Especial Libertadores – Grupo 4

15/02/2011 at 12:11 11 comentários

Três operários contra um gigante que não se assume

Se há uma chave com um favorito INCONTESTÁVEL nesta primeira fase de Libertadores, é o grupo 4. Único clube a vencer uma edição da Copa, os argentinos do Vélez Sarsfield não chegam a envergar uma jaqueta pesada, mas devem fazer valer sua PUJANÇA diante dos chilenos do Universidad Católica e Unión Española e dos venezuelanos do Caracas. Estas últimas três squadras, aliás, devem promover uma verdadeira carnificina pela segunda vaga. A chave abre os trabalhos hoje com Vélez e Caracas (20h30), e amanhã jogam Unión Española e Universidad Católica (19h45).

Vélez Sarsfield


Impossível não avaliar a trajetória do Fortín nas últimas edições da Libertadores como um retumbante e fiasquento AMARELAZO. Um dos times mais fortes e com futebol mais VISTOSO na Argentina na década, não raro o Vélez faz uma campanha irretocável na primeira fase para logo depois ser surpreendido e TRUCIDADO num degrau não muito distante. Aconteceu em 2006, quando levou uma rasteira do Chivas, em 2007, quando se despediu nas oitavas diante do Boca Juniors e em 2010 quando novamente foi eliminado pelas CABRITAS mexicanas, agora nas oitavas. O Vélez deve passar em primeiro na chave e garantir que as fases decisivas sejam jogadas no José Amalfitani, mas precisará de alguma fervura no sangue para não repetir os fiascos e quem sabe reviver o gesto daqueles bravos homens comandados por Carlos Bianchi, que em 1994 levantaram a Copa nas penalidades em pleno Morumbi e depois fritaram o Milan no Mundial por 2 a 0. Para prosperar, o pessoal de Liniers aposta na base que continua sob o comando de Ricardo TIGRE Gareca, que conta com jogadores como Cubero e Máxi Morález. Para compensar a saída do volante e AÇOUGUEIRO Leandro Somoza para o Boca Juniors e do atacante Cristaldo para os arredores da SIBÉRIA, foram incorporados o meia David Ramírez, grande destaque do Apertura passado pelo Godoy Cruz, e o atacante mexicano Guillermo Franco. A grande baixa para a estreia é o TANQUE Santiago Silva, que se lesionou na abertura do Clausura, no empate em dois diante do Indepdendiente.

Caracas


Não temendo o poder da difamação pública, me arrisco a afirmar que os rojos de Caracas são favoritos à segunda vaga no grupo. Não apenas porque treinam diariamente no moderno complexo desportivo COCODRILOS SPORTS PARK*, mas porque nos últimos anos se constituíram em um dos grandes da Venezuela, tendo vencido os campeonato nacionais de 2007, 2009 e 2010 (ao todo, são onze estrelas). Para continuar sonhando relativamente alto, os avileños reforçaram a equipe treinada por CEFERINO Bemcomo. Chegaram o defensor uruguaio Víctor Abel Nazario e os jovens meio-campistas Louis Angelo Peña (foto), vindo de Portugal para assumir a articulação do time e já candidato a DESTAQUE, e Nelson Barahona (panameño, sempre uma boa referência). Os rojos, no entanto, não poderão contar com Jaime Bustamente, suspenso pela federação té MAIO por tentar endireitar a socos o caráter de um juiz no fim do ano passado, em confronto diante do ZAMORA pela Copa da Venezuela. Para o amistoso diante da Costa Rica, em 9 de fevereiro, que terminou empatado em 2 a 2, o técnico da seleção vinotinto, Cesar Farias, chamou três jogadores do Caracas: o goleiro RENNY VEGA, que não joga hoje porque está gripado, o defensor Giovanny Romero e o meio-campista Franklin Lucena.

*Não podem jogar lá, é muito pequeno, capacidade para 6 mil pessoas, praticamente uma LAGARTIXA SQUARE, diriam os gaiatos. Mandam seus jogos no Estadio Olimpico

Universidad Católica


Atual campeão nacional (são 10 títulos no total) e terceira esquadra mais popular do futebol chileno, atrás de Colo Colo e Universidad de Chile, os católicos pretendem fazer história na Libertadores, festança da qual participam pela 23ª vez. Até hoje, melhor participação copeira de los cruzados data de 1993, quando, após eliminar nas fases decisivas o Atlético Nacional, o Barcelona de Guayaquil e o America de Cali,  fez a final contra o São Paulo, levando 5 a 1 no Morumbi e devolvendo apenas 2 a 0 em terras chilenas. Seu título internacional mais expressivo é a conquista da Copa Interamericana, em 1994, contra o SAPRISSA.  Para reviver os momentos de êxtase, o técnico Juan Antonio Pizzi deve apostar em um futebol ofensivo e veloz, que tem caracterizado os chilenos nos últimos anos. Para isso, conta com o reforço do rápido atacante Pablo Calandria, contratado junto ao Santiago Morning, que deve se juntar a gente como Marcelo Cañete, Gustavo Zamudio, Roberto Gutiérrez  e o goleador e líder MORAL da equipe José Luís Villanueva (foto). Destaque da equipe até a temporada passada, Mirosevic também pode retornar ao grupo, já que sua transferência para o Reino das Torneiras de Ouro fracassou miseravelmente.

Unión Española


Apontado como o patinho feio do grupo, tendo passado na fase preliminar pelo sempre presente Bolívar, o clube fundado em 1897 (atualmente, é o mais antigo do Chile), pretende fazer valer o fator local quando joga no estádio Santa Laura. Para tentar surpreender os três adversários, apontados pela imprensa golpista como favoritos, los Hispanos reforçaram o grupo que obteve a classificação para a Copa vencendo a Liguilla Chilena de 2010. Foram contratados o arqueiro Federico Elduayén, o zagueiro Rafael Olarra, o meio-campo Diego Scotti e o matador Sebastián Jaime, que estava no Deportes La Serena, atual vice-campeão Mundial de Nomes de Times de Futebol, perdendo apenas para os argentinos do Sacachispas. Campeão chileno em seis oportunidades, sendo a última em 2005, chegou à final da Libertadores em 1975, disputando três partidas com o Independiente e sendo derrotado por 2 a 0 na NEGRA, jogada no Defensores del Chaco. Outra informação imprescindível é que o grande adversário de Los Hispanos é o Audax ITALIANO, ainda que também haja RUSGAS com o PALESTINO. As partidas entre os três times são conhecidas como Clássicos das Colônias. Apenas pra vocês verem como quase a Europa inteira cabe no Chile.

Saudações,
Douglas Ceconello.

Anúncios

Entry filed under: Libertadores.

Especial Libertadores – Grupo 1 Especial Libertadores – grupo 5

11 Comentários Add your own

  • 1. Ivan Czarini  |  15/02/2011 às 12:15

    Santiago Wanderers é de 1892, mais antigo que a UE

  • 2. douglasceconello  |  15/02/2011 às 12:31

    Pois é, Ivan. Eu tinha visto que o Wanderers é de 1892, mas só havia iniciado suas atividades em 1897.

    Cheguei a ver ali na Wikipedia, mas não esclarece a data do primeiro jogo do time.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Santiago_Wanderers

    Se alguém souber mais, por favor nos esclareça.

  • 3. Fer  |  15/02/2011 às 12:43

    mas é grupo 4 ou grupo 7, afinal?

  • 4. arbo  |  15/02/2011 às 12:57

    maior campeonato, o chileno

  • 5. matheus  |  15/02/2011 às 14:35

    mas que foto mais linda essa daí do velez

  • 6. Lucas Cavalheiro  |  15/02/2011 às 14:36

    Primeira e última fotos sensacionais.

    E que texto DENSO. Muita informação.

  • 7. Lucas Cavalheiro  |  15/02/2011 às 14:37

    O 7 ali é o Müller?

  • 8. douglasceconello  |  15/02/2011 às 14:52

    Em carne e MULLET.

    Antes um texto denso que um texto TENSO (ns).

  • 9. douglasceconello  |  15/02/2011 às 20:25

    Foi só escrever que Peña era candidato a destaque que o juiz safado tratou de expulsá-lo.

    SÍNDROME DE HURACÁN, de ser roubado em Liniers. Forza, Caracas!

  • 10. Lucas Cavalheiro  |  15/02/2011 às 21:29

    Müller… MÜLLER! Tô velho, pqp. Era minha inspiração de atacante, aos 7 anos.

  • 11. Tomas  |  17/02/2011 às 18:51

    Faltou dizer que o Unión Española é dirigido pelo grande José Luiz Sierra, que envergou a camisa 10 do São Paulo entre 1994 e 1995 e não fez muita coisa pelas bandas do Morumbi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: