O ano da nossa vergonha

30/11/2010 at 06:21 69 comentários

A rigor, a rigor, o Flamengo não foi rebaixado. Salvou-se a uma rodada do fim da degola, não por mérito próprio, mas na conta dos deméritos alheios e de uma duvidosa sorte – Atlético Goianiense e Vitória, as duas equipes que teriam chances matemáticas de superar o Fla na última rodada jogarão entre si.

Basta que o Fla perca seu último jogo no ano e que um dos dois últimos candidatos a uma vaga na Segundona de 2011 vença para que o Fla enterre seu 2010 com uma respeitosa pá-de-cal: se despedirá da temporada onde defendeu o título com um mísero par de pontos lhe segurando na primeira divisão.

O tamanho do vexame rubro-negro em 2010 pode ser medido em números. Com seus atuais 43 pontos, o Fla tem 25 pontos a menos que o líder Fluminense – ou trocando em miúdos, 10 vitórias a menos e 5 derrotas a mais. Não é apenas patético, ridículo e vexatório: é revoltante.

O Flamengo entrou em 2010 com a corda toda, com o tal do Império do Amor ecoando na gargalhada das multidões e nas chamadas dos programas esportivos. Fora das quatro linhas, a presidente recém-eleita dizia ter soluções e diálogos que transformariam a Gávea num país de 1º mundo e até uma bisonha (BI-SO-NHA) camiseta azul e amarela foi prensada a tempo de malvestir atletas e torcedores urubus.

Então a realidade começou a cobrar seus royalties. Perdeu-se oestadual com o discurso de ganhar uma Libertadores perdida logo na sequência, a demissão de Andrade – que havia perdido o comando sobre seus atletas. Adriano foi embora, após mal ter treinado em 2010. Vagner Love também foi embora e o clube começou a perceber que o ano poderia se encerrar antes da Copa.

A coisa já não estava nada boa e a POLÍCIA prendeu o então capitão do time, o agora ex-goleiro Bruno. Bruno foi preso por suspeita de homicídio e ocultação de cadáver, numa história que envolvia surubas, rottweillers, sítios e um número realmente considerável de amantes e namoradas que se tornaram cúmplices.

Patrícia Amorim então sacou um Zico da cartola e Zico, maior ídolo da história do clube, chegou para dirigir o futebol e devolver o Flamengo às dimensões largas que o clube ocupava quando tinha no plantel o Camisa 10 da Gávea original. Zico, entretanto, não aguentou 3 meses da realpolitik do futebol, pediu o boné e deixou para o clube Silas de técnico comandando Val Baiano, Deivid e Diogo no time.

A torcida, que até então ainda estava anestesiada pela campanha de 2009 começou a perceber que o buraco de 2010 era bastante profundo. A sucessão de fiascos dentro e fora do campo escancarou a falta de comando no clube. Nunca o Flamengo se mostrou tão amador.

O Flamengo não conseguiu sequer somar 10 vitórias nessa edição do Brasileiro após 37 rodadas. Seu desempenho atual está no limiar de 2 dos rebaixados no torneio passado – o Fla tem quase 39% de aproveitamento dos pontos jogados até aqui, inferior ao Coritiba de 2009 (12 vitórias e 39% de aproveitamento) e no patamar do Santo André de 2009 (11 vitórias e 36% de aproveitamento).

A questão é que pouquíssima gente que anda frequentando o Clube de Regatas do Flamengo aparenta ter noção de que esse comportamento minúsculo não serve a uma camisa que já ganhou rigorosamente tudo o que disputou. O Flamengo já foi campeão do Brasil, da América e do Mundo. O Flamengo teve em seus quadros Junior e Zico tabelando. O Flamengo precisa agora provar a seus torcedores que ainda pode, mais uma vez, se vestir de Flamengo num domingo de tarde, para decidir campeonatos.

Porque, contornando o rigor dos números e olhando as coisas pelo coração de torcedor, nunca o Flamengo esteve tão rebaixado.

Leandro Godinho

Anúncios

Entry filed under: Brasileiro.

Decisão em três fronts Bifurcação na rodovia castelhana

69 Comentários Add your own

  • 1. Bruno Lorenz  |  30/11/2010 às 07:35

    Tenho impressão de que no dia que o Flamengo for organizado e bem gerido, vai deixar de ser Flamengo.

  • 2. Claudio RK  |  30/11/2010 às 07:36

    Bom, se serve de consolo, o Flamengo fez o serviço mais importante do ano para o futebol brasileiro, eliminando o time do um-zero-zero da Libertadores. Meu agradecimento ao Rubro-Negro pelo feito.

  • 3. Godo  |  30/11/2010 às 08:28

    Pois é, Lorenz, o Flamengo deveria se prestar em ser referência de time que disputa títulos – não referência de péssima gerência.

  • 4. Gabriel Teixeira  |  30/11/2010 às 08:36

    Se substituir algumas palavras e adaptar bem o texto, serve todo pro Palmeiras.

  • 5. Rafael  |  30/11/2010 às 08:46

    E para completar o péssimo final de ano, ainda vive o drama de assistir pela TV 10% de sua torcida ser presa pela policia e exército.

  • 6. Roberto  |  30/11/2010 às 09:09

    Não é corneta, mas esse ano foi coerente com a história recente do Flamengo. Ano passado é que foi um ponto fora da curva.

    Discordo muito do Bruno Lorenz, com todo respeito. Se o Flamengo fosse bem gerido e organizado, aí sim seria o Flamengo – potencialmente o maior clube do mundo.

  • 7. Felipe (o catarina)  |  30/11/2010 às 10:22

    tem alguém que se diverte “fakeando” os outros. Dante, NÃO ERA EU na Praia do Rosa. No sábado eu estava na minha Ilha, entocado dentro de casa num belo dia de sol fazendo trabalho da pós. Além disso, frescobol? Não, não…

    e eu nem tenho barriga, como vcs puderam comprovar na ImpedCopa.

  • 8. dante  |  30/11/2010 às 10:35

    bá, cara, que sem graça…

    então QUE OTÁRIO o sujeito que respondeu.

    mas tudo bem, já que ele não tem vida, precisa CHUPAR a de outro.

    lamentável.

  • 9. Cunegundes Hernandes  |  30/11/2010 às 10:42

    o framengo é foda, tem que ser respeitado, time de curradores, não tem jeito, eu me lembro anos 80, menino do rio, calor que provoca arrepio, dragão tatuado no baço, fui assistir vários jogos no maracanã, tio orestes me levava sempre depois do programa do flavio cavalcanti, ficávamos na geral e sempre tio orestes ficava atrás de mim pra me proteger, éramos muito íntimos, aí quando o framengo fazia gol, principalmente se o gol fosse do renato gaucho, aí tio orestes me apertava e eu sentia uma coceirinha excitante, era gostoso e ao mesmo tempo sapeca, o pessoal da geral me achava inteligente, dizia até que eu era pediatra, anos depois, quando eu ganhei o aparelho de surdez na porta da esperança, descobri que não era pediatra que eles diziam, mas sim pederasta, fiquei puto, mas tio orestes me defendeu, quack.

  • 10. Mau Haas  |  30/11/2010 às 10:56

    Que texto VERDADEIRO, tchê!

  • 11. rafael corinthiano  |  30/11/2010 às 10:56

    #9

    ahahahahahahahahahahaha

  • 12. Dante  |  30/11/2010 às 11:06

    Rá, sabia que eu não tinha sido “AZEITE”. Menos mal, então.

    Arbo puto, alkhashahasgah.

  • 13. Flávio  |  30/11/2010 às 11:11

    #6
    Discordo.
    O Flamengo, apesar do caos administrativo, vinha fazendo boas campanhas nos últimos anos. Ganhou a Copa do Brasil em 06 e ficou no top 5 do Brasileirão em 07 e 08. Ano passado, veio o hexa.

  • 14. arbo  |  30/11/2010 às 12:34

    Muito bom, sr. Godinho

    dante azeite em potencial ns

  • 15. Junior  |  30/11/2010 às 14:04

    Todos os demais torcedores agradecem a incompetência dos dirigentes do Flamengo. Com mais ou menos 30 milhões de torcedores, uma história fabulosa e uma tradição de grandes títulos, se o Flamengo fosse bem gerido seria o Bayern de Munique tupiniquim, ganharia a maioria absoluta dos campeonatos nacionais.

  • 16. Anônimo  |  30/11/2010 às 14:19

    o flamengo é o brasil…

  • 17. Anônimo  |  30/11/2010 às 14:21

    #2

    verdade! ano que vem alguém vai ter resolver essa questão também. andré sanches não pode ser dirigente campeão da libertadores…

  • 18. Marcel Moreno (ex-TMdaC)  |  30/11/2010 às 14:23

    #9

    HuuahauhuahaoiuhaoushaiushaioushaiuhauishauioshaiuhsaiushaoiushaioduhiosauhsioauhsaiushaiuhdiasuhaoisuhaxciouahxnAIUSHIUHAUAHSUAHSUAHUAHAUHAHuhuahuahuhauh!!!

  • 19. Vizzotto (Goleiro)  |  30/11/2010 às 14:40

    Godo revoltado escreve bem!!

    GODO PRESIDENTE DO FRAMENGO!!
    DJÁ!!

  • 20. Léo  |  30/11/2010 às 15:18

    #9
    “principalmente se o gol fosse do renato gaucho”

    HAHAHAHAHAHAHA

  • 21. dante  |  30/11/2010 às 15:24

    “se o Flamengo fosse bem gerido seria o Bayern de Munique tupiniquim, ganharia a maioria absoluta dos campeonatos nacionais.”

    não creio MESMO.

    perceba que o brasil não é como alemanha ou inglaterra, onde há meia dúzia de times [bons, menos ainda].

    apenas como REFLEXÃO, o GOIÁS está na final da sula…

  • 22. rafael botafoguense  |  30/11/2010 às 15:27

    se fode aí mengote

  • 23. Alexandre N.  |  30/11/2010 às 15:43

    Bom, tentem ver a situação por uma ótica mais positiva. Se o Flamengo cai pra segunda divisão, todas as facções criminosas da cidade se uniriam e a cidade iria ser tomada pelo caos…

  • 24. Junior  |  30/11/2010 às 15:45

    Dante, o Inter quando começou a ser melhor administrado, ganhou duas Libertadores em 4 anos. A torcida do Flamengo é praticamente do tamanho da Argentina. Voltando ao Inter, tem 107 mil sócios e é um clube regional, imagine a quantidade de sócios que o Flamengo poderia ter. Se apenas 25% dos torcedores do Flamengo gastassem em média 30 reais por mês, o orçamento flamenguista seria incomparavelmente maior que o orçamento de qualquer outro clube brasileiro (e não estou contando patrocínios e verbas da TV). O então presidente do Flamengo teria que se “esforçar” muito para não fazer um excelente time todo ano.

  • 25. izabel.  |  30/11/2010 às 15:56

    Godo, excelente texto. Pautado em fatos, números, escancara a verdade sem cair nas mesmices. Parabéns.

    Concordo muito com o Junior (e logicamente discordo totalmente do Lorenz).
    E a piada do Rafal e Alexandre não chega a ser piada. Torcidinha pó de arroz é o fim.

  • 26. Felipe (o catarina)  |  30/11/2010 às 16:05

    #24

    acho que faria algum sentido a comparação se o Bayern tivesse, historicamente, a maior torcida da Alemanha, como o Flamengo tem no Brasil. Mas não, o Bayern perdia em torcida até pouco tempo para o Schalke 04 (que não ganha um campeonato nacional há mais de 50 anos) e só passou a ser clube grande a partir da década de 1970 (ganhou seu primeiro nacional em 1969, se não me engano).

  • 27. Felipe (o catarina)  |  30/11/2010 às 16:09

    ou seja, o Bayern não é o que é hoje por causa da torcida, assim como o Flamengo poderia ser bem administrado, ter uma puta torcida e não ter essa supremacia toda no Brasil.

  • 28. Alexandre N.  |  30/11/2010 às 16:29

    #24

    Bom, mas a idéia que corre nas cabeças pensantes do Flamengo é justamente a contrária. Eles não querem que a “gentalha” se associe ao clube.

    Confirmando o que eu disse:

    http://www.flamengo.com.br/site/conteudo/conteudo.php?id=47

    http://www.flamengo.com.br/site/conteudo/conteudo.php?id=48

    #25

    Se doeu por quê, moça? A brincadeira faz parte. Cabe ao Godo querer ou não levar na esportiva (que, pelo que eu ví até agora, acredito que ele nem vá esquentar a cabeça com isso). E seria a mesma coisa se ele resolvesse me sacanear com a “fama” de “homossexuais” que a torcida tricolor tem, ou de “eternos vices” da torcida cruzmaltina ou mesmo a do “choro livre” dos botafoguenses.

  • 29. izabel.  |  30/11/2010 às 16:51

    não me doí, não, alexandre. só falei o que eu penso. é uma piada que não é piada, é bem triste. associar pobreza a marginália é um fato estranho pra mim. e fico imaginando qual é a graça de gritar ‘silêncio na favela’. é demérito ser o maior por lá?
    ia até fazer uma ressalva, no seu caso, porque você é fluminense e tá na tradição sacanear o mengo por ele ser a maior torcida entre pobres (assim como entre os ricos). já o rafael, que também fez piada no mesmo sentido, não sei pra que time torce.

    e, não, não tem nada a ver com chamar o vasco de vice (já que são) ou os botafogos de chorões, principalmente pelo passado recente.

  • 30. Junior  |  30/11/2010 às 16:54

    Felipe, o que um intercambista alemão explicou foi o seguinte: o Bayern é o time de maior torcida da Alemanha, o Schalke 04 tem uma média maior de público. E nem o próprio Schalke tem a maior média de público, na verdade, a maior média é a do Borussia Dortmund. O Bayern não é só o time de maior torcida da Alemanha, como a 5ª maior torcida da Europa.
    http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/2010/09/barcelona-possui-maior-torcida-da-europa-real-aparece-em-2-lugar.html?utm_source=Twitter&utm_medium=Social&utm_content=barca_frente&utm_campaign=globoesportecom

  • 31. Godo  |  30/11/2010 às 17:04

    #23

    Ri alto pra caralho.

  • 32. Felipe (o catarina)  |  30/11/2010 às 17:06

    não tenho dúvidas que HOJE o Bayern tem a maior torcida da Alemanha, até por ser o único clube relevante de lá, com todo respeito aos Borussias Mönchengladbachhdjhdhakns e Eintrachtskjshjshqswqjdfs Frankfurts da vida.

    mas Junior, nem precisaria ter colaboração em massa dos torcedores. Se o Flamengo fosse bem administrado, só com as cotas de TV que ganha hoje já conseguiria, no mínimo, se manter sempre entre os primeiros.

  • 33. Godo  |  30/11/2010 às 17:06

    #30

    Cara, o que esse INTERCAMBISTA está tomando, quero duas doses pra curtir no final de semana. (ns)

  • 34. Alexandre N.  |  30/11/2010 às 17:11

    #29

    Taí o grande problema dos chamados “times da massa”. Não duvido nada que em São Paulo aconteça a mesma coisa com o Corínthians (que se não me falha a memória é o time que você torce, correto?).

    Porém, cabe ressaltar que os times com torcidas ligadas à pobreza e a marginália também não são as únicas a sofrerem algum tipo de condição vexatória.

  • 35. Ernesto  |  30/11/2010 às 17:16

    Lenga lenga de um flamenguista. Time ruim, quase caiu, mas ano passado ganhou porque pegou dois jogos entregues no final. Todo mundo sabe disso, só nao ve quem nao quer.

  • 36. Alexandre N.  |  30/11/2010 às 17:19

    #31

    A casa agradece, Godo… hehehehehehehe

  • 37. col  |  30/11/2010 às 17:38

    Nunca entendi uma ex-nadadora como presidenta do Fla (sem preconceito contra mulheres)…

  • 38. rafael botafoguense  |  30/11/2010 às 17:40

    pô izabel,vc tá procurando coerência em zoação de torcida? cheio de maluco meio índio chamando bostero de boliviano,vascaíno (time do povo e tal) falando silêncio na favela, todo mundo chorando e só o botafoguense é chorão.

    deixa a piada ser feliz

  • 39. Alexandre N.  |  30/11/2010 às 17:49

    #38

    BWAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHA…

    Genial, guri… hehehehehehehehe

  • 40. izabel.  |  30/11/2010 às 17:53

    ahhahah
    eu deixo, botafoguense (ou acho que deixo).
    particularmente, não me incomoda quando corintianos são chamados de gambás.
    a resposta pro ‘silêncio na favela’ é uma música massa, ‘festa na favela’. o ‘maloqueiro sofredor’ que os BAMBIS gritavam também virou grito nosso.
    mas essa zoação com os bolivianos ou chamar de criminoso (principalmente pela ATUAL CONJUNTURA no rio) eu realmente não curto.

  • 41. Eduardo  |  30/11/2010 às 18:01

    #33 Godo, usa o mesmo que o RB anda tomando que já estará muito bem no fim de semana…
    o guri anda inspirado …
    seria porque foi sumariamente esquecido pela impedCorp quando “reptil” de ano???

  • 42. Charlinho ATLETICACANO-MG  |  30/11/2010 às 20:26

    detalhe da foto, o jogador adversario com uniforme do BANGU

    esse sim primeiro time de “escória/pobraiada,chinelagem,etc”

    botou o chão de fábrica da Cia. Industrial textil lá de Bangu pra jogar bola

    BANGU faz e Vasco leva o mérito de primeiro time democrático. Nas origens, o flamengo tambem é um time elistista e sectário pra caralho,,,e até hoje isso existe, basta ver que o quadro social do clube é dos mais caro e inacessíveis do país,,,Fla é tão elitista quanto o Fluminense, até pq o Fla é “filhote” do Flu, foi fundado por jogadores/sócios descontentes que saíram do Flu…e depois que o Vasco dos pretos foi campeão em 23,,,ficou uma birrinha, todos contra o Vasco,,,,America,Flu e Flamengo,,,a famosa final de carioca da briga dos remadores dando com pás de remo na cabeça dos vascaínos, foi em encarada como o Flae defendendo a honra dos clubes de “estirpe” contra a escumalha preta e banguela vascaína,,,,recomendo ler o excelente livro “O negro no football brasileiro.” de Mário Filho. muito bom.

  • 43. Charlinho ATLETICANO-MG  |  30/11/2010 às 20:34

    http://www.passaportetricolor.com.br/regulamento.asp

    olhaê,,,esse plano de sócio do Fluminense é tranquilo,,,talvez o pço absurdo e fora da realidade do plano de sócio do Fla deve ser uma medida “de defesa” que os cartolas barrigudos usam pra manter a chinelagem rubronegra longe da área social e fora da esferas das eleições e da politica interna do clube

    negócio é que massivamente a pobreza e chinelagem do estado do rio e de estados sem times relevantes locais torce pro Fla

    mas é um clube com origens e com política internas puta elitistas,,,nao difere em nada do Fluminense,,,

  • 44. douglasceconello  |  30/11/2010 às 20:44

    Acho muito SALUTAR que esses times supostamente MAL-ADMINISTRADOS ganhem títulos importantes, para contrariar essa lógica do PLANEJAMENTO e trazer um pouco de PATHOS à coisa toda. Do contrário, tudo seria PLANILHA e LAPTOP (ns).

  • 45. izabel.  |  30/11/2010 às 21:25

    #44 ahhahahahhahhaha
    melhor comentário.

    #42 e #43
    massa as informações. não sabia nada disso (quer dizer, sabia só que o fla era filhote de flu).

  • 46. rafael botafoguense  |  30/11/2010 às 22:16

    bangu,botafogo,américa flu… já tinham pretos antes do vasco pisar num campo. a questão q envolve isso aí é social e não racial. se um preto tivesse escola podia entrar no botafogo,se tivesse dinheiro entrava no flu,nesse livro mesmo do mário filho cita um.

    realmente os 4: flu,bota,fla e diabo eram elitistas, mas não queriam o vasco jogando pq ele pagava jogadores em tempo de amadorismo. aí expulsaram eles. nada de preconceito, senão o vasco nem jogaria a 1ªdivisão. ou o próprio bangu não estaria no 1ºquadro desde 1906.

    tudo mentirada.

    sobre o tamanho da torcida do fla é difícil dizer. pode ser por aceitarem negros pobres 1º,por treinar em local aberto(não tinham campo hehe), pela influência do remo ou por já nascer com time campeão(os dissidentes do flu ganharam em 1911e foram pro fla em 1912,o flu ficou fraco e o fla com um bom time feito).

    sei lá. acredito mais no remo. era mais popular q o futebol.

  • 47. Junior II  |  01/12/2010 às 00:48

    Um dos melhores dias da minha vida será o dia que o flamengo cair para segunda divisão, este ano bateu na trave novamente, se o São Paulo desfalcado tivesse perdido para o Atlético-GO provavelmente eu comemoraria a queda do flamengo no próximo Domingo.
    O flamengo é o time da mentira, ganhou uma Libertadores após um assalto contra o Atlético-MG, no famoso jogo que o carioca Wright apitou e expulsou metade do time do Atlético por nada, mesmo assim o jogo ficou no 0x0 e o flamengo ganhou pela falta de número de atletas do adversário.
    O flamengo ganhou um brasileiro do Grêmio com seu volante Andrade dando um soco em uma bola sobre a linha de gol, como se fosse goleiro, o árbitro nada marcou.
    O flamengo se diz campeão brasileiro de 1987, quando o campeão foi o Sport. O WO que flamengo e Inter levaram ao não comparecer ao cruzamento com o Sport e o Guarani custou ao Inter uma suspensão por um mês (Devidamente encaixada entre o estadual e o nacional de 1988), o flamengo não foi punido.
    O ano passado o flamengo foi campeão não só em função das entregadas de Grêmio e Corinthians, mas também as custas de arbitragens vergonhosas, como contra o São Paulo, foi marcado penalti que não existiu sobre Toró, na cobrança o Rogério defendeu e o soprador de apito alegou que ele adiantou-se e mandou voltar, poucas partidas depois o goleiro assassino adiantou-se muito mais em dois penaltis cobrados por Ganso do Santos, as duas defesas valeram e o jogo terminou 1×0 para o flamengo.
    Até a torcida é uma mentira, é dita a maior em função do NE, onde as pessoas torcem para um time local e para o flamengo.
    O flamengo é o time mais insuportável do planeta !!!!

  • 48. dante  |  01/12/2010 às 08:59

    faltou QUACK, junior! çlaksalsçkflçakflçka

    deixa a piada ser feliz

    DEIXA A PIADA SER FELIZ

    DEIXA A PIADA SER FELIZ

  • 49. Godo  |  01/12/2010 às 09:03

    #46

    Rafael, nos anos 40/50/60, o Flamengo fazia excursões para jogar em locais onde as pessoas não tinham times pra jogar campeonatos de expressão – interior do nordeste e norte do país, especialmente – para fazer amistosos.

    Conta-se que por conta dessas excursões o Flamengo criou EMPATIA com a população local, talvez por ter sido pioneiro ou porque EXCURSIONAVA (ImpedCopa, obrigado) mais que os outros.

    No Rio de Janeiro, a torcida urubu já era muito superior em número às demais na década de 50 (é só ler as crônicas do Nelson Rodrigues, gente) – o que desmente, em parte, a tese de que a torcida do Flamengo só atingiu as dimensões atuais em função da ERA ZICO (anos 70/80). Neste caso, pelo menos no livro do Ruy Castro (“O Vermelho E O Negro”), uma das razões para o número de torcedores seria, sim, a superioridade dos remadores rubro-negros que conquistou os cariocas, mas não foi só isso.

    Tem esse divertido episódio aqui, e certamente deve haver outros:
    http://www.flamengo.com.br/flapedia/Torcida_do_Flamengo

    Enfim, a 1ª torcida organizada foi a CHARANGA (melhor nome) do Flamengo, nascida em 1942.

  • 50. Godo  |  01/12/2010 às 09:12

    #46

    E complementando meu raciocínio, nobre amigo botafoguense, é uma VERGONHA que os sócios do Flamengo, um clube com INEGÁVEL VOCAÇÃO POPULAR, não se toquem do potencial que representa sua torcida, do poder de mobilizar as pessoas em prol do CLUBE – e não apenas do time de futebol.

    As taxas de associação são CARÍSSIMAS e pra se obter poder de voto, a burocracia é grossa.

    A explicação corrente para esse paradoxo mora (pega no meu duplo sentido) é que como a sede social do Fla fica na Gávea, bairro nobre, granfa e cheio de nojinho do Rio de Janeiro, os próprios sócios sustentam essa política segregacionista de manter a multidão apaixonada pelo time “longe” do clube. Também RESIDE aí nessa política o fato de um time do tamanho do Flamengo não possuir um estádio próprio para mandar seus jogos – se bem que, convenhamos, ele conta há muito com um MARACANÃ à sua disposição.

  • 51. rafael botafoguense  |  01/12/2010 às 12:58

    mesmo antes de 50.

    tanto é que teve aquela parada de Taça Salutaris em 1927 que o torcedor tinha q levar um cupom da água mineral salutaris pro JB dizendo qual o seu time pra ver quem seria o mais querido. e a disputa foi entre vasco e flamengo,sendo q o o vasco tinha só 4 anos de primeira divisão. por isso q creio no remo já que fla e vasco peleavam desde do fim do séc XIX no esporte até então mais popular.
    se o botafogo se fundisse antes teria mto mais adeptos.

    as excursões também são fodas. bota e fla foram os q mais vieram pra zona da mata mineira, trazendo grandes times, e têm mais torcida por aqui.

  • 52. rafael botafoguense  |  01/12/2010 às 13:02

    flamengo deu mó sorte com a construção do maracanã. flu tinha as laranjeiras,botafogo general e vasco são janu. o fla ficava ali jogando no campo do falecido paysandu. se não fosse o maracanã,q colocou todos no mesmo nível, estariam fudidos.

  • 53. rafael botafoguense  |  01/12/2010 às 13:18

    51.

    só que não era tão diferente como é hj. pois botafogo fluminense e o américa tinham mais troféus que fla e vasco em determinado tempo. daí dava uma equilibrada em torcida.

    aí tem a mística do fla flu criada pelo mário filho q a torna a maior rivalidade (embora eu ache escroto polarizar a rivalidade no rio) e uma série de fatos fodaços.

  • 54. rafael botafoguense  |  01/12/2010 às 13:19

    respodi a mim mesmo. que autista.

  • 55. Anônimo  |  01/12/2010 às 13:36

    hahahah

    o botafogo, vai dizer, tu não acha que tem que jogar o jobson?

  • 56. guihoch  |  01/12/2010 às 14:13

    cara vcs viram aquele video do ingles que cagou em campo na copa de90?

  • 57. guihoch  |  01/12/2010 às 14:15

    sefodeu o botafogo hein, tambem depois de o imortal mandar para lá o herrera e pagar o complemento de 20 mil por mes não daria para concorrer com o gremio nesta vaga, saiu caro o herrera hein, UMA LIBERTADORES PARA SER MAIS EXATO.

  • 58. Godo  |  01/12/2010 às 14:30

    #54

    Rafael Botafoguense enlouquecido consigo próprio.

    O lugar onde mais vi torcedores do Bota na rua foi Belo Horizonte.

  • 59. izabel.  |  01/12/2010 às 14:33

    “respodi a mim mesmo. que autista.”
    çfljalfjaçljflafajflajfjaç

  • 60. arbo  |  01/12/2010 às 14:47

    guihoch, fala a verdade. tu tá por trás do wikileaks
    kldjksksjkgja

  • 61. col  |  01/12/2010 às 16:29

    Interessante o dossie Fla do Junior II no #47.

  • 62. rafael botafoguense  |  01/12/2010 às 16:40

    jobsão tá jogando nada,vai pro palmeiras.

    se o herrera voltar eu acredito. ele e loco é a melhor dupla. só 45 gols no ano!

  • 63. rafael botafoguense  |  01/12/2010 às 16:42

    aqui tem mais q bh,pq aqui num tem galo nem cruzeiro

  • 64. Felipe (o catarina)  |  01/12/2010 às 17:33

    #63

    como que não tem galo? E o galo carijó?

    agora, falando sério RB, pq vocês têm vergonha do Tupi?

  • 65. rafael botafoguense  |  01/12/2010 às 18:09

    pô,nem temos. o tupi é querido. só que é meio díficil 500mil pessoas torcerem pra ele hauaha. tem alguns poucos q são só tupi.

    mas po,tem cara no norte q torce pra times de rj e sp,qual o problema de torcer prum time ali do lado?

  • 66. Frank  |  01/12/2010 às 20:22

    Olha só, tudo bem que há uma grande dose de preconceito na afirmação de que os torcedores de clubes “de massa”, como Flamengo e Corinthians, são “marginais”…

    Mas o que aconteceu nesse ano no Flamengo parece ter aproximado muito o time dessa visão que se tem sobre a torcida… Assassinato, ocultação de cadáver, amigos e seguranças traficantes, amarrar noiva em árvore… (sem contar as surubas com prostis, travecos, anões e asnos, mas isso entra na conta da sacanagem…).

    Tudo conspirou contra o Flamengo esse ano… se rebaixasse, acho que seria a cereja do bolo…

  • 67. Felipe (o catarina)  |  01/12/2010 às 20:48

    #65

    problema nenhum, cada um torce pro seu.

  • 68. rafael corinthiano  |  01/12/2010 às 21:32

    #66
    Adriano jogou no São Paulo e no Flamengo, durante a temporada no SP ele cortou relações com seus amigos da Vila Cruzeiro?
    A mesma coisa vale pro Vagner Love, na época de Palmeiras, ninguém falava dos “parceiros” dele.

    É claro que é preconceito contra o Flamengo.

  • 69. douglasceconello  |  01/12/2010 às 23:25

    Que grande série de comentários. Rafael Botafoguense é um ENCICLOPÉDIA do futebol carioca. Pra quem lê, parece que tem 137 anos.

    suadhas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Só os direitos trabalhistas levaram uma surra maior que o Uniclinic na noite de hoje (9x0 do Náutico, em casa, pela Copa NE). 9 hours ago
  • O problema eterno é o interior confirmar TUDO AQUILO quando chegam os mata-matas. twitter.com/impedimento/st… 9 hours ago
  • Um dos piores Gauchões coletivos da dupla Grenal já vistos: juntos, 18 jogos e apenas CINCO vitórias. 9 hours ago
  • Novo Hamburgo é tão bom que na Espanha já chamam o time do Messi de Barcenóia. Não ouçam quem diz que é o contrário. twitter.com/impedimento/st… 11 hours ago
  • Por falar em Gauchão, em instantes o Grêmio encara o NOVO HAMBURGO, líder isoladíssimo (a 4 pontos do 2º, 5 pontos do Grêmio, 7 do Inter). 11 hours ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: