Mais concorrido que o confessonário de Lugo

13/11/2009 at 10:23 11 comentários

Pois se no Brasileirão há pelo menos dezenove times aptos ao título nacional e na Argentina a situação da tabela do Apertura não é menos prenhe de incertidumbre, a ilha rodeada por terra na pleura da América do Sul não fica para trás. Faltam só seis rodadas para o desenlace do Lugão 2009 e nada menos que cinco equipes disputam o lugar mais destacado do altar. E rodada deste final de semana será chave para definir os que tomarão o rumo dos céus e os que ficarão aguardando no purgatório.

Acompanhem.

Após 16 rodadas, Libertad e Nacional Querido lideram com 31 pontos. Na espreita estão Olimpia e Rubio Ñú, com 28. Ainda com chances de título, o Guaraní aparece com 26. E não bastasse o aperto tabelístico, a rodada deste final de semana tem dois ou três jogos encardidos, que muito provavelmente darão novos rumos ao campeonato dos ermãos paraguaios.

Pois o líder Libertad enfrenta o Guaraní, que precisa ganhar para seguir acalentando sonho de título ou de vaga na Copa Sul-Americana. O Nacional por sua vez visita o 12 de Octubre, time que está com a corda do rebaixamento no pescoço, e está aí o Palmeiras para nos mostrar o que é enfrentar um lanterna. Já o Rubio Ñú joga em casa com o Tacuary, de campanha mediana no Clausura. Ou SEJE: qualquer tropeço e ao final de domingo já podemos ter um novo líder.

Mas parada difícil terá o Olimpia, que joga o SUPERCLÁSSICO no domingo, ainda que pegando um estropiado Cerro Porteño, derrotado em casa pelo Frednense e vivendo uma crise de PARADIGMAS: depositou todos seus guaranís na Sul-Americana, que vê vazar pelos dedos, e agora crê que figuras de vulto como Júlio dos Santos e o argentino Nani teriam mais valor a milhares de quilômetros do bairro Obrero. Agora há pouco eu escutava uma rádio paraguaia, que pega na frigidaira aqui de casa, e os speakers estavam dizendo que, após a derrota na Sula, Nani e Júlio foram vistos bebericando em bares da capital. E que possivelmente seriam reservas no superclássico. Ou SEJE outra vez: o Cerro parece fácil de ser batido, mas alguém já disse que clássico é clássico, e vice-versa, muito antes pelo contrário.

Então é isso. Paraguaião com rodada caliente no final de semana. Nacional ou Libertad podem disparar na ponta, Olimpia e Rubio Ñu podem assumi-la. Ou tudo pode permanecer como está.

Eis a rodada do fim de semana:

Libertad x Guaraní
3 de Febrero x Sol de América
Rubio Ñú x Tacuary
Luqueño x 2 de Mayo
12 de Octubre x Nacional (P)
Olimpia x Cerro Porteño

E a classificação:

Libertad 31
Nacional 31
Olimpia 28
Rubio Ñú 28
Guaraní 26
Tacuary 21
2 de Mayo 19
Cerro Porteño 19
3 de Febrero 19
Sol de América 17
Sportivo Luqueño 16
12 de Octubre 10

Escrevendo um post só pra não perder os royalties do Pré-Sal,
Daniel Cassol.

Anúncios

Entry filed under: Nacionais.

“O acaso não existe”, já dizia aquele anúncio de revista I ImpedCopa Invasores do Bolicho

11 Comentários Add your own

  • 1. douglasceconello  |  13/11/2009 às 10:27

    Cassol claramente sofrendo de SÍNDROME DE ABSTINÊNCIA em relação ao Impedimento.

    hashuasu

  • 2. Godo  |  13/11/2009 às 10:47

    “Mais concorrido que o confessonário de Lugo”

    SENSACIONAL

  • 3. Prestes  |  13/11/2009 às 10:59

    Coloquem o Guihoch no lugar desse escriba!!!

  • 4. Gustavo  |  13/11/2009 às 12:24

    Bom texto. O paraguayo está realmente indefinido ao que se vê.

  • 5. Anônimo  |  13/11/2009 às 12:49

    Rapaz,
    Suellen tá de sacanagem com você.

    Coloca seu texto e nem espera o povo respirar e já bota em seguida um de apelo popularesco.

    Se eu fosse você, não escreveria mais nesta budega.

  • 6. Franciel Cruz  |  13/11/2009 às 12:51

    Anõnimo é MI ZIBB.

    A advertência acima foi feita pelo homem, o mito, o pentelho, Françuel.

  • 7. Francisco Luz  |  13/11/2009 às 14:11

    Vamos, NAÇA. Quero ao menos UM título de VULTO no ano.

  • 8. Cassol  |  13/11/2009 às 14:29

    Certo que o Douglas tá magoado comigo.

    AGUANTE INTRIGA!

  • 9. col  |  13/11/2009 às 17:01

    “Escrevendo um post só pra não perder os royalties do Pré-Sal,”

    huhauhauahuahua

  • 10. Thalles  |  15/11/2009 às 18:47

    só foi o cassol voltar a publicar um texto que o franciel resolveu dar as caras no impedimento.

    viadagem pouca é bobagem.

    AGUANTE INTRIGA! [2]

  • 11. Bolívar Gomes de Almeida  |  16/11/2009 às 22:23

    O futebol paraguaio raramente aparece nas páginas dos jornais brasileiros, pelo menos dos q costumo ler (aliás, estamos MUITO mal, a qualidade dos jornais brasileiros é RUIMMMM). Isso não é acaso, reflete o preconceito existente nos meios de comunicação, onde há espaço para outras modalidades esportivas de países mais distantes, como o basquete estadunidense.
    Continuem informando, me alegra o interesse dos nossos jovens pelo q ocorre nos países vizinhos. Eu particularmente gosto muito do futebol paraguaio, de onde já vieram para o Brasil jogadores ótimos como Silvio Parodi (Vasco da Gama, década de 50), Romerito (Fluminense campeão brasileiro), Gamarra (Internacional e Corinthians), além do grande treinador Fleitas Solich, tricampeão carioca pelo Flamengo (53/54/55).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: