Archive for julho, 2010

Aconselhável esbaldar-se enquanto é tempo

Sovete, chimarrão e café preto são bebidas religiosamente consumidas independentemente das condições climáticas. Essa foi meu subterfúgio para me abancar numa SORVETERIA e disfarçadamente pedir um SUNDAE e uma cerveja, com dez graus de temperatura, para assistir à reestreia de Celso Roth no comando do Inter em jogos no Beira-Rio. (mais…)

19/07/2010 at 12:00 45 comentários

Paulo Silas Domenech

Quando Vanderlei, que havia simulado pênaltis inverossímeis a partida inteira, marcou o segundo gol no Prudentão, os gremistas que viam o jogo comigo estamparam no rosto consternado a certeza de que poderiam explicar aquilo. Anunciaram que a hipótese mais provável para justificar o que aconteceu e o muito que não houve era a de que os jogadores estavam boicotando o trabalho do técnico Silas, quase como fez o elenco da França na última Copa do Mundo. Mas falta sentido para que Silas ocupe o papel de Domenech, aquele pagão.

(mais…)

19/07/2010 at 06:00 79 comentários

Bate na minha bunda e me chama de Hunter Thompson

Foi-se o tempo em que eu tinha paciência para ler as crônicas do Armando Nogueira, do Nelson Rodrigues, do Fernando Calazans e do Renato Maurício Prado sobre futebol, esses engomadinhos que nunca sentaram a bunda num campinho de terra não sabem nada de samba nem de futebol, aposto que eles passam o dia todo tomando conhaque e lendo livros do Dan Brown e do Aurélio Buarque de Holanda, com cara de intelectual, odeio esse tipinho que usa óclinhos e fala frases de efeito, “Deus castiga quem o craque fustiga” é o baralho, nunca viram uma bola de capotão e um zagueiro espadaúdo na frente e ficam falando bobagem, futebol não é bonito, futebol é jogo e jogo é competição, e o que vale é bola na rede. (mais…)

17/07/2010 at 08:00 64 comentários

Os campeões se vão

Não passou das quartas-de-final, a aventura da Argentina na África do Sul. E enquanto o renovado elenco de Maradona se esfacelava na Copa, os clubes argentinos contavam os poucos pesos que têm para sair em busca de reforços. Dos titulares de Don Diego no Mundial, apenas Otamendi, do Vélez, atuava em solo argentino – o que explica, assim como em tantas outras praças, o baixo nível dos últimos torneios. A cada mercado de passes, quem se destacou na última temporada perde tudo o que tem e os projetos ficam todos pelo caminho. (mais…)

16/07/2010 at 06:00 55 comentários

O retorno após a hecatombe

Com o recomeço do Brasileiro, já ficou nítida a fulminante influência que o desastroso título mundial da Espanha terá no futebol de todas as querências. A esmagadora maioria dos times grandes voltou achando que tudo se resolveria usando uma simples manha de vídeo game, como são decididos esses joguinhos de Copa do Mundo. (mais…)

15/07/2010 at 06:00 71 comentários

A Argentina, como você sabe, é logo ali

Ano que vem tem Copa América, na Argentina – as atuações dos sul-americanos na Copa do Mundo indicam que pode ser um dos melhores torneios de todos os tempos. Isso depende de vários fatores, entre eles, os craques das maiores seleções não decidirem tirar férias em julho do ano que vem. Sabendo dos riscos, dá para projetar como serão as seleções candidatas em 2011, com base na Copa e no que aconteceu depois das eliminações das outras seleções sul-americanas. Nesta primeira parte, vamos projetar o futuro das seleções que estiveram na Copa. (mais…)

14/07/2010 at 06:00 51 comentários

“Perigossísimo tiro libre…vamo Forlán”

(mais…)

13/07/2010 at 19:59 13 comentários

O ocaso de um perdedor

Ser um perdedor não é fácil. Aliás, ser um perdedor é muito mais difícil do que ser um vencedor. Não por acaso, as pessoas buscam tanto o sucesso. E é por isso que jamais esquecerei o ano em que cursei a 8ª série. Vejam bem que aos 14 ou 15 anos o desejo de aceitação no meio em que se vive é enorme. Especialmente a aceitação do sexo oposto, já que essa é uma época digamos… de ebulição dos instintos mais primitivos (JEFFERSON, Bob. 2005) (mais…)

13/07/2010 at 06:00 48 comentários

Aqueles que se refletem na taça serão esquecidos

Acomodado num simplório assento de um tonitruante ônibus que voltava da portentosa Cachoeirinha, acompanhei os derradeiros minutos daquele infame jogo que prenunciava o fim do futebol mundial. Todos os resultados possíveis eram assustadores, mas não tanto quanto a ladainha que, sabíamos, SEGUIR-SE-IA ao apito final do árbitro inglês, respeitosamente ostentando farda celeste, caso ocorresse o que de fato aconteceu. (mais…)

12/07/2010 at 06:00 188 comentários

EN VIVO – Uruguai x Alemanha

Para terminar o Mundial com chave de bronze – e celebrar a mão de Suárez, o Eterno. A disputa pelo terceiro lugar, ao vivo, aqui, com a equipe do Impedimento.

Clique aqui para abrir o Cover It Live em uma nova janela.

Ou aqui para a versão mobile.

10/07/2010 at 15:00 34 comentários

Forlán é uruguaio, Messi é catalão

Diego Forlán e Lionel Messi têm uma qualidade em comum: nunca jogaram uma só partida pela liga profissional dos seus países. No que diz respeito à vibração dentro de campo, porém, não há comparação. Messi jogou a Copa como se estivesse jogando a Copa do Rei da Espanha; Forlán jogou uma Copa do Mundo. Messi foi um catalão defendendo um país estranho; Forlán, um uruguaio que parecia dever alguma coisa para sua gente. (mais…)

09/07/2010 at 06:00 49 comentários

Torcedores de luxo

Não há um só programa esportivo brasileiro que não tenha chegado à conclusão de que a final Espanha x Holanda é o supra-sumo do futebol arte. O raciocínio é simples: o jornalista vê a quantidade de meias e atacantes nos dois times, soma às suas lembranças do passado (1974 na Holanda, Barcelona e Real Madrid em qualquer tempo) e chega a conclusão de que o fino do futebol está ali. Esse raciocínio é potencializado pelo fato de Dunga ter sido o treinador do Brasil – de repente, tudo o que aconteceu no futebol mundial se resume a uma opinião favorável ou desfavorável a Dunga. Gosta da Espanha? Não gosta do Dunga. Gosta da Alemanha? Seu dunguista safado. (mais…)

08/07/2010 at 10:30 66 comentários

Se eu tivesse que escolher uma derrota

“Se eu tivesse que escolher uma derrota, escolheria uma parecida com essa”, disse o “Maestro” Tabárez na coletiva de imprensa logo após a eliminação uruguaia. Os milhares que optaram pela Plaza Independencia para assistir ao jogo já marchavam em direção ao Centro, sacudindo bandeiras, no caso dos orgulhosos sóbrios, ou atirando garrafas de Pilsen para cima, como fizeram os nitidamente bêbados. Quando ouviram a declaração de Tabárez, deram meia volta. Já haviam aplaudido o time inteiro, mas a situação exigia novas palmas, novos gritos e nova certeza de que tudo aquilo valera a pena. (mais…)

07/07/2010 at 15:00 81 comentários

Deus não existe e usa vestido amarelo

“Espere um pouco, ainda há luta em campo”, ouço uma voz desconsolada em kreyòl poucos segundos antes do gerador do Ideal Dance Club ser desligado. O juiz acaba de apitar o final da partida entre Uruguai e Holanda e as trevas repentinas refletem agora a imagem de duas dezenas de haitianos e um alagoano em pé, atônitos, aguardando o empate da Celeste. (mais…)

07/07/2010 at 12:30 18 comentários

Como se tudo fosse uma obrigação

Pode acender um cigarro de palha e se colocar apoiado num banquinho qual um PRETO VELHO e esquecer toda aquela história de racismo que é representada nos FOLHETINS televisivos. Pode também ignorar o teu professor do segundo grau a esbravejar sobre o comércio de escravos no Brasil. Nós sempre tivemos a Casa Grande, a senzala e os escravos furtivamente acochambrando as gordinhas branquelas de outrora, germinando todo um país que depois colocou a ferro e fogo a marca da negridão mesmo nos seus filhos de sobrenomes UCRANIANOS. (mais…)

07/07/2010 at 06:00 36 comentários

Posts antigos Posts mais recentes


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker