Crime na cordilheira

28/04/2011 at 10:51 26 comentários

ortigoza

Não é possível começar este relato sem falar da experiência NEFASTA que é uma transmissão da Globo mineira. A cada falta mais ríspida, cada impedimento duvidoso ouve-se a voz do Inominável. Márcio Rezende de Freitas deveria ser comentarista político, tendo como foco dos pitacos as maracutaias de José Sarney e Paulo Maluf. Não faço esta introdução por acaso. A presença do pulha era prenúncio de crime no primeiro confronto entre Once Caldas e Cruzeiro.

Em Manizales, o Sobrenatural não atuou em favor de Rentería. Ele resolveu pagar de uma vez as dívidas que tem com a azarada Hiena Hardy, também conhecida como Cuca. O Once Caldas começou o jogo marcando forte, e os cruzeirenses logo perceberam que não aplicariam os habituais OITO A ZERO que vêm conseguindo em tudo o que é jogo nesta temporada.  Lá pelos dez minutos, Dayro Moreno deu dois verdadeiros cartões de visitas. Um chutaço de muito longe que explodiu no travessão e um chute à queima roupa, depois de belo passe de WASON .  O Once Caldas continuou tendo algumas boas chances durante o primeiro tempo, e o Cruzeiro também respondia, principalmente com o centro-avante Brandão. Depois de jogar futebol francês durante anos, Brandão ainda precisa reaprender a jogar a modalidade mais difundida de futebol, mas foi bastante voluntarioso.

Foram dele as principais chances no início do segundo tempo, quando o Cruzeiro ensaiou colocar as manguinhas de fora. Logo os colombianos retomaram o domínio do jogo, sem conseguir, entretanto, criar boas chances de gol. Mas foi quando Brandão saiu que a estrela de Cuca começou a brilhar. É certo que o treinador já vinha demonstrando sorte pelo fato de o Cruzeiro não ter levado NOVE GOLS no primeiro tempo mesmo jogando com Leandro Guerreiro na lateral-direita.

Mas, enfim, a estrela de Cuca apareceu de verdade foi com a saída de Brandão para dar lugar a Ortigoza – aquele mesmo, o centro-avante paraguaio cego de um olho e manco que jogou no Palmeiras. Pois Ortigoza, em uma de suas primeiras participações no jogo, acertou um cruzamento, o que já é de um ineditismo medonho. E foi um cruzamento certeiro, o que demonstra a clara mão do Imponderável na jogada. Wallyson completou de cabeça com categoria, o que não é novidade. O rapaz já tem sete gols na Libertadores.

Mas o lance mais inacreditável viria na sequência. Ortigoza recebeu belo passe de Montillo e encarnou outro argentino, aquele baixinho de certa habilidade, que joga ao norte do Marrocos. O atacante paraguaio com um toque invadiu a área e, na saída do goleiro, fez um gol de TOTOSINHO, encobrindo o bom Martinez. No dia em que Ortigoza dá um cruzamento perfeito e faz um gol de craque, eu me belisco, passo uma água no rosto e continuo incrédulo ao perceber que isto não é um delírio.

ortigoza coalhada

Ortigoza nos tempos de Palmeiras, contratado junto ao Chico City

Consumado o crime, o Once Caldas tentou reagir. Perdeu dois gols de forma bem colombiana com Moreno. Em boas chances, o atacante deu dois chutes todo mamulengo e olhando para baixo. Os tiros saíram ambos totalmente sem direção. Após a segunda tentativa, levou uma carraspana de Rentería. O saci era quem mais mostrava indignação e, em bela triangulação pela lado direito, invadiu a área cruzeirense e encontrou Nuñez no segundo pau, para marcar de cabeça. O gol aos 42 do segundo tempo enervou o Once Caldas que fez uma blitz em busca de justiça no placar. Não conseguiu.

A partida mostrou que o Cruzeiro não vai flanar no mata-mata como fez na fase de grupos, mas o time também provou que sabe ganhar mesmo em um dia de menor inspiração. Montillo é o maior símbolo disto. Esteve bem marcado, apagado na maior parte do jogo, mas achou Ortigoza livre, um passe que foi meio gol. O Cruzeiro venceu mesmo com desfalques importantes, como Thiago Ribeiro. Também é verdade, porém, que uma atuação desta envergadura de Ortigoza não deve acontecer nas próximas vinte encarnações.

Os golos:

Um abraço,
Felipe Prestes

Anúncios

Entry filed under: Libertadores.

O lado fraco da corda Adultos da Vila

26 Comentários Add your own

  • 1. Guto  |  28/04/2011 às 11:00

    Os gols que o tal do Moreno perdeu foram inacreditáveis, e quando o Rentería correu pra cima dele, achei que ia chegar no tapão do lado do ouvido.

  • 2. Matheus  |  28/04/2011 às 11:03

    A visão bêbada de um torcedor azul, você encontra no Blá blá Gol.

    Apesar de não contar com essa GENIALIDADE toda!

    *****

    “…aquele mesmo, o centro-avante paraguaio cego de um olho e manco que jogou no Palmeiras.”

    Sen-sa-cio-nal descrição!

  • 3. Paulo Torres  |  28/04/2011 às 11:09

    Quando o Rentería Ruque-Raque fica emputecido com a displicência e falta de objetividade de alguém, tá tudo errado.

  • 4. Cesar Cardoso  |  28/04/2011 às 11:12

    Pra começar o papo: que história é essa do Cruzeiro pegar a camisa do Fortín pra jogar? Tá faltando camisa, senador Zezé Perrella?

    Leandro Guerreiro saindo jogando e Ortigoza podendo entrar no meio do jogo (e, como aconteceu ontem, entrando pra mudar o rumo da partida!). Se o Cuca não for campeão da Libertadores este ano, desiste, nunca será.

  • 5. Anônimo  |  28/04/2011 às 11:13

    Lances da partida aqui:

    http://www.youtube.com/
    watch?v=C8PS0Vy8-jE

  • 6. Gabriel Teixeira  |  28/04/2011 às 11:16

    É o segundo gol de Ortigoza em jogo de ida das oitavas-de-final de Libertadores.

    Prenúncio de decisão por penaltis em SETE LAGOAS, como fora em Recife, dois anos atrás.

  • 7. Prestes  |  28/04/2011 às 11:18

    Paulo, ia até botar no texto, acabei não colocando, que levar um esporro do Renteria por displicência é uma PROEZA.

    É que o Moreno realmente não tem comparação, é muito displicente.

  • 8. Prestes  |  28/04/2011 às 11:19

    Faltou falar tb que o Roger, como era de se esperar, amarelou. Quando a cobra for fumar de verdade, ele inventará uma lesão. ANOTEM.

  • 9. GG  |  28/04/2011 às 11:27

    “provou que sabe ganhar mesmo em um dia de menor inspiração”

    É essa a principal força do Cruzeiro neste ano. Não pude ver o jogo de ontem (fiquei me mordendo de ansiedade), mas pelo que tenho visto o Cruzeiro está se tornando aquele time filho-da-puta que ganha tudo até jogando mal.

    Venceremos em Sete Lagoas. E lá receberemos o Neymar, que terá seu bonezinho roubado pelos malacos de bicicleta na lagoa Paulino.

  • 10. m  |  28/04/2011 às 11:30

    completamente absurdo o esquema do cuca. nenhuma marcação na intermediária, enquanto TODOS os jogadores do time se revezavam nas laterais. leandro guerreiro aparecendo o tempo todo pra cruzar pela direita.

    desceu um adilson batista violento ali ontem.

  • 11. col  |  28/04/2011 às 12:06

    Um time liderado pelo Cuca e com Roger chinelinho levanta serias suspeitas. Preste’s prophecy will come true.

  • 12. Cesar Cardoso  |  28/04/2011 às 12:48

    #8 e #11: se o Cuca é um treinador esperto e que aprende, certamente não vai contar com o Roger Chinelinho Secco na hora da onça beber água.

    A dúvida aí é se o Cuca é um treinador esperto e que aprende.

  • 13. Cícero  |  28/04/2011 às 12:50

    Leandor Cagalhão vai esculhambar com tudo no jogo de volta. Gol contra, pênalti pro adversário e expulsão.
    Tô bem loco hoje.

  • 14. Mano  |  28/04/2011 às 13:07

    “Em boas chances, o atacante deu dois chutes todo mamulengo e olhando para baixo.”

    ME DESCOBRIRAM.

  • 15. Vinicius  |  28/04/2011 às 13:09

    Once Calmas não aproveitou a displicência da Raposa, que se fez de morta o jogo todo.

  • 16. arbo  |  28/04/2011 às 13:22

    ontem eu entendi pq os cruzeirenses gostam tanto do fábio qto nós do
    victor
    HOJE, ninguém tá atacando como ele no brasil

    além disso, o cruzeiro tem mtos ali q gastam a bola. montillo é o maior deles.

  • 17. Álisson  |  28/04/2011 às 13:34

    Se o Inter tivesse um goleiro como esse Fábio seria meio caminho andado.

    Mas esse Moreno, que cara mais ruim, chegou a me dar nos nervos. Torci para que o tipo Colombia desse uma tunda nesse desgraçado.

  • 18. Matias Pinto  |  28/04/2011 às 14:18

    “Depois de jogar futebol francês durante anos, Brandão ainda precisa reaprender a jogar a modalidade mais difundida de futebol, mas foi bastante voluntarioso.”

    Genial!

  • 19. Junior  |  28/04/2011 às 14:38

    A maldição do Impedimento atacou outra vez. Pobre Once Caldas.
    De todos os campeonatos europeus, o francês é o mais próximo do campeonato gaúcho. A pancadaria corre solta. O Aládio iria se sentir em casa. Lá, o Neymar não joga nem morto. Cada vez que um francesinho se atira dentro da área fingindo pênalti, um daqueles africanos de 3 metros de altura o levanta pelo cangote. Eu não sei o motivo, mas acho que no “código de ética” dos jogadores africanos até xingar a mãe do adversário irrita menos do que fingir uma falta. Eles ficam furiosos e fora de si.

  • 20. Prestes  |  28/04/2011 às 15:00

    Não acredito em uma palavra do que tu diz, Junior, por um simples motivo: é IMPOSSÍVEL assistir mais que dois minutos de campeonato francês. É melhor assistir TELE DORMINDO que camp. francês.

  • 21. m  |  28/04/2011 às 16:14

    fábio: melhor goleiro do brasil há uns dois anos.

    cada vez que o mano convoca o JEFFERSON e deixa o fábio de fora, garante mais um mês no inferno, onde grêmio prudente x são caetano jogam em loop eterno.

  • 22. Henrique [GFBPA]  |  28/04/2011 às 16:29

    Não acredito em uma palavra do que tu diz, Junior, por um simples motivo: é IMPOSSÍVEL assistir mais que dois minutos de campeonato francês. [2]

    Lendo o comentário do Junior pensei exatamente a mesma coisa que o Prestes… É um campeonato bem do xarope é esse francês, consegue ser pior que o português

  • 23. arbo  |  28/04/2011 às 16:39

    #21
    m, é o q dizemos do victor por aqui… devem se aproximar, embora eu ache difícil

  • 24. Junior  |  28/04/2011 às 16:41

    Eu discordo totalmente. Com exceção do inglês, é o único que eu consigo assistir. Em quase todo time tem um africano bom de bola, que obviamente depois vai para um campeonato mais “nobre”. Drogba é o melhor exemplo. Eu não consigo assistir espanhol pela fraqueza dos times e o italiano porque com exceção dos jogos do Milan ou Inter, GERALMENTE é 0x0 ou 1xO.

  • 25. Henrique [GFBPA]  |  28/04/2011 às 17:11

    Na real todos campeonatos nacionais europeus eu acho um saco, seja pela torcida de teatro, seja pelo fato de ter só 2,3 times que realmente disputam o campeonato…

    Consigo acompanhar só alguns clássicos mesmo, ou alguns jogos da tal champions… Mas ainda prefiro uma Libertadores, campeonato uruguaio, segundona gaúcha, Série C do Brasileiro, Copa América… Verdadeiro futebol

  • 26. Paulo Vitor Gonçalves  |  28/04/2011 às 17:20

    Que história é essa de que não vai “flanar” porque não jogou tão bem ontem?
    Ora, não dá pro time jogar bem sempre. Contra o Tolima e o Guaraní fora de casa também jogou abaixo das outras partidas. Não foi novidade isso, portanto…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: