Archive for novembro, 2010

O ano da nossa vergonha

A rigor, a rigor, o Flamengo não foi rebaixado. Salvou-se a uma rodada do fim da degola, não por mérito próprio, mas na conta dos deméritos alheios e de uma duvidosa sorte – Atlético Goianiense e Vitória, as duas equipes que teriam chances matemáticas de superar o Fla na última rodada jogarão entre si. (mais…)

30/11/2010 at 06:21 69 comentários

Decisão em três fronts

A última rodada do CANDANGÃO 2010 reunirá interesses distintos em três diferentes zonas da tabela. Há os que neste domingo ficaram pelo caminho, para o bem e para o mal, mas também temos aqueles vorazes esquadrões que viverão momentos de ternura e aflição durante os 90 minutos derradeiros da competição. (mais…)

29/11/2010 at 05:00 58 comentários

Enquanto existir memória

Uma das grandes discussões da historiografia é sobre a própria existência da História. Se a História existe, se pode ser explicada e até prevista, ou se tudo que sabemos não passa de discursos sobre a História. Parece complicado, mas a ideia é relativamente simples. (mais…)

28/11/2010 at 13:04 14 comentários

Diplomados em matéria de sofrer

Mutatis mutandi (recebam, hereges, um latinismo nos mamilos logo de prima), a tarde nesta briosa e impoluta tribuna pode ser comparada à noite de um sábado, quando, antes de sair, todos se olham no espelho, num rebuliço dos seiscentos, e sonham em ter uma vida boa. (mais…)

27/11/2010 at 12:29 9 comentários

26.11.2005 em dois algarismos: 1 e 7

Não, não, não. Jamais iria fundamentar um texto sobre a maior data da década gremista (sim, essa data é a foto ESCARRADA do que foi a década tricolor) com o argumento que a soma de seus algarismos é 17. Ainda que tenha me dado conta disso durante a elaboração dessas tortas linhas, isso foi uma mera COINCIDÊNCIA. Também não sou daqueles que dizem que números me perseguem durante a vida. Já sabemos de casos hollywoodianos (23; Carrey, Jim) e outros tupiniquins (23; Arbo, Rômulo). Assim, descarto essa hipótese. (mais…)

26/11/2010 at 15:37 48 comentários

De destinos e histórias

Pato Urrutia provavelmente não sabia disso, mas o erro cometido pelo valoroso volante e ex-capitão da Liga de Quito ontem, aos 40 segundos da etapa final em Avellaneda, estava escrito desde sempre. Toda aquela massa que encheu o Libertadores de América até onde se podia, e que estava compreensivelmente nervosa, percebeu isso. Um erro do cara que levantou a Libertadores para o adversário, na frente da área, logo na saída do intervalo – e, ainda, de um intervalo tão temeroso depois da bucha guardada por Salgueiro – só podia ser um presságio de uma noite feliz, destinada ao Club Atlético Independiente. (mais…)

26/11/2010 at 05:00 56 comentários

Cuspindo fogo

Toda a América e em especial o delgado país nesta semana vibram de forma IMODESTA, pois o Municipal Iquique, uma das equipes mais queridas da grande nação impedimentense, está de volta à elite do futebol chileno, lugar de onde nunca deveria ter saído. (mais…)

25/11/2010 at 15:34 24 comentários

Engrandecemos seu caráter em 45 minutos

O trabalho enobrece o homem, diz o ditado. E eu respondo: o cacete. Quem enobrece o homem é o futebol. Metáfora da vida, diriam uns, fonte de aprendizado, diriam outros. O certo é que o palmeirense, o torcedor pessoa física, que fique claro, ganhou altas doses de HONRADEZ com o que aconteceu na noite de ontem no Pacaembu. (mais…)

25/11/2010 at 05:00 86 comentários

Por que os Excursionistas ganharam a ImpedCopa

Nos graves momentos em que o destino da nação está literalmente em jogo, como foi o caso desta já inolvidável ImpedCopa, faz-se mister dizer a verdade. E eu a proferirei logo neste primeiro parágrafo, afinal, apesar de baiano, não pratico a prolixidade. Então, recebam na torácica as palavras que salvam e libertam: técnico que se respeita é aquele que não atrapalha, não inventa e se equilibra entre as funções de psicólogo e capataz. Sua atuação deve ser a mesma do síndico do filme Edifício Master. Qual seja. Fazer um revezamento entre os métodos de Piaget e Pinochet. (mais…)

24/11/2010 at 05:00 52 comentários

Os sonhos de Katumbi

Moises Katumbi é uma espécie de Assis Chateaubriand da província de Katanga. Governador local, Katumbi serve o estado com dinheiro do próprio bolso, para que o estado também sirva a ele. Quando assumiu o governo, em 2007, a província não possuía nenhuma ambulância. Katumbi comprou logo sessenta com seu dinheiro, ganho com a extração de minerais. (mais…)

23/11/2010 at 05:00 40 comentários

Orgulho amargo

Impossível procurar na GAVETA da consciência e encontrar as palavras adequadas para descrever a sensação de ver teu time vencer e acabar auxiliando o seu mais íntimo e declarado rival em sua cruzada rumo subindo a corrente que leva as águas do Mampituba a fluírem pelas veias do continente. Por um lado, há uma certa VAIDADE em saber que o Internacional jogou para vencer independentemente dos efeitos colaterais. Mas também existe uma ponta de AMARGURA, de saber que talvez se tenha contribuído para uma possível HECATOMBE na próxima Libertadores – porque secador de verdade enxerga longe, é uma espécie de VISIONÁRIO da desgraça que ainda nem está anunciada. (mais…)

22/11/2010 at 05:00 110 comentários

A Argentina vista do alambrado

Caía a tarde em Núñez naquele junho de antanho. No campo, fracassava uma investida qualquer da equipe de laranja. Faltava, todos sabiam, a presença do maior jogador daquele país. A poucos metros dali, na Escuela de Mecánica de la Armada, a ESMA, presos políticos tinham a folga do dia: os torturadores estavam mais preocupados com o placar do estádio do River Plate. Perto dos alambrados, Hilda vendia salgados porteños já inflacionados pela política econômica da ditadura – com o pensamento dividido entre a vitória no futebol e o asco à repressão daqueles dias. (mais…)

19/11/2010 at 12:30 160 comentários

Que venha a quinta-feira!

O panorama que se desenhava na Casa Blanca até os 56 minutos de jogo era assustador para a torcida do Club Atlético Independiente – e fazia despertar os medos mais pavorosos na hinchada roja. Afinal, a Liga de Quito ia socando 3 a 0 no pobre time de Avellaneda – vestido com o seu indecifrável uniforme azul -, e colocava por terra, ainda no primeiro jogo, quaisquer pretensões que o Rey de Copas pudesse ter de chegar à final da Copa Sul-Americana. (mais…)

19/11/2010 at 07:22 37 comentários

III ImpedCopa: a eternidade em retalhos

Como vocês sabem, na ImpedCopa do último domingo houve comoção generalizada pelos inúmeros trapos que SALPICARAM as redes do Sul Sete, transformando o dia ensolarado em um CALEIDOSCÓPIO de sensações. Pois queremos premiar nossos atormentados e selvagens artistas promovendo, no comentários, uma votação para eleger a obra mais impeactante (o critério, acabamento, originalidade ou MENSAGEM transmitida, vocês escolhem). O vencedor leva uma camisa da Rabetama, que será entregue pela ImpedCorreios no conforto do lar. (mais…)

18/11/2010 at 15:08 59 comentários

O pega-ratão elevado a arte


Iluminado pela ImpedCopa

Luiz Felipe Scolari parece ter acompanhado atentamente a III ImpedCopa e usado as lições do Excursionistas para aprimorar o já tradicional esquema do PEGA-RATÃO e deixar o Palmeiras a um passo de decidir a edição 2010 da Copa SulaMiranda com a vitória por 1 a 0 sobre o Goiás, ontem à noite, num Serra Dourada em que o Palmeiras parecia jogar em casa, tal foi a festa da torcida assim que o infame Evandro Rogério Roman trilou o apito final. (mais…)

18/11/2010 at 11:00 21 comentários

Posts antigos


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker