Imortal tricolor

24/03/2011 at 07:00 80 comentários

A Imortalidade Tricolor deu as caras mais uma vez. Desta vez vestindo grená, verde e branco, ao invés do tradicional azul, preto e branco, o espírito protetor das equipes que vestem três cores baixou na noite desta quarta-feira no Engenhão e foi o único responsável pela primeira vitória do Fluminense no Grupo 3 da Libertadores, contra o América do México, pelo cardíaco placar de 3×2, conquistado aos 42 minutos do segundo tempo, de virada.

Digão e Berna trabalham pela eliminação do clube

Na verdade, está muito claro que o Fluminense não quer ganhar título internacional algum. Jamais. Chega de demagogia. O clube está fazendo de tudo para entregar as partidas e se ver livre da responsabilidade de levantar um caneco sulamericano, comportamento que se mostra cada vez mais evidente desde o vice-campeonato da Libertadores em 2008. Mas o pessoal das Laranjeiras segue sendo carregado pelos braços de algum espírito mal intencionado, provavelmente a Imortalidade emprestada do tricolor gaúcho, interessada em ver a América pintada com o pavilhão pó-de-arroz, como se isso algum dia tivesse sido do desejo do Fluminense. Uma pegadinha de mal gosto de certo, destinada a zombar dos sentimentos dos quatro ou cinco torcedores do Flu que dão valor à Copa, o pastel mais recheado dessa grande rodoviária chamada América do Sul.

Se é possível resumir o desdém tricolor numa única informação, analisemos o borderô de Fluminense e América: 13 mil pessoas para assistir aquela que pode ter sido a última partida do tricolor carioca na Libertadores de 2011, quando só a vitória interessava – o Nacional recebe o Flu no dia 6 de abril, e Los Once de Unimed encerram a primeira fase no dia 20, contra o Argentino Juniors no Diego Armando Maradona. O Fluminense tinha dois pontos em três jogos e carregava a lanterna do grupo.

TREZE MIL.

A clara tentativa da diretoria de sabotar a equipe vem se manifestando com mais força desde o início da temporada e atingiu os píncaros da insanidade nas últimas semanas. Para começar, a Unimed (ou a direção, não sei ao certo quem manda nas Laranjeiras) manteve Muricy Ramalho no cargo no início do ano, um inimigo declarado da Libertadores da América. O Eterno Ranzinza pediu as contas no dia 13 de março depois de se recusar a vencer as partidas do primeiro turno da Copa e, nos últimos 11 dias, os dirigentes entraram em contato com todos os treinadores do país, de Gilson Kleina a Luiz Felipe Scolari, profissionais ou não, incluindo técnicos de vôlei, basquete e outras modalidades, aposentados ou na ativa, vivos ou mortos, e absolutamente todos recusaram a proposta do Flu. A solução foi chamar Enderson Moreira, cuja última partida no comando de uma equipe profissional culminou na eliminação do Inter B pelo Cruzeiro de Porto Alegre pelas quartas-de-finais do primeiro turno do Gauchão. Pois foi nesse clima que a equipe tricolor pisou no Engenhão.

Moreira montou um Fluminense atrevido, com quatro jogadores ofensivos em campo, aproveitando as estreias de Fred e Emerson na competição, apoiados por Conca e Souza. Um time que nunca havia jogado junto, uma vez que Muricy só se utiliza de retrancas como esquema tático. E, como se não bastasse a sabotagem institucional, o zagueiro Digão incorporou o comportamento anti-internacionalização das Laranjeiras e tratou logo de entregar o jogo ao se chocar com o goleiro Ricardo Berna aos 15 minutos do primeiro tempo. Bastava o zagueiro segurar o atacante mexicano com o corpo, mas Digão tinha uma missão a cumprir contra o próprio clube e fez uma cama-de-gato em Berna, que caiu feito uma marreta no chão, deixando a bola solta para Sanchez só cutucar para dentro.

Verdade que o Fluminense não jogava mal e alguns jogadores, como Fred, simulavam muito bem o desejo de vencer a partida. Aos 20 minutos, Conca levantou a bola na área e o zagueiro Gum raspou de cabeça para dentro do gol, talvez numa tentativa de evitar que a sabotagem coletiva, a mesma que permitiu que o nanico Niell fizesse dois gols de cabeça no Flu, desse muito na vista.

Na volta do segundo tempo, os mexicanos seguiram tocando a bola de lado sem muito interesse, hábito tombado pelo patrimônio cultural cucaracha, enquanto o Fluminense insistia em infinitos toques curtos na frente da área, como se um gol de placa estivesse prestes a nascer. Um engano. Do sofá, ouvi todas as estátuas de José Artigas, Simon Bolívar e San Martin gritarem “JOGA ESSA MALDITA BOLA NA ÁREA, CACETA!” em uníssono pelo continenete. Enderson Moreira ignorou os apelos.

Foi então que Sanchez tentou fazer um cruzamento sem ângulo e pegou Berna adiantado. A bola se encheu de magia negra e foi caindo entre o poste e gol, às costas do goleiro. Para não ter dúvidas de que a bola entraria, Digão (sempre ele) chegou rasgando na área e colocou para dentro, cumprindo com a sua parte do trato. Levará bicho extra.

Mas o Fluminense está sob os efeitos da Imortalidade Tricolor, essa praga que insiste em manter a esperança acesa. Em 2009, depois de dois vice-campeonatos continentais seguidos, a equipe se encaminhava para o rebaixamento cumprindo determinação da diretoria para acabar de vez com qualquer chance de classificação para os torneios sulamericanos, único remédio contra frustrações futuras. No entanto, o maldito espírito que ronda as Laranjeiras virou os ventos e colocou o tricolor na rota das vitórias. A recuperação foi inédita, histórica, SOBRENATURAL. Só de sacanagem, a Imortalidade trouxe o título do Brasileiro e a vaga à Libertadores, esse fardo que o Fluminense carrega nos dias de hoje.

Pois foi esse mesmo espírito que sacou Deco da aposentadoria e colocou-o na casamata tricolor depois de alguns meses de inatividade. O meia cruzou com perfeição para o gol de empate de Araújo, de cabeça, como gente grande. E aos 42 minutos, a assombração contagiou todo o grupo carioca. A zaga levantou bola para a área desde a intermediária, como determina o regulamento da competição, e Fred desviou de cabeça para trás. Um zagueiro mexicano recuou para dentro da área e Deco esticou a perna com ajuda da Imortalidade e encobriu o goleiro. O Fluminense venceu e manteve as esperanças de se classificar, apesar de todos os esforços em contrário.

Foi dito ao final do jogo que Enderson Moreira será mantido no cargo até a chegada de Abel Braga, em junho, quando o clube talvez já esteja eliminado da competição. O Fluminense não quer ganhar a Libertadores da América.

Mas há algo de sobrenatural insistindo em manter a esperança viva.

A foto é da AP.

Aqui está a classificação do Grupo 3.

Toco y me voy,

Alexandre de Santi

Anúncios

Entry filed under: Libertadores.

Extra! Extra! O goleador é microbuseiro O Dedo Santo no Adutor

80 Comentários Add your own

  • 1. Anônimo  |  24/03/2011 às 08:14

    O PLOBLEMA EH QUE NINIGEM MAIS TEM AMOR HÁ CAMIZA

  • 2. Anderson Fraga  |  24/03/2011 às 08:31

    Que calúnia! (ns)
    Deco conseguiu pagar o salário do ano ontem.

    Fred jogou? OFDSAJODKSAL

  • 3. Luna  |  24/03/2011 às 08:32

    Camisa* seu anônimo!
    Pois eu sou umas das cinco torcedoras que estou gritando, comemorando, chorando e rindo. E que esse espírito continue, pois a torcida merece.

  • 4. Guilherme  |  24/03/2011 às 08:46

    .3

    O Anônimo tá obviamente sendo irônico. Praticamente todas as palavras tem algum erro.

    Eu achei engraçado.

  • 5. Guigui  |  24/03/2011 às 08:48

    Sou contra repetir trechos do texto no comentario mas “o pastel mais recheado dessa grande rodoviária chamada América do Sul” foi demais. hahahahaha, me caiu a bunda

  • 6. Antônio  |  24/03/2011 às 09:23

    Mal intencionado – Bem intencionado. Beleza.
    MaU gosto – Bom gosto.

    À exceção desse ínfimo porém, o resto do texto tá muito bom. Como diria minha avó, “se não fosse trágico, seria cômico”.

  • 7. Alexandre N.  |  24/03/2011 às 09:25

    #3

    Ei dona Luna, junte-se aos bons que ainda pretendem ver o Fluzão levando La Copa para as Laranjeiras!

    Meu caro xará di Santi: Seu texto fio GE-NI-AL!!!!! Você escreveu tudo o que eu tinha vontade de falar! Vou imprimir e guardar na carteira, pra ler até o fim dos meus dias. hehehehe

    E ao caríssimo “melhor técnico do Brasil”: VÁ TOMAR NO SEU CU, SEU RETRANQUEIRO DE MERDA! Futebol é coisa de homem, não de rato!

    P.S.: Ainda sonho com o momento irônico: Ver o Flu eliminando o Santos, que estará sendo comandado pelo retranqueiro…

  • 8. Norteña  |  24/03/2011 às 09:36

    A imortalidade tricolor do Gremio é tanta, que até da pra emprestar um pouquinho para o flu.

    O jogo foi muito muito, comecei secando o flu, como faço com todos os brasileiros na Copa, mas no final me peguei torcendo a favor!

    Não sei se notaram, mas certos jogadores do time estão sem preparo, o Emerson sheik saiu e e quando foi sentar deu para ver que falou “to morto”!

  • 9. Alexandre N.  |  24/03/2011 às 09:39

    #8

    O Emerson voltou de lesão séria no tornozelo a pouco tempo. Deve ser o quarto ou quinto jogo dele pelo Flu na temporada até agora.

  • 10. Pó de Arroz  |  24/03/2011 às 09:40

    Alguns pitacos sobre a (mais uma) vitória épica de ontem:

    A torcida do Fluminense tem medinho de ir ao Engenhão a noite…fosse no Maracanã, esse jogo de ontem teria no mínimo 50 mil pagantes;

    Digão é ridiculo;

    Os mexicanos não devem ter entendido nada…pegaram o campeão brasileiro (que provavelmente a maioria deles nunca deve ter ouvido falar) em casa, com estádio vazio e com DECO no banco de reservas!!!rsrsrs;

    O Fluminense não é imortal, o Fluminense POSSUI A VOCAÇÃO PARA A ETERNIDADE…sempre bem conduzida pelo Mr. Sobrenatural de Almeida;

    Já prevejo um mata-mata nas oitavas entre Fluminense x Cruzeiro…e adivinhem o que vai acontecer????rsrsrsrs

    DIRETORIA LIXO, DE TIME DE BOTÃO, ESSA CAMISA JOGA SOZINHA!!! TIME DE GUERREIROS!!!

  • 11. Alexandre N.  |  24/03/2011 às 09:49

    #10

    Vamos com calma em relação a crítica à torcida. Afinal de contas, pagar a bagatela de OITENTA DILMÕES pra ir assistir um jogo não é nada fácil.

    Ainda mais no final do mês. rs…

  • 12. m  |  24/03/2011 às 10:08

    fiquei apavorado com a presença daquele DIGÃO como titular de uma equipe de futebol profissional. completamente incapaz de qualquer coisa.

  • 13. Carlos  |  24/03/2011 às 10:20

    80 pau o ingresso naquele fim de mundo?

    Os caras tão loucos.

  • 14. Roger  |  24/03/2011 às 10:30

    Bah Alexandre,
    nenhuma desculpa é valida praquele público de ontem, num jogo de vida ou morte pela libertadores!

    Por isso Luna(#3), que tenho muito que discordar contigo: se tem uma torcidinha que não merece a Libertadores é essa do Flu.

  • 15. Luís Felipe  |  24/03/2011 às 10:33

    OITENTA
    REAIS
    O
    INGRESSO.

    plenamente justificado o público lamentável. Deve custar mais de 100 reais ingresso + deslocamento para ver um jogo. Muito caro. Volta, Maraca.

  • 16. arc  |  24/03/2011 às 10:33

    A torcida do Fluminense sabe tão pouco de Libertadores que acha que ainda dá pra classificar…

  • 17. Rudi  |  24/03/2011 às 11:01

    Digão por acaso é aquele cara que virou jogador só porque é irmão do Kaká?

  • 18. Luís Felipe  |  24/03/2011 às 11:19

    o próprio, Rudi.

  • 19. Gabriel Severo  |  24/03/2011 às 11:25

    Me recuso a falar mal do Flu desde 2009 onde sepultaram nossas chances de título com dois gols do GUM. Que se foda a entregada do Grêmio.

    E aquela escapada do rebaixamento foi épica.
    Simpatizo com o Flu, mas não dá pra levar a sério um time que tem um pano do PEDRO BIAL.

  • 20. Sancho  |  24/03/2011 às 11:26

    No Fluminense, a bronca da imortalidade ainda é maior. O jogo de ontem foi a prova disso. Não há uma imortalidade que conduza o clube contra os males terrenos, como no caso do Grêmio.

    No Rio, a simbologia é oriental. Há um embate entre duas forças místicas, o yin e o yang, o bem e o mal, o CASCATINHA e o SOBRENATURAL DE ALMEIDA.

    Se quiserem algo mais próximo, uma partida do Fluminense pode ser descrita como um épico HOMÉRICO, com os deuses participando ativamente e inteferindo diretamente nos fatos em favor de seus protegidos.

  • 21. Alexandre N.  |  24/03/2011 às 11:27

    #14
    Roger, todos os jogos da Liber até agora custaram esta bagatela. E no final das contas, juntnado tudo, o torcedor vai gastar algo entre 100 – 150 dilmões.

    #17
    Não Rudi. Esse Digão foi um que foi formado mesmo pelo Fluminense. Foi um dos que fez parte da zaga titular na arrancada em 2009.

  • 22. Alexandre N.  |  24/03/2011 às 11:29

    #20

    Sancho, as forças opositoras que regem a vida do Fluminense são o GRAVATINHA e o Sobrenatural de Almeida. rs

  • 23. arc  |  24/03/2011 às 11:32

    Coincidentemente, os dois Tricolores “imortais” são os que mais passearam pelas outras divisões…
    É um conceito muito peculiar de “imortalidade”…

  • 24. Sancho  |  24/03/2011 às 11:34

    Verdade, errei! O Gravatinha que perdoe…

  • 25. Sancho  |  24/03/2011 às 11:35

    Re 23

    Para ser o “Povo Escolhido” tem que passar pela escravidão no Egito. Fazer o quê?!

  • 26. Alexandre N.  |  24/03/2011 às 11:35

    #19

    Aquilo foi coisa de uma organizada. A mesma que resolveu afzer uma bandeira do Dono do Fluminense.

    Há momentos em que as organizadas matam a gente de vergonha…

  • 27. Alexandre N.  |  24/03/2011 às 11:37

    #25

    Boa Sancho! hehehehehe

  • 28. Allan Garcia  |  24/03/2011 às 11:47

    Essa pecha de ‘time de guerreiro’ é cantada por quase todas as torcidas dos ‘grandes’ do Rio, não é? Já vi o mesmo canto sendo entoado pela torcida do Botafogo, do Flamengo (a do Vasco eu não lembro)…

  • 29. Gustavo Sandres  |  24/03/2011 às 12:04

    Não torço pelo Fluminense, mas acredito que seu post foi muito infeliz, principalmente ao comentar que os jogadores não pretendiam vencer. A direção peca em esperar Abel, mas dai ao time não querer ser campeão há um abismo. Que acaba de ser preenchido com justificativas infantis suas.

  • 30. Pó de Arroz  |  24/03/2011 às 12:05

    A melhor música de torcida EVER é do Fluminense:

    “Eu não sou rubro-negro…eu não sou rubro-negro…não sou ladrão, não sou ladrão, não sou ladrão…

    Eu não sou botafogo…eu não sou botafogo…não sou chorão, não sou chorão, não sou chorão…

    Eu não sou vascaíno…eu não sou vascaíno…não vendo pão, não vendo pão, não vendo pão”….

    Acho que a melodia é de uma música antiga do Paralamas do sucesso, enfim, não manjo de paralamas…rsrs…mas a musiquinha na arquibancada fica legal…rsrsrs

  • 31. Rudi  |  24/03/2011 às 12:10

    #30

    eu pelo menos ENXERGUEI a melodia de LA BAMBA nessa letra…

    mas não conheço a música

  • 32. Ernesto  |  24/03/2011 às 12:13

    25. Sancho | 24/03/2011 às 11:35

    Re 23

    “Para ser o “Povo Escolhido” tem que passar pela escravidão no Egito. Fazer o quê?!”

    Ah tá, por isso que tentaram atravessar o mar vermelho naquela vez dos banheiros químicos, hehehehehe. Tudo se explica.

  • 33. arc  |  24/03/2011 às 12:31

    #25 sancho

    Passar pela escravidão no Egito 2 VEZES?!?!

  • 34. rafael botafoguense  |  24/03/2011 às 12:33

    hahaha tá brotando tricolor das ratoeiras… torcida moda alta costura é foda.

    13 mil na liberta hauahuaau… essa é a melhor,mais bonita e mais cheirosa torcida do mundo heheheh

  • 35. Santi  |  24/03/2011 às 12:34

    #29

    Como autor do post, fico triste que eu não tenha sido capaz de fazer tu compreender a ironia e demais figuras de linguagem do texto. Um pena.

    Um abraço.

  • 36. Bessa  |  24/03/2011 às 12:56

    Taí a pior raça de equipes da Libertadores: as que crescem no final da primeira fase…

    Se o Flu embalar e passar de fase, vai longe.

  • 37. Norteña  |  24/03/2011 às 13:09

    Bah que recalque da coloradagi com a Imortalide.

    Quanto ao preparo físico do flu, não era só o sheik que tava de lingua de fora, tinha uns já de meia arriada e o souza pedindo substituição.

    Mas o flu foi valente, pena que se livrou do murici muito tarde.

    O Murici tinha que ter contrato com prazo pre determinado, primeira e ultima rodada do brasileiro.

    Ou então o time ter dois tecnicos, o de pontos corridos e o do mata-mata.

  • 38. Sancho  |  24/03/2011 às 13:25

    Re 33

    A segunda é o Holocausto!

  • 39. Sancho  |  24/03/2011 às 13:27

    Re 38

    O Fluminense ainda sofre com o êxodo, não encontrou um lugar para chamar de seu. Já o Grêmio divide espaço com um povo irmão, mas que não o aceita e reconhece de jeito nenhum, e com quem vive em conflito!

  • 40. Sancho  |  24/03/2011 às 13:30

    Re 32

    Bela lembrança. Somos especialistas nessa travessia do mar vermelho. Já abrimos espaço com a mão (Ronaldinho), já passamos de bicicleta (Paulo Nunes), já fomos guiados até por Pedro Júnior…

  • 41. fabio  |  24/03/2011 às 13:34

    Pô, o Sancho me saiu com a pérola do ano com o “Povo Escolhido”. Os retruques não chegam nem aos pés. AGUANTE

  • 42. Carlos  |  24/03/2011 às 13:44

    Sancho bebeu alguma coisa hoje.

    açlsdasdkçasçkldsaçkldçalskdlkasdklçsdkçl

  • 43. Logan  |  24/03/2011 às 13:47

    lanchonete em chamas

    jtlmlksk

  • 44. Alexandre N.  |  24/03/2011 às 13:57

    #34

    Porra, RB. Dá um desconto. Tão cobrando muito caro pelo ingresso nos jogos da Libertadores.

    Um ingresso custa oitenta legais. Agora, junte isso ao gasto com transporte, consumo dentro do estádio… Não sai barato não!

  • 45. Cunegundes Gullar  |  24/03/2011 às 14:02

    essa é a mistura do brasil com egito
    tem que ter charme pra dançar bonito

  • 46. rafael botafoguense  |  24/03/2011 às 14:03

    ah ceis são tudo rico

  • 47. Alexandre N.  |  24/03/2011 às 14:10

    #46

    Porra, eu não sou! rs…

  • 48. Gabriel Severo  |  24/03/2011 às 14:10

    Hoje apóio tudo o que o Sancho disser, inclusive contra o Inter.

    O homem está em claro e manifesto estado FLAMBADO as 13:00, o que nos leva à conclusão de que estava tomando SCHWEPPES CITRUS no almoço, prova maior de caráter impossível.

  • 49. Rudi  |  24/03/2011 às 14:13

    Schweppes Citrus >>>>>>>> Grapette >>>>>>>>>> Cherry Coke >>>>>>>>>> Fanta Uva (ns forever)

  • 50. Alexandre N.  |  24/03/2011 às 14:19

    #49

    Existe algum ser vivente que goste de Cherry Coke?!!??!!?!?!??!!?!

  • 51. Godo  |  24/03/2011 às 14:24

    Os 20 minutos do Deco ontem deveriam valer justa causa pra Souza e Diguinho.

    E o tal do Digão, PELA MADRUGADA.

  • 52. Godo  |  24/03/2011 às 14:27

    #30

    Se bicha fosse flor, tricolor era jardim
    Meu Deus do céu, eu nunca vi
    Tanta bicha junta assim

    (looping infinito)

  • 53. Rudi  |  24/03/2011 às 14:28

    Eu só lembro dela no meu tempo de moleque, 11, 12 anos… vendeu no RS, eu gostava… mas depois nunca mais vi

  • 54. Gabriel Severo  |  24/03/2011 às 14:31

    Melhor música do Flu é a seguinte:

    Tú és
    time de otário e cuzão
    puta, viado e ladrão
    adeus (acho eu) mengoooooooo

  • 55. Sancho  |  24/03/2011 às 14:36

    Re 53

    Cherry Coke VIVE! Ao menos, nos Estados Unidos. Troço ruim demais…

    P.S.: Minha loucura é café, pouco sono e prazo apertado.

  • 56. Alexandre N.  |  24/03/2011 às 14:37

    #54

    É uma das versões. Mas eu continuo achando que vocês torcedores do Inter deviam cobrar da torcida do Fla o plágio descarado. rs

  • 57. Godo  |  24/03/2011 às 14:38

    #30

    Não seria a melodia dos Titãs, “Não sou brasileiro, não sou estrangeiro”?

    (Não vendo pão = faleci)

  • 58. Jackal  |  24/03/2011 às 14:52

    A música é da Legião Tricolor, é em cima da melodia de La Bamba. Depois de hoje é possível acreditar em chegar em algum lugar nessa libertadores. É daqui pra eternidade. Só quero pegar o Santos pra elimina-los.

  • 59. Titi  |  24/03/2011 às 14:55

    #9

    E ele faz ALTEROCOPIA no lugar da fisioterapia.

  • 60. Norteña  |  24/03/2011 às 14:58

    #58

    Não acho que o santos passa, e nem o flu, apesar de ontem.

    Hoje o Gremio pegaria o Godoy Cruz.

    Ele é o atual campeão argentino?

  • 61. Ernesto  |  24/03/2011 às 16:16

    MAs e o Messias já chegou ? ou ainda estão a espera ? É o portaluppi ? hsahsahsahsa.

  • 62. Roger  |  24/03/2011 às 16:21

    Sancho, a tua resposta no 38 foi simplesmente sensacional!
    Hoje o hômi ta inspirado! hehe

  • 63. Junior  |  24/03/2011 às 16:25

    Com todo o respeito aos tricolores cariocas, o Fluminense tem o grito de guerra mais gay entre todos os times brasileiros:
    “NENSE, NENSE….”

    Pô, parece uma dondoca chamando o seu poodle perdido: “nense, nense, vem cá!”

  • 64. Ernesto  |  24/03/2011 às 16:33

    Hashssasahsah. Pior que essa comparação do Sanchotene é sensacional. Poderia até comparar Odone com Heródes, líder espúrio, só pensa em seus interesses. Ronaldinho seria o judas. Hashsahsahsa. E por aí vai.

  • 65. Ernesto  |  24/03/2011 às 16:36

    Atual campeão argentino é o Estudiantes, mas Godoy Cruz não é de todo ruim. Dá pra passar tranquilo, o estádio é grande, a torcida fica longe do gramado. Mas, tem que se ligar.

  • 66. Junior  |  24/03/2011 às 16:37

    Em um post anterior houve uma discussão sobre a MLS. Por esse texto, as duas teses estavam certas: o público está crescendo e boa parte dos torcedores são latinos:
    http://latino.foxnews.com/latino/sports/2011/03/24/major-league-soccer-poised-overtake-nhl-4th-popular-professional-sports-league/#ixzz1HXFUJCBJ

  • 67. Matheus  |  24/03/2011 às 17:07

    Não sei porque do deslumbre. Era jogo pra ganhar de muito e os caras vem me falar que já tá classificado, quase?

    Que seja!

    Falta ao Flu o espírito copeiro. Vai pegar os dois piores do grupo fora de casa. Daí eu quero ver.

    Mexicano na Libertadores? Enganação.

  • 68. Matheus  |  24/03/2011 às 17:08

    Quando digo os “dois piores”, quero dizer que são os dois times mais complicados.

  • 69. Luciano  |  24/03/2011 às 17:11

    Assisti em 2009 Flu X Cruzeiro no Maracanã…pode parecer que to de sacanagem, mas o “murmúrio” da torcida a cada ataque tricolor lembrava os jogos da seleção feminina de volêi.

    Os caras tem faixa “a torcida mais bonita”…ma vá ao caralho!

  • 70. Frei  |  24/03/2011 às 17:53

    68

    Quando vc diz os “dois piores”, vc quer dizer os “dois melhores”.

  • 71. Serramalte Extra  |  24/03/2011 às 18:22

    Eu tava torcendo pro flu ontem. Com a vitória, eles garantiram que os dois últimos jogos serão “às ganha”, agora que eles não serão eliminados nem perdendo pro Nacional.

  • 72. Matheus  |  24/03/2011 às 18:56

    Perde pro Nacional e empata com los hermanitos.

    E tenho pragueado.

  • 73. henrique  |  24/03/2011 às 19:17

    Nacional 3 x 0 fluminense, y Argentinos jrs 2 x 0 fluminense.nada más

  • 74. Marcelo  |  24/03/2011 às 20:27

    VC, COMO BOM GAYUCHO, SEMPRE AFIM DE TIRAR ONDA COM CARIOCA….MAS SABE QND?? NUNCA !! VAI BOTAR TUAS BOMBACHAS…CHUPAR UMA BOMBA ..OPSS….ENFIM…..VAI SABE PRA ONDE NÉ?….IMORTAL? GAYMIO? E AKELE OUTRO TIME Q PERDE PRO GOLEIRO Q REBOLA NO CHÃO?..QUEM SAO VCS….RS FICA ONDE?….ESSE PAIS EH RIO E SP….O RESTO…EH RESTO….

  • 75. bruno  |  24/03/2011 às 21:31

    74

    prezado marcelo, bote seus fones de ouvido e curta um bom som da PERLLA.

    abraço!

  • 76. Titi  |  24/03/2011 às 23:02

    Rá … coloca o fone de ouvido foi ótima, combinou com esta “notícia”.

    http://www.obairrista.com/noticia&codigo=186

  • 77. Fred  |  25/03/2011 às 09:53

    .19

    PANO DO PEDRO BIAL?!?
    Isso não tem como ser sério.

  • 78. dante  |  25/03/2011 às 11:16

    “Bah que recalque da coloradagi com a Imortalide.”

    KJADSHFJDKSFHSJKDHFJDGSHJDKSHGDSJSDJKGH

  • 79. arbo  |  25/03/2011 às 17:56

    “hábito tombado pelo patrimônio cultural cucaracha”
    belo post

  • 80. Caue Fonseca  |  26/03/2011 às 14:58

    #19 #77 Inacreditável, mas é verdade:

    http://tinyurl.com/4ghfg7h

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Porque não chegaria à Libertadores. 9 hours ago
  • Fim também para o improvável Paraná 3x2 Atlético-MG, um grande jogo que vocês não previram. 9 hours ago
  • Bahia soma a taça de 2017 às de 2001 e 2002. Como em 01, ganha contra o Sport. Fez um baita jogo hoje, podia golear, mas Magrão foi enorme. 9 hours ago
  • ACABOU. O BAHIA É CAMPEAO DO NORDESTE PELA TERCEIRA VEZ. 9 hours ago
  • Juizão distribuindo cartões vermelhos pro banco do Sport. 9 hours ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: