Mais por ser viejo

04/04/2011 at 06:00 34 comentários

Há duas verdades insuspeitas no futebol paulista: o Palmeiras é o pior time dos quatro grandes, mas também é aquele que conta  um técnico mestre na arte da estratégia marota em amarrar adversários AFOITOS. E foi apenas por isso que o Palestra bateu o Santos, ARAUTO da faceirice, em plena Vila Belmiro, e garantiu a liderança do MALUFÃO 2011.

Antes de mais nada é preciso salientar a lástima profunda que é um clássico do NAIPE de Santos e Palmeiras contar com apenas 10 mil pessoas, mesmo na Vila Belmiro. Para Grêmio e Veranópolis, tivemos 12 mil. Para ver Sport x Santa, 29 mil. Um atenuante é que ouvi por aí que o ingresso estaria custando 50 mangos. Exijo providências de todos os envolvidos.

Apesar do acima exposto, cabe ressaltar que a tarde chuvosa de Santos nos reservou um belo clássico. E quando elogio não o faço porque tenha sido bem jogado, com cruzamentos de bicicleta, tiro de meta de lambreta e outros lances desimportantes aos quais as pessoas erroneamente atribuem valor.

Nada disso. O que tivemos foi aquela tensão pairando sobre o ALÇAPÃOZINHO santista e uma competitividade que se manifestava mesmo nos mínimos lances. Quando a partida é boa, rola SOPAPO até para cobrar lateral.  A prova de que não se tratava de um jogo normal foi que, tão logo o juiz apitou o começo, faltas e DESAVENÇAS brotaram do capim.

Neymar, por exemplo, deveria ter sido expulso aos dez minutos de jogo. Levou um sacalão de Kléber, ficou dois minutos atirado no chão sem um sanguinho sequer escorrendo do nariz e depois resolveu revidar em todos os palmeirenses e achar que poderia apitar o jogo, o que de fato acabou fazendo. Fosse qualquer outro atleta, teria sido expulso sem milonga. É claro que esse pinto molhado saber jogar bola, mas também é o jogador que mais cava faltas e simula sofrer agressões no futebol mundial, o que pra mim o torna absolutamente dispensável e coloca seu caráter sob suspeita.

Time por time, assim, na LETRA FRIA, o Santos está muito à frente do Palmeiras, que ainda não contava com Valdívia e com aquele senhor de meia idade que ocupa as luvas, o Marcos. A meia-cancha verde, por exemplo, tinha Márcio Araújo, Marcos Assunção, Lincoln e Patrik. Na frente, apenas Kléber, que se debatia solitário contra os defensores, já que Adriano (e depois LUAN, que entrou ainda no primeiro tempo) pouco faziam para lhe socorrer.

O que nos leva a lentamente tornear os olhos para o lado do campo e reconhecer que grande parte do mérito palmeirense é responsabilidade de Luís Felipe Scolari, adepto da filosofia Dedo Destroncado de armar times e levar a vida. Mesmo já estando numa espécie de CREPÚSCULO de sua trajetória, Felipão ainda mostra que acerta a mão, e o faz mesmo tendo um time muito limitado à disposição. Armou sua equipe esperando o Santos e soube reorganizar o meio-campo quando a situação parecia desandar.

Em nenhum momento, o Santos apresentou ampla superioridade sobre o pessoal do Palestra, como era de se supor previamente. Paulo Henrique Ganso, talvez mais preocupado com o circuito da moda em Milão, teve uma atuação ridícula, Zé Ninguém mal encostou na bola (melhor só que KEIRRISSON, que entrou no seu lugar e não tocou na bola). Neymar foi o mais participativo de todos, mas também passou a tarde tropeçando no tapete da fama. Mais cedo ou mais tarde, todos sucumbiram à ABNEGADA marcação palestrina.

Assim, com seu time bem postado, sendo competitivo sem se apequenar, Felipão conseguiu manter acesa a LLAMA que fez com que dois dos melhores jogadores em campo (ao lado de Marcos Assunção), Patrik e Kléber, resolvessem o jogo. Quanto ao Santos, o time mais badalado das Américas, que desligue o holofote e perceba que manchete de jornal não dá título para ninguém, sob pena de se transformar, para usar linguagem científica, em um notório fogo de palha do futebol moderno.

A classificação

Fotos de Ricardo Saibun/Gazeta Press e Agência Lance.

Saudações,
Douglas Ceconello.

Anúncios

Entry filed under: Colunas, Estaduais.

Propongo que tú y yo nos vayamos conociendo As pedras do caminho

34 Comentários Add your own

  • 1. col  |  04/04/2011 às 06:49

    Neymar bobo da corte. Quando ele ficou 10 segundos pulando por cima da bola eu desejei que o velho Dingo estivesse em campo.

  • 2. Gabriel Teixeira  |  04/04/2011 às 07:54

    Que fique registrado que o público ruim nesse jogo é de tamanha responsabilidade do Santos Futebol Clube, que destinou apenas a cota mínima para o Palmeiras e quis extorquir sua torcida.

  • 3. Gabriel Teixeira  |  04/04/2011 às 07:57

    Ah, e Felipão vale cada centavo do seu salário.

  • 4. Lubeck  |  04/04/2011 às 08:51

    Nada a acrescentar….
    Lindo seria ver o Neymar ser marcado pela zaga de 95, Kleber e Antônio Carlos. Não ia se animar a dar uma firulinha….

  • 5. Guilherme  |  04/04/2011 às 08:57

    A pior coisa no futebol é jogador ficar botando a mão no rosto ou gritando de dor por qualquer merdinha.

    O goleiro do VEC promoveu uma cena ridícula dessas ontem, foi expulso e o pior é que o reserva dele entrou e jogou muito melhor.

  • 6. Cesar Cardoso  |  04/04/2011 às 08:58

    Gabriel Teixeira: o Santos FC estava jogando em casa, fez o que todo mandante com cojones (com a exceção do Rio de Janeiro, onde até quem tem estádio renuncia a ele, né Roberto Dinamite) faria: o mínimo pra torcida visitante. Tenho certeza que se fosse Palmeiras x Santos, o Tirone e o Felipão iriam achar ótimo a torcida praiana entalada num canto do Pacaembu. Já o preço em si, se foi 50 dinheiros mesmo, é roubo para o padrão brasileiro.

    A grande arte do Felipão é convencer os jogadores de que o mundo os odeia e que eles tem que derrotá-lo. O discurso do Kléber depois do jogo é exatamente isso. E quando o Felipão consegue ativar a raiva dos jogadores, normalmente se dá bem, gera times campeões.

    Se o Neymar achar que vai conseguir alguma coisa na quarta-feira se jogando o tempo todo pra cavar falta e pênalti em vez de… ahn… jogar bola, o Santos sofrerá uma humilhante eliminação em casa. Just sayin’. Mas quem tem cojones na Vila Belmiro pra chegar e dizer isso pra ele?

  • 7. Cunegundes Gullar  |  04/04/2011 às 09:01

    eu não tenho duvidas sobre a veadagem que se instalou nesse time dos Santos, é um time de veadinhos que não aguentam nada, não adianta vir com esse papinho de que eles são futebol arte, são uns merdas que não aguentam nem uma dedada no cu sem gemer, felas da puta, ontem provaram do veneno dos machos, o palmeiras do Felhipão foi lá e sapecou-lhes a peroca, foi bom pra deixarem de frescura, neymala e ganço são duas moças, o crébi gradiador, esse sim, é varão, botou o pingolim pra fora e esfregou na cara dos defensores desse fodebol arte, pra mim fodebol arte é enfiar até as bolas no fubãozinho da christiane torloni, isso sim é arte, o resto é cagação de lero lero, quack

  • 8. Gabriel Teixeira  |  04/04/2011 às 09:02

    César. Concordo.

    Estou eximindo o Palmeiras pelo baixo púbico, apenas isso.

  • 9. Gabriel Teixeira  |  04/04/2011 às 09:03

    “A grande arte do Felipão é convencer os jogadores de que o mundo os odeia e que eles tem que derrotá-lo. O discurso do Kléber depois do jogo é exatamente isso.”

    O que casa exatamente com o que o Palmeiras precisa, com todo oba-oba em cima dos rivais paulistas.

  • 10. Gabriel Severo  |  04/04/2011 às 09:09

    Pior texto da história por não ter um MICHAEL JACKSON depois do nome do Adriano.

  • 11. Luís Felipe  |  04/04/2011 às 09:27

    Grande, Douglas.

  • 12. gilson  |  04/04/2011 às 10:02

    Tenho a impressão de que o Felipão é tão palmeirense quanto gremista. E no caso dele, faz diferença.

  • 13. FrasesParaOMsn  |  04/04/2011 às 10:14

    Se compreendi bem, o Palmeiras é o pior entre os melhores ? rs

  • 14. Wilson Farina  |  04/04/2011 às 10:28

    “pra mim fodebol arte é enfiar até as bolas no fubãozinho da christiane torloni”

    Genial, sem mais.

    No mais, baita passe do Patrik pro gol do Kleber. Quarta, de uma vez só na Libertadores, caem o Campeão Brasileiro e o time que pratica o VERDADEIRO futebol brasileiro, vai ser bonito.

    E parabens pro Colorado, 102 com jeito de guri (até pq insistir em Celso Roth é coisa de criança).

  • 15. Fabio  |  04/04/2011 às 11:20

    Com o Wellington Paulista , E, principalmente E, contando com as TRAMOIAS do felipão, podemos ganhar a Copa do Brasil e o Paulistão.

    No Brasileiro, com um lateral-esquerdo decente seremos o time q mais ganhará fora de seus domínios e que mais perderá pontos pra times ruins. Ou seja, um terceiro, quarto lugar no geral.

  • 16. Fabio  |  04/04/2011 às 11:22

    Errata, no Paulistão o Wellington não pode jogar…

  • 17. Ze Carlos  |  04/04/2011 às 11:24

    Santos = Fábrica de enganadores = Robinho, Neymar

  • 18. Roger  |  04/04/2011 às 11:46

    Tchê, nem li o texto ainda, mas vi que fala do Felipão e o time do Palmeiras.

    Dia desses vi um comentarista de uma dessas porcarias que tem por ai(espn, sportv, nem sei qual) dizer que o Felipão já era, que foi grande conquistou tudo mas estava defasado, desatualizado e devia se aposentar! Vejam como é fácil falar qualquer merda e ser jornalista esportivo no Brasiu!

    E essa definição é perfeita:
    “A grande arte do Felipão é convencer os jogadores de que o mundo os odeia e que eles tem que derrotá-lo. O discurso do Kléber depois do jogo é exatamente isso. E quando o Felipão consegue ativar a raiva dos jogadores, normalmente se dá bem, gera times campeões.”

  • 19. Gabriel R.  |  04/04/2011 às 12:15

    poise, ano passado o felipao chegou no meio da bagaça e quase levou a sula, pois certo que se passasse do goias levaria a final contra o independiente. Esse ano lidera o paulistao sendo o time com menor numero de estrelas em campo. Nao acho que o felipao está com aquela capacidade toda da decada de 90, mas nao se pode APOSENTAR a velha.

    E feliz aniversario ao colorado!!!!!

  • 20. Fernando Cesarotti  |  04/04/2011 às 12:42

    Belo texto, definiu bem como foi o jogo. E o Neymar mostrou os mesmos defeitos que a gente comentou no texto da semana passada: joga muito, mas acha que joga muito mais. E, pior, se acha o bom e intocável.

  • 21.  |  04/04/2011 às 12:53

    #20

    Pior do que isso, é o cara fazer dois gols em amistoso insosso ou em jogo desimportante e todo mundo voltar a bajulá-lo. Quero ver ele afrescalhar desse jeito pra cima do Cacique chileno quarta-feira…

  • 22. Luís Felipe  |  04/04/2011 às 13:13

    Abel Braga daria um jeito nesse time do Santos.

  • 23. Álisson  |  04/04/2011 às 13:17

    Sem dúvida.

    LF, te vi no teu trabalho na semana passada. Te reconheci de uma ImpedCopa, mas acho que tu não me reconheceu quando te cumprimentei.

  • 24. Gregório  |  04/04/2011 às 13:44

    Neymar é habilidoso pra caralho, mas se acha de mais e, por isso, vai ter o mesmo fim de Robinho: um cara com potencial para ser melhor do mundo, engolido pela própria arrogância.

    Felipão é um dos 10 maiores treinadores da história do futebol. Ponto.

  • 25. Frank  |  04/04/2011 às 13:50

    O FELIPONE mostra que ainda dá caldo… ri muito vendo a declaração do Kleber com CIUMINHO…

    Agora que babação de ovo sobre o tal do Lucas do SPFW hein… será o próximo Neymar se a grande imprensa de Sampa continuar a ESTRAGÁ-LO assim…

  • 26. Gregório  |  04/04/2011 às 13:54

    Aliás, tomara que esse Neymar vá para a Europa de uma vez… De preferência para a Inglaterra, pra tomar umas porradas e, quem sabe, aprender a ser homem…

  • 27. Olga  |  04/04/2011 às 14:41

    Pra não variar, excelente, o fino, Douglas!

  • 28. fino  |  04/04/2011 às 17:32

    obrigado

  • 29. Ser Lamentável Vestido de Preto  |  04/04/2011 às 17:48

    Neymar é o SEGUNDO jogador que cava mais faltas no futebol mundial. O primeiro é o Guinazu.

  • 30. Cícero  |  04/04/2011 às 18:06

    Cunegundes sempre genial.

    Vou baixar esse jogo pra poder assistir todas as pancadas que esses piás de merda do Santos tomaram. Futebol é uma coisa, agora essa viadagem de futebol arte é coisa pra tomar marretada na canela.

    #29
    Guiñazu é mestre na arte de cavocar falta.

  • 31. Caue Fonseca  |  04/04/2011 às 18:40

    E o placar do jogo qual foi, hein o Batista?

  • 32. douglasceconello  |  04/04/2011 às 19:31

    uhashusahu

    Isso eu deixo para o pessoal do plantão esportivo. ns

    Depois de Santos x Palmeiras, fui ver Boca x Estudiantes.

    Lá pelas tantas, Verón saiu em velocidade, driblou um boquense e o outro, que veio na cobertura lhe deu uma cotovelada DE FRENTE no queixo.

    Verón colocou a mão na cara, curvou o corpo, ergue e saiu correndo.

    Fosse Neymar, teriam de chamar o ESQUADRÃO CLASSE A pra levantá-lo do chão.

  • 33. Ernesto  |  04/04/2011 às 20:55

    Alguém pode me explicar que papo é esse de TERCEIRA DIVISÃO no futebol gaúcho.

    O picareta dominante do comércio musical gaúcho quer SEPULTAR de vez qualquer esperança dos times do interior ? Fiquei sabendo que o Bagé foi rebaixado. Qual o critério de rebaixamento do segundona ?

  • 34. Olga  |  04/04/2011 às 21:21

    # 28

    Por nada! Cabe também! (rsrs)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • E o glorioso São Bento chegou à Série B nacional aos 104 anos de vida. 29 minutes ago
  • A corrida pelo título brasileiro é basicamente a lebre Corinthians tirando uma soneca enquanto 4 ou 5 tartarugas se aproximam lentamente. 36 minutes ago
  • No fim das contas, o Corinthians pode até despencar, mas o verdadeiro perseguidor é outro. 39 minutes ago
  • Já garantiu dois e tem um terceiro (CSA) com tudo na mão. E também o Confiança vivo, ainda que precisando de façanha. 22 hours ago
  • Nordeste pode ser a primeira região a subir mais que 2 times juntos em uma edição da C, desde que adotaram a fórmula atual (2012). 22 hours ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: