A volta do Boêmio

19/04/2011 at 06:00 14 comentários

Depois de transcorridas 35 rodadas, o acesso do Club Atlético Atlanta para a B Nacional (2ª divisão argentina) é iminente. Apesar da derrota do último sábado, os bohemios fazem uma campanha de saltar os olhos (23v, 6e, 6d) e com 14 pontos de diferença em relação ao vice-líder, Defensores de Belgrano, e são os virtuais campeões da Primera B Metropolitana, faltando 7 partidas para o seu término.

Contando com os gols dos gêmeos Soriano (Abel e Andrés somam 31 tentos) e a segurança do experiente goleiro Rodrigo Llinás (31 gols tomados), os comandados de Javier Alonso vão colecionando triunfos, em sua maioria por placares apertados, enquanto os seus perseguidores caem pelas tabelas.


Terror de zagueiros e locutores

São quase 11 anos em que a caravana da Villa Crespo não viaja além da Capital Federal e das províncias de Buenos Aires e Santa Fé, limite geográfico dos afiliados diretamente à AFA. Já as equipes das demais províncias disputam o temido Torneio Argentino. Neste intervalo de tempo, pouco a se destacar na calle Humbolt, 350: somente a conquista do Apertura em 2003 e a reforma do estádio em 2009.

O período de ostracismo se torna insuportável ao olhar a grama do vizinho, sempre mais verde, no caso o Club Atlético Chacarita Juniors. A temporada de 1998/99 marcou a despedida do quadro azul y amarillo da esfera Nacional e o retorno dos funebreros à Primera, onde passaram a rivalizar com o Boca Juniors, devido às seguidas desavenças entre suas barras. Entretanto, o Chaca oscilou muito em suas passagens pela elite, tal qual um ascensor, e atualmente se encontra na B Nacional, precisando acumular gordura para não se preocupar com o rebaixamento na volta do arquirrival.


Rivais de toda a vida

Com a pontuação atual os tricolores iniciariam o campeonato que vem com um promedio de 1,103, o que representaria o descenso direto. Portanto, os dois clássicos que virão podem significar não apenas a supremacia no bairro mas também a permanência na categoria mais relevante do ascenso.

Matias Pinto

Anúncios

Entry filed under: Nacionais, Pela América.

A geometria do Centenário Cruz, credo e clássico

14 Comentários Add your own

  • 1. Felipe (o catarina)  |  19/04/2011 às 09:04

    “meu” Chicago está em quinto… Acho que não vai dar.

  • 2. Vinicius  |  19/04/2011 às 09:18

    Bom tópico. PINÇELADO.
    O Atlanta tem a mesma alcunha do Montevideo Wanderers, BOHEMIOS.

    Ainda assim, fico com o Chacarita, Chivago e Ferro Carril Oeste.

  • 3. dante  |  19/04/2011 às 09:28

    CHACARITA JRS. ETERNO:

  • 4. Juan Carlos "Chango" Cardenas  |  19/04/2011 às 09:42

    Todavia fico com o C.A. Almagro que ocupa hoje o honrado 11º posto

  • 5. Felipe (o catarina)  |  19/04/2011 às 10:09

    de tudo que eu trouxe da viagem de Bs. As., a camisa do Chicago, meu time argentino, foi o item mais valioso. Muito bonita, da Kappa (tecido bom, acabamento nem tanto – sempre solta costura, sei porque o Avaí foi Kappa por anos). Do Atlanta não lembro de ter visto. Tinha de vários times pequenos, claro (lembro de Chacarita, Los Andes, Defensores…), mas de umas marcas muito tabajaras e por preços exorbitantes pela (falta de) qualidade do material. Trouxe do Tigre, Colón, Newell’s e R. Central.

    Numa loja que entrei (naqueles outlets enganação) tinha uma camisa do Chacarita pendurada na parede. Perguntei pro vendedor quanto era e ele disse “ah, aquela é do dono da loja e tá autografada pelos jogadores. Ele não vende de jeito nenhum”. Muito justo.

  • 6. rafael botafoguense  |  19/04/2011 às 10:50

    curta sobre a rivalidade… mó legal (tem 4 partes, vejam todas,porra! )

  • 7. Vinicius  |  19/04/2011 às 11:16

    #5

    numa daquelas lojinhas o cara tentou me vender uma Racing como original. tinha um lote de camisa onde o escudo estava escrito RACNG, sem o “i”.

    da ARG tenho:
    quilmes, argentinos jrs, velez, racing, independiente e san lorenzo

    próximas
    Ferro Carril Oeste, Belgrano-COR, Talleres, Chicago e All Boys.

  • 8. douglasceconello  |  19/04/2011 às 11:20

    Meu maior arrependimento foi não ter comprado uma camisa LILÁS do SACACHISPAS.

    Mas trouxe uma do Olimpo que é sensacional. E outra do Chacarita.

    Tudo falsificado, claro, porque de fato os preços são absurdos e eu apoio a contravenção MODERADA.

  • 9. Felipe (o catarina)  |  19/04/2011 às 11:40

    #7

    teve uma ali perto da Florida (rua Lavalle, acho) que tinha um monte de camisa velha (tipo, Independiente de 2001) que o cara vendia pelo quase pelo preço de nova e ainda queria me convencer de que era a camisa nova. Quase falei pra ele: “eu sou brasileiro, mas leio o Impedimento e conheço futebol sul-americano”. hoho.

    Eu tenho aquelas ali que falei mais Boca, River, Quilmes (reserva, azul-marinho) e a reserva da seleção (azul-marinho, a que eles usaram naquele jogo contra o Uruguai nas eliminatórias, gol do Bolatti. É linda). Essas aí eu comprei aqui em Florianópolis bem mais baratas do que lá (79 pila cada. Lá tava, em média, de 250 a 300 pesos – 125 a 150 reais). Já achei a do Vélez aqui por 99 pila, mas não curti muito (aquele “V” parecia um babeiro). Tô secando agora uma do Racing reserva (toda azul escura) que tá por 139. Quando entrar em promoção, comprarei.

  • 10. Eduardo  |  19/04/2011 às 11:42

    #7 o flamengo tem uma oficial escrita “Tokyo”.

  • 11. Vinicius  |  19/04/2011 às 13:28

    #9
    é tu tb que tem a do quilmes azul marinho. em outro post já havíamos comentado, a não ser que tenha mais um índio aí com essa. heheh

    A do velez que tenho é com o V azul cheio de pontinhos. é da penalty. muito bonita.

    a do argentinos juniors, vermelha, tem uma “saia” em celeste e branco, todo mundo acha que to vestindo a do argentinos por cima da sel. argentina.

    na ImpedCopa levo para mostrar. leva as tuas.

  • 12. Diogo  |  19/04/2011 às 17:41

    #11

    Se eu for à ImpedCopa, levo uma velha do Boca (temporada 1995), que logo, logo estará no Ascenso se não abrir o olho, se não aposentar meio elenco e se não se livrar da cartolagem picareta deixada pelo Macri nas eleições de dezembro.

  • 13. Felipe (o catarina)  |  19/04/2011 às 18:35

    #11

    ah, sim, eras tu. A do Quilmes é igual àquela tua.

    #12

    no próximo ano o Boca vai passar pelo que o River tá passando nesse. Última temporada que somou bastante pontos foi 2008-2009.

  • 14. Diogo  |  19/04/2011 às 18:44

    # 13

    A imprensa brasileira, que tantas edições especiais de “Campeão da Libertadores” deixou de vender por conta dos xeneizes, vai adorar. Isso se eles estiverem acompanhando campeonato argentino, é claro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • E o glorioso São Bento chegou à Série B nacional aos 104 anos de vida. 17 minutes ago
  • A corrida pelo título brasileiro é basicamente a lebre Corinthians tirando uma soneca enquanto 4 ou 5 tartarugas se aproximam lentamente. 24 minutes ago
  • No fim das contas, o Corinthians pode até despencar, mas o verdadeiro perseguidor é outro. 27 minutes ago
  • Já garantiu dois e tem um terceiro (CSA) com tudo na mão. E também o Confiança vivo, ainda que precisando de façanha. 22 hours ago
  • Nordeste pode ser a primeira região a subir mais que 2 times juntos em uma edição da C, desde que adotaram a fórmula atual (2012). 22 hours ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: