Posts filed under ‘Libertadores’

Um tiro no coração do ceticismo

Continuávamos todos cheios de certeza, quando aqueles cabeludos de camisas brancas, com detalhes vermelhos, e calções azuis desfilavam chuveirinhos para a área adversária e se atiravam como cavalos pra cima da bola. “Não vão longe”. E não iam. No ano passado, nem a comoção da camisa celeste nos convenceu totalmente. “Ganharam dos asiáticos e dos africanos, perderam para os europeus”. Mas nosso ceticismo, justificado pelos tempos do futebol-negócio, combinado com a derrocada econômica da “Suíça da América”, já começava a cambalear. O apito final de Enrique Osses em Liniers foi um tiro no peito de nosso ceticismo. (mais…)

03/06/2011 at 01:43 115 comentários

Para atiçar o fogo sob a caldeira do diabo

Vídeo gravado pela reportagem do Impedimento há uma semana, num Centenario que esperava Peñarol e Vélez, justifica em sete minutos este parágrafo:

“Quem, por algum motivo estranho, aguentasse todas as filas para a complicada conquista do ingresso, e logo após o início da partida se retirasse de imediato do Estádio Centenário, não merece um julgamento cruel. E tampouco ser tido como infeliz, embora tenhamos visto no primeiro tempo uma infinidade de lances emocionantes e possibilidades de gol. A recepção da torcida do Peñarol foi maior do que todo o resto e pôde causar sentimentos complexos – em cinco minutos, o Centenário foi tomado pela bruma dos sinalizadores, manchou-se de fumaça branca e acabou com a imparcialidade na tribuna de imprensa. Era o momento mais lindo que todos ali já puderam ver no futebol.”

A três horas da volta,
ImpedCorp.

02/06/2011 at 19:07 77 comentários

La Olla mais branda do que anunciavam os deuses

Custou todas as moedas da guaiaca azulgrana ter desperdiçado a chance de eliminar o Santos no penúltimo jogo da primeira fase, quando perdeu em casa por 2 a 1. Pois este mesmo time ALBO da Vila Belmiro, agora reestruturado e com um técnico tão cabeça dura que nem pedrada é capaz de derrubar, eliminou los once de Astrada e avançou galopante para a grande decisão copera, aguardando que Vélez ou Peñarol se engalfinhem hoje à noite em Liniers. (mais…)

02/06/2011 at 06:00 91 comentários

Darío, el rompe-gargantas

“Aquí, el hincha agita el pañuelo, traga saliva, glup, traga veneno, se come la gorra, susurra plegarias y maldiciones y de pronto se rompe la garganta en una ovación.” Eduardo Galeano, “El hincha”. (mais…)

27/05/2011 at 14:08 29 comentários

Mareados pelo sacolejo do Prata

Foram mais de mil, os argentinos que investiram em lugares nos imponentes barcos da Buquebus para atravessar o Rio da Prata. Ainda houve os que se utilizaram da ponte aérea do sul e os que, por contar menos pesos nos bolsos, chegaram a Montevideo por terra. Mas o maior aglomerado dos fortineros veio pelo “Mar Dulce”, definição dada pelo navegador espanhol Juan Díaz de Solís, que passou por essas águas n’outras épocas. O perigo de conflitos com a polícia, contra certos aurinegros mais exaltados ou entre os próprios torcedores do Vélez foi dissipado na chegada: caminhavam devagar pela doca montevideana, como que enjoados pela travessia da fronteira natural entre porteños e orientales.  (mais…)

26/05/2011 at 21:37 40 comentários

A falta do gol final e a tragédia do cagaço iminente

O que parece ter faltado ao Santos ontem é a frieza do assassino. Ao time de Neymar, não sobrou rebolado, não faltou raça, nem determinação: porém, quando ao lado do atacante da Seleção Brasileira está um rapaz que atende pelo nome de Zé Eduardo – e que é mais conhecido como Zé Love – é impossível dizer que é um time completo. O Santos de Muricy é um grande time e um dos favoritos para conquistar a Copa, mas poderia, em um gol final, ter encaminhado uma contenda que será duríssima em La Olla. (mais…)

26/05/2011 at 07:56 39 comentários

Bando de locos

O Cerro Porteño é o pior time entre os semifinalistas da Libertadores. Nas últimas quatro partidas, contra Estudiantes e Jaguares, brindou o público e sua torcida com apenas dois gols diluídos entre mal jogadas oitavas e quartas de final. Enquanto Neymar brilha no Santos, o Vélez massacra seus adversários com goleada e o Peñarol avança com toda sua mística copeira, o futebol do Cerro chega a constranger. (mais…)

20/05/2011 at 11:02 31 comentários

Posts antigos


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • 6 meses e 1 dia após o acidente trágico na Colômbia, a Chapecoense acaba de assumir a liderança do Brasileirão pela primeira vez na história 6 hours ago
  • Chapecoense assumindo a liderança do Campeonato Brasileiro. 6 hours ago
  • 2017 e Luxemburgo ainda tem mercado na Série A. 8 hours ago
  • RT @murilobasso: Oito anos hoje. Só restam mais dois para Wianey nos provar que estávamos todos errados: wp.clicrbs.com.br/wianeycarlet/2… 1 day ago
  • Boca em queda livre no Argentino. River, 5 pontos atrás e 2 jogos a menos, podia roubar a liderança. Aí empatou em casa hoje e estragou tudo 1 day ago

Feeds

web tracker