Ligue os pontos

13/12/2010 at 06:00 33 comentários

Aproveite a segunda-feira sem futebol e faça um exercício de lógica.

1. Torcedores barra-bravas são arietes e buchas de canhão de sindicatos na Argentina. Isso desde que o mundo é mundo, mais ou menos. Os grandes confrontos em piquetes sempre têm o dedo dos barras, e isso inclui protestos como os panelaços de 2001 e os ruralistas bloqueando estradas, o que provocou a ruptura Kirchner-Clarín.

2. Os Kirchner têm a grande ideia de financiar alguns torcedores inocentes e pacíficos para representar a Argentina na Copa do Mundo de 2010. Marcelo Mallo cria a ONG (!) Hinchadas Unidas Argentinas e soma torcedores de clubes diferentes em prol dessa união.

3. O plano fracassa, pois alguns dos pacíficos e inocentes hinchas têm sérios problemas com a polícia. Isso os impediria inclusive de sair do cárcere em países sérios – como é o caso de Héctor Bracamonte – o que dizer de viajar para fora do país. Alguns dos torcedores das Hinchadas Unidas são conhecidos por jogar pães no campo para os ‘mortos de fome’ e entoar milhares de cânticos contra bolivianos e paraguaios nos estádios – de preferência, contra a torcida do Boca, clube que foi presidido pelo atual prefeito de Buenos Aires Mauricio Macri.

4. Morre Néstor Kirchner e a Argentina entra numa crise de eminências pardas, às vésperas de duras eleições legislativas.

5. Villa Soldati, subúrbio de Buenos Aires, madrugada de sexta-feira. Sem-teto conhecidos como ‘okupas’ – em sua maioria, bolivianos e paraguaios – são atacados por ‘moradores’ do bairro, que queimam barracas, agridem pessoas e afastam outros  a tiros. Pelo menos quatro pessoas morrem nos confrontos – a Polícia de Buenos Aires insiste que são 3. Sem ter para onde ir, os ‘okupas’ do Parque Indo-Americano – local do confronto – dizem que não vão sair do parque. As ruas são bloqueadas para impedir que mais ‘okupas’ cheguem. Tudo isso sob a conivência das autoridades policiais, que praticamente inexistem no local.

6. Cristina Kirchner chama uma reunião de emergência com Mauricio Macri – atual prefeito, ex-presidente do Boca. Dá declarações dizendo que ‘não quer ver a Argentina no clube de países xenófobos’. Como em quase todas as reuniões entre autoridades, pouca coisa se faz além da obrigação – Macri manda a gendarmería de Buenos Aires vigiar o Parque Indoamericano.

7. O Clarín descobre fotos de barra-bravas entre os agressores dos ‘okupas’. Entre eles, um procurado do Huracán – membro da ONG (!!!) Hinchadas Unidas Argentinas desde 2009.

Ligue os sete pontos e você tem uma orgia interminável de interesses políticos – dos quais o futebol não apenas é vítima, como figura central.

Até a vitória,

Luís Felipe dos Santos

 

Anúncios

Entry filed under: Colunas.

Pachuca 0 x 1 Mazembe – ao vivo e com ternura O rugido que domina a nação castelhana

33 Comentários Add your own

  • 1. Alexsander  |  13/12/2010 às 07:53

    Deu na TV que a CUT está criando uma ONG (!) semelhante aqui no Brasil.

  • 2. arbo  |  13/12/2010 às 08:48

    http://www.braziu.org/2010/12/12/o-combate-de-villa-soldati/

    mas principalmente esse aqui
    http://www.braziu.org/2010/11/24/eles-estragaram-a-pompeia-do-pepe/

    agora vou ligar os pontos…

  • 3. Paulo Torres  |  13/12/2010 às 09:12

    Na Copa do Mundo, a Hinchadas Unidas Argentinas ocupava dois camarotes no Soccer City. Com faixas e bandeiras de vários clubes, principalmente do Independiente. E sem nada de Boca e River.

  • 4. Anônimo  |  13/12/2010 às 09:18

    Liga-se os pontos e volta-se para o começo…

    Sanchotene

  • 5. emedinapf  |  13/12/2010 às 10:57

    quando estive em Buenos Aires fiquei apavorado com a raiva contra os imigrantes bolivianos e paraguaios, quando voltei escutei um xingamento contra nordestinos de um amigo meu.

    Ainda bem que o mundo acaba em 2012.

  • 6. matheus furtado  |  13/12/2010 às 11:14

    http://globoesporte.globo.com/programas/esporte-espetacular/

    à direita tem um video q fala sobre o assunto, e fala inclusive sore esse lance da CUT e tal.

  • 7. guihoch  |  13/12/2010 às 12:49

    gremio já garantido nas oitavas da LIBER.

    ESTA TORCIDA DA CUT NÃO TEM FUTURO, EM SÃO PAULO SÓ O CV PARA VENCER A POLICIA DAQUI, VAI TE PULICIA LA NAS DITARUAS.tudo portando 38.

  • 8. Anônimo  |  13/12/2010 às 12:55

    que grave ein

  • 9. josias cardozo  |  13/12/2010 às 13:01

    tem que ter uma ong anti-cabeludo arruaceiro no litoral sulista em 20111

  • 11. Anônimo  |  13/12/2010 às 13:53

    #7

    possivelmente com a melhor campanha…

    pero yo creo en BARRANQUILLA!!! AGUANTE!

  • 12. Junior  |  13/12/2010 às 13:58

    Se eu não me engano, no Paraná, tanto um líder da organizada do Coritiba quanto do Atlético já se candidataram para cargos públicos. Em breve isso deve ocorrer em outros estados. Eu olho com muita desconfiança a participação cada vez maior da Geral e da Popular na vida política dos clubes. Um dos benefícios da derrota do Affatato é o fato que a sua derrota enfraquece a Popular.

  • 14. Ernesto  |  13/12/2010 às 14:09

    E o engraçado é o cara que sempre defendeu a popular, uma “organizada”, escrever esse texto.

  • 16. arbo  |  13/12/2010 às 16:23

    li o torcida unidas pela preservação dos pinguins. mto bom, como este aqui.

  • 17. vicente v.  |  13/12/2010 às 17:22

    #12

    Não só se candidataram como GANHARAM duas eleições consecutivas. Na última eleição, o ex-presidente da Fanáticos (Atlético – PR), Julião, foi eleito, e o PAPAGAIO, da Império (Coxa) ficou de fora. Na eleição passada, o representante coxa branca foi eleito.

    O tal Julião até foi preso uma vez por ameaçar outros passageiros de um trem turístico daqui de Curitiba com um 38ão.

  • 18. vicente v.  |  13/12/2010 às 17:27

    Ops, que memória a minha. Ele foi preso de novo ESSES DIAS.

    http://jornale.com.br/portal/curitiba/138-04-curitiba/7884-vereador-e-preso-em-briga-de-torcidas.html

  • 19. Marcel Moreno (ex-TMdaC)  |  13/12/2010 às 17:28

    Na Argentina futebol é coisa séria.

    Não é produto da Globo, como aqui.

    Vida longa as barra-bravas.

    Nós devolvam a Coréia!

  • 20.  |  13/12/2010 às 18:49

    Só falta o articulista defender o Macri…. Leia outros jornais, não fique no Clarín, é como ler Veja e Estadão, você só vê o ângulo neoliberal da coisa. O Olé (que é do grupo Clarín) só começou a criticar o ambiente viciado do futebol devido à ruptura do jornal com os Kirchner. Ah, nenhum dos dois lados é santo.

  • 21. Felipe (o catarina)  |  13/12/2010 às 18:53

    fala-se em Álvaro Recoba no Avaí para 2011. Se ainda tiver condições físicas, é uma boa. Mas pelo que me consta só se pisa ultimamente, não?

  • 22.  |  13/12/2010 às 18:55

    Relembrando: o Macri é um dos maiores pilantras que já se viu. Já contrabandeou autopeças do Uruguai, inúmeras vezes fez negócios pouquíssimo transparentes com as categorias de base do Boca, recentemente colocou grampos ilegais em assessores e até mesmo em seu cunhado. É o típico sujeito ganancioso e inescrupuloso que quanto mais tem, mais quer ter. Se a Argentina ficar na mão desse cara, amigo, aí a coisa vai ficar preta mesmo. Tu fala dos Kirchner, mas o Macri – empresário riquíssimo – pagou a ida de 7.000 membros da La 12 a Tóquio, dez anos atrás, para ver o jogo do Boca com o Real Madrid. Ah, e o Clarín tem sabidas ligações com a ditadura de lá, como a dona do jornal pegando dois filhos de presos políticos mortos como filhos adotivos – o que só veio à baila ultimamente.

  • 23. Anônimo  |  13/12/2010 às 19:14

    Nenhum dos dois lados é santo, mas o Zé escolheu um…

    Sanchotene

  • 24. Anônimo  |  13/12/2010 às 19:23

    Aliás, sequer se pode argumentar que o LF tenha descrito dois lados. Há, no texto, “mil” lados e lado nenhum, com as pessoas separando-se e misturando-se dependendo por onde se vê: autoridades x sociedade; nacionais x estrangeiros; sanguessugas do Estado x excluídos; cumpridores do Direito x bandidos; etc. Todos eles causa e vítima dessa Argentina que não sabe de onde veio, nem onde está, nem para onde vai…

    O futebol foi à reboque.

    Sanchotene

  • 25. Anônimo  |  13/12/2010 às 19:25

    Re 21

    Com meio joelho e 1/4 de costas, joga frouxo na Avaí. Mas ele tem que querer também. Se vier só para aproveitar las playas, aí, nem de graça…

  • 26. Cunegundes Hernandes  |  13/12/2010 às 19:56

    amanhã teremos a VERDADEIRA final do mundial de crubes e nada aqui a respeito, INTER X MAZEMBE é o jogo do ano, quem dai passar leva o título JIROMBA DO ANO, não terá quem segure, inter de melão é um time muito modorrento, parece time de condomínio “papai não me emprestou o Audi”, rápaputaqueparil, acho que os negros africanos currarão os gauchos, como forma de vingança e ódio pela escravidão, bons tempos aqueles em que podíamos fornicar com segurança, sem medo de doenças venéreas, gravidez se resolvia com bica no bucho ou se vendia o filho na feira, minha irmã Vaginilda vendeu dois caboclinhos que ela teve de um caso com o açougueiro na feira, o outro ela abortou com agulha de crochê, outro dia eu estava meio enjoado e reclamei pro Tio Orestes, ele me disse que eu podia estar gravido e então enfiou uma agulha de crochê no meu fubão pra tirar o menino, no começo incomodou mas depois eu vi que até era uma sensação boa, depois Tio Orestes enfiou uma outra coisa mais grossa, ele não me deixou ver pois segundo ele era um instrumento cirurgico muito potente, foi bom, me senti aliviado ao abortar, não tenho dinheiro pra criar criança, tenho que sustentar mainha e a Lucinéia, a nova namorada de mainha, que está desempregada desde que roubaram o caminhão dela na frontera, malditos paraguayos, quack.

  • 27. col  |  13/12/2010 às 20:54

    Cune,

    Eh o silencio estrategico.

    “parece time de condomínio “papai não me emprestou o Audi”

    hauhauahuaha

  • 28. Emedinapf  |  13/12/2010 às 23:04

    O silencio eh para evitar a maldicao do impedimento. Blog colorado demoooois. Amanha espero texto do ducker falando que a coloradagi vai ganhar de goleada. Ate o meio dia hein alemao.

  • 29. Felipe (o catarina)  |  14/12/2010 às 00:14

    “inter de melão”

    ahahaha

  • 30. Leandro Demori  |  14/12/2010 às 01:33

  • 31. LF  |  14/12/2010 às 06:32

    peço desculpas – especialmente ao Maurício Boff – por não ter colocado links inicialmente nesse texto (puro esquecimento).

    mas recomendo muito o texto do boff – indicado pelo arbo, reforçado aqui.

    sobre Macri: não o defendi e estou longe de negar que ele tem suas filha-da-putices. Agora, me parece um tanto claro que para um governo que defende o igualitarismo social, é um tanto estranho o fato de financiar barras xenófobos que tentaram correr os ‘okupas’ a tiros.

    e nunca esquecer alguns detalhes:
    – Não há polícia em Villa Soldati
    – Os confrontos ocorreram por CINCO DIAS antes que as autoridades fossem ao local
    – A questão habitacional nos subúrbios de Buenos Aires é drástica. Lá o Estado não chega mesmo – não há sequer pavimentação nas ruas, é como se tudo fosse uma grande favela.

  • 32. LF  |  14/12/2010 às 06:37

    E prestem atenção nesse vídeo da ocupação em Lugano. Vizinhos – com métodos muito semelhantes aos dos barra-bravas, o que só pode ser coincidência – tentando expulsar os okupas com pedradas e coquetéis molotov:

    http://www.clarin.com/ciudades/capital_federal/Graves-incidentes-Lugano_0_389361253.html

    A TV chega, a polícia não.

  • 33.  |  14/12/2010 às 18:29

    Sanchotene, qual é o problema de se escolher um lado? Eu tenho parentes lá, cara. Só isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: