III ImpedCopa: pôsteres para guardar

17/11/2010 at 01:08 74 comentários

Como é de conhecimento de toda a gente, Porto Alegre foi declarada em situação de calamidade pública após os festejos da III ImpedCopa. Dentro da quadra, porém, não houve qualquer resquício de ziriguidum e o ronco que se ouviu não foi o da cuíca, mas sim o das gargantas infladas pelas rusgas diversas. É indispensável, portanto, que mostremos ao mundo a cara das esquadras e de que forma e sob que efeitos etílicos e anímicos o torneio transcorreu.

Passemos, assim, à análise nada pretensiosa do desempenho das equipes. Nada muito PROFUNDO, claro, apenas o que foi possível avaliar nos momentos de FRESCOR quando não estávamos imersos naquelas jarras de Nosso Senhor ou definindo o futuro do continente em conversas profundamente GRAVES sobre a importância da carne e da pimenta na formação do caráter latino-americano. Peço que relevem, portanto, por qualquer juízo emitido de forma ERRÔNEA.

Arsenal de Sarandí

Gonsa, Daniel Cassol, Filippon e Felipe Uhr,
Bessinha, Cabral, Daniel Chaves e Thalles Gomes

Apontado como favorito por nove entre dez veículos da imprensa nacional, o Arsenal não foi exatamente um fracasso, mas acabou eliminado prematuramente. Acontece que, graças ao favoritismo entoado pelas esquinas da América, todo jogo contra los de El Viaducto virava uma guerra. Após ter acabado a primeira fase em 6º, encarou e venceu o Bucaramanga na Repescagem, em jogo marcado por arbitragem POLÊMICA. Bessinha e Gonsa, candidatos  a craque do campeonato, eram miseravelmente CAÇADOS pelo tapete artificial, mas não se mixavam e continuavam seu trote feroz. O bom nível técnico que fazia a equipe ser temida pelos adversários era mantido pelos outros hijos de Grondona, motivados pela não-presença dos óculos de crítico de teatro de Thalles Gomes. Mas após bater o BUCA nas Eliminatórias, na briga por uma vaga na semi o Arsenal foi eliminado nos pênaltis pelo Huachipato, acabando a competição em 5º lugar.

Blooming

Rob Rocker, Rodrigo Bessa, Ilmar, Neni e Rodrigo Azevedo,
Bruno Pommer, Rafael “Gatuso” Lopo e Luís Felipe

Uma das equipes mais fortes do campeonato acabou vitimada pelos fatores extra-campo. A nuvem de álcool que rodeava Bruno Pommer e Rob Rocker impediu que o time vislumbrasse um horizonte mais próspero. O arqueiro acabou falhando em lances que costuma interceptar com metade dos fios de seu cavanhaque e Rob Rocker passou mais tempo fumando junto ao mesário do que esperando cruzamentos na área. Assim, nem a qualidade da meia-cancha, tendo em Azevedo um PILAR, acabou sendo suficiente para chegar à final. Ao menos a medalha de bronze apaziguou a animosidade no vestiário. O disco de PLATINA, no entanto, ficou com Gatuso, que ao som do pandeiro acabou ALICIANDO uma jovem desprevenida. A ImpedCopa também é romance.

Chacarita

Edson Pinedo, Cyro, Gustavo Bielinski, Gustavo Mano,
“Xinho” Faraon , Philipe, Dante Sasso e Eduardo Ceconello

O Chaca foi outra das equipes que acabou ficando pelo caminho mais cedo do que muitos imaginavam. Talvez muito pela perda de “Tata” Bielinski, que se lesionou no braço e saiu direto para a traumatologia ainda no começo do campeonato. Nem Edson Pinedo, arqueiro de insuspeita PERÍCIA, o pulmão de VELUDO (ns) de Dante Sasso ou a aflição corredora de Gustavo Mano impediram que a equipe caísse logo na repescagem, após terminar em 5º lugar na fase correntina. Importante salientar, no entanto, que todos os jogos contra os apadrinhados de MENEM foram ossos duríssimos de se roer e que, apesar do 7º lugar, foram vencedores incontestes, justamente por terem mais tempo de ficar rodeando a churrasqueira e os barris de CARVALHO.

Huachipato

Paulinho Dixon, Mateus Arbo, Prestes, Dudu Lorenz,
Elvis Branchini, Alex Rosa, Gaspa e Bruno Lorenz

Aí está um time que fez do EQUILÍBRIO sua meta. Desde as luvas, empunhadas com afinco por Dudu “Pequeno Príncipe” Lorenz, o goleiro com mais alcunhas da ImpedCopa, passando pela zaga composta pelo DUO cancheiro y nada amaciador Paulo Dixon e Alex, até os setores de meio-campo e ofensivo, com jogadores de VELOCIDADE e habilidade, Gaspa, Prestes e ARBITO faziam uma correria LÚCIDA. Depois de passarem em 3º pela primeira fase, foram batidos pelo Blooming e precisaram da repescagem para, na semifinal, serrem batidos pelo QUASE imperdoável Coraceros. Na disputa pelo 3º lugar, acabaram perdendo a medalha nos penais, após empate em 0 a 0. Analisando na letra fria da lei, era um time com potencial de levar La Copa, o que de fato quase fez.

Bucaramanga

Fino, Ducker, Alexandre de Santi, Chico Secorun,
Eduardo EGS, Milano e Camilo CEO

Está aí um time vitimado pelo DESTINO. Um dos primeiros nas casas de aposta de LONDRES, acabou sabendo na última hora que simplesmente não teria goleiro, o que gerou um ESPETO CORRIDO de arqueiros até a chegada de Maria “Castillo” Betânia, galo véio que foi chamado em cima da hora e segurou as pontas até o final. Mas a instabilidade já havia se APOSSADO da equipe amarela e nem uma zaga reforçada por Chico Secorun, que em cima da hora foi acionado para atuar com Milano e Ducker, nem o bigode moralmente superior de Camilo conseguiu ser suficiente. Fino ficou sozinho na articulação, enquanto Santi e EGS permanceram isolados no ataque. Devido a esse inferno astral, a equipe acabou em 7º na primeira fase e perdeu por 2 a 1 para o Arsenal nas eliminatórias, chegando em último lugar no geral.

Coraceros Polo Club

Rudi, Bernardo Amorim, Neco Mulller, Antenor Savoldi, Iuri Muller (motivador),
Nego Fernandes, Rômulo Arbo, Vitor Hugo e Leo Ponso

Comentava-se à boca nem tão miúda assim que o Coraceros seria dos times mais frágeis da competição. Mas que nada. Todas as manchetes negativas foram coladas por Iuri Muller na parede do vestiário e o conjunto tropero y relinchador engatilhou seis vitórias seguidas sem levar qualquer gol, acabando com folga na ponta da fase correntina e pavimentando seu caminho à final. Vários foram os destaques positivos do elenco coracero, a começar pelo arqueiro, Bernardo, apontado por muitos como o melhor da competição. A zaga, composta por Neco Muller, Nego Fernandes e Vitor Hugo, também foi uma muralha intransponível que amedrontava os jóqueis desprevenidos. O time jogava fechado, na moita, e se largava na reta de chegada com Léo Ponso e Rômulo Arbo, um dos melhores jogadores do campeonato. Por uma dessas ironias, a equipe chegou à final e foi vice-campeã invicta, tendo sido derrotada nas penalidades pelo Excursionistas, time que haviam batido duas vezes no campeonato. Certamente a ausência de Leo Ponso, que saiu para comparecer à audiência (ns) justamente na hora da decisão, foi determinante.

Cobreloa

Tiago Marimon, Beretta, Diego Volkart, Eduardo Viecelli
Juliano, Fernando, Tiago Marmor e Tiago Ritter

Se há um time que não se importava com ESTIGMAS era o Cobreloa. Do maldoso apelido de CobreLLORA, graças a divergências manifestadas em relação às decisões do BOARD ao posto de time mais batedor do torneio passaram-se apenas alguns dias. Fato é que, apesar de ter acabado em último na primeira fase, os ZORREROS recobraram as forças e venceram o Chacarita nas Eliminatórias, mas caíram pelo mesmo 1 a 0 diante dos Excursionistas na Repescagem. Apesar da queda prematura, a turma que armava uma retranca que tinha como ponta isolada no ataque o VELOZ Juliano ficou na história da competição, pois sentou a lenha em meio mundo, deixando a arbitragem em apuros. Lá pelas tantas, Tiago Marimon reclamou de falta e mandou o juiz não uma, mas DUAS vezes “Enfiar o cartão no meio da bunda”. Conseguiu tomar cartão amarelo, azul e vermelho no mesmo lance. Detalhe: a falta tinha sido marcada para o time dele. Um momento INOLVIDÁVEL.

Excursionistas

Douglas Ceconello, Gabriel Teixeira, Leandro Vizzotto, Franciel Cruz,
Lucas Cavalheiro, Leandro Godinho, Andreas Muller e Lucas Sacchet

Também não havia pessoa em plena consciência que colocasse a mão no fogo pelo Excursionistas. E desse time tenho 2% de autoridade para falar, visto que meu ALTER-EGO estava presente e viveu tudo nos bastidores. Decidimos que só teríamos chance no campeonato se em momento algum houvesse DESARRANJO na estratégia da equipe. Assim, Andreas e eu passamos do meio-campo apenas um punhado de vezes. Godo e Gabriel cobriam a ponta esquerda, por onde jogavam os atacantes adversários mais PELIGROSOS. A movimentação e armação das jogadas foi deixada sob total responsabilidade da dupla de Lucas, que entendem do riscado, driblam e fazem essas coisas bonitas que a gente vê pela televisão. No ataque, improvisado, em demonstração comovente de abnegação pelo conjunto, Franciel Cruz, que segurava toda a zaga adversária e mais uma banda do Sergipe. Depois de um início TROPICANTE, as partidas certas foram vencidas ou empatadas, caso da semifinal e da decisão, onde o triunfo veio apenas nos penais. Após 4 empates, duas derrotas, duas vitórias e uma monumental defesa de Vizzotto na última cobrança, o resultado, transmitido para 183 países, vocês já conhecem.

Os números, maestro

O artilheiro foi Rodrigo Azevedo, do Blooming, e o goleiro menos vazado foi Bernardo, do Coraceros, que teve até saldo positivo: marcou um insólito gol contra o Bucaramanga.

Fase Correntina – Confrontos

Huachipato 3×1 Blooming
Bucaramanga 0x0 Chacarita
Arsenl 0x1 Coraceros
Cobreloa 0x0 Excursionistas
Huachipato 1×0 Bucaramanga
Blooming 3×2 Chacarita
Arsenal 1×0 Cobreloa
Coraceros 1×0 Huachipato
Excursionistas 1×1 Bucaramanga
Blooming 1×0 Arsenal
Chacarita 3×1 Cobreloa
Coraceros 2×0 Excursionistas
Arsenal 1×2 Huachipato
Cobreloa 0x3 Blooming
Bucaramanga 0x1 Coraceros
Excursionistas 2×0 Chacarita

Classificação da Fase Correntina

Colocação – Time – Pontos – GP – GC
1º Coraceros 12 5 0
2º Blooming 9 8 5
3º Huachipato 9 5 3
4º Excursionistas 5 3 1
5º Chacarita 4 5 6
6º Arsenal 3 2 4
7º Bucaramanga 2 1 3
8º Cobreloa 1 1 7

Eliminatórias

Chacarita [5º] 0x1 Cobreloa [8º]
Arsenal [6º] 2×1 Bucaramanga [7º]

Classificatórias

Coraceros [1º] 1×0 Excursionistas [4º]
Blooming [2º] 1×0 Huachipato [3º]

Repescagem
Cobreloa 0x1 Excursionistas
Arsenal 0x0 Huachipato (2×3)

Semifinais
Blooming 1×1 Excurionistas [ 2×3]
Coraceros 1×0 Huachipato

3º lugar
Blooming 0x0 Huachipato [3×2]

Final
Excursionistas 0x0 Coraceros [3×2]

Saudações,
Douglas Ceconello.

Anúncios

Entry filed under: ImpedCopa.

III ImpedCopa: loucura, psicopatia e caos Um canhão pela Copa

74 Comentários Add your own

  • 1. Andreas  |  17/11/2010 às 01:29

    E eu ainda fiz um gol.

    2010 é ano bissexto?

  • 2. Francisco Luz  |  17/11/2010 às 01:59

    Emulando Paulo Renato;

    PARECE ter sido um evento menor.

  • 3. Lopo  |  17/11/2010 às 02:41

    É amigo, não é bolinho. Amargo sabor do 3º lugar depois de sair na frente quando faltavam apenas 2 min para terminar a semi-final. Doce sabor da cerveja artesanal, auxiliar incontestável na arte da “charla” ítalo-latina!!!
    Que ansiedade para a próxima Impedcopa!!!

  • 4. Cícero  |  17/11/2010 às 04:12

    Dudu “Pequeno Princípe” Lorenz, HAHAHAHHAHA.

    zifudeu na cidade!

  • 5. Camilo DEL BUCARAMANGA  |  17/11/2010 às 06:09

    Faltou no texto sobre o BUCA duas verdades UNIVERSAIS:

    1) FORTALEZA LEOPARDA foi o campeão moral, título alcançado no consumo da $EWA DE JESUS;

    2) Fomos TOTALMENTE OPERADOS.

    3) Bônus: Fui (acho) o único que jogou com um DESLIZANTE ALL STAR DE COURO, devido à CONTUSÃO DA CHUTEIRA, no último segundo. Resultado: http://yfrog.com/n9igp2228j çalksghçalhkg

    No más, belo texto, mestre.

  • 6. beretta  |  17/11/2010 às 06:46

    Cobreloa foi o único time a manter a TRADIÇÃO do futebol Sul Americano.

    Campeões morais.

  • 7. Mano  |  17/11/2010 às 07:35

    O time do Dudu “Filho do Ned Flanders” Lorenz merecia melhor sorte, assim como do Arbinho e do mui surrado Bessinha.

    Fica provado que ter IRMÃO CAÇULA no time é mau agouro.

  • 8. Volkart  |  17/11/2010 às 08:01

    Faz um ranking de cartões aí que Cunegundes se orgulhará do Cobreloa… no mais, sem mais. Baita dia.

  • 9. Alexandre N.  |  17/11/2010 às 08:25

    Lá pelas tantas, Tiago Marimon reclamou de falta e mandou o juiz não uma, mas DUAS vezes “Enfiar o cartão no meio da bunda”. Conseguiu tomar cartão amarelo, azul e vermelho no mesmo lance. Detalhe: a falta tinha sido marcada para o time dele. Um momento INOLVIDÁVEL.

    Talvez tenha sido este o momento mais mágico de toda a ImpedCopa. Senhores, a minha sorte é a inveja não matar…

  • 10. Juliano  |  17/11/2010 às 08:30

    Já enviei uma carta ao Teixeira para sugerir a “correntina” ao Brasileiro. Maior forma de disputa possível.

    No mais, Antena afaga Iuri.

  • 11. Cassol  |  17/11/2010 às 08:37

    Bah, muito sensata a análise de todos os times. Como conseguir prestar atenção na quadra com tanta cerveja sendo servida é a questão que permanece.

  • 12. marlon  |  17/11/2010 às 08:46

    gskjdfghashdjk, melhor texto.

    (detahles) que SALTAM aos olhos:

    olha a cara de BOM MOÇO de Rob Rocker, alto 71 na zaga adversária;
    Godo parece o filho do Tim Maia;
    Suellen com bigode “FIGUEROA CAMINHONERO”;
    Lei de Sancho foi seguida à RISCA, hein;
    Iuri Muller é aquele guri ali? putalamerda, com 25 vai ser Nobel de literatura.

  • 13. marlon  |  17/11/2010 às 08:46

    esqueci:

    Camilo biogde de bixeru

  • 14. Bruno Lorenz  |  17/11/2010 às 09:07

    #7 Se bem que, na família Lorenz, o problema mesmo foi o irmão mais velho aksf =(

    e

    “Lá pelas tantas, Tiago Marimon reclamou de falta e mandou o juiz não uma, mas DUAS vezes “Enfiar o cartão no meio da bunda”. Conseguiu tomar cartão amarelo, azul e vermelho no mesmo lance. Detalhe: a falta tinha sido marcada para o time dele. Um momento INOLVIDÁVEL.”

    Momento que entra pros ANAIS do evento. (ns)

  • 15. thalles  |  17/11/2010 às 09:10

    não ganhei porra nenhuma, mas posso afirmar sem medo de errar que fui o jogador bêbado mais são do campeonato, o melhor zagueiro alagoano do certame e, como se não bastasse, conquistei o premio CUMPADI WASHINGTON DE ANIMAÇÃO DE TRIO ELÉTRICO no pós-impedcopa.

  • 16. Bernardo Amorim  |  17/11/2010 às 09:10

    O melhor das fotos é que pouco se vê a bola.

  • 17. douglasceconello  |  17/11/2010 às 09:19

    Desde as duas da tarde Rob Rocker já estava OLHANDO PARA O VAZIO, sem qualquer expressão ou intenção que não a de ser um FUNIL para o trago.

    Posso e DEVO estar enganado, mas acho que no Cobreloa os únicos que não batiam eram o Fernando e o Juliano. O restante, Volkart, Bereta, Marimon, Marmor, Eduardo, era tudo bandido.

    Melhor time, de fato.

    duashdua

  • 18. Ducker  |  17/11/2010 às 09:20

    Orgulho de fazer parte do escrete que começou a beber mais cedo! E também da primeira tarjeta amarilla do certame!

  • 19. Bernardo Amorim  |  17/11/2010 às 09:29

    Não foi o Rob que teve uma participação de 15 segundos numa partida? Entrou, o time adversário empatou e logo na nova saída deu a famosa “tesoura de craque”, indo pro jarro mais cedo.

  • 20. tiago  |  17/11/2010 às 09:41

    mais tranquilo agora que fora salientado do cobreloa, time mais batedor da liga. merece um cigarro.

  • 21. Camilo del BUCARAMANGA  |  17/11/2010 às 09:43

    Totalmente OFF, mas estou completamente apaixonado pela minha ®abetama.

    Se o VENTIL fosse mais largo, o PANSEXUALISMO iria comer solto[ns] çalsdhkgçahg

  • 22. Bernardo Amorim  |  17/11/2010 às 09:47

    foi construído um altar aqui em casa pra RABETAMA.

  • 23. tiago  |  17/11/2010 às 09:48

    todo mundo tenta, mas só o cobreloa é a esquadra mais violenta.

  • 24. Rudi  |  17/11/2010 às 09:54

    bah, o orgulho Coracero vai sempre bater forte no coração…
    quando jogar a próxima Copa, independente do time ou qualquer outra coisa, por baixo levarei o manto cinza e laranja

  • 25. Rudi  |  17/11/2010 às 09:56

    21, 22

    Tenho dormido ABRAÇADO na minha rabetama, tal qual um URSINHO DE DORMIR (MACONHEIRO, Armandinho, 2007)

  • 26. Lucas Cavalheiro  |  17/11/2010 às 09:58

    Teve vários jogos sensacionais. Cito alguns que me lembro

    Arsenal 0×1 Coraceros

    Estreia do “favorito” contra “o mais fraco”. E sai gol cedo dos azarões. Jogo pegado até o último segundo.

    Blooming 3×2 Chacarita
    Não me lembro dos detalhes, mas foi um jogão.

    Blooming 1×1 Excurionistas [ 2×3]

    Excursionistas levou gol faltando 2 minutos. Empatou na saída de bola por cobertura no goleiro adversário

    Coraceros 1×0 Huachipato

    Coraceros chutou UMA bola a gol. E essa entrou. Golaço do Arbo.

    No más, bela análise dos times. Bem isso daí.

  • 27. Camilo del BUCARAMANGA  |  17/11/2010 às 10:01

    #22 e #25

    Bom saber que não estou só. :~~~

  • 28. douglasceconello  |  17/11/2010 às 10:05

    #19

    Foi sim, Bernardo. No CLÁSSICO Excursionistas e Blooming. E a tesoura tresloucada foi em mim, em lance que muitos dizem ter sido ASSUSTADOR. Obviamente, fiz um esparro e consegui que Rob recebesse azul. Naquele estado dele, creio até que ajudei o Blooming.

    #21

    ahuhuahuahuhua

    Sensacional. Rabetama foi a grande estrela. Teve uma hora em que ela foi AMASSADA por pés implacáveis, mas logo SALTITOU redondinha pela grama.

  • 29. Juliano  |  17/11/2010 às 10:24

    “Apesar da queda prematura, a turma que armava uma retranca que tinha como ponta isolada no ataque o VELOZ Juliano ficou na história da competição, pois sentou a lenha em meio mundo, deixando a arbitragem em apuros.”

    O que uma vírgula não faz. Passei de sparring a violento.

  • 30. Caue Fonseca  |  17/11/2010 às 10:35

    Bah, das semifinais adiante, média de 0,75 gol por jogo. Viva o futebol gaúcho 0/

    e parabéns pelo evento aí, companheirada.

  • 31. Vitor Hugo  |  17/11/2010 às 10:51

    Há que se mencionar o trabalho digno de EDINHO que o ANTENOR fez junto à zaga e à VOLÂNCIA do Coraceros. Certamente é rusga pessoal do cronista não tê-lo citado.

  • 32. Carlos  |  17/11/2010 às 10:53

    Fui ontem num show de tango no opinião. Levei até minha velhinha mãe.

    Ae pergunto a vocês. Desde quando aquela merda só vende NOVA SCHIN E DEVASSA?

    VÃO PRA PUTA QUE OS PARIU.

  • 33. EGS  |  17/11/2010 às 10:54

    Minha é única crítica é aos times que fizeram mais de dois gols em alguns jogos.

    Deveriam ter sido PUNIDOS por isso. alksdjlajdklsa

  • 34. Franciel Cruz  |  17/11/2010 às 10:54

    Metido a erudito, repito aqui a assertiva do francês Deschamps: les amis — ces parents que l’on se fait soi-même, que, numa tradução malamanhada, seria algo como “Amigos são familiares que cada um escolhe sozinho”.
    E, sem querer puxar o saco, pois não é de meu feitio, em verdade vos digo: Vocês, AMIGOS, foram a melhor escolha que fiz no quesito parentes. São uma verdadeira FAMÍGLIA. Minha FAMÍGLIA.
    Obrigado e todos por tudo.

    P.S Ah, sim. Já estou conseguindo andar com a ajuda de uma cadeira de rodas. Em breve passarei para muletes e etcx ee coisa e tals.

  • 35. fino  |  17/11/2010 às 10:57

    também fui nesse show DE MERDA, tanque…

    e tomei uns chopp da eisenbahn…

    bem melhor que polar.

  • 36. thalles  |  17/11/2010 às 10:58

    no almoço de ontem em despedida ao franciel, parecíamos todos VETERANOS DE GUERRA recém-chegados do Vietnã. cada um que puxava uma parte do corpo.

  • 37. douglasceconello  |  17/11/2010 às 10:59

    Valeu, Caue. A inexistência de gols na disputa por medalhas prova o CARÁTER do torneio.

    Deixem eu compartilhar com vocês meu PENAL na decisão, gravado por um TREMULANTE Egs.

    Foi o terceiro, depois Neco Muller converteu para o Coraceros e Gabriel para o Excusionistas. Na última cobrança, Nego Fernandes chutou para defesa incrível de Vizzotto, como mostra este vídeo: http://www.youtube.com/user/alexdesanti#p/a/u/1/uqc2L_i4SoU

    Aliás, antes das cobranças, Vizzotto pediu para começarmos batendo, certamente PREVENDO o o que o destino lhe reservava. Sabe muito esse nosso arqueiro assador.

    E um troço muito afudê era que eu e ANTENOR, jogando pelo Coraceros, assistimos abraçados às cobranças. Como disse o Santi, a ImpedCopa é o único torneio em que todos os times comemoram o título.

  • 38. arbo  |  17/11/2010 às 11:02

    carlos, tbm fui no fernandez fierro, mas como to na ressaca da impedcopa ainda, bebi nada. nova schin? deusdocéu.
    qto ao show, mto abaixo do esperado, acho q não era show pro opinas, mas pra teatro. tinha visto no renascença da outra vez e tinha sido sensacional. ontem tava tudo meio ruim, som, luz, banda… e pelo jeito cerveja tb
    ah, encontrei o MILTON lá

  • 39. Carlos  |  17/11/2010 às 11:28

    Achei q tivesse sido a escolha da mesa, exatamente na frente do cantor.

    Vi o milton lá, inclusive ele detona o show. Com justiça, diga-se de passagem. Tb tinha ido nesse no Renascença, e tinha sido MUITO SENSACIONAL DEMAIS.

    Fiquei meio desiludido pq a véia já morou na argentina 1 ano qdo tinha seus 3-4 anos de idade, e sempre chora qdo ouve tango. Não deu pra emocionar a velhinha…

    Aquele opinião é e sempre foi uma merda. Som horrivel, ceva ruim, tudo podre. Por isso q eu só ia no Santa Mônica. (ai quanta saudade).

  • 40. guihoch  |  17/11/2010 às 11:30

    perdi novamente

  • 41. Vitor Hugo  |  17/11/2010 às 11:41

    Curiosidades da ImpedCopa: O GUSTAVO MANO SEMPRE FICA ENTRE ÚLTIMO E PENÚLTIMO LUGARES, pela 3a vez seguida.

    COINCIDÊNCIA?

  • 42. arbo  |  17/11/2010 às 12:02

    pois é, carlos, comentei lá no milton. pelo menos ganhei os dois ingressos pela itapema…

  • 43. Vizzotto (Goleiro)  |  17/11/2010 às 12:23

    #37
    Mas é claro meu zagueiro CAMPEÃO!!! No jogo anterior, pedi para sairmos defendendo!
    Nas finais, pra aumentar o cagaço dos batedores, nós é que terminaríamos defendendo.

    Análise fria e calculista dos times. Isso já tava na planilha do Gabriel “Joel Santana” Teixeira!!
    Huahauhauahuahua

  • 44. Dudu Lorenz  |  17/11/2010 às 12:30

    Dudu “Pequeno Princípe” Lorenz

    askjlgjklas porra. Primeiro filho do Ned Flanders, agora Pequeno Príncipe. Qual outro apelido eu não fiquei sabendo?

  • 45. Dudu Lorenz  |  17/11/2010 às 12:40

    Ah, e perdemos o campeonato naquele jogo contra o Coraceros.

    Amassamos, fizemos o diabo, acho que foi nossa melhor partida, mas a rabetama teimava em não entrar.

    Aí faltando dois minutos pro fim da partida o Arbo me acerta um chute quase do meio campo, eu ainda toquei na pelota mas não adiantou de nada.

    SENTIMOS O GOLPE e nos últimos jogos só se arrastamos

  • 46. Chico  |  17/11/2010 às 12:45

    Rapaiz, não da pra nega minha ressaca nessa foto. to parecendo um mendigo q acharam na rua e me deram um uniforme

    # 39

    Não tinha umas Baden Baden lá tb? ceva bem boa. ùltimo show q fui lá tomei uma de 9% de alcool, duas garrafa e jah tava perdido no mundo

  • 47. Cunegundes Hernandes  |  17/11/2010 às 12:54

    gosto de mulher peluda, como mesmo, sem dó, até meu piruzinho se perder na selva, é como roçar o cacete num capacho de entrada de uma agência da Caixa Economica, saboroso, quack.

  • 48. Alexsander  |  17/11/2010 às 13:00

    #45

  • 49. Lucas Cavalheiro  |  17/11/2010 às 13:02

    Ninguém notou a pegadinha (sem querer) no trapo do Excursionistas…

  • 50. arbo  |  17/11/2010 às 13:08

    eu notei e achei o trapo mais bonito. sério. pelas cores mesmo.

  • 51. arbo  |  17/11/2010 às 13:08

    hauauhauh todd flanders

  • 52. Cunegundes Hernandes  |  17/11/2010 às 15:56

    critiquei o fodebol argentino outro dia aqui. messi acaba de enfiar tudo no meu cu. obrigado. quack

  • 53. Gabriel R.  |  17/11/2010 às 16:00

    O vitor adora tomar gol de argenitno…fgdfgdgdhjtymj

  • 54. Antenor  |  17/11/2010 às 17:08

    Trapos Sagrados, belas fotos.
    Eu saí o mais BAITA de todos, óbvio.

    Obrigado pela lembrança, VH #31.

    abraço a todos

  • 55. Cunegundes Hernandes  |  17/11/2010 às 17:09

    neymaricón peidando na tanga de novo, quack

  • 56. Cunegundes Hernandes  |  17/11/2010 às 17:42

    http://www.alexandrecasarin.com.br/gerador_entrevistas_tite/

  • 57. HAHAHAHAHA  |  17/11/2010 às 18:01

    O nerdinho gordo e feio esse Rudi, pqp.

  • 58. Rudi  |  17/11/2010 às 18:02

    bah… precisa de MUITO MAIS do que isso pra me atingir, seja lá quem for…
    Tenta de novo, cowboy

  • 59. HAHAHAHAHA  |  17/11/2010 às 18:06

    Camilo CEO o mais foda, junto com Bernardo (mão no peito = ns total)

    Dante, um velho, nem sei como andou.

    Iuri magrelo total

    Ducker baixinho, o que prova: cão que muito ladra, não morde, não aguenta 5 minutos de porrada.

  • 60. Felipe (o catarina)  |  17/11/2010 às 18:30

    contribuindo, a única foto que apareço:

    colaboradores além-Mampituba (faltou o Rudi) reunidos com os patrões e o futuro vencedor do Pullitzer na categoria Jornalismo Esportivo Sul-Americano, Iuri Müller. É tanta categoria reunida num só enquadramento que a máquina não aguentou e a foto saiu tremida.

    e, meldeus, como eu tô GORDO! aidhidhljahdl

  • 61. FERN  |  17/11/2010 às 19:02

    che, só pela média de goles meus ojos brilharam… isso é FOOTBALL e revestido de pureza desde seu debut!!!

    verdade que esta média será superada, pela 1ª fecha da LIGA PAMPA, quando volver o espírito de ITAGIBA!!!

    uhuhuhauhsuahsuahsuahsuahsuahsuhaushauhsa

  • 62. Camilo DEL BUCARAMANGA  |  17/11/2010 às 19:03

    * Don’t feed the troll *

  • 63. Bessinha  |  17/11/2010 às 19:43

    dale arsenal!

  • 64. Vitor Hugo  |  17/11/2010 às 20:20

    #45
    Tu claramente não entendeu nada da tática coracera, Dudu Flanders. O charme está em ganhar com dificuldades (planejadas, claro).

  • 65. Dudu Lorenz  |  17/11/2010 às 21:43

    64.

    Ah, tá explicado então.

    Vocês só esqueceram de planejar o Vizotto como dificuldade na final, né. kjlgajkllkj (tentativa falha de alfinetar)

    63.

    Bessinha, o que aconteceu nessa ImpedCopa? Tu não tomou os cogumelos mágicos ou não fez novecentos gols porque resolveram te caçar em campo? Achei que íamos tomar uma sacolada do teu time, mas o mais perto disso foi uma cabeçada solitária na minha trave.

    Já faz CINCO dias desse campeonato e ainda parece que voltei da guerra ontem. Alguém tem esparadrapo pra colar meu braço?

  • 66. Gabriel Teixeira  |  17/11/2010 às 23:17

    Coparemos a Sula Miranda. Vamo Palmeiras!

  • 67. Lorenz, o Bruno  |  17/11/2010 às 23:27

    Apesar do vice, Coraceros se mostrou ao longo do campeonato o time mais copeiro, aplicando com maestria ímpar os ensinamentos do Muricybol.

  • 68. almilano  |  17/11/2010 às 23:50

    Bah definições sensacionais no texto, parabéns.

    Só faço uma ressalva: BESSINHA APANHOU POUCO, na próxima vai apanhar muito mais auidhaiudhuaishd.

    E sim, fomos roubados pelo Danny Glover e palo Chinatown na repescagem contra o Arsenal.

    Mas o lado bom é que tivemos mais tempo pra beber hueheuhe

    Valeu aí pessoal, e o melhor de tudo foi o pós ImpedCopa. Thalles, EGS e outros tantos que cantaram, dançaram e beberam a torto e a direito fizeram história.

    OLHA O KIBE haudasiuadhds

  • 69. Dudu Lorenz  |  18/11/2010 às 00:03

    O Bessinha que apanhava e o Rob Rocker que ficava brabo… de vez em quando ele acordava e xingava o zagueiro.

    Só quem pode bater no Bessinha sou eu, SEUS MERDA…

    E voltava pra jarra de chopp

  • 70. Fernando Cesarotti  |  18/11/2010 às 00:04

    Issaê, Gabriel, Felipão claramente inspirado no Exursionistas – tese que desenvolvi em texto já enviado à ImpedCorp e à espera de aprovação pelo Conselho Editorial Supremo.

    Aliás, PUTA INVEJA DA PORRA de não ter estado aí para aumentar a média de peso na foto do Catarina.

  • 71. Vitor VEC  |  18/11/2010 às 10:39

    Grandes jogos, público magnifico.
    Só lembrei de pedir o de trigo justamente na saideira, tanto faz.
    Além disso, só o fato da infraestrutura contar com WI-FI deixou-me satisfeito por poder acompanhar a chegada do VELEZ a liderança do Apertura-10.

    De minha parte, a crítica RESSENTIDA vai para a trilha sonora excessivamente TROPICAL, faltando aquela imaginada INTEGRAÇAO SUDAMERICANA.

    P.S.: Uma senhorita esqueceu-se de um cachecol bicolor em vermelho e branco nitidamente feminino nos bancos sul-setenses.
    Para reavê-lo, favor entrar em contato por:
    vitorvecchi@hotmail.com
    para negociação do RESGATE da peça.

  • 72. Lorenz, o Bruno  |  18/11/2010 às 11:40

    AISFUHASIUFHASIUFHSAIUFAS

    essa senhorita que esqueceu-se de um cachecol bicolor em vermelho e branco nitidamente feminino sou eu. Tava usando como ANDAIME CAPILAR, mas depois de uma jarrinha, nem lembrei mais onde tinha deixado.

    Deixa aí no museu impedcopense que na IV eu o resgato.

  • 73. Vitor VEC  |  18/11/2010 às 12:02

    Ta registrado, entao.
    Oq eh teu, ta guardado.
    ushuaiaushuaiaushuaia

  • 74. Paulo Roberto Tellechea Sanchotene  |  18/11/2010 às 15:54

    Re 16

    Passaram PHOTOSHOP na RABETAMA!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: