O castor pirado

02/06/2011 at 13:17 13 comentários

Depois de alguns anos patinando, o Vasco conseguiu fazer um bom time, suficiente para levar essa Copa do Brasil. A prova foi a maturidade apresentada na partida de ontem, quando a defesa mostrou enorme solidez e permitiu a Alecsandro (!) antecipar a zaga (!!!) e fazer o gol (!!!!!!) que o deixou a um empate da Copa Libertadores.

É verdade, porém, que o Coritiba foi um duro adversário. Contando com o medo de errar da defesa vascaína, pressionou no campo de ataque e conseguiu bolas importantes no primeiro tempo. O Vasco parecia não saber como chegar ao gol do Coritiba, não agredia, não chutava – enquanto isso, o Coritiba chegava, e só não era perigoso por que Aquino e Bill é uma dupla de ataque muito limitada. Foram poucas as chances de gol produzidas ao longo do primeiro tempo, mas grande a movimentação. O Coritiba de Marcelo Oliveira é um time que funciona muito bem, mesmo com jogadores ruins. Vale lembrar, por exemplo, que o lateral direito é JONAS, que segue o mesmo Jonas da sua passagem horrenda pelo Inter em 2008, e que o meia direita é RAFINHA, ex-ídolo da torcida gremista (?) nos tempos de segunda divisão.

Do lado do Vasco, Felipe, Diego Souza e Alecsandro, que andavam bem longe da glória futebolística no início do ano, seguem jogando o mesmo futebol de sempre. A diferença é que estão somados a uma defesa que deve ser a melhor do país (Dedé e Anderson Martins na zaga, Fernando Prass no gol) e a um bando de guris muito dispostos a correr por eles. Mesmo que Diego Souza (o que mais corre), ainda adote com frequência a tática do CAVALO LOUCO, aquela que consiste em correr de forma desabalada em direção ao gol até que alguém pare na sua frente.

No segundo tempo, é necessário dizer que o gol de Alecsandro facilitou muito o jogo para o Vasco, visivelmente impaciente com o zero no placar e a necessidade de marcar. Nesse ponto, é interessante ter um jogador como o CASTOR na equipe: mesmo que atrapalhe a equipe por 86 minutos e tenha a humildade de um SINHOZINHO MALTA, o filho de Lela dificilmente se abala com situações de alta tensão, e por isso gols em momentos como o de ontem são a sua cara. Que o torcedor vascaíno não sofra quando o seu time perder para o ASANTE KOTOKO no Mundial e ele afirme que jogou bem pois acertou vários passes.

Mantendo a segurança defensiva, o Vasco é favorito para vencer a Copa, mesmo no Couto Pereira. O Coritiba é um time muito esforçado, e deve fazer um salseiro danado para tentar um gol cedo na próxima quarta-feira, mas a falta de qualidade de muitos dos atletas poderá ser determinante. Sabemos, entretanto, que não é isso que decide uma Copa.

Até a vitória,
Luís Felipe dos Santos 

Anúncios

Entry filed under: Copa do Brasil.

La Olla mais branda do que anunciavam os deuses Para atiçar o fogo sob a caldeira do diabo

13 Comentários Add your own

  • 1. Wilson Farina  |  02/06/2011 às 13:56

    Como disseram no twitter, só seria mais preocupante se fosse gol do Alecsandro, se antecipando à zaga, em cruzamento do Ramon, heheh.

  • 2. Guto  |  02/06/2011 às 14:16

    Galerê, vcs têm que parar de soltar os posts no impedimento antes de terminar de editá-los haha

  • 3. Cesar Cardoso  |  02/06/2011 às 14:26

    O Coritiba, tirando aqueles 10 minutos de groguez depois de levar o gol, mostrou como se marca a partir da entrada da área do adversário. E faltou o Léo Gago no show de horrores do time curitibano; se o Coritiba ganhar a Copa do Brasil com Léo Gago, Rafinha e Jonas, o Marcelo Oliveira já garantiu seu lugar no panteão dos grandes treinadores da história do futebol brasileiro.

    Sem o Éder Luís, o Vasco não tem desafogo; o Bernardo até tenta, coitado, se esforça, mas não consegue. E o Felipe até tentou aparecer pra jogar, pena que não tem com quem dialogar no meio-campo vascaíno.

    Entendo as razões do Luís Felipe pra gostar do Alecsandro, mas olha, Alecsandro me irrita profundamente. Vou cornetá-lo até o fim dos tempos.

  • 4. Cícero  |  02/06/2011 às 14:30

    consigo ver o Castor no Couto Pereira queimando uma camiseta do Inter e gritando CHUPA ROTH, CHUPA SIEGMANN.

  • 5. Leonardo  |  02/06/2011 às 15:02

    Até Vasco sairá da fila, e o Grêmio…

  • 6. fino  |  02/06/2011 às 15:17

    não entendi essa de rafinha idolo gremista, LF… :S

  • 7. douglasceconello  |  02/06/2011 às 15:25

    Pessoal, organizamos os posts da ImpeCopa na barra da direita, caso queiram, precisem ou não consigam viver sem (meu caso) consultá-los até domingo.

  • 8. gilson  |  02/06/2011 às 15:41

    Não me agrada, mas vejo o Vaxco com certo favoritismo tb. Em todo caso, a menos que leve de QUATRO no lombo, Marcelo Oliveira já provou seu valor.

  • 9. dante  |  02/06/2011 às 16:02

    “Entendo as razões do Luís Felipe pra gostar do Alecsandro”

    ahn.

  • 10. dante  |  02/06/2011 às 16:04

    aliás, já que o ritmo é de impedcopa, não tem 2 goleiros aí querendo jogar a impednua de hoje? é às 22h, no HD da farrapos, por módicos 10 reais.

    bamo bamo.

  • 11. dante  |  02/06/2011 às 17:16

    valeu, gurizada!

    ¬¬

  • 12. Zé Eduardo Morais  |  02/06/2011 às 18:09

    LF,

    Rafinha NÃO jogou no Grêmio durante a Segundona. Jogou em 2006, na volta à Série A.

    É bom jogador. Dos clubes pelo qual passou, só não se firmou no São Paulo. Não é craque, longe disso, mas é um articulador muito arisco e que não se esconde do jogo.

    Quando o Paraná estava pra cair à Série C, em 2009, ele foi contratado e levou o time nas costas. No ano seguinte foi pro Coxa e tem sido titular desde então.

    Ontem, o Coxa jogou muito desfalcado – sem Pereirão, Jéci, Eltinho, Leandro Donizete e Marcos Aurélio (principal jogador do time). Para quem é fora do PR pode parecer estranho como um time de jogadores medíocres foi tão longe, mas é justamente por eles conhecem seus limites que o time está aí

  • 13. Gabriel R.  |  02/06/2011 às 18:11

    O alecsandro é mesmo iluminado, muda de time e continua ganhando titulo, e fica a prova, o carsalbert precisa descobrir onde ta o sapo enterrado com o nome dele, no inicio do ano ninguem colocaria o vasco na final da copabr.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • 6 meses e 1 dia após o acidente trágico na Colômbia, a Chapecoense acaba de assumir a liderança do Brasileirão pela primeira vez na história 6 hours ago
  • Chapecoense assumindo a liderança do Campeonato Brasileiro. 6 hours ago
  • 2017 e Luxemburgo ainda tem mercado na Série A. 8 hours ago
  • RT @murilobasso: Oito anos hoje. Só restam mais dois para Wianey nos provar que estávamos todos errados: wp.clicrbs.com.br/wianeycarlet/2… 1 day ago
  • Boca em queda livre no Argentino. River, 5 pontos atrás e 2 jogos a menos, podia roubar a liderança. Aí empatou em casa hoje e estragou tudo 1 day ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: