Avante, soldados, para trás: ninguém calará Franciel

04/08/2010 at 17:44 32 comentários

Se o DELEGADO MAGALHÃES não tomar providências, o Vitória enfrentará oceanos bíblicos e túrgidos para vencer a Copa do Brasil, na batalha definitiva do Barradão. Minha boa gente baiana, o caso eu conto como o caso foi. Ninguém desconhece os poderes de Franciel Cruz, comandante-em-chefe do Nordeste de Amaralina e orientador do Vitória em gramados de Oropa, Boteco do França e Bahia.

Há quem aponte algum toque de “candomblê”, como pronunciaria Fernando Henrique Cardoso, nessa coordenação ludopédica de arquibancada. Zeus não mente e a telepatia de Françuel não usa tambores. Resiste a qualquer baculejo de padres quevedos com sotaque de Walter Mercado.

Mas convoco o delegado de Itaparica a largar o convento e desvendar uma trama que pretende tirar o título nacional do Vitória. Nem mesmo essa vulvuzela tocando Fumando espero me impedirá de brandir o dossiê aloprado contra uma trama que envergonha a Nação, mancha de sangue os lençois de Duque de Caxias e desvirgina de ladinho Maria Quitéria. Breque.

Na primeira partida contra o Santos, na Vila Belmiro, vasculhei as cadeiras numeradas e não localizei Franciel, nem de vista, nem de madeixas. Adianto-me. Horas antes, por telefone, ele havia me pedido faz-um-favor:

– Esqueci a bandeira na mala. Uma só não será suficiente. Traga pra mim.

Nas curvas da estrada de Santos, acompanhado do marechal Eliano Jorge, conduzi a bandeira da mesma forma impetuosa da “Liberdade guiando o povo”, naquele quadro de um pintor francês de parede. Mas onde Franciel?

A cinco minutos da partida, ei-lo conduzido por três policiais irritantemente bem-humorados, dispostos a retirá-lo da orientação subjetiva do escrete rubro-negro. Meteram-no num chiqueirinho de quina de estádio. Se levamos dois gols dos Moleques da Vila, aí está a origem da covardia: o Santos usou o aparato do Estado para impedir Franciel de passar os macetes a Bida. Como desfecho, confiscaram uma das bandeiras, sob a acusação de que o Cristo do Nordeste de Amaralina provocava o camarote alvi-negro – o que era absolutamente verdadeiro.

De volta a São Paulo, encontro o amigo Altino Machado, essa alma dilacerada do Acre. Um tanto grave, Altino descreveu o diálogo de Franciel com o porteiro do meu prédio, às 5h15 da matina, antes de abandonar a hospedagem:

– Meu irmão, você pode me fazer um favor? Me acorde amanhã às 6h. Eu lhe agradeço.

6h. O interfone berra.

– Já são seis horas? Puta merda. Olha, eu vou pedir ao senhor mais um favor: me acorde daqui a meia-hora, porque vou dormir mais um pouco.

6h30. O interfone toca a Marselhesa.

– Seis e meia? Tudo isso? Obrigado, meu irmão. Estou atrasado para o aeroporto.
Pegou umas castanhas embaladas por Altino, atribuiu-as a Chico Mendes, e partiu. Mas deixou no rastro uma surrada camisa do Vitória e as sandálias rubro-negras da humildade. Duas relíquias fundamentais para a coordenação ludopédica na batalha contra o Santos. Atendendo à vulvuzela épica, Eliano Jorge comprou uma passagem para devolver o pendão da esperança a Franciel. Assim estava acertado.

Pois bem, delegado: às vésperas da viagem elianiana, borbulha uma crise aérea cujo objetivo recôndito é impedir a cerimônia de entrega da camisa ao editor-chefe do Victoria Quae Sera Tamen. Arre, ministro da Defesa, não nos curvaremos a essa infâmia. Enquanto o delegado Magalhães não pegar o primeiro ferry-boat em Itaparica, para dispersar a multidão, não arredarei deste café. Que eu já tô de saco cheio.

Texto de Claudio Leal

Anúncios

Entry filed under: Copa do Brasil.

Notas do Ascenso (2) Arte é levar taça com gol de cabeça

32 Comentários Add your own

  • 1. Cassol  |  04/08/2010 às 18:19

    Placar menor que Vitória 4 x 0 Santos será considerado zebra.

  • 2. catarina cristo  |  04/08/2010 às 18:35

    Tou num pé e noutro, querendo ver as fotos de franciel EM CHAMAS, pendurado no alambrado, na capa de todos mos jornais de amanhã!

  • 3. arbo  |  04/08/2010 às 18:58

    belo pré-jogo. aguante, tri!

  • 4. rafael botafoguense  |  04/08/2010 às 19:09

    estranho torcer prum robro-negro. mávamuláné

  • 5. * *  |  04/08/2010 às 19:45

    e. c. bahia, 1959~1988

  • 6. Logan  |  04/08/2010 às 20:29

    PORRA, VOU TER QUE ASSISTIR DA TV, CARÁLEO, ALGUÉM ME DÊ UM SUCO DE URÂNIO ENRIQUECIDO AÊ, POR OBSÉQUIO.

  • 7. Francisco Luz  |  04/08/2010 às 20:49

    Vamos lá, Vitória.

    Quero três gols do Viáfara: um de pênalti, aos 35min, um de cabeça aos 46 e um de BUNDA aos 47min. Tudo do segundo tempo, claro.

  • 8. FERN  |  04/08/2010 às 21:43

    gente, deus não existe, até meu vô ja sabe disso, aliás ele condiciona com total clareza isso ao torneio logrado pelo VICE de 1959, hoje…

    pra ele o Senhor só seria irrefutável se o vitória da bahia fosse campeão hoje e ainda assim #5: * *, seria menor a estes dois supracitados por ti…

    pelo menos esta alegria ele merece aos 80 anos, Frã Sir Él que viva mas tempo nessa chibança… huahuahuahuahauhauahauh

  • 9. GG  |  04/08/2010 às 22:06

    VItória pressionando
    a honra sobressairá

  • 10. col  |  04/08/2010 às 22:11

    Um time que tem VIAFARA como jogador merece a melhor sorte do mundo.

  • 11. Allan Garcia  |  04/08/2010 às 22:37

    Fodeu.

  • 12. Serramalte Extra  |  04/08/2010 às 22:40

    putz… gol do santos…

    só me resta torcer pra algum baiano invadir o campo e matar o simon.

  • 13. Catarina  |  04/08/2010 às 22:42

    mas eu não posso torcer pra porcaria de time nenhum, caramba 😦

  • 14. iasdoo  |  04/08/2010 às 22:47

    bautista perdeu um gol feito….

  • 15. Carlos  |  04/08/2010 às 22:49

    Catarina, vais torcer pro inter amanhã, correto?????

    alsdjsakldjkasldksaljdlj

    Qdo vi o puto do simon entrando, pensei: fudeu-se frãsuel…

  • 16. Luís Felipe  |  04/08/2010 às 22:53

    Simon que está muito bem no jogo, aliás.

  • 17. Carlos  |  04/08/2010 às 23:02

    Simon bem no jogo nunca combinou, mas realmente, esse bosta não tem nada a ver com o resultado.
    Talvez pq não tenha rolado nenhum lance complicado…

    Alias, esse merda não ia se aposentar depois da Copa???

  • 18. Carlos  |  04/08/2010 às 23:03

    E o gol do Santos estragou o jogo, q estava ótimo…
    Virou amistoso…

  • 19. Carlos  |  04/08/2010 às 23:09

    Vamo pooooooorrrrrrrrrrrrrraaaaaaaa

  • 20. iasdoo  |  04/08/2010 às 23:10

    WALLACE
    PORRA
    QUE CARALHO DE RAFAEL E DAVID LUIZ MANO

  • 21. Catarina  |  04/08/2010 às 23:11

    Começou a MICARETA.

  • 22. Álisson  |  04/08/2010 às 23:23

    Mesmo com o time jogando bem, o tal Neymar está sumido…

  • 23. iasdoo  |  04/08/2010 às 23:31

    bautista!!!!

  • 24. Allan Garcia  |  04/08/2010 às 23:46

    O meu consolo é que, normalmente, o time que alcança a Libertadores via Copa do Brasil não vai muito longe…

  • 25. Allan Garcia  |  04/08/2010 às 23:58

    Em 21 edições da Copa do Brasil (sem contar a de 2010), três campeões (Grêmio-94, Cruzeiro-96 e Palmeiras-98) levantaram a Libertadores no ano seguinte. E ainda teve o Fluminense, campeão da CB em 07 e vice da Liber em 08.
    Desde já fica a torcida para que esse grupo não aumente…

  • 26. Puyol  |  04/08/2010 às 23:58

    #24

    Tipo o Grêmio de 1995 que ganhou a Libertadores depois da Copa do Brasil de 1994? Check your facts.

    E os detratores do Santos não vão fazer um mea culpa, não? Ou por acaso o Santos não jogou FEIO, com o regulamento debaixo do braço como todos os defensores do futebol VIRIL (HSHSHSHS) que comentam ou escrevem no blog defendem?

  • 27. neto  |  05/08/2010 às 00:02

    vou admitir que o ganso nao é franguinho e ponto

  • 28. Sanchotene  |  05/08/2010 às 00:08

    Ganso é disparado o melhor jogador do Santos…

  • 29. twitcam  |  05/08/2010 às 01:44

    Com a taça nas mãos, eles gritaram:

    – Aham, aham, amanhã tem twitcam – diziam no palco armado para a celebração do vencedor, no estádio do Barradão.

  • 30. Phoenix  |  05/08/2010 às 08:44

    Pela DIGNIDADE do futebol, o gol do título foi marcado por Edu Dracena.

  • 31. Alexandre N.  |  05/08/2010 às 09:01

    #25

    Sem contar que o Fluminense em 2007 consquistou DUAS vagas para a Libertadores dem 2008. Uma com o título da Copa do Brasil e a outra com o 4° lugar no campeonato Brasileiro (que acabou passando pro Cruzeiro).

  • 32. Guero Sin Fé  |  05/08/2010 às 12:38

    Adoro ler o Luis inventando novos motivos para diminuir o inevitável, o futebol está mudando e os conceitos de ataque e defesa cada vez mais fortes (nos extremos). Quem sabe um dia o Luis entende.

    Continuem neste excelente trabalho de comentar o futebol com uma visão sobre à sua essência !!! E apesar de tudo, chora Luis… mas continue também a nos fazer rir.

    Abraços a todos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: