O que realmente importa no futebol?

09/05/2010 at 11:34 54 comentários

Certa feita, quando eu era ainda um canhoto promissor das categorias de base do Novo Horizonte, o treinador profetizou: a melhor defesa é o ataque. Na cabeça dele, um time vencedor começava por um ataque matador, daqueles bem desgraçados, capaz de fuzilar, sem dó nem piedade, aquele que é a antítese do futebol: o goleiro. Ele – que dizia que goleiro dos bons ou era louco ou era veado – até certo ponto tinha sua razão. Mas mal sabia que haveria um Muricy Ramalho pra contrariar todas essas verdades.

Oi, Brasileirão?

De fato, sempre me senti mais confortável com os números, muito por culpa dos cinco anos de engenharia, que te fazem pensar duas vezes ao ler palavras como derivar e integrar. Não discursarei sobre números de esquemas, a coisa mais subjetiva do futebol. Afirmarei, baseado na matemática, o que realmente importa para um time com pretensões no Rebolation 2010.

Desde que se iniciou em 2003 essa fórmula de disputa do Campeonato Brasileiro – também conhecida ano passado como de pontos parados -, algumas características têm se mantido, apesar do entra-e-sai de equipes (nesse ano, contaremos com as ilustres presenças de Guarani e Vasco de volta ao primeiro escalão, além de Atlético Goianiense e Ceará).

Em sete campeonatos, já se pode desenhar algum padrão. Vejamos as tabelas, desde 2003.

Ano passado, o campeão teve o pior aproveitamento da história dos pontos-corridos, com incríveis 58%. Em todos os anos, 64% de aproveitamento foram suficientes para ser campeão, o que representa fazer 10 pontos (9.6, na verdade) a cada 15 disputados (em 5 jogos, 3 vitórias, um empate e uma derrota, por exemplo).

Me chama, Dunga.

Ter a melhor defesa do campeonato é garantia de Libertadores, o que não ocorre com os melhores ataques – ou se é campeão, ou nem Libertadores pega-se. É nessa hora que você sente falta do treinador DE ABRIGO na casamata – os treinadores de verdade -, e não aquela MULA que está sempre de terno.

Ter a pior defesa do campeonato é assinatura do PayPerView da série B do ano seguinte. Os piores ataques garantem fortes emoções aos torcedores, já que o time, quando não cai, flerta com o rebaixamento.

Afinal, o importante é fazer gols ou não levar? Fossati, Muricy, Adilson Batista, Brother Menezes,  Ricardo Gomes, Dorival Junior e grande elenco responderão.

A quem quiser analisar esses dados

Até Dezembro.

Texto enviado por Lucas Cavalheiro

Anúncios

Entry filed under: Brasileiro.

CONCURSO: descreva o momento que marcou história na cancha Suficiente para análise

54 Comentários Add your own

  • 1. Rodrigo  |  09/05/2010 às 11:55

    O melhor ataque do Grêmio no ano passado foi a maior falácia que já existiu, já que só fazia gol em casa. Tanto é que só não fez menos gols fora do que o Vitória.

  • 2. Rodrigo  |  09/05/2010 às 12:03

    E quanto a pergunta que entitula o post concordo com o Murici.

  • 3. Frank  |  09/05/2010 às 12:09

    A melhor defesa é o ataque…

    Planeje um retrancão nos jogos fora de casa e tenha um esquema de contra-ataque bem treinado, baseado em jogadores velozes, mas que voltem para marcar…

    Em casa, tente fazer pressão sempre que possível, nos momentos iniciais do primeiro e do segundo tempo… pode dar certo na maioria das vezes… claro que, para isso dar certo, o clube tem que ter um bom preparador físico e um elenco variado, não precisando necessariamente de craques, apenas de uns destaques individuais…

    Com essa receita ROTHIANA, pelo menos uma vaguinha na Liber é possível conseguir…

  • 4. Frank  |  09/05/2010 às 12:10

    Ops, aliás, troquei as bolas ali…

    Todo mundo sabe que, para o SEXY, o melhor ataque é a DEFESA…

  • 5. Anônimo  |  09/05/2010 às 12:51

    falou, falou….e não disse nada.

  • 6. Gustavo  |  09/05/2010 às 14:03

    Falácia por que Rodrigo?Gol em casa vale menos que gol fora? Gol é gol champs.

  • 7. matheus  |  09/05/2010 às 14:31

    e diga-se de passagem, o que vai ter de DANCINHA nesse brasileirão não vai ser pouco..

  • 8. Branco  |  09/05/2010 às 15:38

    Interessante essa análise, mas é maio enganosa. No ano passado, por exemplo, o Inter teve o segundo melhor ataque e o foi o time com menos conclusões no campeonato.

  • 9. Victor  |  09/05/2010 às 15:54

    Números para que te quero.
    Em campeonato de aproveitamento, como abrir mão deles para achar “a verdade”?

  • 10. Bruno Lorenz  |  09/05/2010 às 17:06

    Analisando os números, cheguei a conclusão que pontos corridos é um saco.

  • 11. m  |  09/05/2010 às 18:01

    valeu, leandro damião. tamo junto.

  • 12. Y  |  09/05/2010 às 18:01

    pontos-corridos se ganha na defesa, nomá.

    defesa ruim é garantia de rebaixamento ou muita luta para fugir dele, e como o autor disse, defesa fodaça garante bond dividendos

    AGUANTE CELSO ROTH

  • 13. Y  |  09/05/2010 às 18:05

    mas isso não apaga minha convicção de que Muricy é medíocre.

    ganhou pois contava DISPARADO com o melhor elenco por QUATRO anos consecutivos e mesmo assim tomou um baile de Celso Roth em 2008, Andrade (?) em 2009 e fez um trabalho horroroso no Palmeiras

  • 14. Anônimo  |  09/05/2010 às 18:25

    O que preferem?

    1 ponto fora de casa contra o Atlético-GOI
    0 ponto em casa contra o Cruzeiro

  • 15. Lorenz  |  09/05/2010 às 18:31

    Por Taison:

    “Hoje eu voltei a jogar bem, porque no início do jogo me decidi que iria jogar alegre”

    “Esse time do Inter tá de parabéns”

    Algo me diz que ele acha que ganhou.

  • 16. Matheus (Minêro)  |  09/05/2010 às 18:36

    Melhor defesa é o ataque. Dos campeões, somente o São Paulo não se pautava por um time altamente ofensivo.

    E somente ele teve um trabalho contínuo.

  • 17. Lorenz  |  09/05/2010 às 18:43

    Inter perdeu o jogo pra Arbitragem, de novo, ao que parece.

  • 18. Lucas Cavalheiro  |  09/05/2010 às 19:44

    Vou repetir o que o Carvalho disse ao final do jogo:

    Arbitragem PÉSSIMA. E vou citar dois lances a nosso favor em que não houve falta e ele deu.
    A típica arbitragem que eu chamo de “irrita torcedor”, errando lateral, invertendo e inventando falta.

    Sobre o jogo, o empate acho que teria sido mais justo, apesar de o Inter ter jogado 45 minutos com 10 em campo (sim, KP não EXISTE).
    O Leandro Damião é um atacante inteligente: do estádio dá pra ver que ele é muito mais esperto que o Alecsandro. O lateral abaixa a cabeça pra cruzar e ele corre no primeiro pau pra antecipar, coisa que o Cone nunca faz.

    Sobre o texto, que não coloquei mais veementemente a minha opinião, acho que um campeonato como o Brasileirão se ganha (e se perde!) na defesa. Solidez defensiva representa ganhar de quase todos os times fracos fora de casa ou, ao menos, empatar. Acha-se um golzinho de escanteio, falta, essas coisas e tá morta a cobra.

  • 19. Junior  |  09/05/2010 às 20:20

    “O Leandro Damião é um atacante inteligente…”

    Lucas, discordo totalmente. Eu estava na social, próximo ao gol do Cruzeiro, no momento do gol impedido. Um atacante com dois neurônios ficaria atrás da linha da bola, o Damião estava completamente livre, não precisava se preocupar com a marcação de nenhum zagueiro. Ele precisava se preocupar SOMENTE em estar atrás da linha da bola.Um Romário, Fred, Ronaldo, entre outros, jamais estaria impedido naquele lance.

  • 20. Lucas Cavalheiro  |  09/05/2010 às 20:48

    #19

    Concordo que ele errou nesse lance, mas eu fiquei cuidando a movimentação dele durante o jogo. Ele tem inteligência.

  • 21. Lucas Cavalheiro  |  09/05/2010 às 21:02

    E, Junior, comparar DAMIÃO com Fred, Ronaldo, etc, é sacanagem uahehaehua

    Eu to comparando com Alecsandro, Kleber Pereira.

    O Éverton esse me agradou, por sinal. Tem personalidade e alguma habilidade.

  • 22. pablo gonzalves  |  09/05/2010 às 21:18

    O NOME DA DOENÇA DO ANO PARA O TIME DA BEIRA LAGO, SERÁ OAZULÃO? NÓIA, GRÊMIO E CRUZEIRO….

  • 23. col  |  09/05/2010 às 21:26

    Qual eh a derivada de X elevado na potencia X?

  • 25. Diogo Beagá  |  09/05/2010 às 21:29

    pincha se deu mal no clausura.
    caminho aberto para o bicho.
    lobo e canalla rumo à promoción.

  • 26. rafael botafoguense  |  09/05/2010 às 22:12

    lobo tomou de 6 😦

  • 27. rafael botafoguense  |  09/05/2010 às 22:14

    q doido,a carinha se converte automáticamente ahaha

  • 28. Prestes  |  09/05/2010 às 22:14

    Dois a menos: esse Arilton tava completamente perdido.

    Porque não deram ritmo pros jogadores no Gauchão??

    Brasileiro não é pra testar. Que Frankestein esse time do Inter hoje, coisa horrorosa.

    Cada dia é um esquema diferente. O Fossati é muito Prof. Pardal. Tinha que ter mantido um esqueleto do time, tirar só quem tá com dores musculares.

    É muita burrice. Não aguento mais esse “planejamento” colorado. Lixo completo. Perder pro Cruzeiro em casa pelo Brasileiro não pode estar no planejamento jamais.

  • 30. Lorenz  |  09/05/2010 às 22:29

    Ah, cara… dizer que nunca foi favorecido já é demmmooois

  • 31. Bruno Lorenz  |  09/05/2010 às 22:29

    Bá, que repórter imbecil. Vergonha alheia total. Totalmente despreparado.

    Mas aí o Fumassati também avacalha, querendo chamar o cara pra briga. Tá precisando largar o Malborão e fumar algo mais natural, pra acalmar.

  • 32. Prestes  |  09/05/2010 às 22:32

    – Quando o Inter foi beneficiado pela arbitragem?

    – Não sei.

    Bem feito pro repórter. Papelão.

  • 33. Lorenz  |  09/05/2010 às 22:35

    Ah, agora escutei o resto.

    aoiejaoie tive que rir do repórter e do fossati irritado

  • 34. m  |  09/05/2010 às 22:37

    era só responder “no lance em que marcaram impedimento errado num contra-ataque 3×2 no segundo tempo”.

    vão culpar o daminhão, não a arbitragem.

  • 35. Carlos  |  09/05/2010 às 22:43

    Bah…Damião bom?
    Éverton bom?

    Lucas, me passa a bola q tu tá chapadão, meu camarada…

    E esse Sérgio Couto é o repórter mais imbecil de toda a galáxia, me desculpem os q são amigos desse cidadão…

  • 36. Luiz  |  09/05/2010 às 22:50

    Sérgio Couto levou uma chinelada com a sua pergunta idiota.
    É o que dá querer ser reporter “polêmico”.
    Quando o Fossati pediu prá ele citar um jogo em que o Inter
    foi beneficiado…….Silêncio profundo.
    Foi pego de calças curtas.
    Depois o Uruguaio ficar chamando o repórter prá briga
    é desespero por que tá sentindo a água batendo na
    bunda.
    Quem o Inter chama para o lugar do Fossati? SexRoth?

  • 37. Felipe (o catarina)  |  09/05/2010 às 22:55

    “Perder pro Cruzeiro em casa pelo Brasileiro não pode estar no planejamento jamais.”

    ????? Não entendi. Claro que ninguém planeja perder em casa, mas perder pro Cruzeiro não é nada de outro mundo.

    e o Avaí fez o que qualquer clube de bem deve fazer: humilhar essa aberração futebolística chamada Grêmio Prudente. Que leve milhões de goleadas até o fim do ano, clubeco de bosta.

  • 38. Prestes  |  09/05/2010 às 22:57

    O Fossati não tem o TRAQUEJO necessário para aguentar essas entrevistas coletivas.

  • 39. Prestes  |  09/05/2010 às 22:59

    O Cruzeiro vai brigar por título e Libertadores. O Inter deveria fazer o mesmo. Por isso não pode perder pro Cruzeiro em casa.

  • 40. Lucas Cavalheiro  |  09/05/2010 às 23:34

    #35

    Carlos, tu viu o jogo hoje?

    Foram as impressões que eu tive do estádio.

  • 41. Eduardo  |  09/05/2010 às 23:51

    Lucas,
    o problema de estatística é que dependendo da maneira como se olha, sempre se acha algo positivo… o melhor exemplo era o Zagallo como técnico da seleção. Zagallo foi grande e isso não se discute, mas tinha aquela técnica irritante (atualmente sendo aprimorada pelo marketing colorado) de usar estatística para provar que era bom…
    1) nunca perdeu como técnico… daí perdeu um amistoso
    2) nunca perdeu como técnico em jogo oficial… daí perdeu para algum time europeu
    3) nunca perdeu como técnico em jogo oficial contra time sul americano … daí perdeu…
    4) nunca perdeu como técnico em jogo oficial contra time sul americano em casa….
    …. e assim ele foi invicto até sair da seleção.
    a boa verdade é que os pontos corridos são os mais justos, não vão livrar-nos de confusões e discussões (vide os prováveis benefícios confessos ao Corinthians e os supostos benefícios da arbitragem ao SP de 2008), mas ainda assim, dão mais credibilidade que a choradeira de um mata mata (vide inter x corinthians ano passado e o estrago ocorrido ao Avaí no Olímpico).
    quanto ao reporter x Fossati, o cara foi um mala e tomou um cascudo, mas a reação do carburante foi desproporcional… só faltou mandar um “que la chupen!!!”

  • 42. Lorenz  |  09/05/2010 às 23:53

    http://www.finalsports.com.br/03/blog_serginho/

    Ouvindo.

  • 43. Lorenz  |  09/05/2010 às 23:55

    jsalkgas Fossati chamou ele de filho da puta, ao que parece.

    Exagero demais

  • 44. Prestes  |  10/05/2010 às 00:01

    O Fossati se passou afu ao que parece, não era pra tanto.

    Mas verbalmente ele tava dando de relho no Sérgio Couto.

  • 45. Lucas Cavalheiro  |  10/05/2010 às 00:17

    Fossati mestre.

    Qual a notícia de amanhã? A briga.

    Derrota, a má atuação do time no primeiro tempo e o erro na substituição? em segundo plano.

  • 46. Junior  |  10/05/2010 às 00:59

    Prestes, eu discordo de alguns jogadores escalados, não de escalar reservas NESSE JOGO. Dos times brasileiros na Libertadores, o Inter foi o único que disputou as finais do estadual, portanto, teve duas semanas a mais de jogos “carta e domingo” (RAMALHO, Muricy). Sem falar que desde o jogo contra o NH, todos os jogos foram decisões e isso causa além do desgaste físico, um desgaste psicológico. E o jogo do Inter, ao contrário dos demais brasileiros, foi na quinta-feira. Na sexta, obviamente não foi possível um treino forte para os titulares, só restaria o sábado, véspera da partida. Não acho que seja prudente fazer isso para um jogo da primeira rodada do Brasileirão, considerando que na quinta o jogo será muito complicado. Por isso, repito que o erro foi a escalação de alguns reservas de péssima qualidade, não a escalação de um time reserva.

  • 47. Vitor Hugo  |  10/05/2010 às 01:09

    “FOSSATI VENCE LIBERTADORES E DÁ COLETIVA FUMANDO”, ah, hei de ler.

  • 48. Junior  |  10/05/2010 às 01:12

    Uma coisa que esqueci de escrever. Prestes, é comum a todos nós criticar depois do acontecido. Imagina se o Bolivar ou outro titular rompe o tendão de aquiles nesse jogo, ao invés do Ronaldo Conceição? As perguntas seriam outras, exemplo típico: qual a necessidade de escalar o time titular hoje?

  • 49. Carlos  |  10/05/2010 às 09:15

    #40
    Vi.

    E lembro q esse Everton já me fez chutar muita cabeça imaginária nas arquibancadas do Olimpico. Believe me, não joga um ovo e nem jogará.

    E esse Damião é burro. Jogador burro = medo.

  • 50. Claudio RK  |  10/05/2010 às 10:14

    Ótimo trabalho, Lucas.

  • 51. Prestes  |  10/05/2010 às 10:41

    Eu não defendi a escalação dos titulares, Júnior. Mas a escalação de uma equipe coerente, com o mesmo esquema tático que vinha atuando, e com “reservas” como Giuliano, Eller, Glaydson, Taison, que vêm atuando seguidamente.

    Sem Arilton, Ronaldo Conceição, Kléber Pereira. Não era jogo para estreias, teste, etc.

    Imagina se esse jogo fosse na 35a. rodada. Haveria grandes chances de ser decisivo, não? Pois não faz diferença alguma do jogo de ontem, vale seis pontos igual.

  • 52. Schmidt  |  10/05/2010 às 17:44

    Danem-se os números, três vice-campeonatos na mesma década continuam me dando vontade de cortar os pulsos e fazer um despacho contra o FC e o Piffero com o meu próprio sangue.

  • 53. Logan  |  11/05/2010 às 13:13

    É por isso que defendo Ricardo Silva no Vitória, é futebol do time é feio, a gente sofre a partida toda, mas goza no final, ou seja, dá resultado, e olhe que tá com um elencozinho ridículo, folha de 450 mil.

  • 54. Fernanda  |  05/07/2010 às 09:49

    poow e o 2010 porra brasil perdeu viado e fodaa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: