De lobos guaipecas e academias quebradas

17/09/2010 at 06:00 20 comentários

“Arrancamos ganhando mas caímos quatro vezes e tudo voltou a ser como era antes”. Assim o racinguista explica a sua situação atual no Torneio Apertura da Argentina. E Miguel Angel Russo, desde a sua casamata, contava com as melhorias que os reforços, já ambientados no Cilindro de Avellaneda, trariam ao Racing Club. O treinador teve duas ilusões: nas primeiras rodadas, o Racing bateu o All Boys em casa por 1-0 e derrotou o Boca na Bombonera por 2-1. Depois disso, foram quatro jogos e quatro derrotas.

O primeiro revés tem como culpado o grandalhão uruguaio Sebastián Balsas. O centroavante, ex-Nacional e que se juntou às fileiras do San Lorenzo, marcou o tento que fechou a partida em 1-2 aos quarenta do segundo tempo. Depois, derrotas para o Olimpo (fora) e Colón (como local), o suficiente para lembrar de toda a ladainha do descenso – como se todos em Avellaneda já não estivessem até a alma traumatizados pelo rebaixamento. Na última rodada, era precisa desafiar o Estudiantes em Quilmes e levantar algum ponto outra vez.

Mas Enzo Pérez e Gabriel Mercado, ex-capitão do Racing que deixou o Estádio Juan Domingo Perón brigado até com o porteiro, marcaram para o “Pincha”, um dos líderes do Apertura – para o Racing, ninguém fez gol e poucos tentaram. Era a quarta derrota seguida em seis partidas. Bastou para que o presidente Rodolfo Molina cobrasse mais dos medalhões (Bieler, Toranzo) e ouvisse uns desaforos de quem tinha pouco a ver com a história, caso do colombiano Giovanni Moreno. Menos mal que ainda sobram uns pontos de vantagem sobre River, Gimnasia e os clubes que subiram agora e que acabarão devorados pelo regulamento. Hoje à noite, o Racing recebe o Lanús acreditando em dias menos amaldiçoados.

Impressionante a arrancada do River nas seis rodadas inicias, em que já somou 13 pontos. A soma faz com que a equipe de Nuñez divida a ponta com Vélez e Estudiantes, que conta com um jogo a menos. Mas é certo que Ángel Cappa acertou a mão. Mais além da derrota frente ao Vélez, a única até aqui, houve vitórias convincentes e a afirmação dos jovens que Cappa lançou como os salvadores do Monumental. O mais matreiro deles parece ser Funes Mori, atacante que em quatro ocasiões já festejou no Apertura. A última contra o Arsenal de Sarandí, ocasião em que a cancha encheu para ver o River alcançar a ponta da tabela e sair da zona de rebaixamento – localidade que parecia eterna no início do campeonato.

Mas o exemplo a seguir é um aviso para Racing e River Plate – a insistência, algum dia, resultará no descenso puro e simples. Ao menos parece ser esse o destino do Gimnasia de La Plata, que torneio após torneio frequenta sem pudor a menos digna das zonas portenhas – a que leva à Nacional B. Nas cinco partidas disputadas, dois empates e três derrotas. Em aspectos gerais, ultima colocação no Clausura e vaga na Promoción a partir do cálculo do descenso. Pensei em omitir que o Lobo del Bosque ainda não marcou nenhum gol no torneio, mas o fato provavelmente estará relacionado à dispensa do técnico Diego Cocca, que só permanece no cargo se o Gimnasia vence o Huracán, também hoje, em La Plata.

Torpes também são as campanhas do Argentinos Juniors, que teve o seu time destroçado não pelo futebol europeu, mas pelos mais grandotes do país, e do Independiente. Ambos seguem na mais constrangedora seca: o primeiro tem dois míseros empates, e o Rojo, três. Quanto ao Rey de Copas de antanho, trata-se de uma fase em que todos opinam e poucos realmente têm uma ideia clara do que fazer. Até Montenegro, veterano meio-campista que hoje atua no México, mandou o seu recado: apesar da penúria, é preciso ter fé nos que estão por aí. Não nos resta outra.

No mais, o Boca se acomoda no meio da tabela com jeito de quem dorme uma sesta capaz de durar o torneio inteiro e o San Lorenzo surge como uma ameaça insurgente aos três líderes de então. Palmas, as maiores, para o Godoy Cruz de Mendoza – segundo os veículos portenhos, ou os que sobreviveram aos ataques de Cristina Kirchner, o “Tomba” é o que apresenta o mais digno futebol até o momento presente. Exagero ou não, os azuis contam com o respaldo da última atuação, contra o Lanús. Trata-se de um quatro a um fora de casa. Todos golaços. Que fique como a última e maior impressão da rodada do Apertura.

Saludos,
Iuri Müller
Anúncios

Entry filed under: Colunas, Nacionais, Pela América.

50% garantem 100% Como é a vida em uma terra sem lei

20 Comentários Add your own

  • 1. Alexandre N.  |  17/09/2010 às 08:37

    CA-GA-LHOS!!!!!

    Vocês viram a patrolada que o Defensor aplicou no jogo da Sulamericana?

  • 2. Vinicius  |  17/09/2010 às 11:21

    9 a 0 né!

    1min de jogo, penalti pro Defensor.
    eu alertei: O Hunacayo vai tomar uma sacola.
    e fui ver o jogo do Inter… Hoje pela manhã, fico sabendo dos 9 a 0!
    Semi-profissional o Sport Huancayo.

    sobre o post:
    E o querido Globito? Não falou nada do Huracán!!!

  • 3. rafael botafoguense  |  17/09/2010 às 13:58

    cara,esse bieler fede. só o fluminense pra se complicar com isso.

  • 4. rafael botafoguense  |  17/09/2010 às 13:59

    gimnasia X atlético rafaela 3.0

    EU ACREDITO

  • 5. Alexandre N.  |  17/09/2010 às 14:48

    Eu concordo com você RB…

  • 6. Iuri  |  17/09/2010 às 14:51

    O Huracán é justamente o décimo colocado, com o mesmo número de empates, vitórias e derrotas. E o seu futebol é mais ou menos assim.

  • 7. Álisson  |  17/09/2010 às 14:55

    A isso damos o singelo nome de barrigada.

    http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Esportes&newsID=a3042724.xml

  • 8. Anônimo  |  17/09/2010 às 18:00

    jajajjaja donde esta racing? jajajajja rojooooo

  • 9. Anônimo  |  18/09/2010 às 18:04

    CADÊ O POST SOBRE A VOLTA DO BAEA???????????

  • 10. Anônimo  |  19/09/2010 às 11:55

    Até tu Lucio?????

    http://www.trendencias.com.br/cuidado-pessoal/eles-fazem-as-sobrancelhas-sim-mas/

  • 11. Anônimo  |  19/09/2010 às 15:46

    A VERDADE FOI DESMASCARADA

    Os amigos do Y forjaram aquela “ressurreição”, mas agora é oficial mesmo. O carinha morreu mesmo, mais de uma fonte já confirmou

    http://noticiasdatvbrasil.wordpress.com/2010/09/19/bomba-segundo-o-site-ddb-iuri-lacerda-faleceu/

  • 12. marlon  |  19/09/2010 às 17:04

    bá, TOMARA.

  • 13. Lucas Cavalheiro  |  19/09/2010 às 18:24

    Nos últimos 8 jogos, Inter sofreu 2 gols. Assim que se faz um time campeão.

  • 14. Grená  |  19/09/2010 às 19:26

    JuventuD

  • 15. Gabriel R.  |  19/09/2010 às 20:01

    o jonas é o artilheiro do campeonato.. com licensa, vou me suicidar…

  • 16. Felipe (o catarina)  |  19/09/2010 às 22:58

    #15

    4 gols ele meteu na superdefesa do Avaí.

    não falei que o time era fraco? Quando escrevi isso naquele post em que o Avaí tava no G4 disseram que eu tava muito pessimista. Meu time eu conheço.

  • 17. Sanchotene  |  19/09/2010 às 23:17

    Infeliz ou felizmente, nem dá para dizer que somos visitantes na Ressacada…

  • 18. Sanchotene  |  19/09/2010 às 23:19

    Re 11

    Mas esse é com I…

  • 19. Sanchotene  |  19/09/2010 às 23:41

    Avaí estava melhor no começo do jogo, até que o Jonas fez um golaço…

    Ali, a casa caiu.

  • 20. Felipe (o catarina)  |  20/09/2010 às 12:32

    Sancho, a casa tá caindo faz tempo. Esse time do Avaí nos últimos dez (eu disse DEZ!) jogos é o famoso “paquera mas não beija”. Muito tico-tico no fubá, toquinho pra lá e pra cá e pouco gol.

    veja só. até antes desse jogo com o Grêmio, eram nove partidas sem perder e, pasmem, a defesa tinha média de gols sofridos nesses nove jogos menor que a média geral de gols sofridos no campeonato. Só que o ataque, de uma hora pra outra, virou uma piada. Coincide com a saída do Roberto, único atacante do nosso elenco que é capaz de tentar driblar um zagueiro, pq os outros só faltam chamar a mamãe qdo ficam no mano com o beque.

    e além disso tudo, claro, teve um Douglas e um Jonas jogando muito e a marcação do Grêmio na nossa saída matou. A diferença de categoria é muito grande, mesmo esse Grêmio não sendo aquilo tudo, muito longe das tradições gremistas (Vilson e Rafael Marques… e ainda perdemos de zero…).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Porque não chegaria à Libertadores. 9 hours ago
  • Fim também para o improvável Paraná 3x2 Atlético-MG, um grande jogo que vocês não previram. 9 hours ago
  • Bahia soma a taça de 2017 às de 2001 e 2002. Como em 01, ganha contra o Sport. Fez um baita jogo hoje, podia golear, mas Magrão foi enorme. 9 hours ago
  • ACABOU. O BAHIA É CAMPEAO DO NORDESTE PELA TERCEIRA VEZ. 9 hours ago
  • Juizão distribuindo cartões vermelhos pro banco do Sport. 9 hours ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: