Aconselho fazer um cursinho pré-vestibular

11/01/2010 at 06:00 77 comentários

Mais feio que briga de foice no escuro. Assim está o nível apresentado nesta edição da Copa São Paulo, outrora conhecida como a competição mais relevante do país envolvendo as categorias de base. Hoje, o torneio é disputado por jogadores de no máximo 18 anos e o EMPRESARIADO ligado ao futebol faz a festa, com 92 clubes ambicionando o título, com algumas pérolas do quilate de OLÉ BRASIL, Funorte, Pão de Açúcar e SHALLON.

Mas não é o formato de MONSTRENGO nem o fato de a competição estar servindo exclusivamente aos agentes do futebol – quanto mais gente vista jogando, mais fácil achar um PEPITE cuja família aceitará assinar um contrato por um fogão com acendedor automático – o que mais me desesperou nesta primeira fase.

O que realmente choca o vivente é o nível técnico absolutamente tenebroso que alguns grandes times do Brasil apresentaram. Sim, os tradicionais, porque não há como cobrar relevância daquelas agremiações que provavelmente saíram caminhando de suas cidades em outubro passado para poderem disputar a competição. Na primeira partida, os jogadores do Pernambucano mal conseguiam parar em pé no campo. E não era cera, era problema de CIRCULAÇÃO, calo, varizes, ENFISEMA, essas coisas.

Peguemos três grandes eliminados na primeira fase – Grêmio, Inter e Atlético-MG. O Galo conseguiu a proeza de levar uma virada do OLÉ BRASIL com dois gols anotados nos descontos, resultado que dispensa qualquer explicação. O Grêmio, atual campeão brasileiro sub-20, mostrou um futebol de causar calafrios ao mais impávido frequentador da geral. Em todo o torneio, deve ter criado uma chance e meia de gol. Nem Bérgson, que já andou troteando no time principal, conseguiu salvar sua honra.

O Internacional, coitado, levou para lá um ataque que joga como se participasse do amistoso dos amigos do Zico no Maracanã. Lucas Roggia, por exemplo, só joga porque tem sobrenome italiano e poderá ser facilmente vendido ao LIVORNO daqui a três meses. E, além disso, há aquele André, um volante que não pode sequer ESCUTAR pelo rádio um jogo do Inter.

Mas estes três times lamentáveis não foram a exceção. Em praticamente toda a primeira fase, tivemos apenas gols de bola parada ou de contragolpe, aproveitando-se das falhas defensivas medonhas. E os goleiros foram um espetáculo horrendo à parte, a maioria sem nenhuma aptidão em saídas nas bolas altas e levando uns gols que um saco de batatas defenderia.

Do que pude AVALIAR, entre os ditos cachorros grandes, os mais destacados até agora são São Paulo, Flamengo, Corinthians e Palmeiras. Mas o grupos também ajudaram, com adversários formados por toda sorte de DESENGANADOS. Destaques individuais para Lucas Gaúcho, do São Paulo, Dudu, do Flamengo, e Elias, um PONTEIRO corinthiano que andou colocando fogo pela faixa direita do campo.

Esses pobres MANCEBOS, no entanto, terão de lamber a cal nas próximas fases para que consigam trazer o nível da competição para um nível aceitável de tolerância. O que vimos até agora é quase tão lamentável quanto noruegueses sambando na Sapucaí.

Saudações,
Douglas Ceconello.

Anúncios

Entry filed under: Clubes, Colunas.

Racing, dono da sua própria camiseta Nostalgia de segunda

77 Comentários Add your own

  • 1. zobaran  |  11/01/2010 às 07:13

    Acho que você perde tempo tentando avaliar o nível técnico desses muleques. Isso é coisa pra quem acompanha divisões de base. Eu vi parte do jogo do Botafogo contra o Nacional e também fiquei abismado com o baixo nível técnico. Pelo menos o Botafogo mostrou GALHARDIA e garantiu a classificação aos 50 minutos em um gol de, sim, bola parada. Além disso, rolou dedo médio e balançada de BAGOS para a torcida e porrada no juiz. O goleiro do Botafogo, teoricamente nível seleção, frangou nos dois gols. Mas o cara tem só 16 anos e – nao sou especialista – parece que os goleiros são os que mais sofrem nessas competições de menores. Enfim, não tenho conclusão.

  • 2. Macedus  |  11/01/2010 às 08:02

    Putzzzzzzzz, assistindo a esta “copinha by 2010” só tenho a confirmar aquilo que a todo ano me faz tremer os calcanhares – O QUE TEM DE TIME GRANDE SEM BASE ALGUMA – e olha que a gurizada do meu rubro-negro AGORA HEXA tem se esforçado.
    Mas observando o YANG TIMÃO jogar com os moleques todos voando em campo (o dez deles é clássico) só tenho a me colocar triste frente a TV lamentando aquilo que aguarda o meu time.
    Que lástima !!!!

  • 3. Carlos  |  11/01/2010 às 08:43

    Não to acompanhando pq, sinceramente, essa Copinha é falida.

    off topic -Felipe Catarina…alo alo…quer dicas da serra? DE q tipo?
    Qto tu quer gastar?….

  • 4. Logan  |  11/01/2010 às 09:02

    Isso não é torneio, é feirão de jogadores.

  • 5. m  |  11/01/2010 às 09:03

    92 times, na verdade…

  • 6. Paulo Torres  |  11/01/2010 às 09:03

    Se eu quisesse defender meu time, alegaria que esse Olê Olá Brasil é o atual campeão paulista sub-17: http://futebolpaulista.com.br/competicao.php?cam=33&cat=18&ano=2009

    Só que o Galo perdeu também do América de São José do Rio Preto, num jogo que me fez mudar de canal pra assistir outra reprise daquele documentário dos surticatos no Animal Planet.

  • 7. Rudi  |  11/01/2010 às 09:06

    zobaran, acho que o goleiro é o que mais sofre porque geralmente nessa idade ele não está pronto, os ditos fundamentos ele acaba aprendendo mais tarde (acho) já com 23, 24 anos… idade em que começa a ficar maduro
    ou não, e isso é uma baita bobagem

  • 8. vicente v.  |  11/01/2010 às 09:25

    jfsdkjflkjdsfklmaslfjlaçsjfasf

    pior que todas as vezes que prestei atenção no animal planet, lá estavam os malditos suricatos.

  • 9. Alexandre N.  |  11/01/2010 às 10:08

    Sem contar também a própria organização da Copa. O time do Fluminense teve que jogar numa quadra de futebol society (campo com aquele tamanho? Acho que só um desses mesmo) e em dois jogos precisou praticar polo aquático e não futebol. Não posso negar que estava engraçado ver os volantes chutando pra gol pouco depois da risca do meio de campo.

    E realmente o nível técnico é bizarro demais. Outra coisa que não dá pra não reparar é: a quantidade de mascarados em formação… Dá medo do que vem por aí!

  • 10. Manuel Barbeiro  |  11/01/2010 às 10:36

    Há muitas aberrações na Copa SP, o que faz dela um acontecimento folclórico por si só, independentemente do baixo nível técnico do futebol nela jogado.

    Revelar jogadores que é bom, isso a Copinha não faz há algum tempo (basta lembrar que, na última edição, o craque do torneio foi o possante Boquita, hoje nos profissionais do Corinthians), mas existem alguns garotos que merecem ser observados, como o centroavante Taubaté, do Corinthians, o meia Dudu, do Flamengo e o atacante Gil, do Cruzeiro.

    E não dá pra esquecer os sempre lembrados Rivelino, Casagrande, Falcão, Cerezo, Júnior Baiano, Djalminha, Marcelinho Carioca, Piá, Júlio Baptista, Fred, Fernando Baiano, Ewerthon, Edu, Gil, Jamelli, Caio Ribeiro, Denilson… todos revelados na Copa SP.

  • 11. Prestes  |  11/01/2010 às 10:43

    “Outra coisa que não dá pra não reparar é: a quantidade de mascarados em formação…”

    Deu a morta, Alexandre.

    No Inter tem um guri que dizem – e ele acha que é! – promessa. Um tal de Felipinho, meu deus, um horror! Não joga um ovo.

  • 12. Manuel Barbeiro  |  11/01/2010 às 10:57

    @11 O lateral-esquerdo Dodô, do Corinthians, também sofre do mal da máscara. Até tem bola pra jogar, mas se perde nas próprias perfumarias.

  • 13. Guilherme  |  11/01/2010 às 11:02

    Acho que o principal problema é que os times, com medo de empresários, andam colocando só ruim pra jogar.

    No Grêmio por exemplo, o Pessalli “se machucou” na última hora.

    Acaba virando torneio pros ruins das categorias de base.

  • 14. Guilherme  |  11/01/2010 às 11:06

    Anda cheio de empresário rapina por aí.

  • 15. Rudi  |  11/01/2010 às 11:07

    do Yougol

    “O São Paulo é tão estranho que agora atacou de comprar Paraíbas para parecer mais macho”

    quase caguei de rir

  • 16. Guilherme  |  11/01/2010 às 11:08

    10.

    Manuel, esqueceu do Dener!

  • 17. y  |  11/01/2010 às 11:57

    BOTAFOOOOOGOOOOOOOOOOOOO CARAJO

    COPINHA MÍTICA, HISTÓRICA!!!!!!!!

    QUEM DISCORDA É CORNO, VIADO E CHUPADOR DE ROLA.

  • 18. y  |  11/01/2010 às 12:00

    quem não gosta da copinha

    VÁ TOMAR NO CU

    eu vi o golo do botafogo ontem e foi a melhor coisa da minha vida em ANOS, seus filhos da puta!!!!!!!!!!!!!!

    FUMO MACONHA

    CHEIRO FARINHA

    SOU BOTAFOGO, MALOQUEIRO E TROMBADINHA!!!!!!!!!!!!

    AGUANTE COPITA, NOMÁ.

  • 19. Guilherme  |  11/01/2010 às 12:11

    Torcer pro Botafogo é triste mesmo. Puta que pariu.

  • 20. y  |  11/01/2010 às 12:22

    o Corinthians jogou muito 10 contra a Ferrinha

    Elias, Taubaté e Willian jogam 10

    E seus filhos da puta, NÃO DEIXEM O DODÔ SER VENDIDO, seus dirigentes pedófilos estupradores de recém-nascidos!!!!!!

    DODÔ vai ter muito futuro, já jogou nas Europa, o moleke é show.

  • 21. Manuel Barbeiro  |  11/01/2010 às 12:35

    @16 Bem lembrado, o Dener foi a grande revelação da Copinha de 1991. Aliás, não gosto destas coisa de “se fulano não tivesse sido isso, teria sido aquilo”, mas, me permitam dizer que, se o Dener não tivesse morrido, teria sido o melhor jogador do mundo em pouco tempo. (tenho sonhos nos quais Dener, Romário e Ronaldo jogam juntos na seleção)

  • 22. dante  |  11/01/2010 às 12:44

    CARA

    CHATO

    PRA

    CARALHO

  • 23. J Petry  |  11/01/2010 às 12:51

    No Inter, pelo menos, me parece que o time da Copa São Paulo é como uma última chance pra quem joga. Os bons mesmo já estão pelo menos no Inter B.

  • 24. rafael botafoguense  |  11/01/2010 às 12:52

    copinha é muito rox,nesse período de entrejogos é sempre maneiro ver a estrela rondando por aí,mostrando tua valentia extraordinária.

    e guilherme vai se fuder.

  • 25. Felipe (o catarina)  |  11/01/2010 às 12:58

    competição que tem grupo X e vocês querem nível técnico? Francamente…

    Carlos, coisinha boa a preços não tão salgados (sei lá, no máximo 80, 90 pila pra duas pessoas). Tem por lá? Sei como é cidade turística (vivo numa…), metem a faca mesmo. Estamos a fim de fondue e massas.

  • 26. Prestes  |  11/01/2010 às 13:02

    Cantina di Capo, Felipe. Tu não vai te arrepender.

  • 27. Rudi  |  11/01/2010 às 13:03

    Felipe catarina, eu costumo ficar em gramado em um hotel chamado “pequeno bosque”, boas acomodações a um preço bem barato, e eles tem um tipo de “convênio” com um restaurante de foundee que não lembro o nome mas é maravilhoso, coisa de 40 reais a sequencia por pessoa, e o pessoal do hotel te leva e te traz a hora que tu quiser, só falar com os recepcionistas do próprio hotel

  • 28. rafael botafoguense  |  11/01/2010 às 13:06

    se tivesse o tupi seria mais fodão ainda.

    COPINHA RLZ!

  • 29. dante  |  11/01/2010 às 13:20

    catarina: recomendo muito as massas do PASTACIUTTA. não sei o preço [sempre vou a trabalho, a.k.a., NÃO SOU EU QUE PAGO], mas o buffet de EMBUTIDOS [por peso] do segundo andar é sensacional.

    http://www.pastasciutta.com.br

  • 30. y  |  11/01/2010 às 13:21

    ITALIANO FEDORENTO

    DO CARALHO

  • 31. y  |  11/01/2010 às 13:23

    COPINHA RLZ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    RAFAEL, A TAÇA BH DE JUNIORES É FODARALHA ASSIM OU NÃO????

    tem sede em JF???

  • 32. dante  |  11/01/2010 às 13:26

    msn.

  • 33. Francisco Luz  |  11/01/2010 às 13:28

    http://lancenet.com.br/sao-paulo/noticias/10-01-11/680445.stm?futebol-sao-paulo-tem-prazo-para-esperar-por-guinazu

    São Paulo tem prazo para esperar por Guiñazu

    Volante tem mantido contato com pessoas do clube

    Felipe Bolguese SÃO PAULO
    Gabriel Saraceni SÃO PAULO

    Até o dia 8 de fevereiro, às 21h50, 48h antes da estreia na Copa Libertadores da América. Este é o prazo final para que o São Paulo inscreva jogadores na competição e também o tempo que o clube aceita esperar por Guiñazu. Não existe mais pressa para que o volante chegue ao Morumbi nos próximos dias. A meta é contratá-lo antes do início do torneio sul-americano.

    Para isso, na próxima semana, depois de voltarem da pré-temporada em Bento Gonçalves, interior do Rio Grande do Sul – previsão de retorno no próximo dia 19 –, os agentes que gerenciam a carreira do jogador, juntamente dele, vão se reunir com dirigentes do Internacional. A tentativa é de convencer o Colorado a aceitar os 1,4 milhões de dólares (R$ 2,4 milhões) que o Tricolor já aceitou pagar para comprar Guiñazu. O valor é o mesmo que o Inter pagou ao Libertad (PAR) para ficar com o jogador.

    As declarações do volante na última semana, afirmando que ficaria no clube gaúcho, serviram mais para tentar deixar o caso esquecido por parte da mídia e dos torcedores. No entanto, na prática, o atleta tem mantido contato com pessoas do Sampa, inclusive jogadores.

    Guiñazu e seus empresários estão otimistas quanto a possibilidade de a transferência se concretizar. O volante quer defender o São Paulo na Libertadores e seus procuradores entendem que é hora de o atleta mudar de clube. Cabe, agora, aos mesmos convencerem o Colorado a aceitar a proposta do Sampa. Apesar de querer sair, o meio-campista, por gratidão ao clube que defendeu nos últimos dois anos, também não quer deixá-los sem uma compensação financeira.

    Para 2010, o Sampa já anunciou seis reforços, mas ainda continua querendo mais. Guiñazu está na mira. Além dele, Cicinho, Alex Silva e Fernandão também estão na pauta e o clube não desistiu de nenhum deles. Até o início da Libertadores, principal objetivo da temporada, o mercado de negociações continua aberto para o Tricolor.

    —————

    Esse Lance! é, sem dúvida alguma, o jornal mais engraçado do mundo. Não basta ser uma merda em QUASE TUDO, ainda compra brigas dos times dos estados em que circula.

    Maior transtorno mental que já li na vida.

  • 34. Rudi  |  11/01/2010 às 13:29

    a PASTACIUTTA tem a melhor massa carbonara que eu já conheci…
    realmente essa combinação da sugestão do dante pra massa e da que te falei pra fondue é pra deixar qualquer um uns 10 quilos mais próximo de OGRI FABBIANI

  • 35. Paulo Torres  |  11/01/2010 às 13:30

    E nessas listas de jogadores revelados pela Copinha o pessoal força a barra um pouco. Fred, por exemplo, fez o tal “gol mais rápido do mundo” num jogo que o Coelho perdeu de 5×1 do Vila Nova-GO, e acabou eliminado na primeira fase. Kaká é outro muitas vezes citado, mas era banco do Harrison. Por aí vai.

  • 36. rafael botafoguense  |  11/01/2010 às 13:39

    taça bh é maneira só que não tem tantos times,basicamente os maiores disputam…é tudo em bh…

    botafogo ganhou em 99.

  • 37. y  |  11/01/2010 às 13:39

    Luz, tu me odeia mas deixa eu te dizer algo:

    esse autor é quase um ACESSOR do Tricolor, isso aí é gente safada.

  • 38. Manuel Barbeiro  |  11/01/2010 às 13:39

    @35 O Cruzeiro contratou o Fred logo depois da Copinha, razão pela qual dá pra dizer que Fred é uma revelação da Copinha.

    O Kaká (que, na época, se escrevia Cacá) e Julio Baptista (na época, Julio Cesar apenas) eram reservas no time campeão do SPFC em 2000, mas tiveram mais projeção que os titulares. Eram destaques daquele time os atacantes Ricardinho e Oliveira (de desempenho nulo no profissional) e o meia Harison (que perambulou por outros times menores até cair no esquecimento). Outros titulares mais discretos, como Juan (lateral esquerdo, hoje no Flamengo), Fábio Simplício (volante, hoje no Palermo) e Hugo (meia, hoje no Grêmio) também fizeram sucesso. O que mostra que ser destaque na Copinha não quer dizer muito.

  • 39. Francisco Luz  |  11/01/2010 às 13:46

    37: obrigado. Viu como a CIVILIZAÇÃO é algo legal nessa vida?

  • 40. Guilherme  |  11/01/2010 às 13:54

    .35

    Eles eram banco porque eram mais novos que os outros. Isso acontece bastante com jogador que é bem melhor que os outros. Eles colacam disputar SP com os mais velhos pra ganhar experiência.

    E devem apanhar pra caralho no vestiário, por sinal.

  • 41. Manuel Barbeiro  |  11/01/2010 às 14:03

    @40 Essa de deixar os jogadores mais novos, ainda que melhores, no banco, é uma tese muricyana de que “time de juniores não tem que entrar no campeonato pra ser campeão, mas sim pra revelar jogadores”.

    Tese esta de que discordo, como ex-jogador das categorias de base da Portuguesa que conquistou apenas um mixuruco “Torneio da Cidade” contra o Nacional em 8 anos de dedicação ao clube – não ganhar títulos desestimula os garotos para baralho.

  • 42. Felipe (o catarina)  |  11/01/2010 às 14:08

    massa, guris, tô anotando tudo. Rudi, o foda é que entre mim e o Fabbiani hoje a diferença é de só uns 5kg. De lá de Gramado vou direto pra Nuñez fazer um testes pra jogar de centroavante do River.

  • 43. catarinacristo  |  11/01/2010 às 14:11

    Bom, lembrando o problema Jóbson, URGE colocar esses meninos na escola.

    Pq depois eles não vão poder dizer “jogar bola é a única coisa que sei fazer na vida”.

    Pq NEM ISSO sabem.

  • 44. Felipe (o catarina)  |  11/01/2010 às 14:11

    ah, e eu tenho quase a mesma altura do OGRO. Tenho 1,88m e ele 1,89m. Logo, ele é proporcionalmente muito mais gordo que eu. Mas o Ronaldo faz nós dois parecermos o Bebeto perto dele. Não sei de onde dizem que um atleta de 1,80m pode ter um peso ideal de 93kg (isso porque ele tá acima de 100 fácil fácil). Só se fosse halterofilista ou lutador de sumô.

  • 45. Rudi  |  11/01/2010 às 14:11

    sim, entre mim e Fabbiani a diferença é a mesma, só que com vantagem pra mim… hahaha

  • 46. Alexandre N.  |  11/01/2010 às 14:15

    Se contar também que aquele papinho de “o grupo é unido, praticamente uma família” é o que mais impera nestes times. Será que eu nunca mais verei alguém chegar e dizer que a culpa do time estar perdendo é do pereba que tem o empresário muito influente?

  • 47. Alexandre N.  |  11/01/2010 às 14:18

    #43

    Catarina, tem alguns que nem falar direito conseguem! É difícil acompanhar as entrevistas nos finais dos jogos.

    Mas poderia ser muito pior. Eles poderiam responder por escrito as perguntas dos repórteres…

  • 48. Manuel Barbeiro  |  11/01/2010 às 14:39

    @46 E se você acha que isso é realidade de time pequeno… quem vai ser o macho do Corinthians a criticar o zagueiro André Vinicius, filho do André Negão, vice presidente administrativo e braço direito do presidente Andres Sanches? E quem vai ser o mártir a reprimir o meia Fran, filho do ex-vice de futebol Fran Papaiordanu, um dos melhores amigos do Andres?

  • 49. Alexandre N.  |  11/01/2010 às 14:54

    #48

    Mas eu não quis dizer que esse é só um mal de time pequeno. Nos grandes, como você mostrou, a situação é muito pior mesmo.

  • 50. Paulo Torres  |  11/01/2010 às 15:03

    #38: Fred jogou a Copinha em 2003, aí subiu pro time principal do América, foi duas vezes vice-artilheiro do Campeonato Mineiro antes de se debandar pro Cruzeiro, no meio do Brasileiro de 2004. (Por sinal, abandonando o América à beira do rebaixamento para a Série C.)

    Inclusive no Mineiro de 2003 foi preso por comemorar um gol contra o Villa Nova pegando o quepe de um PM pra fazer pose pra foto.

  • 51. Alexandre N.  |  11/01/2010 às 15:13

    #50

    Mas mesmo isso não muda o fato da Copinha não estar mais revelando ótimos jogadores. Mesmo com todos estes times, hoje em dia dá pra pescar uns quinze jogadores (sim, eu fui muito bondoso neste comentário) e olhe lá.

  • 52. dante  |  11/01/2010 às 15:20

    “Inclusive no Mineiro de 2003 foi preso por comemorar um gol contra o Villa Nova pegando o quepe de um PM pra fazer pose pra foto.”

    SURGE UM ÍDOLO

  • 53. Manuel Barbeiro  |  11/01/2010 às 15:26

    @51 Fred foi o último.

  • 54. Carlos  |  11/01/2010 às 15:26

    Catarina…Fondue: A familia do garçom (para os intimos gramadenses)…

    http://www.lafamilledegazon.com.br/

    Ou se quiser quebrar a banca…vai no St. Hubertus, no lago negro…mas ae tem q cagar grosso…
    Coloquei algumas dicas no eterno…

    E de repente estarei por lá, meu…podemos combinar uma city tour…lkajdsakldjlkasjlksjlkajl

  • 55. Alexandre N.  |  11/01/2010 às 15:58

    #52

    E sorte ele ter feito isso lá em Minas. Por que se fosse lá em Recife, tava arriscado aquela oficial que gosta de aparecer (Náutico x Botafogo, Brasileirão 2008) querer comer o rabo dele na cadeia…

  • 56. douglasceconello  |  11/01/2010 às 17:20

    O pior é ouvir alguns SÁBIOS dizerem que a base não é pra ganhar título, mas sim para forma jogadores.

    Olha, acho que a melhor forma de LAPIDAR jogadores vencedores é obrigando-os a levantarem taças desde cedo.

  • 57. Ernesto  |  11/01/2010 às 17:25

    Esse é idolo:

  • 58. Manuel Barbeiro  |  11/01/2010 às 17:30

    @56 Isso é coisa do Sr. Muricy, santa ignorância. O SPFC adota esta filosofia (talvez seja por isso que o único jogador que eles revelaram DE VERDADE nos últimos 3 anos – o Oscar, que é bem matreirinho – debandou assim que surgiu a primeira oportunidade)

    O garoto só aprende a ser vencedor se souber o gosto da vitória. A vitória estimula. Eu passei 8 anos na base da Lusa só disputando 5º, 6º lugar, no Paulista sub-15 e no sub-17. Tínhamos um time fraco, a estrela era o Alex Afonso que nem sei que fim levou. O Ricardo Oliveira jogou no sub-15 comigo, mas subiu rapido porque era muito fera. Isso desestimulava. Muitos garotos saíram do time por causa do espirito derrotista.

  • 59. rafael botafoguense  |  11/01/2010 às 17:32

    o nome da safada é lúcia helena,me lembro até hj hahah…

    idolo é o wesley que mandou a torcida do nacional-sp tomar no cu umas 5 vezes,com as 2 mãos ahhahaha segurou o escudo e bradou:”ISSO É BOTAFOGO PORRA!!!!!!” só por isso (e pelo golaço de falta)merece subir pro profissa.

    pena que a porra do lancenet cortou a imagem..tsss mesquinharia é foda..

  • 60. Guilherme  |  11/01/2010 às 17:57

    Eu acho que colocar guri bom na vitrine é pedir pro empresário do manchester united vir te rapinar.

  • 61. Frank  |  11/01/2010 às 20:19

    “Tínhamos um time fraco, a estrela era o Alex Afonso que nem sei que fim levou. O Ricardo Oliveira jogou no sub-15 comigo, mas subiu rapido porque era muito fera”…

    Bah, isso é muito melhor do que eu, cuja maior proximidade de um (ex-)ídolo foi bater uma bolinha com o Assis (um FDP, mas ainda não tinha revelado ser do lado negro da força na época) num jogo BENEFICENTE no qual não consegui correr mais do que 15 MINUTOS…

    hauihasouafdihasfdo

  • 62. Luís Felipe  |  11/01/2010 às 23:37

    não sei se alguém já falou isso, mas é o seguinte.

    nos campeonatos de base, rola uma coisa meio DÉCADA DE 30. Os clubes grandes prestigiam os campeonatos organizados pelas suas federações.

    ou seja:
    Cruzeiro e Atlético prestigiam mais a taça BH
    Paulistas prestigiam mais a Copa SP
    Gaúchos, o brasileiro sub-20
    Cariocas, a Copa Macaé (algo assim)

    Isso explica pq o Inter mandou o time misto dos reservas na Copa SP e pq o Corinthians nunca mandou o time titular no brasileiro sub-20.

    o que realmente dá prestígio na base é vencer o torneio organizado pela sua federação e pelo menos um dos torneios das outras federações. A BH foi bem valorizada nos últimos tempos pq era a única que não concorria com as férias nem os campeonatos estaduais das categorias, aí os clubes poderiam mandar força máxima.

    a Copa SP ainda tem o prestígio da transmissão de TV e tudo o mais, mas perde muito em organização para o Brasileiro Sub-20 e a Taça BH. Pq na Copa SP, muitas cidades do interior sem estrutura nenhuma sediam jogos – nos outros, as estruturas de BH e PoA são bancadas pelas federações. A Copa SP só não faliu ainda pq a Federação Paulista é a mais forte e mais rica do País.

  • 63. rafael botafoguense  |  11/01/2010 às 23:52

    a copinha é diversão.é puro futebol,é um montão de gols,viradas,cagadas e tudo mais…ficar querendo nível técnico é bobeira.

    o bagulho é curtir.

  • 64. Guilherme  |  12/01/2010 às 06:26

    Eu não tenho paciência pra assistir nem criança e nem mulher jogando bola.

    Pronto, falei.

  • 65. Manuel Barbeiro  |  12/01/2010 às 08:55

    @63 é isso aí!

  • 66. Prestes  |  12/01/2010 às 08:57

    Bem lembrado isso que o Luis falou. Conta muito o fator local nesses torneios.

    Agora, eu fico de cara vendo o Inter fazer fiasco no Sportv. Se é pra fazer politicagem, achava melhor não mandarem ninguém como o São Paulo fez no Brasileiro sub-20.

  • 67. Paulo Torres  |  12/01/2010 às 09:32

    Copa São Paulo tinha virado sub-19 em 2008, agora virou sub-18, então ninguém vai pra lá com os mesmos times da Taça BH e do Brasileiro sub-20.

    E na Taça BH, apesar do nome, há diversas cidades-sede. Em 2009, foram elas: Nova Lima, Betim, Santa Luzia, Brumadinho, Itabirito (na Grande BH), Pará de Minas (centro-oeste mineiro), Itabira (centro-leste), Ipatinga, Timóteo, Belo Oriente (Vale do Aço), Curvelo (região central), Uberlândia, Uberaba (Triângulo Mineiro) e BH, que normalmente só recebe semifinais e final. Em edições anteriores, teve jogo até em Tombos e Manhumirim, lá no leste, divisa com o Espírito Santo. E cada cidade dessa tem um time representando-a, times tradicionais como Valeriodoce e Villa Nova ou times WTF tipo a gloriosa SELEÇÃO DE BELO ORIENTE.

  • 68. Manuel Barbeiro  |  12/01/2010 às 09:36

    @67 E também deve-se ressaltar que as categorias de base dos clubes têm virado verdadeiros rebanhos… só no sub-17, o SPFC tem mais de 100 jogadores inscritos na FPF. Esse enorme contingente visa prevenir a ação de empresários e a subida antecipada de jogadores para o profissional.

  • 69. Alexandre N.  |  12/01/2010 às 09:47

    #63

    Leva a mal não Rafael? Se levar nessa flauta de diversão, acaba fazendo com que a garotada não aprenda nada. Acompanhando as três últimas edições (incluindo aí a deste ano), o que eu mais vejo são times completamente desordenados taticamente e jogadores péssimos em alguns fundamentos. Cruzamentos principalmente.

    Campeonato de base tem como função justamente fazer com que a garotada aprenda cada vez mais e tente melhorar mais ainda. Não é a toa que vemos alguns jogadores vindos da base que são péssimos nos fundamentos, como por exemplo, goleiros que não sabem sair do gol, laterais que não sabem cruzar, meias que não sabem passar e atacantes que só acertam o gol por milagre.

  • 70. Logan  |  12/01/2010 às 09:52

    Vitória pega o são paulo! uaheueahea
    esse vale a pena assistir, alguem sabe se vai passar esse jogo?

  • 71. Prestes  |  12/01/2010 às 10:10

    16h no Sportv, Logan.

  • 72. rafael botafoguense  |  12/01/2010 às 12:42

    #69 jogar sem pressão é o que faz os grandes jogadores surgirem,muitos são destruidos pela cobrança,deixa-los livres e apenas orienta-los já considero um bom trabalho.levando em conta que pra chegarem ali eles sejam bons jogadores,o que ai,já é questão da comissão técnica.

  • 73. Alexandre N.  |  12/01/2010 às 14:18

    #72

    Rafael, quer saber de dois casos interessantes de jogadores que não tiveram pressão nenhuma durante as suas carreiras na base? Leo Lima e Souza. E o que eles jogam hoje em dia?

    E não, nem sempre um jogador é bom pra estar num time de base. Já cansei de ver e ainda conhecer alguns casos de vários que só estavam no time por que alguém (parente, empresário ou mesmo membro da comissão técnica) sempre deu uma “forcinha” (leia-se DINHEIRO) pro clube.

  • 74. y  |  12/01/2010 às 15:16

    esse pessoal não entende a magia da copita

    coitados

  • 75. y  |  12/01/2010 às 15:17

    a Copa SP é a mais tradicional e PONTO.

    não tem de valorizar seu estado, é COPINHA, o resto NO ECSISTE

  • 76. rafael botafoguense  |  12/01/2010 às 15:56

    então,levando em conta que eles sejam bons jogadores.se não forem ninguém pode arrumar o futebol dos carinha.

    e a questão da pressão eu continuo achando isso mesmo,muitos são mulekes que só mostram o futebol se tiverem tranquilos,se ficar querendo muito eles desabam,são tudo depressivo e complexado,poucos tem personalidade e os que tem transformam em máscara e soberba,deve ser muito foda controlar esses maluco,o técnico tem que ser psicólogo.

  • 77. Ernesto  |  13/01/2010 às 13:01

    A copa SP é tão boa que até denuncia de jogo sendo entregue tá rolando.

    Uma lástima, mas nada de anormla vindo desses paulistas filhos dasputas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: