Por um punhado de crédito

11/03/2011 at 01:03 67 comentários

A chuva convicta que se derramou sobre Porto Alegre ontem e deixou gatos e cães em sobressalto não era um bom prenúncio para a estreia do Internacional, com time titular, no returno do CARRETEIRÃO 2011, contra o sempre temido Ypiranga. O contexto mostrava-se inoportuno sobretudo para Oscar, o real estreante da noite, com sua compleição física que oscila entre um SÁVIO e um gafanhoto juvenil.

Nunca fiz questão de esconder minha desconfiança com o meio-campista trazido por vias tortas e litigiosas do São Paulo. É claro que seu tipo franzino e as constantes comparações com Kaká quando ainda estava no Morumbi também não eram o melhor cartão de visitas. No Sul-Americano Sub-20, foi nada mais que, em uma análise otimista, um coadjuvante.

Também me transparecia meio reticente em atuar no Beira-Rio, sem a GANA necessária, muito negligente. Mas esse último fator certamente deriva de algum RANCOR escondido nas profundezas do meu couro cabeludo pelo fato de se tratar de um jovem, enquanto eu sou um velho que já resmungava aos 17 anos.

Mas qual não foi minha grata e desconfiada surpresa ao perceber ontem uma atuação convincente do esguio mancebo, que assimiu sem pudores o papel de condutor da esquadra montada por Sexy Roth, com técnica, velocidade e duas assistências diretas para gol. É claro que a formação estranhamente coerente de nosso sempre incompreendido e quase sempre incompreensível treinador ajudava, pois junto de Oscar na meia-cancha estavam Bolatti, Guiñazu e Tinga.

São inegáveis, no entanto, os méritos do supracitado infante, que mesmo no charco do Beira-Rio apresentou-se de forma interessada e VOLUPTUOSA, contribuindo para a goleada de 4 a 0 como gente adulta que já paga as contas – ou improvisa assaltando. Que, na pior das hipóteses, seja um reserva palatável de D’Alessandro (não cogito jamais que Hot os escale juntos). Já estaremos no lucro.

O cetro de melhor do jogo não coube a Oscar apenas porque Damião, um INSACIÁVEL, marcou três gols banhados pela mais pura centroavância – um de carrinho e dois de cabeça, os mais belos gols que o futebol produz. Hoje, Cavenaghi e Sóbis são reservas dele. Hoje, Batistuta, Crespo e FLÁVIO BICUDO brigariam com ele por posição. Em cada um daqueles gols que Damião marcava ontem, debruçando-se sobre a zaga ou arrastando-se pelo chão, eu pensava em Alecsandro. E, naquela chuva, em minha imaginação ele usava duas boias de patinho nos braços e brincava numa poça de água perto da bandeirinha de escanteio.

As fotos são de Alexandre Lops, lá do site do Inter.

Saudações,
Douglas Ceconello.

Anúncios

Entry filed under: Clubes, Estaduais.

Sambando no vinhedo Y dale alegría a mi corazón…

67 Comentários Add your own

  • 1. Gabriel R.  |  11/03/2011 às 01:14

    “E, naquela chuva, em minha imaginação ele usava duas boias de patinho nos braços e brincava numa possa de água perto da bandeirinha de escanteio.”

    filho da puta, donde tu tira isso??? lsdjghkfjsghlsdfghjsdflkgjshd

    toda vez que vejo um gol do damiao em que ele se antecipa a zaga e cotoveleia uns dois zagueiros eu penso no alecsandro tambem.

    sdkfgjhdsfgas

  • 2. Rafa Rhoads  |  11/03/2011 às 02:12

    É, Alec, azedou pro teu lado. Quantos gols o guri tá já? 15 gols em 5 jogos? haeihaeiuhaeiuhaeiu

  • 3. Lucas Cavalheiro  |  11/03/2011 às 02:24

    “E, naquela chuva, em minha imaginação ele usava duas boias de patinho nos braços e brincava numa possa de água perto da bandeirinha de escanteio.”
    filho da puta, donde tu tira isso??? lsdjghkfjsghlsdfghjsdflkgjshd
    toda vez que vejo um gol do damiao em que ele se antecipa a zaga e cotoveleia uns dois zagueiros eu penso no alecsandro tambem.
    sdkfgjhdsfgas

    [2]

  • 4. Lucas Cavalheiro  |  11/03/2011 às 02:25

    Damião, campeão de ANTECIBOL, como alguém disse aqui na caixa de comentários.

  • 5. Wilson Farina  |  11/03/2011 às 05:08

    Excepcional essa ultima frase do texto! Damião destruindo, e acho q todo mundo já tem a idéia de q 2010 podia ter um final diferente.

    O mais hipocrita é o Roth dizer depois desse jogo que “confiei no Damiao a partir da final da Libertadores do ano passado, dali em diante ele seguiu no time”. Nao velho, seguiu por meia duzia de jogos, depois por duzentos e trinta e sete jogos tu botou o Alecsandro e o Edu. Mas enfim.

    Franguinho Oscar realmente jogou muito, mas ainda precisa jogar assim num jogo de vulto. E o Sobis é titular tranquilo no lugar do Ze Buteco.

  • 6. Zé Carlos  |  11/03/2011 às 07:24

    Time ruim do caralho esse do inter

  • 7. Gabriel Severo  |  11/03/2011 às 08:45

    #4

    Eu lembro que o vivente ainda falou que “ele se antecipar não quer dizer que seja tão melhor que o Alecsandro e o nome do jogo não é ANTECIPOL”.

    FREI DEMONHÃO (nsnsnsnsn) ETERNO!

  • 8. Milton Ribeiro  |  11/03/2011 às 08:51

    Final antológico.

  • 9. fabio  |  11/03/2011 às 09:27

    douglas, possa NOT, poça – como diria o prof. Ruy – comentário DESAGRADÁVEL HEHEHE

  • 10. Anônimo  |  11/03/2011 às 09:35

    RBS/Inter dando resultyado antecipado da final: http://i54.tinypic.com/wvbj0m.jpg

  • 11. marlon  |  11/03/2011 às 09:50

    Suelen MATREIRO, tasca um “esguio mancebo”, emenda com “supracitado infante” e finaliza com “possa”.

    Baita texto. Grande Demonhão. E esse Oscar só manda cruzamento de 3 pontos (ns)

  • 12. Sancho  |  11/03/2011 às 09:53

    Volta, ESPETACULAAAAAR!!!!!

  • 13. Gabriel Severo  |  11/03/2011 às 09:54

    Leandro Demonhão, todos de acordo com a ALCUNHA?

    No mais, a cabeçada no gol que o Oscar cruza pra ele tinha que ser mostrada para todos os centroavantes do mundo e colocada quadro a quadro em livros didáticos.

  • 14. Allan Garcia  |  11/03/2011 às 09:54

    Oscar deve ficar quase dois meses fora a partir do início de julho, em função do Mundial Sub-20 na Colômbia em agosto.

  • 15. Tiago Marcon  |  11/03/2011 às 09:56

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    a imagem do Alecone brincando nas poças foi pra matar!
    baita texto
    Frei DAMIÃO e Ceconello são phoda

  • 16. Tiago Marcon  |  11/03/2011 às 10:00

    Queremos ver o OSCAR jogando assim na lIber fora de casa contra time argentino. Guri bão do paiiii

  • 17. Gabriel Severo  |  11/03/2011 às 10:02

    #14

    Acho palhaçada. Quero só ver se vão levar o Neymar e o Ganso se tiverem disputando algo que seja importante.

    O sub-20 devia ser pra jogadores que não possuem espaços no clube ou coisa assim. Se o Oscar vier jogando bem e for titular/alternativa (a primeira, como o Giuliano) e a CBF chamar acho uma judiaria.

    O Inter tem como não liberar?

  • 18. Sancho  |  11/03/2011 às 10:07

    Re 17

    Campeonato de base deveria ser para jogadores da base. Tirar jogador do grupo principal é sacanagam…

  • 19. Sancho  |  11/03/2011 às 10:10

    Marcon,

    Uma dúvida: Caxias-Inter, torces para quem? Ou tu és como um amigo meu que não tem preferência e destesta jogos envolvendo os dois times dele, porque sabe que se um ganha, o outro perde, e, se der empate, os dois se quebram com um pontinho para cada?

  • 20. LF  |  11/03/2011 às 10:18

    E se faltar centroavante, o cronômetro garantirá ao Inter a Taça Farroupilha.

  • 21. Álisson  |  11/03/2011 às 10:20

    Demonhão demonstrando que o time é ele e mais 10. Em uns posts atrás, no meu time ideal, o Inter teria dois volantes e dois meias. Os dois meias seriam Oscar e D’Alessandro. Mas, com Roth, isso nunca vai acontecer.

  • 22. Tiago Marcon  |  11/03/2011 às 10:42

    #19
    Sou colorado e sempre torço pro Inter. Inclusive vou no jogo domingo.
    Quando voltei pra Caxias, depois de morar em POA, fiquei com vontade de ver jogos ao vivo, ir ao estádio, toda aquela fubangagem, e então o Caxias surgiu naturalmente. É um clube “mais da galera”, embora isso não signifique muito hoje em dia, quando todas as classes socias existem na torcida, tanto do Ju quanto do Caxias. Curti tb a engrenagem do escudo, hauhauhauhaadfafda
    Mas sou colorado, sempre.

  • 23. Tiago Marcon  |  11/03/2011 às 10:47

    Neguinho daqui me diz” tem que torcer pro time da tua cidade, onde é que já se viu??”
    O Flu não tem nada a ver com as calças. Não se manda no coração, velho. Então por acaso o cara não pode se apaixonar por uma guria de outra cidade? E quem mora em Flores da Cunha? Tem que torcer pro São Cristóvão??
    Admiro quem torce só pro Ju, pro Brasil de Pelotas, quem é anti-grenal. Mas meu coração é do Inter, desde que eu tava na barriga da madre.

  • 24. Luis FRF  |  11/03/2011 às 10:55

    Como diz o sitio boliviano: “Copa Farrukhabad Gauchão”.

    http://t.co/ooaI27W

  • 25. Ismael  |  11/03/2011 às 10:55

    #22

    Tu voltou pra Caxias quando? Porque acho IMPOSSÍVEL qquer colorado que não sinta ASCO pelo juventude, principalmente depois de 1998.

    Obrigado Fernandão, Clemer e cia por enfiar 8 nesses miseráveis…

  • 26. Sancho  |  11/03/2011 às 11:05

    Re 23

    Eu sou um que defendo isso, mas se trato da questão individualmente é para pegar no pé, mesmo. Afinal, ninguém é filho de chocadeira e cada um conhece o futebol dentro de um contexto extremamente particular. É melhor que os locais torçam para times locais como regra (e por isso que se deve ter um trabalho forte para que a gurizada se identifique com os times da cidade, do bairro, da região), mas não quer dizer que não haja exceções; nem que a realidade, hoje, seja assim.

    Nunca se sabe, mas, belo dia, de tanto abrir brecha para um segundo time, pode-se acordar de manhã e se dar conta que mudou de amor!

  • 27. LAEFarinatti  |  11/03/2011 às 11:05

    Maravilha de texto. Ontem, enquanto Damião se atirava na bola de todos os jeitos possíveis dentro da grande área, eu pensava exatamente isso: quantos gols o Alecsadro faria neste jogo?
    Eu já estava desacostumado a ter um centroavante que disputa a bola com os zagueiros E GANHA.
    Sobre o Oscar: jogou muito bem. O que me assusta é que o Roth vai usar isso para colocá-lo junto com o D´Alessandro e manter o esquema, deixando o Sóbis na reserva.
    Sóbis é jogador que tem que ser recuperado, adulado, arrumado. Não é um jogador comum, como o bem-amado Zé Boteco. Porque um ataque com ele e o Damião passará dos mil gols.
    A função do Roth é fazê-los jogar juntos. Difícil é fazer o CR ver isso.

  • 28. Allan Garcia  |  11/03/2011 às 11:06

    # 17
    Gabriel, eu não tenho a tabela de datas da Libertadores a partir das oitavas, e tô com preguiça de procurar. Mas levando em consideração que também tem Copa América em julho, a Libertadores deve acabar antes disso, até porque a Conmebol não tem capacidade de ‘dar conta’ de dois campeonatos desse tamanho ao mesmo tempo (ns).

    O certo é que o Oscar – e todos os demais jogadores atuando no Brasil que forem convocados – serão desfalque no Brasileirão por algumas rodadas.

  • 29. Gabriel Severo  |  11/03/2011 às 11:07

    #25

    “Oito lições de vilania.” Nunca vou esquecer esses 8×1 e o título do post aqui no Impedimento.

  • 30. Prestes  |  11/03/2011 às 11:07

    Alecsandro com duas boias no braço, uhasduhsdauhasduhsuhasduhasduhsduh

    Os neurologistas deviam pesquisar a mente do Douglas!

  • 31. arbo  |  11/03/2011 às 11:07

    “E se faltar centroavante, o cronômetro garantirá ao Inter a Taça Farroupilha.”
    LF sempre se puxando no rancor.

    o texto está ceconéllico. está criado um adjetivo.

  • 32. Prestes  |  11/03/2011 às 11:08

    Mas a frase mais CERTEIRA foi essa aqui, sobre o Demonhão: “Hoje, Batistuta, Crespo e FLÁVIO BICUDO brigariam com ele por posição”.

  • 33. Anônimo  |  11/03/2011 às 11:11

    Re 28

    termina em 22 de Junho

  • 34. Anônimo  |  11/03/2011 às 11:12

    re 25 e 29

    O Juventude MORREU ali. De lá para cá, é um ZUMBI…

  • 35. douglasceconello  |  11/03/2011 às 12:25

    Peço aos especialistas que me respondam: o álcool é desculpa para lapsos de analfabetismo?

    dhsauda

    Demonhão é a melhor CORRUPTELA do nome, sem dúvida.

  • 36. Basuru  |  11/03/2011 às 12:27

    R.6
    Se eu ja estivesse acordado as 7:30 comentando em blog, eu acharia até o Barcelona ruim pra caralho.

  • 37. Nelson B  |  11/03/2011 às 12:33

    O Oscar me ´ganhou` quando atuou no sacrifício de 2º volante no barro e na chuva na sub-20 contra o Uruguai (primeira fase), levou, bateu, caiu, levantou…

    Com a bola nos pés é ´diferenciado`.

    E o Zé é carioca, como o 10zinho e o CAlberto gazela, ruinzinho e não serve pro Inter, daqui a 06 meses vão chegar à conclusão…

  • 38. Tiago Marcon  |  11/03/2011 às 12:43

    #25
    Eu voltei em 99. Cara, nos anos 90 sofri solitário nos finais de semana que ia pro Jaconi e via os papos festejarem em cima da gente. Com certeza criei muita RAIVA. Certamente isso influenciou tb na simpatia pelo Caxias.
    Aqui na cidade se pode notar a ainda forte a rivalidade Inter x Ju
    8 x 1 inesquecíveis, lavei a alma dos anos 90

  • 39. Tiago Marcon  |  11/03/2011 às 12:47

    #29
    esse post ainda tá por aí no site?só vasculhar?

  • 40. Tiago Marcon  |  11/03/2011 às 12:53

    #26
    é verdade Sancho. Pode ser que o cara curta mais o segundo amor. No meu caso a chance é ínfima, pois quando o Caxias vai jogar uma séria A? Uma liber?
    lá por 2125 se tiver sorte..

  • 41. Rudi  |  11/03/2011 às 13:24

    sobre torcer pra time de sua cidade, é muito pessoal isso…
    sou colorado mas me criei em tramandaí, cidade “sem time”, morei 2 anos em uruguaiana, onde até queria ver os jogos do ferro carril, mas, que jogos?
    e em brasília me recuso a torcer pra gama (paulo octavio e arruda) e brasiliense (luiz estevão),
    e por aí vai

  • 42. Sancho  |  11/03/2011 às 13:42

    Re 40

    Ou o cidadão começa a gostar desses jogos de ligas menores, mesmo…

    Re 41

    O Ferro é o time do meu pai. O pior problema é a total ausência de divisões inferiores regionalizadas, com clubes amadores e semi-profissionais. Todos esses clubes estariam ainda abertos.

  • 43. Limão  |  11/03/2011 às 13:47

    Também acho que não tem nada a ver ter que torcer pro time de sua cidade, estou morando aqui em caxias por 6 anos e aqui essa discussão sempre aparece, Sou gremista de canoas.. e sempre o pessoal daqui fala, que eu devia torcer pra ulbra.. não tem nada ver por mais que morasse muito proximo da ulbra nunca tive o minimo de afeto pela ulbra, vi muito mais jogos no jaconi que na ulbra e nem por isso torço pelo juventude ou ulbra…

    A questão clubistica é muito mais familiar do que local na minha visão

  • 44. Gerhardt  |  11/03/2011 às 14:16

    ba.
    o grau de ilusão ta forte nessas plagas.

    na proxima rodada o caxias faz alguma especie de fuzuê e dae é aquela terra arrasada de praxe.

  • 45. Álisson  |  11/03/2011 às 14:17

    Também morei em Caxias e até admiro os amigos que torcem para os locais. Mas, realmente, torcer para o Novo Hamburgo, onde nasci, é impensável. Até porque minha família não é da cidade, meus pais que vieram pra cá. E desde sempre somos todos colorados.

  • 46. Junior  |  11/03/2011 às 14:36

    “E, naquela chuva, em minha imaginação ele usava duas boias de patinho nos braços e brincava numa possa de água perto da bandeirinha de escanteio.”
    filho da puta, donde tu tira isso??? lsdjghkfjsghlsdfghjsdflkgjshd (2)

    Falando sério, o jogo de ontem não é parâmetro para analisar o Oscar, o Rodrigo ou qualquer jogador. O Ypiranga é um dos três times mais fracos do Gauchão, junto com o Porto Alegre e Canoas. O Ypiranga é tão ruim que até o DANIEL jogou bem! O Grêmio meteu 5 no Ypiranga e perdeu em Barranquilla na semana seguinte.
    Aliás, nos últimos 3 anos o Gauchão só serviu para criar “falsas realidades”. Em 2008, foi o “carrosel colorado” do Abel. Em 2009, foi o surgimento do “craque” Taison, o sucessor do Messi (Carlet, Wianey). Em 2010, apareceu o Silas, o “melhor técnico da nova geração” segundo a imprensa bovina.

  • 47. Lucian  |  11/03/2011 às 14:39

    O Pastor Silas Malafaia já tinha conquistado fiéis nos brasileirões 2008 e 2009 com o Avaí.

  • 48. Sancho  |  11/03/2011 às 15:11

    Re 46

    Não, não. Não, com o Silas. Ainda mais que ele perdeu em casa para o Pelotas e foi eliminado na TFK. Aliás, isso me parece mais lenda. Até porque o Taison voltou a jogar bola no ano passado DEPOIS do Gauchão. A Libertadores teria sido uma “falsa realidade”?

  • 49. Guilherme  |  11/03/2011 às 15:17

    .48

    Sancho, eu lembro da “imprensa bovina” se ajoelhar pro Silas quando o Grêmio ganhou o gauchão sim.

    Aliás, eu era um dos poucos gritando aqui desde fevereiro que ele não prestava.

  • 50. Junior  |  11/03/2011 às 15:38

    O Taison jogou bem mesmo contra o São Paulo, no jogo do Beira-Rio. No Morumbi e nos dois jogos da final ele foi regular, nesses jogos ele foi muito mais importante taticamente (sempre que escrevo “importante taticamente” lembro da justificativa do Abel para escalar o Michel, rs). Mesmo que considere-se que ele jogou bem nos 4 jogos da Libertadores, ali ele foi coadjuvante. O Taison só conseguiu ser protagonista no Gauchão.
    Já escrevi isso aqui, do RS até o RJ, só o RS e ES não possuem equipes na série B. Há quanto tempo uma equpe do RS não sobe da série C para a B dentro do campo? Acho que a última vez foi com o Juventude, em 94 ou 95. As gestões Perondi/Novelletto mataram o futebol do interior.

  • 51. Sancho  |  11/03/2011 às 15:49

    Re 49

    Entre enaltecer e apenas NÃO dizer ele é ruim vai uma distância enorme, Guilherme. O Grêmio foi bem na decisão, avançou na Copa do Brasil, e os elogios começaram a aparecer, mas isso já era MAIO! O Silas já chegou mal falado por aqui.

  • 52. Guilherme  |  11/03/2011 às 16:49

    .51

    Bah velho, eu lembro bem porque eu tava sozinho nessa empreitada. O pessoal do impedimento mesmo achava o cara bom.

    Eu era xingado por não dar tempo pro cara desenvolver o trabalho “que era bom”afinal quase ganhamos do Santos!”

  • 53. Sancho  |  11/03/2011 às 17:22

    A discussão era comigo (se bobear, só comigo). Eu sei como ela foi. Repara que teu argumento é o de Maio. E como bem colocaste aí, tu estavas sozinho em descer a lenha no trabalho do Silas, enquanto outros (eu?) achavam melhor aguardar (mesmo que vissem problemas no trabalho).

    Eu viajei em junho, e estava tudo normal (mesmo que o normal fosse ruim na tua avalhação). Quando voltei em agosto, o clube estava uma zorra…

  • 54. Sancho  |  11/03/2011 às 17:23

    avaliação

    Ai, meu emburrecimento precoce!

  • 55. Gerhardt  |  11/03/2011 às 17:36

    eu tbm apostava no Silas, ou melhor, no potencial dele.

    Não foi o Silas q falhou na marcação do Robinho no gol decisivo.
    Esses “vaticínios certeiros” de todos estão a mercê de detalhes do destino e arritmias cardiacas.

    Ademais, apostar em derrotas e prever o caos é sempre mais fácil, segundo a matematica.

  • 56. izabel.  |  11/03/2011 às 17:46

    “oscila entre um SÁVIO e um gafanhoto juvenil”
    açljfalfajflajfjalfajfa

  • 57. Felipe (o catarina)  |  11/03/2011 às 17:51

    eu acho muito digno e bonito pacas torcer pro time do(a) seu(sua) região/cidade/bairro/rua/etc. independentemente do tamanho que ele tenha. Argumentos como “ah, mas nunca joga a Série A” e “ah, mas nunca vou ver meu time campeão do mundo” não me convencem – torcemos pra clubes ou pra títulos/competições? Não foi a sala de troféus do Avaí (a maior de Santa Catarina em termos quantitativos – o Criciúma tem a Copa BR mas tem menos títulos no geral -, diga-se de passagem) que me fez torcer pra ele ou é a sala de troféus de qualquer clube que me faz ter simpatia por ele. Mas, enfim, é MINHA visão de futebol, só isso, não tenho a pretensão de que concordem.

    só espero que vcs não cometam o mau-caratismo de torcer pra um time grande e querer tirar sarro de quem torce pro time da cidade em que vcs moram. É o que eu digo aqui: flamenguistas de Blumenau que discutam à vontade com gremistas de Chapecó ou corintianos de Joinville, mas não ousem falar qualquer coisa sobre Avaí, Criciúma ou Figueirense. Se precisar, defendo até o Figueira numa discussão desse tipo. Ah, e nem fazer que nem os caras de Itajaí, que vão pro jogo com camisa de Vasco e Fluminense e reclamam que o Marcílio Dias não presta. Aí é fácil, né?

    bom findi a todos aê.

  • 58. Sancho  |  11/03/2011 às 19:32

    Com esta escalação:

    Matheus, Maylson, Mário Fernandes, Neuton e Bruno Collaço; Fernando, Vinícius Pacheco, Emerson e Carlos Alberto; Diego Clementino e Wesley.

    E a capitância com Cazalbé, era melhor vir junto um apelo para a torcida comparecer ao jogo. Vitória só se for no grito…

  • 59. col  |  11/03/2011 às 21:40

    Mestre.

  • 60. Eduardo  |  11/03/2011 às 22:05

    Sancho, eu tb defendia o pastor.

    Até lembro dos comments: te desculpo Guilherme. Hehehe

  • 61. douglasceconello  |  11/03/2011 às 22:37

    O diabo é que o Ypiranga nem começou tão ruim. Fez bons jogos contra Pelotas fora de casa e Grêmio em Erechim.

    Acho que se abalaram com a surpreendente eliminação para o Coritiba. fsdufs

    E o Taison jogou bem nos últimos jogos da Libertadores e naquele período do Brasileiro. Sempre achei bom jogador.

    Aliás, vocês se lembram que naquele 7 a 0, ou algo assim, contra o Brasil de Pelotas, em 2009, a torcida xavante começou a vaiar ele, que foi formado lá. Daí ele saiu dizendo: “Eu sempre respeitei o Brasil, não sei por que estão me xingando de bicha e PEDREIRO”.

    Xingamento (ou XAVANGAMENTO) totalmente nonsense.

  • 62. Ernesto  |  12/03/2011 às 00:08

    Torcedor xavante “xingando” o cara de pedreiro é a mesma coisa que o sujo falar do mal lavado

  • 63. Frei  |  12/03/2011 às 00:14

    Sexy já acabou com essa palhaçada.

    Matias já confirmado na Libertadores.

    Incrível como o Sexy “confirma” seus volantes com vários dias de antecedência. Meias a atacantes são escalados 3 minutos antes do jogo, quando Sexy raramente vence a batalha com seu inconsciente sabotador defensivista.

  • 64. Fernando Coelho  |  12/03/2011 às 10:42

    Oscar e craque. Dizer que foi coadjuvante na sub-20… So’ quem nao ficou acordado depois da meia-noite para ver os jogos vai concordar. Ficou no banco as vezes, por causa da burrice ou safadeza do tecnico. Tem que ser titular agora, ou pelo menos um coringa como foi o saudoso Giuliano. Mas de que adianta dizer isto ou aquilo? Quem decide e’ o Roth. Puta impotencia do individuo numa hora dessas. Foda-se Mathias e etc. Foda-se mundo cruel.

  • 65. Fernando Coelho  |  12/03/2011 às 14:21

    #64

    Ele não mostrou NADA na sub-20, jogou um futebol bem apagadinho. E não ficou no banco por incompetência ou safadeza, ficou no banco pelo horror que jogou o Lucas e o Casemiro. Não que isso queira dizer que o piá não tem futuro, mas na sub-20 ele foi coadjuvante sim.

  • 66. Guilherme Dias  |  12/03/2011 às 14:25

    JHSAKJDHKHD dale nonsense, eu e meu costume de botar o nome do recipiente na barra de assunto do Orkut. #65 é meu.

  • 67. Álisson  |  13/03/2011 às 19:58

    DEMONHÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Mazzola fez o 1º e o 3º gols brasileiros na estreia de 1958, nos 3x0 sobre a Áustria. O outro foi de Nilton Santos. youtube.com/watch?v=-4cOwI… 9 minutes ago
  • Num tempo em que sair do Brasil equivalia a morrer para a Seleção, Mazzola acabou jogando a Copa de 1962 pela ITÁLIA. (na época, podia) 11 minutes ago
  • Mazzola, que era do Palmeiras, iria para o Milan depois daquilo. Em 1963, se tornaria um dos primeiros brasileiros a ser campeão da Europa. 12 minutes ago
  • Hoje é aniversário de 79 anos de José Altafini, o Mazzola, autor do 1º gol da campanha do 1º título mundial do Brasil, em 1958. 12 minutes ago
  • RT @ophilsantos: @impedimento Técnico não resolve tudo sozinho, e tomamos um Red Bull estragado, que só dá uma asa. MAS AGORA A GENTE CHE… 42 minutes ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: