Flerte com o desastre, casório com o alívio

20/04/2011 at 00:42 93 comentários

Teve a torcida que rugir e o goleiro entregar para o Inter conseguir a vitória contra o Emelec ontem à noite. Não a classificação – mesmo que levasse 18×0, o Inter ganharia a vaga, pois o inqualificável Jaguares perdeu para o horrendo Jorge Wilstermann em Cochabamba e não passou dos nove pontos. O espectro do desastre fez com que a torcida se motivasse e D’Alessandro acertasse seu primeiro cruzamento na partida, na jogada que originou o primeiro gol. O Inter se classifica como um dos melhores primeiros, mas há um time inteiro para reconstruir.

O jogo começou com uma torcida em chamas, aplaudindo efusivamente o treinador Falcão. O universo, justamente, puniu o Inter com um primeiro tempo horrendo, abaixo da crítica, motivado principalmente por culpa de Falcão. O ex-comentarista resolveu mudar a tática da equipe e adotar o sistema de duas linhas de 4, mudando os meias de posição – D’Alessandro e Andrezinho mais abertos – em apenas uma semana de treino. Contra o fraco Santa Cruz deu certo e o Inter criou 30 oportunidades de gol; contra o mais experiente Emelec, deu muito errado.

Os jogadores pareciam não saber para onde correr, D’Alessandro ignorava as instruções táticas e se botava a armar o jogo pelo meio, como antigamente. Ele não encontrava Sobis e Damião, que se batiam tentando encontrar um espaço no ataque. Enquanto isso, o Emelec gostava do jogo e chegou a chutar um par de bolas a gol, enquanto o Inter se afundava na desorganização e na falta de oportunidades. Um horror. Mesmo assim, não surgiu a estrondosa vaia que o time merecia. Por respeito a Falcão, por agradecimento à direção (que demitiu Roth, também conhecido como Geni) e pela importância do momento, pois o colorado não poderia perder esse jogo. E também pela patifaria que acomete todo e qualquer torcedor – não vaia porque acha que não deve e foda-se a coerência.

Quando da virada para o segundo tempo, imaginei que turco Asad seria debochado o suficiente para botar o Emelec a atacar o Inter, pois um gol cedo colocaria uma bigorna na cabeça do time e facilitaria as coisas para os azuis. Lêdo e Ivo engano: o Emelec seguiu a sua retranca espartana, mas diante de um Inter com mais volúpia. Falcão, acredito, não é o tipo de treinador que berra no intervalo: deve chamar para tomar um vinho, comer um queijo BRIE e trocar algumas raquetadas de tênis na grama sintética do vestiário, para acalmar os jogadores que estão muito excitados. Seja lá como for, funcionou: o Inter voltou mordendo, querendo jogo, mesmo sem acertar os lances finais.

O gol de Rafael Sobis, comemorado com frieza, deu a tranquilidade que o time precisava para se soltar em campo. A partir daí, o jogo teve uma facilidade que não pareceria em nenhum momento possível: o Emelec não chegava com perigo, e as possibilidades de gol do Inter se acumulavam. A vaga estava mais que garantida.

O esquema com as duas linhas de quatro, do Inter, parece bastante temerário. Falta entrosamento, falta treinamento, falta muita coisa. D’Alessandro em vários momentos se irritou, saiu da extrema esquerda e foi fazer o que mais gosta: armar o jogo. Andrezinho, sem um lateral com a mesma velocidade marcando, foi mediano. Bolatti e Guiñazú mostraram dificuldade na aproximação com os atacantes. Sobis e Damião se batiam o tempo todo, não sabiam quem receberia a bola. E Damião, quando recebia, tentava umas inversões de jogo de fazer chorar. O seu lance é fazer gol, não adianta.

O diabo é que o Inter parece reconstruir o seu padrão de jogo em abril, o que na linguagem científica se chama trocar o pneu com o carro andando. Era evidente que alguém com o peso deFalcão tentaria colocar uma mudança de filosofia em prática – mas numa Libertadores, é bem provável que o Inter acabe tropeçando em qualquer time um tanto mais afirmado.

Até a vitória,
Luís Felipe dos Santos

Anúncios

Entry filed under: Libertadores.

Cruz, credo e clássico Adeus, Cruzeiro

93 Comentários Add your own

  • 1. Luiz Damasceno  |  20/04/2011 às 00:53

    Qualquer esquema tático que dependa do d’ale se locomover com a bola nos pés está fadado a tropeçar na síndrome de iarley. um passo pra frente, dois pra trás.

  • 2. Lucas Cavalheiro  |  20/04/2011 às 00:56

    Acho que eles jogam GOLFE no intervalo.

    Vou dar meu pitaco antes que a merda aconteça:

    A defesa (lenta) jogar adiantada como foi hoje vai dar merda com o primeiro time que souber trocar 3 passes e fazer ultrapassagens. Ninguém marca o homem que vem de trás.

    Tá avisado.

    E o 1o gol foi muito 2006 feelings.

  • 3. Paul  |  20/04/2011 às 01:08

    Alguém entendeu a não-comemoração do Sóbis?

  • 4. Tiago Medina  |  20/04/2011 às 01:09

    Roth = Geni #fato
    Tática não é o meu forte, mas fato vi o Inter melhor no segundo tempo, tanto que o goleiro de nome complicado deles fez umas três boas defesas – tal qual fizera o arqueiro do Santa Cruz sábado. Porém, sai técnico, entra técnico e a defesa segue sem inspirar confiança. Apesar de nenhuma tragédia ter ocorrido ainda.

  • 5. douglasceconello  |  20/04/2011 às 01:11

    Concordo muito, Luís.

    Também é necessário destacar o primeiro tempo DESESPERADOR que fez NEI. Há muito não via um jogador atuar de forma tão ridícula. No segundo, tendo Andrezinho como bengala, melhorou uns 7%.

    E o grande problema é que os wings do Falcão não sabem mais voar.

    ufsdhsds

  • 6. douglasceconello  |  20/04/2011 às 01:13

    E aquele Rodrigo cada vez mais LOKO DE KI-SUCO.

  • 7. Prestes  |  20/04/2011 às 01:15

    Porra, Luis. Fatalismo agora não! Pra mim o fatalismo era todo antes do jogo e durante o segundo tempo. Agora tenho certeza que seremos campeões, udusdahdsausadhsaduadsh

  • 8. Prestes  |  20/04/2011 às 01:16

    * durante o primeiro tempo

  • 9. Lucas Cavalheiro  |  20/04/2011 às 01:25

    O Nei eu já desisti. E eu não consigo conceber que alguém ache ele bom.

  • 10. Francisco Luz  |  20/04/2011 às 01:38

    Também é necessário destacar o primeiro tempo DESESPERADOR que fez NEI. Há muito não via um jogador atuar de forma tão ridícula.

    Bah, eu tava roendo as pálpebras. É o jogador mais burro que eu já vi na minha vida.

  • 11. Gabriel Severo  |  20/04/2011 às 01:41

    Se eu ganhar na loteria commpro o passe do Nei e mando ele jogar no Cachoeira aqui. Estrela maior do Joaquim Vidal.

  • 12. Gabriel  |  20/04/2011 às 01:53

    Mas os jogadores do Inter são bons.
    Então sempre dá uma esperança.

  • 13. Santi  |  20/04/2011 às 02:03

    Gostei do Andrezinho.

    Não sei que esporte o Falcão jogou no intervalo, mas funcionou. Que siga no GAMÃO.

    Um amigo de 30 décadas de arquibancada ponderou que seria mais adequado se o Falcão ficasse numa POLTRONA na beira do gramado, com uma mesa de apoio ao lado e um abajour. Falcão de pernas cruzadas e óculos, conhaque numa mão, folheando um clássico russo, às vezes observando o jogo por cima das lentes.

    Maldade dele.

  • 14. Gregório  |  20/04/2011 às 02:12

    1

    O D’Alessandro não é jogador pra esse esquema tático. Ele é camisa 10, armador central, não é meia aberto de jeito nenhum.

    2

    Posso estar errado mas vi a defesa jogando num esquema de cobertura. O Rodrigo saia nos atacantes e o Bolívar ficava na sobra.

    Mas mesmo assim, tá muito adiantada, sim. Vai dar merda contra um Santos da vida.

    5

    Os wings do Falcão não são wings, esse que é o problema. D’Alessandro e Andrezinho são jogadores para jogar no meio, armando, e não abertos. Pra jogar aberto tem que ser rápido, coisa que os dois não são. Na real, o Inter não tem esse tipo de jogador.

    Aliás, esse é um dos problemas que eu tenho com o Falcão. Inventa uma tática e acomoda os jogadores nela, enquanto que o certo é criar a tática conforme os caras que tu tem. Até quem só joga videogame sabe disso…

    10

    Além de ser burro, o Nei é ruim. Pq, na minha opinião, o Guiñazu é mais burro do que ele, porém tem 234236246235 vezes mais futebol, e daí disfarça melhor.

  • 15. Francisco Luz  |  20/04/2011 às 02:20

    Eu não acho o Guiñazu burro. Acho até ele bem inteligente para o jogo, quando tem a bola – taticamente, aí nem tanto.

  • 16. Caue Fonseca  |  20/04/2011 às 02:37

    rolou uma IDENTIFICAÇÃO entre eu e o Guiñazu quando, apavorado com a possibilidade de fazer um gol, ele me dá aquela bicuda no meio do goleiro.

  • 17. Gregório  |  20/04/2011 às 02:45

    15

    Mas a burrice a que eu me referia é tatica mesmo, afinal é o que interessa para um jogador da posição dele e para o futebol em geral. Agora, se ele lê Platão em casa, não vem ao caso.

  • 18. marlon  |  20/04/2011 às 06:23

    caras, 98% das vezes em que Guiña chuta a gol (tem chutado mais, este ano) a bola vai em cima do goleiro.

    tô curioso pra saber o por que da não comemoração do Sobis.

  • 19. Rafa Rhoads  |  20/04/2011 às 06:45

    Se o Sóbis falar algo tipo “Não comemorei porque fazer gol não é nada mais do que a minha obrigação” eu vou fazer uma estátua em bronze do cara!

  • 20. SaPo  |  20/04/2011 às 07:31

    Preciso deixar um registro: Como tem secador espalhado pelo mundo, é impressionante. Sem mais por hoje. Obrigado.

  • 21. Yoda  |  20/04/2011 às 07:48

    #16 a imagem nao mostrou, mas guina foi retirar o dedao dele que ficou encravado na bola, depois do gol.

  • 22. Guigui  |  20/04/2011 às 08:02

    “Era evidente que alguém com o peso deFalcão tentaria colocar uma mudança de filosofia em prática – mas numa Libertadores, é bem provável que o Inter acabe tropeçando em qualquer time um tanto mais afirmado.”

    Tomara. Deus te ouça.

  • 23. Bruno Lorenz  |  20/04/2011 às 08:46

    Pai e irmão desdenhando e dizendo que “desse jeito, os colorado não vão longe”.

    2006 e 2010 feelings =(

    AGUANTE INTER VAI DAR TUDO CERTO FALCÃO MAIOR QUE TELÊ + MOURINHO

  • 24. Lucian  |  20/04/2011 às 08:50

    Na boa, do jeito que a gente ganhou a Libertadores ano passado, com Walter Catupiri Armado [?] sendo decisivo e Giuliano fazendo gol de fumacinha, não duvido mais de nada. Aguante aos trancos e barrancos. Tática é para os fracos.

  • 25. Cícero  |  20/04/2011 às 09:07

    D’ALESSANDRO JOGA AONDE ELE QUER.
    Nenhum técnico do mundo manda nele, nem Scolari, nem Mourinho. Ele joga aonde ele quer, e ponto final. Podem se esperniar na casamata, talvez só ARGEL consiga mandar nele.

    Sobre ser winger ou não, D’Alessandro já jogou assim, e sabe jogar assim, só que tem duas coisas que impedem que ele faça isso: a falta de entrosamento do time com o esquema tático e a falta de vontade de alguém correr ao lado dele, ele nunca corre, ele tabela.

    O Nei é o lateral mais burro da face da terra. Ontem ele reencarnou o espirito que baixou nele no segundo jogo em La Plata ano passado. Só faltou os emelequianos fazerem os dois gols que o Estudiantes fez.

  • 26. Tiago Marcon  |  20/04/2011 às 09:11

    Seria impossível o time jogar menos no segundo tempo…que primeira etapa deprimente…os meias abertos realmente ainda não funcionam…mas aí se ele sai com o time jogando mais pelo meio e também não faz gol, naturalmente iria mudar a postura no segundo tempo para. Ou seja, as vezes a mudança tática é necessária durante o jogo. Té pra dar uma confundida no adversário.
    2006 feelings forever

  • 27. lucas cavalheiro  |  20/04/2011 às 09:12

    Se o Guina é burro, eu sou um RINOCERONTE.

  • 28. LF  |  20/04/2011 às 09:20

    “Podem se esperniar na casamata, talvez só ARGEL consiga mandar nele.”

    acho que não. Se tentasse mandar, Argel levaria duas janelinhas, um chapéu e sairia expulso e humilhado para o vestiário (?)

    “Sobre ser winger ou não, D’Alessandro já jogou assim”

    Sim, jogou assim no futebol inglês, onde foi um rotundo fracasso. É a mesma história do Sobis ‘fui meia no Betis’ – foi sim, por isso correram ele de lá.

  • 29. dante  |  20/04/2011 às 09:26

    também não entendi essa do “guiña burro”.

  • 30. Carlos  |  20/04/2011 às 09:43

    Ufa. Só aqui no impedimento a verdade está dita.

    Pq olhando o jogo e ouvindo o rádio depois, me deu a impressão q o Falcão é o maior técnico da face da terra e q o inter jogou um mal primeiro tempo e um MARAVILHOSO segundo.

    Lf, parabéns.

    Dante, tu não entendeu essa do guina é burro pq tu tb é.

    HUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

  • 31. Felipe (o catarina)  |  20/04/2011 às 09:43

    O Once Caldas classificou-se para as oitavas com uma vitória em seis jogos, sete pontos a menos que o primeiro colocado e saldo de gols negativos. Nem precisamos mais perder tempo. Mandem La Copa para Manizales.

  • 32. Paul  |  20/04/2011 às 09:45

    #30
    FDSGSDGDFHNJHFSGFNGFSMJKJHFLÇJKHGJGHFGDFJGK;.JXHZGFSRTYUJHKGJ,GJHTSYIGOHLKIFUDY

  • 33. Vinicius  |  20/04/2011 às 09:47

    Ainda sobre o time.

    O D´Alessandro e o Andrezinho não podem ser wings.
    São meias de centro de jogo. Eles não tem velocidade para atuar como extremos no sistema do Falcão.
    Este é o maior problema deste sistema. Se os extremos forem Oscar pela direita e um Lúcio ou Marcelo Cordeiro pela esquerda, que são velozes, tem mais chances de dar certo.
    Sobre os laterais:
    O nei ficando é uma ótima. Ataca mal e defende mais ou menos. Fica ali que é mais inteligente.
    E o Kleber vai apoiar como gosta, BEM DE VEZ EM QUANDO. Só na boa.
    Acho justo. Conservador.

    Inter ganha nos pênaltis do Juventude, com 3 defesas do Renan.
    Inter empata no México.

  • 34. Gabriel R.  |  20/04/2011 às 09:53

    O guina é burro??? Mas dai é falar muita merda… O problema dos wingers do falcao, é que a falta de velocidade dos meias tem que ser compensada com aproximação, os laterais ou um dos volantes te que estar sempre próximo a bola para poder tabelar com um dos meias. Achei que kleber apoiou muito pouco e nei nunca exisitiu. Acho que esse esquema faz os volantes ficarem mais com o cu na mao, pois eles sao os primeiros a dar combate no meio de campo. Achoq ue pra ajeitar esse esquema seria sempre que um meia estiver na ponta o outro corre para o centro. Precisa de aproximação!

    Ontem tava vendo o jogo num bar aqui em sp, quando saiu a noticia do Adriano deu pra ouvir COMEMORAÇAO ecoando no recinto…

  • 35. vicente  |  20/04/2011 às 10:16

    o d’ale pode jogar de winger-armador [giggs, beckham, as vezes o özil no real madrid — eu me sinto mal só citando exemplos do futebol europeu, mas o esquema é deles, fazer o quê]. mas, para isso, o outro winger teria que ser necessariamente um velocista que busca a linha de fundo [o que o inter não tem] e seria melhor ele estar no lado direito [pra poder chutar a gol, fechando pra dentro], o que, por sua vez, tornaria útil ter um lateral-direito [o que o inter tb não tem].

    não sei se o fato dele ter “fugido” pro meio várias vezes foi rebeldia tática. me pareceu mais instrução, uma forma de compensar os dois volantes marcadores [outro problema: o inter não tem volante armador: o espaço entre o círculo central e a grande área do adversário, quando o inter ataca, fica vazio. talvez melhorasse com a substituição do guiñazu pelo tinga].

    outro problema, AINDA, dessas duas linhas de 4 é que os zagueiros do inter [e os sulamericanos em geral] são lentos. é perceptível o medo deles em tomar bola nas costas — e eles tem razão: quem tem cu, tem medo!

    essa mudança tática súbita é uma burrice. não deixa de ser engraçado que os treinadores cobrem paciência dos torcedores quando trocam de sistema tático quando eles mesmos não tem a menor paciência para implementá-lo.

    aliás, o inter age muito “burramente” na troca de treinadores pq não tem um projeto de futebol de longo prazo.

  • 36. Cassol  |  20/04/2011 às 10:17

    Se eu entendi bem o esquema do Falcão, as duas linhas de 4 (com Andrezinho e D’Ale bem abertos) são para quando o time está sem a bola. Quando o Inter ataca, o D’Alessandro aparece muitas vezes pelo meio.

    De qualquer forma, repito o que escrevi no post do Gauchão segunda-feira. Jogadores muito ESTÁTICOS e distantes entre si no campo são muito fáceis de serem marcados e de levarem bola nas costas. Foi o que aconteceu ontem no primeiro tempo.

    O Emelec chegou a fazer um gol, minha gente. Não vejo o Inter tão protegido e sem levar sustos, como vem pregando o discurso oficial.

    O time voltou muito melhor no segundo tempo, o que me levou a pensar: foi coisa do Falcão mesmo? De repente, o Falcão quer o time no 4-4-2, com duas linhas de quatro, mas quer também que os jogadores sejam minimamente inteligentes para se movimentarem e se aproximarem quando o time ataca. Foi o que eles fizeram no 2T, jogaram menos presos ao esquema e aí apareceram mais chances de gol.

  • 37. Cassol  |  20/04/2011 às 10:22

    Ah, uma coisa que melhorou no time foi que os laterais apareceram mais no ataque. Por isso estou com essa tese: o Falcão quer esse esquema, mas vai precisar de tempo para fazer os jogadores criarem VARIAÇÕES a depender das circunstâncias do jogo.

    De qualquer modo, pegando o primeiro tempo de ontem, o Inter esteve MENOS ofensivo do que na Era Roth.

  • 38. arc  |  20/04/2011 às 10:35

    O BOLÍVAR é o ALECSANDRO da ZAGA!!!!!!

  • 39. Norteña  |  20/04/2011 às 10:50

    Não vi o jogo, mas ouvindo o denardin hoje de manhã na gaucha parece que o inter se afirmou no segundo tempo, com uma atuação convincente. Confere?

  • 40. Zé Kalanga - ZK9  |  20/04/2011 às 10:56

    Nei é o novo CÉSAR PRATES. Recebe a bola, toca para quem estiver no lado e dispara a correr pro ataque esperando receber de volta. Invariavelmente acaba SEMPRE tomando bola nas costas, inclusive quando está no ATAQUE !

    Deve acabar no Real Madrid após uma convocação para enfrentar Liechtenstein, Ilhas Maldivas ou a Seleção dos CTG’s do Mato Grosso do Sul.

  • 41. Vinicius  |  20/04/2011 às 10:58

    http://www.rsssf.com/sacups/copabalance.html

  • 42. Volkart  |  20/04/2011 às 11:04

    Acho que ninguém tá considerando uma questão muito importante em relação a esse esquema do Falcão: OSCAR no lugar do Andrezinho (12º jogador forever). Acho que vai funcionar melhor, e a velocidade e AGUDEZ do guri vai fechar melhor com a cadência e TOCO Y NÃO VOY do DAle.
    Palavras da salvação.
    Falcão Deus

  • 43. marlon  |  20/04/2011 às 11:10

    narradores argentinos da Fox Latina totalmente em chamas torcendo pro Emelec ontem. (não entendi. eu = Guiña. huhuh)

    Falcao, EL PELADO con MULLET

  • 44. Zé Kalanga - ZK9  |  20/04/2011 às 11:13

    Ah, sim. Andrézinho na lateral-direita resolveria metade do problema. Pelo menos o time entrariaq com ONZE em campo.

  • 45. rafael botafoguense  |  20/04/2011 às 11:27

    um guaxinim me contou que andrézeeeeeeen vem pro fogão

  • 46. Cícero  |  20/04/2011 às 11:49

    #43

    somente MURICY colocaria Andrézinho na lateral.

  • 47. douglasceconello  |  20/04/2011 às 11:50

    Massa ver o Damião tentando fazer uma INVERSÃO que saiu como um tiro de meta.

    Fosse o Alecsandro, teria feito três embaixadinhas de bicicleta e deixado a bola macia para o companheiro, mas o jogo teria acabado ZERO A ZERO.

  • 48. fino  |  20/04/2011 às 12:01

    Quantos gols fez Alecone?
    Quantos fez Damigol?

    Ah bom, só pra saber…

    juiasfdjiasfdji8asfdj79asfdj9asfd9jasfdj89j89afdj8qwt

  • 49. marlon  |  20/04/2011 às 12:04

    fino amargo. hfjdhfs

  • 50. Cassol  |  20/04/2011 às 12:06

    Alguém no fim sabe por que os caras não comemoraram os golos ontem?

  • 51. Ernesto  |  20/04/2011 às 12:06

    Andrezinho tem que ser o 12º forever por culpa desse esquema safado, onde é ele quem faz a cobertura do nei. Treinador rídiculo. Chegou no carteiraço, só piorou o Inter.

    Lamentável, esse ano não vai longe, quem sabe daqui uns 4, 5 anos ganhemos de novo essa porra.

  • 52. fino  |  20/04/2011 às 12:08

    Claro que foi uma piada, marlones

  • 53. Lucas Cavalheiro  |  20/04/2011 às 12:21

    Tinha que fazer uma compilação dos comentários do Ernesto em 2006 e 2010.

  • 54. Ernesto  |  20/04/2011 às 12:39

    Em 2006 não comentava aqui, ainda.

    Mas em 2010, tinha a mesma impressão de agora, do time do Fossati. A diferença é que pelo menos o castilhano era chinelão, catimbava fingindo tomar pedrada da torcida do banfield.

  • 55. Cesar Cardoso  |  20/04/2011 às 12:43

    Pros mais afeitos ao dialeto falcônico do futebol, o que ele chama de “winger” é aquilo que, em outros lugares do mundo, se chama de “ponta”? Porque, se for, o D’Alessandro nunca foi, nunca é e nunca será “winger”. Simples assim.

  • 56. Flávio  |  20/04/2011 às 12:54

    R54
    Winger é o meia externo (Beckham, Giggs, Figo) no 4-4-2 à inglesa. Os antigos pontas (Tesourinha, Garrincha, Lula) eles chamam de outside forward.
    Fonte: Wikipedia

  • 57. Felipe (o catarina)  |  20/04/2011 às 13:09

    #54 #55

    Em 1966 Alf Ramsey escalou um time sem “wingers”. O time ficou conhecido como “Wingless Wonders” e ganhou a Copa. O que isso quer dizer? Nada, só curiosidade. Mas acho que deu origem ao 4-4-2 atual.

  • 58. dante  |  20/04/2011 às 13:14

    “Dante, tu não entendeu essa do guina é burro pq tu tb é.”

    burro não, sou ignorante. é diferente.

    acho o guiña um dos jogadores mais inteligentes do inter, aliás.

  • 59. Lucas Cavalheiro  |  20/04/2011 às 13:35

    #57

    assino embaixo. Até comentamos ontem no estádio, sobre o REPERTÓRIO do argentino. É difícil ver ele perder uma jogada acossado por vários marcadores, e sempre entrega a bola redonda para os meias/laterais.

    Ontem mesmo ele faz um desarme DE LETRA.

  • 60. Gregório  |  20/04/2011 às 13:36

    Queria que alguém me explicasse o que tem de inteligente no jogo do Guinazu…

    Eu acho ele burro pq:

    – Marca a bola e, por isso, corre errado e não guarda posição, consequentemente bagunçando o esquema tático;
    – É extremamente afobado e, por isso, erra passes em profusão e faz faltas em excesso
    – Se mete a atacar sem saber como faze-lo.

    Tem outros fatores tbm, mas esses são mais subjetivos.

    Honestamente, o Guiñazu chega a me irritar as vezes. Só que como ele dá uns 762.493 carrinhos por jogo e acerta uns 20, o que é um número de acertos maior que o de qualquer outro jogador, a torcida acha ele o máximo.

    Pra mim isso é a maior prova que o povo não entende PORRA nenhuma de futebol, mesmo…

  • 61. dante  |  20/04/2011 às 13:47

    “Só que como ele dá uns 762.493 carrinhos por jogo e acerta uns 20, o que é um número de acertos maior que o de qualquer outro jogador, a torcida acha ele o máximo.”

    esse tipo de argumento é tão SUPOSITÓRIO [do verbo supor] que não tem nem como contrargumentar.

    “Pra mim isso é a maior prova que o povo não entende PORRA nenhuma de futebol, mesmo…”

    desculpe, gregório.

    esqueci que só tu entende de futebol no universo.

    foi mal, cara.

  • 62. Lucas Cavalheiro  |  20/04/2011 às 13:53

    bah

    BAH

    B A H

    Ninguém comentou o QUASE GOLAÇO do Inter ontem. E não vi em nenhum melhores momentos. Imprensa azul!

  • 63. Lucas Cavalheiro  |  20/04/2011 às 13:56

    Marca a bola e, por isso, corre errado e não guarda posição, consequentemente bagunçando o esquema tático;

    Rouba 20 bolas por jogo fazendo isso.

    – É extremamente afobado e, por isso, erra passes em profusão e faz faltas em excesso

    Maior índice de acerto de passe do Inter das últimas duas temporadas. Pode procurar. Por que esse número? Porque só dá passes curtos. Rouba e dá seguimento no jogo.

    – Se mete a atacar sem saber como faze-lo.

    Essa eu até concordo. Mas ontem funcionou.

    Próximo.

  • 64. Gregório  |  20/04/2011 às 14:00

    60

    Dante, se falo sério sou chato. Se faço troça, exagero ou qualquer coisa do tipo, não tenho argumento. Aí fica fácil…

    Talvez eu tenha me expressado mal. Não quis dizer que o povo que comenta aqui não entende de futebol. O que quis dizer é que o POVO BRASILEIRO em geral, não entende.

    Explicado. Agora para de distorcer o que eu disse.

  • 65. Gregório  |  20/04/2011 às 14:11

    62

    – Ele pode roubar 20 bolas por jogo, mas um advesário mais ligado pode aproveitar os buracos imensos que ele deixa no meio campo. Contra 90% dos times não acontece nada. Mas contra os outros 10% é bom se cuidar.

    – Se essa estatística dos passes tá correta, então me enganei. Mas mesmo assim a afobação serve como desculpa pro excesso de faltas bobas.

    – Ontem funcionou, ok. Mas quantas vezes já deu errado?

    Guiñazu quando controlado pelo treinador é um jogador imprescindível ao time do Inter. Só que quando tem muita liberdade chega até a atrapalhar.

    Final da Sulamericana contra o Estudiantes é o melhor exemplo dos problemas dele. Foi expulso no primeiro tempo depois de fazer duas faltas estúpidas. E com 10 em campo, o Inter melhorou. Pq ficaram 10 que seguiam determinações táticas e sabiam ocupar espaços ao invés de só correr que nem doido atrás da bola.

  • 66. Gregório  |  20/04/2011 às 14:13

    Aliás, vocês foram contra meus motivos para achar o Guiñazu burro. Só ninguém conseguiu me explicar pq acha ele inteligente. E aí?

  • 67. dante  |  20/04/2011 às 14:15

    #63:

    bom, cara, eu nunca te chamei de chato. além disso, dizer que “a torcida gosta dele porque ele dá carrinhos” NÃO É um argumento, convenhamos. é uma suposição bem particular.

    eu não distorci o que tu disse, só não concordo.

    também não tô defendendo as pessoas daqui nem O POVO BRASILEIRO [?]. eu mesmo não sei merda nenhuma de futebol. mas sei ENXERGAR.

    aliás, pela tua descrição, eu até acho que tu nem viu o jogo ontem…

  • 68. Lucas Cavalheiro  |  20/04/2011 às 14:21

    #65

    expliquei no #58

    E só para constar o scout de 2009 dele no Brasileirão

    Jogos: 32
    Gol: 1
    Assistências: 2
    Cartões amarelos: 12
    Cartões vermelhos: 0
    Passes certos: 1626 (50,81 por jogo)
    Passes errados: 115 (3,59 por jogo)
    Desarmes certos: 158 (4,94 por jogo)
    Desarmes errados: 33 (1,03 por jogo)
    Faltas cometidas: 81 (2,53 por jogo)
    Faltas sofridas: 89 (2,78 por jogo)

    http://www.lancenet.com.br/noticias/09-12-22/673257.stm

    http://zerohora.clicrbs.com.br/especial/rs/segundocaderno/19,1027,2694470,Dupla-Gre-Nal-lidera-ranking-de-passes-certos-no-Brasileirao.html

  • 69. Lucas Cavalheiro  |  20/04/2011 às 14:22

    Não preciso dizer mais nada, acho.

  • 70. Cícero  |  20/04/2011 às 14:25

    a todos os comentários sobre os números do Guinazu:

    Gilberto Silva foi o maior acertador de passes em uma temporada na Premier League, Sandro Goiano era um dos maiores acertadores de passe no Grêmio… DANDO PASSE PRO LADO, ATÉ EU!

  • 71. arbo  |  20/04/2011 às 14:29

    e eu não achei o lance aquele do gol do emelec, na hora e com a repetição não tinha achado nada de errado na jogada, nem falta, nem impedimento… só o q seria a consagração do time q jogou melhor… mas justiça e futebol (carregando clichê, 3,2,1) não andam de mãos dadas

  • 72. Lucas Cavalheiro  |  20/04/2011 às 14:33

    #69

    Foi o que eu disse. Não erra porque simplifica.

    Mas pega o Edinho ou o Adílson e vê o scout deles… Erram passe de meio metro, que é a coisa mais irritante do universo.

  • 73. Gregório  |  20/04/2011 às 14:36

    66

    Vi o jogo sim. Mas não tô falando do jogo. Tô falando do Guiñazu, que tá aí, abrindo espaços no meio campo a uns bons 3 anos. E não é que a torcida gosta dele por causa dos carrinhos. Gosta porque ele tá sempre correndo atrás da bola que nem louco e, por isso, acaba desrmando mais que os outros 10 que guardam posição. Aí parece que ele é um “Deus da raça” ou outra merda dessas.

    67, 68, 69

    Lucas cheio das estatísticas, vem o Cícero e fala EXATAMENTE o que eu ia dizer. Aliás, se for observar, normalmente quem tem a maior taxa de passes acertados durante uma partida de futebol são os ZAGUEIROS, que só passam para o lado mesmo.

    Guiñazu passa tão bem quanto o Edinho, porém é muito menos ARROJADO e, por isso, erra menos, mas erra muito quando passa verticalmente.

  • 74. Gregório  |  20/04/2011 às 14:38

    66 e 71

    Tá bom, o cara não é tão burro assim. Só tem uns lampejos de estupidez.

    Mas isso acontece com qualquer um mesmo…

  • 75. Lucas Cavalheiro  |  20/04/2011 às 14:47

    de erra passes em profusão e faz faltas em excesso a Tá bom, o cara não é tão burro assim já é uma grande evolução.

    O dia que ele lesionar aí tu comemora o Wilson Mathias no lugar dele, confere, Gregório?

  • 76. Lol  |  20/04/2011 às 14:49

    No caso Gregório contra Dante, dou ganho de causa ao Dante.

    Condeno Gregório a contar a quantidade de carrinhos a ser dado pelo Guiñazu no campeonato brasileiro, fazendo uma média ponderada entre erros e acertos e, com base no resultado, desenvolver uma dissertação com o seguinte tema: “A evolução do carrinho e sua influência na compreensão do futebol contemporâneo com a utilização de wings com meias de pouca velocidade”.

  • 77. Allan Garcia  |  20/04/2011 às 14:50

    Mas esse Gregório gosta de uma polêmica, heinhô Batista?

  • 78. Lol  |  20/04/2011 às 14:53

    “Gosta porque ele tá sempre correndo atrás da bola que nem louco e, por isso, acaba desrmando mais que os outros 10 que guardam posição”
    […]
    “Guiñazu passa tão bem quanto o Edinho, porém é muito menos ARROJADO e, por isso, erra menos, mas erra muito quando passa verticalmente.”

    A função do guinazu é desarmar. Ele não precisa dar passes em profusão e, necessariamente, nao precisa ser tão veritcal. Não é ele o armador do time.

    De todo modo eu acho que ele carrega a bola verticamente quando está em posse dela…

  • 79. Cícero  |  20/04/2011 às 15:00

    Edinho é um gênio incomprreendido. Não é parametro pra comparação com Guñazu, ao meu ver, ele esta um degrau acima do argentino.
    Olha quantas assistências, gols e PASSES DE LETRA ele já deu na carreira.

  • 80. Gregório  |  20/04/2011 às 15:03

    74

    Mas aí troca um cara que só eu acho burro por um que até a minha vó sabe que ruim… Prefiro 11 burros a 11 ruins.

    75

    Já estou levantando as estatísticas.

    76

    fhahfashfashfahfashfahsfash

    77

    Essa parte do ARROJADO foi só pra provocar mesmo… E tu tá certo, ele não precisa ser vertical. Só que ele tenta e acaba não dando certo.

    Sei lá, não tô sabendo explicar pra vocês. Um dia a gente assiste um jogo juntos e eu vou falando “ólha lá a burrice”, cada vez que ele fizer uma. Já convenci umas 3 pessoas assim…

  • 81. Junior  |  20/04/2011 às 15:06

    Arbo, não foi gol anulado porque o lance já estava parado. Tanto que o emelecquense levou cartão amarelo por chutar quando o juiz já tinha apitado. É lógico que ele PROVAVELMENTE faria o gol.
    Continuo achando que se dá importância demais aos treinadores. O D’Alessandro originalmente estava aberto pela esquerda, mas inúmeras vezes aparecia centralizado. Ele jogou mal muito mais por culpa própria que do esquema. Ele errou passes de 5 metros um monte de vezes.
    Sobre o Guiñazu, sempre lembro da genial frase do Godo:
    colorado que corneteia o Guiñazu merece torcer pro Fluminense.” (nada contra o Fluminense, mas é uma ótima frase de efeito).

  • 82. LF  |  20/04/2011 às 15:37

    faltou o “vocês não entendem nada de futebol europeu”

  • 83. Gregório  |  20/04/2011 às 15:40

    81

    LF, cara… Tu não entende nada de futebol europeu, véio…

    dhgsdhgdshgsdhghsdg

  • 84. arbo  |  20/04/2011 às 15:42

    é, junior, se o lance foi legal, como eu penso, o gol não foi anulado, mas impedido de ocorrer.

  • 85. dante  |  20/04/2011 às 16:29

    bá, o lol me deu ganho de causa.

    ou seja: perdi.

    sdgkçlsdçlgks

    to brincandeeiro mgx rlxs

    não quero ser “contra” ninguém. aqui é todo mundo amigo.

    e, como todos sabem, amigo que é amigo quer mais é que o amigo se foda.

    : ]

  • 86. Tiago Marcon  |  20/04/2011 às 17:52

    Só não curti ver o Falcão voltando pro segundo tempo com uma PRANCHETA na mão
    Deixa esse estilo pro papai Joel

  • 87. Prestes  |  20/04/2011 às 18:34

    Bah, meu, parece piada. Contestar o Guinazu é insanidade.

    O cara chegou no Colorado em 2008. Em três temporadas, ganhou dois RS, uma Suda e uma Libertadores. Foi finalista de uma Copa do Brasil e vice-campeão Brasileiro.

    Querem o Marabá de volta?? O Leandro Guerreiro??

  • 88. Carlos  |  20/04/2011 às 18:54

    Bom, mas levando em conta esse papinho desse Chileno sem vergonha do prestes, o Nei é craque, afinal ganhou a libertadores.

    Eu acho esse Guinazu uma bosta.

  • 89. Gregório  |  20/04/2011 às 19:30

    86 e 87

    Como diria o meu pai: “nem mel, nem porongo”.

    Prestes, não disse que o Guiñazu é ruim, longe disso. Só acho que ele podia ser ainda melhor se raciocinasse mais durante o jogo. Seguidamente ele faz alguma coisa sem cabimento. Mas essa é só a minha opinião.

    Tem outra coisa. Não tem nada a ver dizer que ele é burro pra jogar, com achar que penso que Mathias, Marabá ou Leandro Guerreiro melhores que ele. Não comparei o cara com ninguém, nem disse que quero ele fora do Inter.

    Não sou o único que pensa assim sobre ele. O problema é que a maior parte da torcida fica assim, putinha, quando o cara fala que não acha o Guiñazu tãããããão bom assim. Aí ninguém fala nada.

    O lance é: não acho ele essa maravilha toda que a torcida canta por aí.

    Mas o Carlos exagera quando diz que ele é uma bosta. Bosta era o Cleitão.

  • 90. Adam (o Himen)  |  20/04/2011 às 21:18

    Falcão e seu teoremas futebolisticos, ele tem vocabulário e entonação de comentarista macio, sem polêmicas…mas como treinador, vish.

    Onde já se viu treinador, no primeiro lance dele no clube, começar falando que gosta de futebol bem jogado, PLÁSTICO, bonito…o que vcs acham que o Nei fica pensando quando escuta isso? Um lixo, claro, o cara sabe que nao é capaz e já se sente fora. grupo.

    Depois vem achando que está na Globo e diz que “quer o time mais compacto”, aprendeu com o Galvão Bueno essa.

    Sem falar o sapatenis Pós Fashion que o cara apareceu calçando em campo.

    Próxima Rodada chuto aqui, Inter X Jaguarez, este último que teria dificuldades pra ser semi finalista na Copa Coamo dos Cooperados. Será uma perigosa comodidade nas oitavas de final. E é alguns dias adiante que vem a tragédia anunciada.

    Agora, mudando de assunto, maginem quartas de final GRENAL concomitante com as finais do campeonato gaúcho, tb GRENAL. Colocar os reservas?

  • 91. Gregório  |  20/04/2011 às 21:53

    90

    Nesse caso das quartas, eu sou acho que a Dupla faria como estão fazendo Real x Barcelona, que tinham 4 confrontos pela frente, jogaram os 2 primeiros com os titulares e vão nas semi-finais da Champions com os titulares também. Não importa o torneio, o jogo é importante demais pra meter reservas.

  • 92. col  |  20/04/2011 às 22:19

    Volta Abel!

    HuhHdududufufhAhaha

  • 93. Fernando Coelho  |  20/04/2011 às 23:58

    # 3, 18, 49
    “Nao comeracao” do Sobis, por causa da tensao. E’ como quando tu leva guampa da mulher amada, quer chorar e nao consegue.
    O cara nao tem nada pra provar: meteu 3 gols em 2 finais de Liber, para mim fica pra sempre na historia do clube.
    Gostei do Damiao dando passe pro gol do Sobis, baita dupla de ataque que temos ai. Vai melhorar muito com o entrosamento!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: