O Dedo Santo no Adutor

24/03/2011 at 15:52 34 comentários

Enfim, o apelo da torcida gremista foi ouvido. Não por Renato, que insistiu até a última instância em manter CARSALBERT como titular, mas sim por algum espírito da bola que, como fosse um Doutor Fritz mal (ou bem) intencionado, tocou o adutor da coxa direita do atleta, o tirando de combate por 10 dias. O clamor da torcida e de jornalistas foi ouvido e Escudero ganha a posição de titular, ainda que “por motivo de força maior”.

Desde que chegou, CARSALBERT enfrenta a desconfiança dos gremistas. Seu jeito “dishcolado” e a eterna fama de “chinelinho” fizeram muita gente torcer o nariz quando sua contratação foi concretizada. As atuações do meia deram mais subsídios para as críticas. Tanto é verdade que, hoje, ele não goza de prestígio sequer para ser árbitro de rachão no Olímpico.

Até quando tenta fazer média com a torcida, o jogador acaba se dando mal. Primeiro, apareceu com as trancinhas que ornamentam sua cabeça na cor azul. Ótimo, se o penteado não remetesse a dois ex-gremistas que apareceram como ídolos e hoje são marcados no clube por terem saído em negociações nem um pouco favoráveis ao Grêmio: Ronaldo de A$$i$ e Anderson. Depois, para “responder a altura” as provocações de Leandro Damião quanto aos acréscimos no jogo contra o Caxias, resolveu ressuscitar a dancinha da “véia debaixo da cama” feita pelo goleiro Kidiaba, do Mazembe. Maravilhoso, se a torcida já não tivesse se cansado de obter orgasmo com o membro alheio com a flauta em cima do Inter pela desclassificação no Mundial.

Muitos poderão dizer que a desconfiança gremista não passa da implicância que sempre dá as caras quando um jogador Made In Rio chega para atuar no meu Rio Grande amado – como se o Grêmio não tivesse conquistado a Libertadores de 95 com a dupla de ataque formada por dois refugos do futebol carioca. Alguns implicantes lembram do fracassado Inter de 2000/2001, quando Lê, Cássio, Júnior Baiano e até o Luciano Calheiros chegaram numa tacada só ao Beira-Rio, que mais parecia a Gávea com tais reforços. Ainda assim, o fato é que CARSALBERT já demonstrou em campo que não anda merecendo mais do que um lugar no banco de reservas.

Antes de encerrar, recordo a reação de um colega vascaíno ao comentar sobre a ida de CARSALBERT para o Grêmio. “Ainda bem que nos livramos dessa bomba”, foram suas palavras, numa belíssima prova do quanto ele era querido na equipe cruzmaltina. Depois dessa, ainda vai ter quem se atreva a falar que é implicância?

Alpha, Mike, Foxtrot
Ricardo Prado

Anúncios

Entry filed under: Clubes.

Imortal tricolor Fugindo da febre amarela do Prata

34 Comentários Add your own

  • 1. Guto  |  24/03/2011 às 16:07

    PERAE, PEREAEWTETEA

    A família A$$I$ foi comparada ao ANDERSON da Batalha dos Aflitos? SÉRIO? Puta merda, nem deu mais pra ler o resto do post.

  • 2. albo  |  24/03/2011 às 16:27

    Realmente não tem como comparar a familía Assis com Anderson – os primeiros foram muito mais importantes e renderam mais dinheiro para o Grêmio.

    “Carsalbert” (muito bom apelido), de fato, segue a tradição do meia chinelinho problemático no Olímpico – tal qual Roger, que fez meia dúzia de gols de penalti no gauchão e ganhou a torcida porque tem olhos claros e xinga os rivais, Calberto força reações compreensívas para coisas que normalmente o irritariam – como sair no primeiro tempo, logo ele, campeão da Champions League aos 19 anos, como vive repetindo -, mas não consegue esconder por muito tempo a verdadeira índole.

    E se serve como resposta, Damião está agora na seleção enquanto ele está, mais uma vez, no DM de chinelo.

    Certas coisas não são feitas para dar certo.

  • 3. Roger  |  24/03/2011 às 16:30

    Esse infeliz não sabe o que diz.

    Não pode comparar o Anderson com o dentuço.

    Anderson ia pro estádio em dia de treino, pra trabalhar, com a camisa do Grêmio!!

    Sim, isso é muito importante para nós gremistas.

  • 4. Ernesto  |  24/03/2011 às 16:39

    Bah negão, vai te informar meu querido. Lê foi o único que veio em 2001.

    O resta da trupe carioca, composta por Junior Baiano, MARICÁ, Cássio veio em 2002, primeiro ano do Carvalho.

    Se não fosse o Douglas, Iuri e o Brum, esse blog estava perdido. O petezão aquele é um baita enganador, mas pelo menos as informações ele coloca de modo correto.

  • 5. Norteña  |  24/03/2011 às 16:49

    Bah, nada a ver este post.

    Comparas os mercanarios dos Assis com o Anderson é bricadeira.

    O Anderson tem as portas abertas no Olimpico e é querido pela torcida gremista, não tem como coloca os dois no mesmo saco.

    Nada a ver.

  • 6. RPrado  |  24/03/2011 às 16:56

    Não questiono que o anderson foi heroi nos Aflitos. Diferente do Ronaldo, ele pode voltar quando quiser. Aliás, ele até disse isso. Mas o que eu quis dizer é que a saída dele não é o que podemos chamar de “amigável”. Isso vcs têm de admitir. Quanto à legião carioca do Inter, de fato eu errei por um ano e admito.

  • 7. Junior  |  24/03/2011 às 17:06

    Me fizeram lembrar do LÊ! E por consequência, lembrei do TIM! O pior de tudo é que essas duas LORPAS foram as grandes contratações da gestão Miranda, os jogadores que o Inter mais gastou dinheiro para trazer naquela gestão. Sabiam muito de futebol no Beira-Rio naquela época.

  • 8. Ismael  |  24/03/2011 às 17:06

    Bah, a patrulha tá pegada ultimamente, heinho….

    O texto é sobre o cazalbé e a galera IMPLICANDO com a comparação dentuço x andershow…

  • 9. anonimous gourmet  |  24/03/2011 às 17:13

    nada a ver esse treco, sério

  • 10. Luciano  |  24/03/2011 às 17:16

    O 3º parágrafo não reflete em nada o sentimento da torcida tricolor…cada um vê (entende ) o que quer.

  • 11. Norteña  |  24/03/2011 às 17:30

    #6

    Não sei, não pesquisei, mas pelo que me lebre o Anderson foi vendido pelo Gremio (e aqui não vou analisar se foi barato ou não).

    Já o dentuço mercenario, bom, sem comentários.

  • 12. LF  |  24/03/2011 às 17:41

    eu n vi comparação. Fala em “apareceram como ídolos”.

    Mas a capacidade das pessoas de se apegar a detalhes não me surpreende jamais.

  • 13. Álisson  |  24/03/2011 às 18:03

    Eu apenas discordo quanto ao status do CARLSALBERT quando chegou. Vi na imprensa, e entre os tordecdores do Grêmio, que essa era uma GRANDE CONTRATAÇÃO, que era um baita jogador que vinha de graça. Enfim, teve bastante gente que gostou dele desembarcar.

    Quanto a Lê, Tim e outras coisas que jogaram no Inter, estou fazendo de tudo para esquecer, mas é dificil.

  • 14. Norteña  |  24/03/2011 às 18:11

    Bons tempos estes de Lê, Tim e outros…Saudades eternas!!!

  • 15. Vizzotto (Goleiro)  |  24/03/2011 às 18:11

    Tbm não entendi como comparação!! Usou apenas o exemplo!!

    E que o providencial “dedo divino” seja enfiado bem fundo no….
    CONDUTOR do CA!!!
    E que o Escudero não nos decepcione!!

  • 16. Carlos  |  24/03/2011 às 18:27

    Bah, comparação ou não, errou feio, amigão.

    Anderson saiu pela porta da frente, rendendo um grana (alta ou baixa) ao grêmio.
    Toda vez q o cara pinta lá nas cadeiras, é reverenciado como um baita cara.
    Botar assis e ronaldinho nesse mesmo saco é uma besteira sem tamanho.

    E não é questão de patrulha, como alguém ae falou. É questão de falar uma inverdade.

  • 17. Caio Brandão Costa  |  24/03/2011 às 18:28

    Perdão se a resposta é óbvia e não me saltou aos olhos, mas há algum trocadilho em CARSALBERT? Realmente não percebi… não sei se é de alguma expressão daí; moro na outra ponta do país…

  • 18. Ernesto  |  24/03/2011 às 18:28

    É, nessa época não tinha dinheiro. Mas engraçado que também não tinha torcida atrás do gol se auto proclamando mais torcedora, e também nao tinha a tal da maldição do fechamento da coréia.

  • 19. Anônimo  |  24/03/2011 às 20:16

    “Inter de 2000/2001, quando Lê, Cássio, Júnior Baiano (…) chegaram numa tacada só ao Beira-Rio”

    Agora entendo o tamanho do rancor dos meus amigos colorados com o Fla. Hahahaha.

  • 20. Godo  |  24/03/2011 às 20:17

    #19 fui eu!

  • 21. Branco  |  24/03/2011 às 21:25

    Nunca entendi por que a maioria dos colorados citam o Tim como um péssimo jogador. O cara veio, e uns 2 meses depois sofreu uma lesão grave e ficou o resto do tempo do empréstimo no departamneto médico. Entenderia se chamassem de chinelinho ou coisa assim, mas não tem como alguém saber se ele era bom jogador ou não.

  • 22. Sancho  |  24/03/2011 às 21:40

    Não basta fechar com a Globo, tem que espinafrar com a “Lei de Sancho”.

    ‘Tá ficando pessoal o negócio!

  • 23. Norteña  |  24/03/2011 às 21:50

    Só para os colorados bastiões da ética e moralidade do esporte brasileiro, guardiões da resistencia frente ao monopólio da globo.

    http://wp.clicrbs.com.br/duplaexplosiva/2011/03/24/inter-tambem-na-globo/?topo=13,1,1,,,2

  • 24. Roger  |  24/03/2011 às 22:07

    hehehe
    Dá-lhe Norteña, não perdoa

    Grande cerveja!

  • 25. Eduardo  |  24/03/2011 às 22:17

    novo “talento” do futebol brasileiro se chama WEVERSON!!!
    que segurem o guri!! cortem o cabelo!!!

  • 26. Bidese  |  24/03/2011 às 22:25

    A única ressalva no episódio Odone, Globo, direitos de televisão, na minha opinião, é que o Grêmio foi afoito e deixou de provavelmente ganhar mais dinheiro, em troca de meras disputas internas de política clubística.

    E é no mínimo estranho uma reportagem fazendo suposições sobre contrato com a globo, por parte do Clicrbs, terceiro totalmente interessado. Diria, suspeito, até, ashsahsahsahashsah

  • 27. alemao  |  24/03/2011 às 23:58

    andersãn saiu por 5 milhões. pk para o q ele vale, mas foi pela porta da frente. nada a ver essa comparação.

    qto as tvs, não dá pra se fiar em nenhum veiculo, uma vez q todos de alguma forma são interessados.

    nessa história não há nenhuma fonte confiável…nos resta ler e fazer uma média de tdas as notícias ou nem se meter.

  • 28. alemao  |  25/03/2011 às 00:00

    ah, defesaça do grohe no penalti.

  • 29. Eduardo  |  25/03/2011 às 01:04

    Casalbert = Aílton = César = Alexandre Xoxó.

    Fará o gol do título ou assistência de CABELO, prá desespero dos corneteiros e secadores.

    COPAREMOS!!! tenho fé. passa com sorte na primeira fase (pelo resultado de hoje do Leonzinho, até já passou) e desencanta no matar-ou-morrer.

  • 30. Caue Fonseca  |  25/03/2011 às 02:11

    O Anderson de fato não se compara ao Ronaldinho. Saiu pq foi vendido em um momento em que ou o Grêmio vendia ou não pagava a conta de luz. Se depois a parcela dos direitos que o Grêmio ainda tinha sobre ele foram trocados pelo LEO LIMA, não é culpa do piá. Tanto é que nas férias ele ainda caga de porta aberta lá no Olímpico.

    Talvez seja ingenuidade minha, mas ainda acho que o Carlos Alberto pode dar certo. Não mostrou nada de bola ainda, mas ao menos está se esforçando. E sim, acho ridículo também esse gremismo repentino do sujeito. Quer agradar a torcida? Acerta a bola na casinha.

  • 31. Guilherme  |  25/03/2011 às 07:16

    Eu acho que o caso Carlos Alberto até pode ter um pouco de bruxismo, mas acho que tem bastante a ver com esse ego do Renato. Ele já falou mais de uma vez sobre alguns jogadores, coisas do tipo: “Esse comigo vai jogar”.

    Não que isso seja muito alentador, mas é uma justificativa.

    E eu concordo com o Caue ali em cima.

  • 32. Sancho  |  25/03/2011 às 09:33

    Tchê,

    Jogador tem que entrar no espírito do clube, mesmo que o contrato seja para um jogo só. Não vejo problema NENHUM em demonstração de gremismo repentino. Afinal, o tipo resolveu jogar pelo clube…

  • 33. JB  |  25/03/2011 às 10:52

    Oa que me consta, o Anderson assinou um contrato com o Grêmio quando não precisaria, sairia de graça em poucas semanas.

  • 34. arbo  |  25/03/2011 às 16:51

    “Se depois a parcela dos direitos que o Grêmio ainda tinha sobre ele foram trocados pelo LEO LIMA, não é culpa do piá. ”
    pior notícia, não sabia

    o principal foi dito pelo colorado álisson
    “Eu apenas discordo quanto ao status do CARLSALBERT quando chegou. Vi na imprensa, e entre os tordecdores do Grêmio, que essa era uma GRANDE CONTRATAÇÃO, que era um baita jogador que vinha de graça. Enfim, teve bastante gente que gostou dele desembarcar.”
    eis o ponto, é claro q era uma aposta, baixa e com alguma chance de dar certo. é possível q renda algo ainda, só o q não pode é ficar entrando e saindo aos 12 do primeiro tempo – e isso é com o renato, não com ele. dele, só podemos pedir q baixe e bolinha, pare de fazer média com a torcida e jogue alguma coisa (ah, sim, q pare de se atirar)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Porque não chegaria à Libertadores. 5 hours ago
  • Fim também para o improvável Paraná 3x2 Atlético-MG, um grande jogo que vocês não previram. 5 hours ago
  • Bahia soma a taça de 2017 às de 2001 e 2002. Como em 01, ganha contra o Sport. Fez um baita jogo hoje, podia golear, mas Magrão foi enorme. 6 hours ago
  • ACABOU. O BAHIA É CAMPEAO DO NORDESTE PELA TERCEIRA VEZ. 6 hours ago
  • Juizão distribuindo cartões vermelhos pro banco do Sport. 6 hours ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: