O Rei da Praia

14/02/2011 at 16:31 8 comentários

Boavista e Nova Iguaçu duelavam feito Rocky e Apollo na tarde do último domingo. O time de Saquarema e seu rival da Baixada Fluminense jogavam por uma possível, ainda que difícil, classificação para as semifinais da Taça Guanabara. O Resende enfrentava o líder do grupo Flamengo com a classificação nas mãos, apenas confiando que nenhuma tragédia lhe ocorreria baseado (certamente) em um trabalho bem-feito pelos ORIXÁS.

O Nova Iguaçu, revelação do campeonato, jogava em casa mas sofreu dois gols sem maior aviso prévio. Enquanto isso, o Flamengo molengava sob o sol de Macaé e garantia um empate preguiçoso diante do Resende, que começava a ver sua vantagem de saldo de gols RUIR através da infeliz defesa do Nova Iguaçu.

Veio o segundo tempo em Nova Iguaçu, que trouxe a reação do time da casa, empatando o certame. O Flamengo tratou de jogar pimenta no drama e marcou seu golzinho sobre o Resende, que subitamente se viu diante de uma FÁBIA TAFAREL nua em seu quarto no justo momento em que aponta no intestino uma diarréia fatal. Dependendo de Boavista e Nova Iguaçu desistirem da peleia sangrenta e combinarem de jogar BRIDGE, os ludopedistas do Resende logo se perceberam nadando num rio de fortes emoções quanto o infernal ataque boavistense fez seu terceiro tento naquele tarde.

Na outra chave, Botafogo e Fluminense faziam suas partidas contra Macaé e Madureira, respectivamente, na obrigação de vencer para encarar Resende, Boavista ou Nova Iguaçu na semifinal, fugindo de ter que amansar um Flamengo munido de espírito de porco. O Fogão, entretanto, tropeçava no Macaé empatando em 1×1, perdendo a liderança da chave para o Flu, que escorado em Rafael Moura, esse prodígio da canelagem de resultados, batia o Madureira a duras penas.

O Boavista não se classificaria vencendo por 3×2 e tratou de enfiar o quarto gol aos 37 do segundo tempo, enchendo de delírio e pavor a tarde carioca. O Resende agora precisava buscar o resultado diante dos malandrões da Gávea, mas o Flamengo de Leonardo Moura não estava em Macaé para dar mole pra Kojak. Pois aos 44 minutos da etapa final o Boavista se viu mergulhando no lodo da existência miserável quando Maycon escorou o terceiro tento do time da Baixada.

Nem deu tempo para os jogadores do Resende começarem a conversar com os repórteres sobre a dramática classificação: Max, atacante reserva do Boavista, recebeu nos estertores finais da partida em Nova Iguaçu cruzamento de Erick FLOWERS e anotou sua TRIPLETINHA dominical, classificando a equipe de Saquarema para enfrentar o Fluzão nas semis e virando o rei da praia.

Max saiu carregado em triunfo nos ombros dos companheiros direto para as pernas da mulata mais proibitiva da Baixada Fluminense. Só sairá de lá para entrar em campo no sábado, às 17h, para açoitar a vida dos tricolores de Laranjeiras. Havendo justiça nesse mundo, no domingo Max ficará sabendo se vai se consagrar sobre a estrela solitária ou diante da torcida do Urubu.

Leandro Godinho

Anúncios

Entry filed under: Colunas, Estaduais.

A dose certa Especial Libertadores – Grupo 1

8 Comentários Add your own

  • 1. Gabriel Teixeira  |  14/02/2011 às 16:35

    Max é jogador do Palmeiras e era constantemente cogitado como reforço para a equipe de PEDREIROS na construção da Arena Palestra.

    Agora é herói em Saquarema e não duvido apronte para cima dos fluminenses.

  • 2. Fernando Cesarotti  |  14/02/2011 às 22:51

    MAX BRENDON, gênio da grande área. Teve um gol anulado num Choque-Rei de 2007 que poderia ter tirado o título do SP. Ok, poderiam ter sido campeões com DUAS rodadas de antecedência, e não quatro. Anyway, creio que foi o único gol dele no Palestra.
    O pior é que, se bobear, ainda pagamos parte dos salários dele.

  • 3. El Loco  |  14/02/2011 às 23:03

    Boavista conta com Showilson e Luca Toni além do Max.Pra mim é favorito ao titulo carioca.

  • 4. El Loco  |  14/02/2011 às 23:04

    E esqueci ,ainda tem o FRONTINI

  • 5. J Petry  |  15/02/2011 às 14:16

    #3: não é o Vieri?

  • 6. arbo  |  15/02/2011 às 14:17

    q beleza

  • 7. Claudio RK  |  16/02/2011 às 13:18

    #2

    Fernando, na partida anterior ao Choque-Rei, o Palmeiras venceu o Figueirense por 2 a 1, e o tento da vitória foi desse mito, já consagrado como maior jogador da história do Boavista. Este sim foi seu único gol pelo Palestra, que o iguala a monstros como Jorge Preá e Rivaldo.

  • 8. Gabriel Teixeira  |  19/02/2011 às 18:23

    “Agora é herói em Saquarema e não duvido apronte para cima dos fluminenses.”

    EU AVISEI.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Só os direitos trabalhistas levaram uma surra maior que o Uniclinic na noite de hoje (9x0 do Náutico, em casa, pela Copa NE). 9 hours ago
  • O problema eterno é o interior confirmar TUDO AQUILO quando chegam os mata-matas. twitter.com/impedimento/st… 9 hours ago
  • Um dos piores Gauchões coletivos da dupla Grenal já vistos: juntos, 18 jogos e apenas CINCO vitórias. 9 hours ago
  • Novo Hamburgo é tão bom que na Espanha já chamam o time do Messi de Barcenóia. Não ouçam quem diz que é o contrário. twitter.com/impedimento/st… 11 hours ago
  • Por falar em Gauchão, em instantes o Grêmio encara o NOVO HAMBURGO, líder isoladíssimo (a 4 pontos do 2º, 5 pontos do Grêmio, 7 do Inter). 11 hours ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: