Fragmento de um discurso rancoroso

23/06/2010 at 17:07 39 comentários

Toda vez que alguém começa a resenha esportiva falando sobre signos, símbolos e outras mumunhas do gênero, escondo logo minha carteira, pois sei que ali na zona do agrião acaba de se apresentar um craque nas manhas do estelionato intelectual. Exatamente por isso, nunca dei pelota para os pseudos que tentam explicar os fenômenos da vida e do futebol (o que dá no mesmo) evocando, ainda que remotamente, simbologias e gestuais.

Putaquepariu o embromechion, chion, chion!!!

E, nestes tempos temerários de Copa do Mundo, esta raça de gente ruim grassa mais do que psicólogos no bairro de Palermo. Aliás, por falar nos discípulos de Freud, outro tipinho intragável é aquele que não consegue desenvolver uma idéia sequer do que acontece nas quatro linhas e nas casamatas sem fazer alusões ao psicologismo de botequim. E a verdade que salva e liberta é uma só: Quem recorre a estas muletas, é porque não saca nada do Ludopédio.

Putaquepariu o embromechion, chion, chion, volume dois!!!

Mas, vejam vocês que bicho traiçoeiro é a convicção. Basta um descuido e, vupt, ela escapa para o escanteio, sem remorso algum. E cá estou, após estes prolegômenos, para confessar que fui obrigado a me render a, digamos assim, tais ferramentas teóricas. No entanto, advirto, a causa é nobre. Sucumbi, é fato, mas foi apenas com intuito de entender a mais grave questão que aflige Pindorama hodiernamente. Qual seja: por que porra Dunga tem dado (lá ele) tantos e tamanhos chiliques?

Aliás, só agora, passados os noventinha regulamentares e as prorrogações, é possível endereçar ao referido anão aquela antológica e retórica indagação do filósofo Fábio Júnior. Às aspas: “O que é que há? O que é que está se passando com essa cabeça?”.

Eis aí um mistério que parecia mais insondável do que o terceiro segredo de Fátima. Realmente, era quase impossível perscrutar (recebam, incréus, um perscrutar nos mamilos) os descaminhos do raciocínio e das ações do referido cidadão pelos meios convencionais. Prova disso é que para tentar desvendá-los consultei o infalível lunário perpétuo e os não menos infalíveis búzios e runas. Fui aos almanaques, livros, tratados, tarôs, bulas de remédio, evangelhos, capas de Veja, ciganos, pais e mães de santo – e nada.

Mas eis que encontrei a verdade que salva e liberta na análise gestualística – seja lá que porra isto signifique. Assim, saquei do coldre tal conceituação para entender porque, mesmo nos momentos de glória, Dunga nunca está satisfeito. Sim, porque é humano, demasiadamente humano, que ele revide as pancadas que recebe. Porém, que não aceite nem elogios, não há explicação.

Ou melhor, há. E ela, a explicação, se encontra na tal gestualística. Ou vocês não repararam que no momento de maior glória, o gol, Dunga sempre dá um soco para baixo? É isso aí. Como bem definiu o menino Veríssimo no ano da graça de 1994, Carlos Caetano Bledorn Verri não consegue entender a vida sem dificuldades.

O homem nasceu para o confronto, vive sob a égide permanente do discurso rancoroso e não será a conquista (ou a perda) de mais uma taça que irá mudá-lo. Afinal, como já ensinei aqui: Pau que nasce torto vira berimbau.

P.S. Já havia encerrado a transmissão quando uma senhora politizada e mais chiliquenta do que o técnico da canarinho adentra este Post Scriptum largando a seguinte: “Sêo Françuel, o senhor está a soldo da Rede Globo. Por que não disse uma palavra da luta quixotesca de Dunga contra a Vênus Platinada?“.

Este alienado locutor tem a dizer apenas o seguinte. Nesta chibança, dou um pelo outro e não quero troco.

Franciel Cruz

Anúncios

Entry filed under: Copa do Mundo.

Recontraputo AO VIVO: Paraguai x Nova Zelândia

39 Comentários Add your own

  • 1. Volkart  |  23/06/2010 às 17:31

    Dunga mantem atitudes que toda sociedade sempre cobrou (não só de técnicos, mas de políticos, artistas, cidadãos enfim) mas nunca fez. A tristeza é que sempre tem alguma patricinha (Mello, Felipe) para reclamar que ele é muito grosso… colocando simpatias pessoais acima de quaisquer outros argumentos.
    Me desculpe, mas o que Dunga tem feito (não aquilo que aparece na ponta, e sim o que se encontra no cerne da questão) é DIGNO. E MUITO. Isso é o que penso, mas respeito opiniões diversas.
    De minha parte, essas atitudes tem inclusive me demonstrado uma ponta de ESPERANÇA. Algo que vai além do futebol, não confundam. Mas isso eu realmente não consigo explicar… pelo menos AINDA não.

  • 2. Volkart  |  23/06/2010 às 17:34

    Resumo do comentário (esquisito) acima: TORÇO MUITO POR ESSA SELEÇÃO. E essa torcida já vai além do futebol.

  • 3. Lucas Cavalheiro  |  23/06/2010 às 17:44

    Queria ver se o Brasil estivesse como Alemanha, Itália, França (!!!), Inglaterra, Espanha, tudo CAGADO pra se classificar ou já fora.

    Grupo mais encrencado da 1a fase, já classificado, 100%, e neguinho vem encher que não pode filmar treinamento, que Dunga “não deixa os jornalistas informarem o POVO BRASILEIRO”.

    Vai chupar um paralelepípedo até virar jabulani.

  • 4. Velho  |  23/06/2010 às 17:53

    O Dunga é amargo.

    Ele pode até ter razão em algumas coisas. Mas mandar um a merda e depois cobrar respeito é hipocrisia.

    A imprensa é uma merda e o Dunga, amargo.

  • 5. Carlos  |  23/06/2010 às 18:03

    “Vai chupar um paralelepípedo até virar jabulani”

    asçdksakçdçaskdçklasdkçsaçkdkçsa

    Acho o Dunga uma besta. Mas nessa ae ele tá certo.

    Jornalista esportivo, ainda mais esses metidos a estrelinha, tem q tomar no cu.

  • 6. Rômulo  |  23/06/2010 às 18:05

    todos somos hipócritas, inclusive o PVC q cobra agora boa educação do dunga, mas disse o q disse – e COMO disse – pro felipe melo. qual a relevância disso? nenhuma.

    o mais relevante disso tudo, se ocorre como nos têm contado, é o dunga não fazer as velhas concessões à rede globo. mas qto sabemos nós disso tudo? quanto de relevância ainda sobra?

    nada disso importará com dois lances geniais do robinho e um gol do título do lúcio. como não importará com a sucumbência passiva de uma seleção sem criatividade. nada disso importará, apesar de em todos os casos virem à minha porta querendo me convencer do contrário.

  • 7. Rômulo  |  23/06/2010 às 18:08

    “apesar de q, em todos os casos, virão…”

  • 8. Felipe (o catarina)  |  23/06/2010 às 18:17

    Franciel, já tivesse textos melhores, mas, mesmo assim, vá escrever desse jeito lá na PQP! Depois de um dia inteiro de estresse fudido no trampo, tô aqui rindo sem parar por causa do “prescrutar nos mamilos”.

  • 9. Rômulo  |  23/06/2010 às 18:18

    A moral é q eu acho superficial, VAN, a discussão sobre a educação do dunga, a boa-mocice do kaká, e shabalalalalá. É uma coisa muito CARAS isso. Total desimportante. Tá, tu pode convesar fiado sobre isso, mas a gente tem q saber quando fala sobre trivialidades, mas nunca deve COMPRAR uma Tititi, ou dar audiência prum LEÃO LOBO da vida. ou eu tô muito enganado. é claro q tem gente q dará, mas q importa? é o óbvio! pq, não sei se é nosso destino, mas certamente é o q VOGA: a ignorância está na maioria. talvez aí esteja a explicação de q, para dar conta de uma maioria, a comunicação se valha tanto da ignorância. é a língua mais falada no mundo! tá certo, franciel, melhor deixar o troco esquecido, enquanto nenhuma pena PARECE valer.

  • 10. Rômulo  |  23/06/2010 às 18:20

    catarina, PERSCRUTAR é ainda melhor e mais SÁDICO.
    ns

  • 11. fino  |  23/06/2010 às 18:32

    ganhando ou perdendo vai rolar um mix de la chupen com vao ter que me engolir

  • 12. Felipe (o catarina)  |  23/06/2010 às 18:40

    #10

    Sim, PERScrutar, Rômulo. E nem vou tentar justificar dizendo que foi um erro de digitação ou que nos dicionários existe “prescrutar” como uma variante de “perscrutar”. Foi analfabetice aguda crônica infecciosa transmissível mesmo. Releve, sou jornalista. Isso explica muita coisa.

  • 13. Gerhardt  |  23/06/2010 às 18:45

    o contiudo mais certo ta na frase do Rômulo: “…pouco sabemos…”

    agora, o dunga não parece do tipo q arrumaria uma sarna tão graúda pra se coçar se a dor da picada não valesse a pena.

    pra mim existe uma tendência q Dunga seja mais sincero q nossos jornais.
    enquanto houver vitória, o povo esta com ele. ba coitado.

  • 14. Carlos  |  23/06/2010 às 19:23

    O povo, unido, jamais será vencido!!!!

    asçldksaççdksakçldskçdçkldkçlas

  • 15. Rodrigo Fatturi  |  23/06/2010 às 20:06

    Os bastidores da discussão

  • 16. Junior  |  23/06/2010 às 20:09

    Não tenho nenhuma simpatia pela Globo, bem pelo contrário, mas se uma emissora paga milhões a uma entidade, ela obviamente fez por merecer o fato de ter privilégios em relação às emissoras que não pagaram um único centavo. Da mesma forma, a TF1 fez entrevistas exclusivas com os finados jogadores franceses. Os dois principais patrocinadores da CBF são a Globo e a NIKE, é lógico que essas empresas vão querer obter vantagens em relação à seleção brasileira, até porque, têm prejuízo quando a seleção vai mal. O Dunga não está brigando com a Globo porque defende a isonomia entre as emissoras de TV. Está brigando porque é paranóico e vê inimigos em todos os lugares. O próprio Dunga deu uma entevista EXCLUSIVA ao vivo para o JN no dia em que convocou a seleção e permitiu que o Kaká desse uma entrevista EXCLUSIVA para o JN no dia em que ele anunciou a sua ida para o Real Madrid. Se ele quisesse ser igualitário em relação a todas emissoras de TV, esses dois fatos não aconteceriam. O Dunga vive de rancor, foi o próprio Lazaroni quem disse que o futebol brasileiro vivia a ERA DUNGA, a imprensa aproveitou o termo, mas não o inventou. Responder às críticas da imprensa é normal e muitas vezes, necessário. Mas as provocações gratuitas e ridículas dele na entrevista coletiva só demonstraram que ele não consegue aproveitar um bom momento, prefere o rancor. O Felipão e o Parreira também foram trucidados pela imprensa esportiva, mas mostraram aos “experts” da nossa imprensa que estavam corretos em suas preferências. E fizeram isso com uma altivez que o Dunga não possui.

  • 17. FERN  |  23/06/2010 às 20:34

    OFF TOPIC TOTAL

    http://wp.clicrbs.com.br/paulosantana/2010/06/19/indiferenca-dominical/?topo=77,1,

    o Paulo saiu do armário…

  • 18. Leonardo  |  23/06/2010 às 21:33

    Até concordo com a estupidez do Dunga contra certos jornalistas. Se a imprensa esportiva gaúcha é foda, no rio e sp a coisa é bem pior.
    Mas esse Alex Escobar, a quem o Dunga se dirigia com seus palavrões sussurrados, é um carinha que nunca se posiciona sobre nada. Fica pagando de simpático com aqueles pitacos idiotas.
    Parar uma coletiva por causa do Escobar?? Esse é o cara mais sem opinião da imprensa…
    Acho que o Dunga podia ter guardado sua raiva pra caras mais babacas, como Calazans, por exemplo. Explodir contra o Alex Escobar não vale a repercussão.

  • 19. Tiago  |  23/06/2010 às 23:07

    E nada sobre a segundona gaúcha?

  • 20. Lucas Cavalheiro  |  23/06/2010 às 23:08

    O próprio Dunga deu uma entevista EXCLUSIVA ao vivo para o JN no dia em que convocou a seleção e permitiu que o Kaká desse uma entrevista EXCLUSIVA para o JN no dia em que ele anunciou a sua ida para o Real Madrid. Se ele quisesse ser igualitário em relação a todas emissoras de TV, esses dois fatos não aconteceriam.

    Aí que está o comprometimento do Dunga: na copa do mundo não é hora de TV ficar tirando atenção do jogador.

  • 21. Lucas Cavalheiro  |  23/06/2010 às 23:16

    #17

    Eu penso parecido. Torci de verdade em 94. Lembro de sair pulando na sala no gol do Branco contra a Holanda e no penalti do Baggio pra fora. Talvez porque era criança ainda. Em 98 vi sem vibrar. 2002 comemorei, mas nada parecido com o que senti na Libertadores e Mundial de 2006.

    Acho que o que falta para a paixão voltar é a ADVERSIDADE. Quando a seleção deixar de entrar em campo como favorita, ela estará de novo presente.

    Mas… Mas…
    Um Brasil x Argentina na final colocaria todo esse meu discurso no ralo. Torceria como nunca!

  • 22. Ernesto  |  24/06/2010 às 01:29

    A questão não é com a Globo. Foi mero acidente o cara da globo ficar balançando a caixola.

    O fato é que ele já tá de saco cheio, desse eixo do sudeste, e os corinhos influenciados por isso, que ficam há 14 anos dando chapuletada nele.

    Com ele na seleção, embora a derrota de 1990 – qualquer pessoa que viu os melhores momentos, sabe que se foi alguma era, foi a ERA MULLER, a era dos GOLS FEITOS PERDIDOS – depois só obteve exito.

    E desde 2006 é a mesma lenga-lenga: “camisa desenhada pela filha”, “retranqueiro”, “matou o verdadeiro futebol moleque”, “ganha, mas joga feio”, “não convocou um grupo bom, falta os meninos e sua qualidade”, alguem que seja diferente”.

    Bah velho, o cara tá aguentando essa palhaçada desde agosto de 2006, quando assumiu. Tem mais é que explodir.

    Aí tem a ESPN, que quer Ronaldinho Gaucho, embora aquele putanheiro nao jogue mais nada. Depois é o Ganso, embora esse merda tenha jogado só paulistão.

    Ficam babando o ovo da argentina, que ali tá o verdadeiro futebol arte, malhando os proprios compatriotas.

    Olha esse PVC, dando bronca no Felipe Mello. Para che, os cara pegam o futebol europeu como exemplo, e acham que por isso a seleção tá ruim. Mas nunca criticam seus queridinhos.

    Luis Fabiano não joga nada, culpa do Dunga. Kaka nao joga nada, culpa do dunga, que nao levou outro armador, bla bla.

    Dunga ídolo, passou um orgulho de ver essa porra. Não sou fervoroso, mas torço pra essa seleção, só por causa dessa implicância totalmente sem sentido. Só porque ele não é amiguinho dessa corja.

  • 23. Flávio  |  24/06/2010 às 09:31

    A Globo sempre teve acesso privilegiado à Seleção. Não sei se ela pagava por isso ou se a CBF dava esse tratamento preferencial em troca do apoio e de uma cobertura acrítica por parte da emissora carioca. Dunga cortou isso, embora tenha feito concessões eventuais, como a entrevista para o JN.
    Nesse caso, Dunga fez bem. Só que ao mesmo tempo ele tem um discurso patrioteiro boçal, é paranóico e age de forma infantil. Fala como se toda imprensa fosse contra ele. O que é mentira. Os cronistas mais influentes (PVC, Tostão, Juca Kfouri) sempre reconheceram seus acertos. O problema é que Dunga quer adesão total, não admite críticas, mesmo as pontuais. Nem a ele, nem a seus comandados. Quem criticou Robinho, Felipe Melo, Kaká, Luís Fabiano e outras dondocas quando eles estavam em má fase é quinta-coluna.
    Na boa, nem na época da didatura era assim.

  • 24. Gabriel R.  |  24/06/2010 às 09:47

    Fecho com o Ernesto, acho que nunca torci tanto pela seleção. E sobre ele encher o saco, se a imprensa reclama tanto é só não entrevistar….

  • 25. Gabriel R.  |  24/06/2010 às 09:50

    Uma das cenas que achei do caralho foi no gol do Luis Fabiano, o segundo, a alegria do grafite comemorando o gol, se tivesse o adriano, ronaldinho ia tá tudo puto por estar na reserva. Tem que abraçar a causa, e é isso que o Dunga espera também da imprensa, é o mesmo raciocinio da torcida no estádio, vaia depois que acaba o jogo, não no meio…

  • 26. Logan  |  24/06/2010 às 09:54

    Dunga podia ser o pior treinador do universo, se tivese boas relações com a imprensa estariam lambendo a bunda dele e fazendo o maior oba-oba com a seleção, vide parreira que não me deixa mentir.

    Mas que o bicho é grosso isso é hein hehehe
    lembrem de 94 quando ele levantou a taça e disse umas SUTILEZAS pra imprensa, isso dele com a imprensa vem desda a copa de 90.

    Agora engraçado mesmo foram os caras da sportv mostrando o maradona cantando parabens pra um jornalista argentino e depois elogiando o relacionamento dele com a imprensa de lá, a imprensa daqui se acha melhor que os jogadores e técnicos, ficam querendo ter mais destaque que o próprio jogo durante as transmissões, por isso acho até bom que jogadores e técnicos mantenham um distanciamento em relação a eles, não precisa ser no estilo dunga, claro.

  • 27. Flávio  |  24/06/2010 às 10:06

    #26
    Só que o Dunga generaliza. Esse negócio de chamá-lo de brucutu era coisa de uma minoria. Caras como Juca Kfouri e Alberto Helena Júnior sempre o reconheceram como um bom jogador. E quem começou com essa história de “Era Dunga” foi o Lazaroni, não a mídia.
    E a função da imprensa não é torcer, é noticiar e apurar. Quanto ao bom relacionamento, discordo, Logan. Parreira sempre foi malhado pelos jornalistas. Tirando João Saldanha e talvez Telê em 82 (mas não em 86) e Felipão em 02, todos outros técnicos do Brasil foram mais criticados do que elogiados.

  • 28. Camilo CEO  |  24/06/2010 às 10:07

    Nada mais importa: http://bit.ly/cUOx7H (aumente o som)

    _____________
    [/off]
    Espero GARBO E ELEGÂNCIA, e não “vcs vaum tem q mengoli”, do Dunga, ao levantar a taça.

    Ou que ele diga apenas “cagão!”. Dá no mesmo.

  • 29. Cunegundes, o mulato frajola  |  24/06/2010 às 10:15

  • 30. dante  |  24/06/2010 às 10:17

    “engraçado mesmo foram os caras da sportv mostrando o maradona cantando parabens pra um jornalista argentino e depois elogiando o relacionamento dele com a imprensa de lá”

    sim, o mesmo maradona que até UNS TIRO deu nos jornalistas.

  • 31. Eduardo  |  24/06/2010 às 10:35

    #27 Felipão, Flávo?
    posso estar enganado, mas acho que o Felipão só ganhou crédito quando chegou nas semifiniais… aí, a imprensa (generalizando, argh) começou a acreditar…
    ainda mais considerando que o time de 2002 GANHOU TODOS os jogos… ou me equivoco? (não é ironia, é uma simples pergunta mesmo)

    particularmente não acho que o Dunga ganhe algo em mostrar essa birra toda, mas que já fez tremer muita estrutura, ah, isso ele fez…

  • 32. Eduardo  |  24/06/2010 às 10:41

    e essa coisa da relação da imprensa argentina com o Maradona é pq ele tä ganhando… houveram críticas por ele trocar meio time no jogo anterior… se perde, diriam (“tá inventando.. prá que trocar, poderia dar mais ritmo de jogo ao time). se ganha, dizem : “promoveu a entrada de todos os jogadores. que monstro. ele já passou por lá e sabe como é importante ter o grupo unido na copa.. o grupo está feliz.” me poupe… quando querem falar mal, se juntam como mulher em salão (vide cronica gaucha falando do “Lorde Autuori” e dos Tites, Roths e Fossati’s da vida, que tiveram aproveitamento até melhor do que o lorde.

  • 33. Flávio  |  24/06/2010 às 10:44

    #31
    As críticas foram antes da Copa, pelos maus resultados e a não convocação do Romário. Mas já na Ásia, o tratamento foi diferente. Havia o trio dos R’s e o time era mais ou menos ofensivo. Embora existissem críticas eventuais (o que é normal), Felipão, carismático e vaselina, conquistou a maioria. Não havia um décimo das hostilidades que existem hoje.

  • 34. Eduardo  |  24/06/2010 às 11:27

    # 33 capisco. acho que por estar fora do país, não consigo acompanhar esse exagero

    gol da eslováquia…. imagino as críticas aos italianos…

    off topic total, mas da série “camisas que eu compraria na copa”, Austrália e Nova Zelândia liderariam a lista, com MUITA folga…

  • 35. Logan  |  24/06/2010 às 12:06

    Mas que o relacionamento da imprensa ajuda isso ajuda e muito, aqui mesmo na bahia tem caso de tecnico que convidava jornalista pra churrasco, era uma porcaria como técnico e passou o ano em ceu de brigadiero no que diz respeito a imprensa e com o time fazendo uma campanha ridicula no brasileirão.
    A imprensa brasileira, repito, está mais preocupada em aparecer do que em criticar isentamente, eles se acham mais estrelas que os jogadores.

  • 36. Tiago Sozo Marcon  |  24/06/2010 às 17:28

    Globo sucks

  • 37. joilson  |  25/06/2010 às 04:38

    argentina. e tenho dito.

  • 38. Marimon  |  25/06/2010 às 14:38

    o povo unido é gente pra caralho (ns)

  • 39. Anrafel  |  29/06/2010 às 11:08

    Dunga é, provavelmente, paranóico e vingativo. Não tem paciência com a imprensa e parece ter dificuldade em descernir quem o trata com justeza e aqueles que acham que fazer jornalismo esportivo é promover campanha contra alguém.

    Mas isso não surgiu do nada. Poucos jogadores sofreram uma perseguição tão encarniçada quanto ele em 90 e 94.

    Em 90, o colocaram como o culpado pela derrota frente à Argentina, quando se sabe que não perdemos pelo gol de Caniggia, e sim pelos gols que Muller e Careca perderam. Maradona chegou a dizer que ganhar do Brasil teria sido um milagre.

    Em 94, Luciano do Vale, Juarez Soares e Mário Sérgio zombavam dele em pleno jogo. Lembro que, depois de uma enfiada de três dedos num amistoso, esses caras aí em cima disseram que o passe foi de bico, entre risos.

    A Bandeirante, aliás, se julgava uma Globo: reivindicava o direito de determinar quem jogava ou não. Fez campanha também contra Taffarel e Branco. Parreira segurou a onda e os três foram importantes para o título de 94.

    O que parece acontecer é que Dunga tem a carcaterística da obsessão. 94 não foi suficiente; os outros títulos com ele no comando, também não. E se essa Copa, caso vençamos, também não for?

    O senhor Carlos Caetano não é um primor de treinador, não tem uma fina educação, não é um exemplo de democrata. A nossa imprensa esportiva também não é um primor de nada; sobram leviandade, manipulações, desinformação, direcionamento.

    Isso tudo, pois, é uma guerra de titãs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Meus amigos, que coisa espetacular. twitter.com/YuriMths_/stat… 21 hours ago
  • Em 2016, após 2 rodadas, o líder do Brasileirão era um farsante (o Santa Cruz), mas a lanterna já tinha seu dono eterno: o América-MG. 23 hours ago
  • "VAMOS CRIAR UM NOVO HORÁRIO NOBRE NO FUTEBOL BRASILEIRO" > Segunda de noite > Só uns jogo que ninguém quer ver 23 hours ago
  • Nem acabou a segunda rodada do Brasileirão e já tem uns 8 times que merecem ser rebaixados. 23 hours ago
  • Semifinais da Segundona Gaúcha confirmadas (primeiro time decide em casa): São Luiz x Inter-SM Avenida x Lajeadense Quem avançar, sobe. 1 day ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: