O maravilhoso mundo do imprevisível

15/04/2011 at 12:54 9 comentários

A noite de quinta-feia nos premiou com reversões totais de expectativas nos grupos 4 e 5 da Libertadores. Enquanto o Vélez Sarsfield mostrou uma qualidade até então inédita na competição para obter a vaga ao lado da Universidad Católica, o Santos renasceu sob o comando de Muricy Ramalho e agora precisa apenas de uma vitória para avançar. Já Colo Colo e Cerro Porteño, dois times que vem se notabilizando por insuspeitas amareladas nos últimos tempos, jogam a morrer pela outra vaga.

A aparição veio longe de Liniers
Douglas Ceconello

O time treinado por Ricardo Gareca deixou para resolver sua situação justamente no perigoso desfecho do Grupo 4, quando o Vélez enfrentava a Católica e o Caracas fora de casa e se via obrigado a vencer um dos jogos. Apenas empatou no Chile, mas ontem, comandando por Santiago Silva, em noite de JAIRIZINHO, autor de dois gols, simplesmente massacrou o Caracas, em luta direta pela vaga. Pela primeira vez, o Fortín jogou o futebol que grande parte do continente esperava. Não se intimidou com a gravidade do momento, ainda que tenha deixado sua gente com a espinha gelada.

Houve um momento da noite em que o Caracas estava se classificando mesmo com a derrota, já que a Unión española estava aprontando contra a Católica, vencendo por 1 a 0. Mas Los Cruzados acabaram com o constrangimento virando o jogo com gols de Calandria e Canete e garantindo a liderança da chave, o que é justo, pois realmente foram o time mais estável ao longo das seis rodadas.

Classificação final – Grupo 4

Universidad Católica – 11
Vélez – 10
Caracas – 9
Unión Española – 4

Ninguém rebola no ritmo de Muricy Ramalho
Luís Felipe dos Santos

Cenário 1: Santos vence Cerro Porteño por 1×0. Jogando num 2-3-5 insano, com volantes sem constituição física para agredir uma maria mole, segue atacando o time paraguaio loucamente, com rebolados bamboleantes, jogadas de efeito, maquiagem, glitter e confetes. Aos 90 minutos, leva o primeiro chute a gol: Nanni, 1×1, empata o jogo para o Cerro.

Cenário 2: Santos vence Cerro Porteño por 1×0. Quatro jogadores de meio campo fazem uma linha sobre o círculo central, evitam contra-ataques, time defende com 7 e ataca, quase sempre, com 6. Passa o carro em cima dos paraguaios e só não faz mais de 2×0 por que o ataque era reserva.

Considerando que o cenário 2 aconteceu fora de casa e com um time, em nome, pior que o do cenário 1, só existe uma explicação: Muricy Ramalho.

Ok, vocês podem dizer que PH Ganso estava em grande fase e deu show. Mas Ganso é o mesmo jogador que desapareceu contra o Palmeiras, bem marcado e jogando com muito menos disposição em uma equipe bem desorganizada. No ritmo de Muricy, não há espaço para bambolês nem purpurina: aqui é trabalho, mano.

É evidente que não há qualquer garantia de sucesso, mas agora o Santos virou um time de futebol.

Classificação – Grupo 5, após 5 rodadas

Colo Colo – 9
Cerro Porteño – 8
Santos – 8
Táchira – 2

Última rodada – 20/05

Santos x Táchira
Colo Colo x Cerro Porteño

Anúncios

Entry filed under: Libertadores.

Evo Morales suspende o gás de Renato Portaluppi IV ImpedCopa: começa o delírio de toda a gente

9 Comentários Add your own

  • 1. Cesar Cardoso  |  15/04/2011 às 13:02

    O problema do Santos é que a Libertadores não tem 38 rodadas nem é pontos corridos… quer dizer, tem o Globão 2011 pra isso, mas enfim, começar o mata-mata provavelmente decidindo em Quito é melhor do que o todo mundo esperava – que fosse eliminado ontem.

  • 2. Cícero  |  15/04/2011 às 13:05

    Ganso esta em cima da linha que o separa em ser um novo Riquelme OU ZIDANE.

    Por enquanto, tá mais pra Riquelme, com esse futebol as vezes sonolento.

    Eu chego a ter pesadelos pensando que o Vélez possa enfrentar o Inter com esse Silva no ataque. Deusnoslivre disso.
    Seria uma goleada catastrófica.

  • 3. Frank  |  15/04/2011 às 13:44

    “Mas Ganso é o mesmo jogador que desapareceu contra o Palmeiras”…

    Com todo respeito ao Cerro Porteño, uma coisa é jogar contra o Palmeiras do Felipão, macaco velho na arte de armar um PEGA-RATÃO… outra muito diferente é jogar contra um Cerro muito displicente, mesmo em casa…

  • 4. Junior  |  15/04/2011 às 14:48

    Pensei a mesma coisa que o Frank. Só faço um adendo: o treinador do Cerro é o Astrada. Não tem explicação deixar o Iturbe no banco até os 17 do segundo tempo, embora tenha físico de “sadol”, ele é melhor que qualquer semovente que vestia a camisa do Cerro ontem.

  • 5. douglasceconello  |  15/04/2011 às 15:04

    Astrada está acabando com o bom time do Cerro. Desde que assumiu, a equipe vem jogando cada vez menos.

    Engraçado é que ele foi zagueiro e não consegue organizar nem um arremedo de sistema defensivo.

  • 6. Diogo  |  15/04/2011 às 18:53

    Ceconello, se é o Astrada que estou pensando, foi volantão. Camisa 5, aquele argentino que é o mais odiado de todos os argentinos pela imprensa daqui. Jogava muito, era o dono da meia cancha gallina, e, claro, não se fazia de rogado ao achar que devia baixar o cacete no camisa 10 adversário… Como técnico, bem, até armou bem o River de 2004 (com a Barbie López no ataque), mas foi ser eliminado da Copa PDVSA Libertadores daquele ano justamente pelo Boca, em casa. Tempos depois, renunciou após tomar um fumo do Banfield. Também, o presidente do River contratou Loeschbor e Talamonti…

  • 7. Fernando Coelho  |  15/04/2011 às 19:09

    Iturbe no banco? Vai ver o Astrada e’ o Roth deles.

  • 8. Flávio  |  15/04/2011 às 19:48

    Astrada é mito no River, mas no Grêmio foi mico…

  • 9. Karina  |  16/04/2011 às 15:46

    Os colocrados devem estar de luto hoje. Morreu o idolo Chinesinho. Se não bastasse a tristeza minha por causa disso, sou obrigada a ler de um jornalista paulista de mer… o seguinte: “Chinesinho começou no Renner, foi para o Internacional e, devido às suas grandes atuações, logo chegou em um time grande”. O que esse babaca quer dizer com isso? Que o Internacional não é grande? Um baita de um filho da mãe, q está desrespeitando o maior time do Brasil, quem sabe do mundo. Segue o link do site para atacarmos esse idiota: http://tiraamaodemim.wordpress.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Esse time do Brasil lembra bastante aquela seleção que venceu a Copa do Mundo na Rússia em 2018. (dsclp) 2 days ago
  • Otamendi é a versão jogador de futebol do que o Dunga é entre os treinadores. A gente não sabe como chegou lá, mas deram chance pro homem. 2 days ago
  • A única conclusão da noite é que a Liga Chinesa é mais forte que o Campeonato Francês. 2 days ago
  • Quem disse que vindo futebol chinês não pode ser titular da Seleção nunca? (apagando tweets antigos freneticamente) 2 days ago
  • Vai ser difícil ganhar da gente ano que vem™ 2 days ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: