Duas fatias iguais, chimichurri a gosto

29/04/2011 at 03:25 136 comentários

Duas forças da Copa Leonel Brizola – torneio eterno paralelo disputado aleatoriamente por clubes gaúchos e uruguaios -, colorados e carboneros haviam se defrontado apenas uma vez na Libertadores, em 1989, quando o 6 a 2 vermelho do Beira-Rio foi respondido com uma perna quebrada de Luís Carlos Winck (vendido) no Centenario.

Quem dera toda a história do estádio Centenario e seus 60 mil espectadores – capacidade total que abarca um país, uma Copa do Mundo e lendas a não ter mais fim – fosse VESGA o suficiente para ignorar a participação de Bolívar “Oh captain! My captain” e Rodrigo Loco de K-Suco nos primeiros vinte minutos de jogo, tamanha era a demência juvenil que acometia esses dois senhores, desentendidos como se fossem ex-sócios de um bar da Cidade Baixa envolvido em escândalos de cocaína e explosões.

No entanto, apesar do suposto domínio gaúcho, os carboneros, calçados na mística e expondo aquelas AMEDRONTADORAS listras negras e amarelas que tantas vítimas já deitaram pelas canchas de sudamerica, exigiram muito de Renan, reacomodado como Senhor das Luvas, faceiro e cumpridor. O domínio colorado era incontestável, mas a ferocidade amarelo y negra se tornou indesmentível quando o traiçoeiro Martinuccio desbravou o país das maravilhas de Nei e cruzou para Corujo – que leva vantagem por enxergar no escuro, logo doping – completar para o gol.  Delírio e êxtase nas centenárias tribunas anunciaram o intervalo.

Se há algo que não se possa afirmar neste time do Inter é que sejam inexperientes quando realmente preteia o olho da gateada. É um bando de boleiros que faz fiasco contra o São Luiz e o MAZEMBE,  mas que não se apavora mesmo quando uma necessidade de reencontro histórico de uma pátria, desta vez carbonera, lhes apedreja das arquibancadas. Oscar no lugar de Sóbis no intervalo mostrou-se acertado. As asas de Falcão estão crescendo. Seu mullet, no entanto, ainda está devendo.

Mas nada disso interessa ao jornalismo sério. O que realmente tem valor é que Bollati, o melhor em campo junto de Renan, e Guiñazu têm a capacidade de pegar todos os boleiros da América do Sul e colocar no bolso, soltando na mesa uma dupla de dez e lavando fortunas de volta para o Beira-Rio. Eles saem com a bola, entregam-na solícita para os meias, e o bafo está consolidado em vapor e pedagogia. Tanto o Inter cozinhou o time de Diego Aguirre em sua própria área que, após um arroubo carbonero, todos loucos de inconformidade e apanhados em contragolpe, Oscar largou Damião em carreira na intermediária.

Damião que é o maior centroavante do Beira-Rio desde GÉRSON. Que pode cobrar um lateral de bicicleta que será gol. Que volta para o campo sem um braço e comemora PESCANDO. Que deixa todos os zagueiros sangrando e castrados quando sobe pra cabecear.

Pois foi este jovem senhor que tem os cojones inchados pela sede de fazer gol que apanhou a bola na intermediária e soltou um foguete de diversas tonalidades vermelhas, misturadas num raspão de amarelo e negro e púrpura e cores que só o demônio vê, para encobrir Sebastián Sosa e morrer no ângulo.

E a partir daquele foguete multicolor nenhum dos times quis atacar com muito ímpeto, como se tudo ficasse bem com um empate ordinário. O Peñarol por impotência, o Inter por pragmatismo. Porque há um time que manda na América há uns anos e se acostumou a decidir sempre na última hora. Mas também existe outro para o qual o peso do continente não é mistério, e que há décadas pretende acordar a qualquer momento.

Saudações,
Douglas Ceconello;

Anúncios

Entry filed under: Libertadores.

IV ImpedCopa: o martírio da espera Lampejos tricolores

136 Comentários Add your own

  • 1. Lucianø  |  29/04/2011 às 03:33

    DOM GALLÁS, sempre genial.

  • 2. marcelo benvenutti  |  29/04/2011 às 03:52

    Bolatti me faz sonhar molhado.

  • 3. Wilson Farina  |  29/04/2011 às 04:19

    Como diria meu falecido velho, jogo pra matar secador. Penarol fez fumaceira e correria no primeiro tempo, fez o gol (que pavor dessa linha de impedimento com Bolivar, Rodrigo e Kleber, 3 velhinhos vagarosos), obrigou nosso goleiro a trabalhar (Renan >>> Lauro) e parecia q ia complicar mais.

    Aí vai lá o Colorado e chuta UMA unica bola em gol o jogo todo, desvia num zagueiro e é gol. Quem tava secando deve ficar puto da cara. Como eu tava torcendo, esperei q chutassem uma segunda vez em gol, mas ficou pra semana q vem.

  • 4. Yoda  |  29/04/2011 às 05:29

    Pensava que Falcón colocaria Zé Robert-Knight no lugar de Sóbis, numa estigma rothiana, mas, aparentemente, os MULLETS dão um poder de clarividência distinto ao entrenador colorado. PRF5, nunca corte suas madeixas, assim como certo caxiense navalhou seu BIGODE da sorte.

  • 5. Rafa Rhoads  |  29/04/2011 às 05:57

    Esse foi o jogo Manuel Bandeira: uma vida inteira que podia ter sido e que não foi.

    O Renan podia ter entrado pra história por ter pego uma cabeçada, o rebote e o re-rebote de voleio. Mas o zagueiro errou, a bola foi bizonha no peito dele no rebote e, bom, o voleio foi foda mesmo.

    Nei poderia ter virado lenda ao enfiar um petardo daquele .

    Se o Bolatti pega aquela bola do D’ale e entra girando a lá Zidane contra Nowotny e faz um golaço iria ganhar uma estátua de ouro e uma pintura do lado do Falcão no corredor de vestiário.

    Mas como disse o Alliatti foi uma ótima vitória de 1×1.

  • 6. Rafa Rhoads  |  29/04/2011 às 05:57

    ERREI TUDO AS TAGS, QUE BELEZA!

  • 7. Gerhardt  |  29/04/2011 às 06:06

    as insinuações desse destino são inaceitáveis…

  • 8. marlon  |  29/04/2011 às 06:45

    juizinho desgranido, hein. más perdido que surdo em bingo.

    o Inter dos últimos 20 minutos é o que quero, mas mais agudo. que diferença em relação ao primeiro tempo, no qual D’Ale errou uns 15 passes fáceis, nenhuma jogada saía, e as cobranças de falta eram jogadas no lixo. e que diferença em relação ao Roth: o MULLET DO AMOR tá funcionando muito.

  • 9. Grzelak  |  29/04/2011 às 07:28

    Peñarol, a mais bonita camisa sulamericana.

  • 10. El Cañestro  |  29/04/2011 às 07:55

    Dos beralagassos en una semana, e Puertalupi siegue tênico assulado. Única possibilidá.

  • 11. Vitor Hugo  |  29/04/2011 às 08:04

    The power of the love mullet.

Próxima vez que os torcedores da geral ficarem abanando pra Ranzolin que assiste o jogo do seu camarote, entoarei um “SHOW YOUR TITS”, em respeito ao Falcão (ns).

  • 12. marlon  |  29/04/2011 às 08:09

    grande ideia.

    Enseñame las tetas o PIRATE. fhskdjhfkjs

  • 13. Ismael  |  29/04/2011 às 08:13

    Bolatti joga muito, que contratação essa!!!

    No entanto, apesar de agora o time ter muito mais AMBIÇÃO, continuo achando que falta objetividade. O WF falou tudo aí no #3, o time não chuta! Claro, tem que dar (ui) todo o desconto de ser início de trabalho, jogo fora de casa, blablabla…

    Ah, poderíamos usar a rodovia Nei para desafogar o transito da BR-116… melhor que a Freeway e sem pedágios!

  • 14. marlon  |  29/04/2011 às 08:46

    bueno, em gol teve só uma mesmo, mas teve outros chutes (Sóbis, Nei, D’Ale). Golatti joga um futebol elegante, baita contratação mesmo. Oscar também, acho que o guri vai despontar ainda mais (tipo o Giuliano ano passado), é bem agressivo, e quando perde a bola é na linha de fundo. E bá, até o Nei tá melhor. Mas pra mim foram dois Inter ontem, um do primeiro, outro do segundo tempo.

  • 15. Yoda  |  29/04/2011 às 08:53

    #14 Uma chacota gremista dizia que a torcida exagerou ao recepcionar um reserva da Fiorentina no aeroporto. Estarão eles errados?

    Aliás, tive a impressão q Giña estava UM TANTO distraído, como quando inverteu uma jogada para o jogador invisível.

  • 16. Tiago Marcon  |  29/04/2011 às 09:21

    textasso

  • 17. Bruno Lorenz  |  29/04/2011 às 09:25

    A dupla Nei PLUS Renan é a minha única esperança de secador. (Sem contar que ainda tenho esperança que os mullets controlem o cérebro do Falcão e o façam trocar o d’alessandro pelo Zé Roberto).

    Não quero ter que depender de NEYMAR para não ver o inter tri.

  • 18. Gabriel Severo  |  29/04/2011 às 09:27

    Que dupla de volantes temos, senhores. Esse Bolatti é um monstro, mal pudemos ficar orfãos de Sandro e então nos vemos mamando nas gringas tetas dessa AMA DE LEITE que surgiu no Huracán e, parece, foi pra Itália comprar uns ARMANIS pra jogar na meia cancha.

    Como eu confio nesse time, é exatamente o que o Douglas falou: fiascos contra Mazembe e São Luis. Aí chegam em templos do nosso futebol, canchas acanhadas, charcos sudamericanos e jogam com extrema naturalidade e a tal COPEIRICE (que o Grêmio tanto reivindica) se manifesta até nos guris.

    Ontem os cabeludos batendo e solando, enquanto isso, víamos um Oscar totalmente despreocupado com o eventual rumo que uma tíbia quebrada daria à sua carreira prendendo bola cercado por três aurinegros ENSANDECIDOS perto da bandeirinha.

    Belo resultado, devemos passar no Beira-Rio.

  • 19. Norteña  |  29/04/2011 às 09:29

    Tá difícil ser gremista nesta década sem fim….

    O pior é que o mesmo argumento que meus colegas colorados usavam no colégio, lás nos saudosos anos 90 (Inter é paixão, Gremio é modinha e tal) tenho que usar agora só invertendo as coisas.

    Parabéns para o Inter que aprendeu a jogar copas de forma pragmática, ontem foi uma aula.

  • 20. Lucas Cavalheiro  |  29/04/2011 às 09:31

    A minha maior esperança são as substituições do Falcão. Sempre tem mexido acertadamente.

    Meu medo é descobrirem O SEGREDO DE NEI.

  • 21. Bruno Lorenz  |  29/04/2011 às 09:33

    E, putz, essa camisa do Peñarol sem patrocínio é certamente a jaqueta mais linda de qualquer galáxia possível.

  • 22. marlon  |  29/04/2011 às 09:34

    Também confio na passagem no Beira. E aí enfrentaremos a PUC, é isso? huaaaaaaaaa

    A ver, o Nei melhorou um pouco (na minha opinião) porque já não sobe tanto – mas ainda sobe, e mesmo quando fica na defesa parece ficar mais SEPARADO do meio-campo que os DENTES do Pachequito (aliás, 98 anos e ainda jogando bem, ejemplo nomás).

    Bruno, os mullets do amor SÃO o cerébro do Falcão. (O problema é que o Nei parece ser o BIONICÃO dele, hfdjhfs)

  • 23. marlon  |  29/04/2011 às 09:35

    #21,

    bá, lindaça mesmo.

  • 24. Rodrigo  |  29/04/2011 às 09:39

    #11 – Eu não sei vocês, mas eu pegava a Ranzolin…

  • 25. Diogo  |  29/04/2011 às 09:48

    #21,

    bá, lindaça mesmo. [2]

  • 26. Diogo  |  29/04/2011 às 09:50

    # 19

    Lembro da época em que o Hiltor Mombach (i. e., da época em que eu o lia) dizia que os pais colorados tinham dificuldade em inculcar o coloradismo em seus filhos, atordoados com a sequência de canecos gremistas. Hoje, dez anos depois, parece que a maré virou de certo ponto. Eu disse parece.

  • 27. Fabio  |  29/04/2011 às 10:02

    Mais bonita JAQUETA do futebol mundial, sem sombra de dúvida

  • 28. marlon  |  29/04/2011 às 10:03

    #26,

    pues chê, em 1983 eu tinha 10 anos, já era colorado desde os 6 (antes eu não lembro – já tomava SUCO DE VINHO por essa época), e sofri feito cusco sarnento desprezado pela cusca no cio (ns) mas claro que continuei colorado. E nem tive família que me “inculcasse” o coloradismo (meu pai não gosta de e não sabe nada de futebol). Acho que já nasci com o maloquerismo sofredor RENHIDO no sangue.

  • 29. marlon  |  29/04/2011 às 10:05

    ah, e essa primeira foto do DEMONHÃO tá um primor. se eu manjasse de photoshop ia fazer barbaridades com ela…

  • 30. Lucas Cavalheiro  |  29/04/2011 às 10:08

    Ia falar da foto. Que foto foda.

    (E era pra vermelho [só para começar o mimimi])

  • 31. Sonia Langmut  |  29/04/2011 às 10:08

    E falam que Porto Alegre não tem infra pra Copa… Que tal essa aveNEIda do Beira-Rio?

  • 32. Vinicius  |  29/04/2011 às 10:09

    “O que o célebre Paulo Roberto Falcão dirige é um time ‘gaúcho’, ‘forte’, ‘de raça’ que, sem se identificar-se, por esta razão, com o futebol mais tradicional e clássico dos pentacampeões mundiais, tem um toque argentino evidente, graças a jogadores como D’Alessandro, Guiñazu e Bolatti.”

    O Inter hoje é um time com a cara da Libertadores, isso é verdade.

    O brasileiro mais preparado. Seguro fora de casa, competente em casa.
    E sempre jogando “feio”.

    Hoje a maturidade do Inter é a regularidade.. fora sempre vence por um gol, ou empata. Em casa SEMPRE vence, nunca dá show, mas SEMPRE vence.

    O Inter está igual ao Boca do inicio da década.
    Copeiro. Maroto. Malandro. Encorpado. Seguro. Capaz. Competente. Imponente. Inteligente.

    Enfim, repito, o Inter me parece muito o TIME (não o clube) do Boca de 2004, 2005, 2006, 2007. Time no sentido de jogar RAPOSAMENTE, matreiro, cancheiro.
    4 argentinos. Posse, ataca na boa.

    E ontem “apitamos” o jogo. O que o D´Ale pedia ele marcava. Falta. Umas 15.

  • 33. Camilo C.E.O  |  29/04/2011 às 10:11

    “volta para o campo sem um braço e comemora PESCANDO”

    dgjaçlhsça Baita texto, sem dúvida. Agora, respiremos o CLÁSSICO (mentira, a IV Impedcopa está NO ÉTER)

  • 34. Lucas Cavalheiro  |  29/04/2011 às 10:12

    E só agora me dei conta da HECATOMBE que está por vir:

    NEI x GILSON dividindo o mesmo espaço do campo.

  • 35. Lucian  |  29/04/2011 às 10:14

    Inter foi copeiro e tem um matador com estrela (e talvez isso basta para o tri), mas quando lembro que o Peñarol suou para conseguir a segunda vaga, não fico muito animado.

    Queria saber o que a zaga anda CONSUMINDO, quero uma NESGA dessa também. Cada balão pra área é uma festa no apê. E Nei operava no limite de levar uma bola das costas. Falcão gosta de fortes emoções. Essa linha adiantada ainda vai dar merda.

    D’alessandro começa a jogar um esporte novo que está no limite entre futebol e futevôlei, mas ainda dá conta do recado. Por isso, acho que seu companheiro de armação deve ser Oscar, que tem velocidade e joga mais verticalmente, mesmo que ainda tropece demais nas fraldas.

    Bolatti é o melhor do time, além de marcar bem tem uma saída de bola perfeita e aparece para compor na armação. Guiña parece um caipira que não sabe usar os talheres do lado dele, mas tudo que espero do cholo é morder canelas carboneras e cavar faltinhas na intermediária. Já tá ótimo. Renan não entregou ainda, daqui a pouco teremos um recorde. Aguante.

  • 36. Vitor Hugo  |  29/04/2011 às 10:22

    Nei campeão da Libertadores. Rubens Cardoso e HIDALGO campeões do mundo. Quanta injustiça com laterais multicampeões… Acho que, na real, o Bolívar tem atrapalhado bastante a vida do Nei, que por si só já é complicado.

  • 37. Luís Felipe  |  29/04/2011 às 10:25

    mas que texto SUPREMO esse.

    “pode cobrar um lateral de bicicleta que é gol”

  • 38. Alexandre N.  |  29/04/2011 às 10:25

    Exijo um texto sobre a vitória Fluminensa de ontem! hehehehehe…

    Tremam, pessoas. O Fluminense será o primeiro time que copará a Libertadores com um técnico interino no comando do time.

    Ih, nem vai. O Inter ganhou a Liber do ano passado com um interino no comando do time… heheheheheeh

  • 39. Zé Kalanga 9 - Matador  |  29/04/2011 às 10:26

    “… quando o traiçoeiro Martinuccio desbravou o país das maravilhas de Nei e cruzou para Corujo – que leva vantagem por enxergar no escuro, logo dopping – completar para o gol…”

    Morri no adendo: ” leva vantagem por enxergar no escuro, logo dopping” . Huhauhauhauhauahaha…

    Esses textos do Douglas parecem episódios de Friends: alguns parecem que vão ser meia boca até o final, e você se pergunta porquê tá vendo, aí uma piada/frase/expressão no momento certo, faz valer todo o tempo que você levou acompanhando até ali. Se piorar depois, não interessa, na expectativa disso se repetir você segue assistindo, ou lendo, nesse caso.
    Ah, sim. Isso vale para Simpsons, Two and a Half Men, Californication e jogos com Messi em campo.

    Mas deixando de lado agora a babação de ovo, só uma constatação sobre Damião: a melhor coisa que poderia ter acontecido com ele foi ter se profissionalizado tarde. Ele acabou conservando dos tempos do amadorismo a gana INFANTIL de fazer gol de QUALQUER JEITO.
    Ele gosta de fazer gol só pra poder dizer depois:”- Pelo menos eu fiz o meu ! Foda-se se desviou na zaga.”

    “- Porra, mas aquela tua inversão saiu pra lateral !”
    “- Mas a minha lambreta decidiu o jogo!” .

    Totalmente várzea style. Centroavante nato. E disso eu entendo.

  • 40. Lucian  |  29/04/2011 às 10:33

    E o Sóbis? Tá complicado. Tá jogando porra nenhuma, mas volta e meia marca um na unha e tem muita identificação com o clube. No primeiro tempo parecia que estávamos jogando com 10.

  • 41. Paul  |  29/04/2011 às 10:37

    Agora não só nas derrotas, mas também nos empates, deparamo-nos com textos magistrais do Douglas.
    Poesia pura essa resenha. Que cara ducaralho.

    Pena que fuma.

  • 42. Luís Felipe  |  29/04/2011 às 10:37

    “a melhor coisa que poderia ter acontecido com ele foi ter se profissionalizado tarde. Ele acabou conservando dos tempos do amadorismo a gana INFANTIL de fazer gol de QUALQUER JEITO”

    muita verdade.

    o texto é tão bom quanto a foto desse carrinho na abertura.

  • 43. col  |  29/04/2011 às 10:53

    Inter copeiro e peleador.

    hsauahauhdud

  • 44. Anônimo  |  29/04/2011 às 10:54

    Boa notícia para o povo da Azenha: CARZALBÉ foi dispensado.

    http://br.esportes.yahoo.com/noticias/d-sport-gremio-dispensa-carlos-alberto-28042011-82.html

  • 45. col  |  29/04/2011 às 10:55

    Tinga honrou Porto Alegre ontem, a cidade de muitos carrinhos e alma castelhana e tal…

    Nao fosse ele o time de Porto Alegre sairia da peleia sem um unico cartao amarelo.

  • 46. Ismael  |  29/04/2011 às 10:57

    #18

    Esse Bolatti é um monstro, mal pudemos ficar orfãos de Sandro

    Não acho! Pra mim, foram 6 meses intermináveis vendo o ESPETACULAR fardando com a 11 (???)

  • 47. Gabriel R.  |  29/04/2011 às 11:01

    Texto primoroso do Douglas, incrivel! parabens!!!

    Sobre o inter, fecho com a ideia geral, o inter está muito sangue frio, toma gol com estádio lotado e não se caga todo, mantém a bola, amorcega, tranca o jogo, perfeito.

    Ontem o primeiro lance era muito pra expulsao, acho que faltou mais pressao dos jogadores argentinos do inter em cima do juiz, pra num proximo lance o cara ir pra rua.

    Acho que esse formato do inter jogar ANULA muito o Dalessandro, o gringo precisa de nego pra tabelar, e é necessário que jogadores com a técnica do Guina e Kleber jogue perto dele, não adianta querer largar ele na direita pra tabelar com o Nei. Acho que ele tem que jogar onde sempre rendeu mais, no meio. Mais próximo ao gol. Estou achando o Seobis muito mal também, mas quando o inter ataca sempre há uma faixa vazia entre os meias e os atacantes, precisa ter alguem mais fixo no meio, se o sobis recuasse um pouco e jogasse quase como um ENGANCHE(abraço LF), atrás do Damiao, acho que renderia mais.

    O Damiao esse é um animal, quando caiu, pensei, fudeu, lesionou o ombro e vai parar por um mes. Dai o cara levanta e no proximo lance que a bola chega nele, o cara da um encontrão no zagueiro e lança o cara longe!!

  • 48. Gabriel Severo  |  29/04/2011 às 11:05

    #46

    É mesmo, acho que BLOQUEEI O TRAUMA.

    Agora: é hora de colocar o Glaydson na lateral. O negãozinho faz o simples, joga sua bola, desarma, passa e cruza melhor que o Nei. Só não teremos a correria ensandecida, mas daí vão dizer que o Falcão tá sendo Rothista.

    Glaydson tem tudo pra ser a nossa solução, é só testar, já atuou bem pela lateral e nas bandas da volância.

  • 49. col  |  29/04/2011 às 11:07

    31. Gabriel R. | 28/04/2011 às 22:08

    Damião: “A gente sabe que Libertadores é assim, é pegado, diferente de Chamions League e outros campeonatos…”

    MITO

  • 50. Paul  |  29/04/2011 às 11:08

    Um dia um sábio escreveu:

    “Como é bom ver em campo um centroavante que entende sua profissão e que se arrisca diante dos zagueiros, salta como um cavalo açoitado pelo marmelo da infâmia, joga o cotovelo para cima do defensor como se sua única obrigação fosse marcar o gol, mesmo que pelo caminho houvesse uma morte.

    Eu vivo a minha vida de colorado para ver um centroavante jogar assim.”

  • 51. Álisson  |  29/04/2011 às 11:12

    Bah, nem me lembre do espetacular fardando a 11, meu deos.

    E o Sóbis tá mesmo pedindo um banquito, mas é dificil tirar um cara como ele do time.

  • 52. Carlos  |  29/04/2011 às 11:18

    Vamo q vamo aguante megalomania!

  • 53. almilano  |  29/04/2011 às 11:19

    Ceconello é GÊNIO. Baita texto. Baita trago. Baita ressaca.

  • 54. Gabriel Severo  |  29/04/2011 às 11:20

    Olha o Carlos todo exaltado. Segunda vai estar aqui desfilando amargura.

  • 55. Gabriel R.  |  29/04/2011 às 11:31

    #52

    Megalomania, ninguém tá dizendo que o inter é campeão ou imbatível, está só se dizendo que o inter está sabendo jogar a competição, isso porque nos últimos anos o time amadureceu muito, vem partcipando de competições e ganhando.

    Carlos em algum momento tu vai teer que entender que o inter não é mais aquele time coitadinho da década de 90, e que hoje ele é grande, isso não é megalomania é fato…

  • 56. Tiago Marcon  |  29/04/2011 às 11:32

    #50
    Ceconello profeta
    na boa, o melhor do Damião é esse espírito amador que ele tem, o cara parece uma bigorna, batem nele mas não acontece nada!
    Aliás tiinha um antigo 9 do Inter que tinha esse apelido de Bigorna, se não me engano o Flávio Minuano..

  • 57. Sancho  |  29/04/2011 às 11:32

    Re 34

    Não acontecerá nada por lá. A vantagem é que no ST inverte, e eles podem não fazer nada do outro lado.

    Re 24

    Sorte tua. Eu nunca peguei…

  • 58. Anônimo  |  29/04/2011 às 11:32

    “También está claro que el que dirige el célebre Paulo Roberto Falcao es un cuadro “gaúcho”, fuerte, “de raza” que, sin identificarse -por esa razón- con el fútbol más tradicional y clásico de los pentacampeones mundiales, tiene un toque argentino inocultable, a través del aporte de figuras como D´Alessandro, Guiñazú y Bolatti. ”

    Corpo e alma castelhana??

  • 59. Prestes  |  29/04/2011 às 11:34

    Bah, ontem tava todo mundo detonando a atuação do inter e agora tá todo mundo FACEIRO. Calma, não vai ser fácil passar pelo Peñarol. Mas, sim, o colorado demonstrou certo cancheirismo.

    Quem botou a bola no chão, ditou o ritmo da partida na maior parte dela fomos nós. Mas criamos pouco, fomos, como me lembrou o Lucas Cavalheiro, meio parecidos com o inter do roth que arretava mas não conseguia criar chances. E tem o Nei. Fico me perguntando como ganhamos ano passado com ele na lateral. Urge a contratação de um lateral.

  • 60. Carlos  |  29/04/2011 às 11:34

    Não, amigão.

    Eu, como torcedor do Peñarol, acompanhei todos os jogos desse sofrido time e, de cadeira, vos digo: O Peñarol é uma bosta. É aguante aguante balão pra cima e vamo q vamo.

    Tomar esse jogo como exemplo pra comparar o colorado com o Boca, Bolati maior volante do mundo, etc etc….é um pouco exagerado.

    Claro q não sou idiota a ponto de achar q o inter é uma merda e q nada presta. Longe disso. O inter tem reais possibilidades de disputar o titulo tranquilamente.

    Mas calma na barca.

    E sobre a minha amargura, deixa q eu cuido dela, não esquenta.
    Tenho q me render a insignificância momentânea do meu time e pronto.

  • 61. Fabio  |  29/04/2011 às 11:37

    Indiferente pra mim, mas não vislumbro mto o título escapar das Alterosas esse ano..mesmo com Roger Chinelinho Cecco

  • 62. Nataniel  |  29/04/2011 às 11:39

    Bem GRENÁ esse teu texto. Gosto.

  • 63. Paul  |  29/04/2011 às 11:40

    Prestes e Carlos tem MUITA razão.

    CaLLLLma gurizada.

  • 64. Carlos  |  29/04/2011 às 11:45

    Tá muito chato esse esquema de não poder criticar nada do outro lado.

    Porra, gurizada, calma com o andor.

    Em nenhum momento disse q o inter era o clube coitadinho dos anos 90, etc etc…
    Longe disso, não sou idiota a ponto de ignorar q o inter tomou o vulto q o meu time tinha nos anos 90.

    Abraço pra todo mundo ae.

  • 65. Carlos  |  29/04/2011 às 11:47

    E eu, como secador, não tenho a mínima esperança q o peñarol vá fazer o crime pq o peñarol é aquilo ali q se viu ontem. Um time esforçado, e só.

    Minha esperança (e agora falando como secador) é a dupla de zaga horrorosa q vcs tem. Rodrigo tendo pela frente um ataque mais cancheiro pode dar agua.

    Mas isso é coisa pra mais adiante.

  • 66. Norteña  |  29/04/2011 às 11:51

    Na verdade, não sei se o inter será tri (deus me livre de ver uma coisa destas) mas o acontece é que tem os atributos para chegar lá.

    Já o meu gremio, desaprendeu a jogar copas, além de o grupo ser limitado.

    O que se vê é uma botafogacisação da instituição, que ainda é reversível, mas que se não for atacada, tornará o Gremio um time médio do brasil.

    É duro, sou fanático, mas não cego.

  • 67. Tulio  |  29/04/2011 às 11:51

    Desde que o Inter começou a ganhar, só tem time ruim na Libertadores.

    Incrível. Não sei como não sai um campeão brasileiro por ano porque sempre que o Inter chega na final o nível dos adversários é péssimo, segundo alguns.

  • 68. Jornalista  |  29/04/2011 às 11:58

    Acho que todos foram claros e uníssonos em dizer que a atuação foi sem objetividade. Só se ressaltou a ausência do cagalhonismo de outrora. Mas, para um parnóico de plantão, isso é megalomania. A comparação com o Boca, também é clara apenas no aspecto do toque de bola que amorcega o jogo.

    E provavelmente o paranóico deve ser adepto daquela WM>>> Bolatti

  • 69. Sancho  |  29/04/2011 às 11:59

    Re 67

    Os adversários do rival são sempre ruins, Túlio. Assim, se ganham, não fizeram mais que a obrigação. Se perdem, é vexame.

    Relaxa. Funciona nos dois sentidos…

  • 70. Carlos  |  29/04/2011 às 12:19

    Barbarica.

    Tulio, ó. 1, 2, 3.

    Vamos de novo. Eu vi os três jogos do peñarol. Ok? Ok.
    Vamos de novo. Não menosprezei o inter. ok? ok.
    Vamo lá, com força. O inter tá com um time muito bom. Certo? Ok? ok.
    Agora, força na peruca: Tem time bom na libertadores sim.

    Satisfeito?

  • 71. Carlos  |  29/04/2011 às 12:21

    E concordo com o Norteña. Méritos do inter q aprendeu direitinho como se joga libertadores hoje em dia.

    Apitou o jogo, amorcegou, etc etc.

    E aqueles merdas do grêmio tomando pau e quietos.

    Faz parte.

  • 72. MARCELO BENVENUTTI  |  29/04/2011 às 12:32

    Boas eram a Libertadores de antigamente. Violência, torcida jogando coisas nos outros e no campo, árbitros covardes e coniventes. Nada desses times colombianos, peruanos ou mexicanos. Quando o Grêmio ganhava, e a Rainha Vitória, que Deus britânico a tenha, assistia e torcia, a Libertadores era pra macho. Hoje em dia é só toque-toque e até o Fluminense é imortal tricolor.

  • 73. Diogo  |  29/04/2011 às 12:33

    “E ontem “apitamos” o jogo. O que o D´Ale pedia ele marcava. Falta. Umas 15.”

    A nosso favor, é ótimo. E se fosse o contrário? Tipo, o Peñarol “apitando” o jogo? Iam dizer que o juiz é caseiro, que a Conmebol não faz nada… Depois de ler um comentário como esse, fica fácil entender por que a Conmebol não faz nada mesmo: brasileiro é a criatura mais chorosa do planeta. Eu achava que milonga era monopólio argentino, mas me enganei. Daí nas quartas o Guiñazú é expulso por falta inexistente no jogo no Chile e volta a ralha contra os árbitros. Parece que alguém sempre tem que levar a culpa pela nossa incompetência – e esse alguém é sempre o elo mais fraco.

  • 74. Anônimo  |  29/04/2011 às 12:34

    todos muitu putinhus

    el que sigue debuto con un pibe

  • 75. Diogo  |  29/04/2011 às 12:34

    Mourinho que o diga…

  • 76. Tulio  |  29/04/2011 às 12:34

    Carlos,

    Agora sim.

    Muito mais feliz e satisfeito.

    Obrigado.

  • 77. Jornalista  |  29/04/2011 às 12:36

    Eu vi como o D’Ale apitou o jogo, naquela falta no damião. Zagueiro era o ultimo homem, carrinho. E só amarelo.

  • 78. El Cañestro  |  29/04/2011 às 12:38

    Trátasse del aporreo dun ciclo. El cohermano rorro todabia nabega en la bonança de dos buenas administraciones (leasse Carbalho y nadie más). Buenos rogadores, de antíguos contratos, y algunos rôvenes bien aprovetchados, que cualquier tênico más o menos pone a rogar e se le dá bien.

    Pero sabiemos todos lo que viene despuês del aporreo. La calida al fondo del pueço ês inessorable. Y, portanto, no hay que se falar em aprendissado (a rugar la Lib), pero en momento. E nada más.

  • 79. Carlos  |  29/04/2011 às 12:45

    #76
    AEEEEEEEEEEEEEEEE.

    Da próxima eu desenho!

  • 80. claudio  |  29/04/2011 às 13:05

    hoje é sexta-feira, vou procurar uma mina bem burra. ninguém mostra peito mais aqui não?

  • 81. Ismael  |  29/04/2011 às 13:11

    Ó, SEM CORNETA!!!

    Desde que saíram os classificados eu achei a TURBA de bom nível. Os bons times passaram, dentro do possível (argentinos jrs merecia classificar no lugar de um jaguares da vida…) e os menos favorecidos tecnicamente (peñarol, estudiantes…) ainda são times de tradição, com grande torcida, camisas que metem medo… nunca é fácil enfrentar essas equipes.

    Ficará ainda mais difícil se (repito, SE) o grenal das quartas se confirmar, onde NUNCA, NINGUÉM é favorito!

  • 82. Vinicius  |  29/04/2011 às 13:14

    Carlos amargo, deve ter odiado o anúncio do Inter no El Pais.
    aliás, qual a repercussão?
    qual o feedback?

  • 83. col  |  29/04/2011 às 13:25

    Alguem comente o casoAlbert…episodio de Os Trapalhoes total…

  • 84. Álisson  |  29/04/2011 às 13:58

    Falta ainda algumas coisas para o time do Inter poder jogar de igual com Cruzeiro ou Santos. Esses dois times estão acima.

    Agora, falar qualquer coisa das últimas atuações do Bolatti é impossível. O cara é um monstro, e é justo o que falta no meio campo azul.

  • 85. Caue Fonseca  |  29/04/2011 às 14:40

    1 a 1 no Gigante e pênaltis. Escrevam aí.

    Na real, na real, o Inter vai ser campeão de novo. Mas vamos secando. Vai que funciona.

  • 86. fino  |  29/04/2011 às 14:42

    Não lembro a última vez que vi expulsão em lances como esse no Damião.

    Se “a regra é clara”, pq nunca marcam? Fala-se em oportunidade clara de gol e não em “último homem”… fala-se que vinha chegando outro zagueiro na cobertura…

    Deveriam expulsar, mas não expulsam. Depois ainda falam em “critério do arbítro”.

    Vale o mesmo para a regra do impedimento: na dúvida, ao invés de “deixar seguir”, os fiadasputa sempre levantam a bandeirinha…

  • 87. Prestes  |  29/04/2011 às 14:58

    A meu ver, fino.

    Não era oportunidade “clara e manifesta de gol”. Concordo contigo neste aspecto. MAS, além de ser uma chance quase “clara e biriri”, ainda foi um lance violento pra cacete. Li em um blog de torcedores do Penarol todos comentando q o juiz deixou de expulsar o rapaz deles.

  • 88. Junior  |  29/04/2011 às 15:00

    “E tem o Nei. Fico me perguntando como ganhamos ano passado com ele na lateral. Urge a contratação de um lateral.”

    Prestes, ano passado ele não estava tão mal. Era um jogador mediano, não ajudava o time, mas não comprometia. Em 2011 ele é uma vergonha, marca mal e ataca pior ainda. E o que é pior, é muito burro, está sempre mal colocado.

    Outra coisa: o Renan e o Lauro podem tomar 50 frangos até o final do ano, mas será pela suas próprias deficiências. Os dois melhoram muito depois que o Clemer foi demitido. Agora, eles tem um TREINADOR DE GOLEIROS.

  • 89. Lucas Cavalheiro  |  29/04/2011 às 15:02

    #86

    Eu achei vermelho pela violência do lance. Foi meio lateral, é verdade, mas foi SÓ pra dar NO MEIO.

  • 90. douglasceconello  |  29/04/2011 às 15:03

    Vocês estão INEBRIADOS pela sexta-feira e vendo beleza em tudo, inclusive nestas esfarrapadas e embriagadas linhas redigidas na base da insanidade madrugadora.

    Pedindo perdão pelo vocabulário, sou obrigado a repetir o que andei falando por aí nas REDES SOCIAIS (uhdasu): a fase do Damião é tão gloriosa que se ele bater punheta, a mulher engravida.

  • 91. fino  |  29/04/2011 às 15:06

    Oportunidade clara de gol é muito subjetivo.

    Tinha que ter expulsado sim, considerando a fase do damidiabo eu diria que era 99% gol.

    Aí vocês querem que eu pense que, se fosse o Guinazu… bom, aí não era oportunidade clara de gol então

    pô hhuasdasdasd

  • 92. marlon  |  29/04/2011 às 15:15

    bá, alguém bote um RAIO LASER vermelho saindo dos olhos do DEMONHÃO, tipo o Ciclope (X-Men), na primeira foto.

    também acho que Nei e Rodrigo podem comprometer. Rodrigo é mais instável, às vezes joga bem, às vezes caga (se bem que ontem, no primeiro tempo, todo mundo tava errando. o que era o Renan chutando umas 3 bolas de tiro de meta pra lateral??); Nei caga quase sempre. mas bá, o toque de bola no segundo tempo deu gosto de ver, e lembrou os melhores momentos do ano passado.

    ah: Carlos secador amargo. hfgkdwjfhjksw

  • 93. Prestes  |  29/04/2011 às 15:21

    Mas eu to falando q não era oportunidade clara de gol, fino.

    To dizendo q o lance foi violento, além de ser uma oportunidade não tão clara de gol.

  • 94. marlon  |  29/04/2011 às 15:26

    pô, eu acho que era claríssima. ele dá um passo e mete o gol, não fosse ser atorado por trás.

  • 95. fino  |  29/04/2011 às 15:31

    Chance clara II

    Chance não clara I

    (preencham a enquete)

    jkjkasfdjkasfdjkasfd

  • 96. Gabriel Severo  |  29/04/2011 às 15:36

    Chance clara III

    Chance não clara I

    E na fase que ele tá, se o carrinho do cara acertasse a bola ela raspava na NUCA dele, dava no travessão, o goleiro ia ficar atordoado e o Damião ia meter o GOL DO ESCORPIÃO estilo Higuita.

  • 97. Batista  |  29/04/2011 às 15:36

    Chance clara; regra clara. Não espulsou porque NÃO QUIS, heinhô.

  • 98. Gabriel R.  |  29/04/2011 às 15:39

    Acho que era pra expulsão simplesmente pelo carrinho, nem entro no mérito de ser último homem ou não. Vendo o lance se nota que ele vem em uma velocidade maior que os dois zagueiros, ou seja, o da sobra tambem nao buscaria ele de forma alguma caso passasse pelo carrinho, se ia fazer o gol não sei?

  • 99. fino  |  29/04/2011 às 15:45

    no meio do campo juiz nenhum no mundo daria vermelho direto

    vá lá, talvez alguns.

    mas no centenário, nenhum.

    jkljklasfdjklasfd

  • 100. Rafael L  |  29/04/2011 às 15:54

    os inteligentes inscreveram o carzalberrto na LA pra 1 jogo.

    Palpites:
    1. Os cérebros do dep de futebol já sacaram que a LA está perdida e estão “arrumando a casa” pensando no Brasileiro.

    2. O Renato só fica pro BR11 se acontecer um milagre no Chile. Mas só vão demiti-lo depois que perdermos 3 grenais seguidos no Gauchão, pra ele sair por baixo.

    3. Já tem um treinador na manga. Se for o Juarez, o jovem Leandro não pega nem banco.

    4. Vamos nos arrastar na metade da tabela o ano todo e chulear uma vaga na LA 2012 lá em novembro. É a botafoguização.

    5. Estou virando um secador doentio como vcs colorados eram há uns 10 anos, na gloriosa ERA ZÉ MARIO.

    6. Se algum pirralho da geral me chamar de AMARGO lembro que o Grêmio não começou em 2005, mas que deve ter TERMINADO em 2005 e agora veneramos um fantasma.

  • 101. Anônimo  |  29/04/2011 às 15:57

    “É a botafoguização.”

    sssssssssssss

  • 102. Gabriel Severo  |  29/04/2011 às 16:02

    Fechem o blog, a caixa de comentários, tudo.

    Depois do #100 eu já posso largar o futebol, ver esses gremistas se agarrando em esperanças efêmeras e açoitados logo em seguida pela dura realidade do que agora são.

    Entregues, sempre com um olhar de boi que se encaminha pro abate.

    São esses caras que eu quero ver sofrendo, nem me importo com os delírios de imortalidade do pessoal da minha geração. Minha mágoa é com o pessoal mais velho, tios e primos que destroçavam minha infância depois de cada churrasco de domingo lá fora.

  • 103. Camilo C.E.O.  |  29/04/2011 às 16:08

    In GREMIST RUSSIA, 2011 is your 90’s.

    [N
    S]

  • 104. Gabriel Severo  |  29/04/2011 às 16:17

    Olhem ao redor: gente de Allstar e camisa de flanela, Mortal Kombat é o jogo mais falado, uma torcida se agarrando a um goleiro de seleção e a um camisa 7… BACK TO THE 90’s.

    Ainda bem que não são os nossos.

  • 105. Norteña  |  29/04/2011 às 16:20

    A Botafoguização do gremio é o que mais doi.

    Agora, este Gabriel Severo representa bem os colorados raivosos de hoje vingando uma infancia arruinada na década de 90.

    MAs acho que merecemos isto pelo Buling nos colegas colorados de colégio.

  • 106. Rafael L  |  29/04/2011 às 16:27

    #102, compreendo que deve ter sido difícil ser um coloradinho naquela época. Tive parentes colorados nascidos no fim dos 80 que não aguentaram e aí pelos 9-10 anos viraram gremistas. Hoje sofrem com o Grêmio, mas não são rancorosos.

    Afinal, futebol é entretenimento. É uma forma de se divertir sofrendo, coisa muito estranha.

  • 107. Camilo C.E.O.  |  29/04/2011 às 16:32

    Só não vão começar a se intitular SOFREDORES, que esse TÍTULO TEM DONO!

    çalskhgaç

  • 108. col  |  29/04/2011 às 16:35

    Enquanto o Gremio continuar disputando a Libertadores (nao entendo como conseguem, mas tudo bem), fica dificil comparar com o Inter da decada de 90.

  • 109. Anônimo  |  29/04/2011 às 16:41

    #102

    pra mim, satisfação foi no dia em q perdemos pro Mazembe, apesar de tudo. a festa gremista nessa cidade compensou um pouco a dor, compensou todos aqueles anos de arrogância de “ah, secadores, vcs se importam mais com nosso time do q com o de vcs, né? nós somos superiores, nós só vestimos uma camiseta e só ela vestiremos até morrer”.

    cada gremista com camiseta do Mazembe q eu vejo é uma pequena vingança gelada q eu como.

  • 110. Anonimo  |  29/04/2011 às 16:42

    #102

    pra mim, satisfação foi no dia em q perdemos pro Mazembe, apesar de tudo. a festa gremista nessa cidade compensou um pouco a dor, compensou todos aqueles anos de arrogância de “ah, secadores, vcs se importam mais com nosso time do q com o de vcs, né? nós somos superiores, nós só vestimos uma camiseta e só ela vestiremos até morrer”.

    cada gremista com camiseta do Mazembe q eu vejo é uma pequena vingança gelada q eu como.

  • 111. Tiago Marcon  |  29/04/2011 às 16:54

    “a fase do Damião é tão gloriosa que se ele bater punheta, a mulher engravida.”
    KKKKKKK
    mais um aforismo antológico

  • 112. Junior  |  29/04/2011 às 17:06

    “a fase do Damião é tão gloriosa que se ele bater punheta, a mulher engravida.”

    A frase é antológica mesmo. Só acho que pro um cara de 20 e poucos anos, jogando no Inter e ganhando bem, engravidar uma mulher não seria sorte, seria azar, sfghsd.

  • 113. Carlos  |  29/04/2011 às 17:13

    Ah, agora entendi.
    Perderam pro mazembe pra ter uma vingança gelada, bla bla bla.

    Vai entender.

    E essa tal botafoguização é a maior bobagem q eu já ouvi/li. Eu vivi anos fim dos 70 começo dos 80 e o inter cagava no grêmio. Era um sofrimento dos infernos ser gremista. O inter ganhando tudo, o grêmio na merda. Depois inverteu, e o inter não virou o botafogo. E agora tá ae.

    E depois vai mudar de novo, o gremio vai ficar por cima e o inter na merda. Por mais q a coloradagi ache q não, essa fase vai terminar um dia. Pode terminar com 6oo titulos de libertadores, mas vai terminar.

  • 114. J Petry  |  29/04/2011 às 17:14

    600 títulos de Libertadores pra mim tá bom.

  • 115. Henrique [GFBPA]  |  29/04/2011 às 17:43

    Já passou da hora dessa boa fase do inter passar, ne…

    Ganharemos o GREnal domingo, Peñarol faz o crime e os chilenos como sempre irão amarelar e a gangorra mudará de lado… [/sonho impossível]

  • 116. Antônio  |  29/04/2011 às 19:04

    A cada texto que leio aqui, seja sobre Grêmio, Inter ou o escambau, sinto-me mais copero y peleador. A aura impedimentista me acomete de tal forma, que vou dobrar a patroa para pleitear uma das OITENTA vagas e, quiçá, entrar para a história deste certame que hipnotiza os sábios incólumes.

    Deus me ajude.

  • 117. Prestes  |  29/04/2011 às 20:09

    Carlos (113) disse tudo. É uma merda saber q a gangorra fatalmente virará.

  • 118. Junior  |  29/04/2011 às 20:51

    Prestes, certamente acontecerá. Mas já tive a minha cota suficiente de sofrimento na adolescência. Quando a gangorra virar, quero estar longe do RS e das flautas, provavelmente em Ushuaia, ushjfgds.

  • 119. Gabriel R.  |  29/04/2011 às 20:58

    #113
    Tenho duvidas sobre isso, a gangorra do Botafogo e Tletico Mg ta sempre pra baixo..

  • 120. Anônimo  |  29/04/2011 às 22:46

    #56
    Bigorna era o apelido do Claudiomiro, grande centroavente do Inter da década de 60-70. Acabou com a carreira futebolística porque não conseguia segurar o peso. Hoje em dia aparece nos eventos consulares do Inter pelas cidades do interior.
    Detalhe pra esse vídeo sensacional com o Olímpico completamente lotado. (na época só havia o anel inferior).

  • 121. Ernesto  |  29/04/2011 às 23:18

    “nasceram no fim dos anos 80, eram colorados mas não aguentaram, viraram gremistas”.

    Putos. Sem caráter. Futuros párias e vigaristas que ainda comandarão essa merda

  • 122. Camilo  |  30/04/2011 às 01:50

    Boa noite a todos, de vez em quando comento, e hoje não pude me furtar: a GANGORRA.

    Não dá para esperar sentado que as coisas virão. O Atlético-MG já foi o maior de minas. O Botafogo, o maior do rio (do Brasil inteiro?). As coisas, para esses times, estão pretas fazem muitas décadas. A direção do Inter se armou para ser soberana no sul, não por uns anos, mas para sempre. Sei que todos querem que o seu clube do coração seja assim, o maior, mas poucos dirigentes realmente se esforçam nesse sentido.

    Parece que se armou um sistema muito traiçoeiro para o Grêmio, porquê ele se AUTO-ALIMENTA.

    No Inter dos anos 90, tinha portão 8, torcedor atirando moeda em jogador, brigada jogando cavalo em torcedor… não vejo gente insatisfeita no Grêmio. Principalmente a nova geração de torcedores. Acho que aí está o problema, alguns se acostumaram, alguns até GOSTAM da situação atual, do time inferior mas peleador, que ganha na raça, etc, etc.

    Me parece francamente que, o Grêmio montando um time melhorzinho no futuro, com jogadores mais habilidosos, vão surgir uns pós-2005 e dizer que “isso não é mais Grêmio” e vão até largar de mão.

    Não sei que encanto tem Paulão, Sandro Goiano, mas é fato que eles tem. Merece até um estudo. Mas se é por aí, prefiro estudar o encanto que tem, sei lá, a SHAKIRA ou a DÉBORA DE OLIVEIRA, que é chata pra caramba mas que eu ia fácill.

  • 123. Eduardo  |  30/04/2011 às 01:57

    Concordo Ernesto. E ainda por cima “pé frios”
    Que voltem a ser coloradinhos…pode ser que a gangorra vire outra vez!!!!

  • 124. Sancho  |  30/04/2011 às 09:31

    Re 122

    Na década de 60, parecia que a vantagem gremista seria para sempre. Na de 70, do Inter. E parecia que se auto-alimentavam, porque os estádios estavam cheios, as torcidas apoiavam os times mesmo perdendo, etc.

  • 125. Sancho  |  30/04/2011 às 09:33

    Re 121

    Que bobagem. É na época do colégio que se define o time de alguém. Até os 8-10 anos, pouco mais talvez, está tudo em aberto…

  • 126. Niko  |  30/04/2011 às 10:21

    Lacraia barrar a carreira de Oscar é mais um crime lesa pátria cometido no Beira-Rio! FORA LACRAIA!!!

  • 127. Niko  |  30/04/2011 às 10:52

    Sugestão aos habitantes da Floresta Encantada da Azenha: Imortalizem a BUNDA DO KIDIABA na calçada da fama. Rendam as devidas homenagens a maior alegria da azenha das 2 últimas décadas. Afinal, não fosse ele, ou ela (a bunda), vcs seriam simplesmente extintos da face da Terra. A tal ‘gangorra’ seria implodida, pois não haveria argumento (nem chantagem) que mantivesse filhote de gazela no lado azul do Rio Grande.

  • 128. Sancho  |  30/04/2011 às 11:15

    Re 127

    O Mundinho de Niko

  • 129. Carlos  |  30/04/2011 às 12:29

    #127
    Tá doendo até hoje pro tal Niko o tal do Mazembe…nem se fala mais nisso aqui…

  • 130. Niko  |  30/04/2011 às 13:02

    Sancho e Carlos: Poupem o latin comigo e os direcione às suas respectivas proles, pois se naum o fizeram com a devida chantegem de sempre, a gurizada vai se bandear pros lados da Padre Cacique. Na verdade eu me divirto mto com a Floresta Encantada da Azenha, principalmente com o CAGALO (Sala de Redação), digno representando de vcs, hibridos de gazela com hiena! Finalizando, quero dizer jah q estou de posse do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) e irei encaminhar à Comissão de Direitos Humanos na ALERGS um protesto exigindo liberdade de escolha clubística por parte dos pimpolhos do RS. Valores futebolísticos estão sendo distorcidos: Crianças gaúchas são obrigadas a comemorar ‘vagas’; acessos em site; prêmio ‘top of mind’; musa do brasileirão… mas título que é bom NADA!!! Todas as crianças merecem ser felizes. Libertem suas proles…!

  • 131. douglasceconello  |  30/04/2011 às 14:08

    Muito bom que quem virou gremista não tenha seguido colorado. Não teriam nada pra nos acrescentar.

    E não mereceriam viver a arrebatadora redenção dos anos 2000.

    (acordei rancoroso. audhasu)

    Sancho, creio que tudo está aberto até os DOIS ANOS. Mudar depois disso é falta de caráter. usushuhs

  • 132. Rafael L  |  30/04/2011 às 14:08

    #122 chegou no ponto certo
    O que mais preocupa é os caras acharem bacana esse papo “soy de Grêmio”

    E a diretoria aproveita pra disfarçar a incompetência apelando pro sobrenatural, bem a gosto da torcida.

    É ainda mais perigoso que o “melhor ônibus melhor site” do Obino, porque é difícil combater abstrações idiotas como “alma castelhana”.

    No tempo do portão 8 era mais fácil pro torcedor colorado: era tudo muito concreto, o time era uma piada, o rival ganhava tudo, a torcida estava indignada, o estádio servia para manifestar a inconformidade.

    Nós não temos isso. Temos uma torcida com valores imateriais, inquestionáveis, sem contato com a realidade.

    Perigoso.

  • 133. Eduardo  |  30/04/2011 às 15:43

    Filosofia estraga o mundo. Quando pequeno, apanhava como um escravo rebelde. Hoje em dia, não pode gritar que deixa sequelas. Todo mundo era gordinho, anão, saracura,etc. Hoje em dia é bullying.
    Felipão era chamado de burro 6 meses antes de arrebatar a Libertadores. Renato ganha 2 jogos

  • 134. Eduardo  |  30/04/2011 às 15:46

    Ops… 2 jogos e passa a ser bom de novo. Só isso. Resultado. Não sofram filosofando. Guardem os neuronios pra serem queimados pela cerveja da impedcopa.

  • 135. Carlos  |  30/04/2011 às 18:20

    #130
    Niko tem duas hipóteses no seu coração:

    1) é um velho e seu filho virou gremista, para absoluto desespero de sua vida;
    2) era um coloradinho anos 90 q sofria bulling e voltava chorando todo santo dia pra casa, ficando traumatizado para todo sempre, amém.

    Só pode ser isso pra ter tanta raivinha no coração.

  • 136. Frank  |  01/05/2011 às 11:46

    O Grêmio vai continuar, mesmo que a gangorra não vire… continuou na década de 40, mesmo com o colorado tendo o “rolo”, continuou nos anos 70, em que eles foram octa estaduais e tri nacionais… não tem essa, por isso o hino exalta tanto a torcida gremista: com o Grêmio onde o Grêmio estiver, e principalmente COMO o Grêmio estiver…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Atlético-GO nos 11 primeiros jogos do returno: 14 pontos 9 hours ago
  • Corinthians nos 11 primeiros jogos do turno: 29 pontos Corinthians nos 11 primeiros jogos do returno: 12 pontos 9 hours ago
  • RT @rodrigocapelo: Quanto ganham os principais gestores de um clube de futebol brasileiro? A @RevistaEpoca publica com exclusividade. https… 17 hours ago
  • @germano_mergel Mas o apito parece ter vindo antes do chute. Mesmo assim, enorme sacanagem depois de ter deixado a… twitter.com/i/web/status/9… 1 day ago
  • Aliás, tragédia de arbitragem. Deu acréscimo até empatar (OITO MINUTOS, e tinha pedido 6) e acabou o jogo quando o Brasil ia meter o 3º. 1 day ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: