Réquiem para um sonho

02/03/2010 at 06:53 135 comentários

A Libertadores da América já começou, como vocês todos sabem, e os times bolivianos estão ocupando o lugar que lhes foi destinado: a rabeira das tabelas dos seus grupos. A única chance que havia era no Real Potosí e na sua montanha de 5 mil metros, mas foram sovados pelo Cruzeiro. Restou o Blooming e o Bolívar, dois times que, embora tenham sido os melhores da temporada, ainda estão muito abaixo do nível médio sul-americano.

Bolívar


No caso do tradicionalíssimo clube celeste, conhecido como Academia, 28 títulos nacionais (incluindo era amadora), 22 participações em Libertadores, a baixa expectativa não é diferente. Em dois jogos, fizeram 1 e levaram 5 gols, não marcando qualquer ponto.

A torcida do Bolívar não considera o time adequado para uma disputa internacional. Jogadores que se destacam em nível nacional, como o zagueiro Méndez e o meio-campista Da Rosa, são vistos como jogadores inexperientes, idosos ou fisicamente frágeis para uma Libertadores. O jogador mais experiente em Copas do grupo é o zagueiro Ignacio Ithurralde, que enfrentou o Grêmio em 2007 vestindo a camisa do Defensor Sporting (ao lado de Martín Cáceres e Gonzalo Sorondo,aliás). A sua maior esperança era um triunfo sobre o Juan Aurich, especialmente depois da surra levada em La Plata.

Com pouco o que se ver na realidade, os torcedores celestes se agarram a lembranças históricas, como a vitória sobre o Santos por 4 a 3 e a vitória sobre o Toluca, do México, fora de casa, em 2007. Nem mesmo a altitude lhes dá muito alento, uma vez que os adversários de Lima e Chiclayo, embora não tenham a altura de La Paz, estão acostumados a subir montanhas para enfrentar adversários locais.

Blooming

A equipe de Santa Cruz de la Sierra, ao contrário do Bolívar, é conhecida por ser uma equipe que historicamente joga na defesa, apresentando futebol pragmático e lutando pelo empate. Nada desse pragmatismo adiantou no grupo 4, que está bem adiantado: os celestes de Santa Cruz de La Sierra disputaram 3 partidas e perderam todas.

Vocês querem que eu diga o quê de um time que levou 10 gols e fez dois em duas partidas?

Resta a nós lamentar, novamente, o que diabos fizeram com o futebol boliviano que nós crescemos assistindo. Aquele de Marco Sandy, Vladimir Soria, Baldivieso, Trucco, Platini Sánchez e El Diablo Etcheverry. Mas nós já fazemos isso todo dia com o futebol uruguaio, então, não faz diferença.

Luís Felipe dos Santos

Anúncios

Entry filed under: (Louco de) Especial La Copa 2010.

Uma taça para pegar no tranco Waltergate

135 Comentários Add your own

  • 1. Guilherme  |  02/03/2010 às 07:29

    BLOOMING é o nome mais gay de toda a história do futebol mundial.

    Vão colher flor!

  • 2. Gustavo  |  02/03/2010 às 08:09

    Coincidentemente eram esses os dois times bolivianos que estavam no Grupo do Grêmio e do Flamengo na Liber de 1983.

  • 3. Francisco Luz  |  02/03/2010 às 08:23

    Bah, mas nem para colocar aquela notinha marota dos estádios dos times?

    Vou atrasar o pagamento deste mês.

  • 4. J Petry  |  02/03/2010 às 08:24

    Quem não viu o gol do Blooming contra o Lanús, veja. Melhor gol da temporada até agora.

  • 5. Zé Carlos  |  02/03/2010 às 09:12

    Deveriam banir os times de EVO e CHAVEZ dessa porra

  • 6. vicente v.  |  02/03/2010 às 09:32

    é rÉquiem, não?

  • 7. Gustavo  |  02/03/2010 às 09:46

    Deviam banir os mexicanos…

  • 8. Rudi  |  02/03/2010 às 09:58

    os venezuelanos ainda farão o crime… anotem
    o caracas cada vez se nivela mais com a sudamerica
    acredito que chavez boys se qualifiquem pra copa ’14

  • 9. Alexandre N.  |  02/03/2010 às 10:00

    Por que banir os mexicanos? Chaves e Chapolim são bem divertidos, ora bolas!

  • 10. Alexandre N.  |  02/03/2010 às 10:02

    #8

    Concordo com você. Os venezuelanos deixaram de ser bobos já faz muito tempo… Foi só o Dudamel se aposentar! hahahahaah…

  • 11. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 10:08

    Por que banir os mexicanos? Porque com isso abririamos vagas para outros times lendários de países verdadeiramente SULAMERICANOS, como Jorge Wilstermann, The Strongest e Barcelona de Guayaquil.

  • 12. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 10:09

    Momento Poliana/Belchior

    “Tenho vinte e cinco anos de sonho e de sangue
    e de América do Sul
    Por força deste destino um tango argentino
    me vai bem melhor que um blues”

  • 13. Alexandre N.  |  02/03/2010 às 10:13

    #11

    E com essa idéia, regredimos um pouco e voltamos a transformar a América do Sul em um “feudo”, onde só teremos contato com outras escolas do futebol nos períodos de copa do mundo e olimpíadas…

  • 14. Lucas Cavalheiro  |  02/03/2010 às 10:21

    Ver 3 bolivianos dessa ESTIRPE com grandes clubes do Brasil e Argentina de fora da liber é de matar.

    E, realmente, que BUCHA o gol do Blooming contra o Lanus.

  • 15. Carlos  |  02/03/2010 às 10:54

    Nenhum post sobre Walter, o doidão?

  • 16. Ernesto  |  02/03/2010 às 10:57

    Música feita para o Walter

  • 17. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 10:59

    13.

    Não nos acrescenta nada este contato com a escola mexicana.

    O futebol pega fogo é pra baixo do Suriname. O resto, ou é simulação para a TV (futebol mexicano e MLS) ou videogame (campeonatos europeus).

  • 18. Rudi  |  02/03/2010 às 11:12

    queria DEMAIS pelo menos UM time do suriname na pré-liber que fosse…

  • 19. Ernesto  |  02/03/2010 às 11:18

    Um time do Suriname contra algum time Brasileiro, o jogo ia pegar fogo, LITERALMENTE.

  • 20. Zé Carlos  |  02/03/2010 às 11:22

    #7, sim os El MARIACHIS também deveriam, senão vai ter muito centroavante levando BALA por ai porque não faz gols.

  • 21. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 11:34

    Não estou contente também com o fato de só termos 2 competições continentais boas (Libertadores e Sulamericana). Volta, Copa Conmebol!

  • 22. Alexandre N.  |  02/03/2010 às 11:38

    #21

    Pode-se dizer que a Sulamericana veio da Conmebol.

  • 23. J Petry  |  02/03/2010 às 11:43

    Na verdade, para a CSF, a Sul-Americana é uma fusão da Mercosul com a Merconorte. A Copa Conmebol é menos considerada, tanto que vale menos pontos no ranking.

  • 24. J Petry  |  02/03/2010 às 11:45

    E o Thalles há de concordar comigo: uma competição internacional que tem o CSA como finalista não pode ser grande coisa. 🙂

  • 25. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 11:47

    22.

    Não é verdade. Sulamericana = Mercosul + Merconorte
    A Conmebol foi covardemente extinta.

    A Conmebol era o torneio mais digno deste continente!

    Nunca vou esquecer daquele Grêmio-Peñarol em 1993 (se não me engano), que rolou muitas expulsões e quebra pau. O Fabinho perdeu 2 dentes da frente.

    Nunca vou esquecer também da pimentada que o Leão levou lá no campo do Lanús, quando era técnico do Atlético MG.

    E da fantástica decisão de 1994 em que um catadão do SPFC ganhou nos pênaltis do Corinthians.

    E do título do Botafogo no começo dos anos 90 (não lembro o ano)…

    São tantas emoções. Volta Faixa Nobre do Esporte e volta Latin Football Weekly!

  • 26. Lourenço  |  02/03/2010 às 11:47

    #15 Acho que o problema do Walter é a enorme babação de ovo em cima do cara, mesmo antes de ele ter tido qualquer destaque no profissional. Aqui no blog, inclusive, havia quem pedisse titularidade para o cara. Acho que agora fica mais claro o tamanho do problema, fora as coisas que não se tornaram públicas.

  • 27. EGS  |  02/03/2010 às 11:47

    Exijo post GONZO do Douglas sobre o paradeiro do Walter.

    Tá na hora.

  • 28. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 11:50

    Aliás, muito peido pra pouca bosta no “Caso Walter”. Quem é Walter? Que se foda o Walter. Se o sumido fosse alguém do garbor de um Aguirregaray, de um Gato Fernandez, de um Claiton… o Walter pode ficar sumido mais uns 3 anos na minha opinião.

  • 29. Prestes  |  02/03/2010 às 11:52

    Walter é o Romário OBESO, udhudshudshudshudshuhu

  • 30. Lourenço  |  02/03/2010 às 11:54

    Walter = Ânderson Pico + Mário Fernandes

  • 31. Gabriel R.  |  02/03/2010 às 11:56

    http://wp.clicrbs.com.br/wianeycarlet/2010/03/02/quem-e-a-namorada-de-walter/?topo=2,1,1,,,2

    WC non ecsiste. Virou tititi….

    Sobre o caso do Walter só tenho uma coisa a dizer: o cara passou a PIOR FASE de ser jogador que é a BASE, agora já é profisional, ganha bem (15 mil) pelo que já fez até hoje e fica fazendo beicinho. Se fosse eu, emprestava ele pro Joinvile e deixava lá.. mofando…

    Loco burro! Puta merda!

  • 32. douglasceconello  |  02/03/2010 às 11:59

    Não pressionem senão eu DESAPAREÇO que nem o Walter.

    Mas, se eu desaparecer, já adianto que estarei no Parangolé.

    sauidfadsu

  • 33. Alexandre N.  |  02/03/2010 às 12:00

    #25

    O Botafogo foi campeão em 1993. Fez a final com o Peñarol. Se não me falha a memória, um dos gols foi feito por Perivaldo, o “Peri de Pelotas” como dizia o saudoso Januário de Oliveira…

  • 34. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 12:02

    33.

    Sim, após o Peñarol eliminar o Grêmio no Olímpico na base da porrada. Num jogo apitado pelo colombiano J. J. Torres (o nome mais sinistro de um árbitro de futebol na história do mundo).

    Boa lembrança…

    Se não me engano a final foi em Caio Martins.

    VOLTA CONMEBOL!

  • 35. natusch  |  02/03/2010 às 12:11

    #18

    Concordo. Nas minhas Libertadores IMAGINÁRIAS sempre teve times do Suriname e das Guianas…

    #31

    WC, depois da fiasquenta mudança de ideia no caso do termômetro, eu nem comento mais. E o Walter é o que meu saudoso pai chamaria de GURI DE MERDA. Igualzinho o Pico, aliás (abraço, Lourenço). Em 3 ou 4 anos estará vestindo garbosamente as cores de algum RIO BANANAL ou CIANORTE por aí…

  • 36. Lourenço  |  02/03/2010 às 12:18

    #35 Já disse, tenho certeza que daqui alguns anos veremos, na meia esquerda do Lyon, um potente camisa 10 ambidestro, escrito simplesmente PICOT na camiseta.

  • 37. rafael botafoguense  |  02/03/2010 às 13:10

    A FINAL FOI NO MARACAAAAA, GOL DO ELIEL E DO SINVAL(ARTILHEIRO)

    e conmebol é gende coisa sim! só depois que ficou desvalorizada e times com csa e sampaio correa chegaram a jogar.

  • 38. rafael botafoguense  |  02/03/2010 às 13:11

    *grande, gende hahaahahaha

  • 39. rafael botafoguense  |  02/03/2010 às 13:14

    #23 cara olha como era a copa conmebol e como é a sulamericana.

    é praticamente idêntico,a diferença é que a conmebol tinha uma fase a menos,até fase nacional tinha.

  • 40. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 13:19

    37.

    Minha memória afetiva com Caio Martins é tão grande que eu acho que todos os títulos do Botafogo foram conquistados lá.

    A Copa Conmebol é o pícaro da glória do futebol sulamericano, só quem ganhou sabe do que se trata.

  • 41. Francisco Luz  |  02/03/2010 às 13:30

    Wianey Carlet virou o maior pateta do mundo desde o caso dos termômetros. Ele agora culpa o FOSSATI e a NAMORADA do Walter pelo seu sumiço.

    Sexta, ele disse que a Libertadores e a final do primeiro turno do Gauchão tinham o mesmo valor, já que se esperavam estádios lotados nos dois casos.

    Quando a RBS determinar que o BBB seja transmitido durante os jogos do Brasileirão, ele vai achar lindo, também.

    Aliás, BBB é o melhor programa da tv brasileira.

  • 42. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 13:36

    O melhor programa da TV brasileira chama-se Larica Total e é transmitido pelo Canal Brasil.

  • 43. Gabriel R.  |  02/03/2010 às 13:41

    Pra que assistir o BBB, a história do Walter já tem todo o ENREDO que o Manoel Carlos sempre sonhou. O filho pobre que não ajuda a mãe, pois gasta seu dinheiro com a vagabunda, que tá com ele só pra gerar um filho e com isso uma futura pensão gorda…

    Já outros dizem que Walter alugou as 5 temporadas de Lost e só vai sair de lá quando acabar a última…

  • 44. J Petry  |  02/03/2010 às 13:41

    A Conmebol tinha uns clubes bizarros: Técnico Universitario (Equador), Deportivo Español (Argentina), Deportes Quindío (Colômbia), Cerro Corá e Sportivo San Lorenzo (Paraguai), Deportivo Sipesa e CICLISTA LIMA (Peru), Sud América e PORONGOS (Uruguai), Independiente Petrolero [não é o Oriente Petrolero!] e Real Santa Cruz (Bolívia), além dos brasileiros Rio Branco (ACRE), América de Natal, Vila Nova (Goiás), São Raimundo (AM) e do próprio CSA.

  • 45. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 13:45

    44.

    Exatamente esta era a graça, jogar contra Boca e River é teta, o negócio é encarar um desses times lá na casa deles, aí é que se diferenciam guris de condomínio de homens robustos.

  • 46. rafael botafoguense  |  02/03/2010 às 13:50

    mas teve botafogo,fluminense,corinthians,vasco,penarol,san lorenzo,huracan,olimpia,santos,são paulo,rosário central,gramio,velez,galo…

    qual competição sulamericana não tem time cocô? na libertadores é cheio todo ano.

  • 47. Alexandre N.  |  02/03/2010 às 13:53

    #44

    Como você teve a pachorra de esquecer do campeão da última edição do torneio, o grandioso Talleres?

    Só espero que o CSA não tenha sido garfado na final (essa foi péssima). Cadê o Thalles pra contar melhor essa história?

  • 48. Alexandre N.  |  02/03/2010 às 13:54

    #46

    Só espero que você não esteja falando do Juan Aurich e do Nacional Querido…

  • 49. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 13:55

    46.

    Rosario Central x Atletico MG também foi uma final épica.

    CONMEBOL >>>> Copa do Mundo

  • 50. Francisco Luz  |  02/03/2010 às 13:55

    A Copa do Mundo tem COREIA DO NORTE e INGLATERRA. Bostas bem piores do que qualquer time da Libertadores.

  • 51. J Petry  |  02/03/2010 às 13:56

    Bom, não mencionei o Talleres justamente porque ele GANHOU. E já jogou até Libertadores.

  • 52. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 13:57

    50.

    Tem total razão. Isso sem falar na Espanha, que se mandasse sua seleção pra jogar a Libertadores, com aquele futebol de toquinhos petulantes na pelota, não passaria do Real Potosi.

  • 53. Rudi  |  02/03/2010 às 14:05

    e se tudo der certo e eu não for enrolado no mercado livre, ESSA SEMANA receberei minha camisa do TALLERES de córdoba, exatamente nessa versão do time campeão da Comnebol…

    É UM PRATO CHEIO

    (tá, foi fraca)

  • 54. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 14:05

    53.

    Invejo-te.

  • 55. Rudi  |  02/03/2010 às 14:11

    Roberto, com um pouco de perspicácia o cara consegue camisas raras de clubes menos populares a preço de banana no mercado livre, eu iniciei esse ano uma coleção de camisas que conta com SELEÇÃO DE TRINIDAD E TOBAGO, CLÁSSICA DA URSS, essa do Talleres, entre outras, inclusive camisas raras de equipes que, apesar de jogarem na europa, são focos de resistência do bom futebol, como o LUTON TOWN da QUARTA DIVISÃO inglesa (deve ser a única camisa deles no brasil, sei lá)…
    vale a pena fuçar no ML

  • 56. Rudi  |  02/03/2010 às 14:21

    e o mais legal, NENHUMA delas me custou mais do que 50 reais JÁ COM O FRETE

  • 57. Rudi  |  02/03/2010 às 14:31

    MORRI DE RIR

    http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL1509140-5598,00-CORRE+NEGADA+QUE+AGORA+FODEU.html

  • 58. juliano  |  02/03/2010 às 14:36

    taça conmebol era folclórica, mas que não valia nada , não valia mesmo

    sempre foi um torneio de terceira importância (valia menos que a supercopa também)

    e no fim da década nem isso dava pra dizer, era um torneio do nivel taça santiago de futebol juniores

    é que lá nos outros países do continente se tem bem menos jogos, por isso que eles tem que inventar essas taças, o bom dos anos 90 é que os calendários era absurdamente grandes, tinha uns anos que o flamengo (por exemplo) chegou a jogar 100 jogos se for incluir os amistosos

  • 59. J Petry  |  02/03/2010 às 14:45

    #57: Estagiário do globo.com com muito senso de humor e nenhum medo de perder o emprego.

  • 60. Rudi  |  02/03/2010 às 14:47

    J. Petry, não, eu descobri que se você pegar uma notícia do G1 e escrever QUALQUER COISA depois dela, abre igual, o que define o endereço é o número…
    por exemplo, se vc clicar em

    http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL1509140-5598,00-EEEE+MACARENA+AI.html

    dá absolutamente no mesmo

  • 61. J Petry  |  02/03/2010 às 14:50

    Então eles usam os links só pra indexar no Google, talvez?

  • 62. peres  |  02/03/2010 às 14:50

    #57

    ahahahahah, que baita estagiário

  • 63. Rudi  |  02/03/2010 às 14:51

    não sei, até pq o link original (procurei no ultimas noticias) só tem o número…
    eu acho que o link termina ali e o que colcoar depois funciona, não sei como é a indexação do google, mas de repente é isso

  • 64. peres  |  02/03/2010 às 14:51

    opa, agora entendi.

    #62 fail

  • 65. Luciano  |  02/03/2010 às 15:10

    Olha, as vezes o texto não demonstra o sarcasmo de quem escreve, mas estou enganado ou os elogios e declarações nostálgicas sobre a conmebol NÃO são ironias? Pelamordedeus…competição internacional a se comemorar é LA e ponto. Ao menos para torcidas de times grandes.

  • 66. juliano  |  02/03/2010 às 15:18

    #65

    não seja mal humorado, essas competições menores não valem nada, mas vale a diversão
    tipo fluminense na sulamiranda

    eu tava torcendo pra eles ganharem … e serem rebaixados ao mesmo tempo, seria genial

    gatti se machucando contra o grêmio em 1988, bons tempos que só tinha 13 times campeões da américa

  • 67. J Petry  |  02/03/2010 às 15:32

    A Supercopa é que podia voltar. Imaginem uma primeira fase com:
    Santos x Racing
    LDU x Argentinos Jrs
    Inter x Nacional de Medellín
    Once Caldas x Flamengo
    Vasco x Colo Colo
    Palmeiras x Vélez

    E os vencedores encontrando Olimpia, São Paulo, Estudiantes, Peñarol, Boca e Independiente nas oitavas, que também teriam Nacional-URU x Grêmio e Cruzeiro x River.

    Mas não há datas.

  • 68. Rudi  |  02/03/2010 às 15:35

    Petry, qual teu critério pra decidir quem entra antes e quem entra depois?

  • 69. J Petry  |  02/03/2010 às 15:38

    Número de títulos. Em caso de empate, o que ganhou mais recentemente tem vantagem.

  • 70. Y  |  02/03/2010 às 16:02

    Por falar em clubes BIZARROS, apresento-lhes:

    http://www.futebolpaulista.com.br/clube.php?cod=15&ref=1

    ONTEM, segunda-feira, dia 1º de março, foi aprovado o NOVO NOME do mais novo integrante da Série A do Campeonato Brasileiro e Série A-1 do Campeonato Paulista.

    Preparem-se, torcidas visitantes, para fazer mais uma longa viagem nos jogos do Brasileirão.

  • 71. J Petry  |  02/03/2010 às 16:04

    Se esse é o Grêmio Prudente, o outro Grêmio da Série A é o Imprudente? X-D

  • 72. Jader Anderson  |  02/03/2010 às 16:11

    Bah, trocou de cidade mudou o nome… eita!

  • 73. Rudi  |  02/03/2010 às 16:12

    Grêmio Prudente só jogará na retranca?

    (tá, essa foi lamentável, eu sei)

  • 74. Y  |  02/03/2010 às 16:19

    Puxa vida, muito obrigado Luís Felipe dos Santos.

    Como de costume, encontrar eu ia erros nos textos seus acerca da apresentação clubística sobretudo estrangeira dos clubes na Libertadores da América de 2010, ano vigente.

    Preparei-me para um árduo trabalho, porém logo em primeiras linhas encontrei eu um ERRO NO TEXTO (caixa alta e negrito eternos):

    O BOLÍVAR NÃO PARTICIPOU DA LIBERTADORES 22 VEZES COMO PROFERIDO PELO COLUNISTA, MAS SIM 26 VEZES, A INCLUIR O ANO VIGENTE, SENDO QUE O MAIOR ALCANCE BOLIVARIANO DEU-SE NO COPEIRO ANO DE 1986, QUANDO O CLUBE ATINGIU, COMO MUITA GALHARDIA, AQUILO QUE NA ÉPOCA CONSIDERA-SE ATÉ HOJE TAMBÉM COMO SEMIFINAIS, OU MEIAS-FINAIS, COMO DIZEM EM PORTUGAL.

    NA OCASIÃO SUPRACITADA O CLUB BOLÍVAR FICOU EM ÚLTIMO EU SEU GRUPO DE TRÊS, ATRÁS DE AMÉRICA (COL) E OLÍMPIA (PAR).

    De nada.

  • 75. Y  |  02/03/2010 às 16:27

    Como fruto do LITÍGIO entre os donos da cidade barueriense e menbros da máfia da Grande São Paulo, a ida do Grêmio Prudente, mais novo time do futebol brasileiro, fez com que os BIG BOSSES de Barueri comprassem o NOME Barueri no qual substituiram pelo já medianamente tradicional CAMPINAS, clube que capitaneado era pelo artilheiro CARECA dentre outros amigos do mesmo, que depois de mais de 10 tentativas de subir para a Série A-3 Paulista, que conta com clubes do mais alto escalão mundial como XV de Piracicaba e Juventus, além de Comercial e Ferroviária de Araraquara, históricos que deixaram suas marcas do Brasil e no mundo, subiu finalmente e agora foi ABSORVIDO por este fenômeno astral que é o nome, a cidade e enfim… tudo o que se relaciona com a cidade de BARUERI.

    Sendo assim, foi criado um novo clube, que, hoje milita nos PORÕES da A-3 Paulista:

    http://www.futebolpaulista.com.br/clube.php?cod=67&ref=3

    A cidade barueriense continuará a ter um clube para seus pares, além dos jogos que clubes grandes têm disputado naquela poluída região.

    Isso é tudo pessoal.

  • 76. Y  |  02/03/2010 às 16:28

    desencanem acerca do erro de digitação na primeira linha do texto escrito por mim último.

    Agora sim, THAT’S ALL FOLKS.

  • 77. Jader Anderson  |  02/03/2010 às 16:32

    Ferroviária de Araraquara não foi o time que tocou 4×0 no santos de pelé?

  • 78. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 17:28

    67.

    Supercopa Forever. Onde mais podíamos ver Renato Portaluppi esmirilhando o Nacional de Medellin, mandando 5 bolas nas goleiras dos outros?

  • 79. Mateus  |  02/03/2010 às 17:30

    Quando ao Valter, emprestem ele aqui pro Cascavel, que tá brigando pra ir pra segunda fase do Paranaense mesmo com um centroavante que faria William Batoré parecer o Romário…

  • 80. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 17:33

    70.

    Nada contra, mas quero que o Barueri Prudentino se lasque. São esses times de aluguel que poluem a Série A do Brasileiro, ocupando o lugar de equipes de tradição e elegância.

    Aliás, são essas equipes que me fazem pensar que a Série A do Brasileiro é um campeonato burguês de merda. Se fosse um campeonato de verdade, considerando o tamanho do Brasil, tinha no mínimo 80 clubes jogando um mata-mata desenfreado, dividido por regiões, que terminaria numa gloriosa final entre os dois times mais fodásticos do mundo – Náutico e Brasil de Pelotas.

  • 81. Rudi  |  02/03/2010 às 17:35

    mata-mata vs pontos corridos?

    ah, não… vai começar tudo de novo

  • 82. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 17:35

    80.

    Ah sim, e que teria troféus intermediários de turno – a taça Leomar e a taça Doriva.

  • 83. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 17:36

    81.

    Não vai começar porque não existe discussão – todo mundo, no seu intimo, até aqueles engomadinhos da ESPN Brasil e o Galvão Bueno, concordam que só o mata-mata salva. O negócio é que eles não são politicamente incorretos o suficiente pra admitir isso.

  • 84. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 17:40

    Alguém tá vendo o jogo do Brasil? Ou só eu to perdendo meu tempo com esta meleca?

  • 85. Rudi  |  02/03/2010 às 17:42

    como eu to no trabalho, acompanho no minuto-a-minuto do uol apenas

  • 86. Francisco Luz  |  02/03/2010 às 17:44

    Galvão é pró-mata-mata, meu filho.

  • 87. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 17:49

    86.

    Galvão é que é a luz!!

  • 88. Sica  |  02/03/2010 às 17:54

    84. Eu to perdendo meu tempo tambem.

    Alias, vendo o Felipe Melo e o Michel Bastos jogando na selecao, penso que o Tulio e o Fabio Santos tem chance pra 2014.

  • 89. Prestes  |  02/03/2010 às 18:02

    Brasil de sempre.

    Chama o outro time, deixa os caras animados, enfia um contra-ataque e é golo.

  • 90. Roberto Cavalo  |  02/03/2010 às 18:02

    Esse time do Dunga é muito do safado. Mas pode até ganhar a copa. Campeonatinho sem caráter.

  • 91. Anônimo  |  02/03/2010 às 18:05

    #76.

    Pode ficar tranquilo cara, a galera não lê há tempos.

  • 92. rafael botafoguense  |  02/03/2010 às 18:44

    QUE GOLAÇOOOOOOOOO!

    ESSE É O FUTEBOL QUE EU QUERO VER PORRRRRRAAAAAAA

  • 93. Fernando Cesarotti  |  02/03/2010 às 18:59

    re 90:
    Eu nem estou vendo o jogo, mas tenho quase certeza que vai ganhar. Esse time tem muito jeito de campeão, um puta goleiro e o lance de o Brasil sempre faturar em locais BIZARROS.

  • 94. rafael botafoguense  |  02/03/2010 às 19:27

    hahahaa pode crer o brasil só ganha copa em locais fora do mainstream futebolístico.

    só a suécia que tinha um time bom em 58 ganhou a olimpíada em 48 e tinha o famoso Gre-No-Li,só que sem o Li,portanto Gre-Li.haha

  • 95. Junior  |  02/03/2010 às 19:49

    Dessa vez fou um gremista que “reativou” a polêmica interminável:
    http://jornalplacar.abril.com.br/blogs/sergio-xavier/racismo-221385_p.shtml

  • 96. Alexandre N.  |  02/03/2010 às 19:51

    Sobre o jogo da seleção eu só tenho uma coisa a dizer: obrigado, Dunga! Graças ao futebol mequetrefe jogado pela sua seleção, eu consegui repor o meu sono que estava todo atrasado.

  • 97. rafael botafoguense  |  02/03/2010 às 20:16

    porra mas o segundo gol foi um esculacho alexandre.

  • 98. izabel  |  02/03/2010 às 20:23

    cesarotti e rafael, eu vejo diferente. não é o brasil que ganha em locais bizarros. são os europeus pipoca que não conseguem ganhar fora de seu continente.
    nunca um europeu faturou a copa fora da europa. e o único não europeu a ganhar lá dentro foi o brasil (suécia 58).

    eu acho que essa copa é nossa ou de um africano, já que a argentina tá a bagunça que tá.

    melhor goleiro do mundo, zaga perfeita, melhor jogador (kaká) e um centroavante matador. abomino o robinho, mas ele tem um reserva excelente. e o resto do grupo não faz feio.

  • 99. Alexandre N.  |  02/03/2010 às 20:49

    #97

    Fazer o quê, Rafael. O jogo começou tão chato que me fez dormir como um bebê recem alimentado… hahahahaha…

  • 100. Junior  |  02/03/2010 às 21:03

    Essa vai ser a pior seleção brasileira a ganhar uma Copa. Comparação com a de 94:
    O goleiro e a zaga são do mesmo nível, os laterais atuais são muito piores (Jorginho e Branco jogavam 50 vezes mais que Maicon e qualquer lateral esquerdo disponível); os volantes de 94 também eram melhores. Mazinho e Elano/Ramires são iguais. A única grande vantagem dessa seleção é o Kaká em relação ao Zinho. Comparar Robinho e L. Fabiano à Romário e Bebeto é ofender os atacantes de 1994.

  • 101. rafael botafoguense  |  02/03/2010 às 21:05

    #98 pow,mas esse negócio de europeu pipoca parece que eles são melhores e na hora perdem,mas na verdade o brasil que é fodão e copa em tudo que é lugar.

    concordo muito que o fator casa contribui,mas não acredito que um país africano leve.

    tenho cagaço de pensar na argentina ganhando,sei lá,seleção que se classifica no sufoco costuma mandar bem,enquanto seleção que tá de boa (brasil) se fode.

    tomara que eu erre,e o dunga leve o R10.

  • 102. Ernesto  |  02/03/2010 às 21:09

    é, tem alguns por aí que admitem a verdade, nua e crua, doa a quem doer.

    É dificil de achar, mas existem.

  • 103. col  |  02/03/2010 às 21:25

    Concordo com o Prestes lah acima. Quem vier faceiro contra o Brasil leva uma TUNDA. E discordo do Junior, o time de 94 era pior tecnicamente.

  • 104. gilson  |  02/03/2010 às 21:40

    col wins!!!

    Com todo respeito a Romário e Cia.

  • 105. izabel  |  02/03/2010 às 21:44

    ótima análise, junior. nunca tinha feito a comparação mas concordo com tudo. mudaria apenas o tempo verbal: SE ganhar, vai ser a pior seleção…

  • 106. Carlos  |  02/03/2010 às 21:49

    Ernesto, nessa tu tá viajando.

    Teu time, tua torcida adora chamar a do grêmio de gazelas ou coisa q o valha…
    Isso seria o q? homofobia…

    Então relaxa meu velho, q tua torcida tb tem culpa no cartório…

    E não generaliza, q fica feio…

  • 107. Raphael Zarko  |  02/03/2010 às 21:54

    Esse Brasil é indigno de Brasil. Até um roteirista do Vídeo Show tem mais imaginação que esse meio campo brasileiro. Não esperei quatro anos para ver um Brasil previsível, contra-ataqueiro e com 482 cabeças de área.

    Respeitava quando ele respondia na boa, com limites e base, agora parece que é só isso que interessa: esfregar na cara da imprensa a Copa, como fez em 1994. Ele está obcecado em ganhar por que se importa muito com o que já foi dito. Atitude pequena.

    Muito pior do que Maradona, que explodiu em sinceridade ao mandar todos chuparem.

  • 108. gilson  |  02/03/2010 às 22:11

    Só no Brasil que tem um quiprocó desses com um time vencedor como o que temos hoje em dia. Um time perdedor como o de 82 é cantado em prosa e verso, e os que vencem são esculhambados. Futebol tem que ter arte, mas tem que ter vontade de vencer, isso é que é mais importante. Indigno do Brasil é um time como o de 2006, na minha opinião modesta.

  • 109. Ernesto  |  02/03/2010 às 22:47

    Heheheheh, eu admito meus preconceitos, velho.

  • 110. Felipe (o catarina)  |  02/03/2010 às 22:55

    barbaridade, alguém exploda esse tal de Grêmio Prudente. Vergonha pra Série A ter um time desses. Cai logo e deixa os tradicionais ASA ou Icasa subirem.

  • 111. fino  |  02/03/2010 às 23:10

    O termo macaco vale pra colorado branco, negro, loiro, ruivo. Já discutimos isso milhões de vezes…

    Mas o “uh, uh, uh” dirigido para um jogador negro quando este pega na bola é muito revoltante. E acontece sim.

    O uh, uh, uh é muito merecedor de punição ao clube.

  • 112. Mateus  |  03/03/2010 às 00:07

    Esse Uh Uh Uh é de fato revoltante, mas pra dizer a verdade, tem cara q faz isso pra TODO jogador adversário que pega a bola… a cor que seja… nunca entendi, pra falar a verdade, e é um porre…

  • 113. Anônimo  |  03/03/2010 às 00:24

    Jennifer Connelly super gostosa!

  • 114. Raphael Zarko  |  03/03/2010 às 00:44

    Gilson, o Brasil do Parreira de 2006 ganhou todas até perder para a França. Todo mundo via que estava jogando mal, mesmo com bons jogadores (e craques) jogando mal. Mas se era criticado, os defensores diziam exatamente essa sua ladainha (“só o Brasil é 100%, só no Brasil se discute isso e blá blá blá”, lembra?). E deu no que deu.

    Esse time do Dunga sem dúvida é forte, sem dúvida tem muita vontade, disposição, objetividade, é guerreiro (alô, Brahma!). Mas isso não é Sparta, é futebol. E dane-se é “só no Brasil” que tem essa discussão. Nasci aqui e me acostumei com isso. Se fosse neozelândes não estaria preocupado com isso.

  • 115. rafael botafoguense  |  03/03/2010 às 01:07

    se fosse neozelandês,seria uma ovelha.

  • 116. Raphael Zarko  |  03/03/2010 às 03:00

    RB, você tem razão, o segundo gol do Brasil foi sacangem! Coisa linda. E eu exagerei chamando de “indigno”. Acho que estava querendo me referir à política.
    Mas é por que é foda ver o R. Gaúcho jogando pra caralho e ter a certeza que o cara não vai poder fazer ou ajudar em lances como desse segundo gol brasileiro de hoje.

  • 117. Junior  |  03/03/2010 às 08:58

    Izabel, tu tens razão, não fui claro. Eu escrevi “vai” porque acredito que em nenhuma Copa o Brasil foi tão favorito quanto agora. A Argentina nem um time titular titular tem, muito menos esquema, mecânica de jogo, etc. E a melhor seleção européia é a Espanha, que jogará como nunca e perderá como sempre.
    Gilson, o futebol precisa da seleção de 82, da Holanda de 74, da Hungria de 54, a seleção de 50, os times que encantam o mundo … e perdem. Até hoje, 60 anos depois, se discute sobre a Copa de 1950. Se não houvesse essa mística em torno dessas seleções que perdem, as conversas de bar e os programas esportivos acabariam, rshjghsdf.
    É questão de opinião, mas a seleção de 94 era tecnicamente melhor que a de 2010. A diferença do estilo de jogo demonstra isso. A seleção de 94 tinha como ponto forte a posse bola, às vezes de forma até irritante. Naquelas estatísticas de posse de bola, o Brasil sempre era superior ao adversário. A seleção atual tem como pontos fortes a bola parada e o contra-ataque, nisso o Dunga acerta, em um meio-campo com dois volantes que erram muitos passes (falta um Dunga à seleção do Dunga), um lateral-direito que privilegia a velocidade e a força e sem lateral-esquerdo confiável, o melhor é roubar a bola e sair em velocidade.
    Concordo integralmente com o Zarko, o meio-de campo atual é um deserto de criatividade, pragmatismo exagerado é tão ruim quanto a frescura irresponsável. Olhem quem o Dunga convoca: Josué, G. Silva, Elano, Ramires, F. Mello, Kleberson e J. Baptista. Poderia trocar alguns por volantes mais habilidosos: Sandro, Hernanes, Lucas e Ibson, por exemplo. Com esse pragmatismo exagerado, o Dunga está se tornando um “idiota da objetividade”, utilizando um termo do Nelson Rodrigues. E há muitos deles por aí, como o Zarko lembrou: no #114, em relação à Copa de 2006: “só o Brasil é 100%, só no Brasil se discute isso e blá blá blá”, lembra? Certa vez, o Nelson Rodrigues disse que o Zizinho era um dos maiores jogadores da história do futebol, ao que um desses idiotas da objetividade lembrou que ele nunca havia vencido uma Copa. O Nelson acabou com o sujeito: então, azar da Copa do Mundo!

  • 118. dante  |  03/03/2010 às 09:12

    “se fosse neozelandês,seria uma ovelha.”

    asopfjasoifusdoif

  • 119. Alexandre N.  |  03/03/2010 às 09:41

    Concordo com o Júnior. Só de saber que, caso o Kaká (o único criativo neste time) se machuque, a cabeça pensante do meio de campo será Júlio Baptista. E isso me deixa muito deprimido, afinal de contas, temos tantas outras opções muito melhores…

  • 120. Lourenço  |  03/03/2010 às 09:47

    Robinho mandou um abraço

  • 121. Rudi  |  03/03/2010 às 10:08

    Júnior, só discordo em um ponto, a seleção de 94 não tinha uma zaga tão boa NA MINHA opinião, e jorginho / maicon é uma comparação mais ou menos equivalente também…

    e gostei DEMAIS de ver daniel alves no meio campo

  • 122. Flávio  |  03/03/2010 às 10:21

    O Brasil-94, dentro da proposta do Parreira, era um ótimo time. Tinha um cracaço no auge e vários bons coadjuvantes. O que destoava era a armação. Raí flopou. Mazinho, excelente volante, foi apenas razoável como armador. Zinho também foi meia-boca.
    A Seleção atual tem uma trajetória quase impecável depois das Olimpíadas, mas dois problemas persistem. Na lateral-esquerda, teremos que nos arrumar com Michel Bastos e Gilberto, no máximo André Santos. Os três melhores nomes para a posição não serão convocados porque não se enquadram nos critérios dunguísticos: Fábio Aurélio (não foi testado), Marcelo (fez uma boa Olimpíada, mas, dizem, é mascarado), Kléber (não aproveitou as chances que teve; como se o Gilberto tivesse aproveitado). Os volantes também preocupam. Felipe Melo enganou no início, mas não joga nada desde que foi para a Juventus. Como o grupo está fechado e Zé Roberto, Denílson, Sandro, Lucas ou Hernanes não serão chamados, talvez seja o caso de testar Kléberson, Ramires ou mesmo Júlio Baptista na segunda função do meio-de-campo. E o Ronaldinho deveria ser convocado, nem que fosse para ser uma opção para o lugar de Kaká e Robinho.

  • 123. Flávio  |  03/03/2010 às 10:35

    Pato também deveria ser chamado, para manter a tradição pentacampeã (Pelé-58, Coutinho-62, Clodoaldo-70, Ronaldo-94, Kaká-02) de ter pelo menos um jogador com 20 anos ou menos no grupo.

  • 124. Rudi  |  03/03/2010 às 11:14

    pior são os que dizem que deve-se convocar NEYMAR unicamente por causa dessa tradição…

    o problema de convocar o Ronaldinho (um dos problemas na vdd) é a ENORME pressão pra ele ser titular, com 4 jogadores no time que não marcam (ele, luis fabiano, robinho e o par de reis) ou seja, 2006 feelings

  • 125. dante  |  03/03/2010 às 11:19

    “Robinho mandou um abraço”

    esse FILHODAPUTA faz [?] um gol impedido e tem o RABO de aproveitar a ótima jogada do grafite e do kaká [sem falar naquela bola na cara do gol que ele ISOLOU] e pronto, já é a salvação da seleção.

    vai ter sorte assim lá na casa do carvalho.

    imagina o nilmar, o WALTER, o borges ou o JONAS [pra ficar na província] com essas oportunidades…

    e ainda temos que ouvir o ASNO cesar coelho dizer que “ROBINHO AJUDOU O JUIZ ao fazer o segundo gol, senão diriam que a seleção ganhou com gol impedido yadda yadda”.

    TICONTAR.

  • 126. Flávio  |  03/03/2010 às 11:29

    R124
    Em 2006, Parreira abandonou o quarteto contra a França (Juninho PE no lugar de Adriano)…
    Quanto à pressão, ela vai existir seja Ronaldinho convocado ou não. Se o Brasil ganhar a Copa, Dunga repete Felipão, que barrou Romário em 02. Se perder, será um novo Cláudio Coutinho, que não levou Falcão em 78.

  • 127. Flávio  |  03/03/2010 às 11:31

    R125

    “imagina o nilmar, o WALTER, o borges ou o JONAS [pra ficar na província] com essas oportunidades…”

    Imagina o Alecsandro…

  • 128. Prestes  |  03/03/2010 às 11:39

    A dupla de zaga esse ano é bem melhor que em 94, embora os caras tenham feito uma baita Copa.

    Pra mim, o Maicon joga bem mais que o Jorginho, mas é discutível.

    O Julio César tb considero bem melhor que o Taffarel, embora este já seja MITO.

    O que diferencia o time de 94 é que Bebeto e Romário são muito maiores que Robinho e LF e Mauro Silva e Dunga jogam mto mais que FM e GS.

  • 129. Prestes  |  03/03/2010 às 11:43

    Falcão em 78 não tem qqr comparação com o Ronaldinho agora e Romário em 02.

    O Falcão tava no auge. Os outros dois embora jogando bem não já não era/é sombra do que foram.

    Não levar o Falcão em 78 seria como o Maradona não levar o Messi agora, ou o R. Gaúcho não ter ido em 2006.

  • 130. Prestes  |  03/03/2010 às 11:45

    Agora, este time atual é muito melhor como conjunto que o de 94.

    Aquele time tinha uma posse de bola totalmente improdutiva. Os gols saíam quase todos na base da individualidade.

    Agora os gols têm se repetido. O time tem jogadas.

  • 131. Lourenço  |  03/03/2010 às 12:26

    #125 O cara fez um gol, deu passe para outro, o jogo foi 2 a 0. Tenho que aproveitar cada vez que ele decide um jogo ou faz um gol, já que qualquer coisa que dá errado é culpa do Robinho.

    Mas tem razão, não é por ontem que ele está na Seleção, é por ser o melhor jogador no futebol brasileiro (jogando no nosso território) da década.

  • 132. Y  |  03/03/2010 às 12:49

    olho na holanda

    espanha melhor do mundo

    dá-lhe sérvia

  • 133. Flávio  |  03/03/2010 às 13:13

    R129
    Poderia ter citado também Renato, cortado por Telê em 86. Eu quis comparar a situação de não levar um craque com a “opinião pública” a seu favor à Copa, não o momento que eles viviam na época. De fato, em 78, Falcão estava voando. Romário em 02 já era um veterano, mas se o Brasil perdesse, com certeza muita gente atribuiria a derrota à ausência do Baixinho.
    Em 94, um dos problemas é que, fora Romário e Bebeto, os demais jogadores tinham pouca capacidade de decisão. Os laterais e meio-campistas até chegavam a frente, mas tinham pouco poder de fogo.

  • 134. Serramalte Extra  |  03/03/2010 às 16:59

    133, o problema de 94 é que o RAÍ, que era pra ser o diferencial no meio, se cagou e perdeu o lugar pro Mazinho…

  • 135. Junior  |  04/03/2010 às 01:05

    “Aquele time tinha uma posse de bola totalmente improdutiva. Os gols saíam quase todos na base da individualidade.

    Agora os gols têm se repetido. O time tem jogadas.”

    Discordo totalmente. A posse de bola da seleção de 94 não era improdutiva, era a estratégia do time. Os gols saíam na base da individualidade porque esse era o OBJETIVO do Parreira, esperar o momento que Bebeto e, principalmente, Romário pudessem decidir. Como muito bem lembrou o Serramalte (e muita gente esquece) o Raí deveria ser o diferencial no meio-campo. Sem outro jogador capaz de fazer isso, o Parreira teve que apelar para os seus atacantes.
    A seleção do Dunga não tem jogadas, possui apenas o contra-ataque. Por isso, empata com a Bolivia e a Colômbia em zero a zero, sua sangue para ganhar da África do Sul e precisa de um gol impedido contra a Irlanda. A seleção que forma duas linhas de quatro jogadores “emperra” a seleção do Dunga. O Batista (o treinador da seleção olímpica argentina, não me refiro ao galã do YouTube) antes de enfrentar o Brasil disse: “não podemos oferecer o contra-ataque a eles.”. Resultado: 3×0 para a Argentina, fora o baile. Foi o único treinador que não embarcou na onda do time do Dunga, que é oferecer espaço ao adversário e sair em velocidade no contra-ataque.
    E sobre a zaga: Aldair em 94 era muito melhor que qualquer zagueiro que vai disputar a próxima Copa do Mundo. O mesmo vale para o Jorginho, no dia em que o Maicon acertar um cruzamento igual ao que o Jorginho fez para o Romário contra a Suécia, o mundo acaba. O Maicon é um Cafu 2.0.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: