Perdi o sentido no trem rumo ao Paraguai

19/10/2010 at 05:00 35 comentários


zzzZZZZzzzz….ronc…zzzZZZZZzzzz…..plóf………..

A decisão da Conmebol de conceder novamente a quarta vaga à Libertadores no Brasileirão foi anunciada primeiro no site da CBF e muito comemorada Pindorama afora, especialmente em Curitiba (a vaga caiu no colo do Atlético-PR) e Porto Alegre, com o Grêmio cheio de chances para chegar. O caso é que o G4 volta a virar G3 se um clube brasileiro ganhar a Sul-Americana, o que cheira mal, muito mal. O site da Conmebol ainda não se manifesta a respeito e nenhum portal informativo pela América Latina repercutiu o assunto – e se outro país for campeão da Sul-Americana, como fica?

Teoricamente, a Conmebol adotou a medida que já foi abordada como a pior possível nesse post: o comunicado da CBF deixa claro que a quarta vaga depende da Suda, competição que certamente terminará após o fim do Campeonato Brasileiro. O Brasileirão termina dia 5 de dezembro e a última semifinal da Suda acontece 26 de novembro – a final ainda não tem datas definidas, mas a taça não deverá ser entregue antes de 8 de dezembro. A CBF já definiu que um clube brasileiro pode ficar classificado para a Libertadores por apenas 3 dias, o que poderia causar um pandemônio. Mas essa não é a pior das situações: se um estrangeiro ganhar a Suda e a Libertadores continuar tendo 38 clubes, a sua vaga terá de sair de algum lugar.

A Conmebol ainda não se manifestou sobre isso. O que há é o precedente – muito perigoso – da CBF. Ainda disputam a Suda, além dos quatro brasileiros, times como Independiente e Defensor Sporting, que podem provocar um furdunço. O Defensor, por exemplo: se for campeão, a Libertadores tiver os mesmos clubes de sempre e o precedente for usado, cai a vaga do Liverpool, garantida desde julho. Se o Independiente for campeão, certamente vai tirar as vagas de algum dos postulantes deste ano – a tabela da Libertadores soma os dois campeonatos de 2010, semelhante ao Brasil.

Estamos quase no final de outubro, faltam 3 meses para começar a Libertadores e ainda há muito para ser definido, e muitas brigas políticas em sequência. Alguém garante, por exemplo, que se algum brasileiro for campeão, o outro não entrará com liminar para garantir sua vaga? Ou que alguma pressão política não coloque seu clube à força na Libertadores? Eu não duvido.

Não é possível descartar a possibilidade de que a Libertadores tenha mais de 38 clubes. Ainda não há um regulamento definido para a competição, apenas os precedentes das outras competições – no entanto, para evitar uma eventual guerra de liminares ou o prejuízo a um time que já está garantido, é provável que seja adotada a solução política de adicionar mais umas duas ou três chaves na pré-Liber. Nenhuma federação vai reclamar de algumas vagas a mais.

Dose diária de nonsense
A solução mais óbvia continua existindo naquele post: a chave da pré-Liber com campeão da Suda e o último classificado do país campeão da Suda se enfrentando. Tem também a opção de ferrar com os mexicanos. Como nenhuma delas será adotada, vamos tentar pensar algumas opções que tenham mais a ver com a organização exemplar da Confederação liderada por Nicolás Leóz.

Uma delas é a COPA GAMBIARRA BANK, nome dado pela ImpedCorp ao eventual confronto entre o quarto colocado do Brasileirão e o campeão da Sul-Americana para disputar uma vaga na Libertadores. Esse confronto teria de ocorrer, necessariamente, no primeiro dia do ano e no Estádio Nacional do Japão, tão carente de atenção desde que o Mundial foi para os Emirados. Outra delas é a SUPER-RECOPA. Inter e o campeão da Sul-Americana disputam uma só vaga, também em janeiro, mas no dia de REIS, para ter a ver com a história. O campeão leva além da vaga a Recopa, adiantada em seis meses. Outra alternativa é o campeão da Copa Suda, responsável por toda a confusão, fazer um tournament ao estilo Mortal Kombat (ou I ImpedCopa) enfrentando todos os campeões da América, um depois do outro. Se não ganhar todos os jogos, perde a vaga.

Diante da capacidade de Nick Leóz de criar problemas para si mesmo, não duvido de qualquer alternativa.

Até a vitória,
Luís Felipe dos Santos

Anúncios

Entry filed under: Libertadores.

Bate forte o tambor Noches coperas

35 Comentários Add your own

  • 1. mardruck  |  19/10/2010 às 07:20

    Na verdade, deveria rolar TODAS as alternativas. Ao mesmo tempo.

  • 2. Guilherme  |  19/10/2010 às 07:45

    Já começando a secação dos brasileiros na Sulamericana (que eu já iria fazer antes dessa decisão mesmo), uma das semi-finais vai ser provavelmente News Old Boys x Palmeiras, e se o Palmeiras passar do News, duvido que não seja campeão.

    No outro lado só tem merda: Defensor, Independiente, Tolima, Goiás, Peñarol, Avaí, Emelec…

    http://globoesporte.globo.com/futebol/copa-sul-americana/noticia/2010/08/veja-tabela-da-copa-sul-americana.html

  • 3. Germano  |  19/10/2010 às 08:04

    Tá, então o Noveletto diz que seria PERDA de tempo ir atrás dessa vaga perdida e depois aparece para receber os cumprimentos pelo feito.
    Ao mesmo tempo que, se o Grêmio conseguir essa 4ª vaga no Brasileiro, dirão que foi tapetão quando, na verdade, nunca deveriam ter tirado essa vaga EM MEIO ao campeonato.

    Pode isso, Arnaldo?

  • 4. arbo  |  19/10/2010 às 08:20

    q pataquada, diria meu avô

  • 5. Roger  |  19/10/2010 às 08:44

    Com base no retrospecto gremista nos ultimos anos, prevejo que o Grêmio terminará em quarto e algum brasileiro vencerá a sula.

    Não se “ENTRA COM LIMINAR”.

    O juiz é que concede, ou não, uma liminar.

  • 6. Guilherme  |  19/10/2010 às 08:49

    Boa a comparação dos caras sobre os jogadores de Inter x Gremio.

    http://www.clicrbs.com.br/esportes/rs/noticias/futebol,3079395,Gre-Nal-383-Vote-nos-melhores-jogadores-da-Dupla.html

    É um milagre mesmo uma zaga com Rafael Marques e Paulão estar indo bem, na comparação com Bolivar e Indio.

    Mas acho que Lucio e Douglas estão jogando melhor que Dalessandro e Tinga no brasileirão.

  • 7. Camilo CEO  |  19/10/2010 às 09:23

    OBRIGADO PELO TÍTULO

    PERDI.

  • 8. Vine  |  19/10/2010 às 09:25

    E por que não tirar uma vaga dos mexicanos? Seria o mais sensato, e do jeito que a Conmebol trabalha (quem gritar mais, leva), era bem simples. Atlético-PR, Grêmio, Palmeiras, São Paulo e Vasco fazem um ofício pedindo isso e tcham! Tá feito

  • 9. Caue Fonseca  |  19/10/2010 às 09:32

    há grande chance também de a Conmebol publicar um comunicado a respeito do assunto e, de tão confuso o texto, ficarmos na dúvida sobre quem leva a vaga até o fim dos tempos

  • 10. Guilherme  |  19/10/2010 às 09:51

    .8

    Mas complicação toda, pelo que eu perrcebi, é que a Conmebol tá querendo impedir que a Libertadores vire versão da copa do brasil.

    Pra isso é fundamental que os mexicanos continuem, senão sobra muito pouco time pra bater de frente com os brasileiros…

  • 11. Sancho  |  19/10/2010 às 09:55

    A melhor solução sempre foi a “Catarina”, mas como ela implica necessariamente passar o ARG-4 da Fase de Grupos a Pré-Libertadores, sequer foi cogitada.

    Pela “Catarina”, a Pré-Libertadores teria 14 clubes: CSF-2, BRA-4, BRA-5, ARG-4, ARG-5, URU-3, COL-3, PAR-3, CHI-3, EQU-3, PER-3, BOL-3, VEN-3 e MEX-3. O campeão da Sul-Americana (CSF-2) enfrentaria necessariamente o último classificado de seu país.

    Passariam 7 para a Fase de Grupos, que se juntariam aos demais 25 [CSF-1 (campeão da Libertadores); 3 brasileiros; 3 argentinos; e 2 de cada um dos 9 países restantes] classificados, para fechar os 32.

    Mas para que optar pelo simples, não?

  • 12. Sancho  |  19/10/2010 às 09:57

    Re 8

    Os mexicanos são os que pagam!

  • 13. fino  |  19/10/2010 às 10:05

    auhauhauhuhahuauhauhauhauhauhuhauha

    GENIAL

    “estilo Mortal Kombat (ou I ImpedCopa) enfrentando todos os campeões da América, um depois do outro. Se não ganhar todos os jogos, perde a vaga.”

  • 14. Caue Fonseca  |  19/10/2010 às 10:06

    “Pra isso é fundamental que os mexicanos continuem, senão sobra muito pouco time pra bater de frente com os brasileiros…”

    Mexicanos poderiam ser uma terceira força da Libertadores se eles disputassem às ganhas. Para eles, é um torneio sem tradição (repito, para eles!) que nos os leva a lugar nenhum. Sequer podem disputar a finalíssima no país.

    Encaram mais ou menos como os brasileiros encaram (ou encaravam) a Sul-Americana: se ganhar, bacana. Se não ganhar, dane-se.

    Enquanto forem café-com-leite na Liber, os mexicanos continuarão fazendo na cancha o que fazem hoje: testando times mistos e inaugurando seus estádios de grama sintética.

    Dessa forma, não “batem de frente” com ninguém.

  • 15. douglasceconello  |  19/10/2010 às 10:13

    ahuhuaahuhua

    Sensacional, Luís.

    Gambiarra Bank comanda muito.

    4º colocado do Brasileiro x Último colocado da 1ª fase da ImpedCopa.

  • 16. Guilherme  |  19/10/2010 às 10:35

    .14

    Mas eles já chegaram a duas finais e outros terceiros. Já fizeram mais nesses últimos anos do que Bolívia, Peru e Equador em toda a história da copa.

  • 17. Sancho  |  19/10/2010 às 10:42

    Venezuela, Guilherme. Equador tem histórico de finalistas, semifinalistas e um campeão…

  • 18. Guilherme  |  19/10/2010 às 11:18

    Isso, desculpe.

  • 19. FERN  |  19/10/2010 às 11:21

    peru tb tem finalista na história de La Copa!!!

    grande proposta a da catarina…

  • 20. Jader Anderson  |  19/10/2010 às 11:54

    Que zona,

    O estilo mortal kombat de decidir a vaga é seguramente o mais justo.

  • 21. Cìcero  |  19/10/2010 às 11:59

    voto pela copa Mortal Kombat. Melhor decisão de todas, sem sombra de duvida.

  • 22. Francisco Luz  |  19/10/2010 às 11:59

    Peru também já teve dois finalistas, e um há pouco tempo.

    Se não adotarem a solução do Catarina, não tem jeito, vai dar merda.

    Vida de merda.

  • 23. rafael botafoguense  |  19/10/2010 às 13:09

  • 24. Marcel Moreno (ex-TMdaC)  |  19/10/2010 às 13:45

    Pior que não duvido que respingue na vaga do Inter essa merda toda mesmo…

  • 25. Felipe (o catarina)  |  19/10/2010 às 17:15

    #11

    com certeza não vão adotar minha solução. Ela é óbvia demais.

    outra alternativa seria fazer uma Pré-Pré-Libertadores, entre o campeão da Sul-Americana e o time da última vaga do mesmo país (ex.: Avaí campeão da Sula, pega o 4o. colocado da Série A). Quem passase entraria na Pr’é-Libertadores e aí sobraria o número mágico (para a Comebola) de 38 times. Mas e o calendário?

    #2

    também não precisa chamar de “merda”, né?

  • 26. Anônimo  |  19/10/2010 às 17:21

    Vai ser lançada a campanha CELSO ROTH SEM MUNDIAL!

    Fora Roth!

  • 27. Bruno  |  19/10/2010 às 18:18

    “e se outro país for campeão da Sul-Americana, como fica?”

    Como era antes, o país da equipe campeã perde uma vaga.

  • 28. Fábio Rübenich  |  19/10/2010 às 20:07

    Eu sempre fico na dúvida se é o Noveletto comerciante ou o Noveletto dirigente da FGF que está falando.

    Ele mesmo admitiu que sofre de dupla personalidade. Naquela ocasião de Brasil X Peru no Beira-Rio, nas Eliminatórias da copa da África, dias antes do jogo Noveletto havia dito que as vendas de ingressos estavam de vento em popa, que era melhor o torcedor interessado se apressar, senão ia ficar sem, coisa e tal…

    O público do jogo foi pífio. No dia seguinte, Noveletto Dirigente disse que quem tinha dado a entrevista fora o Noveletto Comerciante…

  • 29. Paul  |  20/10/2010 às 00:00

    Vocês aí que são PAGOS prá isso me respondam: existe a chance de termos uma FINALÍSSIMA entre brasileiros, de modo que a quarta vaga já tenha se ESCAFEDIDO antes de acabar o ABORTÃO 2010?

  • 30. Francisco Luz  |  20/10/2010 às 01:18

    Não sei se tem o mesmo regulamento da Liber. Se não tiver, pode rolar um AVAÍ x GALO:

  • 31. Guilherme  |  20/10/2010 às 04:47

    .24

    Haha foi mal. Chamar-lo-eis de “tecnica e teoricamente incapazes de impedir que o vencedor de Palmeiras x New’s seja campeão”.

  • 32. Felipe (o catarina)  |  20/10/2010 às 16:52

    #30

    melhorou. ahadsdclskldmx

  • 33. Sancho  |  20/10/2010 às 17:06

    Re 28

    O regulamento em si não diz nada, mas como faz remissão ao da Libertadores, é bem possível que os brasileiros sejam obrigados a cruzar na semifinais.

    http://img.mazimou.com:90/3749/documents/310.pdf

  • 34. Logan  |  20/10/2010 às 17:26

    Punks de Alvorada!….

    Nada, o melhor é dar a vaga ao time que vencer a ImpedCopa.

  • 35. Rodrigo Rodrigues  |  23/10/2010 às 16:15

    É impossível a Conmebol repetir o que foi feito na Libertadores 2010 com os mexicanos entrando na 2ª fase?

    Desta forma, por mais que seja gremista e não goste do que vou escrever, o Inter passaria para a 2ª fase diretamente, assim como ocorria nas competições do passado.

    Aí em vez de todos os segundos colocados se classificarem, somente os 7 segundos melhores se classificariam.

    É uma solução a se considerar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Porque não chegaria à Libertadores. 9 hours ago
  • Fim também para o improvável Paraná 3x2 Atlético-MG, um grande jogo que vocês não previram. 9 hours ago
  • Bahia soma a taça de 2017 às de 2001 e 2002. Como em 01, ganha contra o Sport. Fez um baita jogo hoje, podia golear, mas Magrão foi enorme. 9 hours ago
  • ACABOU. O BAHIA É CAMPEAO DO NORDESTE PELA TERCEIRA VEZ. 9 hours ago
  • Juizão distribuindo cartões vermelhos pro banco do Sport. 9 hours ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: