Aqueles que se refletem na taça serão esquecidos

12/07/2010 at 06:00 188 comentários

Acomodado num simplório assento de um tonitruante ônibus que voltava da portentosa Cachoeirinha, acompanhei os derradeiros minutos daquele infame jogo que prenunciava o fim do futebol mundial. Todos os resultados possíveis eram assustadores, mas não tanto quanto a ladainha que, sabíamos, SEGUIR-SE-IA ao apito final do árbitro inglês, respeitosamente ostentando farda celeste, caso ocorresse o que de fato aconteceu.

Pois o que se arremessou como um solo de BRITADEIRA no fundo de nossos pueris ouvidos foi o discurso, pré-moldado como as casas compradas nos arrabaldes, que elevava a Espanha ao status de nova salvadora do futebol-arte, da forma ofesniva de atuar, em detrimento de quaisquer cuidados defensivos, enquanto a Holanda era o antagonista carregado de vilânia que, com seus pontapés no peito e RADIARRAIAS múltiplos, impedia os pobres ibéricos de demonstrarem sua cátedra.

Agora me digam, vocês que discutiam futebol já com as paredes do útero de vossas mães, se é possível alçar ao patamar de mártir do futebol bem jogado um time que sequer consegue chutar a gol, que permanece por quase noventa minutos apenas nas preliminares, arretando uma mocinha que não se aguenta mais em si, como estava aquela miserável Holanda, que palpita e sua até pingar pelos LÓBULOS das orelhinhas BRASINAS. Um bando de gurizotes que faz escândalo e rolam como uns bichos doentes pelo campo quando recebem um mínimo encostão.

Uma esquadra que, a despeito da flâmula do ofensivismo que lhe penduraram no pescoço, marcou apenas oito gols em sete jogos, o pior ataque entre os campeões na história das copas.  Que era cantada aos quatro ventos como o suprasumo da beleza dentro das quatro linhas apenas porque conta com uns três ou quatro carimbadores de bola em sua meia cancha, mas que na hora da FRITURA precisou contar com um gol de cabeça de PUYOL e, na final, com uma jogada amplamente irregular quando o adversário já estava com dez viventes peleando. E que perdeu para a SUÍÇA, que nunca na história das copas havia sequer chutado uma bola a gol.

Somos todos cabeças de bagre boiando na gordura do ensopado que em breve será derramado sobre o aipim bem cozido da VERGONHA. Porque relutamos em perceber que esse time que ontem levantou a taça não passa de um arremedo ibérico e mal acabado da seleção brasileira campeã em 1994, por exemplo. Aquela sim, contava com um jogador extra-classe que colocaria todos os antepassados de Villa, o novo Donizete Pantera, a engraxarem suas chuteiras e a pagarem a pensão alimentícia de suas ex-mulheres até o fim dos tempos. Aquele time, que contava com Ricardo Rocha, um zagueiro de bigode, e somente por isso já superior, é que deve ser celebrado ao longo dos tempos.

Nós, sul-americanos, claramente roubados em turno integral e vitimados pelo complô que desde o início da Copa favoreceu o Reino de Castela, no entanto, impedimos que fosse decretada a morte do futebol quando pulamos com Suárez para abraçar o impossível e defender o indefensável. Todos nós personificados em Forlán, o Owen Wilson do Pampa, forjado a alfajor (aliteração, apreciamos), matambre e doce de leite.

Hoje, vemos a taça de longe. Mas enquanto as bandanas permanecerem tremulando pelos campos mal-iluminados e resvalantes de sereno, nossa filosofia continuará inigualável.

Saudações,
Douglas Ceconello.

Anúncios

Entry filed under: Copa do Mundo.

EN VIVO – Uruguai x Alemanha O ocaso de um perdedor

188 Comentários Add your own

  • 1. Vicente  |  12/07/2010 às 06:28

    Melhor texto que já li nesse site. Rídiculo louvarem a Espanha.

  • 2. daniel do BELEM  |  12/07/2010 às 07:11

    um dos melhores textos que já li na vida…. reflete tudo que penso acerca de futebol…. e vamos de volta a melhor competição do mundo: LIBERTADORES!!!

  • 3. Francisco Mahfuz  |  12/07/2010 às 07:28

    Apoio total com relacao aos comentarios do Uruguai, e com a VERVE DE SEMPRE – mas discordo cabalmente da analise da Espanha.

    Sim, e’ verdade que o famigerado toque de bola e arte que tanto se fala e’ representado basicamente pelo Xavi e grande parte do resto do time jogando como o Zinho sempre jogou – QUEM PEDE RECEBE, QUEM DESLOCA TEM PREFERENCIA – e girando sobre o proprio eixo OM MELHAO de vezes. E, aqui na Espanha ao menos (moro em Barcelona), ninguem diz que essa selecao e’ ofensiva, so’ que sempre tenta jogar enquanto tem muito time que esta’ bem contente de fazer uma retranca gloriosa e jogar no PEGA-RATAO (o que, entenda-se bem, nao tem nada de errado, mas o mainstream mundial acha isso deploravel, especialmente se e’ uma selecao como o Brasil). Na Eurocopa eles jogaram bem melhor mas nao fizeram um monte de gols, mas o time agora era mais defensivo (dois volantes em vez de so’ o Marcos Senna) e o Torres esta’ completamente fora de forma, entao nao acho que havia essa expectativa de meter um monte de gols em todo mundo. E dizer que o time nao tem cuidados defensivos e’ bobagem – eles tinham dois volantes que subiam pouco, uma zaga razoavel e um bom goleiro, e sempre se via os outros meio-campistas voltando pra ajudar. Alem disso, a pratica deles e’ sempre tentar apertar la’ na frente ao inves de ficar defendendo na sua metade.

    Se formos analisar friamente qualquer campanha de mundial dos ultimos anos, quem se salva como incontestavel? Po, o Brasil tomou dois gols da COSTA RICA em 2002, e se apertou contra a Inglaterra, que e’ o pais mais cagao de todos os tempos.

    Acho que o vitriol anti-Espanha esta’ diretamente proporcional a babacao de ovo pro’-Espanha, e os dois sao descabidos. Ou eu simplesmente estou morando fora do Sul faz muito tempo e fui corrompido totalmente por esse bando de boneca daqui – vai saber.

  • 4. marlon  |  12/07/2010 às 07:44

    concordo com o Mahfuz. e Puyol foi um gigante na defesa, e ainda fez um GOLAZO – aquela cabeçada, vindo lá do início da grande área, ES PA FLIPAR, chaval.

    berrei muito ontem, tomei tudo que era Estrella e San Miguel, cantei junto com catalanes, espanhóis e um monte de GUIRIS, desejei FRENETICAMENTE a Sara Carbonero, berramos ESTA RUBIAAAAA ESTÁ MUY BUENAAAAA pra turistas loiras deliciosas e despistadas, and generally WRECKED HAVOC en Plaza Catalunya y por las Ramblas sucias y poeticas.

    foi MASSA.

  • 5. marlon  |  12/07/2010 às 07:47

    ô Mahfuz, se quiser tomar uma BIRRA aqui uma hora, me dá um toque: 622 504 357.

  • 6. marlon  |  12/07/2010 às 07:49

    mas en serio, esta foi a Copa más RARA de todos os tempos. vuvuzelas ensurdecedoras, uma bola pior que DENTE-DE-LEITE, resultados totalmente HAXIXE NA PLEURA, Felipe Melo, juízes LOCOS, Italia e França não jogando nada…

    VAYA TELA, chaval.

  • 7. Luís Felipe  |  12/07/2010 às 08:38

    a questão é que aqui em Pindorama a Espanha está sendo descrita como ofensiva, artística, deslumbrante, espetacular, deliciosa, a seleção que voltou com o futebol, poética, e coisas do gênero. Sendo que, mesmo que a Espanha seja uma seleção ofensiva, não há nada de artístico nem poético – a Espanha é ofensiva por estratégia, não por poesia.

    Douglas resumiu o que eu penso sobre o sonolento final da Copa.

  • 8. Luís Felipe  |  12/07/2010 às 08:44

    entre tantas bobagens que estão sendo ditas, está a de que a Holanda perdeu por que “jogou para vencer”, enquanto a Espanha estaria jogando sei lá, para encantar serpentes. Como se nenhum time do mundo jogasse para vencer…

    a Espanha joga assim por que tem meias técnicos e frágeis fisicamente, faz mais sentido cadenciar o jogo e trocar passes até o infinito (como fazia a seleção do Zagallo) do que lançar para jogadores dribladores nas pontas (que não existem) ou acionar sempre o centroavante (que fracassou).

    graças ao pensamento geral, como diria o Prestes, a Seleção Brasileira vai para a Copa América de 2011 na Argentina com uns 14 “inhos” no time e Leonardo no banco de reservas, jogando o futebol “bailarino” que Leão pregava em 2001. Até a eliminação para a Colômbia nas quartas de final. Ou seria Peru? Ou Equador?

  • 9. Rafael  |  12/07/2010 às 09:01

    Esse time da Espanha é muito parecido com aqueles “Azulão” do Jair Picerni que tinha aproveitamento de 100% contra os gaúchos. Todo mundo dizia que era um time “ofensivo”, e o Picerni fazia coro na imprensa quanto a isso, mas na verdade era um time BEM FECHADO, e que marcava ANTES da bola passar o meio-campo.

    Agora… fosse o GABIRU no lugar do Robben, e o PUYOL ia estar lembrando 2006.

    Brabo vai ser pagar o PATO depois de ver Castillas…

  • 10. Flávio  |  12/07/2010 às 09:07

    A Espanha privilegia o toque de bola e marca por pressão, o que não resulta necessariamente em muitos gols ou num futebol espetacular, mas sem dúvida é eficiente – o time passou todo mata-mata sem sofrer gols.
    É um time técnico, mas com bem menos poder de fogo que o Barcelona, por exemplo. Digamos que seja uma versão melhorada da Colômbia dos anos 90.
    A Copa foi mediana, como todas dos anos 90 para cá. Superior as de 1990, 2002 e 2006 e inferior as de 94 e 98.

  • 11. Gabriel R.  |  12/07/2010 às 09:07

    O problema é que se a Espanha (ou Holanda) tivesse ganho com show de bola e o caralhaquatro o texto de hoje falaria da PERDA DA GARRA, DA FALTA DE SANGUE NOS OLHOS. Ontem fiquei olhando o pós-jogo no sportv e ninguém veio com esse papinho de futebol arte e tudo mais. Até porque o time da espanha não joga tão pra frente assim.

    E o que mais importa é a taça no armário, se foi com 8 ou 30 gols, tá lá.

  • 12. Luís Felipe  |  12/07/2010 às 09:12

    “Ontem fiquei olhando o pós-jogo no sportv e ninguém veio com esse papinho de futebol arte e tudo mais”

    tá brincando.

    eu desliguei o Sportv quando o Marcelo Barreto, depois de seis frases ressaltando que era a vitória do “verdadeiro futebol”, disse que o fato do Casillas não colocar MENSAGEM NA CAMISETA nem GRITAR quando recebeu a taça também era “verdadeiro futebol”.

  • 13. Eduardo  |  12/07/2010 às 09:13

    Um comentarista mexicano da espn aqui nos eua perguntou aos participantes da mesa redonda pos-jogo, se essa selecao espanhola seria comparavel ao Brasil de 70. Quando a resposta comecou com “BUENO” (que seria o popular ENTAO paulista, seguido de meia hora de explicacao), desliguei a tv imediatamente.a espanha mereceu ser campea? Pela final sim. Mas confirmou a consagracao do novo esquema tico-tico, com 10 zinhos + um goleiro.
    ———————
    Forlan ser o melhor da copa foi justo. Jogador mais “necessario” para a equipe. Shgfjgjdgdjgyteiger, depois da entregada pro gol de empate uruguaio nao merecia o premio. ——————–
    Ha de se adicinar que foi a final com o maior numero de amarelos (disparado) de todos os tempos.

  • 14. Kleiton  |  12/07/2010 às 09:36

    #13 “Ha de se adicinar que foi a final com o maior numero de amarelos (disparado) de todos os tempos.”

    Diga-se de passagem, juizão inglês honrando o baixo nível das arbitragens dessa copa – inseguro, apitando no grito e distribuindo amarelos como se não houvesse amanhã.

  • 15. rafael campos rocha  |  12/07/2010 às 09:36

    hahahahah! adorei o texto! não concordo mas é muito bom! um zagueiro, que só pro ter bigode é melhor que os outros é genial!

  • 16. andré  |  12/07/2010 às 09:38

    se existe algum tipo de futebol que essa copa eternizou, foi o futebol ALMA de diego forlán, que mesmo atuando afogado em revéses, vestiu a celeste como se fosse uma ARMADURA e nos brindou com o mais puro futebol. pátria de chuteiras é isso.

  • 17. Juliana  |  12/07/2010 às 09:39

    Vou imprimir este texto para mostrar aos meus futuros netos.

  • 18. Jean Mello  |  12/07/2010 às 09:44

    É bom saber que o Impedimento entende o que nós PRECISAMOS numa segunda de chuva….

  • 19. Lafaya  |  12/07/2010 às 09:47

    Os textos na sua maioria são bons. Mas esse ta brabo de ler.
    Títulos, ainda mais de Copa do Mundo nunca devem ser desmerecidos. A Espanha enfrentou bons times e nehum teve competência sequer de fazer um gol neles (Holanda, Alemanha..)

    Olha o trecho: “…mas que na hora da FRITURA precisou contar com um gol de cabeça de PUYOL e, na final, com uma jogada amplamente irregular quando o adversário já estava com dez viventes peleando”..

    O que tem de mais em um gol de Puyol?

    Se é por isso um time aqui do Sul nunca ganharia título mundial. Lembro que foi com um gol do grande Gabiru. Após tomar um “vareio” o jogo todo.

    E duvido um colorado dizer que não foi merecido o título mundial. E ao achar isso, está discordando automaticamente deste texto. E é engraçado, pq ao que sei, o autor é colorado.

    Parem de analisar futebol por merecido/não merecido.

    Ganhou e pronto.

    E foi merecido.

  • 20. Gabriel R.  |  12/07/2010 às 10:04

    #19 Fecho com o Lafaya

  • 21. Cunegundes, o mulato frajola  |  12/07/2010 às 10:11

    o único macho do time da espanha é esse tal de PUJOL (é assim que o Galvão Bueno fala), o resto é um bando de franguinhos que se caga de medo de chutar uma bola no gol, torci loucamente para a holanda, apesar de ser um bando de maconheiros pelo menos tinham mais macheza, aliás gostei muito do van bommel, ele me lembra muito o dinho fazendo o papel de limpa-trilho do grêmio no meio dos loucos anos 90, aliás a dupla van bommel-de jong nada mais é do que dinho-luis carlos goiano dos anos 2010, viva a HOLANDA, CAMPEÃ DO MEU CORAÇÃO, quack

  • 22. catarina cristo  |  12/07/2010 às 10:16

    Ricardo Rocha: zagueiro digno, bigodudo e TRICOLOR!

    Faltou dizer que ele é SANTA CRUZ, Douglas :~

  • 23. arbo  |  12/07/2010 às 10:18

    O texto está fantasticamente bem escrito.

    Discordo do teor, mas mais não falo, pra não poluir um MANIFESTO com o biriri da oposição ns

  • 24. Ian  |  12/07/2010 às 10:20

    Phillipp Lahm: “Sul-americanos não sabem perder”. Essa é a frase que traduz o seu texto.

  • 25. Eduardo  |  12/07/2010 às 10:23

    Unico macho da espanha eh o Pique.

  • 26. Alexandre N.  |  12/07/2010 às 10:40

    Essa seleção espanhola jogou um futebol cumpridor e olhe lá. Na minha opinião, um futebol tão cumpridor quanto o da seleção braisleira de 2002. Não ví nada disso aí de futebol arte que a imprensa (e outras pessoas também) tanto apregoam aí. Acredito que tal comportamento se deu por causa da mágoa referente a derrota brasileira perante a seleção holandesa.

    #22

    Bom saber que o Ricardo Rocha já era um rapaz esquisito quando jovem. Depois que ele resolveu usar aqueles mullets em conjunto com o bigodão, ficou mais esquisito ainda. hehehehe

  • 27. Rudi  |  12/07/2010 às 10:41

    Grande fato da segunda

    DUAS TUITADAS do mestre @ceconello foram parar na edição impressa do caderno de esportes do correio braziliense (assim, com z mesmo) hoje

  • 28. Ducker  |  12/07/2010 às 10:42

    Excelente texto!

  • 29. Cassol  |  12/07/2010 às 10:42

    Tudo o que precisava ser dito pela final mais sem clima da história das Copas.

    Cruzeirinho x Lajeadense teve muito mais emoção.

  • 30. felipesfranke  |  12/07/2010 às 10:43

    Eu odiei todos os jogos da Espanha e achei quase todos os gols horrorosos, pelo menos nada inspiradores. Mas como contestar resultado? Estilo, vá – e se deve. Futebol nao se resume a placar a trofeu, todos concordamos. Mas que tem de errado se a Espanha resolve virar um time praticamente inviolavel contra o qual a Alemanha, que tao bem jogou e encantou, nada fez?
    Leyton Hewiit tb nao encantava, mas faturou Grand Slams e foi bi numero um do mundo. Guga ganhou menos e apaixonou 50 vezes mais.

  • 31. catarina cristo  |  12/07/2010 às 10:44

    #27

    rudi, escaner ou foto, plizi.

    (catarina, só acredita no clipping)

  • 32. catarina cristo  |  12/07/2010 às 10:46

    Correio Braziliense – DF
    12/07/2010 – 08:56

    Esportes

    Tuitadas da decisão

    Da Redação

    Eu não erro porque errar é humano!

    @RealPolvo.

    É desesperadamente perturbador quando você quer que os dois lados ganhem

    @Stephen Fry (ator inglês).

    Forlán é o nome que impediu que essa Copa do Mundo decretasse o fim do futebol. Celeste campeã filosófica do torneio.

    @ceconello.

    Parabéns, Espanha. Um lindo país, grande povo e que adora futebol. Grande também foi a Holanda, campanha incrível.

    @Ronaldo (atacante do Corinthians).

    Aí, galera. Deu polvo de novo !!!!

    @Romário (ex-jogador).

    En hora buena España !! A mis compañeros y a toda la gente española / Congratulations Spain !!

    @Kaká (meia-atacante do Real Madrid).

    Muitos dizendo `Holanda continuou invicta, não perdeu no tempo normal`. Então, digam lá para a Holanda `Parabéns, mantiveram a invencibilidade!`

    Soninha Francine (jornalista e política).

    Parabéns para a Espanha!!! Mereceu. Coitada da Holanda, terceiro vice.

    @Neto (ex-jogador).

    Olé. Agora a rainha vai para o vestiário pegar algum peladão!

    @Silvio Luiz (narrador).

  • 33. catarina cristo  |  12/07/2010 às 10:48

    ainda assim, quero ver escaneado 🙂

    catarina, clipando pro impedimento.

  • 34. Ze Duarte  |  12/07/2010 às 10:50

    “Nós, sul-americanos, claramente roubados em turno integral e vitimados pelo complô que desde o início da Copa favoreceu o Reino de Castela”

    Ô tadinho… Vamos ver como vai ser a próxima Copa, né?? Muita gente que posa de bom mocinho, vai encher o bolsinho de dinheiro… Aprenda a perder, moleque.

  • 35. Felipe Z.  |  12/07/2010 às 11:01

    Obrigado Douglas, por salvar meu dia com este texto!

    Ainda há vida inteligente no mundo!!

  • 36. Santi  |  12/07/2010 às 11:01

    Time ofensivo que é campeão fazendo 8 gols em 7 jogos é fraude. Ainda mais quando quase todos os gols são de chiripa, ou improváveis.

    O toque de bola da Espanha é o pior daquele time. É o defeito.

    A qualidade é a defesa, que foi a menos vazada da Copa. A Espanha foi campeã porque levou poucos gols. Levasse um gol da Alemanha, do Paraguai ou Holanda, a história seria outra. A Espanha não tem os recursos para virar um jogo porque é incapaz de fazer gols quando quer.

    A competência deles é não tomar os gols errados. E por isso eu os parabenizo-os. Não pelo rodeio burocrático que acaba com a objetividade do jogo.

    Aliás, o Robben é outra fraude.

  • 37. Hemerson  |  12/07/2010 às 11:06

    O pior… o pior mesmo é ouvir que a Espanha joga no tico-tico porque só quer fazer gol bonito.

  • 38. Rafael  |  12/07/2010 às 11:06

    #30

    Guga ganhou 3 Rolland Garros, Hewitt ganhou apenas 2 Grand Slams (Winbledon e US Open), mas ficou 80 semanas como primeiro do Ranking (Guga “apenas” 43 semanas).

    A Espanha foi campeã incontestável, afinal, de acordo com o regulamento, ela ganhou/empatou/perdeu, os jogos necessários para ser declarada campeã.

    Assim como o Grêmio ganhou 20 Copas do Brasil, como o Inter foi Campeão Mundial em 2006 (Gabiru vs. Puyol), e como Suárez entrou pra história classificando o Uruguai para a semi-final.

    A diferença do Inter para a Espanha? Nem sangrar pra ganhar eles sangraram.

  • 39. dante  |  12/07/2010 às 11:07

    “Rídiculo louvarem a Espanha.”

    sim, devemos louvar a FRANÇA. ¬¬

    ***

    a verdadeira campeã da copa é a suíça, que venceu a espanha.

    ***

    não gostei do texto, mas a amizade permanece. uhuhuhuh

  • 40. Marcelo Benvenutti  |  12/07/2010 às 11:08

    Ontem o futebol morreu.

    Garnde texto.

    País Basco é meu país!

  • 41. douglasceconello  |  12/07/2010 às 11:14

    Zé Duarte, não leve tão a sério. Nem eu levo a sério.

    Mas é fato que a Espanha está sendo encarada como a responsável pela volta do futebol VISTOSO em grande parte da imprensa brasileira. O que eu vi foi justamente o contrário.

    E o Puyol, de fato, foi bem na Copa, não há como negar. Mas não fosse aquele MANCO do Robben e hoje o zagueiro catalão seria apontado como vilão, por ter se desmontado ao apostar corrida com o holandês.

    E a jogada mais massa foi aquela VOADORA do DE JONG, que certamente tem como nome de nascimento WELLINGTON DA SILVA e mora ali na Vila Bom Jesus.

    A Espanha é o Paraguai que a mídia adora (ns)

  • 42. Rudi  |  12/07/2010 às 11:14

    catarina, tentei pegar a outra tuitada no site, mas PARECE que é só pra assinante
    acho que na hora do almoço comprarei o jornal pra escanear
    depois o douglas me paga uma coruja hahahaha

  • 43. Rudi  |  12/07/2010 às 11:15

    Golpe de WWF do De Jong = melhor momento da história das copas

  • 44. almilano  |  12/07/2010 às 11:16

    Quanta amargura nesse texto.

    Espanha ganhou e mereceu, o resto é balela.

  • 45. Gustavo  |  12/07/2010 às 11:17

    Até acho que alguns espanhois caiam por pouco ou nada (especialmente o Iniesta), mas aquela VOADERA do De Jong no Xabi Alonso era pra VOZ DE PRISÃO. O cara foi SECO no peito do espanhol, sem a menor INTENÇÃO de maltratar a REDONDA. O careca inglês devia estar muito DURO DA FANTA pra não expulsar o LARANJA.

    No mais, concordo muito com o @ceconello que o #URU salvou o futebol. Acho que a #GER também – campeã moral.

  • 46. Rudi  |  12/07/2010 às 11:17

    MELHOR SELEÇÃO DA COPA = NOVA ZELÂNDIA = ÚNICA INVICTA

    e tenho ditohoch

  • 47. douglasceconello  |  12/07/2010 às 11:19

    huahuahua

    Bah, e esse negócio do Correio Braziliense.

    Massa, mas tou com medo de ser seguido no Twitter pelo MÃO-SANTA (ns).

  • 48. Rudi  |  12/07/2010 às 11:19

    #ger vs #uru seria a verdadeira final da copa mesmo

    gostei do prêmio de revelação pro Muller, e o pior de tudo é que REALMENTE o Casillas destacou-se no gol

    além é claro do FORLÁN

    pelo menos na parte das premiações, nada a contestar pra dona FIFA

  • 49. felipesfranke  |  12/07/2010 às 11:22

    #38
    Grato pela correcao. Um GSlam a menos pesa.
    Hewitt tb foi finalista da Australia e venceu o UsOpen de duplas. Tb ganhou dois torneios de final da temporada (contra ‘apenas’ um do Guga).

  • 50. Marcelo Benvenutti  |  12/07/2010 às 11:23

    Eu odeio a Opus Dei.

  • 51. douglasceconello  |  12/07/2010 às 11:24

    E o fim do futebol foi decretado MESMO quando os espanhóis reclamaram de uma devolução de bola que o holandês jogou pra lateral.

    Não falta mais nada. Eles queriam a bola no PÉ. Mas vão tomar vergonha na cara.

  • 52. Manoel  |  12/07/2010 às 11:26

    Esse time da Espanha é sem sal. Tem jogadores capacitados para fazer maravilhas e não faz. Ganhou porque todo mundo se borrou de medo – exceto a Suíça e o suicida Chile.

  • 54. daniel do BELEM  |  12/07/2010 às 11:32

    digo mais, se fosse o iluminado de QUIXERAMOBIM, vulgo IARLEY, EL MATADOR, puJJJol estaria feito uma menininha tendo pesadelos agora….. holandinha foi muito moça… pior é ver que o brasil saiu pra ela….

  • 55. Cunegundes, o mulato frajola  |  12/07/2010 às 11:32

    minha seleção da copa

    (critério DUNGA – no lugar dos jogadores em que eu tinha dúvida, coloquei qualquer jogador DA MINHA CONFIANÇA)

    Goleiro – Luiz Suarez (uruguay)

    Laterais – Morel Rodriguez (paraguay) e CHIQUI ARCE (paraguay)

    Zagueiros – Lugano (uruguay) e CATALINO RIVAROLA (paraguay)

    Volantes – DINHO E SANDRO GOIANO

    Meias – Forlán (uruguay) e ESCALONA EMPROVISADO NA ESQUERDA

    Atacantes – Loco Abreu (uruguay) e DIDI FACADA

    Técnica – Larissa Riquelme

    Revelação – Larissa Riquelme

    Melhor jogador – o celular de Larissa Riquelme

    Melhor goleiro – o sutiã de Larissa Riquelme, que agarra duas Jabulanis ao mesmo tempo

    Gol mais bonito – o do meu tio Orestes, 84, bege madri, a álcool

  • 56. Alexandre N.  |  12/07/2010 às 11:35

    #36

    Santi, como disseram em um outro site desses aí das internets, o Robben é um Jorge Henrique criado com leite A. hehehehe…

  • 57. Flávio  |  12/07/2010 às 11:38

    R41
    Bah, mas opinar sempre como uma reação a mídia-má-feia-e-bobona também não dá. O Luís Felipe citou o Marcelo Barreto. Mas esse cara só vai na boa. Até 15 dias atrás ele pagava pau para o Dunga… Agora enaltece a Espanha como a antítese do Dunguismo… Coerência zero. Leio meia dúzia de colunistas que considero sérios. As vezes concordo, as vezes discordo. É do jogo.
    Alguns dunguistas aqui reagiram como se quem criticasse o Brasil ou elogiasse alguma seleção européia fosse um quinta coluna. Por esse critério, o próprio Ceconello, que secou o Brasil e pega no pé do Robinho, mereceria tomar uma voadora do Dunga ou um sermão evangélico do Jorginho caso topasse com os dois em Joanesburgo…
    Copa do Mundo, definitivamente, não é a praia do Impedimento. Ainda bem que a Libertadores reinicia em seguida.

  • 58. Francisco Antero  |  12/07/2010 às 11:46

    Amém, amém. Conteúdo perfeito (e finamente escrito, como sempre).
    Finalmente alguém de peso da mídia esportiva defende que a Espanha de 2010 é um clone do Brasil de 1994. Já estava dando coceira nos ouvidos esse papo de celebrar a Espanha.

  • 59. douglasceconello  |  12/07/2010 às 11:49

    Flávio, não é exatamente uma resposta à opinião, mas uma posição de ANTAGONISMO.

    A Espanha teve merecimento? Certamente, mas isso não é necessariamente bom e esse merecimento também não é irreparável.

  • 60. Alexandre N.  |  12/07/2010 às 11:51

    #57

    E o Brasileiro também, Flávio. Agora sim poderemos voltar a falar de campeonatos de verdade! hehehehe…

  • 61. Felipe Z.  |  12/07/2010 às 11:53

    “Agora… fosse o GABIRU no lugar do Robben, e o PUYOL ia estar lembrando 2006.”

    by Rafael em 9#

  • 62. FERN  |  12/07/2010 às 11:58

    #55 ocunegunde eh totalmente gênio!!! pena que ele deve praticar AUTO FELAÇÃO… hahahahahahahahah

  • 63. douglasceconello  |  12/07/2010 às 11:59

    Flávio, pois tu sabe que depois que essa final se DESENHOU eu nunca me arrependi tanto de ter secado o BRASIL?

    Mas na real isso também é meio MITO. Não consigo torcer pelo Brasil contra esses MATUNGOS tipo Coreia do Norte e Costa do Marfim. Aliás, eu causava estranhamento no estádio ao INCENTIVAR os coreanos a atacarem.

    Contra a Holanda, por exemplo, não sequei. Apenas esperei para começar a torcer quando saísse o Robinho, o que não aconteceu.

    uashdasu

  • 64. Luís Felipe  |  12/07/2010 às 12:03

    bom, aqui todo mundo se posiciona, às vezes com rigidez, mesmo durante a Copa. E adoro quando discordam da posição. Isso faz com que o debate permaneça e engrandece o sítio. Chato é quando todo mundo concorda.

  • 65. Ze Duarte  |  12/07/2010 às 12:13

    “Zé Duarte, não leve tão a sério. Nem eu levo a sério.”

    Tô cagando pra sua opiniao sobre futebol ou sobre a Espanha, amigão. Agora esse seu discurso de complô é mais velho que minha vó. Tadinho de nós, sulamericanos, sempre prejudicados pelas grandes nações detentoras dos poderes e bla bla bla… se preocupe com a roubalheira que vai ser a Copa de 2014. Aí sim, quero saber dos “complôs”. 🙂

  • 66. Felipe (o catarina)  |  12/07/2010 às 12:22

    e o tico-tico no fubá (ZAGALLO, 1974) ganhou a Copa. Culpa do Cardozo, aquele filho de uma boa comadre, que perdeu o pênalti pro Paraguai.

  • 67. Marcelo Benvenutti  |  12/07/2010 às 12:27

    Paga-pau de Champions tem tudo que se fuder.
    Meio time da Espanha da Espanha mais o Van Bronckhorst.
    Cada vez mais me convenço que Gabiru é o gênesis do futebol do século 21.
    Não joga nada, mas decide.

  • 68. douglasceconello  |  12/07/2010 às 12:27

    #65

    Foi ESPECIALMENTE este trecho de complô que eu disse pra tu não levar TÃO a sério.

    O que eu penso sobre futebol já tenho plena consciência de que não vale nada.

    usdhasu

  • 69. Carlos  |  12/07/2010 às 12:27

    Mais uma vez a turba rubra e branca desse espaço sacro tergiversa sobre o que realmente interessa, e nós, honrados tricolores entramos feito patos.

    O LANCE AGORA É SECAR O COLORADO CONTRA O SÃO PAULO. CHEGA DE COPA, PORRA. ACABOU ESSA PORCARIA, NEM ME LEMBRO MAIS QUEM GANHOU, QUEM É ROBIN, QUEM É ISNAIDER, QUE QUE O CASILAS FEZ NO VESTIÁRIO, ETC ETC.

    Vamo lá gremistada, fino, arbo, sancho, etc. SECAÇÃO É COISA SÉRIA.

  • 70. Marcelo Benvenutti  |  12/07/2010 às 12:29

    Meio time da Espanha mais o Van Bronckhorst faziam parte daquela derrota de 2006. Sem falar no queridinho da torcida e dos cronistas, Ronaldinho “pança de ceva” Gaúcho.
    Por mim o Brasil trocava de uniforme.
    Amarelo já era.

  • 71. Victor da Rosa  |  12/07/2010 às 12:33

    melhor blog de futebol que conheço, com distância pro segundo.

  • 72. Álisson  |  12/07/2010 às 12:41

    Zé Duarte ainda não entende ironias na tenéti.

    A zaga da Espanha é muito boa, e se houvesse um centroavante um pouquinho melhor do que o Torres, teriam feito mais gols. Mereceram.

  • 73. Anônimo  |  12/07/2010 às 12:45

    45. Y | 08/02/2010 at 12:34

    ESPANHA = melhor seleção do mundo

    cara, isso é INEGÁVEL. nenhum país tem melhores jogadores que a Espanha. Quem não vê é cego.

    Olha a escalação dos caras, os reservas e as revelações.

    ****

    70. Ernesto | 08/02/2010 at 15:55

    Animal é tu, um otário que vem falar na seleção espanhola como a melhor do mundo.

    Nem dos Eua eles ganharam.

    Larga paulista. Maloquero. Volta pra tua quebrada, gurizinho juvenil.

  • 74. matheus  |  12/07/2010 às 12:47

    graças a deus a holanda não ganhou, assim van bronckhorst não quebra o recorde de dunga, de o pior jogador da história a ter levantado a taça de campeão

  • 75. Magro  |  12/07/2010 às 12:53

    sabe como faz para diferenciar o ronaldo fenomeno do goleiro bruno???

    O que não mata, engorda!

  • 76. lol  |  12/07/2010 às 12:55

    “graças a deus a holanda não ganhou, assim van bronckhorst não quebra o recorde de dunga, de o pior jogador da história a ter levantado a taça de campeão”

    Dizer que o Dunga não era um escelente jogador é não entender de futebol. Ou ser um adolescente que não o viu jogar ao vivo.

    recomendo esse link:

  • 77. Paul  |  12/07/2010 às 13:00

    Pro Marcelo Benvenutti do #70:

    http://www.amigosdepelotas.com/2010/07/schlee-recusa-proposta-da-globo.html

  • 78. Flávio  |  12/07/2010 às 13:08

    R63
    Pois é. A sorte é que tu escapou de ser chamado de cagão pelo Dunga. Ou, pior ainda, ter que aturar um sermão cívico-pentecostal do Jorginho.

  • 79. Hemerson  |  12/07/2010 às 13:21

    O melhor do vídeo é o cara imitando o Pelé nos comentários.

  • 80. Abraão Maciel  |  12/07/2010 às 13:37

    1) Não dá pra torcer por um time louvado por lorpas como CAIO RIBEIRO.

    2) Os jogadores da Holanda, todos eles, tem assinatura da Fox Sports e aprenderam a catimbar e dar voadoras épicas vendo a Libertadores.

    3) Esse time da Espanha parecia uma MÁQUINA DE PINBALL, não uma equipe de futebol.

  • 81. Ze Duarte  |  12/07/2010 às 13:38

    “Zé Duarte ainda não entende ironias na tenéti.”

    Opa. Desculpa Álison. Vou tentar ficar mais esperto e entender melhor as ironias da tenéti. Vc abriu meus olhos. Obrigado pela dica.

  • 82. Maurício  |  12/07/2010 às 13:42

    Ontem eu tava passeando meu cachorro ali no largo do Epatur Zumbi (sempre fico confuso com esses lugares com dois nomes).

    Uns guris de 7 anos batiam penâltis, usando uma parada de ônibus como goleira. O goleiro dizia que era o Iker Casillas e batia no peito.

    Pedi para bater um penâlti. Disse que era o Robben. Chutei com toda força, tentando fazer justiça ao careca.

    A bola bateu no travessão.

    Espanha, legítima ganhadora da Copa. hshshsh

  • 83. Cunegundes, o mulato frajola  |  12/07/2010 às 13:49

    PARA LARISSA RIQUELME:

    TE AMO QUERIDA

  • 84. André Nique  |  12/07/2010 às 14:01

    Gosto bastante dos textos do Douglas aqui, mas esse de hoje é vergonhoso (falo sobre o conteúdo; o texto em si está bem escrito e tem insights inspirados).

    A Espanha não teve um futebol-ofensivo, ou futebol-arte. Foi bem pragmática, aliás: ficou tocando a bola até achar um espaço pra tentar o gol. Tanto é que marcou apenas oito vezes, e se não me engano teve a melhor defesa da competição (sofreu dois gols, os dois meio “sem querer). Quanto à questão do cai-cai, não vi nada demais nos espanhóis. Busquets valorizou um pouco uma ou duas vezes, Iniesta idem, mas não lembro de algum lance onde alguém tenha se atirado pra tentar cavar uma falta ao invés de continuar a jogada. Robben foi muito mais chiliquento e saliente nesse quesito.

    A Espanha venceu todas as partidas jogando melhor (aliás, até contra a Suiíça, que perdeu, jogou melhor) e, com raras exceções, construiu suas jogadsa de gol (ao contrário do Brasil, que achava um ou outro ou dependia de uma individualidade, por exemplo). Até entendo que exista uma birra porque eles sempre representaram o futebol “bonito mas amarelão”, mas parece que isso mudou na Euro 08. Montaram um time sólido, aguerrido, eficiente (embora exagerado nos toquezinhos) e venceram com propriedade o maior e mais importante torneio do mundo.

  • 85. Caco  |  12/07/2010 às 14:18

    Botei na RedeTV ontem pra ver o Vannucci bebasso dizer que o Braziu é logo aquiiiiiii…. mas o lorax dele devia estar vencido, pois o que presenciei foi uma conversa dele com um jaguara lá comparando a escalação da Esp 2010 com o Bra 1970… não lembro do resto porque tava vomitando nos antulho da sala.

  • 86. Junior  |  12/07/2010 às 14:20

    Douglas, uma ressalva, os espanhóis mostraram que tem dignidade:
    tiraram o azul e colocaram vermelho para comemorar a vitória.
    Fim de copa = flautas sem sentido again, ushjfgdfgs.

  • 87. Marcelo Benvenutti  |  12/07/2010 às 14:30

    Pois é, Paul do #77, eu apoiaria uma alteração no uniforme da Seleção. Eu mesmo não gosto de amarelo e mesmo sendo coloardo e amando o vermelho, cor inexistente na nossa bandeira, admito que a combinação azul “mar profundo” e calções branos é bem mais interessante. Ainda mais este amarelo cagado da Nike. Nike pra mim é roupa de maloqueiro. Neguinho acha que tá arrumado e compra roupa da Nike pra trabalhar, pra ir na festa, pra casar, pra cagar no mato. Pra mim, as melhores camisetas quase sempre são da Adidas. Por mim o Brasil jogava com camiseta azul com detalhes da Adidas em amarelo, calções brancos com detalhes em azul e as meias iguais a camiseta, azul com detalhes em amarelo. O uniforme reserva seria camiseta poderia ser de um verde mais escuro com detalhes em amarlo ou branco. Sem viadagem, já li sobre estilistas dizendo que o amarelo da seleção é defasado. Era um diferencial quando a Copa tinha 16 países e nenhum era da África e a Colômbia e o Equador não existiam no futebol. Mas, obviamente, estou prontamente propenso a ser xingado com coisas do tipo: TU TROCARIA A COR DO TEU TIME, SEU BOSTA?

  • 88. Rudi  |  12/07/2010 às 14:32

    Marcelo

    Time >>>>>>>> seleção

    mas minha sugestão pra uniforme seria algo misturando o verde e o azul, ou um uniforme BRANCO (pensar no azar de 1950 é MUITO pensamento mágico)

  • 89. Guilherme  |  12/07/2010 às 14:37

    q a espanha venceu e foi campea e talz eh certo, foi lah e fez
    o q axei do texto (e concordo) é o fato da midia fica idolatrando a espanha como se fosse tipo uma selecao de 82 q deu certo =P
    mas foda-se se espanha ganho e o brasil n
    minha selecao é o inter
    futebol eh entre clubes
    selecao eh fuleragem
    ————–
    ps: soh fikei puto q o alemao (polones vendido) do klose n fez os tal do 15 gols lah e passava o ronaldo nessa bobagem q o galvao fala todo jogo, “maior artilheiro das copas”… jogo 4 pra faze 15 gols, foda foi o frances justin fountein q fez 13 gols em uma copa, 58
    =P

  • 90. Rudi  |  12/07/2010 às 14:39

    Guilherme, o Klose foi pra alemanha com 2 anos de idade, se não me engano, jamais defendeu um clube polonês, o caso dele (ao contrário de outros como o Cacau, por exemplo) é plenamente justificável ele se sentir mais teuto-germânico do que polaco

  • 91. dante  |  12/07/2010 às 14:42

    “minha sugestão pra uniforme seria algo misturando o verde e o azul”

    ou seja, amarelo. açlskjfas908f7uas89fu90sadf

  • 92. dante  |  12/07/2010 às 14:44

    #90:

    não tem essa de “se sentir”. se o cara nasceu na polônia, é polonês, porra.

    os argentinos todos também se acham ingleses mas continuam sendo argentinos.

  • 93. Rudi  |  12/07/2010 às 14:49

    dante, vai pro inferno…

    uniforme com verde E azul juntos, mas não misturados, então…

    e o cara que muda de país aos 2 anos de idade é difícil ter identidade com o país onde nasceu

  • 94. GUIHOCH  |  12/07/2010 às 14:50

    Somos todos cabeças de bagre boiando na gordura do ensopado que em breve será derramado sobre o aipim bem cozido da VERGONHA.

    fechem a ABL e botem o cecco no comando

    tem um errinho la no começo

    “o futebol-arte, da forma ofesniva” OFESNIVA= OFENSIVA

  • 95. GUIHOCH  |  12/07/2010 às 14:52

    PIOR COPA dos ultimos 1.00 anais.

  • 96. Diogo  |  12/07/2010 às 14:57

    Bah, que alegria ler algo assim.

    Obrigado.

  • 97. rodrigo avila  |  12/07/2010 às 15:00

    louvar voadoras é algo pequeno.

    os comentários adolescentes do tipo “esse texto salvou meu dia” ou “aleluia, esse texto é tudo que eu precisava” são no mínimo EMO.

  • 98. catarina cristo  |  12/07/2010 às 15:05

    Dante e rudi claramente faltando as aulas de educação artísica, hein?

    Amarelo com azul é que dá verde.

    /me só discussões EDIFICANTES.

  • 99. Guilherme  |  12/07/2010 às 15:07

    Será que em todos os campeonatos de futebol do mundo vai ter essa bosta de discussão imbecil sobre o futebol arte contra o futebol força???

    Mas que inferno.

    O futebol continua muito afudê de assistir, como sempre foi e sempre vai ser, mas perdeu toda a graça de se discutir…

  • 100. Cunegundes, o mulato frajola  |  12/07/2010 às 15:10

    O uniforme da seleção devia ser roxo em homenagem ao saco do Fernando Collor, sem mais, quack

  • 101. Diogo  |  12/07/2010 às 15:19

    99.

    Será que todo comentarista esportivo brasileiro teima em personificar o Indiana Jones e a busca do Cálice Sagrado do Futebol Arte?

  • 102. catarina cristo  |  12/07/2010 às 15:21

    Eu não curto off topic, mas é preciso. Me digam, alguém já viu esse Kleyr jogar?

    Ele tava nos jogos do Brasil de Pelotas que tu viu, Cassol?

    http://jc3.uol.com.br/blogs/blogdotorcedor/canais/noticias/2010/07/12/alex_de_oliveira_e_kleyr_sao_os_novos_reforcos_do_santa_75138.php

  • 103. Diogo  |  12/07/2010 às 15:26

  • 104. Junior  |  12/07/2010 às 15:34

    Dante e Rudi, eu não se ainda é assim, mas a Alemanha adotava o critério do JUS SANGUINIS, ou seja, o cara pode nascer na Polônia, mas se for filho de alemães, é um alemão nato.
    Não sei se é o caso do Klose, mas várias vezes eu vejo a imprensa dizer que fulano de tal não é alemão porque nasceu em outro país, o que é errado.
    E sobre o Cacau, ele foi para a Alemanha com 18 anos, jogou em um time da 5ª divisão e está há 10 anos na Alemanha, qualquer pessoa com 10 anos de Alemanha pode se naturalizar. Aqui no Brasil ele vendia água mineral na sinaleira, tudo o que ele conquistou na vida foi graças à Alemanha, nesse caso acho justa a escolha dele em jogar pela Alemanha. O Deco se enquadra na mesma categoria, assim como o Messi ,se escolhesse jogar pela Espanha. Os caras tem uma dívida de gratidão com os países que o acolheram desde cedo e permitiram que eles obtivessem sucesso financeiro e profissional desde cedo. Eu sou contra a casos como o do Liedson, que vai já “velho” e famoso a um outro país e se naturaliza apenas para jogar uma competição.

  • 105. Felipe (o catarina)  |  12/07/2010 às 15:35

    “Já o acreano Kleyr, 29 anos, veio do Brasil de Pelotas (RS) e já atuou no Goiás, Vila Nova, Portuguesa, Avaí, Gama, entre outros.”

    Catarina, eu frequento todos os jogos do Avaí desde 1829 a.C. e NUNCA vi essa criatura aqui.

  • 106. João Pedro M.  |  12/07/2010 às 15:37

    Com todo respeito a esse blog de SOLAMENTE FUTEBOL SUL-AMERICANO, mas o título ficou com quem realmente merecia.

    O Brasil de 2010 não era nem sombra daquela seleção vitoriosa de 2002, Argentina chegou favorita como sempre e foi eliminada como sempre e o Chile apenas confirmou que o velho freguês dos brasileiros.

    Uruguay e Paraguay jogaram bravamente, mas ainda falta mais um tantinho de técnica a eles.

    Gostando ou não de admitir, mas o futebol sudaca está uma merda! E nem vale a pena falar do bisonho futebol dos outros sudacas que não estavam na Copa.

    Até a Libertadores tá uma merda. Está virando um duelo de Brasil contra Argentina, e o futebol uruguaio DESAPARECEU, não é nem sombra do que foi antes.

  • 107. Felipe (o catarina)  |  12/07/2010 às 15:38

    #104

    se não me enganos os (bis?)avós do Klose eram alemães. E ele mora desde guri na Alemanha, assim como o Podolski.

    Imaginem um cara que nasce, sei lá, em TEGUCIGALPA, vem morar no Brasil com 6 anos de idade e com 20 é jogador profissional com chance de ser convocado pra seleção. Ele não é brasileiro? Reflitam.

  • 108. Felipe (o catarina)  |  12/07/2010 às 15:43

    #105

    respondendo a mim mesmo, acrescento que o último jogador acreano a defender o Avaí foi o lateral-direito Rodrigo Galo (2006-2008), que hoje está no Gil Vicente, de Portugal.

    Esse Kleyr nitidamente mentiu em seu CURRÍCULO LATTES (capsloquismo pega). Normal. Dizer que jogou no Avaí valoriza e muito o jogador (rá!)

  • 109. catarina cristo  |  12/07/2010 às 15:44

    #105

    Já imaginava que seria assim, Felipe.

    São as TREPEÇAS que o Santa consegue contratar.

    Já não sei se RIO ou se CHORO, porque sigo na esperança de ser surpreendida.

  • 110. Alexandre N.  |  12/07/2010 às 15:45

    #105

    “Já o acreano Kleyr, 29 anos, veio do Brasil de Pelotas (RS) e já atuou no Goiás, Vila Nova, Portuguesa, Avaí, Gama, entre outros.”

    Há alguma mentira nesta informação conseguida por você, Felipe. Se o Acre é uma grande mentira (sim, ele não existe, é só uma lenda urbana), o que dirá de um cidadão nascida nesta terra.

    Sendo assim, tão querendo dar um golpe no Santa Cruz, Catarina. Olho vivo nessa cambada!

  • 111. Rudi  |  12/07/2010 às 15:48

    li em algum lugar que o klose mora desde os 2 anos na alemanha, o podolski mais ou menos isso também,.. acho natural
    realmente não conhecia a situação do cacau, tinha a impressão que ele tivesse jogado no SP antes, deve ser engano meu… não conheço a situação dos outros “estrangeiros” da alemanha (khedira, boateng…) mas eles sempre receberam muitos imigrantes de algumas regiões, como a turquia…
    casos como amauri e liedson sim são inaceitáveis
    acho que vale o mesmo pro lucas barrios, mas aí a discussão vai longe que eu sei

  • 112. Cunegundes, o mulato frajola  |  12/07/2010 às 15:49

    o BRAZOLHERÃO 2010 estará de volta e eu gostaria de ressaltar a grande expectativa em torno da campanha mais macha da competição, do grande CEARÁ, rumo a Tóquio, o VOVÔ TOMOU VIAGRA e está fornicando com todos os outros times, e fornicará agora com o Curintia, que sem o Ronaldo Fodomeno não passa de um time de franguinhos, quack

  • 113. catarina cristo  |  12/07/2010 às 15:49

    #110

    Ah, Alexandre. O Santa é praticamente um FAIXA BRANCA DE MMA de tanto golpe que leva.

    ESTAMOS DE OLHO!

  • 114. Eduardo  |  12/07/2010 às 15:51

    #86 descobriu o segredo da FURIA. Foi so jogar de AZUL que ganharam o mundo!!!
    Fim de copa = flautas sem sentido again, ushjfgdfgs.(2)

  • 115. Tiago Sozo Marcon  |  12/07/2010 às 15:51

    Porra Douglas, teu estilo de escrita é afudezol cara. Embora eu discorde um ou outro argumento, me rendo à força lírica das tuas frases imagéticas, das metáforas surrealistas e daquela aliteração do Forlán. (Mas me rendo de uma maneira bagual, sem frescura!)
    É preciso marcar oposição ao pensamento quase dominante (vide alguns cronistas ZH e outros) de que a Espanha é a oitava maravilha do mundo futebolístico. Não nos passem esse cachorro, senhores. O time foi o mais eficiente numa copa sem brilho, só isso.
    O final do texto tá sublime, parabéns.

  • 116. Alexandre N.  |  12/07/2010 às 15:57

    #115

    Como assim não houve nenhum time brilhante nesta Copa? Mas é claro que houve. Pra mim, o time mais brilhante foi o da Nova Zelândia, dada a situação dos caras.

    Os caras além de jogar futebol, possuem outros empregos, já que não dá pra viver só de futebol por lá. Sendo assim, como não ser brilhante um time onde os jogadores não vivem só de futebol e para o futebol?

  • 117. Cunegundes, o mulato frajola  |  12/07/2010 às 16:01

    115 O URUGUAY FOI BRILHANTE

  • 118. Marcelo Brazil  |  12/07/2010 às 16:06

    Pra mim, os dois times estavam com muito medo do quase.
    No fim das contas, o que decidiu foi o fato de a espanha ter um jogador a mais, a defesa da holanda estar cansada e acertar um bom passe no momento certo.

    E ainda por cima o cara da Holanda não quis aproveitar a chance para virar herói. 2 x.

  • 119. Junior  |  12/07/2010 às 16:18

    Alexandre, parece (nem de longe sou especialista em futebol neo-zelandês, estou repassando o que ouvi) que boa parte jogadores da Nova Zelândia são profissionais, jogam em equipes menores e de divisões inferiores do futebol “ingleis”.

  • 120. Cunegundes, o mulato frajola  |  12/07/2010 às 16:23

    O futebol ingleis é uma embriaguês de fracasso, Rúnei, Lampar, Geraldo, Torres, Cuit, Drogabá, todas as figuronas deste campeonato de FRANGUINHOS fracassaram na copa do mundo, pau no cu da ESPN e do Esporte Interativo que transmitem esta merda, torço para que um dia a NET anuncie que estes canais foram substituídos por canais pornôs de zoofilia, tive um sonho esta noite, a Monica Bellucci dava o boga para um cavalo, acordei melado, quack

  • 121. Tiago Sozo Marcon  |  12/07/2010 às 16:24

    Bah, não sabia desse lance da Nova Zelândia. Parabéns pros caras, amadores no bom sentido do termo. E é verdade, esqueci do Uruguai, fez ótimos jogos. Na reta final, precisava de um goleiro melhor, mas fez muito mais que o Brasil e outros medalhões. Torci pelo Uruguai, depois que o Brasil se foi.
    As vezes o nosso juizo a respeito do brilho é influenciado pelo sentimento. Sem a nossa seleção os jogos perdem um pouco da graça. Defeito da objetividade.

  • 122. Alexandre N.  |  12/07/2010 às 16:31

    #119

    Sim, eles são jogadores profissionais. Só que o futebol lá não é uma atividade “rentável” o suficiente pra que uma pessoa possa viver só dela, afinal de contas, só existe um clube com estrutura de time profissional e este clube ainda disputa o campeonato AUSTRALIANO! Por isso, a maioria dos jogadores têm um segundo emprego. Há casos de jogadores que também são professores, bombeiros e bancários.

  • 123. Diogo  |  12/07/2010 às 16:35

    Quem deveria ter ganho era a Holanda, que teve peito de substituir um volante por um atacante em plena prorrogação, mesmo jogando contra a “reencarnação” do Brazil 70’s.

    Mas, fazer o que, se a Rainha estava louca para ver o Puyol pelado.

  • 124. Rudi  |  12/07/2010 às 16:43

    Não foi o gol de Iniesta que decidiu o jogo, mas sim aquele passe do Snjnjnjjnnjneider para o Robben que o Casillas tirou com o pé…

    Já que eram seleções de Playstation, ele tinha que ter apertado L1 + Quadrado no segundo toque que deu naquela bola (acho que foram 3 antes do chute) que o Casillas nada poderia fazer…

  • 125. Alexandre N.  |  12/07/2010 às 16:45

    #124

    BWAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHA…

    Boa Rudi. Essa foi boa mesmo. E pra completar, acho que eu nunca consegui fazer um gol por cobertura naquela porra de Pro Evolution Soccer, a não ser os que a sorte ajudou… rs

  • 126. Diogo  |  12/07/2010 às 16:53

    Má vão jogar PEBOLIM gurizada!

    Huaaaaaaaaaa.

  • 127. Phoenix  |  12/07/2010 às 17:14

    #108
    Dizer que jogou no Avaí é meio caminho andado pra ser contratato pelo Grêmio.

  • 128. matheus  |  12/07/2010 às 17:19

    #76

    sen

    sa

    cio

    nal

    (não sou o mesmo cara a quem tu se referiu no comentário. graças a deus.)

  • 129. Abraão Maciel  |  12/07/2010 às 17:25

    Cara, PUYOL parece um jogador de TOTÓ.

    O filha da puta vai sair como herói por ter feito o gol que levou esse time de RONNIE VONS pra final, mas ele saltou feito uma AVOANTE DESOSSADA na bola num dos gols lá que o Robben perdeu. O holandês, caso tivesse nascido em Quixeramobim e comido rapadura e tomando Ypióca em vez de Heineken e Stella Artois, teria a envergadura moral necessária pra ter posto a pelota pra dentro do gol do Casinhas sem muito esforço.

  • 130. Cunegundes, o mulato frajola  |  12/07/2010 às 17:27

    129, se o Robben nascesse em quixeramobim, se chamaria ROBENSON, teria 8 filhos com 7 gurias diferentes, curraria o PUJOL e seria um CAMPEÓN.

  • 131. Alexandre N.  |  12/07/2010 às 17:28

    Volto a dizer: Robben é um Jorge Henrique menos efetivo, mais firuleiro e delicado criado a leite tipo A.

  • 132. Caco  |  12/07/2010 às 17:35

    Cara, o melhor skatista brasileiro se chama Bob Burnquist… tá, e daí?

  • 133. Alexandre N.  |  12/07/2010 às 17:36

    #132

    ??????????????????????

    Pode desenhar?

  • 134. rafael botafoguense  |  12/07/2010 às 17:40

    ROBBEN JOGA PRA CARALHO!
    VAO TUDO TOMÁ NO CU,COPA MAIS FODA QUE VI!
    BOTAFOGO É MUITO FODA TAMBÉM! LOCO,HERRERA,JÓBSON,MAIC = CAMPEÃO 2010
    SÓ ALEGRIA

  • 135. rafael botafoguense  |  12/07/2010 às 17:40

    nem é,mineirnho é mais sinistro,manda o 900.

  • 136. Diogo  |  12/07/2010 às 17:41

    #134 Aposto que vc está na companhia do jobson neste exato momento.

  • 137. Cunegundes, o mulato frajola  |  12/07/2010 às 17:42

    JOBSON QUEIMA PEDRA E CU DE VACILÃO, UH TERROR ARTILHEIRO DO FOGÃO!

  • 138. rafael botafoguense  |  12/07/2010 às 17:42

    alexandre,pare de copiar o cara do bicuda fc.

  • 139. Abraão Maciel  |  12/07/2010 às 17:43

    1) No gol de ontem do Iniesta a zaga holandesa tava mais desorganizada que ARROZ DE PUTA. Vendo pelo ângulo daquela SPIDER-CAM dava pra ver que a tal da jabulani quicava mais que bolinha de pinball na área, e não havia um pé-de-laranja que lhe aplicasse um belo pontapé a assim a mandasse para a casa do carajo.

    2) Casinhas é o contra-ponto ideal ao Bruno do Flamengo.

    Essa Sara Carbonero merece um grande abraço por trás.

  • 140. rafael botafoguense  |  12/07/2010 às 17:43

    137 HAHAHAHAHAAHAHAHAHAHA LEIA ISSO FURIA JOVEM AHAHAHAHAHAHA QUERO VER A MÚSICA QUE VÃO CANTAR PRO BRUNO HAAHAHAHAHAHA

  • 141. Alexandre N.  |  12/07/2010 às 17:47

    #138

    Mas eu falei lá em cima que estava copiando alguém. E essa foi inteligente pra caceta, o cara tem toda a razão ao dizer isso.

  • 142. rafael botafoguense  |  12/07/2010 às 17:51

    ah tá,nem vi,malz.

    robben,maicosuhell,jorge henry,locoe herrera. pentagrama alvinegro do sonhos.

  • 143. Allan Garcia  |  12/07/2010 às 17:54

    E o que ficou de lição dessa final da Copa?

    Nada, ora bolas.

    A Espanha jogou como os melhores times da América do Sul em momentos decisivos: marcação adiantada, bolas sendo trocadas de um lado a outro até surgir uma brecha, muitas chances de gol perdidas até alguém finalmente enfiar a bola na rede. Eu, por exemplo, vi o Estudiantes jogar dessa forma dezenas de vezes.

    E antes que comecem as pauladas, não estou comparando a qualidade dos jogadores daqui e de lá: apenas o meio de se conseguir a vitória. Talvez a única diferença é que não vimos nenhuma das seleções chuveirando bolas pra área, até porque quando saiu o gol faltavam poucos minutos para o fim da prorrogação.

    Então, não há porque ficar procurando razões ou diferenças: o futebol, graças a Deus, continua sendo o mesmo futebol de sempre.

    E que venha semifinal da Libertadores!

  • 144. Eduardo  |  12/07/2010 às 17:56

    #129 Stella Artois é BELGA…. (a pior, aliás). na verdade agora é uma cerveja sem origem, tipo a Brahma, só ostenta o nome do país por questões de referência.
    Minha única alegria no jogo de ontem é que assisti tomando uma cerveja INGLESA que infelizmente não conhecia (Samuel Smith!) já que as uruguaias estavam em falta na liquor store e me neguei (embora goste muito de ambas) a tomar a Estrella Damm (Espanhola) ou a Grolsch (Holandesa), por motivos relacionados ao futebol.

    Carlos , NÃO convoca o Sancho prá secar… naquela lista de textos dele (confesso que sequei) quase nenhum funcionou!!!

  • 145. Abraão Maciel  |  12/07/2010 às 18:03

    Pô, mas aí Ypióca nem é de Quixeramobim também, o exemplo continua sendo válido. haha

    Enquanto a Espanha ganhava com Nadal, Alonso e sei lá, algum outro mano aí de uma esporte besta para o qual ninguém liga, tava beleza. Eles terem uma Copa é algo que vai demorar um pouco pra ser devidamente digerido.

  • 146. Rudi  |  12/07/2010 às 18:04

    Aliás, a Espanha deveria ter uma equipe veloz, ao invés de cadenciada, pois tinha o PIQUÉ, o Marcos SENNA, e o Xabi ALONSO

  • 147. Cunegundes, o mulato frajola  |  12/07/2010 às 18:05

    140
    UH, TERROR, BRUNO ESQUARTEJADOR!

    BRUNO, CUZÃO, DÁ O CU PRO MACARRÃO!

    BRUNO SEU MANÉ, JÁ BATI PUNHETA PRA TUA EX-MULÉ

  • 148. Cunegundes, o mulato frajola  |  12/07/2010 às 18:06

    XABI = contrário de BIXA

  • 149. Abraão Maciel  |  12/07/2010 às 18:09

    UH TERROR ELIZINHA FEZ PORNÔ

    E a adaptação para o antigo gito do JC::

    Ô BRUNO COMO É QUE É? / OS ROTTWEILER JÁ COMERAM TUA MULHER!

  • 150. rafael botafoguense  |  12/07/2010 às 18:28

    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHA
    AHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHA
    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAAHAHAHAHAHA
    AHAHAHAHAHAAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHA

  • 151. Prestes  |  12/07/2010 às 18:47

    Cara, só li uns comentários aleatórios, mas certamente o do Alexandre foi o melhor de todos:

    JORGE HENRIQUE >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> Rubben

  • 152. Eduardo  |  12/07/2010 às 19:42

    pergunta que não quer calar aos impedimentistas:

    o fato da ESPANHA ser CAMPEÃ DO MUNDO FIFA , pode denegrir os títulos de inter, São Paulo e Corinthians, tão ovacionados neste sítio?

  • 153. Junior  |  12/07/2010 às 20:41

    O Corinthians foi campeão de um torneio de verão, não pode ser comparado aos outros, ushjfgdfs.

  • 154. Vitor Hugo  |  12/07/2010 às 20:50

    MEU DEUS!!! Já podemos parar de falar nessa bosta de torneio organizado pela FIFA e começarmos a nos preocupar com a INEVITÁVEL I M P E D C O P A???

  • 155. Léo  |  12/07/2010 às 20:51

    parabens, catalunha.

    pau no cu da espanha.

  • 156. Maurinho  |  12/07/2010 às 22:01

    Marlon e Mahfuz,
    quando faremos a 1ra IMPEDCOPA CATALUNYA??????

    Regada a Volldamn!

  • 157. Gregório  |  12/07/2010 às 22:37

    Não entendo o pessoal desse blog.

    Parece que o que vale é a raça. Saber jogar é detalhe.

    Times que se destacam pela raça, em 90% dos casos, são times limitados tecnicamente, que precisam correr e se doar mais do que os outros para se equipararem.

    A Espanha e o Barcelona, os dois times mais vencedores do mundo dos últimos dois anos, jogam da mesma maneira. Sempre girando muito a bola e sempre no ataque. A Espanha acaba fazendo poucos gols porque sempre pega adversários recuados e não tem a qualidade e entrosamento de um Barcelona.

    Alias, será que o fato de TODO MUNDO jogar encolhido na defesa contra eles não é um sinal de que jogam um futebol realmente superior?

    Afinal, se a Espanha é essa porcaria toda e o Uruguai uma maravilha, alguma coisa deve estar errada.

    Quando o Uruguai pegou um adversário tecnicamente superior, sucumbiu. Não vejo esse milagre todo.

    Pô, olhem os adversários: uma França de merda que só queria brigar, Africa do Sul, o cagão do México, Coréia “só ganho em casa e roubado” do Sul e Gana, que é africana e africano que se preze não passa das quartas. Quando jogou com Holanda e Alemanha, times bons e com tradição, MARCHOU.

    E esse mimimi “sou sulamericano e sou roubado sempre”, não precisava. Perdeu os argumentos.

    Quer escrever um blog enaltecendo os sulamericanos, tudo bem. Agora, não é preciso depreciar os europeus para isso. Os sulamericanos tem bola, tradição e a tal da “raça”, suficientes para serem enaltecidos por si só.

    Cara, vocês sabem horrores e falam bem pra caramba sobre futebol sulamenricano. Agora, parem de falar bobagens e vão assistir mais futebol europeu antes de sairem falando merda sobre o que vocês não acompanham direito.

  • 158. Hemerson  |  12/07/2010 às 22:52

    Pois que esse blog comece já a campanha “Sou sulamericano e sou roubado sempre”.

    Grande ideia, Gregório.

  • 159. Gregório  |  12/07/2010 às 22:59

    Hemerson

    Quando eu postei, olhei aquela frase e pensei:
    “Aposto que vai aparecer alguém pra criar uma campnha ou coisa do tipo com esse nome…”

    Só não imaginava que ia ser tão rápido…

  • 160. Serramalte Extra  |  13/07/2010 às 00:05

    157, o uruguai, muito desfalcado, foi AFANADO contra a holanda. Ganharia a final.

  • 161. Cunegundes, o mulato frajola  |  13/07/2010 às 00:12

    valeu FAOT comunidade numero 55347613 do orkut, obrigado pelo carinho, quack

  • 162. Vitor Hugo  |  13/07/2010 às 00:24

    #157
    É fato: URUGUAI ROUBADO.
    Tanto a expulsão do Suarez quanto a lesão do Lugano foram injustas e roubadas.
    Aliás, Gregório, fica a vontade pra ler o blog que tu quiseres, seu SEM CORAÇÃO DESALMADO.

  • 163. Felipe (o catarina)  |  13/07/2010 às 00:39

    “A Espanha acaba fazendo poucos gols porque sempre pega adversários recuados e não tem a qualidade e entrosamento de um Barcelona.”

    Eles têm SEIS caras do Barcelona. E os adversários do Brasil em 2002 – que jogava com 3 zagueiros – também atuavam recuados e marcamos 18 gols na Copa, sem esse tico-tico no fubá todo dos espanhóis.

    “Afinal, se a Espanha é essa porcaria toda e o Uruguai uma maravilha, alguma coisa deve estar errada.”

    Sim, está tudo errado. Pergunte pro juiz do Putaqueopariustão que apitou aquele jogo da semifinal entre Uruguai e Holanda.

    “Pô, olhem os adversários: uma França de merda que só queria brigar, Africa do Sul, o cagão do México”

    aham. Bom mesmo são Honduras e Suíça. Timaços.

    “Perdeu os argumentos.”

    leia textos mais antigos deste blog e vais ver que não são argumentos. É a POLÍTICA EDITORIAL do blog. Por isso adoro ele.

    “Agora, não é preciso depreciar os europeus para isso. ”

    É verdade, nem precisa. Os próprios europeus são tão merdas que se autodepreciam. O campeão deles, por exemplo, tem SETE sul-americanos no time titular (4 brasileiros, 3 argentinos), além de um africano. Ou seja: o melhor time deles reconhece que europeu é tudo bosta e investe nos sul-americanos.

    “Agora, parem de falar bobagens e vão assistir mais futebol europeu antes de sairem falando merda sobre o que vocês não acompanham direito.”

    “assistir mais futebol europeu”? Estás no blog errado, é só o que tenho a dizer.

    engraçado que a posição do Impedimento na Copa é a mesma das disputas de Mundiais de Clubes – ou seja, Sudamérica sempre, contra tudo e contra todos – e em outras vezes não existiu todo esse clamor pró-europeu nos comments.

    prevejo que, dentro de 2 meses, estaremos discutindo aqui nos comments a nova tática de Rafa Benítez na Inter de Milão ou os problemas de Mourinho com os galáticos do Real Madri ou a nova camisa rosa pink do Manchester United.

    hasta la polémica, siempre.

  • 164. Gregório  |  13/07/2010 às 00:47

    Vitor Hugo

    Cara, eu ADORO o blog… Só que as vezes exageram na exaltação a certas coisas. E aí ficam que nem a minha mãe torcendo pro Brasil ou pro Grêmio: todos os outros times são pernas-de-pau, e o dela só não ganhou porque “não vão deixar o Brasil/Grêmio ganhar assim tão fácil”.

    O que o Uruguai fez nessa Copa foi incrível. Mas não foi nenhum milagre, dado o time que eles tinham e os adversários que enfrentaram. Quando enfrentaram alguém realmente melhor, SUCUMBIRAM.

    Aí, pra não admitir que o Uruguai tinha um bom time, chegou onde chegou jogando o que sabia e podia, e que não fez nenhuma segunda aparição de Cristo, tem que fazer essa ode ao jeito uruguaio de ser e de jogar bola.

    Sei lá, cara… Como eu disse, adoro o blog. Mas, as vezes, parece que quem escreve aqui pensa que futebol de verdade é só na América do Sul.

    O que é uma GRANDESSÍSSIMA bobagem. Parece papo de gente recalcada, tipo o Dunga.

  • 165. Juan  |  13/07/2010 às 00:50

    Uruguai roubado sim.
    – Primeiro gol da Holanda surgiu de uma falta que merecia a expulsão do Van Bommel, ou seja, era pra tá 0X0 com a Holanda com um jogador a menos.
    – Sneijder deu um soco no Cáceres no lance da bicicleta, na frente do juiz, expulsão.
    – Segundo gol da Holanda até um cego viu que o Van Persie tava impedido.
    – Van Bommel bateu o jogo inteiro e só recebeu um amarelo no final do jogo.
    – Em um dos últimos lances foi mão quase dentro da área, juiz não deu nada.

    Se o Brasil tivesse sido eliminado pela Holanda da maneira que o Uruguai foi, com o juiz errando lances como aqueles, o mundo ia acabar, como foi só o Uruguai, acontece. Vão dizer que a Holanda era melhor mesmo. VSF…

  • 166. Leonardo  |  13/07/2010 às 00:51

    97
    Esse blog tá vivendo um momento EMO, mesmo. É fase.

  • 167. Eduardo  |  13/07/2010 às 00:51

    Felipe (o catarina) para presidente da conmebol!!!!

    campanha lançada!
    “Sou sulamericano e sou roubado sempre”. [2]

  • 168. Eduardo  |  13/07/2010 às 00:53

    “Sei lá, cara… Como eu disse, adoro o blog. Mas, as vezes, parece que quem escreve aqui pensa que futebol de verdade é só na América do Sul. ”

    mas e não É ???????

  • 169. Carlos  |  13/07/2010 às 01:08

    Vai tomar no cu quem acompanha futebol europeu.
    Vai jogar playstation, vai comprar album de figurinha, vai ver ESPN, campeonato da putaquepistão, da Russia, da Itália e a bicha do cristiano ronaldo nos canais ESPN arrumando o cabelo.
    Vai tomar no cu quem se importa se o Manchester United ganhou, se o Chelsea comprou outro africano ou se o Elton John tá botando dinheiro num time da Escócia.
    Vai pra puta q o pariu o cara que acha o máximo ver a Champions League.
    Vai chupar uma piça quem prefere ver jogo da UEFA a ver jogo da Libertadores.

    E vai socar um espeto incandescente quem compra camisa de time europeu, qualquer q seja, com o nome de um Brasileiro, argentino e principalmente do anão do Messi.

    Amém.

  • 170. Carlos  |  13/07/2010 às 01:10

    Pior coisa é ver nego exaltando o time da ….HOLANDA.

    Meu deus.

  • 171. Gregório  |  13/07/2010 às 01:22

    Felipe (o catarina)

    “Eles têm SEIS caras do Barcelona. E os adversários do Brasil em 2002 – que jogava com 3 zagueiros – também atuavam recuados e marcamos 18 gols na Copa, sem esse tico-tico no fubá todo dos espanhóis.”

    Em primeiro lugar, tu não tá realmente querendo comparar um time que tinha Marcos, Cafú, Roberto Carlos, Ronaldinho, Rivaldo e Ronaldo, com a atual seleção espanhola, né?

    Em segundo, com exceção do Real Madrid, todos os times competitivos da Espanha jogam nesse “tico-tico no fubá”. Naturalmente a seleção acaba jogando assim. É uma escola bem diferente da brasileira, não tem comparação. Porque, não sei se tu notou, mas futebol não é jogado da mesma maneira em todos os lugares…

    Mas como eu já havia percebido no comentário anterior, futebol europeu não é o forte de ninguém aqui. Portanto, não havia como tu saber disso, né?

    Alias, porque tanta revolta contra o estilo de jogo espanhol?

    Talvez seja porque o jogo deles exija algo complicado de se ter para certas pessoas: PACIÊNCIA.

    Pra que eles vão arriscar se, do jeito que jogam, metem medo em todos e vencem quase todo mundo?

    “Sim, está tudo errado. Pergunte pro juiz do Putaqueopariustão que apitou aquele jogo da semifinal entre Uruguai e Holanda.”

    Como eu também já disse antes, isso é falta de argumento. Qual time nunca foi prejudicado e qual nunca foi beneficiado por erros de arbitragem? Faz parte do jogo meus queridos…

    “Bom mesmo são Honduras e Suíça. Timaços.”

    Nuca falei que os adversários da Espanha eram melhores ou piores do que os do Uruguai. Mas na hora que tiveram bombas como Alemanha e Holanda pela frente, os espanhois venceram. Não que eu ache que o Uruguai tinha condições de vencer esses Alemanha e Holanda. Não tinha e não venceu.

    “É verdade, nem precisa. Os próprios europeus são tão merdas que se autodepreciam. O campeão deles, por exemplo, tem SETE sul-americanos no time titular (4 brasileiros, 3 argentinos), além de um africano. Ou seja: o melhor time deles reconhece que europeu é tudo bosta e investe nos sul-americanos..”

    Cara, te define. Uma hora, o Barcelona ter um monte de espanhois serve pro teu argumento. Outra hora, um time não ter nenhum europeu é que serve.

    Como o Barcelona mete tanto medo com tantos espanhois e com o tal “tico-tico no fubá”?

    Como que, com tantos sulamericanos (ah, esses seres superiores!), o principal jogador da Inter de Milão é holandês?

    ““assistir mais futebol europeu”? Estás no blog errado, é só o que tenho a dizer.”

    Bem, não quer assistir, não assista. Cada um assiste o que quer. Só não venha falar do que não sabe como se soubesse. Soa “galvãobuenico” demais.

    “prevejo que, dentro de 2 meses, estaremos discutindo aqui nos comments a nova tática de Rafa Benítez na Inter de Milão ou os problemas de Mourinho com os galáticos do Real Madri ou a nova camisa rosa pink do Manchester United.”

    Não. Daqui a dois meses ainda vão estar falando que o Uruguai é a raça, o “time de macho” que foi roubado.

    Queria muito entender essa obsessão com “time de macho”… Parece coisa de quem não se garante.

  • 172. Gregório  |  13/07/2010 às 01:28

    Carlos

    Só porque não torço elouquecidamente, como alguns aqui, para a seleção da CBF, para o Uruguai “de macho”, para a Argentina da pior defesa e técnico da Copa, ou para as galinhas mortas Chile e Paraguai, não significa que eu “exalte” a Holanda.

    Alias, não sei nem porque tô te respondendo. Essa coisa de mandar tomar no cu ou chupar pica é bem coisa de babaca que não sabe nem defender o que gosta ou criticar o que não gosta. Ou seja é alguém com quem não vale a pena discutir.

    Em suma, um retardado.

  • 173. Gregório  |  13/07/2010 às 01:30

    Eduardo

    Hahahahahahahaha. Muito boa resposta. Me deixou sem ação.

    Muito melhor que escrever longos e longos textos cheios de contradições e argumentos furados.

    Isso sem falar nos débeis mentais que só sabem mandar tomar no cú… Desses, tu ganha de lavada.

    Com uma frase, te mostrou mais inteligente que a maioria do pessoal que comenta aqui.

  • 174. Gregório  |  13/07/2010 às 01:39

    Juan

    “Uruguai roubado sim”

    Sei lá, cara, não gosto dessa coisa de “roubado”. Claro que acontecem roubos, sim. Mas juiz também erra. Não significa que esteja roubando. Tu nunca teve um dia ruim ou, ao menos, cometeu algum erro no teu trabalho? Se sim, fez de propósito?

    “Se o Brasil tivesse sido eliminado pela Holanda da maneira que o Uruguai foi, com o juiz errando lances como aqueles, o mundo ia acabar”

    Nesse ponto concordo contigo. Mas a FIFA e a International Board só vão dar jeito no recurso eletrónico, quando acontecer uma hecatombe maior ainda. Tipo um erro grotesco decidindo a Copa do Mundo.

  • 175. Diogo  |  13/07/2010 às 01:59

    “Queria muito entender essa obsessão com “time de macho”… Parece coisa de quem não se garante.”

    Tu até tava indo bem, depois apelou para o rídiculo. Tente superar essa fase.

  • 176. Serramalte Extra  |  13/07/2010 às 02:05

    hmmm… então bola entrando nas quartas sem gol marcado, gol impedido, e golpe de caratê na final não são erros grotescos e não tiveram nenhuma influência na copa…

    Mas o pior, eu gostaria de saber por que o tal do Van Bommel pode fazer 12 faltas violentas por jogo e só tomar UM cartão por isso, no SÉTIMO jogo?

  • 177. Serramalte Extra  |  13/07/2010 às 02:06

    (gol impedido na semi)

  • 178. Serramalte Extra  |  13/07/2010 às 02:07

    além do gol mal anulado do paraguai nas quartas…

  • 179. Serramalte Extra  |  13/07/2010 às 02:12

    Sem falar que erro grotesco decidindo copa é normal: bola que não entrou em 66, camisa do zico rasgada em 82, mão de deus em 86, coréia em 02

  • 180. Leonardo  |  13/07/2010 às 03:37

    O Uruguai foi roubado mesmo contra a Holanda, concordo com o Juan, se isso tivesse acontecido contra o Brasil ou outra “potência” teria uma repercussão enorme. Aliás talvez o juiz tivesse marcado a falta, o impedimento etc.
    Acho que se o Uruguai tivesse ido pra final, e o juiz fosse imparcial, a Espanha não seria campeã do mundo.

    As injustiças continuam acontecendo, mas não podemos omiti-las, senão continuaremos “engolindo” tudo e supervalorizando nações que históricamente se nutrem de nossas riquezas e nos empobrecem cada vez mais em todos os aspectos, inclusive no futebol.

  • 181. Hemerson  |  13/07/2010 às 08:13

    Tá aí, Gregório.

    Vc inventou, eu lancei e a campanha já está a todo vapor.

    Aqui, as coisas acontencem rápido.

  • 182. Vitor Hugo  |  13/07/2010 às 10:41

    GREGÓRIO, el Greg, abriu nossos olhos e a campanha “URUGUAY CAMPEÃO MORAL” já é um sucesso, juntamente com “FUTEBOL EUROPEU É COISA DE GREGO” e “MARACANAZZO 2014 – EU JÁ SABIA!”.

  • 183. Puyol  |  13/07/2010 às 13:52

  • 184. Gregório  |  13/07/2010 às 14:37

    Serramalte Extra

    Qual a parte de “nesse ponto eu concordo contigo” tu não entendeu, na minha resposta ao Juan?

    Para com a mania de perseguição, cara.

    Não disse em nenhum momento que não houveram erros contra o Uruguai. Erraram, e muito.

    O que quis dizer com “um erro grotesco decidindo a Copa do Mundo”, é algo muito pior do que esses exemplos aí que tu deu, com exceção do de 66, quando ainda não havia como implantar recurso eletrónico, mesmo.

    Algo tipo um gol como o do Tévez contra o México, sendo o gol do título. Um troço completamente absurdo, MESMO!

    E eu também queria saber como o Van Bommel dá tanta porrada e não é expulso… Nunca defendi ele, não.

  • 185. Gregório  |  13/07/2010 às 14:48

    Leonardo

    Então cara, tu concorda com o Juan que eles foram “roubados”. Eu concordo que houveram erros.

    No fim das contas, nós 3 concordamos que o Uruguai foi prejudicado.

    Mas mesmo assim não acho que eles venceriam a Espanha. I Uruguai não jogou mais bola que os adversários que a Espanha venceu na Semi e na Final. Talvez tenha jogado mais que a Holanda. Mas definitivamente não jogou mais que a Alemanha.

    E contra a Espanha, o Uruguai ia jogar do mesmo jeito que todo mundo. Encolhido, deixando a Espanha tomar a iniciativa do jogo. E isso é tudo que os espanhois querem.

    Pra ganhar da Espanha, ou tem que ter uma defesa como a da Suiça, ultra disciplinada e quase impenetrável; ou jogar como a Inter de Milão jogou contra o Barcelona no primeiro jogo da UCL. Botou 3 atacantes que recuavam marcando os laterais, 3 meias que sabiam tocar a bola e marcar e marcação individual no Xavi.

    Marcando Xavi e Iniesta e prendendo o Sergio Ramos, mata-se o jogo da Espanha. Só que isso é dificil pra caralho de ser feito. E não vejo o Uruguai fazendo isso.

    Por isso que, acho a Espanha é bem melhor que a maioria, mas não fico dizendo por aí que ela é a 8ª maravilha do mundo, como uns e outros, justamente por existir um jeito de marca-los.

  • 186. Junior  |  13/07/2010 às 15:04

    Numa coisa o Gregório tem razão. O impedimento do 2º gol da Holanda foi milimétrico. Apenas a perna do Van Persie estava à frente do jogador do Uruguai. Os próprios jogadores uruguaios não foram enfáticos na reclamação. Esse tipo de impedimento eu nunca reclamei e nunca vou reclamar. O olho humano não consegue acompanhar uma jogada dessas na velocidade normal de um jogo de futebol. O bandeirinha erra ou acerta por puro palpite. É aquele velho clichê: “uma coisa é o jogo no estádio, outra é o jogo na TV. Com tira-teima e imagem congelada ninguém erra.

  • 187. Adam Haas.  |  13/07/2010 às 17:06

    Grande Holanda. Terra de loiras lindas, costumes liberais e futebol pegador. Somando esse jogo aquele com Portugal em 2006 temos uns 15 amarelitos pra comemorar. Se aquele Roben fosse afeito a um “pezasso/chutao” e soubesse marchar em campo como homem (alguém tem que tirar o colete das costas dele) poderiam ter ganho.

  • 188. Gregório  |  23/07/2010 às 22:09

    Engraçado…
    Felipe (o catarina) não me respondeu…
    O que será que houve?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: