Juntando os destroços para seguir em frente

26/05/2010 at 12:00 39 comentários

No domingo, o Rosario Central foi rebaixado para a segunda divisão argentina. Perdeu a série de Promoción (que deveria acontecer também por aqui) para o All Boys, tradicional clube que passou muitos anos na B Nacional antes de ter essa oportunidade, cumprida com galhardia – 3-0 em pleno Gigante de Arroyito e finalmente, a glória alcançada. No Central, além da torcida quebrar toda a área de fast-food e tentar roubar as TVs de LCD dos camarotes (única atitude digna), renunciaram presidente e treinador, deixando o clube sem rumo e sem cabeça.

Horacio Usandizaga decidiu renunciar na segunda, deixando a bronca com o vice-presidente Daniel Villeguer, que ainda não sabe exatamente o que vai fazer. Um tesoureiro arma uma candidatura de consenso, o vice-presidente da província de Rosário disse que quer assumir, até o ex-atacante Gonzalo Belloso, chefe do movimento “Raça Canalla”, já foi consultado e deu de ombros. Quem assumir a bronca terá de pegar um clube com 15 milhões de pesos a menos em cotas de TV (as cotas descem para 3 milhões na B), sem poder viajar para assistir jogos como visitante (é proibido devido ao excesso de violência, como no caso Nueva Chicag0-Tigre).

Lógico que o presidente seria o principal culpado, de acordo com o CONTEXTO Canalla, pelo descenso. O que se fala em Rosario, entretanto, é que Usandizaga – originalmente político e tosco por natureza – não assistia aos jogos do Central em campo, e que subordinou toda a direção do futebol, colocando pessoas que estavam lá por concordar com ele. Além do mais, sabe-se que as categorias de base do Central (assim como do Newell’s) foram loteadas entre as torcidas organizadas há algum tempo. Muitos jogadores jovens não puderam continuar nos clubes porque não concediam aos torcedores seus materiais, ou não pagavam parte do seu salário para financiar as viagens dos mesmos, segundo uma reportagem recente do Clarín.

Desde 2007, pelo menos, o Rosario Central tem campanhas medíocres e vive fugindo do rebaixamento. Uma hora ele pediria em casamento.

O mesmo acontece com o Gimnasia, que chegou a disputar a Promoción ano passado contra o Atlético Rafaela e chegou à mesma posição, com o mesmo Atlético Rafaela, esse ano. Perdeu o primeiro jogo por 1-0 e precisava virar em casa para permanecer na primeira divisão. Conseguiu a façanha com dois belos gols do ex-centroavante do Boyacá Chicó (que enfrentou o Grêmio ano passado na Libertadores) Marco Pérez, um deles de falta.

A queda do Central deixou a situação ainda mais caótica para o River, que é lanterna na tabela de descenso para a próxima temporada, com 1,120, bem abaixo do Tigre, com 1,213. A tabela inteira pode ser vista aqui.

Até a vitória,
Luís Felipe dos Santos

Anúncios

Entry filed under: Nacionais.

Já no fim do matagal Deliberações sobre facilidades inesperadas

39 Comentários Add your own

  • 1. Sancho  |  26/05/2010 às 12:14

    Como eu disse antes, eis algumas manchetes que deveriam estar por aí:

    “NA ARGENTINA, CAIU O CARAGLIO!”

    “Os hermanos andam numa fase que de tão ruim é de fazer cair o Caraglio…”

  • 2. Cunegundes, o mulato frajola  |  26/05/2010 às 12:28

    um time que se chama Rosario só pode cair, o meu time se chamaria Caralhário e seria sempre rijo e ereto, quack

  • 3. Sancho  |  26/05/2010 às 12:29

    Passando para pontos (é mais fácil de visualisar), a situação é esta:

    EQUIPO TOTAL
    1 Lanús, 135
    2 Estudiantes, 128
    3 Vélez, 127
    4 Newell’s, 121
    5 Banfield, 119
    6 San Lorenzo, 115
    7 Colón, 112
    8 Argentinos, 111
    9 Boca, 108
    10 Independiente, 107
    11 Godoy Cruz, 102
    12 Racing, 98
    13 Huracán, 95
    14 Tigre, 94
    15 Arsenal, 92
    16 Gimnasia, 92
    17 River, 84
    18 Olimpo, 0
    19 Quilmes, 0
    20 All Boys, 0

    A situação do River melhorou com o rebaixamento do Rosario. O ideal seria que o Atlético também subisse. Agora, ele sai direto na promoção, tendo que tirar OITO pontos sobre Gimnasia ou Arsenal para escapar.

    P.S.: O Central teria 90 pontos.

  • 4. guihoch  |  26/05/2010 às 12:31

    isto não é importante, falam mal do brasil mas aeroporto com avenida no meio aindanão fizemos

    TIPO COMO ASSIM?

    http://www.slightlywarped.com/crapfactory/curiosities/2009/gibraltarairport.htm

  • 6. dante  |  26/05/2010 às 13:17

    “Além do mais, sabe-se que as categorias de base do Central (assim como do Newell’s) foram loteadas entre as torcidas organizadas há algum tempo. Muitos jogadores jovens não puderam continuar nos clubes porque não concediam aos torcedores seus materiais, ou não pagavam parte do seu salário para financiar as viagens dos mesmos, segundo uma reportagem recente do Clarín.”

    cara, quer saber MESMO? não me importa a TRADIÇÃO desses times, mas uma “torcida” [muitas aspas] que faz uma coisa dessas tem mais é que SE FUDER e permanecer no inferno até o fim dos tempos – ou, pelo menos, até APRENDER.

  • 7. Jader Anderson  |  26/05/2010 às 14:08

    Volta rodrigo caetano!!!!! teu povo te ama!

  • 8. Luís Felipe  |  26/05/2010 às 14:29

    não faz sentido, Sancho. Os pontos dos três times que subiram vão valer por 3. Era mais fácil o River superar o Central.

  • 9. Sancho  |  26/05/2010 às 14:30

    A situação do River é ruim por qualquer prisma que se olhe.

    O número mágico do River, provavelmente, é 55 (para ficar com promédio melhor que o atual de Arsenal e Gimnasia).

    Para os três que subiram é 47! Para Arsenal e Gimnasia, que podem ficar oito pontos abaixo do River, também.

  • 10. Sancho  |  26/05/2010 às 14:32

    Re 8

    Pois é…

  • 11. Sancho  |  26/05/2010 às 14:39

    Trocando em miúdos, o River tem que fazer campanha para ficar na metade de cima da tabela em ambos os torneios…

  • 12. gilson  |  26/05/2010 às 14:51

    6# combo, perfect!!!

  • 13. guilherme daroit  |  26/05/2010 às 15:20

    total ABSURDO isso das categorias de base, não sabia que isso rolava.

  • 14. Diogo  |  26/05/2010 às 15:20

    6.

    De fato.

  • 15. lor-ar  |  26/05/2010 às 15:26

    riverguenza jajajajaja todo un siglo de pendejadas jajajaja hasta la promocion jajaja

  • 16. gilson  |  26/05/2010 às 15:40

    Dá-lhe Conca!!! ashduahsudhsduhsahudhasu

  • 17. Jader Anderson  |  26/05/2010 às 16:17

    O sanchotation… me dá um parecer sobre o post do Olhar Cronico sobre as finanças do tricolor 😀

  • 18. rafael botafoguense  |  26/05/2010 às 16:37

    horriverguenza vay a la B aahaaahahahahahahahaha

    mentira deixei de senti repúdio do river,depois q

  • 19. rafael botafoguense  |  26/05/2010 às 16:39

    ( submitei sem querer)

    ..ue o carlito usou um terno marrom, com o brasão do river costurado, durante o épico e mítico campeoanto de 48 por que dava sorte pro time.

  • 20. rafael botafoguense  |  26/05/2010 às 16:42

    esse perez joga pra cassete na moral,todo jogo do gimnasia que eu vejo ele manda bem.

    e os LOBISTAS ficaram felizassos:escaparam da B e de quebra o edlp perdeu o campeonato e saiu da copa.

    LOBO MANDA!

  • 21. Sancho  |  26/05/2010 às 17:00

    Re 17

    Para qualquer clube, duas das três colunas são péssimas (Empréstimo e Cívil/Trabalhista); a outra (Fiscal), é ruim, mas mais tranqüila. É por isso o Inter, com uma dívida maior que a do Grêmio, se encontra em situação mais confortável que o rival.

    O fato de ter aumentado a dívida com “Empréstimo” sem ter ganho QUALQUER COISA em 2009, é o principal feito negativo da atual direção gremista. Apostou e perdeu, quando -aliás- sequer deveria ter apostado. Tinham que ter ido na direção de uma redução maior da dívida.

    Como se sabe agora, o resultado em campo teria sido o mesmo; e estaríamos financeiramente melhores.

  • 22. Sancho  |  26/05/2010 às 17:01

    Se vê melhor aqui:

  • 23. Cunegundes, o mulato frajola  |  26/05/2010 às 18:03

    BATE NA MINHA BUNDA E ME CHAMA DE FITO PAEZ

  • 24. Ernesto  |  26/05/2010 às 18:59

    Bah, aquela seqüência de comentários, do #8 ao #11, é a mais sem sentido, para mim.

    Não sei como vocês conseguem entender esse esquema do rebaixamento argentino.

  • 25. FERN  |  26/05/2010 às 19:10

    e o All Boys etava desde 1980!!!!!!! sem jogar o metropolitano porteño…

  • 26. iurimuller  |  26/05/2010 às 21:19

    Não sei se foi comentado, mas pouca gente acreditava de verdade nesse rebaixamento do Central. No Clausura, o time era basicamente composto por gurices rosarinos – e acabaram pagando pelas eras anteriores de descontrole financeiro e organizacional. A verdade é que, para ser rebaixado nesse sistema de pontos, tem que insistir muito na Argentina.

  • 27. gilson  |  26/05/2010 às 21:21

    Alguém da mulambada bem que podia quebrar o André Lima, é dureza torcer prum cabra desses, tá doido…

  • 28. gilson  |  26/05/2010 às 21:31

    E esse Muricy, se pans, até que é bom treinador mesmo uai.

  • 29. FERN  |  26/05/2010 às 22:46

    La Celeste esta cada dia mas lista pa el mundial y me corazón apretando!!! llega lllega llega pronto…

  • 30. Sancho  |  26/05/2010 às 22:47

    Re 24

    Sei que não queres entender, Ernesto, mas é um campeonato de 3 anos. Os dois que somarem menos pontos, caem. E os dois “penúltimos” disputam uma repescagem.

    O único problema: as equipes que não disputaram as três temporadas necessitam de um ajuste. No caso, seus pontos se multiplicam por 3 ou 1,5; dependendo da necessidade.

    A classificação 2007/2010 foi seguinte:

    1. Estudiantes, 197
    2. Lanús, 191
    3. Vélez Sarsfield, 186
    4. San Lorenzo, 179
    5. Boca Juniors, 178
    6. Newell’s Old Boys, 177
    7. Banfield, 173
    8. Argentinos Juniors, 172
    9. Independiente, 166
    10. Colón, 157
    11. Godoy Cruz, 153 (102*1,5)
    12. River Plate, 150
    13. Tigre, 150
    14. Huracán, 147
    15. Arsenal, 143
    16. Racing Club, 138

    17. Rosario Central, 131
    18. Gimnasia, 128

    19. Atlético Tucumán, 105 (35*3)
    20. Chacarita Juniors, 96 (32*3)

  • 31. Sancho  |  27/05/2010 às 00:06

    Re 8

    Ressalvado, claro, o fato de que os clubes que ascendem normalmente têm maior dificuldade em pontuar que aquelas que permanecem.

  • 32. col  |  27/05/2010 às 00:23

    Respeitem o futebol dos Estados Unidos:

    O Boca perdeu amistoso contra o LA Galaxy no domingo e agora estah perdendo pro time de Seattle.

  • 33. Sancho  |  27/05/2010 às 00:29

    Re 32

    Acho que esse Boca é que não se dá o respeito…

  • 34. FERN  |  27/05/2010 às 00:29

    tb tava mirando lol… rola uma certa desenformação sobre o assunto mas quem conhece a história do football nos EEUU sabe da tradição…

  • 35. Serramalte Extra  |  27/05/2010 às 01:31

    24, entender uma divisão por três é difícil?

    (ou por dois, ou por UM, é a soma da pontuação dividida pelo número de temporadas que o time jogou na 1ª divisão nos últimos 3 anos)

    se isso, que aprendi com sete anos, é difícil, me candidato a maestro do mundo.

  • 36. Rudi  |  27/05/2010 às 01:33

    arbo, qual vai ser o dia da impedinua da semana que vem? estou no RS e quero jogar
    se tiver que cadastrar em algum site manda 1,5 pra rudifo no gmail ponto com

    valeu

  • 37. Ernesto  |  27/05/2010 às 15:41

    Vai lá, Serramalte. Yes, YOU CAN. Para maestro do mundo.

    Valeu, Sanchotene

  • 38. Serramalte Extra  |  27/05/2010 às 17:25

    38

    meu slogan será “EU SEI FAZER UMA MÉDIA ENTRE TRÊS NÚMEROS”

    imbatível.

  • 39. Serramalte Extra  |  27/05/2010 às 17:26

    ops… só não sei escrever o número do comment certo, era 37 ali…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: