Posts filed under ‘Copa do Mundo’

O rei está nu. E ele é feio, gordo e cheio de cicatrizes

Sensato mesmo foi o Davi, aos 35 minutos do segundo tempo. Eu havia passado os cinco minutos anteriores descascando e fatiando um ABACAXI, literalmente, e só ouvia de soslaio, desde a sala, os nomes de jogadores do Coritiba serem citados pela voz do Milton Leite. (mais…)

06/05/2011 at 11:12 64 comentários

A dose certa

É fácil apontar o dedo e dizer que Ronaldo ‘parou na hora errada’. Difícil é o craque saber quando parar. Quando você está bem, como esteve Ronaldo no primeiro semestre de 2009, sempre quer dar mais. Não conseguindo jogar como antes, briga com o corpo para tentar se redimir e, aí sim, ‘acabar por cima’. Mas tudo o que consegue é se afundar mais. (mais…)

14/02/2011 at 13:18 78 comentários

Retrospectiva 2010: Shosholoza

Publicado originalmente em 12 de junho de 2010

Impossibilitado de conseguir ingressos para a final – e, por enquanto, para TODOS os jogos -, não me resta outra alternativa que não voltar as atenções ao que realmente interessa e me infiltrar em meio ao Império das Vuvuzelas, convivendo com os POPULARES, em sua maioria sempre solícitos e hospitaleiros. (mais…)

31/12/2010 at 05:00 69 comentários

Retrospectiva 2010: O asterisco sombrio do Mundial de 78

Publicado originalmente em 14 de janeiro de 2010

(mais…)

27/12/2010 at 06:00 65 comentários

A Argentina vista do alambrado

Caía a tarde em Núñez naquele junho de antanho. No campo, fracassava uma investida qualquer da equipe de laranja. Faltava, todos sabiam, a presença do maior jogador daquele país. A poucos metros dali, na Escuela de Mecánica de la Armada, a ESMA, presos políticos tinham a folga do dia: os torturadores estavam mais preocupados com o placar do estádio do River Plate. Perto dos alambrados, Hilda vendia salgados porteños já inflacionados pela política econômica da ditadura – com o pensamento dividido entre a vitória no futebol e o asco à repressão daqueles dias. (mais…)

19/11/2010 at 12:30 160 comentários

O grande golpe

O que vai acontecer nos próximos meses era previsto e esperado: o Beira-Rio deverá ser excluído da Copa do Mundo de 2014 em favor da Arena Tricolor, ainda que o Estrelão seja a única opção viável e digna. No início de 2008 isso já era uma possibilidade, ainda que desconsiderada por quase todos. Desde lá a situação não melhorou muito: enquanto a Arena saiu das maquetes e passou a ter também tapumes, escavadeiras e uma bandeira gremista, o novo Beira-Rio não aumentou mais que meia dúzia de estacas para fazer uma cobertura – que sempre foi considerada inútil para os padrões da Fifa.

(mais…)

15/10/2010 at 14:00 72 comentários

De guris para homens, de Robinho para Róbson

Quem diria que Mano Menezes, o homem que esqueceu os atacantes em Grêmio x Barbarense (2005), o homem que colocou 11 jogadores atrás da bola contra o Sport no Recife (Corinthians, 2008) seria em agosto de 2010 uma esperança do futebol artístico e mágico que faltava no Brasil. A Seleção venceu os Estados Unidos por 2×0, com um futebol convincente, bem jogado e sem correr riscos, o que merece todos os aplausos. Agora, 4-3-3 foi só no nome, porque Mano aproveitou uma das melhores contribuições da Era Dunga III para dar criatividade ao time. (mais…)

11/08/2010 at 06:00 73 comentários

O próximo burro com sorte

Mano Menezes é o homem que será considerado o principal culpado pelos próximos fracassos da Seleção Brasileira, como foi definido neste sábado. O gaúcho que é disputado por Passo do Sobrado e Venâncio Aires com o mesmo FUROR da disputa entre Tacuarembó e Buenos Aires por Carlos Gardel não demonstrou qualquer constrangimento em ser um SLOPPY SECOND de Muricy Ramalho, aceitando de pronto. Muricy queria, mas condicionou sua liberação ao aval do Fluminense, que disse não e abriu um precedente que curiosamente não foi aproveitado pelo amigo do peito de Rico Terra, Andrés “duas Mercedes” Sanchez. (mais…)

26/07/2010 at 12:00 136 comentários

Considerações derradeiras sobre a aventura mundialista

Bem longe do calor das vuvuzelas, da esplendorosa orla de Durban e das vinhas e do turismo SENSUAL da Cidade do Cabo, a famosa QUEBRADA de Bartolomeu Dias, está Johannesburgo. Fiquei sabendo, pelos jornais e por dois jogos que, me juram, assisti no estádio, que houve Copa do Mundo também por lá. (mais…)

22/07/2010 at 16:24 19 comentários

“Perigossísimo tiro libre…vamo Forlán”

(mais…)

13/07/2010 at 19:59 13 comentários

Aqueles que se refletem na taça serão esquecidos

Acomodado num simplório assento de um tonitruante ônibus que voltava da portentosa Cachoeirinha, acompanhei os derradeiros minutos daquele infame jogo que prenunciava o fim do futebol mundial. Todos os resultados possíveis eram assustadores, mas não tanto quanto a ladainha que, sabíamos, SEGUIR-SE-IA ao apito final do árbitro inglês, respeitosamente ostentando farda celeste, caso ocorresse o que de fato aconteceu. (mais…)

12/07/2010 at 06:00 188 comentários

EN VIVO – Uruguai x Alemanha

Para terminar o Mundial com chave de bronze – e celebrar a mão de Suárez, o Eterno. A disputa pelo terceiro lugar, ao vivo, aqui, com a equipe do Impedimento.

Clique aqui para abrir o Cover It Live em uma nova janela.

Ou aqui para a versão mobile.

10/07/2010 at 15:00 34 comentários

Forlán é uruguaio, Messi é catalão

Diego Forlán e Lionel Messi têm uma qualidade em comum: nunca jogaram uma só partida pela liga profissional dos seus países. No que diz respeito à vibração dentro de campo, porém, não há comparação. Messi jogou a Copa como se estivesse jogando a Copa do Rei da Espanha; Forlán jogou uma Copa do Mundo. Messi foi um catalão defendendo um país estranho; Forlán, um uruguaio que parecia dever alguma coisa para sua gente. (mais…)

09/07/2010 at 06:00 49 comentários

Torcedores de luxo

Não há um só programa esportivo brasileiro que não tenha chegado à conclusão de que a final Espanha x Holanda é o supra-sumo do futebol arte. O raciocínio é simples: o jornalista vê a quantidade de meias e atacantes nos dois times, soma às suas lembranças do passado (1974 na Holanda, Barcelona e Real Madrid em qualquer tempo) e chega a conclusão de que o fino do futebol está ali. Esse raciocínio é potencializado pelo fato de Dunga ter sido o treinador do Brasil – de repente, tudo o que aconteceu no futebol mundial se resume a uma opinião favorável ou desfavorável a Dunga. Gosta da Espanha? Não gosta do Dunga. Gosta da Alemanha? Seu dunguista safado. (mais…)

08/07/2010 at 10:30 66 comentários

Se eu tivesse que escolher uma derrota

“Se eu tivesse que escolher uma derrota, escolheria uma parecida com essa”, disse o “Maestro” Tabárez na coletiva de imprensa logo após a eliminação uruguaia. Os milhares que optaram pela Plaza Independencia para assistir ao jogo já marchavam em direção ao Centro, sacudindo bandeiras, no caso dos orgulhosos sóbrios, ou atirando garrafas de Pilsen para cima, como fizeram os nitidamente bêbados. Quando ouviram a declaração de Tabárez, deram meia volta. Já haviam aplaudido o time inteiro, mas a situação exigia novas palmas, novos gritos e nova certeza de que tudo aquilo valera a pena. (mais…)

07/07/2010 at 15:00 81 comentários

Posts antigos


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker