Archive for fevereiro, 2011

Uma vitória do futebol

Diz o folclore do futebol que só existem 18 torcedores do Cruzeiro de Porto Alegre. Na tarde de sábado, eram bem mais que 18, mas é verdade que cabiam todos nos três lances de arquibancada protegidos pela sombra no Beira-Rio, fora os sete abnegados da charanga que permaneceram o tempo todo no sol. E estavam lá para mostrar que futebol ainda se ganha com ímpeto e entrega, por mais que queiram nos empurrar que hoje em dia é tudo planejamento. (mais…)

21/02/2011 at 07:00 106 comentários

Nós que amávamos tanto a revolução

Parecia que a minha geração nascera com o carimbo da mediocridade na testa. Se os nossos pais não viram Garrincha jogar, provavelmente teriam ouvido suas partidas pelo rádio. Talvez, se morassem numa capital, tivessem visto no Canal 100 antes de uma sessão de cinema. E com certeza todos eles assistiram Pelé jogando pelo menos na Copa de 70, pela televisão e a cores. (mais…)

19/02/2011 at 10:30 59 comentários

Vem aí a Caravana Rólidei

Estavam todos lá: Ronaldinho Gaúcho, milhões de torcedores, a promessa de show e goleada. Já é um fato consumado a promessa de uma eterna lua-de-mel entre o time de maior torcida do país com o jogador onde
recaem as maiores esperanças do futebol JOGABONITO e telecoisa, depois da dupla dinâmica Ganso & Neymar e do novo eleito, Lucas. (mais…)

18/02/2011 at 12:53 6 comentários

Faceirice gremista e fuerza tiburona

A tradição de pouca relevância do futebol boliviano, sempre vitimado por infortúnios astrológicos, animou Renato Portaloop a escalar um Grêmio mais faceiro do que geralmente se aprecia nas bandas da Azenha. Apesar de alguma dificuldade inicial, o segundo tempo trouxe a aguardada goleada, que proporciona a liderança do grupo 8. O segundo colocado é o TIBURÓN Junior de Barranquilla, que venceu o estreante copero León de Huánuco, no Peru. (mais…)

18/02/2011 at 01:00 124 comentários

Especial Libertadores – Grupo 2

Pela América, Renato vai ao interior

A fim de trazer a América na cincha pras barrancas do Uruguai, Renato Portaluppi terá de enfrentar viagens a lugares tão distantes como Santana do Livramento, onde não quis ir nem no conforto do Ouro e Prata. No caminho do tri da Libertadores, o mapa da primeira fase aponta Santa Cruz de la Sierra, Huánuco e Barranquilla, cidades menos conhecidas mundialmente que São João do Polêsine.  Mas é o reencontro de Renato e do Grêmio com a Libertadores, uma velha conhecida de ambos, e para isso vale o esforço e a isso os gremistas se propuseram e nunca se detiveram, porque nunca se detinham, pra perguntar de onde vinham, nem tão pouco quantos eram. A la pucha!* (mais…)

17/02/2011 at 11:23 41 comentários

A obra de uma mente atormentada

Exilado em uma casa com três quartos e varanda na beira do rio, está Celso Roth, tentando escrever o grande romance americano do futebol mundial, tentando definir em uma poucas páginas o longo caminho do esporte que, obviamente, deve ter nele o grande APOGEU, pretendendo definir tudo o que a atividade representa na vida de todos os mortais. Mas há  quinze anos Sexy Hot teve um bloqueio criativo, seus personagens empacaram e impediram que a história evoluísse. Agora, é sua intenção que o protagonista acalme os ânimos, volte para marcar e comemore o ponto conquistado fora de casa. Que seja um homem castrado, enfim.

(mais…)

17/02/2011 at 02:09 144 comentários

Especial Libertadores – Grupo 8

A chave com mais taças que a Copa já pôde ver

Em 51 edições da Copa Libertadores, nunca um grupo teve um armário com tantas taças como o Grupo 8 pode ostentar agora. Os quatro clubes somam 13 copas, sendo 12 com nítidas evidências de poeira – justamente as de Peñarol (dono de cinco trofeus) e Independiente (patrão de sete), que não conquistam a Libertadores desde os anos 80. Coincidentemente, carboneros e rojos se juntam após oito anos de ausência na fase de grupos da competição. A LDU de Quito guarda a taça mais nova, datada de 2008, e que encerra a contagem. Quem completa a chave 8 é o Godoy Cruz, de Mendoza – primeira equipe de fora dos quatro grandes eixos do futebol argentino (Cidade de Buenos Aires, Província de Buenos Aires, Córdoba e Santa Fé) a disputar a Libertadores. (mais…)

16/02/2011 at 15:00 19 comentários

Labuta libertadora

Chama o MST
Alexandre de Santi

O grupo 3 da Libertadores, que conta com o Fluminense, tem líder: o América do México. O Nacional do Uruguai se deixou envolver pelas dimensões daquele LATIFÚNDIO chamado Estádio Azteca na madrugada brasileira desta quarta-feira e foi dominado pelo futebol rápido e objetivo dos águias. Resultado: 2×0, com gols de Sánchez e Vuoso, ambos marcados no início de cada etapa. O tricolor uruguaio bem que tentou se atirar ao ataque no início do jogo, bem ao estilo do treinador J. R. Carrasco, mas o esquema com três atacantes abriu léguas entre os homens de frente e o meio-campo, permitindo que os mexicanos passeassem em campo, principalmente no segundo tempo, após o segundo gol mexicano, marcado aos 4 minutos, num chute vagaroso e distante de Vuoso que o goleiro Burián pegaria se fosse 2cm mais alto ou 2s mais rápido. (mais…)

16/02/2011 at 11:33 21 comentários

Especial Libertadores – grupo 6

Quatro times em busca da dignidade perdida

Um boliviano rebaixado, um equatoriano tentando encontrar a identidade, um mexicano que caiu de paraquedas e um brasileiro tentando acordar de um cruzado no queixo, desferido por um boxeador congolês chamado Mazembe. Esse é o cenário do grupo 6, que estreia nesta semana: todos querem fazer da Copa Libertadores uma reconciliação com o mundo do futebol, ainda que para o Inter só um desastre não resulte na classificação. (mais…)

16/02/2011 at 05:00 21 comentários

Especial Libertadores – grupo 5

Bandanas bem amarradas no caminho do futebol bailarino

A Morena Hari Gari caiu na bossa nova, mas será que só vai dar ela? Finalmente, chegou a hora do Santos jogar futebol de verdade: o momento mais aguardado por todos os brasileiros desde o Mundialito de 1981. O que se espera é que o time de Neymar, Ganso e seus comparsas tenha mais sorte do que teve o time de Diego, Robinho e seus comparsas em 2003: encantou o mundo, mas arrepiou diante de Schiavi, Riquelme, Schelotto e o Boca Juniors todo. Desafiam o Santos nesta primeira fase os tradicionais Colo-Colo e Cerro Porteño, além do ruim porém tradicional Deportivo Táchira. O embate inicia hoje, com Táchira x Santos (21h45). Na quinta, teremos Cerro Porteño e Colo Colo (21h). (mais…)

15/02/2011 at 15:24 14 comentários

Especial Libertadores – Grupo 4

Três operários contra um gigante que não se assume

Se há uma chave com um favorito INCONTESTÁVEL nesta primeira fase de Libertadores, é o grupo 4. Único clube a vencer uma edição da Copa, os argentinos do Vélez Sarsfield não chegam a envergar uma jaqueta pesada, mas devem fazer valer sua PUJANÇA diante dos chilenos do Universidad Católica e Unión Española e dos venezuelanos do Caracas. Estas últimas três squadras, aliás, devem promover uma verdadeira carnificina pela segunda vaga. A chave abre os trabalhos hoje com Vélez e Caracas (20h30), e amanhã jogam Unión Española e Universidad Católica (19h45). (mais…)

15/02/2011 at 12:11 11 comentários

Especial Libertadores – Grupo 1

De milagre eles entendem

Once Caldas e Libertad chegam à Libertadores com credenciais por serem os atuais campeões nacionais e pela boa figura que têm feito no cenário sudaca. Já são os favoritos para passar de fase no grupo 1. “Ok, vão passar de fase, mas, para brigarem pelo título, precisarão de um milagre”, argumentará um incauto. Acontece que, de milagre, eles entendem. Os demais clubes do grupo, Universidad San Martín, do Peru, e San Luis, do México, conseguiram passar de fase em edições recentes da Libertadores. O grupo não deve ser, portanto, uma barbada para colombianos e paraguaios. Hoje temos San Luis e Libertad (23h45). Na madrugada de quarta para quinta (0h15), Once Caldas e San Martín. (mais…)

15/02/2011 at 05:00 22 comentários

O Rei da Praia

Boavista e Nova Iguaçu duelavam feito Rocky e Apollo na tarde do último domingo. O time de Saquarema e seu rival da Baixada Fluminense jogavam por uma possível, ainda que difícil, classificação para as semifinais da Taça Guanabara. O Resende enfrentava o líder do grupo Flamengo com a classificação nas mãos, apenas confiando que nenhuma tragédia lhe ocorreria baseado (certamente) em um trabalho bem-feito pelos ORIXÁS. (mais…)

14/02/2011 at 16:31 8 comentários

A dose certa

É fácil apontar o dedo e dizer que Ronaldo ‘parou na hora errada’. Difícil é o craque saber quando parar. Quando você está bem, como esteve Ronaldo no primeiro semestre de 2009, sempre quer dar mais. Não conseguindo jogar como antes, briga com o corpo para tentar se redimir e, aí sim, ‘acabar por cima’. Mas tudo o que consegue é se afundar mais. (mais…)

14/02/2011 at 13:18 78 comentários

Oito perdidos numa tarde de verão

Enquanto a maioria das transmissões televisivas e radiofônicas ignorava o dantesco embate entre Ypiranga e Veranópolis, a rodada derradeira do SALSICHÃO 2011 transcorria com relativa emoção nas outras canchas. No entanto, infelizmente para o futebol gaúcho, o domingo culminou com a passagem de quatro times de Porto Alegre, dois de Caxias e mais Veranópolis e Ypiranga. Muito pouca abrangência geográfica para um campeonato que se pretende ESTADUAL. (mais…)

14/02/2011 at 05:00 26 comentários

Posts antigos Posts mais recentes


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker