é exagero… talvez no meio da primeira fase, venha uma crise sem precedentes (TOMARA) que o leve barranco abaixo… mas na boa… me parece exagero.
    já o GRÊMIO, infelizmente, está um pouco abaixo pela questão administrativa, mas tem uma PÁ de jogadores ditos importantes no DM ou em má fase… mas tb não tem elenco prá cair prá segunda divisão esse ano… fico pensando o que devem pensar os torcedores de Ceará, Avaí (oi Felipe “o” catarina) entre outros “DITOS” menores, com 1/5 do orçamento para montar um time a disputar vagas no mesmo torneio… … haja amargura…

  • 150. Eduardo  |  09/05/2011 às 17:32

    fazer 2 gols DE CABEÇA de FORA DA ÁREA é LINDO… principalmente quando é a favor do meu time… nem me importo de quem é a culpa…

  • 151. Eduardo  |  09/05/2011 às 17:35

    aliás, segundo a piadinha que alguém aí mandou, a culpa dos gols é do FALCÃO… como não viu o primeiro, pediu replay pro Viçosa!!!

  • 152. Prestes  |  09/05/2011 às 17:36

    Desisto, Junior.

  • 153. Tulio  |  09/05/2011 às 17:37

    Esse revezamento Lauro/Renan é vergonhoso. Pro Inter e pros dois.

  • 154. Ernesto  |  09/05/2011 às 17:38

    #143

    Cara, só linkei esse vídeo porque do jeito que esse pseudo treinador pensa o futebol, e se jogarmos como ele quer, contra o Barcelona, tenho medo de tomar um sarrafo. Talvez nao semelhante, mas uma goleada.

    Os prejuízos, dívidas, pode ser que o Inter não tenha. Mas uma torcida no poder quase tivemos, ano passado. Apoiou abertamente uma chapa.

    E nem vou falar dos 11 anos. Ficamos de 1992 a 2006 na secura. foi mais tempo, e a atual direção é composta por mesmos integrantes da anterior. Esse papo de mudança, também, não vinga

  • 155. Ernesto  |  09/05/2011 às 17:40

    #149

    O problema não é a questão técnica, mas de caráter de alguns jogadores, bem como de panelinhas. Na época final de Fernandão, Iarley a situação era a mesma. Jogadores de qualidade, em decadência, mas que ainda não fariam um trabalho vergonhoso. em compensação, a panela estava fazendo ruir o time. O mesmo que agora

  • 156. Eduardo  |  09/05/2011 às 17:49

    #155 mas acho que isso é inevitável em times de futebol, aliás, no segmento ESPORTE… as equipes/atletas tem ciclos vitoriosos e outros nem tanto assim…
    falaste em secura… o inter foi de 79 a 92 e a 2006 no seco… mas teve 4 anos de um luxo inacreditável prá um time dessas bandas… … troca 4 ou 5 então e calma nessa hora.
    minha esperança é ter meu rival de volta, esse mesmo de 93 a 2005…

  • 157. Sancho  |  09/05/2011 às 17:55

    Noutro clássico do fim-de-semana, aconteceu isto (acabou 1-1):

  • 158. Sancho  |  09/05/2011 às 18:12

    Re 147

    Serve para o segundo gol; não, para o primeiro.

  • 159. col  |  09/05/2011 às 18:24

    Essa de jogar adiantado por causa da zaga eh meio balela. Ele jah tomou uns 500 gols jogando adiantado com diferentes zagas.

    E notem que ele quase sempre chega nas bolas quando joga adiantando. Ou seja, se soubesse adaptar aos seus proprios erros de posicionamento jah seria uma grande avanco.

    Renan eh tal como o Andre. Era bom junior, subiu pro time principal, fez uma meia duzia de grandes jogos mas NAO SERVE.

  • 160. Serramalte Extra  |  09/05/2011 às 18:26

    157, LA x NY é tão clássico como Pelotas x Tuna Luso…

  • 161. Serramalte Extra  |  09/05/2011 às 18:30

    O mais engraçado da história é que até 20:45 da quarta passada tava tudo maravilhoso na beira do Guaíba, e agora tá tudo horroroso. Calma. Existe meio-termo (o difícil é convencer um gaúcho disto).

  • 162. Vinicius  |  09/05/2011 às 18:38

    http://aegworldwide.com/sports/

    essa será a empresa de catering+shooping do Inter na parceria com a Andrade Gutierrez

  • 163. Sancho  |  09/05/2011 às 18:46

    Re 160

    É rivalidade estilo “paulistas x cariocas”, “parisienses x marselheses”, “madrilenhos x barceloneses”, “portenses x benfiquenses”. O futebol vai no embalo.

  • 164. Junior  |  09/05/2011 às 19:20

    Sancho, no 1º gol ele saiu em total desespero. Ele foi o menos culpado. Imagina que tu é o goleiro, o atacante vai receber a bola e não há nem o menor esboço de reação por parte dos zagueiros. A única opção é aquela saída suicida. Se ele fica parado, o Viçoça domina completamente livre e o gol seria certo. Ele apostou na pequena chance que tinha. Penso que ele até tentou fazer o pênalti naquele lance, pois no meio do caminho percebeu que não chegaria a tempo de afastar a bola. Aliás, acho que ele estava muito “dentro do gol” no 1º gol tomado. Se ele já estivesse mais adiantado, poderia ter dado um soco na bola. Como lançamento do Rochemback foi um pouco mais longo (ao contrário do Lúcio, que foi milimetricamente perfeito) se ele estivesse na posição onde estava no 3º gol, mas no 1º gol tomado, correria menos e teria mais chance de afastar a bola com um soco. Com esse posicionamento de zaga, o Falcão vai precisar colocar um velocista de 100 metros rasos no gol, pois esses lançamentos por cima serão rotina com a lentidão/incompetência dos zagueiros colorados.
    E sobre clássicos: cada torcedor é que sabe o que é clássico para si. Aproveitando um exemplo do Sancho, para os torcedores do Sporting, o clássico é contra o Benfica. Os torcedores do Benfica consideram o principal clássico o jogo contra o Porto. Para os torcedores do Juventude, Juventude contra um dos times da dupla Gre-Nal é clássico e assim por diante.

  • 165. Serramalte Extra  |  09/05/2011 às 19:23

    Sancho, eu sei… mas rival que tu não pode se arriar no outro dia, nem cobrar a cerveja apostada, não tem graça…

  • 166. col  |  09/05/2011 às 19:48

    Algum dia, algum clube grande da America do Sul vai perder feio para algum time da MLS. Serah o TioSannaço.

  • 167. col  |  09/05/2011 às 19:49

    em uma Libertadores

  • 168. Fidel  |  09/05/2011 às 20:04

    Americano no entiende nadie de fútbol, Col. E até no beisebol perdem para mis chicos.

  • 169. Serramalte Extra  |  09/05/2011 às 20:04

    hehehe isso é tarefa pro Botafogo… o problema é o Botafogo entrar na Libertadores

  • 170. Sancho  |  09/05/2011 às 20:06

    Re 166

    Já houve: 1998, DC-Vasco!

  • 171. Chico Luz  |  09/05/2011 às 22:01

    159: O André foi um SENHOR goleiro entre 1996 e 2000 – se não me engano, ganhou a Bola de Prata com o Cruzeiro.

    O problema dele foi ficar dois anos parado por duas lesões seguidas. Era um baita camisa 1.

  • 172. fino  |  09/05/2011 às 22:23

    Legal e tal.

    Mas não dá pra se iludi e achar que aquela draga vai acabar de uma hora pra outra.. tem mais 90min..

    nem me preocupo mais com o dalefarsa, que abandonou EL LA BOBA para chilicar com o sóbis

    agora meus os pesadelos são com o damidiabo

  • 173. fino  |  09/05/2011 às 22:24

    e pra fechar: que saco neguinho reclamando do juiz ATÉ QUANDO GANHA

  • 174. Carlos  |  09/05/2011 às 22:34

    fino amargo

    kljhjklkghjkkffghfgfdfgdfgdfhghjkhuuyg

  • 175. fino  |  09/05/2011 às 22:44

    certo

    bateu um coloradismo

    to até pensando em vaiar o grêmio domingo

    lçasfdklçasfdklçasfd

  • 176. col  |  09/05/2011 às 23:19

    171,

    De fato comparar Renan com Andre eh sacanagem, O Andre sempre viveu na sombra da maldicao do Taffarel. Esperava-se dele uma titularidade inquestionavel na selecao etc. Nunca vingou, tirando um ou outro bom ano no Cruzeiro.

  • 177. Eduardo  |  10/05/2011 às 00:36

    não querendo me meter nos assuntos rojos, mas o André é um Marcelo Grohe de outra época… até podia ser bom goleiro, mas AZARADO que doi…
    perceberam que as 2 últimas libertadores em que o Grêmio caiu fora, justamente nesses jogos ELE estava lá??? (acho até que o victor tinha voltado no 2×2 contra o Cruzeiro, mas o AZARADO já tinha tomado 3 lá….).
    enfim, não quero dizer que o André era RUIM… muito pelo contrário, mas um PÉ FRIO do caragleo!!! igual ao Marcelo!!!

  • 178. Eduardo  |  10/05/2011 às 00:43

    Chilavert é o cara!!!

    http://glo.bo/ijsWZh

  • 179. Neco Müller  |  10/05/2011 às 01:04

    http://confrariadospoetasdejaguarao.blogspot.com/2011/03/tabare-cardozo-con-canario-luna-el.html

    Sugestão para fim de noite

  • 180. douglasceconello  |  10/05/2011 às 02:03

    Depois de um dia TROVEJANTE, vos digo: Gre-Nal e trabalho cansam demais.

    sdhfusds

  • 181. Rafa Rhoads  |  10/05/2011 às 07:38

    Como que o Siegmann é Vice de futebol do Inter e Juiz de direito? Constituição Federal: Art. 95. Os juízes gozam das seguintes garantias:

    I – vitaliciedade, que, no primeiro grau, só será adquirida após dois anos de exercício, dependendo a perda do cargo, nesse período, de deliberação do tribunal a que o juiz estiver vinculado, e, nos demais casos, de sentença judicial transitada em julgado;

    II – inamovibilidade, salvo por motivo de interesse público, na forma do art. 93, VIII;

    III – irredutibilidade de vencimentos, observado, quanto à remuneração, o que dispõem os arts. 37, XI, 150, II, 153, III, e 153, § 2º, I.

    III – irredutibilidade de subsídio, ressalvado o disposto nos arts. 37, X e XI, 39, § 4º, 150, II, 153, III, e 153, § 2º, I. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)

    Parágrafo único. Aos juízes é vedado:

    I – exercer, ainda que em disponibilidade, outro cargo ou função, salvo uma de MAGISTÉRIO;

  • 182. Cicero  |  10/05/2011 às 09:54

    VOLTA ABEL.
    VOLTA MARIO SERGIO.

    tecnico bom eh tecnico maloqueiro y bebedor.

  • 183. Cicero  |  10/05/2011 às 09:56

    eu to dando risada de quem defendeu outro dia Renan. O catador de borboletas do Beira-Rio

  • 184. Roger  |  10/05/2011 às 10:11

    #181

    1º Ele não é juiz de direito, é juiz do trabalho.
    2º A vedação(também existe para os juizes do trabalho) refere-se a cargou ou função, ou seja, trabalho remunerado. Em última análise, ele faz parte da diretoria de um clube social. Se o Inter resolver contratar um diretor de futebol remunerado(acho que ainda não tem né? o Grêmio quer um, correto? vou mandar curriculo..) ele não poderá assumir a função.

  • 185. Sancho  |  10/05/2011 às 10:11

    Re 181

    É função não-remunerada. Não se aplica esse artigo. Caso contrário, não poderia sequer existir a AJURIS, por exemplo.

  • 186. Sancho  |  10/05/2011 às 10:12

    Bah, perdi no photochart!

  • 187. Frank  |  10/05/2011 às 12:30

    “O Grêmio fazia o simples, o óbvio, explorando os espaços que havia na frente da área do Inter, com Leandro, e depois Lúcio, realizando uma COLONOSCOPIA em Nei e Bolivar, sem correr riscos quaisquer, mas talvez com pouco ímpeto ofensivo”…

    hauahaauhauahauahau

    Ri muito aqui com essa descrição do Douglas… belo texto cara… sempre torço para o Inter entrar em crise, não apenas pela secação, mas também para ler os textos aqui do Impedimento… muito hilário…

  • 188. Frank  |  10/05/2011 às 13:13

    huaaaaaaaaaaaaaaaaaa…

    http://blogdojuca.uol.com.br/2011/05/entrevista-coletiva-pos-gre-nal/

  • 189. Gerhardt  |  10/05/2011 às 15:00

    perae isso é piada.

    aquele TROLL sendo juiz muita coisa é explicada no mundo.

  • 190. Frank  |  11/05/2011 às 09:54

    O NEOLIBERAL do Inter, o tal de Aod, tá de saída… mas já?? Talvez essa seja a mudança que o LF tá falando… ehhaiajhfo0ia

    http://blogdojuca.uol.com.br/2011/05/desilusao/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Só os direitos trabalhistas levaram uma surra maior que o Uniclinic na noite de hoje (9x0 do Náutico, em casa, pela Copa NE). 9 hours ago
  • O problema eterno é o interior confirmar TUDO AQUILO quando chegam os mata-matas. twitter.com/impedimento/st… 9 hours ago
  • Um dos piores Gauchões coletivos da dupla Grenal já vistos: juntos, 18 jogos e apenas CINCO vitórias. 9 hours ago
  • Novo Hamburgo é tão bom que na Espanha já chamam o time do Messi de Barcenóia. Não ouçam quem diz que é o contrário. twitter.com/impedimento/st… 11 hours ago
  • Por falar em Gauchão, em instantes o Grêmio encara o NOVO HAMBURGO, líder isoladíssimo (a 4 pontos do 2º, 5 pontos do Grêmio, 7 do Inter). 11 hours ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: