Sambando no vinhedo

10/03/2011 at 03:13 177 comentários

Ainda não se fabricou vinho suficiente para provocar a ressaca que impera no ESPECTRO grená nesta quinta-feira. Porque o Caxias, após um primeiro tempo DILACERANTE e uma segunda etapa covarde e impotente, quando o Grêmio massacrou mais pelo entusiasmo do que pela qualidade,  perdeu o título do primeiro turno do MATAMBRÃO 2011 sofrendo um gol aos 51 minutos de acréscimos na derradeira etapa.

As fotos são de Richard Ducker.

O time treinado por Lisca começou a partida como se tivesse sido submetido ao famoso turno GRINGO de quatorze horas de trabalho durante todo o Carnaval, enquanto os portalupeños ainda tiravam o confete dos cabelos, arrotavam o último gole de chope e se perdiam em devaneios sobre mulatas e musas de índole duvidosa.

Mal a bola tinha rolado e a falange grená se atirou para cima da zaga gremista com uma audácia de fazer inveja aos maiores lunáticos que a Humanidade já produziu. Por meio de Itaqui, LIMA e Everton, que hoje fez a maior partida de sua vida quase um GULLIT da Serra), empilhou chances de gols nos primeiros dez minutos, cabeceando por cima de Victor, perdendo da marca do pênalti, provocando ENROSCO na área, entre outros floreios.

O Grêmio, atônito entre Vai-Vai, Restinga e Beija-Flor, estava perdido em campo e só ameaçava em loucas patadas de fora da área. Apesar de não haver dinâmica ou individualidades, os tricolores cresciam, pois afinal era preciso dar alguma justificativa àquela gente nas arquibancadas. E justamente quando o Grêmio tentava combater aquele verdadeiro CABERNET MECÂNICO do qual era vítima, Itaqui (sobrinho, filho ou NETO) do viejo homônimo largou um tijolo em cobrança de falta e colocou os caxienses na frente.

Depois do gol, Renato chamou Bruno Collaço para entrar no lugar de Carsalbert, que flanava pelo meio-campo como se estivesse pendurado num carro alegórico, e o Grêmio mellhorou. Perdeu chances cristalinas com Collaço e William Magrão. Apesar de nenhum setor do Grêmio apresentavar-se razoavelmente, a partida parecia equilibrada, até que GERLEY tabelou com Everton, invadiu a área pelo lado esquerdo e chutou cruzado, marcando o segundo. Neste momento, o IMPÉRIO DO FUTVÔLEI parecia finalmente ameaçado, o que de fato aconteceria se o próprio Magrão, ressurgido do mundo das negociatas, não empatasse com um belo chute de fora da área, bem perto do fim.

Esse gol TEMPORÃO acabou modificando profundamente o cenário da decisão. Porque no segundo tempo o Grêmio, certamente após uma performance FURIBUNDA do treinador no vestiário, voltou realmente interessado em jogar uma final de turno. E a partir daí o Caxias, cansado e assustado, não mais passou do meio-campo, e começou a empilhar faltas na intermediária. As boas atuações de Fábio Rockembach e Borges, acrescidas pela entrada de LÚCIO, promoveram um verdadeiro PACOTÃO para cima da esquadra carcamana.

Era muito mais ímpeto do que organização ou técnica, mas isso pouco importava. As chances de gol se sucederam e apenas por IMPERÍCIA ou intervenção de SANGALLI, o arqueiro visitante, o empate não surgia. Essa milonga permaneceu por todo o segundo tempo e, justamente quando o Grêmio dava seus últimos suspiros, após Borges se ESFALFAR na área, a bola sobrou para Rafael Marques, que mandou para as redes.

Tínhamos 51 minutos do segundo tempo, e ali o Caxias perdeu o título. Porque as penalidades eram mera formalidade, afinal o AMBIENTE estava amplamente favorável à esquadra azurra da Azenha, torcida louca e Renato sambando sobre as uvas impotentes. O que era o doce e sensual CARMENÈRE do triunfo inesperado se transformou no azedo e previsível vinagre de dois reais da derrota previsível. No momento das cobranças, cada jogador do Caxias parecia um indefeso PLAYMOBIL diante de Victor e seus braços loucos e BALOUÇANTES. Todos erraram, exceto Everton. Pelo Grêmio, todo mundo marcou, e o placar acabou 4 a 1.

Vitória e taça merecidas para o Grêmio, não pelo jogo de ontem, que foi um desastre (ou um TIC-TAC daquilo que os gremistas gostam de apontar como imortalidade), mas pelo desempenho ao longo do turno (que a federação chama de Taça Piratini – ano que vem será Troféu Maragato ou DEGOLA ou algo assim), que os permite esperar pelo adversário da final ou antecipar o título vencendo o segundo turno e unificando os CINTURÕES.

Saudações,
Douglas Ceconello.

Anúncios

Entry filed under: Gauchão.

A noite das mariposas Por um punhado de crédito

177 Comentários Add your own

  • 1. marcelo benvenutti  |  10/03/2011 às 03:16

    Adoro as voltas olímpicas do Grêmio.
    Dilícia.

  • 2. Thiago Souza de Souza  |  10/03/2011 às 03:30

    Demóuis o teu texto. Parabéns.

  • 3. joilson  |  10/03/2011 às 03:44

    impagável esse texto. cada frase dá pano pra manga. é muita informação. e o que é melhor: sem perder nenhum momento a análise precisa. parabéns.

  • 4. Matheus von Muhlen  |  10/03/2011 às 03:58

    Gremio FDP… não precisava… final do gauchão ok, mas od primeiro turno sifu….

    Carlsabert não nem Rafa Marquez, aquela uva

    sim, estou ébrio e dae???

  • 5. Lopo  |  10/03/2011 às 04:55

    Meu velho, passei a noite trabalhando no Parangolé escutando o rádio Aiwa da incontestável cozinheira Marize, no meio de um sanduíche do chefe e outro, enquanto a música rolava solta no salão.
    Que belo texto! Mesmo depois de tanto texto, vídeo e áudio na internet, somente agora entendo um pouco do que aconteceu no ninho do “imortal”.
    Só faltou falar da catimba inédita do Caxias (ressaltada em todas crônicas do jogo), que ainda vai servir pros reclames de arqui-rivais, e da confusão toda envolvendo esse bandeirinha medíocre e o nem tão iluminado atacante que usa (sabe-se lá porque) a camiseta de número 99!

  • 6. Anônimo  |  10/03/2011 às 05:19

    2011 já chegou, em que pese o carnaval ter terminado a pouco.

  • 7. Guilherme  |  10/03/2011 às 06:05

    Jogo muito útil esse. Além de servir pra ganhar o turno e não se incomodar mais até a final, ainda finalmente afundou o tal do quadrado do meio campo, com Carlos Alberto e Douglas.

    Não sei se o Carlos Alberto foi uma má contratação ou não, mas todo mundo já percebeu que ele nunca vai dar certo naquela posição.

  • 8. Xavante  |  10/03/2011 às 07:01

    Ontem se viu um SEMI CAI CAI. Alguns hábitos são difíceis de abandonar.

  • 9. LF  |  10/03/2011 às 07:52

    Enquanto a dupla grenal mandar no cronômetro, nada mudará.

  • 10. Vizzotto (Goleiro)  |  10/03/2011 às 08:06

    Ontem os críticos do Adílson (Não é específico pra ti, Carlos) devem ter revisto os conceitos!! O Caxias abdicou de ser campeão. Jogasse uma parte do 2º tempo como jogou o 1º e meteria 4! A defesa do Grêmio nesse esquema e sem Adílson faz água o tempo inteiro! O Renato ainda ferrou o Magrão colocando ele recuado, marcando e atacando, sem o cara estar com ritmo e preparo!!!

    Mandem o CA pra onde o Carnaval seja eterno!! Só faza cagada aquele tosco!!

    No mais, enquanto tivermos Victor (que foi até pra área tentar resolver o que os bêbados carnavalescos não resolviam) TUDO conspira a favor do Grêmio!!!

    Taça no armário!! É o que fica pra história!!
    E dá-le!!!

  • 11. Germano  |  10/03/2011 às 08:06

    Se o Grêmio mandasse no cronômetro, teríamos uns 12min de acréscimo. Foram 6, metade.

  • 12. Allan Garcia  |  10/03/2011 às 08:35

    Eu me divirto muito com o Caxias… É o time que mais tem feito os gremistas ‘peidarem’ nos últimos 10, 12 anos…

  • 13. Anônimo  |  10/03/2011 às 08:35

    ahtomalucu “cronometro mimimi acréscimo uiuiui…”

    polenteiros só paravam o jogo no segundo tempo, tiveram o que mereciam. era pra ter mais acrescimo até.

  • 14. Fernando Cesarotti  |  10/03/2011 às 08:36

    Vendo agora o VT no Sportv, não deu pra sacar se os 234 minutos de acréscimos foram honestos, mas o Caxias perdeu umas três chances de matar o jogo entre os 30 e 40 minutos e não o fez por pura JUVENÍLIA.
    E, claro, depois de um empate assim, nem precisava bater os pênaltis. Só o Palmeiras seria capaz de perder assim.
    (E foi, no Paulista de 2004: perdíamos por 3 a 1 para o Paulista de Jundiaí, fizemos um gol aos 42 e outro aos 49 e levamos pros pênaltis. O nefasto LÚCIO, que os gremistas tanto adoram, perdeu um decisivo e ficamos fora da final.)

  • 15. Anônimo  |  10/03/2011 às 08:43

    até o gaciba previu com antecedencia que o juiz daria uns 6 minutos, “no mínimo”.

    só quem nao viu o jogo discorda

  • 16. Tiago Marcon  |  10/03/2011 às 08:48

    Caxias foi roubado ontem. Juizinho sem vergonha

  • 17. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 08:52

    “Quase um GULLIT da Serra.”

    Parei de ler aqui, ri tanto que torneei meu abdome. Vou prosseguir na leitura.

  • 18. Tiago Marcon  |  10/03/2011 às 08:56

    PQP, o cara Inverteu faltas, não deu uma vantagem em que o Everton ficou na cara do gol, aceitou a pressão teatral do Renato na beira do campo e de vários jogadores do Grêmio que gesticulavam na cara dele. Juizinho fraco, caseiro..OITO minutos?!?!? faltou luz no jogo???
    E o cara quer deu uma paulada sem bola no jogador do Caxias, na cobrança de tiro de meta????

    e assim os times do interior seguem penando

  • 19. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 09:12

    Como eu disse ontem: dava pra ouvir Faroeste Caboclo nos acréscimos.

    Em que pese a cera e o cai-cai, se o juiz quiser controlar isso dá cartão ou chama a maca. Cansamos de ver confusões de 3~5 minutos que depois viram 1 nos acréscimos. Foi descarado mas, lamentavelmente, NÃO seria diferente se fosse com o Inter tomando 2×1 no Beira-Rio.

    No mais, ótimo resultado pros colorados: Portaluppi ainda é o misto de Mourinho e Messias, o Grêmio é imortal, a torcida não vai reclamar de nenhum dos vários defeitos, enfim, o conhecido e querido PENSAMENTO MÁGICO GREMISTA que contamina jogadores, treinador, direção, torcida e se esvai no meio de uma quebradeira no Olímpico.

    No mais, só espero o Carlos Amargo ÇLKSADJDSÇAKLJSDÇAKL

  • 20. Bruno Lorenz  |  10/03/2011 às 09:14

    Grêmio manipulador da arbitrgem, máquina destruidora de lares, algoz do futebol íntegro, honesto e saudável.

    Isso tem que ter fim.

  • 21. Atilio  |  10/03/2011 às 09:16

    heaheahae Tiago Marcon deve tá blasfemando. Senti a boa e velha indignação gringa. Tiago, faltou dois ou três porco dios intercalados no texto.

  • 22. Alexsander  |  10/03/2011 às 09:25

    Nenhuma foto do herói do jogo, Márcio Chagas da Silva?

  • 23. Francisco Mahfuz  |  10/03/2011 às 09:31

    Achei a arbitragem razoavel, bem acima do nivel que se ve normalmente (tanto ai’ no Brasil como aqui nas Zoropa). A questao dos descontos, a meu ver, nao cabe reclamacao: 5 substituicoes no segundo tempo ja’ deveriam valer dois minutos e meio; TODOS jogadores que o Caxias trocou sentiram “caimbras” quando viram a placa de troca e tiveram que ser levados de maca pra fora do campo, fora o goleiro precisando de atendimento umas duas vezes, e uma cera descarada a cada lateral, falta e tiro de meta. Se o juiz fosse dar amarelo toda vez que podia teria expulsado uns tres ou quatro. E vale lembrar que ele deu 6 minutos, o gol saiu aos 51 e depois ele deu mais dois (que ele anunciou) por mais uma cera do Caxias. Claro que aqui na Espanha eram 4 da manha a essa altura e eu estava assistindo o jogo meio dormindo, entao vai saber se o que falo aqui tem qualquer coerencia.

    Tendo dito isso, o Gremio ta’ perigosamente ruim e temo sermos ESMIGALHADOS por um time decente na Liber.

  • 24. Tiago Marcon  |  10/03/2011 às 09:42

    Tudo bem, mas o razoável, o que a maioria dos juízes dá quando não há nenhuma paralisação forçada, são 4 minutos…Mas além da questão do tempo ele teve uma arbitragem tendenciosa, invertendo faltas, não aplicando a lei da vantagem corretamente, aceitando a pressão local. Se o jogo tivesse 2 x 1 pro Grêmio ele daria 6 minutos de acréscimo? É claro, é óbvio que não.
    Fora isso o Caxias não teve maior qualidade pra fazer um golzinho mais e matar o jogo. Mas querer que um clube do interior tenha time pra superar um grande da capital e também a arbitragem, dae talvez seja pedir demais.
    Porco Can

  • 25. Alexsander  |  10/03/2011 às 09:43

    Nos últimos anos o Grêmio se especializou em realizar grandes façanhas contra pequenos times em competições menores.

  • 26. Tiago Marcon  |  10/03/2011 às 09:48

    Outra coisa , bah, tudo bem, tô chorando a derrota, uhauhauhaauhahuaaaa, mas olha só:::
    tem antidopping no Gauchão? alguns jogadore do Grêmio nitidamente alterados…
    catimba faz parte do jogo. Vide los hermanos. O Grêmio tb fez sua catimba, caindo toda hora ao redor da área( e dentro tb) e o juizinho não deu nenhum amarelo por simulação
    Phoda, phoda

  • 27. Francisco Mahfuz  |  10/03/2011 às 09:53

    Tiago, concordo que e’ raro algum juiz aplicar a regra do desconto direito, mas acho que nao da’ pra reclamar quando o cara faz o que diz no livrinho. Sobre faltas invertidas e tal, me acho muito tendencioso pra comentar.

    Mas fato e’ que se o Caxias tivesse botado uns guris pra fazer uma correria antes tinham metido no minimo mais um gol – acho que a perda do titulo doi mais por se darem conta que metade do futebol jogado no primeiro tempo tinha matado a gente sem duvida, e fazer um retrancao safado e desnecessario acabou sendo um erro tatico que custou o empate.

  • 28. Ducker  |  10/03/2011 às 09:55

    Bah, na boa, só quem não viu o jogo (ou é um colorado demasiadamente indignado) reclama dos acréscimos!
    5 substituições se não me engano, um sem número de atendimentos aos jogadores do Caxias praticamente desfalecidos no gramado, várias entradas da maca, um eternidade a cada cobrança de tiro de meta do Cassias…

    Me impressiona que nego esclarecido e que entende de futebol faça essa choradeira em torno do tempo dos acréscimos.

    O Cassias foi vitimado pela própria cera.

    Aguante!

  • 29. alemao  |  10/03/2011 às 09:56

    mas q choradeira…pqp. Quem tem q chorar são os gremistas, com a teimosia do tal do santo. Se foder…

  • 30. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 09:57

    Não acredito que os caras achem certo OITO MINUTOS. Talvez se tivesse caído UM METEORO no meio do campo ou coisa que o valha.

    Já vi jogo de futsal com menos tempo “ressarcido” que esse. Juizinho fraco e sem-vergonha, até eu sei que se o cara tá fazendo muita cera tu manda sair do campo e depois finge que não vê ele na beira pedindo pra voltar nem que atire sinalizadores ou faça código morse.

    E aí os gremistas me surgem com esse movimento SUBVERSIVO de INSURREIÇÃO À CATIMBA.

    Mas vão se afomentar.

    Pelo menos o pensamento mágico tomou conta novamente.

  • 31. Germano  |  10/03/2011 às 09:58

    E a coloradagi dê-lhe comentar indignada com a judiaria que fizeram com o Cacias.
    Quedê-lhe o post do Inter pra eles comentarem? Ah, não jogaram? Escrevam então sobre o carnaval do D’Alessandro…

  • 32. arbo  |  10/03/2011 às 09:59

    “Enquanto a dupla grenal mandar no cronômetro, nada mudará.”

    dios, essa era uma frase q eu não esperava ouvir nem do mais desavergonhado caxiense

  • 33. Ismael  |  10/03/2011 às 10:02

    Não cabe comentar… gremio campeão com todos os méritos, com todas as justiças (2006, VANUCCI). Só que o Cassias realmente deixou escapar as chances que teve de matar o jogo, e que foram várias!

    Ontem vi pq o tal de Everton não se cria em time grande… é o bom jogador ruim, sempre dá um toque a mais, perdeu de “pifar” os atacantes em vários lances e além de tudo, entrou em impedimento em uns 3 lances por total burrice.

    Me impressionei com o gremio levantando bolas da altura do circulo central para a área… só abandonou a tática do “aguante tijolada” quando entrou o Lúcio (Cesarotti, o gremio hj é Victor, Lúcio e + 9, não adianta). No mais, já sabia que os polentas não suportariam a pressão, mas me iludia um pouco mais a cada volta do ponteiro…

  • 34. arbo  |  10/03/2011 às 10:03

    “Cansamos de ver confusões de 3~5 minutos que depois viram 1 nos acréscimos”
    ai minha lógica

  • 35. Germano  |  10/03/2011 às 10:06

    Sério que a coloradagi tentou secar o jogo? Eu teria ido dormir. Sério.

  • 36. Frei  |  10/03/2011 às 10:07

    O juiz foi muito filho da mãe em dar 8 minutos ontem.

    Sou colorado, mas deveria ter dado 15!

    Na boa, pode ser a favor do Grêmio, mas não aguento mais essa história de 35 minutos de cera e o cara vai lá e levanta 3 dedinhos.

    Na Libertadores mesmo, juro que já vi até juiz dando uma risadinha nessas situações.

  • 37. Antônio  |  10/03/2011 às 10:09

    Como diria o filósofo, “the cry is free”.

    É bonito de ver colorados e ‘cassienses’ abraçados, ainda retumbados por um mazembaço qualquer, lambendo as Chagas da Silva…

  • 38. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 10:15

    #34
    O que tem de ilógico nisso? É simplesmente o que acontece. Acréscimos com mais de 3 ou 4 minutos já se tornam um jogo à parte e FODEM os nervos do time que é ‘penalizado’.

    Se os juízes resolvessem descontar cada cera ou coisa assim, toda a final teria de oito a dez minutos de acréscimos.

    Conveniente que seja uma equipe da capital (tenho certeza que se fosse o Inter seria a mesma coisa) tomando FUMO de uma equipe do Interior dentro da sua casa.

  • 39. dante  |  10/03/2011 às 10:16

    “E aí os gremistas me surgem com esse movimento SUBVERSIVO de INSURREIÇÃO À CATIMBA.”

    sdfklçsçdlgkçlsdkgçlskjdg

    nossa catimba é sempre melhor que a deles.

    ; ]

    parabéns aos gremistas pela taça! [só fiquei sabendo que era a finalíssima quando o grêmio fez o 2 x 2 klajsdlk]

  • 40. arbo  |  10/03/2011 às 10:17

    faço minhas as palavras de Francisco Mahfuz [23] e Ducker [28].
    no fim parece acertada a decisão pessoal do ceconello em não mais falar de arbitragem – sempre um assunto polêmico e q chegará por um ou outro nos comentários.
    o caxias sempre esteve a ponto de fazer um gol, inclusive TIVE MEDO [oi, regina] dos 2 de acréscimos depois do nosso golo salvador. era só dar uma pressão naquela nossa zaga e estávamos fudidos.
    o guilherme falou bem, esse jogo foi mto bom pro grêmio, não só pelo título. será excessiva teimosia se renato manter carlos alberto naquela posição [e ainda tenho fé de q o gilson finalmente saia do time, e o grêmio aproveite agora pra jogar sem 2 centroavantes]. não é possível q sempre, nos últimos jogos, façamos uma substituição no primeiro tempo – qdo isso se repete, mostra claramente q estamos entrando com a escalação errada. com lucidez, temos condições de melhorar bastante.

  • 41. Tiago Marcon  |  10/03/2011 às 10:19

    O fato é o seguinte. Aqui no interior temos a seguinte ótica:desde os primórdios do futebol a dupla Grenal é favorecida pelos juízes em decisões regionais. Os mais velhos sempre comentam jogos dos anos 60 e 70 com erros clássicos pró capital. Eu lembro vagamente de algo nos anos 80.
    É tipo quando a gente vê o São Paulo, o Flamengo ou Corinthians ganhar do Grêmio ou do Inter no apito. Tudo é uma questão de escala, de tamanho. Abraço Sveiter.

  • 42. arbo  |  10/03/2011 às 10:21

    #38 Gabriel S., o Francisco já te respondeu no 27 com mto mais elegância com q eu poderia te responder.
    e acho q tu deveria deixar os “se”s no travesseiro.

  • 43. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 10:24

    Enfim, me abstenho de falar de arbitragem também. Tava alternando entre o jogo e o notebook (twitter em chamas, cornetas totalmente sem sentido e desnecessárias) mas o que deu pra ver foi o TORPOR daquele Gilson. Credo.

    Vi também Diego&Diogo em campo novamente e lembrei de quando acreditava nessa entidade. Pobre de mim.

    E Cazalbé vem se provando exatamente o que eu pensava: um balaqueiro que não sabe ser sério.

  • 44. Ismael  |  10/03/2011 às 10:27

    Não achei errado os 8 minutos… esperava 5 e o Chagas deu 6, depois o goleiro fez uma cera CAVALAR e dispensável, e o juiz deu mais 2.

    MAS

    concordo com quem disse que faltou experiência pra conduzir a catimba do Caxias… deixa o cara mofando do lado de fora e dá um amarelinho na volta. O Gaciba era um que pegava o jogador deitado na maca, chegava bem pertinho e sentenciava “vou te amarelar na volta, eu sei que tu não tem nada”

  • 45. arbo  |  10/03/2011 às 10:29

    #41 pois é, Tiago, é por ir com esse pensamento [ou rancor] pra campo, A PRIORI, q tem mto torcedor da dupla grenal perdendo tempo reclamando de TODA cagadinha de juiz, em jogos contra os feios e bobões queridinhos da mídia má [feia e bobona]

    é possível dizer q o caxias fez o certo [ainda acreditando q com a bola rolando mais eram eles q tinham mais chances] fazendo a maior cera de q me lembro no olímpico, mas está claro q o juiz só fez o certo TAMBÉM. [meu sangue de torcedor fervia clamando por 9 minutos, em vez de 6]
    o caxias não é um coitadinho. chegou a final merecidamente. empatou na casa do time de melhor campanha, tendo merecido vencer.

  • 46. Matheus von Muhlen  |  10/03/2011 às 10:30

    Alguém entendeu a confusão entre o Andre Lima e o BANDEIROSO?

  • 47. Sancho  |  10/03/2011 às 10:31

    O problema é menos os acréscimos e mais a impressão que a conquista foi absolutamente injusta. Coloca isso na conta de um empate aos 51’ST para o GRANDE, FAVORITO, EM CASA, e se tem todos os motivos para se ouvir choradeira.

    Só acrescento que depois do gol do Grêmio, o Caxias teve mais de minuto com a bola, teve uma falta, e temi que se fizesse justiça.

  • 48. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 10:32

    Tá, parei. Na verdade tô puto da vida por não poder ficar fazendo spam aqui em CAPS LOCK de “QUERO VER SE AGORA VÃO EXTINGUIR ESSE TIME B” e tô canalizando isso tudo pra arbitragem.

    10:30, tomei meu café e tô mais calmo.

  • 49. Sancho  |  10/03/2011 às 10:33

    Re 46

    O André Lima fez um gol que até agora não sei se ele estava impedido. Dois jogadores do Grêmio certamente estavam, mas ele eu não sei. Como lhe é peculiar, xingou até a enésima geração de ascendentes, descedentes e COLATERAIS do assistente e levou amarelo. Pelo visto, quando subiu a placa para substitui-lo, o Altemir tascou um “Bem Feito” e se deu toda a confusão.

  • 50. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 10:38

    Altermir Haussmann (sei lá, preguiça de googlear) é o melhor bandeirinha que tem. E ontem, se ele largou aquela coisa totalmente nonsense (“Deus é justo, tu reclamou do IMPEDIMENTO e agora se machucou.”) tem que ganhar um banner aqui no blog, foi claramente uma tentativa de espalhar na relva do Olímpico a maldição do impedimento. E tocou o terror no atacante da 99 (inadmissível) que nesse momento deve estar se reunindo com seu advogado.

  • 51. LF  |  10/03/2011 às 10:39

    “É tipo quando a gente vê o São Paulo, o Flamengo ou Corinthians ganhar do Grêmio ou do Inter no apito. Tudo é uma questão de escala, de tamanho. ”

    é exatamente esse o ponto.
    a justiça dos acréscimos passa longe daqui – a única pergunta possível é: o critério seria o mesmo pró-Caxias? ou pró-15 de Campo Bom, em 2005?

  • 52. Sancho  |  10/03/2011 às 10:42

    Em termos de espetáculo e entretenimento, para quem gosta de futebol, o jogo valeu e muito.

  • 53. Sancho  |  10/03/2011 às 10:44

    Por que toda e qualquer decisão contra o Caxias é assim?! Se tivermos mais algumas, e com vitórias dos serranos, pode se consolidar uma rivalidade digna dos melhores tempos do Juve-Nal.

    O Caxias merece.

  • 54. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 10:46

    #52

    Os caras do Caxias pecaram em não fechar a pauleira na hora que o Rodolfo Twitter resolveu dar chilique. Teriam ganho o jogo ali, iam fazer uma confusão do caralho, aquela falta não ia dar em nada e o juiz, com medo de fechar o bolor denovo, ia apitar o final assim que desse.

  • 55. LF  |  10/03/2011 às 10:47

    bem observado, Gabriel.

  • 56. arbo  |  10/03/2011 às 10:48

    #51
    LF, essa é a única pergunta IMPOSSÍVEL. quem vai te responder? o simon? o heber?
    reclamar qdo o cara faz o errado eu já tinha visto. reclamar do certo???
    é tipo aquela ladainha, “bá, foi penal, mas daqueles q nenhum juiz dá, nunca”
    ou seja, nenhum sentido

  • 57. Guilherme  |  10/03/2011 às 10:51

    .53

    Com todo respeito ao Caxias, mas isso só mostra que nós estamos mals das pernas, MESMO. Alguém ali em cima falou em ser imortal contra os pequenos, e eu tomei na cara, pq no fim das contas é verdade…

  • 58. Tiago Marcon  |  10/03/2011 às 10:53

    #54
    Gabriel,
    nitidamente falta culhão, história e malandragem ao Caxias. Quem sabe depois de mais um título gaúcho e umas 8 temporadas na série B o clube se transforme

  • 59. Sancho  |  10/03/2011 às 10:53

    Mas, Guilherme, em 2007, o vice-campeão da América “pariu uma bigorna” para superar o Caxias.

  • 60. Paolo C. Brehm  |  10/03/2011 às 11:00

    O Caxias sucumbiu à burrice da demasia. Tivessem mantido os culhões entre as pernas durante o jogo e o teriam vencido. Nunca um adversário me causou tanta raiva na pedra do Olímpico quanto este bloco “virgens da madrugada” que desfilou caído o maior tempo possível do jogo de ontem.
    Por fim, o goleiro que imita perereca próximo aos paus descobriu a lógica, acabou fodido.

  • 61. fabio  |  10/03/2011 às 11:00

    ninguém fala do maior LANCE – goleiro do Caxias cai para “atendimento”, polenteiro dopado chuta para a lateral, gringada esperando a devolução da pelota em nome do JOGO LIMPO e Bruno Collaço dá sequencia a jogada. PORRA, os dementes fazem mais cera que a CANÁRIO e querem fair play.

  • 62. Guilherme  |  10/03/2011 às 11:04

    .59

    Pra depois tomar um laço do Boca.

  • 63. Cassol  |  10/03/2011 às 11:05

    Ducker no 28 foi bem SENSATO. Até cogitei parar com o chororô, shushuhs.

    Mas é o seguinte: SEIS minutos o cara entende, mas dar mais DOIS foi demasiado. Contra os times do interior, não por ROUBO, mas por OBA-OBA, Inter e Grêmio invariavelmente são beneficiados pela arbitragem.

  • 64. Sancho  |  10/03/2011 às 11:10

    Re 62

    Como eu disse, o vice

    Aquela decisão foi MESES depois da semifinal do Estadual; o time do Boca era melhor e teve sorte em Buenos Aires. Aquela série, em CNTP, era para ser equilibrada, mas do Boca. Se tivéssemos sorte, seria equilibrada a nosso favor. Como a sorte caiu para eles, tomamos um balaio. Não teve muito mistério ali.

  • 65. Sancho  |  10/03/2011 às 11:10

    Cassol,

    Se ele não dá os dois a mais, piora. O jogo acabaria no gol do Grêmio.

  • 66. Anônimo  |  10/03/2011 às 11:11

    Tem que fazer chororô

  • 67. Guilherme  |  10/03/2011 às 11:13

    .64

    Mas o ponto fica, imortal mesmo seria virar contra o Boca. Fazer cagada no primeiro jogo (ou tempo) contra o caxias e ter que virar é obrigação.

  • 68. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 11:13

    #64

    Lembra da profética sentença “O Boca é um Caxias com grife.”?

    Aquele foi o ano em que mais se cantou a imortalidade e por isso foi MUITO engraçado.

  • 69. Sancho  |  10/03/2011 às 11:28

    Re 67 e 68

    Mas a imortalidade era SÓ o que se tinha!

    As únicas partidas boas do time, mesmo, foram os 4-0 sobre o Caxias e os 2-0 sobre o Santos. Teve algumas atuações razoáveis, mas todas no Olímpico (a exceção, talvez, da partida contra o Cerro na ESTRÉIA da Libertadores). O Grêmio não poderia sair de Bs. As. com a série perdida, como fez. Foi ali que o Boca teve sorte, até porque não foi jogo para 3-0.

    O engraçado é o colorado achar que o o ano foi divertido porque o Grêmio perdeu o título. Eu achei aquele semestre de 2007 DO C@R@LHO! Nalguma hora, a pessoa tem que escolher, gosta de futebol ou de ser campeão?! Como eu gosto de futebol, aproveito a viagem. Se vai chegar ou morrer na praia é outro problema. Tem que gostar de nadar!

    P.S.: Pelaipe NEM CALADO é um poeta…

  • 70. Guilherme  |  10/03/2011 às 11:39

    .69

    Até concordo! Nem a saraifada que tomamos do Boca doeu tanto pq era até esperada. E o semestre foi muito afude!

    Mas acho que a moral da história é que nós estamos virando um time pequeno, comemorando essas coisinhas não porque gostamos de futebol, mas é porque é o que temos.

  • 71. Lucas Deathim  |  10/03/2011 às 11:40

    Depois do estrondo sonoro do Nuclear Assault agora veio o GRÊMIO ASSAULT e o seu primeiro debute: The Art Of Assault. . . .

    Estreando o hino Metálico: Caxias Fucking Dead !

  • 72. Gerhardt  |  10/03/2011 às 11:46

    Sancho, aquele ano é inesquecível por isso mesmo.
    Foi um puta ano. A coloradagi ficou muito tensa até o final, por isso essa neura da imortalidade. Foi ali q a coisa pegou muito corpo e ultimamente só posso me jogar ao clichê da inveja.

    Os vermelhos queriam pq queriam uma alcunha tão agradável e portentosa. Eles se irritam cada vez q essas bobagens estampam bocas e manchetes.

    Obvio q é material igualmente farto para flautas.

  • 73. douglasceconello  |  10/03/2011 às 11:47

    Gurizas, atualizei o post com as fotos do Ducker, esse gremista malandro.

  • 74. Gustavo  |  10/03/2011 às 11:48

    #65: verdade. Também acho q ele só deu os outros 2 minutos pra “dar uma chance” pro Caxias.

    Concordo que a maioria dos árbitros não dá os acréscimos em situações semelhantes às de ontem. E acredito que mesmo o Marcio Chagas não daria os 6 minutos se fosse o Caxias que estivesse buscando o resultado. Isso não muda, mesmo. Mas não dá pra achar que os 6 minutos foram errados – isso foi o certo. O errado é um árbitro ver um time cair o tempo inteiro e ENSEBAR ao máximo e dar 2 minutinhos (tipo Amarilla).

    #8: legal tu ter lembrado disso. Eu lembrei na hora.

    Agora, honestamente, se alguém merecia o caneco ontem, era o Caxias. Everton completamente EM CHAMAS, deitando e rolando na zaga do Grêmio. O segundo gol foi dois-um de PES.

    Tenho que concordar muito com o Guilherme, no #7. O jogo manteve o 1o turno pro Grêmio mas ESCANCAROU o que já era óbvio para nós: Carsalbert NÃO DÁ MAIS (pelo menos, não nessa função) e GILSON pode ser emprestado pro Ypiranga, pra jogar a FGF. Ele saiu do time e QUATRO SEGUNDOS DEPOIS, o Grêmio já estava tendo chances de gol.

  • 75. Gustavo  |  10/03/2011 às 11:51

    #73: Cecco, no quinto parágrafo tu colocou “se o Magrão empatasse“. Seria DESCONTASSE, não?

  • 76. Pablo  |  10/03/2011 às 11:51

    O Itaqui que fez o gol é irmão do glorioso Itaqui.
    E tem mais um sobrinho que algumas vezes fica pelo banco.

    http://www.clicrbs.com.br/pioneiro/rs/plantao/10,3189015,Concentracao-em-familia-com-os-Itaquis-do-Caxias.html

  • 77. Gustavo  |  10/03/2011 às 11:54

    Impossível não concordar com DAVIDE nesse texto:

    http://wp.clicrbs.com.br/davidcoimbra/2011/03/10/os-defeitos-do-gremio/?topo=13,1,1,,,2

  • 78. Godo  |  10/03/2011 às 11:54

    #51

    Grêmio e Inter não são pequenos. A comparação não cabe.

  • 79. Alexandre N.  |  10/03/2011 às 11:57

    #69 e #70

    Agora, o bizarro é lembrar que:

    2007 – Boca campeão e Grêmio vice;
    2008 – LDU campeã (MALDITOS!!!!) E Fluminense vice;
    2009 – Estudiantes campeã e Cruzeiro vice.
    2010 – Maior das injustiças que o futebol pode proporcionar: Celso Roth ser campeão da Libertadores.

    Só falta o caixão ser fechado com o Muricy levando o Flu ao título da Libertadores.

    Parem o mundo que eu quero descer…

  • 80. Álisson  |  10/03/2011 às 11:58

    Só eu achei que o Grêmio tomou um ARRODIÃO no início do primeiro tempo? Fosse o Inter e eu estaria hoje fazendo uma campanha sem nenhum resultado no twitter pela saída do Sexy.

    Como alguns já disseram, a vitória amplia a aura de imortal, copero y comedor do Renato, e isso é muito bom, porque o time tem algumas deficiências.

    Faltou ao Caxias cancha. Faltou camisa e também preparo físico. Isso porque aos 20 do segundo eles estavam mortos e ainda tiveram que jogar OITO minutos de acréscimo. Aí ferra mesmo com um time com um preparo menos qualificado.

  • 81. Allan Garcia  |  10/03/2011 às 12:03

    Imortal é o Oscar Niemeyer.

  • 82. Gustavo  |  10/03/2011 às 12:04

    #80: Alisson, graças a Deus nenhum gremista está esquecendo o ARRODIÃO (adjetivo correto) que o Grêmio levou no primeiro tempo. E a imprensa em geral e os dirigentes estão reforçando a atenção aos defeitos do time. Como disse o Guilherme no #7, esse pode ser um jogo em que tu não perde e ainda assim pode servir pra arrumar a casa.

  • 83. Paul  |  10/03/2011 às 12:05

    CABERNET
    M
    E
    C
    A
    N
    I
    C
    O
    .

  • 84. Tiago Marcon  |  10/03/2011 às 12:07

    Só pra continuar no lodoso terreno da ARBITRÁGE
    Se é pra chorar, vamos fazê-lo com TÉCNICA e IMPARCIALIDADE:
    Juventude e Inter no Jaconi, Gauchão de 92 (se não me engano)
    O time do Inter com o gato Fernandez, Célio Silva, Maurício. Máquina da época, campeão da Copa do Brasil. O Juventude tinha um guri da BASE, o centroavante Claudinho. Tava jogando muito. Num escanteio ele foi lá e guardou uma, e olha q ele era baixinho e na zaga do colorado tinha o Célio Silva e o Pinga. O Jaconi veio abaixo, a galera colorada em peso também, naquela época a torcida visitante ocupava toda a lateral oposta das sociais. Bons tempos. Minutos depois não lembro se o Célio Lino ou o Mauricio faz uma jogada pela direita, entra na área e tropeça na bola. O glorioso árbitro Silvio Oliveira dá penalti. O jogo terminou um a um e ele só conseguiu sair do estádio as 11 da noite, escoltado.

  • 85. Fernando Top  |  10/03/2011 às 12:11

    Acordei hoje com dor de cabeça, deve ser o mal de CHAGAS.

  • 86. Carol  |  10/03/2011 às 12:11

    Fico pensando se teríamos o mesmo destino de ontem com o Sexy Hot na casamata…

  • 87. Luciano  |  10/03/2011 às 12:12

    Se atirar no chão antes de ser substiuído é o prenúncio da derrota, ou seja…
    time cagão sempre paga pela cagalhonice!

  • 88. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 12:14

    NADA me tira da cabeça que se tivesse ocorrido o dito no #54 o Caxias levava essa taça NO BRAÇO e debaixo dele.

  • 89. Phoenix  |  10/03/2011 às 12:16

    Putaqueopariu, baita jogo de futebol e vocês me vêm falar de ARBITRAGEM DE NOVO?
    Sempre o mesmo chororô. Só muda o lado.
    A solução é parar o cronômetro quando a bola para. Ia acabar com essa chatice de catimba.
    Sério, eu se fosse juiz ia dizer pro capitão do Caxias: “o jogo vai até o Grêmio empatar, só pro time de vocês parar de se atirar.”
    Ô coisa chata essa!

  • 90. Sancho  |  10/03/2011 às 12:17

    Re 72

    Eles têm. Eles são o “Clube do Povo” que, cá entre nós, é muito boa. Digamos que a alcunha do Grêmio seja “metafísica”, há uma “mão invisível” que empurra o time; já a do Colorado é “concreta”, quem carrega o time é “força da massa”…

  • 91. Sancho  |  10/03/2011 às 12:18

    Re 78

    Pequeno ou grande é relacional, Godo. Nada é pequeno ou grande em si…

  • 92. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 12:20

    #90

    Que rumo está tomando essa caixa de comentários. Começa em arbitragem e estamos passando por “metafísica”.

    Não me surpreendo se o Ceconello levar um Nobel pela cura do câncer ser descoberta aqui.

  • 93. Gralha  |  10/03/2011 às 12:26

    Vitória perfeita: lugar na final e evidência de que o time tem que melhorar muito. Pelo menos, levando em conta as entrevistas no final do jogo, toda a diriGENTALHA e o próprio treinador perceberam isso.

  • 94. Sancho  |  10/03/2011 às 12:26

    Grêmio Campeão é “bagual que não se entrega, assim no más“!

  • 95. Gerhardt  |  10/03/2011 às 12:55

    Pow mas todo mundo sabe q para curar o cancer basta ACREDITAR.
    assim o dizem.

    Sancho, essa alcunha me passou pela cabeça, mas ela definhou antes dessa geração fake colorada alterar o próprio ESCUDO.

  • 96. Francisco Luz  |  10/03/2011 às 13:06

    95: definhou pra quem? Pros gremistas? Se sim, não importa. Os colorados continuamos chamando o time de Clube do Povo – inclusive, preocupados com todo o PANORAMA disso em relação às mudanças que o clube está tendo nos últimos anos.

    Mas atenção: alcunha não se perde.

  • 97. Gustavo  |  10/03/2011 às 13:19

    #96: verdade, alcunha não se perde, basta ver o PARTIDO DOS TRABALHADORES.

  • 98. dante  |  10/03/2011 às 13:22

    “O glorioso árbitro Silvio Oliveira”

    bá. esse cara foi meu professor de educação física no BECKER!

    : ~~~

    ***

    “dessa geração fake colorada”

    HAHAHAHAHAHAHAHAHA

    geração fake = vencedora. só pra lembrar.

    não sei porque há essa NECESSIDADE de se falar do inter numa hora dessas.

  • 99. Álisson  |  10/03/2011 às 13:25

    Se alguém ler os comentários aqui, vai ver que tudo o que não queremos é deixar de ser o Clube do Povo. Isso inclusive está no hino colorado.

    Essas gerações forjadas no macio pelego das vitórias é apenas um efeito colateral das taças. Vamos ter que aprender a conviver com esses piás.

  • 100. Gerhardt  |  10/03/2011 às 13:25

    O dante pegou o espirito do q escrevi, malditos fakes hehehe

    eu gostava mais dos albuns de figurinha daquele vermelho lavado com o maizena no gol. bons tempos.

  • 101. Tiago Marcon  |  10/03/2011 às 13:35

    #90
    auhauhauhauhauhsasau
    muito boa Sancho!….Adam Smith babaria por essa tese nietschchzhsczchiana!

  • 102. milton  |  10/03/2011 às 13:42

    Esse juiz de gremio x caxias deu 10 minutos de acrecimos no jogo juventude x sao jose pelas quartas de final.

    Como se justifica isso?

  • 103. Marimas  |  10/03/2011 às 13:42

    Assisti o jogo com meu irmão gremista, sequei pra caralho, tomei cerva, incomodei na internet, me diverti e dei risada com o fodebol na TV, já que meu time não foi pras cabeças.

    Tb me diverti depois com os festejos do campeão do turno passando em frente ao Gigante (eu moro quase no QUINTAL do Beira Rio) e gritando timinho para o atual campeão da américa.

    Merecido o caneco pros amigos de azul, que deu valor ao ruralito em quase todos os jogos. E ótimo pra um secador quase profissional como eu (oi Serra), que virou o ano com medo do time ajeitadinho do Renato na Libertadores 2011, pois esconde os erros do rival sob a nuvem imortal, mimimi…

    Agora, achar que 6+2 minutos de acréscimo é normal (seja para o Inter ou para o Grêmio), que me desculpem os comparsas, só sendo meio demente.

  • 104. Marimas  |  10/03/2011 às 13:45

    Sancho, melhor bumbo leguero (?), pior analogia.

  • 105. milton  |  10/03/2011 às 13:45

    # 103
    1 – Leia o comentario #102

    2 – De sua explicacao

  • 106. Marimas  |  10/03/2011 às 13:46

    #87. rever seus conceitos sobre uma tal competição que se joga aqui na sudamérica chamada LIBERTADORES.

  • 107. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 13:47

    ADAM SMITH. Isso tá demais pro meu cérebro primata, voltem pro Futebol, que é coisa pra ignorantes como eu.

  • 108. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 13:51

    #105

    Fácil: O juiz é demente e quem acha isso normal também.

  • 109. Tiago Marcon  |  10/03/2011 às 13:51

    #78
    Grêmio e Inter não são pequenos em relação aos outros clubes do centro do país, é fato. Quis dizer que a relação futebolística Serra/RS-POA é parecida com a relação POA-Rio/São Paulo. Como disse uma vez o 1berto, estamos longe demais das capitais. Ainda é um pouco assim

  • 110. Marimas  |  10/03/2011 às 13:52

    Mal vi os jogos do Inter, somente o grenal e o jogo de ontem do grêmio, e tu quer explicação sobre um JUVENTUDE X SÃO JOSÉ?! Não né…

    Tu sabe o que aconteceu nesse jogo? Eu não faço a mínima ideia, Milton.

  • 111. milton  |  10/03/2011 às 13:55

    Beleza, Marimon e Gabriel. Mas foi a favor de um time do interior.

    O juiz foi COERENTE, so isso.

  • 112. milton  |  10/03/2011 às 13:58

    Minuto-a-minuto de Juventude x Sao Jose, pelas quartas da Taca Piratini.

    http://wp.clicrbs.com.br/cajunarede/2011/02/19/acompanhe-a-partida-juventude-x-sao-jose-em-tempo-real/?topo=87,1,1,,,87

    Foram 10 minutos de acrecimos no segundo tempo somente. Nao sei quantos foram no primeiro.

    Sera o caso do primeiro juiz de futebol que mantem a coerencia em suas decisoes?

  • 113. Guilherme  |  10/03/2011 às 14:01

    ajndodopandoasn

    “Tb me diverti depois com os festejos do campeão do turno passando em frente ao Gigante (eu moro quase no QUINTAL do Beira Rio) e gritando timinho para o atual campeão da américa.”

    Sou gremista, mas me matei rindo.

  • 114. Tiago Marcon  |  10/03/2011 às 14:01

    Vamos lavar a alma hoje contra o Ypiranga. O jogo ficará no ZERO a ZERO até os 44 do segundo tempo. Aí o juiz dará DOZE minutos de acréscimo. Numa pressão desordenada , o Inter cava um escanteio. Lauro vai pra área e cabeceia no cantinho. Golaço. Após isso cai e simula uma lesão. Correm os 12 minutos e o juiz termina o jogo assim que é dada a saída novamente.

  • 115. Zé Eduardo Morais  |  10/03/2011 às 14:03

    musas de índole duvidosa

    Pô, vocês ficam se matando e nem viram essa tirada com a Sandy DEVASSA?!

    Minha musa quando eu tinha 11 anos, era gordo e infeliz, o FHC tinha vendido a alma do Brasil ao diabo (FMI) e implodiram as torres gêmeas – não me venham convencer de que elas caíram por causa dos aviões.

    Bueno, concordo com os ‘corneteiros’: a SARANDA que o Grêmio levou do Caxias na primeira etapa foi pornográfica. Méritos, sim, do Lisca e de seus piás, mas também desse rascunho de time de futebol que é o Grêmio em 2011.

    Há um BURACO AFRODESCENDENTE (abra$$o, Serra) na meia-cancha tricolor. E por mais que William Magrão tenha marcado um gol e salvo outro, não dá a mesma consistência defensiva que Adílson – e erra tantos passes quanto o Alemão.

    Renatão chamuscando Cazalbé. Se continuar assim, não dura até Junho

  • 116. arbo  |  10/03/2011 às 14:06

    nada a ver com nada, mas sensacional esse vídeo do goleiro do America-MEX

  • 117. Guilherme  |  10/03/2011 às 14:10

    .115

    O problema do Grêmio é que o Renato desmanchou o equilibrio do time.

    O meia da direita era um volante porque ele tinha que ficar pro Gabriel sair. O do outro lado vai, e consequentemente o lateral esquerdo fica mais.

    Sem falar que o Lúcio complementa o Douglas. Enquanto o Douglas pode arriscar mais e ser mais técnico, o Lucio é corredor e ao mesmo tempo ajuda a articular. Mal-comparando, era o movimento que o Kaka e Elano faziam quando o Brasil tava naquela fase de jogar pra caralho.

    E na frente a mesma coisa, dois centroavantes também não é um ataque equilibrado. Mas esse problema é mais dificil de resolver…

  • 118. Eduardo  |  10/03/2011 às 14:14

    #110,
    segue assim. tá nos dando suerte!!!

  • 119. Zé Eduardo Morais  |  10/03/2011 às 14:15

    #117

    Concordo plenamente!

    Aliás, o pessoal não tem falado dos erros de passes do Douglas?
    Céus, o índice de acerto dele ontem deve ter sido perto do nulo! E não eram passes difíceis, não. Para um cara com a habilidade que ele tem, erra passes em demasia.

    Quanto ao ataque, para mim, joga só um. E é André Lima

  • 120. Sancho  |  10/03/2011 às 14:15

    Re 113

    Primeiro Gre-Nal de 2007, os torcedores gremistas cantam em uníssono: “… que nunca ganhou de ninguém!”

    Era só o atual campeão do mundo, nada menos. Mas e daí? É o rival. Se o rival ganhou a Libertadores e perdeu o Gauchão, vale a máxima do Mauro Galvão de 1983:

    – Eles mandam da fronteira para lá!

    Isso, senhores, é o valor do Gauchão.

  • 121. milton  |  10/03/2011 às 14:21

    #120
    Teve o famoso “Grenal das Faixas” em 84 devido a essa declaracao. O Renato pediu pro Koff marcar um grenal amistoso onde os gremistas deram ao inter a faixa de campeao gaucho, e os colorados deram a faixa de campeao do mundo ao gremio.

    No jogo, deu 4×2 gremio.

    Jogo memoravel esse.

  • 122. Guilherme  |  10/03/2011 às 14:25

    .120

    Concordo! Mas não deixou de ser engraçado o comentário.

  • 123. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 14:29

    #120

    Como colorado, espero que eu nunca tenha que fazer isso. Mas confesso que se tiver, não terei pudor nenhum de chamar de timeco e dizer que o juiz nos roubou mesmo que estejamos perdendo o Gre-Nal do nosso BICENTENÁRIO por 8×1 com 5 gols e show do bisneto do Portaluppi. Bisneto esse que, em um mês comerá mais mulheres do que eu jamais sonhei em toda a minha vida mas mesmo assim vaticinarei: ESSE GOSTA DE DAR O CU, É BEM BICHA QUE NEM O RENATO.

    De vez em quando me dá vontade de ser como os caras que viram as antigas épocas de ouro do Inter e xingavam tudo e todos na década de 90. Mas ela passa, rápido.

  • 124. Tiago Marcon  |  10/03/2011 às 14:34

    “O que era o doce e sensual CARMENÈRE do triunfo inesperado se transformou no azedo e previsível vinagre de dois reais da derrota previsível. No momento das cobranças, cada jogador do Caxias parecia um indefeso PLAYMOBIL diante de Victor e seus braços loucos e BALOUÇANTES. ”
    ia esquecendo. Texto Ducaralho. Ceconello mestre da literatura Outsider futebolística

  • 125. Sancho  |  10/03/2011 às 14:36

    O Lisca saiu do Caxias!

  • 126. fabio  |  10/03/2011 às 14:38

    O jogo de ontem certamente foi melhor que 98% dos disputados no DILMÃO 2010. Ano passado um dos jogos do ano foi Inter 3 x 3 NH. Aguante ESTADUAIS, onde está a essência do futebol.

  • 127. Germano  |  10/03/2011 às 14:39

    #119 Putaqueopariu! André Lima craque só se for quando ele divide com o zagueiro e quebra ao meio: “CRACK”! Porra, se foder… AL craque. PFFF!

  • 128. Germano  |  10/03/2011 às 14:41

    #119 Opa, to drogado. Li “craque” onde tinhas escrito “ataque”… meldels!

    Mas nosso ataque é mesmo só um: Borges.

  • 129. Sancho  |  10/03/2011 às 14:48

    Pelo fim da polêmica, eis quanto foi o acréscimo ontem, indicado pelo 4º árbitro:

  • 130. arbo  |  10/03/2011 às 14:59

    #127 o crack tá na veia
    dslkaglk

  • 131. Álisson  |  10/03/2011 às 15:12

    # 129

    Muito boa!

  • 132. Zé Eduardo Morais  |  10/03/2011 às 15:19

    #127

    Bah, cara, não sou como o NETO ou o Fernando Gomes, que vê um cachorro mijando de perna erguida e já tá chamando de craque hshshshs

  • 133. Germano  |  10/03/2011 às 15:23

    #132 Ufa! E desculpe a miopia.

  • 134. Wilson Farina  |  10/03/2011 às 16:01

    O legal é que ninguem fala dos perus do Victor.

    Se é o Renan que toma aquele gol do meio da rua, é “mais uma falha”, o Victor já tomou muito mais e “ah, a barreira nao cooperou”. O segundo gol entao, nem se fala. Ganharam o grenal desse ano nao pq era contra o time B, mas pq jogaram sem o Victor.

  • 135. douglasceconello  |  10/03/2011 às 16:12

    Ainda tou aqui capengando para ler todos os comentários.

    Só quero adiantar o seguinte: também imaginei o Tiago Marcon BLASFEMANDO e falando com as mãos, engasgado de salame e vinho.

    DIO CANE é o melhor xingamento.

    Aliás, melhor cultura: a maioria dos xingamentos ofende DEUS.

  • 136. Sancho  |  10/03/2011 às 16:23

    Re 134

    Não achei perus. Entendo que para frango, o lance tem que ser escandaloso.

    No primeiro, os créditos são do Itaqui, mas o segundo gol era defensável.

  • 137. Guilherme Dias  |  10/03/2011 às 16:26

    #134

    Opa, então tu é o cara do número 5? Era #5, né? 😛

    Eu nunca vi um time fazer tanta cera quanto o do Caxias ontem. Nove minutos e meio, cara. NOVE MINUTOS E MEIO. E vocês queriam o que, que ele desse dois de acréscimo? Ou então que tirasse dois, tipo contra o Nóia…

  • 138. Guilherme Dias  |  10/03/2011 às 16:27

    Nóia não, o De Novembro menos os acréscimos.

  • 139. Luciano  |  10/03/2011 às 16:30

    Lembram:

    http://folcloredabola.blogspot.com/2008/03/cai-cai.html

    Esses polenteros são reincidentes na cagalhonice…
    Os papos, qdo perdem, ao menos fazem com honra, sem se borrar nos calções.

  • 140. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 16:41

    Agora vem o corno do Gaciba falar em 9 minutos. Esse demente nunca ia dar isso de acréscimo na vida dele, nem que aparecesse um disco voador e ABDUZISSE os jogadores.

  • 141. Norteña  |  10/03/2011 às 16:50

    Nilmar cabaca de fazer 2 contra o Bayer. Ainda bem que saiu do inter o desgramado.

  • 142. Wilson Farina  |  10/03/2011 às 16:55

    Sancho, digo pq o gol foi igual a outros q já consideraram falha. Tem um angulo do gol de ontem q mostra a jogada de frente, a bola vai direto no gol, de longe e de frente pro goleiro, ficou muito parecido com o gol do Marcos Assunção ano passado e q torraram o Renan por causa dele. E o Victor já tomou varios gols assim, vide nos grenais do Dalessandro e do Giuliano. Claro q ele é um goleiro de meritos, mas me parece ter essa deficiencia bem clara, de chute frontal de longe.

    E Guilherme, nao entendi essa do numero 5.

  • 143. dante  |  10/03/2011 às 17:03

    bá, mas a bola raspou na barreira.

    como pode ter sido “frango”? isso muda totalmente o EMPUXO [ns] do goleiro.

  • 144. Ernesto  |  10/03/2011 às 17:09

    Essa do cara dizer que deu dez minutos de acréscimo, e como era Juventude e São José, foi a favor de um time do interior, é brincadeira.

    São josé é um timeco de esquina. Só tá ali por causa desses retardados que ao invés de comprarem instrumentos na good music, e cds e discos na toca do disco, compram da loja desse fiadasputa do Noveletto.

  • 145. Wilson Farina  |  10/03/2011 às 17:19

    #143 raspou na barreira mas nao mudou nada a trajetoria, seguiu a mesma direção

  • 146. Guilherme Dias  |  10/03/2011 às 17:23

    O primeiro gol não foi falha, o segundo foi. Mas goleiro falhar – não frangar – acontece.

  • 147. Tiago Marcon  |  10/03/2011 às 17:27

    #135
    Bah Ceconello, tava vendo o jogo com meu coroa, bestemamos juntos, mas o segundo tempo eu alternava entre a TV e o livro”O poder dos Limites-Harmonias e proporções na natureza . Era muita emoção. E eu precisava achar algum significado METAFÌSICO naquilo tudo.
    #140
    Pior….que carinha de pau desse cidadão..lá da cabine é fácil falar isso

  • 148. dante  |  10/03/2011 às 17:32

    “São josé é um timeco de esquina. Só tá ali por causa desses retardados que ao invés de comprarem instrumentos na good music, e cds e discos na toca do disco, compram da loja desse fiadasputa do Noveletto.”

    sd~klsdlçgkjslçjgklçsdfjlgkjd

    apesar de ser ex-sócio do san jose, e simpatizar bastante com o timeco de esquina [aliás, que saudade de ter um timeco de esquina pra torcer, vou te contar…], achei genial.

  • 149. guihoch  |  10/03/2011 às 17:41

    opa, cuidado este cara é da federalou um otário ou os dois

    #epicfail,TUSABE AONDE TU TÁRAPAZ?

    142. Wilson Farina | 10/03/2011 às 16:55

    E Guilherme, nao entendi essa do numero 5.

    MORRI DEPOIS DESTA

    DA O LINK PRO RAPAZ

  • 150. Sancho  |  10/03/2011 às 17:44

    Re 142

    No Internacional, chegou-se num ponto em que qualquer gol é falha do goleiro. Não vale como parâmetro.

  • 151. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 18:00

    Olha esse Nilmar. Titular fácil no Barcelona, joga mais que o Villa e o Pedro juntos.

    Quem quiser ver eu tietando feito uma menininha dá uma olhada nos meus últimos twits, o link tá aqui.

    SAUDADE DESSE FIADASPREGA, jogava muito, salvou o Tite, metia gol em grenal e em final de campeonato.

  • 152. Gabriel Severo  |  10/03/2011 às 18:01

    Bônus: VILLAREAL IMORTAL?

  • 153. milton  |  10/03/2011 às 18:06

    #144

    So dei os fatos. Um time do interior foi favorecido ante um time da capital. Cada um tira sua propria conclusao.

  • 154. Eduardo  |  10/03/2011 às 18:12

    Toca do disco. Melhor loja. Comprei “quase” toda minha completa discografia do violent femmes la. Alem de um classico do Bap (que nem em alemão canta. Hehehe) e vaaaaarios cds de bandas gauchas enquanto morava em POA. Ate esqueci que falavamos de fodebol. (gundes Cune, sometime back in 2010).

  • 155. guihoch  |  10/03/2011 às 18:31

    fatality

  • 156. Atilio  |  10/03/2011 às 20:05

    Os gols que o Vitor tomou, achei que no primeiro faltou um homem a mais na barreira (e o Gilson, ao invés de enfiar a cabeça na bola, ainda se desviou, o fiadasputa). Mas o outro era difícil. Cruzado, forte, rasteiro. Quem é goleiro diga. É uma bola tri difícil.

  • 157. Álisson  |  10/03/2011 às 21:13

    DamiGol.

  • 158. René Huiguita  |  10/03/2011 às 22:31

    Olha só como o Grêmio tá grande no quesito roubalheira de arbitragem:

    http://globoesporte.globo.com/jogo/campeonatocarioca2011/10-03-2011/bangu-flamengo.html

    O Flamengo fez o gol da vitória aos 50 minutos e 43 segundos.

    Ou seja: Grêmio e Flamengo são os times mais ajudados pela arbitragem no ano de 2011.
    Lembro-me bem daquele lance onde o atacante Maurício Manco, após um belíssimo lançamento em profundidade do Júnior Bigode, foi covardemente agredido. O Gilson APAVOROU o atacante, demostrando toda ginga e malemolência digna de enredo de samba na Unidos da Vila Matilde, e o juiz sequer deu falta!!!

    Pra piorar, o bandeirinha deurisada e ainda disse que deus era justo!

    Parem com campanhas contra o Crack.

    A campanha correta deveria ser:

    “Grêmio e ajudas da arbitragem: ISSO TEM QUE TER FIM.”

    Tou bêbado sem beber um gole de alcool.

  • 159. Serramalte Extra  |  10/03/2011 às 22:44

    pois é… são luiz x ulbra foi até os 53 hoje, duas semanas atrás juventude x são josé foi aos 55… até emelec x inter foi aos 50!

    O Simon se aposentou, gurizada. Amorcegar jogo perdeu eficiência agora.

  • 160. Serramalte Extra  |  10/03/2011 às 22:46

    outra coisa, mais importante: o que houve com o vélez? eu vi o primeiro jogo, foi uma golada meio mentirosa (70 minutos contra 10 venezuelanos), perder pra UC até acontece… mas perder pro UNION ESPANOLA??

  • 161. Rudi  |  11/03/2011 às 00:16

    http://bit.ly/dWBjxc

    e agora? (leiam o último ponto, sobre o escudero)

  • 162. Ernesto  |  11/03/2011 às 00:27

    Não tinham uns caras que diziam que não importava se era ruim, o importante é o centroavante fazer gol ?

  • 163. B Lorenz  |  11/03/2011 às 00:57

    Caixa de comentários do Impedimento >>>>> Internet.

  • 164. Gustavo  |  11/03/2011 às 09:19

    #161: Rudi, também achei isso estranho. Mas como ele mencionou um número depois do nome do Escudero, suponho que esse seja o número de cadastro do jogador na FGF. Provavelmente seja um defeito do sistema da FGF (a ausência do nome do Escudero no banco de dados), tanto que ele mencionou a substituição nas observações especiais e não no local correto.

  • 165. Anônimo  |  11/03/2011 às 09:38

    Jamais.

  • 166. Sancho  |  11/03/2011 às 09:41

    Re 164

    O número referido é o do Escudero na CBF.

    O Daronco não tem condições de julgar se o Escudero está bem escrito ou não. Apenas verifica se o jogador consta no banco de dados. Anota o problema e passa à Federação a responsabilidade para resolver a questão. Só isso.

  • 167. Serramalte Extra  |  11/03/2011 às 09:43

    vem cá, ninguém leu ali naquela súmula o que o cara do cruzeiro falou pro juiz após ser expulso?

    “TU É LADRÃO, SEM VERGONHA, FILHO DA PUTA. QUANTO ELES TE PAGARAM? FILHO DA PUTA, ELES NÃO PRECISAM DISSO”

    ganhou um fã.

  • 168. Serramalte Extra  |  11/03/2011 às 09:47

    e o que dá condição de jogo é o BID, a não ser que a competição tenha inscrição específica, tipo a Libertadores.

    Se a FGF não atualizou o banco de dados dela não é problema do Grêmio.

  • 169. Ernesto  |  11/03/2011 às 11:18

    E aí, se não acontecer nada com essa inscrição irregular, ainda vão chamar o palhaço da multisom de “colorado” ?

  • 170. Anônimo  |  11/03/2011 às 11:41

    Re 169

    E se a falha for da FGF?

  • 171. Gustavo  |  11/03/2011 às 14:02

    #169: já tá julgando que a inscrição é irregular? Analfabetismo funcional?

  • 172. Guilherme Dias  |  11/03/2011 às 18:14

    #171

    Não, é Ernestismo funcional mesmo. Deixa passar.

  • 173. arbo  |  11/03/2011 às 18:25

    ahuhauhauhauha mto boa

  • 174. Rudi  |  12/03/2011 às 22:11

    duas coisas

    se a inscrição tiver correta, beleza, bola pra frente

    se a falha for da fgf, então tem que colocar o time de roraima aquele de volta na copa do brasil, pois eles foram excluidos por falha da federação de lá na inscrição de jogadores…

    mas provavelmente não é nada mesmo, mas que chama a atenção, chama sim

  • 175. Serramalte Extra  |  12/03/2011 às 22:15

    174, o próprio juiz, na súmula, bota entre parênteses o nº de registro do Escudero no BID.

  • 176. Rudi  |  12/03/2011 às 22:25

    Acredito, serramalte
    Não tenho muita prática em ler súmula, quando eu vi me chamou a atenção mas fiquei na dúvida…
    Como as federações são muito rigorosas com isso, mesmo quando o erro é delas, achei estranho passar batido
    Mas se não é nada, beleza, manda trocar o computador da FGF e bola pra frente

  • 177. Sancho  |  12/03/2011 às 23:04

    Re 176

    No caso, a inscrição na CBF está regular e, aparentemente, o banco de dados da FGF está defasado. Na questão da Copa do Brasil, o time enviou a documentação à federação local que não os inscreveu na CBF. Como a competição era nacional, o time todo estava irregular.

    Acredito que todo o jogador inscrito na CBF esteja regular no país inteiro, inclusive nas federações locais; mas não vale o contrário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Porque não chegaria à Libertadores. 6 hours ago
  • Fim também para o improvável Paraná 3x2 Atlético-MG, um grande jogo que vocês não previram. 6 hours ago
  • Bahia soma a taça de 2017 às de 2001 e 2002. Como em 01, ganha contra o Sport. Fez um baita jogo hoje, podia golear, mas Magrão foi enorme. 6 hours ago
  • ACABOU. O BAHIA É CAMPEAO DO NORDESTE PELA TERCEIRA VEZ. 6 hours ago
  • Juizão distribuindo cartões vermelhos pro banco do Sport. 6 hours ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: