Dias nervosos de um gigante (1)

04/11/2009 at 06:00 41 comentários

rojo1

Em Porto Alegre, mais além do calor de cento e setenta e nove graus, tombam do céu reclamações a respeito deste ano futebolisticamente infame. Há justiça nisso tudo: dois mil e nove poderia ser um tempo de grandes coisas, de conquistas para os dois lados, de vitórias para o imaginário, enfim. A retrospectiva do período, porém, acabará inevitavelmente em nomes como SOUZA e ALECSANDRO, seguidos por alguns adjetivos exaltados. Justo, reafirmo. Mas nada comparavelmente caótico à situação vivida pelos clubes de Avellaneda.

A começar pelas enormes rotas temporais que distanciam Racing e Independiente de títulos – a seca sempre será indicada como a primeira causa de um grande problema. Não me refiro a troféus internacionais, algo irreal para estes anos. Mas todos sabem que ambos não ganham nada há tempos – o Racing não grita com força desde o Apertura 2001, enquanto que o Independiente não gargalha com sinceridade desde o mesmo torneio do ano seguinte. Como o martírio não é exatamente novidade, faria pouco sentido se deter na ausência das taças. O problema é que os limites para o terror da fase parecem não existir.

Tudo porque o segundo semestre poderia ser um terreno decente para dias melhores. O Racing vinha da salvação do desterro rumo ao certame secundário com uma arrancada emocionante no Clausura. Nas mãos do folclórico treinador Caruso Lombardi, terminara o campeonato em quinto, “un lujo”, segundo o livreiro argentino Miguel – que, além de vender publicações latinas a um preço justo, concede as impressões de um racinguista para quem não costuma estar em terras portenhas. O Independiente poderia ter sonhos mais agudos, até. Afinal, não é todo semestre que alguém inaugura um estádio. E o Libertadores da América não é uma cancha qualquer, como veremos. Brabo é que, mesmo tendo casa nova e um elenco honroso, o Rojo se esfacela como o rival de todos os dias no Apertura.

rojo2

Primeiramente, o relato do devaneio mais doce. Era a noite do vigésimo oitavo dia de outubro quando o Estádio Libertadores da América sairia da embalagem. Até a data, o quadro vermelho se aventurava a pensar no título. Poucas unidades separavam o Rojo dos líderes Banfield e Newell’s. Trinta e cinco mil almas vermelhas cumpriram com a capacidade máxima do estádio até o momento – a construção de mais uma tribuna ampliará os números para quarenta e cinco mil. E, após mil noites de fracasso, o envelhecido conquistador de Avelleneda pôde ter a sua noite de gala. Por emocionantes 3-2, o Independiente bateu o forte Colón de Santa Fé e tudo parecia voltar a fazer sentido por aquelas bandas.

Antes que surja o triste porvenir, vale um relato sobre o mais novo templo da Sudamérica. Escreve F. Ladron de Guevara, do diário Clarín: “Los vestuarios son amplios, cinco estrellas. Los palcos cuentan con plasmas. La cancha – en algunos sectores hay acrílicos en lugar de alambrado – se ve bien desde todas partes. O, al menos, se ve mejor que antes, cuando las tribunas estaban más inclinadas. Sobre el verde césped, los bancos de suplentes parecen extraídos de la primera clase de un avión de British Airways. Y los arcos son los de siempre (o si los cambiaron no se nota). Son los arcos donde con Erico, Bernao, Bochini, Pusineri o Agüero se hicieron los goles que construyeron la maravillosa historia de Independiente.”

Vieram as luzes da manhã seguinte. Notou-se que alguns racinguistas, enciumados que estavam, não acharam outra forma de protesto senão derramar tinta azul com gotas de ódio pelas arquibancadas do Libertadores da América. Amaldiçoado ou não, aquele banho de azul resultou em uma semana bastante desagradável. A começar pela confirmação do crescimento das enormes dívidas do clube, que muitos julgavam estar controlada. Preocupação contornável para o torcedor se, no último domingo, a rodada terminasse por atorar com as espectativas de título.

rojo3

Em Sarandí, o Independiente enfrentaria o inofensivo Arsenal com olhos bem atentos: no sábado, o Vélez, outro dos candidatos, venceu o Godoy Cruz por dois a zero. Bastava uma vitória simples, porém, para lançar uma gigantesca pressão em Banfield e Newell’s, que tinham paradas brabas no dia seguinte, e colar no Vélez. Mas o time não jogou nada e perdeu por um a zero. Nada menos que uma chance para a catástrofe que ocorreu: na segunda-feira, Banfield e Newell’s venceram os seus compromissos e abriram seis pontos de vantagem.

O desleixo semanal deixou o Independiente na oitava posição – e é o clube com a sequência de jogos mais complicada entre os que ainda batalham pela ponta. Enfrenta, por exemplo, San Lorenzo, Boca Juniors e Lanús fora de casa, além de pegar o líder Banfield no seu novíssimo estádio. Só um milagre das proporções da nova cancha cessaria com a estiagem primaveril dos Diablos. Construir um sonho bom e acordar ASSIM é cruel. Mas nada se compara com o que o Racing vive – algo tão absurdo que vale outro texto.

O texto é de Iuri Müller, que passsará a escrever regularmente aqui no Impedimento e, os mais atentos já notaram, fez sua estreia na semana passada com um relato sobre o Liverpool uruguaio.

Anúncios

Entry filed under: Colunas, Nacionais, Pela América.

Da pelada para a Jihad Números são chatos, mas falam pra cacete

41 Comentários Add your own

  • 1. guihoch  |  04/11/2009 às 07:59

    no post da foto do flu alguem falou para mudaqr aformula por causa do são paulo, isso faria delescampeos eternos do futebol brasileiro, seria como entregar as armas e dizer que não da pra ganhar a guerra, futebol se combate com futebol, não com formulas, vamos lá cambada de dirigentes chorroes.

  • 2. Sanchotene  |  04/11/2009 às 08:38

    O Iuri segue no Futebesteirol?

  • 3. dante  |  04/11/2009 às 08:51

    texto fantástico, parabéns.

    iuri, grande APORTE ao impedimento.

    mas, como acionista da impedcorp, eu gostaria de saber: quais serão os VENCIMENTOS MENSAIS da nova contratação e quanto o cassol está levando como AGENCIADOR.

    enviar e-mail com planilha urg.

  • 4. Prestes  |  04/11/2009 às 08:56

    “iuri, grande APORTE ao impedimento.” (2)

    Mas Dante, a saída do Cassol foi justamente pra cortar gastos, já que aquela pecha de COMUNISTA não passa de um disfarce para sua enorme GANÂNCIA, uhiasduhsdauhsduhasudhasuhuh

  • 5. Cassol  |  04/11/2009 às 09:03

    Estou recebendo uma mesada para não revelar verdades inconvenientes da ImpedCorp.

    Iuri – grande reforço. Mais um representante da Região Metropolitana de São Sepé!

  • 6. Carlos  |  04/11/2009 às 09:19

    Bem melhor, muito melhor q os textos do Cassol. Que, por sinal, tá levando o mestrado nas coxas, já que passa dando seus pitacos por aqui AINDA.

    açsdksaçdklsadkçsakçdkasçldksadkçsçk

  • 7. Francisco Luz  |  04/11/2009 às 09:30

    O marido da minha prima, fanático pelo Rojo, foi no jogo. Disse que a cancha “esta magnifica”, mas que o resultado de domingo CAGOU A VIDA dele.

    Só pude responder um ENTENDO bem breve.

  • 8. Rudi  |  04/11/2009 às 09:34

    dante, vai pro inferno!

    (sim, estou levando 5%)

  • 9. guihoch  |  04/11/2009 às 09:41

    RUDI, dia 15 de dezmbrodesembarco em brasilia para a “FAXINA ” nas FA.

    ANTES TOMAMOS UNS CHOPPES E ME ENSINAS A ANDAR NUM LUGAR QUE PARA IRA PARAA ESQUERDA TEM QUE DOBRAR PARA A DIREITA.

    AVANTE ROTH
    AUTUORI TÁ PEDINDO PRA SAIR?
    PETRODOLARES FALNDO ALTO?

    ROTHNÃO SAI DO GALO ANO QUE VEM NEM FUDENDOVISTO QUE NO MINIMO SEGUNDO ELES JÁ SÃO

    GALO CAMPEÃO

    dose dupla de nega fulo por favor, na conta do meu migo naquela mes lá do fundão.

  • 10. Rudi  |  04/11/2009 às 09:44

    camarada guihoch, seja bem vindo ao inferno candango

    contatos para serviço de guia turístico e putanhístico escrever para rudifo arroba gmail ponto com

  • 11. fino  |  04/11/2009 às 10:03

    bah o poetahoch é o mais vidaloca das quebradas

    já imagino os strogocomentarios

    “…chegando no planalto central, tal qual joão de santo cristo, mas não o mesmo.. fui direto no funk do lado da rodoviaria, tem que ser louco pra encarar duvida, mas é mole pra quem faz correria lá no morro do alemão.. entrei no lance e xavequei uma perversa, nao deviam, as a vida é foda, sempre digo, concorda mtambem ne.. no outro dia ela partiu, acordei de reçaca meio bolado ainda, o bilhete só dizia: meu marido é deputado e os capangas dele estão vindo te pegar… liguei pro rudi que me emprestou um corcel… agora estou na estrada, vou me entocar no mato grosso, dar um tempo, talvez virar peão, ou plantar soja.. hoch, e TD hoch.”

    a vida é foda

  • 12. dante  |  04/11/2009 às 10:18

    “ME ENSINAS A ANDAR NUM LUGAR QUE PARA IRA PARAA ESQUERDA TEM QUE DOBRAR PARA A DIREITA.”

    guihoch eterno.

  • 13. Rudi  |  04/11/2009 às 10:20

    o pior de tudo, brasília É EXATAMENTE ASSIM…

    cidade sem esquinas, com rótulas adoidado, TESOURINHAS (uma conjuñção de trânsito impossível de se explicar, apenas entrando numa dá pra entender) quadras de 2 km de extensão, endereços com mais letras que o líbero da seleção polonesa de vôlei… 6 meses sem chover, 6 meses chovendo todos os dias, e quando não chove é tão seco que teu nariz sangra DO NADA…
    esse é o INFERNO CANDANGO

  • 14. rafael botafoguense  |  04/11/2009 às 10:35

    vacilo o que os racinguistas fizeram,coisa de flamenguista e tricolor que destrói o engenhão,embora o maluco lá disse que os são paulinos destruiram mais.

  • 15. guihoch  |  04/11/2009 às 10:45

    fino se superou hein? não teria dito melhor

    TD

  • 16. Lol  |  04/11/2009 às 11:02

    Profetas da Rede Globo apontam quem é quem na reta final do brasileiro.

    Inter não pega nem libertadores.

    http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Futebol/Brasileirao/Serie_A/0,,MUL1365058-9827,00.html

    Apesar de saber que o Inter é uma enganação com esse elenco de 2a divisão e uma diretoria que não tá nem ai para o futebol, até eu fiquei de cara com essa pretensão dos especialistas…se eles são tão cons assim pq ainda não ganharam na loteca, tomaram todo mé, botaram fogo no barraco e depois deram no pe´?

  • 17. Rudi  |  04/11/2009 às 11:10

    me contou uma vez uma pessoa que dizia ter poderes paranormais, que uma das condições para eles terem esses poderes é nunca usar em benefício próprio…

    se for assim eu nem quero

  • 18. Lourenço  |  04/11/2009 às 11:48

    Mestre absoluto

  • 19. guihoch  |  04/11/2009 às 11:48

    ter poderes é da hora, basta ler alice no pais das maravilhas para imaginar.

    imaginem a lesma fumante torcendo para o muricy

    o chapeleiro louco torcendo para o inter

    alice, loira do jeito que é, com ceteza é gremista à espera de uma maravilha por vir.

    o rato torce pro galo

    e o coelho não poderia torcer para outro que não fosse o são paulo

    o dodo e FLAMENGUISTA, VISTO QUE TEM ASAS MAS NÃO PODE VOAR, segue:

    TD

  • 20. alisson  |  04/11/2009 às 11:49

    Mas Dante, a saída do Cassol foi justamente pra cortar gastos, já que aquela pecha de COMUNISTA não passa de um disfarce para sua enorme GANÂNCIA (2)

    Daniel Cassol > Oscar Niemeyer.

  • 21. Thalles  |  04/11/2009 às 11:50

    Um vivente que carrega um trema nas costas merece respeito.
    Ô, Iuri, é verdade que tu e o Prestes disputaram na porrinha a cadeira do Cassol?

  • 22. catarina cristo  |  04/11/2009 às 12:10

    Viu lá o #5, thalles? O quesito de desempate foi GEOGRAFICO.

    São Sepé como marco zero.

    Alagoas 100 mil quilômetros de distância, sem chances.

  • 23. Lobo  |  04/11/2009 às 12:17

    Grêmio não quer liberar Tcheco para Mano Menezes!!!
    Ou seja, quer renovar!!!!

  • 24. Prestes  |  04/11/2009 às 12:23

    Thalles >>>>>>>>>>> Leão Lobo

    uhasduhsdauhsduhduhsdauhsduhasduhasduhsuha

  • 25. Prestes  |  04/11/2009 às 12:23

    Thalles >>>>>>>>>>>> Leão Lobo

  • 26. Carlos  |  04/11/2009 às 12:26

    #23
    Claro…ele tem o “perfil vencedor” q o Rolando Lero autuori quer ano que vem….

    PQP

  • 27. dante  |  04/11/2009 às 12:40

    que saco.

    mais um ano ouvindo as churumelas do carlos por causa do tcheco.

    hu

    hu

    huaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  • 28. Prestes  |  04/11/2009 às 12:43

    HUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    FICA TCHECO

  • 29. Carlos  |  04/11/2009 às 12:49

    Pior…qdo o Tite foi demitido, o Impedimento perdeu muito da sua graça…

    Sendo assim:

    FICA TCHECOOOOOOOOOOOOOOOOO…HUAAAAAAAAAAAAAAAA!!!

  • 30. dante  |  04/11/2009 às 12:52

    bá, discordo.

    MS ESTÁ-NOS dando muito mais EMOÇÕES. çasdksafsvds

  • 31. guihoch  |  04/11/2009 às 13:17

    quem é este cara que acharram com dez mil cartucho em casa ai em POA, da pra montar uma boda de fumo do caraleo com estes brinquedos hein?

    http://oglobo.globo.com/cidades/mat/2009/11/04/policia-encontra-arsenal-em-sobrado-que-incendiou-em-porto-alegre-914594968.asp

  • 32. Lobo  |  04/11/2009 às 13:32

    Imagina o ano que vem com muitos Gre-nais (gauchão, copa do Brasil , sulamericana e brasileirão) e Theco com a camisa 10….
    Carlos: sugiro procurares um cardiologista djá!!

  • 33. Junior  |  04/11/2009 às 14:26

    Há uns dois anos, o LF postou um texto espetacular de um torcedor do Independiente em homenagem ao velho estádio “rojo” e ao seu avô recentemente falecido, um freqüentador assídio daquele estádio.

  • 34. Fernando Cesarotti  |  04/11/2009 às 16:06

    Belo texto, mas o Iuri precisa INTERAGIR nos comentários pra ganhar ainda mais a simpatia da massa impedimentense. Senão daqui a pouco vai parecer que é só um HETERÔNIMO criado pelo Cassol pra fazer graça.

  • 35. Iuri  |  04/11/2009 às 16:26

    Começo pelo último comentário, já que ele exige DEFESA. Minhas últimas horas têm sido de desespero profundo frente à situação do meu joelho esquerdo: estourei-o ayer.

    Mas asímismo dei um jeito de verificar se o texto havia sido publicado. Minha ausência está justificada, pues.

    Aos demais, bem menos exigentes, resta-me agradecer. Tentarei suprir parte da OBRA de Cassol com a mesma eficiência que Herrera soube susbtituir Maxi López no Gre-Nal.

    Abraços!

  • 36. Iuri  |  04/11/2009 às 16:31

    Ah, sobre o Futebesteirol:

    Primeiramente, me encanta saber que temos leitores. (?)
    A verdade é que a tal cobertura da Segundona Gaúcha preencheu nossas almas de tal modo que precisavámos de férias após o fim dos confrontos interioranos. Findo o certame, publicamos só alguns textos randômicos.

    Enfim, logo voltaremos a escrever também para o Futebesteirol.

  • 37. Cassol  |  04/11/2009 às 18:28

    Esse negócio de disputar na PORRINHA é coisa de chibungo com oclinhos de artista!

  • 38. thalles  |  04/11/2009 às 18:36

    Vai fazer o fichamento do mestrado, Cassol!

  • 39. Prestes  |  04/11/2009 às 19:12

    Cassol, diz que a BIBA foi jurada de cinema, uhasdhudashuasdhusdauhdsauhdshudashudsauhh

  • 40. fino  |  04/11/2009 às 20:17

    isso é gay.

  • 41. LUCAS  |  04/11/2009 às 23:55

    Parabéns pelo texto maginificom Iuri !

    Eu como Cruzeirense, gostaria de agradecer ao Guerreiro Celestino, Sorín por tudo que ele fez para o Maior De Minas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: