A dose certa

14/02/2011 at 13:18 78 comentários

É fácil apontar o dedo e dizer que Ronaldo ‘parou na hora errada’. Difícil é o craque saber quando parar. Quando você está bem, como esteve Ronaldo no primeiro semestre de 2009, sempre quer dar mais. Não conseguindo jogar como antes, briga com o corpo para tentar se redimir e, aí sim, ‘acabar por cima’. Mas tudo o que consegue é se afundar mais.

Além do que, atuar em alto nível, em grandes estádios, ouvir o ronco da torcida, meter gols e infernizar zagueiros deve ser um vício. E Ronaldo nunca foi o homem da dose certa.

Foram gols e títulos em doses cavalares, e também longos períodos de abstinência. Altas doses de dor e sofrimento, incontáveis lesões e cirurgias. Uso e abuso de cigarro, álcool e noitadas, para quem quer ser atleta.

Ronaldo começou magrinho, quase raquítico no Cruzeiro, e terminou a carreira roliço como um jogador de fim-de-semana. Aparenta também altos e baixos na parte emocional. Atacante muitas vezes lépido, sorridente e fagueiro, mostra também vocação para a depressão.

Ronaldo foi 8 ou 80 também nos mundiais: em 1994 nem jogou, mas foi campeão. Em 1998, fez um belo campeonato, mas terminou com fama de amarelão. Quatro anos depois, a consagração: artilheiro e campeão. Em 2006, chegou balofo ao Mundial e foi um dos grandes responsáveis pelo fiasco brasileiro. Ainda assim, entrou para a história: maior artilheiro da história da Copa do Mundo. Uma lenda.

O ídolo nacional a quem chamamos, carinhosamente, de ‘gordo’ ainda vai sentir muita falta de mais e mais gols e títulos. Mas também está bastante aliviado. Acabou a pressão por resultados, que todo o jogador profissional precisa ter. O que importa agora é que Ronaldo jogou bola na dose certa dos deuses.

Os gols são álibi maior do que qualquer linha que eu possa escrever:

Saudações, Felipe Prestes

 

Anúncios

Entry filed under: Colunas, Copa do Mundo, Pela América.

Oito perdidos numa tarde de verão O Rei da Praia

78 Comentários Add your own

  • 1. Gustavo  |  14/02/2011 às 13:40

    Caras, eu acho que esse loco vai ficar MUITO gordo daqui a pouco. Bem pouco.

  • 2. Gustavo  |  14/02/2011 às 13:41

    Está encerrando a carreira, um pouco depois do que deveria (concordo com o autor, que não é fácil saber quando é o momento certo de parar). Mas é um dos maiores atacantes brasileiros de todos os tempos. Essa titulação ninguém pode tirar.

  • 3. Renato K.  |  14/02/2011 às 13:47

    Meu coração são-paulino não me permite admirar esse Ronaldo aí, populista, ligado a uma máfia que tomou conta justamente de um dos maiores rivais.
    Mas o Ronaldo que ganhou meia Copa do Mundo em 2002, mais outras tantas glórias comparativamente menores, ah, desse eu vou sentir falta.

  • 4. Rafael  |  14/02/2011 às 13:50

    pelo contrário, daqui a 6 meses ele aparecerá bem magrinho e faceiro, vcs verão. ele tá doidinho pra tomar remédios pra emagrecer que aparecem em qualquer exame anti-doping de campeonatos varzeanos

  • 5. Junior  |  14/02/2011 às 13:55

    O Ronaldo foi o oposto do Messi (até agora, óbvio). Ele foi um monstro na seleção, mas nos clubes foi menor do que poderia ter sido. Em clubes, ele ganhou praticamente só copas nacionais (além da Recopa e da Copa da Uefa). Não foi campeão nacional na Holanda, na Itália ou no Brasil. Os dois únicos títulos de campeonatos nacionais dele foram no Real Madrid, sendo que apenas no de 2002/2003 ele estava no auge. No de 2006/2007, ele nem longe foi um dos jogadores mais importantes. Mas mais do que isso, em clubes ele foi “fenomenal” no Barcelona e na Inter só até a primeira lesão. Depois disso, foi um grande jogador, mas longe da genialidade que já teve. Acredito que a Copa de 2002 foi o epílogo do Ronaldo Fenômeno. Depois de fazer o que fez naquela Copa, parece que ele pensou que já cumprido o que queria na carreira, me deu a impressão de ir largando aos poucos, sobrevivendo de lampejos, como o 1º semestre no Corinthians.

  • 6. Rafa Rhoads  |  14/02/2011 às 14:05

    Ronaldo é o maior centroavante da história. Sabe o que é seria mais justo com sua história? A última lesão, a que o levou ao Corinthians, tivesse sido definitiva e ele não pudesse mais jogar bola. A mídia devorou o cara, bateu nele de todas as formas possíveis. Se ele tivesse se fodido lá teria sido um coitadinho.

    Sabe o que é foda? O maior centroavante da história ser criticado por uns caras como José Trajano e Mauro Cesar Pereira. Os caras não sabem diferenciar a pequena área do meio de campo, não sabem quantas travas tem uma huteira.

    Quem tinha que ter se aposentado é o Trajano, na época que o time dele ainda era grande e que ele ainda era um jornalista de verdade.

  • 7. Anônimo  |  14/02/2011 às 14:11

    bahhh olha o randy

    dale randy rhoads

    randy rhoads copero

  • 8. Rafael  |  14/02/2011 às 14:18

    puta invejinha do Corinthians, se ele se aposenta após a lesão no Milan, jamais teriamos presenciado o sensacional 1º semestre de 2009, quando ele demoliu o santos na banheirinha belmiro e o inter na final da copa do brasil…talvez seja por isso seu desejo que ele tivesse parado no milan né???rsrsrs

  • 9. FC  |  14/02/2011 às 14:20

    Bom texto. Faltou mencionar o fracasso na Olimpiada de Atlanta (by Kanu).

    Parou tarde. Fato.

    Foi um grandíssimo atacante (que é diferente de jogador ou atleta).

    Foi o jogador mais engrandecido e “marketeado” por patrocinadores e imprensa da história do Brasil.

    Jogou muito. Mas menos do que se vende que ele jogou.

  • 10. Pedro  |  14/02/2011 às 14:21

    # 6

    Ainda acho que foi o Romário (que também está entre os top ten de todos os tempos), mas seguido de perto pelo Nazário. Ah, e essa coletiva, comparada com a do Ronaldinho, mostra o que diferencia o atleta do babaca.

  • 11. Gustavo  |  14/02/2011 às 14:26

    #10: o Ronaldinho é um atleta. Um atleta babaca.

  • 12. Junior  |  14/02/2011 às 14:28

    Pedro, se o Ronaldinho teve/tem problemas com a torcida do Grêmio, o Ronaldo é hostilizado em Barcelona e pela torcida da Inter, por ter feito juras de amor e depois ter ido jogar no rival.

  • 13. Troll  |  14/02/2011 às 14:33

    Não acho isso não, acho que o Ronaldinho deve ser um puta de um cara bacana, divertido, querido pelos amigos…se os gremistas sentem raivinha e dor de corno por ele, problema dos gremistas

  • 14. Pedro  |  14/02/2011 às 14:34

    Independente de problemas com torcida não dá para comparar a personalidade do Rondaldo com a do Ronaldinho (que é zero) ou a babaquice do Ronaldinho (que é 1000) com a do Rondaldo.

  • 15. Duke  |  14/02/2011 às 14:38

    #6 A lesão que tinha de ser definitiva (mas dificilmente seria) é aquela que ele sofreu contra o Palmeiras em 2009, na mão (em um jogo tão atípico que Obina fez 3 gols). Até lá, ele vinha bem, tinha vencido o São Paulo, o Santos, o Inter, deixado o zagueiro do Vasco sentado no chão com dribles, feito três gols no Fluminense. Foi depois dessa lesão que nunca mais se viu nada dele em campo.

  • 16. Pedro  |  14/02/2011 às 14:41

    #13

    Se o cara tivesse vindo para o Gêmio minha opinião seria rigorosamente a mesma: um cara completamente sem personalidade, diferente do Nazário.

  • 17. Gabriel Severo  |  14/02/2011 às 14:46

    Maior atacante que vi, pois peguei pouco do Romário, creio. Olhem pra história desse cara, que lance uma biografia, eu vou ler. Queria que tivesse parado após a conquista da CB 2009, naquele semestre fantástico onde calou a boca de todo mundo, ainda que tivesse sido o meu Inter a “vítima”.

    Um fenômeno, realmente, jogando no futebol que talvez seja o mais disputado do mundo, mesmo na mais absoluta decadência se via que o gordo era diferente de todos os outros. Esse, tenho certeza, jogaria até os cem anos se pudesse, não por vaidade ou qualquer coisa assim, mas sempre vi no jeito e no olhar dele que a razão da sua vida era o futebol, e, assim sendo, continuará, ainda que em peladas com outros ex-jogadores, amigos, ou qualquer evento beneficente desses aí, balançando as redes que é o que QUALQUER UM que tenha visto o Gordo jogar sabe, é o que faz ele feliz.

    P.S: É um ídolo meu no futebol e fico verdadeiramente emocionado com a despedida.

  • 18. Gabriel Severo  |  14/02/2011 às 14:48

    QUANTA VÍRGULA MEU DEUS

  • 19. Junior  |  14/02/2011 às 15:01

    ” tenho certeza, jogaria até os cem anos se pudesse, não por vaidade ou qualquer coisa assim, mas sempre vi no jeito e no olhar dele que a razão da sua vida era o futebol”

    Cada um tem a sua percepção, mas a minha é que a tua descrição encaixa mais com o Romário do que com o Ronaldo.

  • 20. Álisson  |  14/02/2011 às 15:14

    Minha percepção é que ele ganhou um rio de dinheiro e forçou esse dois anos a mais no cortinhians para garantir 1 milhão mensalmente. Por 1 milhão na conta todos os meses jogaria até os 100 anos se a carcaça aguentasse.

    Fora isso, dentro de campo, perto do gol, o único que vi jogar mais que ele foi o Romário. Muito monstro.

  • 21. Gabriel Severo  |  14/02/2011 às 15:15

    #19

    Também se encaixa sim. Mas são dois caras diferentes, personagens diferentes.

  • 22. Gabriel Severo  |  14/02/2011 às 15:24

    Romário era um Deus pagão caminhando e metendo gols entre reles mortais. Incompreendido.

    Ronaldo é um Hércules e seus doze trabalhos.

    QUE LINDO ISSO

  • 23. Gabriel R.  |  14/02/2011 às 15:37

    Minha percepção é que deve ser um INFERNO o momento de um jogador de futebol parar de jogar, principalmente um que tenha sempre jogado em grandes clubes e no corinthians, como o Ronaldo.
    Um jogador, que vem da base, passa desde os 10 anos envolvido com o esporte. São viagens, jogos, adrenalina de estadio, tudo mais. E ai do dia pra noite, tudo muda, sair dessa ROTINA deve ser extremamente dificil.

    Ronaldo foi um grande jogador, um dos maiores com certeza.

    deixo como homenagem um gol dele que acho muito afude, de bico!

  • 24. Pedro  |  14/02/2011 às 15:43

    Minha singela opinião no duelo Ronaldo x Romário (e o porquê de Romário estar em vantagem)

    1° Romário fez mais gols (tá, teve mais tempo para fazer, e mais situações favoráveis para tanto, mas fez, e centroavante vive de gols)

    2° Na grande área, Romário foi imbatível (acho que nem o Pelé superou o baixinho nesse quesito)

    3° Brilhou numa Copa do Mundo sozinho (teve ajuda dos colegas, claro, mas só ele de fato brilhou). Ronaldo dividiu o brilho com Rivaldo em iguais condições.

    4° Foi melhor cabeceador, o que é fundamental para um centroavante (e até irônico, já que Ronaldo tem uns bons centímetros a mais)

    5° Alguém pode achar forçado, mas eu acho que o Romário jogava mais fácil que o Ronaldo. Parecia que se esforçava menos para fazer jogadas geniais e meter gols. Claro que o resultado é o mesmo independente do esforço, mas acho que as jogadas do Romário acabavam se tornando mais certeiras, justamente porque não exigiam tanto dele fisicamente.

    Nenhum desses cinco itens isoladamente me convenceria de que o Romário foi melhor, mas todos eles juntos me convencem.

  • 25. Pedro  |  14/02/2011 às 15:46

    Mas o Nazário, sem dúvida, foi muito foda. Não dá para diminuir a carreira do cara.

  • 26. emedinapf  |  14/02/2011 às 15:53

    Pedro, definiu bem.
    Todavia, acho complicado definir quem é melhor jogador…
    Discussão eterna e sem vencedores.

  • 27. arbo  |  14/02/2011 às 15:54

    afudê, Gabriel R. #23
    o ronaldo ainda deixa duas vezes os caras na cara do gol, mas estes erraram. e afu o lance aquele dos turcos atrás do denilson.

  • 28. Junior  |  14/02/2011 às 16:01

    Arbo, é o único lance decente da carreira do Denilson na seleção, ushjgfds.

  • 29. Flávio  |  14/02/2011 às 16:12

    R28
    Pior que não. Ele começou muito bem na Seleção, várias boas atuações na Copa América e Copa das Confederações em 97. A decadência veio depois que foi para o Bétis.

  • 30. Roger  |  14/02/2011 às 16:43

    #24

    Concordo plenamente.

    Romário foi o maior mestre da grande área.

  • 31. Joao  |  14/02/2011 às 16:46

    Sai do futebol para entrar para a máfia Globo.

  • 32. Franciel Cruz  |  14/02/2011 às 16:56

    Hoje é um dia histórico. Enquanto Ronaldo Albertini, o viúvo, abandona o futebol,este rouco locutor retorna a esta tribuna impedimestística.
    E em verdade vos asseguro: Nazário perdeu meu respeito em 1998, quando tomou CORNO de Pedro Bial e não lhe aplicou um mísero tabefe.
    Não que eu defenda a pedagogia da violência contra os chifres, mas é que o referido jornalista (?) merece um cascudo em qualquer ocasião.
    Palavras

  • 33. Franciel Cruz  |  14/02/2011 às 17:08

    Agora, a verdade que salva e liberta é uma só:Prestes,este chileno fidumasanta,tá de sacanagem.Às aspas.”Quando você está bem, como esteve Ronaldo no primeiro semestre de 2009, sempre quer DAR MAIS”.

  • 34. arbo  |  14/02/2011 às 17:08

    “Não que eu defenda a pedagogia da violência contra os chifres, mas é que o referido jornalista (?) merece um cascudo em qualquer ocasião.
    Palavras”

    palavras da salvação [2]

    mto certo, frança. e boa volta! [uia]

  • 35. arbo  |  14/02/2011 às 17:09

    foi o lado DEVENDRA do prestes q disse isso flasklgklakg

  • 36. Marcel Moreno (ex-TMdaC)  |  14/02/2011 às 17:19

    A grande aposentadoria recente foi do PERDIGÃO.

    O Impedimento me decepcionou fortemente ao não cobrir o evento.

    Primeiramente estava em negociação com o GLÓRIA DE VACARIA para jogar a segundona do Gauchão… enrolou os caras e apareceu com dias de atraso e com uma SENHORA PANÇA. Conforme pode ser visto nesse link: http://gloriadevacaria.com.br/noticias.asp?id=1590

    Estranhamente dias depois da notícia o CRAQUE anunciou a aposentadoria em seu twitter (@perdigaocampao)… em seguida, a explicação: http://www.futnet.com.br/futebolgaucho/gloriars/noticias/?134210_perdig%E3o_ex-inter_e_vasco_pede_casa_com_piscina_e_%E9_descartado

    Perdigão foi até onde deu! O Glória não quis dar a ele 10 barão por mês, uma casa com piscina e uma GOVERNANTA… chega. Não há motivos para insistir!

    PERDIGÃO É O MAIOR ÍDOLO DA HISTÓRIA DO SPORT CLUB INTERNACIONAL!

    E esse blogue gremista não faz referência alguma a sua aposentadoria.

    LAMENTÁVEL.

    Ronaldo guampa torta que vá pra puta que o pariu.

  • 37. matheus  |  14/02/2011 às 17:38

    #36

    absolutamente sensacional. provavelmente a maior coisa que li/testemunhei em minha vida, e olha que eu já vi a piupiu do pânico ao vivo.

  • 38. Marcel Moreno (ex-TMdaC)  |  14/02/2011 às 17:47

    Caros cardeiais da ImpedCorp.

    Se não forem escrever nada a respeito da aposentadoria do glorioso Perdigas, permitam que eu o faça.

    Coloquem seus corretores ortográficos no nível máximo e me forneçam o espaço.

    😛

  • 39. marcelo benvenutti  |  14/02/2011 às 18:27

    Eu vi Zico, Romário, Rivaldo, Edmundo, Ronaldo, Rubén Paz, Caíco e Balalo. Nenhum superou os dois últimos.

  • 40. Pedro  |  14/02/2011 às 18:42

    Ayupe destruiu… ETERNO

  • 41. Lucian  |  14/02/2011 às 18:55

    PERDIGOTO eterno. Texto djá.

  • 42. Emedinapf  |  14/02/2011 às 19:40

    Claudio Freitas… Comandante do meio de campo e da mesa do bar… E nunca se envolveu com traveco (sera?)

  • 43. Wilson Farina  |  14/02/2011 às 20:34

    Tbm acho que o Romario foi melhor que o Ronaldo jogando.

    Fora de campo, é até sacanagem, Romario é ídolo eterno, e o Ronaldo sempre teve aquela cara de cremogema, personalidade zero, peidou em final da Copa, chegou em outra Copa pesando 100kg, travecos, casamento papelão, só ladeira abaixo. É tipo um cara nulo, mas que tinha muito talento.

  • 44. Frank  |  14/02/2011 às 21:08

    Putz, mas tratar o cara como LENDA também é exagero… lenda talvez sejam o Friederich, o Garrincha… o Ronaldo foi um excelente centroavante, um dos maiores do mundo. Ponto. Mais do que isso é forçar E MUITO a barra.

    http://click.uol.com.br/?rf=home-mancheteA&u=http://esporte.uol.com.br/futebol/frases/personalidades-do-brasil-e-do-mundo-comentam-adeus-de-ronaldo-veja-as-frases.jhtm

    Responda a este comentário

  • 45. Frank  |  14/02/2011 às 21:12

    O Romário tinha mais genialidade… o cara foi artilheiro do Brasileiro com quase 40 anos, praticamente jogando de bengala… já o Ronaldo, em que pesem as lesões e o problema com o peso, me pareceu ser um centroavante brilhante e fora de série, mas que não DESTRUÍA como o Baixinho fazia… me parece haver uma certa distância entre os dois, e que não é reconhecida pela mídia…

  • 46. Pedro  |  14/02/2011 às 21:17

    Romário nem suava jogando bola. Maior jogador que já vi jogar. Depois dele é o Zidane. Van Basten vi muito pouco.

  • 47. Carlos  |  14/02/2011 às 22:34

    Romario jogava pra caralho.
    Ronaldo tb, não dá pra negar.
    Como jogador/personalidade prefiro Romário, sempre.

    Mas Van Basten, bem citado pelo pedro, jogava MUITA BOLA.
    ABSURDAMENTE CRAQUE.

  • 48. izabel.  |  14/02/2011 às 22:51

    massa o texto, prestes.
    e aqui a homenagem merecida ao craque:

  • 49. Anônimo  |  14/02/2011 às 23:07

    #48

    Emocionante ver o cara sendo ovacionado após um hat-trick no Man Utd.

    A admiração a nível MUNDIAL do Gordo nem se compara com o Romário.

  • 50. rafael corinthiano  |  14/02/2011 às 23:46

    Ridículas essas críticas e comparações com Romário, é claro que o baixinho era um gênio em campo assim como alguns outros jogadores também gênios, “na minha percepção” não faz o menor sentido criticar o Ronaldo só porque Romário teria sido melhor.
    É igual dizer que o Romário foi um bosta porque o Pelé foi melhor.

  • 51. Logan  |  15/02/2011 às 00:21

    Só dando control+c control+v no comment do rafael que foi foda demais:

    “Ridículas essas críticas e comparações com Romário, é claro que o baixinho era um gênio em campo assim como alguns outros jogadores também gênios, “na minha percepção” não faz o menor sentido criticar o Ronaldo só porque Romário teria sido melhor.
    É igual dizer que o Romário foi um bosta porque o Pelé foi melhor.”

  • 52. Juca  |  15/02/2011 às 00:47

    Entre Romário e Ronaldo prefiro Ruud Gullit.
    E tenho ditohoch

  • 53. douglasceconello  |  15/02/2011 às 01:30

    Eu não tenho certeza nem se o Ronaldo foi melhor que o CARECA.

    (só pra ver pegar fogo no cabaré)

    uhshusush

  • 54. juliano r.  |  15/02/2011 às 01:35

    esse digo de velharisse de dizer que careca e outros velhos são melhores que ronaldo me dão nos nervos..

    DAQUI A POUCO APARECE ALGUM ABOBADO FALANDO DO HAGI E DO CANNIGIA daí sim vou ter um colapso

  • 55. juliano r.  |  15/02/2011 às 01:36

    mas a copa de 2002 foi uma baba total, aquele time da alemanha levaria 10 a 0 do time atual deles

    e as duas melhores seleções (espanha e italia) foram roubadas na cara dura

  • 56. Flávio  |  15/02/2011 às 04:57

    Não fossem as lesões, Ronaldo teria mantido o nível de 96-98 por mais tempo e provavelmente seria hoje celebrado como um dos cinco maiores jogadores de todos os tempos. Não foi, sua carreira teve vários altos e pelo menos dois grandes períodos de ausência ou má fase. Ainda assim, foi um dos 3 melhores da era pós-Maradona, ao lado de Zidane e Romário.

  • 57. Emedinapf  |  15/02/2011 às 06:00

    #44

    O EVAIR jogou mais que o ronaldo…

  • 58. Rafa Rhoads  |  15/02/2011 às 07:10

    #8. Lê de novo pra ver se entende, cara.

  • 59. Pedro  |  15/02/2011 às 07:29

    # 54

    Dadá Maravilha jogou mais que o Ronaldo…. Só ele parava no ar.

    # 50

    Ninguém dise que o Gordo é uma merda… muito pelo contrário. Apenas contestaram a afirmação de que foi o maior centroavante da história.

  • 60. Logan  |  15/02/2011 às 08:18

    Tá bom, tá bom, o ALECSANDRO também foi melhor que ele, o castor sofre de preconceito contrra os dentuços, por isso ninguem lembra dele.

  • 61. rafael corinthiano  |  15/02/2011 às 08:32

    # 59

    Pra comparar não precisa falar mal, disseram aí em cima que ele foi nulo. E isso é ridículo.

    Porra, o cara jogou muito sua contusão (ou amarelada) em 98 mostrou que aquele time não funcionava sem ele, e mesmo em fim de carreira foi o principal responsável pelos últimos títulos do corinthians.

  • 62. Pedro  |  15/02/2011 às 08:45

    # 61

    Ah sim… Tem gente que exagera e avacalha sem sentido…

    Mas ainda prefiro o Gilson Cabeção. Cruzamento na área sempre era dele, por causa da generosa circunferência do crânio.

  • 63. Rudi  |  15/02/2011 às 09:21

    NA MINHA OPINIÃO os 10 maiores (sem ordem)

    Pelé
    Garrincha
    Maradona
    Di Stéfano
    Beckenbauer
    Cruyff
    Yaschin
    Zidane
    Romário
    Ronaldo

    em um nível UM POUQUINHO abaixo
    Van Basten
    Gullit
    Milton Santos
    Didi
    Zagalo
    Platini
    Zico
    Falcão
    Matthaus
    George Best

    (pega fogo cabaré [2~])

  • 64. Flávio  |  15/02/2011 às 09:41

    A lista do Rudi é bem razoável, e não foge muito das pesquisas do tipo vistas por aí, apesar de algumas omissões (Eusébio, Gerd Müller, Bobby Charlton).
    Mas os craques antigões (Meazza, Moreno, Matthews, Zizinho, Schiaffino) acabam esquecidos. Também é difícil avaliar que lugar um jogador em atividade, como Messi, teria numa lista dessas. Vão dizer que ele não brilhou em Copa do Mundo, mas vários craques clássicos (Di Stéfano, George Best) sequer a disputaram, enquanto outros a jogaram sem brilho (Van Basten, Gullit).

  • 65. Rudi  |  15/02/2011 às 09:53

    Flávio
    esses caras antigões a gente acaba esquecendo mesmo até pela dificuldade de se ver algo deles
    eu sei que Meazza é idolatrado na itália e tals, mas eu só consigo ver raras coisas dele por youtube, se muito… vale o mesmo pra outros… então fica complicado
    dos anos 50 pra diante pelo menos existe uma boa quantidade de vídeos por aí pra gente ter uma idéia
    Sobre Messi, ele tem potencial pra estar nos 10 primeiros tranquilamente, mas ele tem só 24 anos, tem que ver até onde ele pode ir…

  • 66. Flávio  |  15/02/2011 às 10:11

    Pois é. O risco que existe com um craque em atividade como o Messi é ele sofrer uma lesão grave, como o Ronaldo, ou entrar em decadência jovem, como o Ronaldinho.

  • 67. Prestes  |  15/02/2011 às 10:33

    Um que sempre é esquecido é o Andrade, a Maravilha Negra, do Uruguai.

  • 68. Volkart  |  15/02/2011 às 10:45

    Nessa lista do Rudi, faltou com certeza o Sr. Vizotto, ÚNICO jogador na história de futebol mundial campeão de duas ImpedCopas, somado ao fato de ser um tremendo assador.

  • 69. Flávio  |  15/02/2011 às 11:06

    R67
    Tem o Scarone também, da mesma geração, que, se não me engano, até hoje é o maior artilheiro da história da Celeste. Eduardo Galeano dedicou um capítulo a ele naquele seu livro sobre futebol.

  • 70. Rudi  |  15/02/2011 às 11:20

    Então, muitos desses eu apenas li a respeito, não vi… ou vi pouca coisa… é complicado saber o verdadeiro nível desses caras
    Volkart, não coloquei o Vizzoto porque meu time perdeu a impedcopa pra ele, então, como todo jornalista (que não sou, mas poderia ser, mesmo sem diploma) me dei o direito de ser parcial e incoerente

  • 71. Logan  |  15/02/2011 às 11:34

    Faltou na lista aí o Ricky e o Osny, lendas.

    E claro o Obina, na época do Vitória, fazia gol até com a parte de trás da coxa (ns).

  • 72. Flávio  |  15/02/2011 às 11:42

    Ricky foi o Kanu dos anos 80… E Osny foi o Messi dos 70!

  • 73. Otto  |  15/02/2011 às 12:58

    Circulou no twitter ontem, após a coletiva do Gordo:

    “Em homenagem ao fim da carreira de Ronaldo, travestis estão funcionando a meio-pau hoje.”

  • 74. Olga  |  15/02/2011 às 13:57

    # 24

    Perfeitos os porquês. Concordo vivamente, apenas acrescento um :

    6º frasista fenomenal, com direito a muita marra, inteligente e marrento na mesma proporção, enfim: “o cara”

  • 75. Prestes  |  15/02/2011 às 14:40

    A real é que são muito comuns as discussões entre romaristas e ronaldistas.

    Acho que, no fundo, quem tinha cerca de dez anos em 1994, como eu, curte mais o Romário.

    Quem tinha essa idade ou perto disso em 1998 ou 2002, curte mais o Ronaldo.

    O imaginário da infância é muito forte. Apesar de eu ainda justificar minha escolha dizendo que o Romário tem muito mais personalidade.

  • 76. Renato K.  |  15/02/2011 às 15:44

    Nenhuma lista dos maiores centroavantes de todos os tempos que não comece com o BEIJOCA merece meu respeito.

  • 77. alemão o colorado  |  15/02/2011 às 17:26

    Tem cara que é foda esculachando o Ronaldo só pra mostrar que o Romário é melhor que ele.

    O Ronaldo nunca fugiu pra vir para o Rio como o Romário, se o Gordo peidou em final de Copa do Mundo o Romário fingiu lesão, como ele sempre fez, na semi-final da Copa América de 97, quando o jogo já tava 6X0, só para não jogar a final la em La Paz contra a Bolívia, o Romário também cagou na final da Olimpíada de 88 e em 90, mesmo voltando de lesão ele não conseguiu ganhar a vaga do Muller como titular.

    Fora que o Romário também perdeu para o bolso na final do Mundial em 88 (sim ele fez, gol no tempo normal e o de penalti), para o curintia na final do “mundial”, e tomou uma sova na Final da Champions em 94 de 4X0 pro Milan e olha que foi no melhor ano da carreira dele.

    O Ronaldo é o melhor centroavante da história, o melhor 9.

    Fez gol na final da Copa do mundo de 2002 (02 gols);
    Fez gol na final da Copa América (01 gol em 97) e (01 gol em 99);
    Fez gol na final da Copa das Confederações de 1997 (03 gols);
    Fez gol no jogo único do Mundial Interclubes 2002 (01 gol);
    Fez gol na final da Recopa 1996/97 (01 gol);
    Fez gol na final da Copa da UEFA de 1998 (01 gol);
    Fez gol nas finais da Copa do Brasil de 2009 (01 gol);
    Fez gol nas finais da Campeonato Paulista de 2009 (02 gols);
    Fez gol nas finais da Supercopa da Espanha (02 gols em 96) e (01 gol em 2003);

    Isso sem falar nos prêmios individuais, como:

    Bola de Ouro da Copa do Mundo (melhor da Copa) em 1998;
    Bola de Prata da Copa do Mundo (melhor da Copa) em 2002;
    Chuteira de Ouro da Copa do Mundo (artilheiro da Copa) em 2002;
    Bola de Ouro (melhor jogador da Europa) da France Football em 1997 e 2002;
    Melhor jogador do ano da FIFA em 1996, 1997 e 2002;
    Segundo melhor jogador do ano da FIFA em 1998;
    Terceiro melhor jogador do ano da FIFA em 2003;
    MVP do Mundial Interclubes em 2002;
    Bota de Ouro da Europa em 1997;
    Artilheiro do ano da IFFHS de 1997;
    Melhor jogador da Europa pela revista Onze de Oro em 1997 e 2002;
    Melhor jogador da UEFA de 1998 (foi o único jogador a ganhar esse premio jogando a Copa da UEFA e não a Liga dos Campeões) – ganhou como melhor atacante e como melhor jogador;
    Oscar del Calcio AIC (melhor jogador do Campeonato Italiano) – melhor extrangeiro em 1998, melhor absoluto em 1998 e Campeão dos Campeões em 2007;
    Melhor jogador do mundo pela revista World Soccer em 1996, 1997 e 2002;
    Troféu Bravo (Premio para jogadores até de 23 anos) em 1997 e 1998;
    GoldenFoot (Premio para jogadores até 29 anos) em 2006;
    Melhor jogador do Campeonato Paulista em 2009.

    E também tem as artilharias, como:

    Sulamericano Sub-17 de 1993: (08 gols);
    Supercopa da Libertadores de 1993: (12 gols);
    Campeonato Mineiro de 1994: (23 gols);
    Campeonato Holandês de 1994/95: (08 gols);
    Campeonato Espanhol de 1994/95: (34 gols);
    Campeonato Espanhol de 1994/95: (24 gols);
    Copa América de 1999 (junto com Rivaldo): (05 gols);
    Copa do Mundo de 2002: (08 gols);
    Maior artilheiro da história das Copas do Mundo (15 gols em 04 edições): 1994 (não jogou), 1998 (04 gols), 2002 (08 gols) 2006 (03 gols)

    Um jogador que nem Ronaldo a galera nunca mais vai ver na vida é que nem Pelé, Maradona, perto dele um cara que era grosso, mas matador que nem o Jardel parecia o cone.

  • 78. rafael campos rocha  |  18/02/2011 às 12:16

    minha lista dos 6 melhores que eu vi jogar em campo (sem ordem)
    messi
    zidane
    maradona
    zico
    romário
    e rivaldo
    tudo bem, pode ser em ordem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: