O coração dentro da gaveta

19/01/2011 at 05:00 37 comentários

Um tio-avô conta que um ancestral mais distante da família, muito rico, costumava aconselhar: “Pra ser rico tem que guardar o coração dentro de uma gaveta”. Palavras como amizade e caridade, segundo meu parente, não combinavam com a acumulação de dinheiro. Por isso, era melhor deixar o coração ali, na gaveta, ao lado do grampeador, como aqueles utensílios que a gente nunca usa, e quando vai usar já nem acha mais.

Nas relações profissionais este provérbio do meu ancestral se mostra extremamente acertado. A amizade ou a compaixão não podem sobrepujar a competência. Se o grupo que dirige o Internacional há quase uma década tem defeitos – e tem – um dos principais é viver com o coração no peito.

Com os títulos recentes vieram valores como a gratidão, emoção, se solidificaram amizades entre jogadores, treinadores e dirigentes. Fernando Carvalho orgulhou os colorados perdendo a pose em Yokohama. Mas também comete erros como passar a mão na cabeça do Índio há quase cinco anos, declarar bobagens como dizer que ele é melhor zagueiro da história do clube.

Carvalho foi tão companheiro de atletas colorados que chegou a causar um imbróglio. No episódio com Fernandão, me parece claro, o dirigente teve vergonha de dizer que não queria contar com o ídolo. Não queria machucar o capitão da América. E aí, quando o atacante manifestou com afinco a vontade de voltar, Carvalho cozinhou o ídolo, deu voltas, fingindo um interesse que o próprio F9 notou que não existia. Carvalho fez tudo por TERNURA, por compaixão.

O mais grave erro por amizade fora cometido com a contratação de Clemer para a preparação de goleiros. E agora seu afastamento pode significar que o Inter de Luigi e Siegmann vai colocar o coração na gaveta quando necessário – o que não significa que a gestão será boa ou melhor que as de Piffero e Carvalho.

Um especialista debaixo das traves nas impednuas já vaticinava: “Para ser preparador de goleiro precisa saber bater na bola, o que sempre foi o maior defeito do Clemer”. O próprio Luigi, em uma reunião com um grupo de sócios durante a campanha presidencial, declarou que Clemer ainda precisava “ser treinado para treinar”. O novo presidente colorado mostrou ser enérgico ao sacá-lo logo no início de sua gestão.

O que o próprio Luigi escancarava era que Clemer jamais poderia ser treinador de goleiros do Internacional no momento em que foi colocado lá. Isso, aliás, quase tirou a Libertadores do Beira-Rio.

O clube é um dos grandes do país e precisa ter os melhores profissionais. Clemer teria que começar pelas categorias de base do Inter, ou passar por clubes do Interior. Só depois de anos de experiência como preparador – e caso demonstre brilhantismo – Clemer poderá chegar a preparador dos goleiros profissionais do Inter. Ou do Flamengo, do São Paulo, do Grêmio, de qualquer grande clube.

Aliás, alguém pode imaginar Clemer sendo convidado agora a treinar outro clube grande do país? A resposta é não. Porque o critério utilizado pelo Inter para contratá-lo foi a compaixão por um grande ídolo que se aposentava.

Com o coração no peito, o Internacional venceu duas Libertadores na última década. Enquanto isto, o meu ancestral deve ter morrido de câncer, sozinho. Só a frieza não leva a nada. Mas é preciso usar o coração na hora certa.

Felipe Nascimento Prestes

Anúncios

Entry filed under: Clubes.

As bruxas estão à solta Lembranças da estrada

37 Comentários Add your own

  • 1. davi  |  19/01/2011 às 05:29

    Bravo!

  • 2. Gabriel Severo  |  19/01/2011 às 07:50

    Essa foi pro meu pai, velho corneta.

    Desde o início do ano falava que era culpa do Clemer.

    No mais, Pato nunca devia ter saído, tivemos um mito da sulamérica sob os paus, nunca vou esquecer dele desmarcando o pênalti e depois jogando pra torcida camisa, meia, caneleiras, chuteira, luvas e tudo o que pudesse jogar sem sair preso do estádio.

  • 3. Ismael  |  19/01/2011 às 08:48

    Pato não saiu, se aposentou.

  • 4. Jader Anderson  |  19/01/2011 às 08:53

    Estranho que o preparador de goleiros da seleção essa q ta no peru tem um historico no inter de base e tal.

    Agora está na seleção, parece q o inter perdeu um cavalo encilhado ae…

  • 5. Rudi  |  19/01/2011 às 09:36

    #2,#3

    pelo que entendi o Gabriel quis dizer que o pato nunca deveria ter saído DA TITULARIDADE EM 2010 (no que eu concordo, aquilo de reverter o penal eu jamais tinha visto)

  • 6. Ismael  |  19/01/2011 às 10:26

    Huummm… claro!! Malz ae

    Mas eu fui um dos que pediu a cabeça do Pato numa bandeja… tudo bem que o cara é mito, experiente e tal mas tava falhando demais!!! Aquela bola que ele entregou contra o Banfield, lá, não existe!!

    Depois que percebemos que o problema não era individual e sim coletivo, até quis o Pato de volta. Antes um frangueiro cancheiro do que um frangueiro bundão

  • 7. Guilherme  |  19/01/2011 às 10:44

    Bah, eu também concordo!

    Homenagem à ídolo é estátua e mural, não emprego!

  • 8. Guilherme  |  19/01/2011 às 10:51

    Falando em emprego pra ídolo, até o Renato dá uns problemas. O cara esses dias resolveu ver até onde ia a condição de deus dele e pediu pra treinar o time só em porto alegre.

  • 9. Gabriel R.  |  19/01/2011 às 11:42

    poise, em 2010 nenhum goleiro colorado teve grandes apresentacoes. Acredito numa significativa melhora do renan esse ano. E esse muriel tem que ser empalado, muito ruim.

  • 10. Vizzotto (Goleiro)  |  19/01/2011 às 12:07

    #9

    Discordo que o Muriel seja ruim! Acho ele um bom goleiro!
    Aconteceu com ele o que acontece com qualquer jogador no início da temporada: pouca velocidade de execução. Ele estava no local certo (ele mesmo falou com eses termos numa entrevista) mas a velocidade de execução dele foi baixa.
    Ele tem reflexo bom (reflexo não se treina. É INTUITIVO) e acredito que com mais um tempo de preparação seja o 2º melhor goleiro do Beira Lago.

    O 1º é o AGENOR!!
    MAs… mas…. Pelas convicções da diretoria (o “coração no peito”, como disse o Felipe) o guri vai demorar a chegar no principal!

  • 11. mauhaas  |  19/01/2011 às 12:32

    Grande!

  • 12. arbo  |  19/01/2011 às 12:33

    baita texto, prestes

  • 13. SaPo  |  19/01/2011 às 12:39

    É verdade, não me lembro de nenhum jogador que se aposentou e virou treinador de time grande da noite pro dia ( e tenha dado certo )

  • 14. Ebenezer Scrooge  |  19/01/2011 às 12:41

    Só a frieza não leva a nada. Mas é preciso usar o coração na hora certa. [2]

  • 15. Rudi  |  19/01/2011 às 12:41

    depende o que tu chama de dar certo… rs pq teve o ricardo gomes, que apesar de eu achar um treinador ruim, só anda por time grande…

  • 16. Eduardo  |  19/01/2011 às 12:54

    #13
    Evaristo de Macedo, Tele Santana, Zagalo, Pepe Guardiola…
    hora de rever alguns conceitos…

    segundo o mito André Agassi, o esporte causa a impressão de que um esportista se torna uma celebridade da noite pro dia, sem mencionar o trabalho árduo de vários anos de preparação….

  • 17. Junior  |  19/01/2011 às 12:59

    “Mas também comete erros como passar a mão na cabeça do Índio há quase cinco anos”

    Só discordo em relação ao Índio. Até esse 2º semestre de 2010, não havia outro zagueiro para formar dupla com o Bolivar (ainda não há, o Índio é que chegou ao final da carreira). E talvez ele não seja tecnicamente o maior zagueiro da história do Inter, mas somente Figueroa é indiscutivelmente maior que ele, todos os outros grandes zagueiros não tem a importância histórica que o Índio possui para o clube. Ele é o símbolo perfeito dessa era colorada, da primeira Libertadores ao fracasso contra o Mazembe, a história do Índio “casa-se” perfeitamente com o momento que o clube vive.

  • 18. Chico  |  19/01/2011 às 13:04

    INDIO ÍDOLO

  • 19. Gabriel Severo  |  19/01/2011 às 13:35

    #5
    Captou. Nunca devia ter perdido a titularidade pro Renan.

    Agora vou pegar um Bom Ar que dei uma cagada fenomenal aqui no fórum, capaz de me levarem preso.

  • 20. Marcel Moreno (ex-TMdaC)  |  19/01/2011 às 13:39

    Bah… nem vou discutir o texto porque discordo completamente dele…

    Coração na gaveta meu pau de avental!

    Deixem o Clemer treinando a base, tragam o Gabiru pra porteiro do museu e o Iarley jogava fácil nesse Inter B aí mostrando mais disposição que essa boleiragem de chuteira rosa.

    Aliás, alguém sabe me explicar a razão pela qual o Perdigão não tem um cargo na comissâo técnica?

    O cara mais gente boa da história do Inter, certamente deixaria o clima melhor e sem essas trairagens que volta e meia vemos por aí…

    E vamos combinar uma coisa: treinador de goleiro não serve pra porra nenhuma!

    Traz um goleiro velho, cancheiro e com a cara furada pra ficar mais uns 5 anos no Inter e mandem esse bando de Baby Johnson, Goleiro Sereira e demais bonitinhos pra serem modelos fotográficos na puta que pariu…

  • 21. SaPo  |  19/01/2011 às 14:31

    #16 O que eu tô falando é que no final do ano o Clemer se aposentou, e começou pré-temporada já era o treinador principal de goleiros do colorado.
    Tu me obrigou a ir na wikipedia, mas vamos lá, Evaristo começou como treinador do Ameriquinha antes de chegar no Fluminense, 2 anos depois de se aposentar que ele começou como treinador… O Telê, começou como treinador de juniores do Flu, o Zagalo como treinador de juvenis do Botafogo, e o Guardiola se aposentou em 2005 e começou como treinador em 2007.
    Abraço.

  • 22. Prestes  |  19/01/2011 às 14:36

    21. Claro, todo mundo se PREPAROU por um tempo antes de assumir num clube grande.

    O Clemer até pode ter se preparado um pouco antes de se aposentar, já pensando nisto. Mas certamente não fez estágios com vários treinadores, para conhecer vários métodos, não teve tempo de dedicação exclusiva para cursos, treinamentos. Assumiu de cara o Inter.

  • 23. Prestes  |  19/01/2011 às 14:37

    O próprio Luigi disse isso em uma reunião, lá na Convergência Colorada.

  • 24. Corinthiano  |  19/01/2011 às 15:10

    Vai corinthians
    Vai, não para de lutar
    Vai torcida fiel
    Sarava são jorge
    Ele vai nos ajudar
    Corinthians sua glória mosqueteiro
    Sou fiel sou cabreiro
    Quando fala mal de ti
    Nós temos la no parque um padroeiro
    É o são jorge guerreiro
    Ele vai orar por ti
    Nossa torcida é uma corrente muito forte
    Na zona sul na zona norte, zona leste e zona oeste
    Ou na vitória
    a ou na derrota eu canto forte
    Corintiano eu serei até a morte

  • 25. Ernesto  |  19/01/2011 às 15:18

    Esse Luigi parece ser o presidente mais sensato que passou pelo beira-rio, desde o Miranda.

    Pena que no futebol ainda estão abraçadinhos com o Roth, talvez pela guruzisse do Caravalho.

    E com esse abraço vem Zés Robertos da vida. Roth puto.

    No mais, Pato saiu porque se aposentou, mas SÓ se aposentou porque fizeram essa palhaçada.

    Vão lá no bolavermelho.blgospot.com e vejam ele falando com meia dúzia de torcedores, em Abu Dhabi. Ele abriu o jogo, falou umas verdades, e disse que se nao tivesse ocorrido essa palhaçada, ser sacado por uma falha, em um jogo sem importância, ele ficava mais dois anos jogando.

  • 26. Junior  |  19/01/2011 às 15:37

    O Pato merece respeito por tudo que conquistou. PONTO FINAL. Ele foi o pior goleiro do Inter no ano, não falhou apenas nos gols, falhava em quase todos os jogos, pois falhava em quase todo chute de longe. E as lambanças com o pé nos jogos contra o Banfield e o Novo Hamburgo. Lembram que um treinador orientou seus jogadores a chutarem de longe, porque ele não conseguia segurar nenhuma bola?

  • 27. Ernesto  |  19/01/2011 às 16:02

    Falhou contra São Paulo, pelo brasileiro, Ceará. Talvez Vasco. Banfield falhou mas o gol foi anulado. Treinador que orientou isso de chutar de longe foi o Silas, pra ficar esperto no rebote.

    só que nos grenais, ele tambem nao falhou. Peguem melhores momentos ultimo grenal do gauchao, ele fechou a porteira.

    E por mais que falhasse, nunca foram tão ridiculas como as do Renan.

    O proprio Roth disse isso: “Por muito menos o Pato foi pra reserva”

  • 28. Ernesto  |  19/01/2011 às 16:08

    Mas agora a escola de frangueiros foi defenestrada. Veio um cara decente, e novos tempos nos esperam

  • 29. Junior  |  19/01/2011 às 16:19

    Falhar, todos os goleiros do Inter falharam. Mas o Pato falhava além dos gols, falhava em cada chute de longe.

  • 30. Marcel Moreno (ex-TMdaC)  |  19/01/2011 às 16:57

    Bah… eu curto o Pato as ganha.
    Mas era tenso o lance.

    Lembro no Vasco x Inter do BR ano passado, com o Roth treinando o Vasco (último jogo do Fossati)

    Numa falta pro Vasco o microfone captou claramente o Sexy Hot berrando: “Acerta o gol! Acerta o gooool!!!”

    Pra piorar ele ainda emendou depois… “Atenção no rebote! Atenção no reboteeee!”

    Huauhauhauhuah! Pior que foi engraçado até… Mas qdo, tempos depois, o Juarez assumiu o inter, lembrei desse lance na hora.

    Não deu outra… banco pro Pato.

  • 31. André  |  19/01/2011 às 18:24

    Se o novo preparador de goleiros conseguir transformar o Renan ou o Lauro no André de 97 o cara é gênio.

  • 32. Norteña  |  19/01/2011 às 19:29

    #24 – (!?)…

  • 33. Eduardo  |  19/01/2011 às 20:12

    #21, sem mágoas… não há mal nenhum em consultar o Wiki, 🙂
    aliás, falando em experiência, o SILAS pastor fez estágio no Real Madrid, o que significa que isso não é garantia de sucesso. (e foi um bom boleiro, embora não sei se pode ser considerado craque).
    em contrapartida, Tele, Zagalo e Guardiola (talvez esse não) ERAM craques e, com passagens em clubes menores PODEM ter adquirido experiência, mas honestamente creio que seriam o que foram já no primeiro dia. Errariam um pouco, mas CONCEITO de bom futebol todos têm.
    Tenho a esperança que seja o caso do Renato (que passou por times menores até chegar no GRÊMIO (hehehe – corneta desnecessária) mas como ele é muito boca grande, acho que duvido (espero estar errado) de que possa ser um dia considerado um grande treinador. nada mais do que um “bom” treinador.

    Aliás, eu concordo com o texto, de que o Clemer foi “premiado”, só como consolação de uma carreira muito exitosa no inter. at;é pq o youtube mostra os lances mais bizarros desse tipo com a camisa vermelha (ou preta). Nórton, Dacroce e Balalo devem “remoer-se” de não ter tido essa mesma sorte de participar de uma equipe vitoriosa do inter, mesmo sendo ruins como eram. 🙂
    ps. chutei 3 nomes que me recordava do inter na minha infância/Adolescência. aos fãs dos mesmos, não me xinguem, foi apenas uma ironia sem sentido.

  • 34. col  |  19/01/2011 às 22:07

    Perfeito. Acho que ficaram tempo demais com o Pedrito Iarley, mas nao recordo se renovaram o contrato dele apos 2006.

  • 35. Anônimo  |  19/01/2011 às 23:26

    bamos liberpool con los huebos bamos siempre ganar en esos tricos bamos beatles bamos a ganar!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • 36. Ernesto  |  19/01/2011 às 23:31

    O cara fala das falhas do Pato, é refutado, aí me vem com papo de lances de longe.

    Cara, ele era um velhote que não falhou em jogos que importavam.

    O que eu quero dizer é que todos do elenco do Inter tiveram as mesmas falhas.

    Lauro contra o Botafogo, no beira-rio, em 2009, tomou um gol de falta do meio de campo.

    Muriel – nem preciso dizer, esses dias num jogo-treino, já andou aprontando

    E Renan, o maior de todos. Palhaço, tomou dois do Marcos Assunçao, peito de tábua, ficou paradinho no do Kabangu. Palhaço. Perdeu todo o crédito que tinha comigo esse puto. Mau carater, veio no nome, e na idade.

  • 37. Ernesto  |  19/01/2011 às 23:35

    E se pra zaga vierem com esse tal de “MOLEDO”, bah, triste destino do colorado. Pelo nome, já devia ser banido. Mas além de tudo, tão fazendo uma festa pra esse ruim. Pesado.

    Outro que tá enganando não sei como é esse Ronaldo Alves. Que jogador lamentável. Sorte é que ainda há alguns zagueiros a serem testados. há luz no fim do tunel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Esse time do Brasil lembra bastante aquela seleção que venceu a Copa do Mundo na Rússia em 2018. (dsclp) 2 days ago
  • Otamendi é a versão jogador de futebol do que o Dunga é entre os treinadores. A gente não sabe como chegou lá, mas deram chance pro homem. 2 days ago
  • A única conclusão da noite é que a Liga Chinesa é mais forte que o Campeonato Francês. 2 days ago
  • Quem disse que vindo futebol chinês não pode ser titular da Seleção nunca? (apagando tweets antigos freneticamente) 2 days ago
  • Vai ser difícil ganhar da gente ano que vem™ 2 days ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: