Usando a história como bengala

14/04/2011 at 15:21 102 comentários

Em 1935, o goleiro uruguaianense Eurico Lara, já um mito no Grêmio, clube que defendia desde 1920, tinha a recomendação médica de jamais voltar a jogar futebol. Mas o arqueiro não admitiu ficar APARTADO do mítico Gre-Nal que decidiu o Campeonato Farroupilha. O Grêmio venceu por 2 a 0 e após as comemorações Lara foi levado de ambulância ao hospital.  E de lá não mais saiu, falecendo em 6 de novembro graças à tuberculose. Emergia uma lenda, que de tão poderosa acabou parando no hino do Grêmio.

Com Eurico Lara, nasceu o mito da “imortalidade gremista”, que ao longo das décadas encontrou amparo em outros personagens maiúsculos que vestiram a jaqueta tricolor.  Não precisamos cair na obviedade de lembrar que é uma figura de linguagem que, amparada nas façanhas do clube, acabou transportada para o imaginário do torcedor, transformando-se, a despeito de qualquer CHACOTA alheia, numa marca registrada no inconsciente gremista. Jornadas épicas em Libertadores e Copa do Brasil, bem como MIRACULOSAS fugas do rebaixamento, acabaram fornecendo substância ao pensamento lúdico, que hoje é um patrimônio do fabulário tricolor.

É justo que a torcida gremista alimente e perpetue este mito e que o departamento de marketing o utilize em ações que mobilizam os tricolores e colocam algum CAPIM para dentro dos cofres do clube.É bonito, carismático e espontâneo. De maneira frontalmente oposta, me dá ENGULHOS quando um jogador recém-contratado, que obviamente nunca teve qualquer relação afetiva com o Grêmio, corre para o Twitter ou veículos de comunicaçãopara se apresentar como o mais novo IMORTAL que pisará na Azenha.

É um tal de “sou o mais novo imortal”, “agora aprendi a ser imortal”, “me chamem de GUERREIRO IMORTAL” que faz antigos CÂNONES do futebol gremista cerrarem os dentes no céu crivado de travas de chuteira em que residem os ídolos azuis. É um marketing pessoal doente e desvairado que tenta ganhar a torcida na base da ADULAÇÃO de uma cultura que ela ajudou a construir e que cultua com a mesma intensidade com que adora as três cores do seu pavilhão. Imagino, quando um malandro destes é contratado, que cheguem seus ASPONES para aconselhar: “olha, a torcida do Grêmio acredita na imortalidade do clube, no vínculo à camisa. É por aí que nós vamos ganhá-los”.

Na condição de quem vivenciou grandes momentos da história gremista, me sinto minimamente autorizado a lembrar que raramente os verdadeiros heróis que pavimentaram a trajetória centenária do Grêmio manifestavam-se com esse ufanismo comprado a granel na mercearia. Não lembro de FOGUINHO se autointitular “imortal”. Nem Dinho, De León, Portaluppi, Mazaropi, Danrlei, Tarciso,  RIVAROLA ou Alcindo.

Eles não precisavam de nada disto. Respeitavam ao Grêmio, e não submetiam a grandeza do clube a sua próprias vaidades. Honraram até o limite a camisa tricolor dentro de campo e, como é o curso natural nas coisas na cultura clubística, posteriormente receberam amplo e apaixonado reconhecimento pelo empenho e pelas glórias alcançadas. A imortalidade deles não foi parcelada em dezoito vezes na POLISHOP.

Cada vez que presencio uma manifestação estapafúrdia que entoa uma relação afetiva forjada e uma autoproclamada imortalidade é como se houvesse um fio puxado na bandeira do Grêmio – aquela bandeira que tem uma estrela verdadeiramente imortal, referência e reverência a Everaldo. Que, assim como Lara, se estivesse vivo, talvez não sobrevivesse a uma ofensa deste nível. Ambos morreriam de desgosto.

Saudações,
Douglas Ceconello.

Anúncios

Entry filed under: Clubes, Colunas.

¡Qué alba es la victoria! Evo Morales suspende o gás de Renato Portaluppi

102 Comentários Add your own

  • 1. Guto  |  14/04/2011 às 15:26

    aí sim

  • 2. Chico Luz  |  14/04/2011 às 15:29

    Capaz. Nada é mais identificável com o Grêmio do que as trancinhas azuis e os urros de imortal do Cazalbé no twitter.

    Falando sério, bom texto. É bem por aí.

  • 3. arbo  |  14/04/2011 às 15:38

    perfeito, douglas.

  • 4. Tiago Marcon  |  14/04/2011 às 15:39

    é um fenômeno mercantilista do nosso tempo, onde endeusa-se o marquetchin. jogador recém contratado beija o escudo do novo clube, jura amor eterno
    belo texto

  • 5. col  |  14/04/2011 às 15:44

    Faltei dessa aula de Historia. Sensacional . Como bom colorado so sabia o refrao do hino Tricolor.

  • 6. milton  |  14/04/2011 às 15:45

    Anonimo, deixa o cara. Esse ai vive no seu proprio mundinho onde o computador eh seu unico amigo.

  • 7. arbo  |  14/04/2011 às 15:46

    watch out where the huskies go
    and don’t you eat that yellow snow
    -zappa

  • 8. Eduardo  |  14/04/2011 às 15:48

    é por aí…
    pior é que nem o ZÉ ALCINO usou desse recurso e ainda se deu bem… .

  • 9. milton  |  14/04/2011 às 15:49

    Gostava da dupla de ataque de 98, Ze Alcino e Ze Afonso. Acho que o ultimo fez 3 gols na vitoria contra a portuguesa onde nos classificamos as quartas daquele brasileiro.

  • 10. Eduardo  |  14/04/2011 às 15:51

    #8 metade da torcida do GRÊMIO só conhece o refrão.

    essa parte do “Lara Imortal” é tipo aquela paradinha clássica brasileira na hora do “sonho intenso”…

  • 11. Eduardo  |  14/04/2011 às 15:52

    #9 tenho a impressão que estás correto. eu estava nesse jogo. Zé Alcino foi um dos artinheiros do certame, não?

  • 12. Eduardo  |  14/04/2011 às 15:53

    obviamente quando escrevi #8 antes, pensei no #5…

  • 13. milton  |  14/04/2011 às 15:57

    #11
    Cara, nesse jogo eu OREI quando tava 2×2 pedindo que o Gremio ganhasse o jogo. Eu prometi que se o gremio ganhasse eu nao me importaria o que acontecesse depois. Moral de historia: O gremio venceu por 4×2, e depois foi eliminado nas quartas. Eu fui no ultimo jogo no Pacaembu, no meio da torcida do Corinthians. Muita tristeza naquele dia…

  • 14. milton  |  14/04/2011 às 16:03

    #11
    O artilheiro do gremio foi o Rodrigo Mendes com 7 gols, nao lembro quantos gols o Ze fez naquele ano.

  • 15. Henrique [GFBPA]  |  14/04/2011 às 16:06

    Zé Alcino metia gol. Gostava muito dele. Inesquecível o gol dele naquele Grenal pelo Brasileirão de 99. 46 do segundo tempo, não parava de chover em Porto Alegre. 1×0 Grêmio… Meu primeiro GREnal.

    E sobre o texto, falou tudo. Não aguento mais essas declarações do cai cai carioca: “Eu sou imortal”, “abraço pros imortais da Geral”, “estou uma semana de férias no Rio, mas estou com saudade da avalanche”. Acha que tá agradando, mas pior que tem bagual que cai nos papo.

  • 16. Matheus  |  14/04/2011 às 16:14

    Em qualquer esporte hoje, SÓ o AMADOR joga por amor.
    O resto é dinheiro, ufanismo e paixão de verão.

  • 17. Henrique [GFBPA]  |  14/04/2011 às 16:18

    #16
    Éé, mas torcemos por amor. E o mínimo que essas bichas tem que ter é RESPEITO, afinal, estão ganhando bem pra isso.

  • 18. arbo  |  14/04/2011 às 16:23

    #16 ok, q o amor venha, se vier, apenas por consequência, Matheus, já é alguma coisa. o henrique tá certo no #17. respeito.

  • 19. douglasceconello  |  14/04/2011 às 16:26

    Pois é. Se é pra ser profissional, que o seja por completo, sem essa galhofa aí.

  • 20. Cesar Cardoso  |  14/04/2011 às 16:34

    #16 e #17: acho que o torcedor não pede muito do jogador, só RESPEITO ao clube e a ele, torcedor. E sei que beijar escudo quando chega no clube e falar baboseira no Twitter NÃO É respeitar o clube e MUITO MENOS o torcedor.

  • 21. anonimous gourmet  |  14/04/2011 às 16:41

    blog gremista

  • 22. Roger  |  14/04/2011 às 16:57

    Ceconello, fiquei curioso em saber o que te motivou a escrever esse texto? Teve algum fato específico?

    E, por deus, que raiva me dá dá quando eu vejo que até um colorado sabe escrever milhões de vezes melhor do que eu seria capaz sobre o meu Grêmio!

    Concordo contigo, do goleiro ao ponta esquerda!!!

  • 23. Augusto Prates  |  14/04/2011 às 17:01

    Quinta 31/03: Após o jogo com juventude, que o grêmio perdeu, em caxias, o Adilson bateu no carro de uma conhecida, as 7:15 da matina, ali na fornao pizzaria da protasio alves, ele não quis sair do carro, porque segundo ele a imprensa viria pra cima, ela contou, aí deu telefone e nr de documentos pra ela, pra acertarem o pagamento em local com sigilo depois. bacana que ele nao descia do carro, e ela teve de ir SOQUEAR o vidro dele, aí identificou ele e
    o Carlos alberto “escondido” no banco de trás da Land Rover.
    Eles não tinham jogado em caxias.
    Esse CARSALBERT é muito malandro.

    —–
    —–

    ONTEM:
    Carlos Alberto e Edilson estavam ontem tomando choppinho no Outback, mas a malandragem foi a seguinte:
    Pediam chopp em copo plástico, entraram com copos da Petiskeira que foram substituidos pelos do Ouback, até a dose dupla da billabong hour veio nestes copos…
    E isso ainda na espera pela mesa…

  • 24. Luiz Fernando  |  14/04/2011 às 17:07

    Belo texto, ainda mais pelo fato de ter sido escrito por um colorado.

  • 25. douglasceconello  |  14/04/2011 às 17:10

    Não há nada específico, Roger. Apenas o que considero uma falta de respeito com o torcedor e com a história do clube.

    Exijo respeito pelo rival. Só a torcida colorada tem o direito ADQUIRIDO de querer avacalhar o Grêmio. suhsdfs

  • 26. VP  |  14/04/2011 às 17:25

    DC, você é meu tipo de torcedor. O que gosta mais de FUTEBOL que de qualquer time. Sei porque eu poderia escrever LOAS desvairadas a Flamengo ou Fluminense que enojariam minha alma furiosamente cruzmaltina. E com EFEITO o fiz, lá no Escudinhos. Parabéns pelo texto. Vindo de um colorado, chega a ser SUBLIME.

    Abs.
    VP

  • 27. VP  |  14/04/2011 às 17:29

    Aliás, falando nisso, coisa boa é CAZALBERTO ter ido embora da Colina histórica. Nunca foi jogador pro Vasco, estrela demais. O time do Vasco é esse de agora, sem nomes e com ganas de TROMBADOR, limitado ainda mas que já me chacoalha as esperanças de esfolar os ronaldinhoboys na provável final do Realengão 2011.

  • 28. SaPo  |  14/04/2011 às 17:30

    Pelo que entendi, o time virou imortal depois que o Lara morreu…? WTF!!!

    …O Grêmio venceu por 2 a 0 e após as comemorações Lara foi ambulância ao hospital. E de lá não mais saiu, falecendo…
    …Com Eurico Lara, nasceu o mito da “imortalidade gremista”…

  • 29. Tiago Marcon  |  14/04/2011 às 17:36

    Ceconello com distanciamento crítico de fazer inveja a um cientista
    huashusuhshushua

  • 30. Tiago Marcon  |  14/04/2011 às 17:40

    lembro do Paulo Nunes qdo chegou no Palmeiras…beijou o escudo e coisa e tal…deprimente…

  • 31. douglasceconello  |  14/04/2011 às 17:40

    usdfhsd

    Preciso estar atento ao Grêmio pra saber o que estão tramando contra o Inter (nenhum sentido).

    #28

    SaPo, não entendi exatamente a tua colocação.

  • 32. Renato K.  |  14/04/2011 às 17:41

    SaPo, por isso que é um MITO dfgsdfgsdfg

  • 33. Renato K.  |  14/04/2011 às 17:42

    Suellen, o cara morre e o time vira IMORTAL ??? Vai ver alguém quis dizer IMORAL e deu erro de digitação dfkjjgsdfjghskjldfghs
    (gremistas irão me matar)

  • 34. douglasceconello  |  14/04/2011 às 17:44

    Ah, claro. Mas quem sou eu pra explicar as coisas do coração.

    sdufhsu

  • 35. pato maluco  |  14/04/2011 às 17:46

    #23… PQQ!!! Este maloqueiro do Cazalberto ainda tá levando o Alemão Adilson para balada??? Quem foi o IMBECIL que contratou este FDP???
    E pior que tem gente aplaudindo ele por ter enquadrado o Benfiquinha… o “jornalista” até mereceu, mas VAMO SE ORGANIZA!!! Este peladeiro tem que ser varrido da Azenha. E logo!!!

  • 36. Tiago Marcon  |  14/04/2011 às 17:49

    nova campanha : fica Casaberlt

  • 37. SaPo  |  14/04/2011 às 17:50

    #31 O #33 entendeu o que eu quis dizer, tipo, o cara morre e vira imortal? Sei lá, entende?

    By the way, viram isto? Interessante!!
    http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/2011/04/12/a-grande-traicao-que-traumatizou-o-tecnico-paulo-roberto-falcao/

  • 38. Augusto Prates  |  14/04/2011 às 17:53

    #35

    Foi hilário o Carlos Alberto no Outback ontem. Ganhou ceva dupla em copo de plastico no billabong hour, que foi lá ontem viu.
    Muito marrento, chamava a atenção. Fala alto e tal.

    O adilson abaixou bem pouco o vidro quando ela bateu e disse: “o tia, eu sou o adilson do gremio, se eu descer vem a reportagem pra cima da gente”

    —-

    fatos enviados à imprensa.
    Eles sabem de tudo, mais gente viu. Qualquer derrapada eles sabem. Indio, abandonou POA e NH porque tava muito marcado.
    tá indo fazer festa em Passo Fundo, Lajeado, santa Maria.
    inter 0 x 0 sao luis — 23h da noite, Indio ja estava em passo fundo, BEBENDO numa danceteria. ele mal deve ter tomado banho no vestiario e ido pra lá, porque o jogo acabou as 18h e pouco tempo depois ele já estava na boate, com copo de ceva na mao, plastico transparente.

  • 39. Gralha  |  14/04/2011 às 17:55

    Eu particularmente acho essa balela de IMORTAL uma desculpa para termos times ruins. Ou seja, quaisquer que sejam os 11 que eles sejam GUERREIROS IMORTAIS e vamos nos dar bem.

    Posso estar enganado, mas quando tinha meus 13/14 anos nos tempos de ZÉ AFONSO e ZÉ ALCINO ninguém falava em imortalidade, a não ser na letra do hino…

  • 40. Eduardo  |  14/04/2011 às 18:09

    #28
    “Inseparável dentro
    e fora de campo, o trio Lara, Dario e Luiz Luz estava novamente
    em campo em maio de 1935, em mais um episódio fundamental dos
    fatos que ajudaram a formatar a lenda da morte trágica de Lara. O
    Grêmio disputou um amistoso contra o poderoso Santos, no Fortim
    da Baixada, e conseguiu a primeira vitória de um time gaúcho contra
    uma equipe paulista. No ataque do Peixe estava Arthur Friedenreich,
    que, novamente, se via à frente do carrasco Eurico Lara, então vestindo
    uma bela camisa branca de mangas curtas enfeitada por listras
    horizontais, uma azul, outra preta. Na Baixada, os torcedores espremidos
    viram Castilho e Veronese marcarem primeiro para o Grêmio,
    mas, no final do primeiro tempo, tremeram com a reação santista, a
    partir do gol de Friedenreich, de pênalti – tão contestado pelo time
    da casa que o juiz Carlos Ribeiro preferiu abandonar o jogo depois
    de ouvir as reclamações. O Grêmio chegou a ceder o empate, no
    segundo tempo, mas ainda teve um pênalti a seu favor, a poucos
    minutos do final. Foi Dario quem converteu e deu a vitória inédita
    aos gaúchos, por 3 a 2. O segundo gol dos paulistas foi marcado
    pelo atacante Mário Seixas. Logo depois, em mais uma investida na
    pequena área gremista, ele chocou-se fortemente contra o goleiro
    tricolor. O resultado da bola prensada contra o peito de Lara foi
    uma concussão e a descoberta de que era cardíaco. A recomendação
    pós-jogo foi que nunca mais jogasse futebol.”

  • 41. Ernesto  |  14/04/2011 às 18:11

    #38

    Em 2008, em um sábado, tinha uma festinha da aristocracia, 40 dinheiros, bebida liberada. Várias dondoquinhas gostosinhas. Festa de uma produtora de festas, que fazia essa mão. Alugava casas, dessa vez foi numa casa na avenida Bagé, Carazinho, quase esquina Protásio ALves. Aqui em Porto Alegre.

    No mesmo sábado, o Inter jogava no Maracanã. Ganhou do FLuminense, 2 a 1. Nilmar fez gol. Brasileirão 2008, podem conferir.

    às 2 da madruga, estava o Índio, escorado na parede, bebendo uma ceva, ao lado de um cara que me disseram depois ser o filho do Carvalho.

    Bom, eu já vi o Carvalho no nova York 72, aquele, num sábado também. Era um chalaçeiro

  • 42. Eduardo  |  14/04/2011 às 18:12

    tinha lido isso e não lembrava o nome do livro… coloquei uma parte que lembrava e achei um pedaço pelo gugol.
    mais aqui… http://www.maquinariaeditora.com.br/site/degustacao/livrogremio_24a33.pdf

  • 43. Zé Eduardo Morais  |  14/04/2011 às 18:24

    Ceconello acaba de dar um carrinho por trás nas PALETAS de toda imprensa i$enta desse Rio Grande bagual.

    ***
    Quanto ao que os amigos têm escrito sobre a imortalidade, esses apelidos de clubes e/ou torcidas têm me chamado a atenção. Quando eu vim pra Curitiba, em 2001, ninguém chamava o Grêmio de ‘Imortal’. Assim como ninguém fora do Paraná chamava o Atlético de ‘Furacão’. E muita gente não sabia que o torcedor do Internacional era ‘colorado’ – pode parecer bizarro, mas ouvi muito ‘internacionalista’ aqui.

    Isso se deve muito à popularização da internet, da utilização do Orkut, do YouTube e, posteriormente, ao estilo Tiago Leifert de jornalismo.

    Podemos falar do marketing desgraçado que meros desgraçados fulgazes fazem ao passar por nossos clubes, mas os torcedores de internet, sobretudo os b@rr@-br@v@, contribuiram e gostam muito disso tudo

  • 44. douglasceconello  |  14/04/2011 às 18:29

    Zé Eduardo, tu me fez lembrar da JUVENTUDE INTERNACIONALISTA, a Juvinter, torcida que frequentava o Beira-Rio nos anos 90.

    “Internacionalista” é diferente, mas era relativamente comum há tempos atrás.

  • 45. Eduardo  |  14/04/2011 às 18:47

    Ernesto PRESENTE em uma festinha aristocrática?? Só falta confirmar que gosta do futebol do Ganso.

  • 46. Emedinapf  |  14/04/2011 às 19:09

    Ah sim… Indio em pf, no moinho… Eu tava la… Amigos colorados tiraram fotos e tal… Mas o indio pode ne… Afinal eh ex jogador… Hehe

  • 47. Chico  |  14/04/2011 às 19:17

    Indío ídolo
    Cada vez sobe mais no meu conceito…
    cachacero , putanhero e campeao

  • 48. Sancho  |  14/04/2011 às 21:06

    Em 1935, o goleiro uruguaianense… nasceu o mito da ‘imortalidade gremista’

    Sem mais.

  • 49. Ernesto  |  14/04/2011 às 21:12

    Cara, pior que era um custo-benefício muito bom. Se tu for pensar que pra entrar num lugar na cidade baixa ali, Preto zé e afins, é 25 reais, morto, era um preço excelente. Tanto que até o Indio tava ligado, hsahashsahsasah.

    Ganso craque. Viva a incoerência

  • 50. Sancho  |  14/04/2011 às 21:19

    Re 37

    Sapo faltou -ou não lembra mais- daquelas animadas aulas de cataquese (!?). É morrendo que se torna imortal…

  • 51. Anônimo  |  14/04/2011 às 21:21

    Pior… tem jogador por aí que troca de clube toda hora e agora já acumulou as funções de imortal, copero, peleador, um louco no bando, guerreiro, menino da Vila e muito mais.

  • 52. Sancho  |  14/04/2011 às 21:22

    Re 43

    Eu nunca entendi porque o Grêmio não explorava o “Imortal Tricolor” do hino. Sempre achei o melhor apelido. levou mais de 50 anos, mas finalmente se deram conta.

    Era óbvio que assim que se assumisse, pegaria fácil.

    P.S.: Colorado em Curitiba significava outra coisa.

  • 53. mauhaas  |  14/04/2011 às 21:52

    Verdadeiro demais pra ser lido em dia de jogo.

    Muito bom.

    Vamo Grêmio Imortal Carajo!

  • 54. Zé Eduardo Morais  |  14/04/2011 às 22:00

    #52

    Sancho, o ‘Colorado’ aqui era o time, pois a torcida era ‘bocanegra’ (melhor apelido).

    Mas nem por isso o torcedor do Inter deixaria de ser ‘colorado’. Como as informações eram mais escassas – leia-se sem internet e TV a cabo – poucas pessoas sabiam que o torcedor do Inter era ‘colorado’.

    O ‘Imortal’ apareceu muito Brasil afora por causa da ‘Batalha dos Aflitos’

  • 55. Franciscano  |  14/04/2011 às 22:02

    Se todos “jornalistas” colorados fossem como o Douglas o mundo seria bem melhor. Parabéns Douglas por mais esse excelente texto. Concordo plenamente com o texto. Dá orgulho de ler. Mesmo sabendo que tu é um BAITA colorado (brincadeira hehehehe).

    Abraço!

  • 56. Gremista  |  14/04/2011 às 23:16

    Carlos Alberto ídolo…
    Torcida cantando: “Eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor”…
    Aonde foi que erramos?!

  • 57. Sancho  |  14/04/2011 às 23:20

    Re 56

    É o pessoal que mora lá. Releva.

  • 58. Sancho  |  14/04/2011 às 23:25

    Zezinho,

    Me lembrei do Willy Gonzer, jornalista que foi parar em Minas, que era Grêmio e Água Verde. O hidro-esmeraldino (outro baita nome) se fundiu com outro clube e virou o Colorado. Gonzer parou de ter time no Paraná.

    P.S.: ‘Bocanegra’ é ótimo.

    P.P.S.: Escudero pisando na bola. Sufoco do Oriente. Affff… Deve ser a altitude de ZERO metro de Santa Cruz de la Sierra.

  • 59. milton  |  14/04/2011 às 23:38

    Sancho, eh o gremio tentando economizar oxigenio pro jogo das oitavas contra a LDU…

  • 60. milton  |  14/04/2011 às 23:39

    PS. A pisada na bola foi estrategica. Os zagueiros vao pensar que ele eh tosco e vao pegar mais leve nele nesse segundo tempo. Escudeiro supreendera a muitos ainda!

  • 61.  |  15/04/2011 às 00:14

    DROGBORGES acaba de perder mais um gol feito.

    Imortalidade pura.

  • 62. Sancho  |  15/04/2011 às 00:15

    70 minutos de jogo: entra em campo o Grêmio!

    P.S.: Quando o Douglas joga, dá raiva; quando falta, dá saudades…

  • 63. Gabriel R.  |  15/04/2011 às 00:15

    “21′
    2º tempo
    Escudero arranca, marcado por dois adversários, entra na área e novamente tropeça na bola.”

    globoesporte.com 12:15

  • 64. Sancho  |  15/04/2011 às 00:19

    Lamentável…

  • 65. Gabriel R.  |  15/04/2011 às 00:22

    IH!!!!

  • 66. Sancho  |  15/04/2011 às 00:23

    CONTRATEM O ROTH!!!

  • 67. Gabriel R.  |  15/04/2011 às 00:24

    IHH!!! (2)

  • 68. Sancho  |  15/04/2011 às 00:25

    Copeirice do Renato (ns)

    Cairemos na chave mais fácil das finais.

    :´-(

  • 69. douglasceconello  |  15/04/2011 às 00:25

    Confesso que estou assustado com o time do Grêmio.

    Não pela atuação TENEBROSA, mas porque está INVOCANDO um Gre-Nal nas OITAVAS.

  • 70. Sancho  |  15/04/2011 às 00:26

    Olé é a PQP!!!

    Cadê o Carlos?! Concordo em tudo o que disser…

  • 71. Sancho  |  15/04/2011 às 00:27

    HUMILHADOS

  • 72. Sancho  |  15/04/2011 às 00:29

    Re 62

    75 minutos: acaba o jogo!

    Rodolfo fora da primeira partida das oitavas.

    IMBECIL!

  • 73. Sancho  |  15/04/2011 às 00:30

    Qualquer treinador que não o Renato, nem voltaria a Porto Alegre…

  • 74. Pedro  |  15/04/2011 às 00:33

    Putz, o Grêmio com tudo armado para dar grenal e o Leon empata.

  • 75. Gerhardt  |  15/04/2011 às 00:39

    olha, acho q o tal rodolfo nao mostrou ate agora a que veio. muito blablabla.

    o paulao era o cara e só o renato sabia.
    pelo menos os caras sabiam q o paulao tava la.

    o melhor pro gremio depois dessa humilhação é pegar um osso duro mesmo ou um grenalzinho pra avacalhar de vez.

  • 76. Paulinho Dixon - dr_Inter  |  15/04/2011 às 00:39

    Oh Renato,

    3 a 0 pra Petrolívia…
    Que que isso ???
    Erro de calculo na entregada…?

    E alem do Rodolfo, o Rocka escapou de um vermelho…

  • 77. Sancho  |  15/04/2011 às 00:39

    Com quatro grupos definidos, eis a posição dos classificados:

    1. Cruzeiro, 16
    2. Junior, 13
    3. U. Católica, 11
    4. Liga, 10

    8. Vélez, 10, 5s
    9. Grêmio, 10, 3s
    10. Estudiantes, 10, -2s
    11. Peñarol, 9

    O Grêmio, na pior das hipóteses, pega o 3º melhor entre os primeiros.

  • 78. col  |  15/04/2011 às 00:42

    Imortal eh se classificar em segundo nesse grupo da morte.

    Hhhhbjinjikjuub

  • 79. Gerhardt  |  15/04/2011 às 00:47

    ja ta dando pra ver q as falconetes estao empolgadas com o carrosel vermelho q ja estreiou goleando e dizem todas as previsões esta avassalador

  • 80. Dinho Cangaceiro  |  15/04/2011 às 00:49

    O pior é escutar o discurso desses dirigentes de merda. Bando de bunda mole. O Grêmio se transformou numa bunda molice. Me entrevistam um torcedor (e pasmem conselheiro) antes do jogo dizendo que é bonito ver colorados no meio da torcida gremista convivendo pacificamente.

  • 81. Gerhardt  |  15/04/2011 às 00:52

    o pachecao nao é o cara, mas é o q mostra mais equilibrio e impeto de todos os reservas.

  • 82. Dinho Cangaceiro  |  15/04/2011 às 00:53

    AVC dando entrevista e me diz ao repórter: “Primeiro parabéns pelo teu aniversário.”. Puta que o pariu.

  • 83. Sancho  |  15/04/2011 às 00:53

    Re 80

    O que isso tem a ver com bundamolice, prezado anônimo fodaço e peleador?

  • 84. Sancho  |  15/04/2011 às 00:57

    Nos meus pesadelos, só vejo o Damião cabeceando nessa defesa do Grêmio. Se o Niell do AAAJ faria uns 4, imaginem o rei do antecibol?!

  • 85. Sancho  |  15/04/2011 às 00:59

    Cancelem o vôo. Que façam a viagem a Erechim de ônibus! Para terem tempo de refletir bem refletido sobre a m… de hoje.

  • 86. Tiago  |  15/04/2011 às 01:00

    Tche, nada a ver com o fiasco do Grêmio mas eu tenho uma dúvida. Na primeira fase da série C os times são divididos em 4 grupos de cinco equipes, dois reunindo os times do norte e nordeste e os outros dois os times do “sul”. E se por acaso, devido ao ascenso e descenso, no próximo ano houverem doze times da região norte e nordeste, como ficaria a regionalização?

  • 87. Sancho  |  15/04/2011 às 01:01

    Rodolfo, o Imortal do Tuíter, para entrar mais no clima do clube, volta A PÉ.

  • 88. Dinho Cangaceiro  |  15/04/2011 às 01:01

    Caro Sancho, não estou pregando violência, mas pregar convivência entre torcedores da dupla Grenal na meama arquibancada??? Não sou fodaço e peleador. Se tu queres conviver com os torcedores adversários, vai assistir a um Ceará x Fortaleza, etc.

    Tanto é que acho o fodaço, peleador e imortal Rodolfo um baita imbecil.

    A bunda molice está impregnada no Grêmio e quando vejo um jovem conselheiro discrusando sobre essa bobagem, me preocupa sobre o futuro do futebol.

    A bunda molice não é falta de porrade e carrinho, mas vergonha na cara.

  • 89. Sancho  |  15/04/2011 às 01:02

    Re 86

    A linha divisória vai mais para o norte ou para o sul e segue igual. Nesta temporada, p.e., o Santo André caiu no grupo dos gaúchos.

  • 90. Dinho Cangaceiro  |  15/04/2011 às 01:05

    Odone jogou pra bunda do Renato, dizendo que ele fez loucura. E o Renato jogou de volta pra bunda da direção, eram as opções que eu tinha. Nota-se que o clima está excelente no vestiário.

  • 91. RAfael  |  15/04/2011 às 01:34

    Odone vem caindo cada vez mais no conceito, VOlta Koff

  • 92. Frank  |  15/04/2011 às 10:08

    Belo texto Douglas, mostrou objetividade e imparcialidade…

    Sinceramente, estou cansado dessas jogadas de marketing que não resultam nada em campo… desde que o Grêmio passou a ser conhecido como Imortal, só provamos essa pretensa imortalidade contra Náuticos e Caxias da vida… E agora levando sapeco de boliviano…

    Espero que lá por 2020 essa fase tenha acabado… pelo jeito esta será mais uma década perdida…

  • 93. Andreas  |  15/04/2011 às 11:35

    Porra, baita texto.

  • 94. André  |  15/04/2011 às 11:54

    o Dinho Cangaceiro falou tudo: É MUITA BUNDAMOLICE!!

  • 95. Eduardo  |  15/04/2011 às 12:01

    Só tenho a te agradecer por ter clariado minhas vistas… Não tinnha olhado por este ponto de vista nessas histórias de Imortal, eu até gostava deles falarem isso, empolgava.
    Mas agora te dou total razão.

  • 96. Mano  |  15/04/2011 às 12:42

    Tudo muito verdade.

  • 97. Cícero  |  15/04/2011 às 13:20

    essa geração tá detonando com o futebol de verdade.

  • 98. Nayer  |  15/04/2011 às 13:31

    os caras querem nos ferrar

  • 99. Frank  |  15/04/2011 às 14:18

    “Confesso que estou assustado com o time do Grêmio.
    Não pela atuação TENEBROSA, mas porque está INVOCANDO um Gre-Nal nas OITAVAS”…

    O Renato tá dando sorte, primeiro no estadual, depois na Liber… duvido muito que o Inter, mesmo de técnico novo, não passava por cima desse Grêmio assim como fez o Oriente PATROLEIRO…

  • 100. Rogério Ceni  |  15/04/2011 às 15:53

    o 100º é meu!

  • 101. Caco  |  15/04/2011 às 18:04

    Hahaha pro #100
    Eu AVISEI da Carsalbertização do Grêmio, eu AVISEI.

  • 102. Juliano  |  16/04/2011 às 01:07

    É bem isso mesmo, estão fazendo a “imortalidade” ficar uma coisa banal, se querem conquistar a torcida joguem com vontade com raça, vençam ao invés de fazer juras de amor nas palavras. Eu fico muito irritado com isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • @germano_mergel Mas o apito parece ter vindo antes do chute. Mesmo assim, enorme sacanagem depois de ter deixado a… twitter.com/i/web/status/9… 17 hours ago
  • Aliás, tragédia de arbitragem. Deu acréscimo até empatar (OITO MINUTOS, e tinha pedido 6) e acabou o jogo quando o Brasil ia meter o 3º. 17 hours ago
  • Sub-17 é para revelar gente, não para vencer. Mas ganhar de virada da Alemanha é um bom REFÚGIO MORAL para mostrar que NEM TUDO ESTÁ PERDIDO 17 hours ago
  • Gigantesca recuperação do clube. 1 day ago
  • Desde 2009, CSA ficou 3x sem divisão. Chegou a cair à Segundona AL. Termina 2017 com o 1º título nacional de AL e voltará à B após 26 anos. 1 day ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: