Juarez, O Ilusionista

24/02/2011 at 05:00 126 comentários

Corria o início do segundo tempo, o Internacional vencia LOS FELINOS de Chiapas por 2 a 0, resultado que já garantia a liderança do grupo 6, e parcela significativa dos 26 mil colorados presente naquele Beira-Rio pela metade e com cara de Arena da Baixada vaiava de forma contundente seu treinador. Quando a conta fechou, o placar apontava 4 a 0, e parte não desprezível da torcida reclamava da atuação do time.

Pode ser difícil de acreditar, mas os colorados não estavam hipnotizados por algum xamanismo meridional, não deliravam por completo, ainda que em grande parte a DESCOMPOSTURA pública carregasse resquícios do passado recente – Mazembe, Emelec, Inter B e, sobretudo, o desprezo ao bigode.

Mas é fato que a larga goleada do Internacional pode passar a impressão de uma atuação AVASSALADORA, coisa que não aconteceu em qualquer FRAGMENTO do jogo. Pois como todo time mexicano, logo ordinário, a equipe treinada por José Guadalupe maneja a bola de um lado para o outro até provocar ânsia de vômito em quem estiver assistindo. Pouco ameaçava e quando o fazia era apenas através de disparos da intermediária, além de uma cabeçada defendida por Lauro.

Enquanto isso, a squadra rotheña observava bovinamente, resignada com aquela demonstração de improdutividade dos filhos de Guadalupe. Volta e meia, puxava um contragolpe, mas a presença de dois atacantes de referência – Cavenaghi e Damião – arrruinava qualquer possibilidade de desfecho positivo. O time todo, na verdade, era de uma TORTIDÃO perturbadora.

Mesmo que os principais destaques da primeira etapa tenham sido Bolatti e Zé Roberto, o meio-campo não conseguia se articular. Errava passes em demasia, não se aproximava. Nosso imberbe treinador colocou Guiñazu na meia-esquerda, disse que no Libertad ele atuava assim. Quando eu tinha dez anos, eu também gostava de jogar na ponta-esquerda, pois meu ídolo era EDU LIMA.

Era gritante a necessidade de sacar Mathias, recuar Bolatti e Guiñazu e colocar Andrezinho ou qualquer outro ser vivo. Mas estamos todos loucos, com olhos esbugalhados diante da lucidez anormal de Hot. Assim, apenas as bolas paradas podiam nos salvar. O volante Bolatti marcou os dois primeiros golos, o segundo após uma bela troca de passes de cabeça  que passou por Índio e Cavenaghi (um coitado, correndo como BEN JOHNSON, mas no lugar errado).

Quando, no início do segundo tempo, o time vencia por 3 a 0 e a torcida APUPAVA o impávido Juarez, o Internacional apresentava um desempenho no limite do miserável, sem conseguir trocar quatro passes, medonhamente administrando o resultado, enquanto os fanfarrões da SELVA deviam ter uns 93% de posse bola.

Não fosse pelo gol de Damião, mais uma vez após cobrança de falta, o que acabou arrefecendo o ímpeto ICONOCLASTA da torcida, as coisas poderiam ficar realmente desconfortáveis para comissão técnica e diretoria. Muitos COMUNICADORES gostam de dizer que o “torcedor é passional” (na verdade, um sinônimo para “burrice”) quando querem desvalorizar qualquer manifestação das arquibancadas. Bem, a maior prova de que torcida tem senso crítico é vaiar o time quando está ganhando. Não, a torcida não desvincula resultado de desempenho.

Ao término do jogo, Oscar, que até agora não me convenceu, parece um Kaká subnutrido com púbis arriado, ainda guardou um golaço, com um petardo rasante da intermediária. Mas nessa altura até Alecsandro já estava quicando os glúteos na grande área, o que torna inviável qualquer análise derradeira.

As fotos são de Alexandre Lops.

Saudações,
Douglas Ceconello.

Anúncios

Entry filed under: Libertadores.

Raposa em cancha reta Seguimos todos desesperados

126 Comentários Add your own

  • 1. Yoda  |  24/02/2011 às 06:47

    Primeiro lance do Castor e ele estava onde? Atrás do zagueiro. A vida segue seu rumo natural. Três semanas de pausa para escalar os mesmos jogadores e tática. Tô pagando pra ver.

  • 2. Guilherme  |  24/02/2011 às 07:02

    Chorei de rir com o texto!

    Eu esperava (leia-se torcia) que a torcida colorada demorasse um pouco mais pra perceber que o Roth é uma farsa.

  • 3. Luís Felipe  |  24/02/2011 às 07:48

    não vai faltar gente (Maurício Saraiva já disse, inclusive) para dizer que a entrada de Cavenaghi estragou o time.

    arrisco dizer, contudo, que o Inter não teria feito 4×0 sem o argentino na frente. A articulação era um fiasco no que eu consegui ver do jogo (30 mins do 1º tempo e a partir dos 20 do segundo) e não fosse a dupla de ataque segurar a bola por alguns momentos, teríamos problemas muito sérios.

    no mais, que grande contratação está saindo esse Mario Bolatti. Eu achava que nenhum primeiro volante valia a grana que o Inter pagou por ele – mas o argentino é jogador de inteligência rara.

  • 4. Luís Felipe  |  24/02/2011 às 07:49

    outra coisa: fico muito contente em ver a recuperação do Sorondo.

  • 5. Ismael  |  24/02/2011 às 08:18

    Obrigado Douglas!!

    Tava com tudo isso entalado na GOELA!

    Posso assinar embaixo?
    Valeu!!!!

  • 6. Ismael  |  24/02/2011 às 08:21

    #3

    Estenda o que tu viu por 90 minutos, LF… o Inter não conseguiu SEQUER ter a bola, quanto mais articular qquer coisa

    Mas enfim, daqui a pouquinho vai aparecer alguém me chamando de amargo (oi, tanque)… ahsuhsuahsu

  • 7. Bruno Lorenz  |  24/02/2011 às 08:27

    Alecsandro voltou pro time? ahahahahahaa, VELHO, Celso Roth MONSTRO sagrado.

  • 8. Allan Garcia  |  24/02/2011 às 08:44

    Sem Tinga e D’Alessandro, e com Andrezinho preterido, até o mais otimista sabia que a atuação seria assim. Talvez só não esperasse a goleada…

    Depender do Guinãzu e do Zé Roberto como cabeças pensantes do meio-campo é fazer votos de pobreza… Os dois gostam muito de pegar a bola e sair correndo pra um lado, sem levantar a cabeça, sem pensar o jogo.

    O Bolatti perdeu a bola e armou o contra-ataque dos jaguaras por três vezes… Mas levando em consideração que é só o segundo jogo, parece óbvio que quando o Tinga voltar, vai ser Bolatti-Guina-Tinga-D’Ale, e o Mathias vai ter que voltar pro banco. Que cara ruim, pelo amor de deus…

    Cavenaghi também me pareceu muito bem, dentro é claro dos limites do time… Voltou pra buscar o jogo, se apresentou várias vezes como opção na direita, tabelou, correu, apertou a marcação… A bola é que nunca chegava, ou quando chegava era sempre torta.

    Agora é só torcer para o Roth ser demitido nessa intertemporada (ns)…

  • 9. Cassol  |  24/02/2011 às 08:59

    Que bagunça o meio-campo do Inter.

    Mas a questão mais importante é: quantos Damián Manso existem no futebol latino-americano?

  • 10. Luís Felipe  |  24/02/2011 às 09:02

    é o mesmo, Cassol. Por incrível que pareça.

  • 11. dante  |  24/02/2011 às 09:05

    GOLATTI.

  • 12. Caco  |  24/02/2011 às 09:07

    Não dá para esquecer a bela atuação do Kleber ontem, a lateral esquerda foi o desafogo dos raros momentos de posse de bola do meio campo colorado. E o Guiña fez o que ele sabe melhor: cavar faltas perto da área desabando como um saco de ruffles (créditos?) – tudo estratégia pensada pelo grande Celsão, o Sun Tzu dos gramados brasileiros.

  • 13. arbo  |  24/02/2011 às 09:15

    o esquema não foi de todo bom, mas bota o d’alessandro e o tinga nisso aí e vcs entram pro grupo dos favoritos até com a ausência do bigode

  • 14. emedinapf  |  24/02/2011 às 09:28

    Não vi o jogo, minha secação só inicia mais tarde.
    Todavia, não entendo a raiva contra o Roth.

  • 15. Gabriel  |  24/02/2011 às 09:30

    “uma bela troca de passes de cabeça que passou por Índio e Cavenaghi”

    Sorondo e Cavenaghi, na verdade.

    desculpa me meter.

  • 16. Cassol  |  24/02/2011 às 09:32

    Sim, LF, o que impressiona é a RODAGEM do sujeito. Não duvido que, depois da eliminação do Jaguares, ele não venha a assinar com o GLÓRIA.

  • 17. Carlos  |  24/02/2011 às 09:32

    Depois sou eu o amargo.
    Ganham de 4 e reclamam.

    ÇALKSDKÇLSAKÇDASÇKLDKÇASKÇL

    Fiquei vendo Flu x Nacional, bom jogo.
    Esses mexicanos nem valiam a secada.

  • 18. Tiago Marcon  |  24/02/2011 às 09:34

    “Nosso imberbe treinador colocou Guiñazu na meia-esquerda, disse que no Libertad ele atuava assim. Quando eu tinha dez anos, eu também gostava de jogar na ponta-esquerda, pois meu ídolo era EDU LIMA”
    Ceconello MESTRE

  • 19. Tiago Marcon  |  24/02/2011 às 09:36

    Por favor, me assegurem que ele não vai mais escalar o Guina de MEIA ESQUERDA.
    Celso Pardal Roth: seu time ainda vai ser treinado por ele

  • 20. Anônimo  |  24/02/2011 às 09:37

    O Roth tem um aproveitamento admirável em jogos “perdeu, está fora”. Impressionante…

  • 21. Anônimo  |  24/02/2011 às 09:38

    Como Roth ficou, Ceconello nos brindou com um texto digno de derrotas coloradas…

    Sanchotene

  • 22. Gustavo  |  24/02/2011 às 09:41

    Disse que o Ceconello faz seus melhores textos em derrotas do Inter. Me enganei, esse também pode ser incluído nesse rol. Sensacional!

    Jogador precisa ter RABO também. O primeiro gol do Inter foi de uma sorte tremenda, pois a bola estava indo para as mãos do goleiro e o zagueirinho resolve meter a PERNOCA e desviar.

    Ah, e jamais imaginei que o meu “AMARGO” da semana passada renderia até agora. rshrslhs

  • 23. Gustavo  |  24/02/2011 às 09:44

    #20: parece que a única forma do ROTHWEILER ter algum rendimento razoável é deixá-lo CONSTANTEMENTE com a CORDA NO PESCOÇO.

    Isso explica porque vaiamos o sujeito em praticamente TODOS os jogos do Grêmio em 2008, mesmo quando estávamos ponteando o certame.

  • 24. Carlos  |  24/02/2011 às 09:53

    Agora falando sério mesmo, gostaria de entender.

    Pq a Gaucha mete pau no Roth e a bandeirantes agora elegeu o roth um gênio incompreendido?

    O gordo aquele (meu ídolo!) fica todo irritadinho qdo elogiam o Renato, e sempre dá um jeito de jogar a bola do roth lá no alto…chega a ser engraçado…
    Algum dos nobres jornalistas aqui sabe qualé q é?

  • 25. Vinicius  |  24/02/2011 às 10:08

    #24 O joão garcia está sendo racional nesta parte. Renato tem sido acima do bem e do mal para a imprensa. mas estão criando um monstro. Já o Roth é cirticado por TUDO o que fez. porque tão ao ceu e tão a terra?

    A diferença deles é ABISSAL? não né, para a RBS sim. é isso que o Joao Garcia quer comentar.

  • 26. Paul  |  24/02/2011 às 10:21

    A diferença pode não ser abissal, mas pelo menos um deles não é CAGALHÃO.

    Pensando bem, só este fato já se constitui numa diferença abissal.

  • 27. Paul  |  24/02/2011 às 10:23

    “Mas estamos todos loucos, com olhos esbugalhados diante da lucidez anormal de Hot.”

    Eu queria saber daonde o Douglas tira essas coisas.

    E se ninguém vai falar, eu falo: ducaralho a relação título / fotos do Bolatti FLUTUANDO.

  • 28. LOL  |  24/02/2011 às 10:24

    A diretoria do Inter insiste em dizer que a insatisfação da torcida é por conta do fracasso no mundial, combinada com a recente eliminação do Inter B.

    Ou são cegos e surdos ou tiram a torcida para PASSIONAL (Burra).

    Colocar Guinazu de 3º homem, Bolatti de 2º Volante, manter o Espetacular….jogar com o Damião ABERTO na direita no segundo tempo…fazer alteração esdrúxulas….nada disso é lavado em consideração?

  • 29. Alexsander  |  24/02/2011 às 10:25

    Wilson Mathias é um injustiçado. Desarmou TROCENTAS vezes, saiu jogando simples em quase todas. Perdeu a bola uma ou duas vezes e foi xingado. Outros erraram muito mais.

  • 30. Anônimo  |  24/02/2011 às 10:27

    O Renato está sendo criticado, mas ele pegou o clube na m… e pôs na Libertadores. Então, estão lhe dando o benefício da dúvida, apesar das críticas por querer mudar o esquema que deu certo no ano passado.

    Já o Celso, depois da Libertadores, teve toda a paz do mundo para trabalhar até o Mundial. Perdeu. O que decorre é conseqüência.

    Sancho

  • 31. Guilherme  |  24/02/2011 às 10:28

    .26

    Paul falou e disse.

  • 32. LF  |  24/02/2011 às 10:54

    #30

    perfeito

  • 33. Eduardo  |  24/02/2011 às 10:58

    #30
    sem contar que o Renato não faz o óbvio. Ele jogaria contra um time fraco em casa e meteu 1 volante. enquanto isso, há outros que colocam 3.

  • 34. Francisco Luz  |  24/02/2011 às 11:01

    Wilson Mathias é um injustiçado. Desarmou TROCENTAS vezes, saiu jogando simples em quase todas. Perdeu a bola uma ou duas vezes e foi xingado. Outros erraram muito mais.

    Achei que só eu tinha visto esse jogo.

    Mas, dito isso, ele não tem bola para ser titular. Coloca Bolatti – Guiña – Tinga – D’Ale e pronto.

    Zé Boteco é até bom jogador, mas com o D’Alessandro de volta ele só tem condições de jogar se for junto do ataque. Talvez seja melhor ele do que o Cavenaghi ao lado do Damião, mas o argentino é bem mais inteligente – o Zé é meio PANGÓ, pensa sempre numa jogada meio nada a ver que, às vezes, funciona.

  • 35. Rudi  |  24/02/2011 às 11:10

    O roth vai colocar o meio com 5
    mathias, bolatti, guinazu, tinga, e d’ale, e vai ficar só o damião, ou o cavesemgol ou o castor (mais provável) sozinho na frente
    seremos eliminados nas oitavas por um time qualquer do suriname (ns)
    ele vai, contratam o nestor simeonatto e a gente briga pra não cair no brasileiro
    a vida é foda

  • 36. papagaio  |  24/02/2011 às 11:12

    para quem perguntou o pq da gaucha tratar renato como genio, enquamto a band pinta o roth como coitadinho: tem jornalista da gaucha na folha de pagamento do odone, e gente da band recebendo mesada do luigi. simples.

  • 37. Logan  |  24/02/2011 às 11:17

    Edu Lima hoje é comentarista de uma rádio aqui na Bahia.

  • 38. Guilherme  |  24/02/2011 às 11:19

    .34

    O problema desses casos, já me metendo, é que não é culpa do guri. Às vezes ele tem potencial mas é queimado por treinador imbecil.

    O Fabio Santos no Grêmio era igual, ele joga legal até, poderia ser útil, mas a mula do Silas colocava ele e deixava o Lúcio no banco. É pedir pra torcida pegar no pé do cara.

    Jogador que é mal escalado e toma vaia, a responsabilidade é TODA do treinador.

  • 39. Álisson  |  24/02/2011 às 11:19

    Tenho um amigo gremista que disse que se o Celso Juarez voltar a treinar o Grêmio ele rasga a carteira de sócio, cancela o pague-para-ver, coloca as camisas em uma caixa, e só volta a acompanhar o time quando o desgraçado for embora.

    Esse é o problema do Roth. Todos os jogos ele consegue fazer alguma coisa, pequena ou grande, pra irritar a torcida. Isso sem falar nas entrevistas, na arrogância. Ele rotheia tanto que o cara pega nojo, não consegue nem ver. A torcida do Inter chegou nesse ponto também.

  • 40. Carlos  |  24/02/2011 às 11:31

    #39
    Tenho um amigo assim. Enqto o roth tava treinando, ele não ia.
    Continua não indo, mas agora é pq a mulher proibe.
    Pau mandado do inferno…

    #36
    Eu já sabia disso, só não sei se é verdade.

  • 41. Eduardo  |  24/02/2011 às 11:31

    #39
    o problema do Roth é que ele faz com que tenhamos que torcer pro próprio time POR OBRIGAÇÃO, e não por PRAZER.

  • 42. Fernando Cesarotti  |  24/02/2011 às 11:34

    Vou me juntar ao Carlos, putaquepariu, mas cês são corneta, hein? Queria ver os colorados sofrendo com ADRIANO MICHAEL JACKSON e TINGA GENÉRICO, já teriam arrancado as cuecas e pulado em cima [ns]

  • 43. Fernando Cesarotti  |  24/02/2011 às 11:37

    Eu me lembro bem da passagem de Juarez pelo Palestra, em 2001. Começou bem, levando o time até às semifinais da Libertadores, e era um time bem sofrível, liderado por LOPES CHEIRADOR e Alex. Mas ele também fez das suas no jogo de volta contra o Boca, tirando do nada um ARGÉLICO que não jogava havia dois meses pra marcar individualmente o Riquelme, que acabou com ele. Na hora em que Mr. Fucks achou Román, acertou-lhe uma no meio das fuças e foi expulso direto.
    Daí no segundo tempo, ele sacou o Fábio Júnior, que fazia sua melhor partida pelo Palmeiras, e colocou o BASÍLIO, que anulou o ataque e ainda perdeu um pênalti. Aí não dá pra ser feliz.

  • 44. Guilherme  |  24/02/2011 às 11:41

    .43

    ahjhgsdjagsdjag

    Alguém deveria compilar essas histórias sobre o Celso Roth. Devem ter milhares.

  • 45. Tiago  |  24/02/2011 às 11:59

    Por que havia tão poucos torcedores no Beira-Rio? As obras ocupam todo esse espaço do estádio?
    Me impressionei também com o público do Engenhão: 10 mil pessoas. Se for olhar esse lado, a presença no campeonato gaúcho não é tão baixa.

  • 46. Gabriel R.  |  24/02/2011 às 12:02

    44

    Boa guilherme, poderia juntar torcedores de palmeiras, sanos, galo, inter, gremio, vasco e fazer um LIVRO SOBRE AS HISTORIAS do Roth, certamente ganharia um OSCAR(NS)

    Cesarotti, o palmeiras virou o time dos genericos, CICINHO, RIVALDO, TINGA, MICHAEL JACKSON….

  • 47. marlon  |  24/02/2011 às 12:02

    #45
    Chuva. E havia uma PISTA DE MOTOCROSS em parte do estádio.

    (Suelen foi visto dividindo uma ceva mocosada com Moronguinho nas cercanias)

  • 48. Gabriel R.  |  24/02/2011 às 12:06

    Ah, LF concordo sobre o Sorondo. O Mathias não foi mal ontem, a culpa não é do cara e sim do Roth, que tem a chance de montar um puta meio e INVENTA o guina na ponta esquerda… resultado mais MENTIROSO da historia.

    Damiao vondno baixo, deu uma caneta num vivente, veio o zagueirao com tudo e foi lançado longe. Incrivel.

  • 49. Lucas Cavalheiro  |  24/02/2011 às 12:29

    Zé Roberto é o Fabiano Cachaça RELOADED.

    Ontem, em algumas jogadas de linha de fundo, cruzando rasteiro pra trás, me veio ao pensamento os idos de 1997.

    No trago e na pança já são iguais.

  • 50. Rudi  |  24/02/2011 às 12:29

    Cesarotti, o time não é ruim e o resultado ontem foi bom
    mas a gente sofre/reclama porque SABE que o Roth vai fazer a merda a qualquer momento
    NÃO DÁ pra ganhar uma libertadores do começo ao fim com ele… por isso MESMO COM OS 4X0 acho que tem que trocar
    Não acredito que com uma graninha justa (menos do que o Roth recebe) não dá pra trazer o JR Carrasco e fazer esse time atacar, que é o que tem de melhor de acordo com as características dos jogadores
    (ah, sim, mandem o índio prum canavial)

  • 51. Anônimo  |  24/02/2011 às 12:34

    Re 40

    NÃO PODE DAR MARGEM. Se a mulher se acostumar, f*deu…

    Sancho

  • 52. Wilson Farina  |  24/02/2011 às 12:44

    #49 Acho q nao tem muito a ver. Fabiano era produtivo, fazia muitos gols (só no GreNal dos 5×2 ele deve ter feito mais gols q o Zé Roberto em toda carreira) e criava jogadas, cruzamentos. O Zé Roberto até nao é ruim, mas produz muito pouco de efetivo.

    No mais, vitoria enganadora, visto q até o franguinho fez um golaço. Confirmem o papo do Wianey e botem o Dunga, q melhora.

  • 53. Anônimo  |  24/02/2011 às 12:51

    Se o Inter classifica contra o Cruzeiro, mesmo nos pênaltis, depois dessa goleada, muita gente estaria PIMPONA esperando o Gre-Nal. Ou me engano?

    Abraço,
    Sancho

  • 54. Flávio  |  24/02/2011 às 13:03

    R53
    Sim, mas adotaríamos a tua estratégia: o Inter jogaria com os reservas ontem para poupar os titulares para o clássico.

  • 55. Branco  |  24/02/2011 às 13:04

    Concordo que o Inter não jogou bem ontem, mas não tem nada a ver com o posicionamento do Giunazu.

    Guinazu não foi inventado na meia, ele foi inventado de volante por quase 2 anos. Ele era meia no Libertad, teve sua melhor fase no Inter como meia (Sula 2008, meio campo com Edinho, Magrão, Guina e D’ale). Além disso, faz muitas faltas desnecessárias e corre como um louco atrás da bola, deixando furos na marcação, quando joga de volante. E tem muita qualidade técnica, boa visão de jogo, bom passe, só falta chutar.

  • 56. cornetacolorada  |  24/02/2011 às 13:26

    #37 em que rádio, ô logan?

  • 57. Anônimo  |  24/02/2011 às 13:27

    Re 54

    He, he, he… Engraçadinho!

    Mas aí desaparece a goleada de ontem!

    Abraço.

  • 58. Junior  |  24/02/2011 às 13:43

    Ontem, o Damião tecnicamente jogou muito pior que no Equador, mas fez gol, que é a única coisa que me interessa em um centroavante. Prefiro sempre que aconteça isso, ele jogue “mal” e faça gol, noçao importa como, pode ser até sem goleiro.
    Eu concordaria com vocês em relação às vaias ao Roth se a social (não foi a torcida inteira, foi a social quem “puxou” as vaias) não fosse o setor de estádio mais chato de toda a história do planeta. Com exceção do Pato – talvez porque não tenha dado tempo -, todos os jogadores da base já foram vaiados pela Social, Lúcio, L. Adriano, D. Carvalho, Sóbis, etc. Até o Fernandão foi vaiado por alguns na social quando errou um pênalti contra Ulbra, se eu não me engano. Podem trazer QUALQUER treinador, até o Falcão, que ele será vaiado em 5 ou 6 jogos pela social do Beira-Rio.
    E o Branco tem razão, no Libertad o Guiña era meia. Lembram daquele chute que acertou a trave, as costas do Clemer e foi para fora, lá no Paraguai? Ontem, era não chegou a ser um meia, foi mais um 3º homem, função do Tinga e/ou Giuliano no ano passado.
    E a única coisa que eu concordo com a imprensa é que a maioria dos torcedores não analisa com a razão o seu time. Se o Koff e o Carvalho seguissem a pressão das arquibancadas teriam demitido o Felipão e o Abel. E a história da dupla Gre-Nal seria muito diferente.

  • 59. Lucas Cavalheiro  |  24/02/2011 às 13:46

    #52

    Tivesse alguém pra completar os 2 bons cruzamentos pra trás, teria sido produtivo.

    Mas ele bateu as duas faltas dos gols e o escanteio. Só isso já me é suficiente.

    E segue a Av. Nei. Até quando? Até quando?

  • 60. Junior  |  24/02/2011 às 13:51

    “Bem, a maior prova de que torcida tem senso crítico é vaiar o time quando está ganhando.”

    Esqueci de comentar sobre isso acima. Em relação ao Roth, as vaias são inclusas no pacote. SEMPRE. As vaias não tem muito a ver com senso crítico. Ele foi vaiado na escalação, ANTES do jogo começar. Muitas vezes, vi o Inter jogar tão mal quanto ontem e até pior, mas não ser vaiado. Enquanto o Roth continuar aí, as vaias serão freqüentes. E por qualquer motivo quando o time não jogar uma partida excepcional, como se ele pisar o gramado com o pé esquerdo, usar a camisa para fora da calça, coçar a cabeça, etc.

  • 61. Lucas Cavalheiro  |  24/02/2011 às 13:53

    O grande problema do Roth é que ele não faz o simples, o óbvio.

    Saiu D’Alessandro, coloca outro meia. Oscar ou Andrezinho, tanto faz, mas o Inter sentiu falta de um centralizador, um pensador, coisa que Guiña e Zé Boteco não são.

    Um meio com Bolatti, Mathais, Guiña e D’Alessandro, EM LOSANGO (guina de 3o homem), poderia dar muito certo. Na frente, Zé Boteco, como segundo atacante, aberto na ponta, não como meia, e Damigol (Cavenaghi entrando no decorrer do jogo, tá sem ritmo)

    Isso é o ÓBVIO.

  • 62. beretta  |  24/02/2011 às 13:54

    Zé Robernight e Espetacular Mathias foram bem, sim. Aliás, esse Zé Boteco só sai do time se for no carteiraço. Me lembra, em muito, nosso querido e craque Perdigão (baixinho e gordo), ou seja, tem que ser titular.

    No mais, QUÉ BOLATTI??

  • 63. Anônimo  |  24/02/2011 às 13:58

    Maravilha:

    http://twitter.com/a_esportivo
    @cornetacolorada, ó RT @michel_silva: Direção do Inter é muito inteligente, contratou um atacante e disse para o Celso Roth que era volante.

  • 64. Álisson  |  24/02/2011 às 14:09

    muito boa essa do 63!

  • 65. Marta  |  24/02/2011 às 14:28

    Olha só, muitos pedem o Tinga, mas esse cara TÁ BICHADO. O que precisa é o Inter ter a humildade de JOGAR SIMPLES e com muita PRECISÃO. Não adianta montar 1.550 esquemas, se não tem precisão de CHUTE. PRECISA JOGAR PRA FRENTE, as goleiras NÃO ESTÃO NO MEIO DO CAMPO.
    Será q alguém entende??
    O Dale é grande, bom, faz falta, mas não insubstituivel.
    Por mim podem tirar: TINGA, MATIAS E INDIO… tem mais gente q pode sair e, ao mesmo tempo MUITA GENTE BOA QUE PODE ENTRAR.
    Tchau

  • 66. Niko  |  24/02/2011 às 14:46

    Juarez: Pega tuas trouxas, agrade a Deus por ter sido escolhido para ser campeão pelo INTER e vaza do Beira-Rio! Psicopata du caramba!

  • 67. Álisson  |  24/02/2011 às 14:48

    Lauro
    Nei, Bolívar, Sorondo e Kléber.
    Bolatti, Guiñazú, Oscar (Andrézinho, tinga) e D’Alessandro.
    Cavenaggi e Damião.

  • 68. FC  |  24/02/2011 às 15:46

    É Cesaroti, tem gente que reclama de barriga cheia !!

    Fizemos os mesmo por muitas temporadas qdo o Palmeiras ainda era Palmeiras e tinha times que dignificassem sua história.

    Infelizmente o #46 Gabriel falou tudo, o Palmeiras virou o time dos genéricos.
    Até Felipão, Kleber e Valdivia parecem genéricos dos que conhecemos.

    Abrax,
    FC

  • 69. Junior  |  24/02/2011 às 16:01

    Mais um comentário sobre o comportamento da torcida, ou melhor, da social, ontem:
    As vaias ao Alecsandro ANTES dele entrar em campo foram uma das coisas mais indignas que eu já vi em um estádio de futebol. Obviamente, o Alecsandro não é o centroavante titular de ninguém, mas as vaias que ele recebeu antes de entrar em campo são muito maiores que qualquer coisa relacionada ao futebol. São exemplo da intolerância e idiotice presentes em vários outros campos da sociedade. Aquilo foi um perfeito símbolo de PRECONCEITO. Não consigo enxergar nenhuma explicação plausível para vaiar um jogador de futebol antes dele poder exercer a sua profissão, antes dele tocar na bola. Já escrevi isso aqui, há muitos torcedores frustrados em suas vidas pessoais, que passam 8 horas levando esporro do chefe, chegam em casa, levam esporro da mulher. O único lugar em que eles possuem algum tipo de “poder” é o estádio de futebol, então, eles transformam o que deveria ser apenas um lazer em um local para descarregar todas as frustrações acumuladas em sua vida pessoal.

  • 70. douglasceconello  |  24/02/2011 às 16:02

    O negócio é que ninguém escreve minimamente bem quando está completamente feliz. Só a Martha Medeiros. hufsduf

    Eu não criitquei o Wilson Mathias por ontem. Ele foi bem, mas não pode ficar no time. O time está todo torto, não consegue ter a bola, nenhuma jogada. Nunca vi um time ter tanta posse de bola no Beira-Rio quanto ontem.

    E, de fato, a Editoria de Lambeção de Ovos de Portaluppi tá enchendo o saco. “Olha só. RENATO RIU. Acabou a entrevista com uma GARGALHADA. Me passou a mão na bunda. QUE MUNDO LINDO, esse do Grêmio”. fusdfs

  • 71. douglasceconello  |  24/02/2011 às 16:03

    #69

    “Não consigo enxergar nenhuma explicação plausível para vaiar um jogador de futebol antes dele poder exercer a sua profissão”

    Junior, ele tá tentando exercer o que quer que seja há dois anos e não consegue.

  • 72. FC  |  24/02/2011 às 16:11

    E sobre Juarez… confesso detestei o cabra desde o primeiro dia de Palmeiras (mesmo que ainda usasse seu tradicional bigode).

    Mas nas épocas de Marco Aurélio, Estevam Soares, Jair Picerni, ACZago, Parraga, Levir Culpi, Marcio Araujo, Tite e tive muita saudade de SexyHot.

    Abrax,
    FC

  • 73. dante  |  24/02/2011 às 16:24

    eu tava ontem na social, depois de 5 anos, e vou dizer: NUNCA MAIS.

    sério, aquilo lá não é torcedor.

  • 74. FORA ALECSANDRO  |  24/02/2011 às 16:30

    #69
    “Não consigo enxergar nenhuma explicação plausível para vaiar um jogador de futebol antes dele poder exercer a sua profissão”
    Amigo: Procure um OFTALMO ou abandone o futebol, pois vc nao entende NADA de futebol! Frustrado é vc que PENSA entender algo sobre futebol. Aposto q vc nunca calçou uma chuteira na vida!

  • 75. Junior  |  24/02/2011 às 16:33

    Douglas, piadas à parte, já vi coisas muito piores que o Alecsandro usarem a 9 do Inter. Gostemos ou não, a passagem dele pelo Inter (ele vai embora em breve, isso é obvio, virou reserva do reserva) esteve muito longe de ser um fracasso. Fez 54 gols e foi campeão da Libertadores. Repito, aquele tipo de vaia é muito maior que gostar ou não de qualquer jogador. Aquilo é preconceito, quem faz aquilo em um estádio de futebol pratica preconceito em outros momentos da vida. Aquilo chama-se estupidez humana.
    Dante, penso exatamente a mesma coisa. Ainda bem que o novo Beira-Rio terá mais áreas cobertas e em dias de chuva não será preciso mais ir na Social.

  • 76. Niko  |  24/02/2011 às 16:35

    Assim como tem jornalista da RBS que esta na folha do gremio (Baldasso declarou no Debate da Reportagem da BAND), o #69 deve estar na folha do ALEcCONE, pois somente parente ou funcionário para defendê-lo! Existe uma cláusula no contrato do CONE que o impede de antecipar uma jogada ou fazer DIAGONAL dentro da área. Alecsandro: PIOR CENTROAVANTE DA HISTÓRIA DO INTER.

  • 77. Junior  |  24/02/2011 às 16:36

    O #74 é um ótimo exemplo do que eu falei. Cara, te recomendo sexo. Ficarás mais tranquilo, mais leve. Tuas frustrações acabarão e a vida vai ficar bem mais gostosa, ushjfgdfgsd.

  • 78. Frei  |  24/02/2011 às 16:36

    O Inter podia contratar esse goleiro do Jaguares.

    Segue o estilo dos nossos goleiros recentes: nenhuma defesa. Chutou, é gol.

  • 79. Rudi  |  24/02/2011 às 16:42

    O AleCone não tem em hipótese alguma bola pra merecer a 9

    Mas daí pra ser o pior centroavante da história do Inter é um pequeno exagero…

    Pelo menos pra quem viu as NABAS que vestiram a 9 nos anos 90…

  • 80. Junior  |  24/02/2011 às 16:50

    #78, o Lauro foi bem ontem. Quando estava 0x0, salvou o Inter em uma cabeçada do atacante jaguatirica.

  • 81. Prestes  |  24/02/2011 às 16:53

    Foi bem o Espetacular ontem. Mas joga qualquer jogo como se fosse um amistoso. Meio desinteressado. Perde umas bolas ridículas. Tá progredindo um pouco, anda mais combativo.

    Acho que o Cavenaghi pode jogar aberto, não é lento, gosta de correr.

  • 82. FORA ALECSANDRO  |  24/02/2011 às 16:55

    Por que não existe nenhum gol de contra-ataque durante a (maldita) passagem do Alecsandro no INTER? Porque ele está sempre dentro da nossa área “ajudando” a zaga. Baita vigário! Desce pra se esconder e não ter a RESPONSA de puxar contra-ataque! IMAGINEM O PAVOR DELE… ENTRAR NA ÁREA ADVERSÁRIA, SOZINHO, COM A BOLA DOMINADA TENDO A OBRIGAÇÃO DE FAZER O GOL! #77 Dos 54 gols que o Cone fez, METADE foram de penalti. Dos 50% restantes, 70% foram gols INÚTEIS (os 2 gols da final da Copa do Brasil são um exemplo claro: Não serviram para nada, apenas para BENEFÍCIO PRÓPRIO, ou então, para iludir trouxas como você e o #69). Deve ter sobrado uns 12 ou 13 gols… Pro meu gosto isto significa ser o PIOR DA HISTÓRIA! Mas respeito a opinião de vcs, só não venham com este papinho pseudo intelectual de torcedor frustrado ou de falta de sexo, porque este espaço é sobre FUTEBOL!!!

  • 83. J Petry  |  24/02/2011 às 16:56

    O Lauro foi ÓTIMO, se considerarmos o desempenho recente de goleiros do Inter.

  • 84. Prestes  |  24/02/2011 às 16:56

    O Lauro sofre homofobia entre os torcedores do Inter.

    Foi execrado em 2009 quando, depois de um ano e meio como titular, levou seu primeiro frango, contra o Barueri. Um frango e foi execrado.

  • 85. Junior  |  24/02/2011 às 16:57

    “Pelo menos pra quem viu as NABAS que vestiram a 9 nos anos 90…”

    Rudi, obrigado por me fazer lembrar do Anderson Barbosa, rsrs. Acho que deve ser o ÚNICO centroavante que não conseguiu fazer um ÚNICO gol pelo Inter. E foi apresentado pelo Záchia brother, nosso então vice de de futebol, como um grande artilheiro. A coloradagi podia fazer a lista dos centroavantes dos anos 90/começo de 2000.

  • 86. Carlos  |  24/02/2011 às 17:06

    Bom, sobre a tal folha de pagamento gremista na RBS, sugiro ouvir qquer programa de esportes da bandeirantes. Mais chapa-branca colorada, impossivel. O gordo joão garcia nem faz muita força pra disfarçar. É só alguém elogiar o renato q o gordo começa a bufar no microfone, chega a ser engraçado. E ele é tão burro, mas tão burro, q começa um discurso de 10 minutos sobre o renato e termina falando de…sei lá, a libia.
    E esse baldasso é um dos maiores filhos da puta de toda a história do jornalismo esportivo. Ninguém me contou, eu vi. Grêmio x goiás, gremio invicto há duzentos anos no olimpico e perdemos de 2×1, ae fudeu o campeonato de vez….de noite tive q levar dona denise numa porra dum show daquele argentino xarope q só mulher gosta (Fito paez) naquele forno do pepsi on stage. Eis q me chega esse rapaz com um boné da AFA, uma camisa da argentina, falando portunhol pra turminha dele e dando risada pq o gremio “se fudeu”. Eu ouvi ele dizendo isso, ninguém me contou.

  • 87. Prestes  |  24/02/2011 às 17:08

    O cara que dá risada porque o Grêmio se fudeu é um cara de CARÁTER, Carlos, uyhsahsdasdadhsuhsduhdusadhsuhu

  • 88. Flávio  |  24/02/2011 às 17:09

    R85
    Luiz Gustavo cafungador
    RobGol
    Anderson Barbosa
    Oséas
    André cafungador
    Gustavo Papa
    Rodrigão
    Fernando Baiano
    Leonardo Manzi
    Zezinho Romário
    Homem de Pedra
    Leandrão

  • 89. Flávio  |  24/02/2011 às 17:10

    E mais Scott, Manoel…

  • 90. Rudi  |  24/02/2011 às 17:10

    Anderson Barbosa
    RobGol
    Washington (sim, o coração valente)
    Itamar
    Leandro Machado
    Jéfferson Feijão
    Paulo Diniz
    Fábio Pinto
    Nando
    Alex Rossi

    Porque não to muito a fim de pensar e pra ficar só nos atacantes mesmo

  • 91. Flávio  |  24/02/2011 às 17:11

    Teve o Lê, não o meia q veio do Flamengo, mas um atacante que disputou posição com Lima e Gérson no início dos anos 90.

  • 92. Rudi  |  24/02/2011 às 17:11

    O AleCone é um bosta, mas todos estes juntos não dão um cone

  • 93. Carlos  |  24/02/2011 às 17:12

    Tinha que acabar com essa putaria de “jornalista isento” q impera nessa joça. Um dos caras q eu mais prezo, sem duvida nenhuma, é o guerrinha. Até pode falar umas merdas, coisas q a gente não concorda, mas é um cara imparcial sem ser isento.
    O resto ou é vendido ou é filho da puta.

  • 94. Junior  |  24/02/2011 às 17:14

    Leandro Machado não merece estar nessa lista, ele teve bons momentos.
    Lembrei do Marco Aurélio, o “genro”. Sério, quando vi aquele cara jogando, pensei que jamais o Inter conseguiria se reerguer.

  • 95. Flávio  |  24/02/2011 às 17:16

    E o Jean, bruxo do Abelão, que jogou aqui em 2007?

  • 96. Wilson  |  24/02/2011 às 17:18

    Jornalista ISENTO eh palhaçada! Parabéns aos jornalistas que dizem de peito aberto para qual time torcem. Frase do Renato Marsiglia: “No RS, jornalista é tudo filho de chocadeira!” Faltou ele dizer que árbitro de futebol tb eh…

  • 97. Tiago  |  24/02/2011 às 17:19

    Po, eu gostava do Papa. Na fase boa ele tava metendo um gol por jogo.

  • 98. J Petry  |  24/02/2011 às 17:21

    #94: Apoiado. Teve uma época que o Leandro Machado foi cogitado, a sério, para a seleção brasileira. E o Washington não teve nem chance porque se lesionou.

  • 99. Schmidt  |  24/02/2011 às 17:21

    Isso aqui tá ficando um saco. Ninguém mais briga aqui nos comentários? Fica um puxando o saco do outro, que coisa triste, parece até churrasco de igreja…

  • 100. Tiago  |  24/02/2011 às 17:21

    E concordo com o Junior. Vaiar o jogador antes de entrar em campo não dá. Qual vai ser a motivação do profissional de continuar treinando no clube (e enquanto ele estiver no clube estará recebendo). É a mesma coisa que criticar os textos do pessoal do Impedimento antes deles serem publicados.

  • 101. Carlos  |  24/02/2011 às 17:21

    Muito pior do q ser jornalista “torcedor” é ser vendido e levar bola pra só falar bem de A,B ou C…

    Seja do gremio, seja do inter.

  • 102. Carlos  |  24/02/2011 às 17:22

    #99

    VAI TOMAR NO TEU CU ENTÃO.

    çlaskdçasdkçasdkaskçldakçlsdkçasdkkçl

  • 103. J Petry  |  24/02/2011 às 17:22

    Tinha também o Celso, mas esse se redimiu batendo a falta pro Dunga cabecear.

  • 104. Volkart  |  24/02/2011 às 17:23

    Leandro Machado e Fernando Baiano vocês façam o favor de excluir dessa listinha aí… eram bons jogadores, inclusive pegavam time no colorado de hoje, se bobear.
    Não é porque foi uma década perdida que nada prestava. Inclusive alguns dos maiores jogadores que vi no colorado são dessa década… Gato Fernandez, Gerson, Gamarra, Uh Fabiano, todos ainda me trazem grandes recordações.
    Já o Roth, esse é um BILTRE (tava querendo usar essa palavra e esperando a oportunidade).

  • 105. Junior  |  24/02/2011 às 17:27

    Carlos, não ouço a Band há uns dois anos porque ela só transmite em AM, mas estou surpreso com essa mudança. Afinal, o dono do esporte da Band é o Záchia, oposição ao grupo do Carvalho. Quando a ouvia, o Cabral criticava o Inter sempre. Raramente fazia algum elogio.

  • 106. FORA ALECSANDRO  |  24/02/2011 às 17:28

    “Chegarei na minha melhor forma física e mental!” FRASE DO CONE ÀS VÉSPERAS DO MUNDIAL… Imaginem se não fosse a MELHOR FORMA! Jajajjajaj

  • 107. Rafa Rhoads  |  24/02/2011 às 17:29

    Os grandes treinadores gaúchos tem que passar pela “Síndrome de Cuca”. Tem tudo para serem bons. São trabalhadores, honestos e aguerridos. Mas SEMPRE acabam por CAGAR tudo. Era o caso do Portaluppi, que deixou Vasco/Flu 5 vezes na zona de rebaixamento ao ser demitido. Agora está fazendo um belo trabalho no lado azul. Síndrome de Cuca dura anos e é necessária.

  • 108. FakERN  |  24/02/2011 às 17:32

    vou para o MARKET e TRANSAR!!!

  • 109. FORA ALECSANDRO  |  24/02/2011 às 17:32

    O INTER era o único clube do MUNDO em que o craque, a referência técnica, o MELHOR JOGADOR DAS AMÉRICAS não batia penalti, pois o batedor oficial era o CONE!!! FORA CASTOR VIGÁRIO DA CAMISA 9!

  • 110. arbo  |  24/02/2011 às 17:33

    BÁ, gurizada parece OLVIDAR q aqui no impedimento temos vários exemplos de bons jornalistas ESPORTIVOS. não precisa procurar fora.

  • 111. Anônimo  |  24/02/2011 às 17:35

    Dos 8796 comentários do Carlos no blog, 7689 foi para falar mal de algum jogador ou jornalista, 3450 contra o Tcheco e 16 reclamando do churrasco do sogro. Logo, Carlos Amargo.

    Lanchonete, o estatístico

  • 112. Carlos  |  24/02/2011 às 17:39

    #111

    é issae…eu sou AMARGO, e feliz.

    çlkdaçsdkakçsldkçlaskçldaskçlskçl

  • 113. Anônimo  |  24/02/2011 às 17:42

    Mas, chê, eu não citei um número sequer!

    Sou (estou?) inocente nessa…

    Abraço,
    Sancho

  • 114. arbo  |  24/02/2011 às 17:46

    tu não solta pq tu te apega nos números, sancho slkglkalk
    aí, o Schmidt fez a revolução, baita trouxa fsdçalgçl

  • 115. Rubens  |  24/02/2011 às 17:48

    109- O D’Alessandro errou pênaltis no Inter. O Alecsandro não. Por isso, ele era o batedor de pênaltis.

  • 116. arbo  |  24/02/2011 às 17:50

    “tu não solta pq tu te apega nos números”

    NS, eu achei q o sancho tinha falado “eu não SOLTO”. I’M DRUNK

  • 117. Anônimo  |  24/02/2011 às 17:59

    Re 116

    Se não falas, ninguém perceberia…

    Sancho

  • 118. marlon  |  24/02/2011 às 18:11

    “tive q levar dona denise numa porra dum show daquele argentino xarope q só mulher gosta (Fito paez) naquele forno do pepsi on stage.”

    hkdjhjkdhdkdkljhdjld

    e Tinga tá bichado mesmo. tira o Nei “5 de Mayo”. Bolatti, Guiñazú, Oscar e D’Alessandro – como mola, chaval.

  • 119. Ernesto  |  25/02/2011 às 00:12

    Eu ouvi esse gordo PEDETISTA do Garcia. Corneteando a torcida por cornetear o “MESTRE” Roth.

    Mathias não joga nada. Desarma uma ova. Lento pra cacete. E só passa pro lado.

    Esse treinador é um palhaço. A Band/Zachia OFICIALISTA dizendo que é de graça a indignação com esse Roth. Ele que motiva isso. Quando ajeitou o time e fez o time jogar, na libertadores, a torcida cantou o nome dele. O “FICA ROTH” no grenal do TURNO do Brasileiro 2010.

    Mas aí começa a colocar de titular o Mathias. O cara teve um segundo turno inteiro ano passado, e nao jogou nada. Aí saiu o Taison e ele começou a escalar todo mundo pra fazer o que o Taison fazia, esquecendo que os substitutos não eram o Taison.

    Sem contar a arrogância, gesticular a cada erro do jogador. Retrancar o time e ficar com aquela carinha de desespero quando saiu o gol do Emelec. Tirar um goleiro por falhas, e se abraçar em outro, mesmo que mais frangueiro ainda.

    Colocar Oscar logo no início do segundo tempo, e depois sacá-lo do jogo aos 25 do segundo tempo. Mesma coisa com Marquinhos. E aí, no mundial, substituir sem critério, ficar nervosinho, passando o nervosismo pra equipe. Jogar às feras o mesmo Oscar, o qual jogou dois jogos no brasileiro
    inteiro.

    E tem muitas outras, como o palmeirense disse ali, o Cesarotti.

    Sobre a Social ser o antro das vaias, em 2005, A GRANDE GUARDA COLORADA vaiou Sóbis. Internacional 1 x 3 Glória. E a faixa contra o Roth, ontem, estava na inferior.

  • 120. Ernesto  |  25/02/2011 às 00:15

    Leandro Machado deixa Alecsandro no chinelo. Tinga não jogou nem na Libertadores 2006. Se ausentou nos confrontos contra o Nacional, contra o Libertad.

    E Claiton joga mais que Guinazu, Mathias. Marca melhor que Guina, e joga mais que o “espetacular”.

    E o Fernandinho Beira-rio ? Por onde anda ?

  • 121. Serramalte Extra  |  25/02/2011 às 00:43

    bah… Ernesto pra presidente do inter urgente!

  • 122. arc  |  25/02/2011 às 09:39

    Esse Júnior #69 só pode ser viado…
    E ainda me fez lembrar do Anderson “perna-de-alicate” Barbosa…

  • 123. Niko  |  25/02/2011 às 09:42

    #119 To fechado contigo nessa, irmao! FORA ROTH! João Garcia tah chifrando o FELIPAO com o ROTH!

  • 124. Niko  |  25/02/2011 às 14:02

    #120 Depois que o Gerônimo fechou o bar, Affonsão, Ferandinho Beira-Rio, Zé Comunista e toda a turma da Riachuelo, têm ido no Van Gogh aos sábados de noite.

  • 125. Ernesto  |  25/02/2011 às 19:56

    hashashahahaha. Acho que estás falando de outro fernandinho. eu quis me referir, “carinhosamente” ao Carvalho. Ele, segundo dizem, é o responsavel pela permanência do Roth.

  • 126. Niko  |  28/02/2011 às 09:42

    hahahah De fato, era de outra pessoa!!! ABÇ~!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Só os direitos trabalhistas levaram uma surra maior que o Uniclinic na noite de hoje (9x0 do Náutico, em casa, pela Copa NE). 9 hours ago
  • O problema eterno é o interior confirmar TUDO AQUILO quando chegam os mata-matas. twitter.com/impedimento/st… 9 hours ago
  • Um dos piores Gauchões coletivos da dupla Grenal já vistos: juntos, 18 jogos e apenas CINCO vitórias. 9 hours ago
  • Novo Hamburgo é tão bom que na Espanha já chamam o time do Messi de Barcenóia. Não ouçam quem diz que é o contrário. twitter.com/impedimento/st… 11 hours ago
  • Por falar em Gauchão, em instantes o Grêmio encara o NOVO HAMBURGO, líder isoladíssimo (a 4 pontos do 2º, 5 pontos do Grêmio, 7 do Inter). 11 hours ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: