Bando de locos

20/05/2011 at 11:02 31 comentários

O Cerro Porteño é o pior time entre os semifinalistas da Libertadores. Nas últimas quatro partidas, contra Estudiantes e Jaguares, brindou o público e sua torcida com apenas dois gols diluídos entre mal jogadas oitavas e quartas de final. Enquanto Neymar brilha no Santos, o Vélez massacra seus adversários com goleada e o Peñarol avança com toda sua mística copeira, o futebol do Cerro chega a constranger.

Mas vocês viram La Olla explodir ontem após o gol de Pedro Benítez? Perceberam que os 32 mil torcedores soltaram foguetes para comemorar? Leram a faixa exibida antes da partida, que pedia para os cerristas festejarem o futebol sem armas de fogo? Viram, ao final da partida, os jogadores pulando no centro do gramado, acompanhando a cantoria das arquibancadas?

O Cerro joga mal, não encanta. Juntos, Santos, Peñarol e Vélez Sarsfield põem na mesa oito Libertadores e seis Mundiais, e o Cerro Porteño não tem nem um três de espadas para assustar os oponentes neste truco cego de mano das semifinais.

Nessas alturas, já não significa muita coisa. O povo azulgrana está louco. Não há facas de ponta na casa dos mais exaltados, que dormem amarrados. É a sexta semifinal de Libertadores na história do Ciclón e estar em uma final e talvez finalmente conquistar a Copa que já foi do Olimpia três vezes é um projeto que nunca esteve tão perto.

O enlouquecimento geral da torcida é um fator fundamental. Não se sabe se o jogo de volta da semifinal contra o Santos será no Defensores del Chaco, o que seria um erro, porque o Cerro soube aplicar com maestria o manual para a conquista da Libertadores ao mandar seus jogos no panelão do bairro Obrero.

Mas e o time? Não é bom, isso é certo, mas ao lado do Libertad, que chegou à semifinal em 2006, é uma das poucas equipes competitivas que o Paraguai conseguiu apresentar nas últimas edições da Libertadores. Não é aquele arremedo de time paraquaio com o qual estávamos acostumados, com jogadores que se não eram vencidos pela própria ruindade acabavam sucumbindo à falta de força física. Tem um goleiro relativamente seguro e experiente, uma zaga forte, jogadores combativos no meio-campo e atacantes cancheiros lá na frente. Dissemos que era o melhor Cerro dos últimos anos, mas nestas horas não aparece nenhum gaiato para falar em maldição do Impedimento.

Ontem, contra o Jaguares, o Cerro Porteño contou com uma dose de sorte e venceu por 1 a 0, gol do zagueiro Benítez, após uma saída errada do goleiro Villaseñor. A sorte também está vindo nas cores azul-grená.

Venceremos,
Daniel Cassol

Anúncios

Entry filed under: Libertadores.

Uma Copa e uma lenda Saiba como terminará o Brasileirão

31 Comentários Add your own

  • 1. Alexsander  |  20/05/2011 às 11:11

    Melhor site.

  • 2. Cesar Cardoso  |  20/05/2011 às 11:12

    “Dissemos que era o melhor Cerro dos últimos anos, mas nestas horas não aparece nenhum gaiato para falar em maldição do Impedimento.”

    Tira essa mágoa desse coraçãozinho, Cassol. Hehehehe.

    Fora isso, se o Muricy está ligado liga o alerta vermelho no Santos. A vitória de ontem, conquistada num dos jogos mais horrorosos desta edição da Libertadores, é uma vitória de um time que foi escolhido pelo Sobrenatural de Almeida pra levantar a Copa.

  • 3. Zé Carlos  |  20/05/2011 às 11:33

    Vai tirar o time de BURRICY de la Copa

  • 4. Anônimo  |  20/05/2011 às 11:56

    Qual o problema que rola por lá para pedirem festejos sem armas ?

  • 5. izabel.  |  20/05/2011 às 12:05

    “Não há facas de ponta na casa dos mais exaltados, que dormem amarrados.”
    sensacional, poeta.

    sobre a maldição do impedimento, vocês não têm ideia de como eu praguejei contra o texto do prestes (?) que deu como certa a vitória do once caldas sobre o santos na quarta. e agora, já não aposto minhas fichas no santos fora da final…

  • 6. Felipe (o catarina)  |  20/05/2011 às 12:15

    imagina o desespero dos caras em ganhar essa Copa. Ontem o Cerro passou o Olimpia em número de jogos da TLA (261 contra 260). Mas tem três títulos a menos…

    Cerro x Peñarol será a final mais massa do milênio.

  • 7. izabel.  |  20/05/2011 às 12:33

    off topic (mas eu já comentei do post, cassol. libere aí): Marcos muito ídolo: http://globoesporte.globo.com/programas/esporte-espetacular/noticia/2011/05/marcos-avalia-campeonato-de-pontos-corridos-no-brasil-nao-acho-justo.html

  • 9. gilson  |  20/05/2011 às 13:13

    Mas o gol não saía logo, e mesmo que saísse só um, deu uma hora que apareceu um cheirinho de crime no ar. Teve aquela cabeçada na trave no finalzinho. Muito digno esse time do Jaguares, apesar de MEXICANO, rsrsrsrs

  • 10. gilson  |  20/05/2011 às 13:16

    E concordo com a Izabel, ainda não é hora de cantar a derrocada da maldição, urge eliminar o Saints.

  • 12. dr_inter  |  20/05/2011 às 14:45

    Izabel (Marcão…),

    Qual a diferença de viajar de Recife (Fortaleza, Salvador, Natal, Belem) para Porto Alegre, e de Porto Alegre para Recife (…) ?

  • 13. Mandioca  |  20/05/2011 às 14:50

    #12

    A diferença é que você vai pro Recife, que é longe, uma vez. O resto fica aqui pelo Sul/Sudeste mesmo.

    Eles, ao contrário, vem pra cá metade do campeonato.

  • 14. izabel.  |  20/05/2011 às 15:00

    #12… pelamor, vai. não é tão difícil assim.

  • 15. izabel.  |  20/05/2011 às 15:01

    um paralelo (distante, eu sei, e nem tou propondo como modelo) é o que se faz nos EUA, a tal ‘conferência leste’ e ‘conferência oeste’, com uma final entre os campeões.

  • 16. Felipe (o catarina)  |  20/05/2011 às 15:03

    Marcão esqueceu de falar também que não existe justiça nos pontos corridos se um ganha R$ 30 milhões e outro R$ 5 milhões da TV.

  • 17. Mandioca  |  20/05/2011 às 15:09

    #16

    Obrigado Felipe. Esse é um ponto básico: igualdade de direito não garante – nunca garantiu em esfera alguma da vida – igualdade de condições.

    É esse aliás o grande truque, diz pro trabalhador que ele tem as mesmas chances de todos de ‘vencer na vida” e ele vai acreditar na meritocracia e trabalhar que nem condenado.

    Transpõe isso pro futebol é a mesma relação: todos são “iguais” perante ao regulamento, mas alguns são mais iguais que os outros porque tem mais grana, mais TV, mais tudo.

    Futebol num país desse tamanho nunca pode ser em pontos corridos. Ou melhor, pode, mas admita-se desde já que estamos poucos nos fodendo pros times do Nordeste e do Norte.

    Sem falar na putaria moderna de não poderem jogar em seus estádios porque são “precários”.

  • 18. Mandioca  |  20/05/2011 às 15:10

    Acrescentando: país desse tamanho e com uma concentração de renda/desigualdade desse tamanho.

  • 19. FC  |  20/05/2011 às 15:54

    Marcão pra presidente da CBF !!

  • 20. Felipe (o catarina)  |  20/05/2011 às 16:06

    mas não bastaria mudar só a Série A. A região Norte, p. ex., não tem nenhum time nas Séries A e B e na Série C não consegue preencher um grupo de 5 (em 2010 o Fortaleza jogou no grupo Norte e este ano é o Luverdense, de MT). Talvez a própria Série B deveria subir dois do Norte-Nordeste e dois do Centro-Sul, sei lá.

  • 21. Ismael  |  20/05/2011 às 16:17

    RÁ!! Sabia que o texto era do Cassol

    Que maravilha essa Libertadores! Realmente uma final entre Peñarol e Cerro seria duca, sem contar que ia contrariar toda a lógica!

  • 22. Tulio  |  20/05/2011 às 16:18

    Com a espanholização já aprovada, esse vai ser o menor dos nosso problemas.

  • 23. Henrique [GFBPA]  |  20/05/2011 às 16:26

    E outra, agora com essa ideia da CBF de grupos regionalizados em série C e D… Sempre subirá e cairá dois do sul/sudeste e dois do norte/nordeste…

    A ideia deles é ficar tudo como está, com uns 20 times de RJ/SP nas séries A, B e C… Enquanto norte/nordeste/centro oeste tem as mesmas 20 vagas com a diferença que eles são 20 estados… As outras 20 vagas ficam divididas para os três estados do Sul e Minas…

    Sei lá, de repente até está mais justo do que já esteve, mas acho que poderiam ter mais times do norte/nordeste na elite dos brasileiros…

  • 24. Obrero  |  20/05/2011 às 17:11

    É uma espécie de Corinthians do PY. Por isso torcerei pra eles. Se até o Cerro ganhar a libertadores é possível que ano que vem o Corinthians ganhe e o mundo acabe.

  • 25. Junior  |  20/05/2011 às 17:16

    E se fosse mata-mata, o dinheiro da TV seria distribuído igualmente? Óbvio que não, e a maioria dos times do Nordeste ficaria 2 meses sem arrecadar com a bilheteria. Nos últimos anos, com o crescimento econômico da região, os times do Nordeste tem que parar com o “coitadismo” e as desculpas e melhorar a gestão. O Figueirense e o Avaí estão na série A e não devem ter a metade da torcida de Santa Cruz, Sport, Vitória e do Bahia, que até há pouco estava na SÉRIE C! Para quem não sabe, a base da torcida dos times da Floripa é apenas a região metropolitana de Floripa, no interior de SC eles tem pouquíssima torcida.

  • 26. Fabio  |  20/05/2011 às 17:20

    Acho tudo muito lindo, tudo muito galante, mas a participação ínfima de times do Nordeste/Norte não poderia não refletir a diferença abissal que há de renda, estudo, investimento, empresas blablabla entre o Norte e o Sul do nosso país.

    Falar mal dos pontos corridos (e eu sou contra, tb, acho que deveria haver uma final entre campeões de turnos, ao menos) simplesmente argumentando que os times menos favorecidos de PLATA nunca ganharão um título é mais ou menos como achar louvável que a Bahia levasse a Ford pra lá deixando o RS na mão graças aos incentivos fiscais concedidos e não por causa de outras condições que não ferissem o pacto federativo na igualdade.

    tentarei deixar menos sem sentido
    incentivos fiscais = fórmulas em que o oitavo tem a mesma chance de ser campeão do primeiro.

    pacto federativo = todo mundo começa com zero e AS BATATAS a quem fizer mais pontos

    Deixamos de atacar o problema (conseguir isonomia -agir de forma igual aos iguais, nao no sentido de agir de maneira desigual aos desiguais) para combater a sua consequência, com uma simples panacéia (volta do mata-mata que não premia o melhor)

  • 27. arbo  |  20/05/2011 às 18:19

    “Não há facas de ponta na casa dos mais exaltados, que dormem amarrados”

    ótimo, cassol

  • 28. douglasceconello  |  20/05/2011 às 20:04

    Chorei com a torcida do Cerro ontem. Coisa sensacional.

    Pela POESIA, seria inigualável se o Peñarol triunfasse. Mas por justiça histórica e reparação CÓSMICA, que vença o Cerro.

    Alguém aí por favor me lembra quem foi o cidadão que disse que o Cerro não era um time com muita torcida no Paraguai.

  • 29. Gustavo Santista  |  20/05/2011 às 20:22

    É, vai ser foda… Passagem devidamente comprada…

  • 30. Cícero  |  20/05/2011 às 20:32

    ainda estou sofrendo com a eliminação do Once Caldas.

    sem mais.

  • 31. Eduardo  |  21/05/2011 às 09:07

    Com Santos/muricy ganhando, após o Roth, Cuca deve ser o próximo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Porque não chegaria à Libertadores. 9 hours ago
  • Fim também para o improvável Paraná 3x2 Atlético-MG, um grande jogo que vocês não previram. 9 hours ago
  • Bahia soma a taça de 2017 às de 2001 e 2002. Como em 01, ganha contra o Sport. Fez um baita jogo hoje, podia golear, mas Magrão foi enorme. 9 hours ago
  • ACABOU. O BAHIA É CAMPEAO DO NORDESTE PELA TERCEIRA VEZ. 9 hours ago
  • Juizão distribuindo cartões vermelhos pro banco do Sport. 9 hours ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: