Do outro lado do rio, entre as traves

21/10/2009 at 06:30 107 comentários

Algum escriba transbordante de notoriedade já deve ter dito que escrevia para afastar a tristeza. Também músicos, putas e CHEFS podem ter dito o mesmo, ajustando para a devida conjuntura. Donde concluímos que todo mundo se debate sobre esta terra fudida tentando se livrar do sofrimento e da melancolia. Pois bem. Nós, que gostamos de futebol, também torcemos para afastar a tristeza. Mesmo sabendo que, muitas vezes, isso gera mais tristeza. Então, te agarra com as duas mãos no meu PARADOXO e deixa eu te contar um troço.

Na verdade, com o tempo que levei para iniciar um novo parágrafo, me ocorreu que talvez torçamos não tanto para afastar a tristeza, mas para compartilhá-la. Por isso aqueles que desdenham dos times sem grandes feitos e de sua torcida não manjam do riscado. Ganhar, no futebol, é circunstância. Sofrer é o método, o caminho e a única saída. Mais do que isso, queremos e adoramos quando outros sofrem conosco. E, mesmo quando vencemos, a tristeza continua lá, esgarçando sua boca rasgada de infâmia, ainda que vestida com outras cores.

Há certa glória em criar-se em meio ao sofrimento futebolístico, atravessando com decisão os anos de penúria. Porque os sofredores resolutos aprenderam a sorrir mesmo carregando uma faca cravada em cada panturrilha. Ter certeza do fracasso e, mesmo assim, continuar peregrinando rumo a um monumento de concreto com insuspeita fidelidade é uma empreitada merecedora dos mais elevados créditos.

Mas então acontece o improvável: vencemos. Primeiro, vem o justificado arrebatamento e a revolta contra a humanidade, essa cachorra, que nunca percebera que nós éramos os únicos aptos a sentir a alegria extrema. Depois, vem a elevação espiritual, a certeza de que ostentamos o que de mais brilhante o futebol pode oferecer. Mas, após, inevitável, há o vazio. E durante anos não sabemos que rumo tomar, quais sensações puxar lá do fundo do SACO para preencher nossas noites de angústia.

Foi exatamente isso que aconteceu comigo depois de 2006. Com o Internacional vencendo a tudo e a todos, tornou-se impossível não se despreender da realidade e CHAMUSCAR de ironias esse mundo canino que nos cerca, segurando no FALSETE um perene grito de CHUPA. Mas, pensando bem, o Internacional enviesou sua própria história e hoje me jogou numa crise de identidade.

Depois de 2006, passei a crer que sempre seria possível vencer, independentemente das circunstâncias. Mas, até então, sempre tinha a certeza de que perderíamos, de todas as formas possíveis. Hoje, estou decepcionado com uma campanha que anos atrás me carregaria em uma torcida arrebatada até o final do campeonato por uma vaga na Libertadores. Tudo isso porque estou perdido em meio a um emaranhado de impressões. Porque meu time, graças à sua jornada mais EDIFICANTE, deixou uma geração de torcedores órfãos de sofrimento.

Como um bando de crianças mimadas, caímos na ladainha da diretoria e acreditamos que era só estalar os dedos e, CABUM, passaríamos o rodo na saída do coleginho. É muito difícil viver nessa pasmaceira de desejar sempre o primeiro lugar como se fosse uma obrigação. E, mais do que isso, como se fosse NATURAL – logo nós, uns cães sarnentos que passamos três décadas coçando nossas feridas.

Cheguei a tal ponto de desespero que esses dias busquei CONFORTO em lembranças dos anos 90. E me pareceu até DOCE aquele sentimento de desgraça iminente, em que desconfiávamos de tudo e, mesmo assim, acreditávamos em CAÍCO e cantávamos Meu coração é vermelho como se amanhã não houvesse. Nós, colorados derrotados, éramos felizes e não sabíamos. Hoje, vaiamos no primeiro passe errado e estamos afogados na ilusão de que temos a obrigação de vencer alguma coisa, quando o simples fato de ser colorado já deveria ser encarado como o maior de todos os triunfos.

Saudações,
Douglas Ceconello.

Anúncios

Entry filed under: Colunas.

Liga-Vélez, boa diversão para o final da noite Idolatria louca

107 Comentários Add your own

  • 1. thalles  |  21/10/2009 às 07:24

    por isso que eu gosto do meu galo de campina. nunca vai haver 2006 pra ele. e assim posso me embebedar e xingar meio mundo só pelo fato dele não ter caído pra série d.

  • 2. Pato  |  21/10/2009 às 07:31

    Exatamente isso que falei a um amigo colorado outro dia. Parece que adquiriram a SOBERBA que era nossa. Foram as vitórias, mas também este mkt bagaceira que inventa cada uma.
    Mas, BEM NA REAL, o pior de tudo é aguentar colorados surgidos após 2006, que nunca ouviram falar do Mazinho Loiola, ou até mesmo do Gamarra, e querem fazer corneta. NABOUA, quer me cornetear, aprenda sobre teu time primeiro.
    Enfim, mais uma vez um belo texto.

  • 3. JB  |  21/10/2009 às 07:33

    Até o terceiro parágrafo, achei que era um botafoguense…

  • 4. alisson  |  21/10/2009 às 07:39

    Lindo, sublime, não há palavras para esse texto.

    Esse final de semana mesmo eu ganhei uma camiseta da RIBÓQUI, a nova do colorado, e comecei a me lembrar do tempo em que eu queria a camiseta do MAZINHO LOIOLA…

    De qualquer forma os anos do inferno astral vermelho foram os melhores da minha vida. Mas isso não se leva em consideração, sou um notalgico de marca maior.

    Gostava do meu time com pouca grana. Gostava dele com uns jogadores toscos e um meio campo com Carlinhos e Tim. Torcia mesmo quando o treinador chamava Gustavo Papa como solução para a derrrota iminente.

    Sei lá, parecia melhor, cada 1 a 0 era uma vitória tremenda. Hoje a corneta virou instrumento diário. Tenho medo de que os colorados dos anos 2000 sejam como os gremistas dos anos 90. Isso desvirtuaria os preceitos do colorado. Melhor site, melhor ônibus, maior quadro social, a gente não quer nada disso.

    Camisetas douradas, voos fretados para o interior, jogadores de seleção argentina. Eu não quero nada dessas merdas.

    Quero excursão da piazada de Canudos para o gigante, ingresso a R$ 2,00 e a chinalagem uivante na CORÉIA. Abrigo do clube, cadeiras e amendoim ficam reservados aos azuis.

  • 5. vicente v.  |  21/10/2009 às 07:43

    ‘te agarra com as duas mãos no meu PARADOXO ‘

    nem.

  • 6. Francisco Luz  |  21/10/2009 às 08:06

    Não vou dizer que acho RUIM o sentimento de brigar por vitórias e de todo mundo considerar o Inter uma decepção sendo que foi finalista da Copa do Brasil e está, sim, na briga pelo título (SALVE ERNESTO) do Brasileirão.

    Mas pensei algo parecido dias atrás e não fazia muito sentido. Continua não fazendo, só que esse tipo de sentimento é bem demente, mesmo. E, por isso, a gente COMPREENDE.

    Foda o texto.

  • 7. Paul  |  21/10/2009 às 08:20

    Báh.

  • 8. Gustavo  |  21/10/2009 às 08:24

    Esse texto prova que o Inter é o novo SPFC (ns)

  • 9. arbo  |  21/10/2009 às 08:30

    ia elogiar o primeiro parágrafo [sublime], mas li o segundo e GOD DAMMIT. deus está demitido. vou ao terceiro.

  • 10. Rudi  |  21/10/2009 às 08:33

    Sandoval, Fabiano Cachaça, Gamarra, Lúcio, Gato Fernandez, Célio Lino, Daniel Frasson, Élson, Ricardo, César Prates, César Silva, Diego Aguirre, Anderson Papoulla, Leonardo Manzi, Robgol, Cristian, insira seu pereba anos 90 preferido aqu, insira seu craque que nunca ganhou nada preferido aqui…

    por esses caras vestindo o manto vermelho sofremos, vibramos, brigamos, choramos…

    estranho que hoje eu não tenho mais tanta vontade nem de ouvir os jogos no rádio, o que acontece?

  • 11. arbo  |  21/10/2009 às 08:37

    top ten ceconello

  • 12. Prestes  |  21/10/2009 às 08:39

    GÊNIO

    sem mais

  • 13. Prestes  |  21/10/2009 às 08:43

    LIVRO DJÁ!!!!!!!

  • 14. Gerson  |  21/10/2009 às 08:48

    “Ter certeza do fracasso e, mesmo assim, continuar peregrinando rumo a um monumento de concreto com insuspeita fidelidade é uma empreitada merecedora dos mais elevados créditos.”

    não serve para botafoguenses mineiros

  • 15. fino  |  21/10/2009 às 08:49

    “graças à sua jornada mais EDIFICANTE, deixou uma geração de torcedores órfãos de sofrimento.”

    aha uhu ceconello é um xuxu! (ns)

    não sei quantos anos tem o carinha lá do blogui do globoisporti da coloradagi, mas ele compartilha essa idéia de que o Inter é o maior clube surgido na via láctea… desde 2006, é claro

    “Por isso, senhores que comandam o time e que vão a campo vergar a gloriosa e CAMPEÃ DE TUDO camisa vermelha, olhem para ali e aprendam o que é HONRAR O COMPROMISSO.

    Analisem o MAIOR QUADRO SOCIAL DAS AMÉRICAS e aprendam o que é COMPROMETIMENTO.

    Aprendam a responder às expectativas quando SOLICITADOS.

    Assim, retomaremos o cume mais alto do Planeta.

    Ali é nosso lugar.

    O Internacional definitivamente se transformou em um clube MUNDIAL. Um clube que não pode mais ter em 365 dias de trabalho um título regional. Precisamos de TUDO o que tiver ao nosso alcance. NO MÍNIMO TUDO.”

    como bem disse o patolino, no meu tempo isso se chamava soberba e empafia

  • 16. Adair  |  21/10/2009 às 08:51

    Torcida do Inter = bambis do RS

    não esqueçam de votar

    http://www.internacional.com.br/personagem_intersocial/

  • 17. fino  |  21/10/2009 às 09:03

    as paredes do impedimento são testemunhas de que eu SEMPRE DISSE isso aqui…

    essa música do boi garantido é o troço mais espetacular que a torcida colorada já cantou… tema da vitória, mamonas assassinas e matar um puto tricolor, meu caralho…

    DE VERMELHO VIVE O CORAÇÃOOOOOO Ê Ô Ê ÔôÔôô

    ps: essa música me marcou (ui) quando vi o Inter classificar para as quartas de final da Copa do Brasil de 1997, contra o Santos, nos pênaltis…

    enquanto isso a gente ia pro maracanã gritar “ahhhhh, eu sou gaúúúchooo”… bjos lila klafdklçafds

  • 18. arbo  |  21/10/2009 às 09:07

    #14
    o texto tri ELEVADO e o cara me vem com uma rasteira dessas? ganha pontos o rafael botafoguense, se não responder.

  • 19. Pato  |  21/10/2009 às 09:07

    #15
    Não acredito que alguém escreveu isso.
    O meu camarada do site do Ducker não escreve asneiras nem perto disso. E olha que ele escreve em site dedicado a GERAL.
    Vergonha alheia mode on.

  • 20. Carlos  |  21/10/2009 às 09:19

    Normal isso ae, coloradagi.

    Depois de ganhar tudo, rola uma empáfia a fu e um sentimento como se tu tivesse ido num rodízio de pizza e tivesse sido expulso de tanto comer.

    Rola um desânimo.

    Mas ae vem um Tcheco e tu volta a ser torcedor a fu.

    açldksaçdaskçldaskçdk

  • 21. Pato  |  21/10/2009 às 09:26

    #20 – Carlos cita o “looser-mor” até em texto sobre o Inter. HAJA PAIXÃO !!!

  • 22. fino  |  21/10/2009 às 09:30

    Dureza mesmo é estar perto de fechar uma década sem ganhar nada relevante, aguentar a epidemia da empafia impavido colosso e… não ter amigos pra ir no grenal

    jklaadklçklçklçaklçklç

  • 23. Carlos  |  21/10/2009 às 09:31

    Bah, fino. Vou pra Bento pro aniversário do meu irmão. Se ficasse ae, iria contigo, miguxo.

    açldkasçldkaskçdaskçdçkaskçaskçld

  • 24. Andreas  |  21/10/2009 às 09:34

    Melhor texto de todos os tempos.

  • 25. fino  |  21/10/2009 às 09:43

    tava lendo o que o tanque falou da tia chorona e fiquei pensando aqui: o homem que devolveu a dignidade aos gremistas atende pelo nome mano menezes

  • 26. Titi  |  21/10/2009 às 09:43

    #22

    Vamo la fino!

    Vamos comprar a superior amanha!

  • 27. Andreas  |  21/10/2009 às 09:46

    Mas aqui tem uma contradição:

    …logo nós, uns cães sarnentos que passamos três décadas coçando nossas feridas.

    Na verdade, passamos três décadas sendo felizes, segundo o raciocínio que dá sentido ao texto. As três décadas de marasmo copeiro foram, nesse caso, três décadas de glória abundante e os cães sarnentos eram Lassies.

    Antes dessas três décadas (que na verdade foram duas e meia – de 1979 a 2006), o Inter era uma potência futebolística. Digo: uma chatíssima potência futebolística. Dizem os mais velhos, que eu nasci em 1980, que o Inter entrava em campo só pra descobrir de quanto iria ganhar. Eu não teria suportado. Teria me tornado botafoguense de cara. Aliás, só não me tornei botafoguense, ainda, porque o Inter tem sido pródigo nesse novelesco e redentor que tanto invejamos em nossos colegas cariocas.

  • 28. Andreas  |  21/10/2009 às 09:48

    * sofrimento novelesco e redentor

  • 29. izabel.  |  21/10/2009 às 09:55

    SEN – SA – CIO – NAL, Suellen.

    “segurando no FALSETE um perene grito de CHUPA.”
    çajfçaljfçajfljafjafjajfajfçjasf

  • 30. guihoch  |  21/10/2009 às 10:06

    ele é zagueiro mas nesta loira partiu pra o ataque

  • 31. dante  |  21/10/2009 às 10:08

    andreas, há um PULO-DO-GATO nesse aparente paradoxo:

    se tu teve infância, sabe como FAZ MAL coçar feridas, mas também sabe como É BOM arrancar umas casquinhas do joelho.

    pense nisso.

  • 32. Yuri - no retreat no surrender  |  21/10/2009 às 10:09

    Inter e SPFW são os bastiões do futebol moderno no Brasil (frase que li em algum lugar, para dar o crédito ao lúcido que disse).

    Ainda bem que eu não tô aí.

    Meu clube monta times ruins periodicamente só para a torcida (e a fama dela) aumentar ainda mais, de propósito. A chinelagem é proposital.

  • 33. Gustavo  |  21/10/2009 às 10:09

    O Cecco vem com esses textinhos só pra dizer que o Inter não tem chance de ganhar o Grenal, depois metem 4×1.

    JÁ TE MANJEI!

    çflks

  • 34. Carlos  |  21/10/2009 às 10:12

    Dante, a propósito.

    Valeu o CD do NTVG.

    abraço!

    açsldksaçdaskçdçkaskldlksçadkçl

  • 35. Cassol  |  21/10/2009 às 10:14

    Livro nada, defendo a realização de um FILME.

    Sugestão de título: “Cecconello, o filho do Brasil”.

  • 36. Andreas  |  21/10/2009 às 10:15

    se tu teve infância, sabe como FAZ MAL coçar feridas, mas também sabe como É BOM arrancar umas casquinhas do joelho.

    Tu tens absoluta razão, Dante.

    Que o Inter tenha mais casquinhas no joelho.

  • 37. guihoch  |  21/10/2009 às 10:26

    não achei este um dos meus textos preferidos.

  • 38. dante  |  21/10/2009 às 10:29

    porra, carlos, DÁ UM JEITO que eu te passo essa encrenca.

    tentei subir no rapidshare mas não rolou, porque o arquivo zipado deu 111mb.

    TE VIRA. lkjsdfklsd

  • 39. Carlos  |  21/10/2009 às 10:30

    Me manda o link onde tu baixou, carajo!

    revirei essa bosta de internet, parece q não chegou no uruguai ainda.

  • 40. douglasceconello  |  21/10/2009 às 10:32

    Valeu, gurizada marota.

    Guihoch, me DESCULPA. iuhsdufdsa

    No mais, aconselho atleticanos e botafoguenses a aproveitarem um momento. Um dia vai que vocês GANHAM e daí tudo vai por água abaixo.

  • 41. fino  |  21/10/2009 às 10:32

    porra digo eu… pensei que o tanque JÁ ESTAVA COM O DISCO

    jklsdjklasfdaksfd

    tenta esse linque aí tanque

    http:// buenamusica-blog. blogspot.com /2008/07/no-te-va-gustar-slo-de-noche-1999.html

    http:// faixadesconhecida. blogspot.com/2009/08/no-te-va-gustar.html

  • 42. dante  |  21/10/2009 às 10:40

    esses aí do fino não são os do último.

    o último tá aqui:

    http://rapidshare.com/files/173136152/EL.CAM.rar

    de nada.

  • 43. Carlos  |  21/10/2009 às 10:40

    Fino herói.

    Mas não deu certo.

    Link quebrado…só me falta o ultimo “EL CAMINO MÁS LARGO” pra terminar minha coleçã.

  • 44. zobaran  |  21/10/2009 às 10:42

    “Cecconello, o filho de Francisco”,

    Parabéns pelo belíssimo texto. E não me venha com essa de secar o Botafogo, rogando-nos a praga das vitórias intercontinentais. Já estava pronto para oferecer-lhe o conforto das azulinas arquibancadas do Engenhão – que não tem relação nenhuma com o Grêmio, diga-se de passagem.

    Tentei escrever bonito e tenho certeza que fiz merda. Prometo melhorar, mas o meu time não.

  • 45. Francisco Luz  |  21/10/2009 às 10:46

    Porra, che. Tô tentando baixar esse tal de No te Va Gustar, mas o torrent morreu com 78,5% Perdi miseravelmente.

    Se esse link do Dante não funcionar, vou encomendar com o TIBUSCA de Canoas para me arranjar o disco, heh.

  • 46. Diogo  |  21/10/2009 às 10:48

    Essa humildade vai durar até [SE] o inter vencer o Grenal, depois começa a alucinação coletiva novamente.

  • 47. guihoch  |  21/10/2009 às 10:53

    ALTAMENTE FAKE O MAIL QUE ME MANDARAM DIZENDO QUE É O LOL.

    NINGUEM TRIA UM MAIL ASSIM:

    lol_impedido@hotmail.com

    SUPER FAN DO IMPEDIMENTO?

    SUPER FAKE DO IMPEDIMENTO?

    FBI MAIS PF TENTANDO ME ENGANAR?

    alguem viu meus remedios por aí?

  • 48. guihoch  |  21/10/2009 às 10:58

    baixe esta musica pela internet, facil demais, vai bombar no verão, mas não escutm duas vezes sguidas senão voces sairão do MATRIX.

    Dança do Quaquito
    Aline Barros
    Composição: BENO CÉSAR E SOLANGE DE CÉSAR

    Ele é artista
    Louva ao criador
    Ele está bombando
    Toca até tambor

    Um pato falante
    Saindo do ovinho
    Desengonçadinho
    Pra pular, pra correr
    Pronto para dançar

    Esse é a dança do quaquito
    Vem com esse andar de bambolê
    Eu na cintura ele no bico
    Quê quê rê quê quê

    Essa é a dança do quaquito
    Ele inventou o padedê
    Cisca de ladinho batendo as asas
    Quê quê rê quê quê

  • 49. Yuri - no retreat no surrender  |  21/10/2009 às 10:59

    VALEU, GUIHOCH!!!!!!!!!!!

    Lembrou-me de tomar meus remédios!!! É sério… tenho que tomar de manhã e já são quase meio-dia… obrigado!

    A loucura não é de mentira.

  • 50. Anônimo  |  21/10/2009 às 11:01

    baita texto, seu Douglas PORTAL Ceconello.

    ***

    não conheço esse No te va gustar, que tipo de som é?

    dica: MACACO, banda de Barcelona. além do nome colorado, som massa.

    ***

    mas é gostosa [nossa, adoro] essa mulher do Réver, heinhô? e reparem nas peitolas da Wanda Nara: parecem que vão até o joelho, coisa estranha.

    http://tiny.cc/4QgRE

  • 51. marlon  |  21/10/2009 às 11:02

    fui eu no #50. Firefox tá dando pau toda hora, sei lá qual é.

  • 52. catarina cristo  |  21/10/2009 às 11:04

    O paradoxo é PESADO (e o movimento é SEXY).

    parece absurdo (mas não é) ficar triste pq um dia ganhou tudo, o padrão foi lá pra cima e agora só faz diferença ganhar tudo de novo.

    Só não desdenhem dos campeonatos, não virem raposas-e-uvas, não é justo.

    Eu, por aqui, sequer VISLUMBRO no horizonte possibilidade de um dia me sentir assim. Torço – alegre – prum time se esfalfando na Série D (e sim, Thalles manga de mim).

    Mas juro que ficaricarei feliz se um dia acabasse “cecconeliando”, cobrando angustiada do Santa Cruz um outro título mundial. Angustiada-feliz.

  • 53. Diogo  |  21/10/2009 às 11:04

    50.

    Parece não, eles vão até o joelho. Do Maxi Lopez.

    Dizem que tem até um vídeo comprovando…

  • 54. marlon  |  21/10/2009 às 11:09

    hum, tem o famigerado video da MAMADA da Wanda [meio fraquinho, por sinal – “não rola nem um GAGGING”, segundo o dante hfsihapbsjlkd], mas não aparecem os UBRES.

  • 55. Francisco Luz  |  21/10/2009 às 11:18

    Gata a mina do VICTOR.

    CATA MUITO esse fdp.

  • 56. Rudi  |  21/10/2009 às 11:19

    sobre o link do marlon, Duda Kroeff tá bem heinho?

  • 57. guihoch  |  21/10/2009 às 11:30

    foto chico light

  • 58. guihoch  |  21/10/2009 às 11:34

    como a cousa esta parada por aqui vou agora subir um morro perigoso só para sentir a vida mais latente, é claro que não tenho nada para fazer no trabalho.fui, té mais tarde ou no ceu.

  • 60. rafael botafoguense  |  21/10/2009 às 11:44

    hahahah texto irado,sabia que teria comentários sobre o botafogo,time mais fodão que poucas pessoas compreendem a razão de ser,quando ganhamos o carioca eu continuei na mesma,nem parecia que era o primeiro titulo que via parece que me acostumei a amar o botafogo no dia-a-dia,não só nas vitórias,tá senti orgulho,mas eu também sinto quando rebato um fdp que vem de gracinha pra cima do meu time,sei lá não sei se entendem,aliás nem sei se os botafoguenses se entendem.

  • 61. Luís Felipe  |  21/10/2009 às 11:51

    eu resolvi me abster de comentar por um tempo para não ter que justificar o que escrevo para quem não faz o menor esforço para entender.

    só que eu não posso deixar de comentar esse texto e dizer: sensacional. Parabéns.

  • 62. Luís Felipe  |  21/10/2009 às 12:02

  • 63. Rudi  |  21/10/2009 às 12:06

    bah, rolou meio uma ilusão de ótica, pq um pedaço de pele (a esquerda da tirinha do vestido) é do BRAÇO dela… o que faz a peitola parecer MUITO maior do que já é (que não é pouco, sabemos)

  • 64. Anônimo  |  21/10/2009 às 12:24

    BAH! TEXTO FODA!

  • 65. Lucas Cavalheiro  |  21/10/2009 às 12:24

    ^
    ^
    ^

    Era eu…

  • 66. alisson  |  21/10/2009 às 12:33

    Relembrando os anos 90, Uh Fabiano fala sobre a substituição no grenal dos 5 a 2.

    — Ah, ele (Celso Roth) disse que queria fechar um pouco mais o time, administrar o resultado. Você nunca vai entender a cabeça de treinador, né… Eu queria ficar em campo para fazer mais gols — diverte-se Fabiano.

  • 67. dante  |  21/10/2009 às 12:53

    LF [#61]:

    “eu resolvi me abster de comentar por um tempo para não ter que justificar o que escrevo para quem não faz o menor esforço para entender”

    TALVEZ seja pra mim [em relação à POLÊMICA do texto sobre o andrade], mas mesmo que não SEJE, vale a pena dizer, com toda civilidade, o seguinte: o fato de não nos entenderem não significa que não tenham se esforçado. muitas vezes o problema é o EMISSOR, ou simplesmente a IDEIA.

    é a famosa [mentira] história do cara que ensinou o cachorro a falar:

    “au, au”, disse o cachorro.

    “ué, tu não tinha ensinado ele a falar?”, perguntou o amigo.

    “mas eu ensinei”, disse o dono do cão. “ele é que não aprendeu”.

    [sou um péssimo DRAMATURGO, percebam]

  • 68. Carlos  |  21/10/2009 às 12:55

    Fino, Arbo…

    AtenSSão.

    A coloradagi tá visivelmente nervosa com o clássico. Tão até brigando por bobagizinha…

    Se liguem…

  • 69. dante  |  21/10/2009 às 12:57

    baixou lá o CD, pangaré? asklçjdalsfuhlka

  • 70. Carlos  |  21/10/2009 às 12:59

    O link do fino tava quebrado.

    Manda ae, porra, qualé o link???????????????

    Não dá pra confiar em colorado nuncahoch.

  • 71. arbo  |  21/10/2009 às 13:15

    carlos, eles estão em transe. por um gol espírita do kardec.
    ns

  • 72. guihoch  |  21/10/2009 às 13:23

    devido ao auto numjero de elogius devo constatar que pelo fato de não estar entre os meus favoritos não tira o merito do mesmo de ser um bom texto.

    achei este texto muito querendo enganar a maldição do impedimento.

  • 73. Jader Anderson  |  21/10/2009 às 13:28

    OLHEM A GORDACHINHA DO SOUZA!!!!

    Agora tá explicado quem bebe ceva e vesta as calças na relação.

    SOUZA FIO TERRA HAEHEAHEAHAE

  • 74. fino  |  21/10/2009 às 13:34

    serra / titi

    mandem um contato aí email, telefone… qq coisa

  • 75. Rudi  |  21/10/2009 às 13:35

    Carlos, claro que estamos nervosos, TODO MUNDO sabe q vocês são os favoritos

  • 76. Jader Anderson  |  21/10/2009 às 13:38

    Eh, gremio favorito… bem capaz…

  • 77. Gerson Vascão  |  21/10/2009 às 13:45

    Botafoguense retardado

  • 78. Jader Anderson  |  21/10/2009 às 13:51

    Mas comentando o texto:

    Complemento com mais um raciocício paradoxal. Enquanto o grêmio ganhava tudo nos anos 90 eu me divertia e torcia meia boca… mas de certa forma sempre vi os colorados como mais “torcedores”, mais apaixonados e etc.

    Fui virar um gremista mesmo em 2005 quando o time estava no inferno e pensei “Bah, se essa não for a hora de torcer nunca mais será!”

    E concordo também que depois de 2006 os colorados perderam aquela característica de “trabalhadores humildes”, todo aquele papo de “diamantes” e talz foi ficando chato, e o gremio hoje está numa maré inversa.

    Meu medo eh que passemos 30 anos sem ganhar nada, daí eh foda…

  • 79. Carlos  |  21/10/2009 às 13:54

    Gremio favorito. Tão tudo louco.

    é vacina pra lá e pra cá.

    Na real, eu assinaria um empate amigo AGORA.

    Não vejo, sério, a minima possibilidade de ganhar com o time q está sendo cogitado…perea sozinho no ataque…douglas costa como homem surpresa…
    Bah, vai ser uma bosta de grenal.

  • 80. Prestes  |  21/10/2009 às 14:00

    O Inter nunca teve característica de “trabalhador humilde”.

    Na pior merda a gente idolatrava um ponteiro quando ninguém mais tinha ponteiro, que ainda por cima era uma cacheceiro chinelão.

    Essa fanforronice do futebol bonito nós sempre tivemos. Na época não dava pq só montávamos times horríveis. Diamantes é um termo novo, mas enfim, não foge às características do clube. Tanto que nos anos quarenta tínhamos o “Rolo Compressor”.

  • 81. Junior  |  21/10/2009 às 14:03

    Aproveitando o tema, eu lembro que no dia em que o Grêmio chegou de Medellin e desfilou no carro dos bombeiros, o Inter jogou à noite com o Bahia e teve um ótimo público para um dia tão amargo, 15 mil pessoas. O Leandro narigudo fez os gols da vitória do Inter e em um dos gols, ele comemorou batendo no lado esquerdo do peito. Foi a nossa salvação no colégio, dizíamos com orgulho (mentira) que o nosso centroavante era colorado de coração, não um cara que veio do Vasco, hjkjsdfgfdsfd.

  • 82. Tim Maia da Coréia  |  21/10/2009 às 14:05

    Lindo texto. Pqp!

    Saudades de ser o Clube do Povo… saudades da Coréia… Cachaça com Pepsi… portão no bus pra ir e pra voltar!

    Mazinho Loyola!!!

    Agora somos Campeões de Tudo. Que boiolice!

  • 83. Gus  |  21/10/2009 às 14:16

    Mas quando eh q o campeao de tudo ganhou a mercosul, conmebol, supercopa dos campeoes da libertadores, …???

  • 84. fino  |  21/10/2009 às 14:24

    não faz assim gus

    asfklçfklklasfd

  • 85. Franciel  |  21/10/2009 às 14:39

    Como bem disse a vedete de santo amaro na sua última canção que merece alguma nota: A tristeza é senhora.

  • 86. Andreas  |  21/10/2009 às 14:46

    Cara, a mulher do Réver tá grávida de quatro meses.

    QUATRO MESES.

    Como será que ela vai amamentar? Derivados de petróleo dão leite?

  • 87. Marimon  |  21/10/2009 às 14:49

    LIVRO DJÁ!!!!!!! (2).

  • 89. Fábio  |  21/10/2009 às 15:10

    Larga o Inter e vai torcer pro Criciúma…

  • 90. rafael botafoguense  |  21/10/2009 às 15:26

    vascaino mongolóide

  • 91. Titi  |  21/10/2009 às 15:46

    #74

    Fino,

    O serra nao vai mais, imprevistos! Mas eu vou, comprarei amanha.

    tiagocunha78 arroba hotmail ponto com

  • 92. Roger  |  21/10/2009 às 16:20

    Titi,
    Tbém tô a fim de chegar no aterro domingo.
    Surrupiei teu email ali em cima e vou entrar em contato.

  • 93. Eduardo  |  21/10/2009 às 16:29

    Por isso acredito que aqui em São Paulo nunca vai acontecer essa do SPFC passar a ter maior torcida por causa de EFICIENCIA PROFISSIONAL, se o o Corinthians por capricho do acaso tem uma história muito mais NOVELESCA, cheio de glórias e vexames

  • 94. Titi  |  21/10/2009 às 16:42

    Roger, Ok.

    To pensando em ir de superior. Por isso penso em ir comprar bem cedo pq sao poucas, se tiver.

    2.500/500 … resta saber quantas serao da direcao e quantas serao da torcida.

  • 95. Lol  |  21/10/2009 às 17:17

    Esse texto falou tudo que eu sempre falo, só que de maneira poética.

    Quando eu falo sou um anarquista, quando o douglas fala é um poeta.

    Tudo dem que ele é um colorado e eu um corneteiro, mas a idéia central é a mesma.

    E guihoch, vc achava que meu nome de batismo era Lol? Sabia que aquele teu papinho era um golpe, mas sou curioso mesmo.

    Já falei que acompanho esse blog desde 2005.

  • 96. Francisco Luz  |  21/10/2009 às 17:43

    Dante fdp, qual é a SENHA para baixar esse disco dos caras. Já tá tudo pronto aqui.

    Se essa banda não for boa, banam vcs todos.

  • 97. João Arruda  |  21/10/2009 às 18:09

    Genial

  • 98. branco  |  21/10/2009 às 18:25

    Pra mim, tão importante quanto ganhar é jogar bem. Por isso nunca gostei do Muricy e do Felipão, por exemplo. Essa história de passar o jogo inteiro se defendendo, achar um gol e ganhar de 1×0 não me serve. Por isso estou indignado com o Inter esse ano. A campanha tá sendo boa, mas assistir aos jogos é uma tortura.

  • 99. Ernesto  |  21/10/2009 às 19:15

    Confia Francesco Lux, essa banda é show de bola.

  • 100. Luís Felipe  |  21/10/2009 às 19:17

    #67

    não foi direcionado especialmente a ninguém, na real.

  • 101. vicente v.  |  21/10/2009 às 19:51

    bah, tava vendo as fotos do casamento…o mauro galvão tá entregue ao ABEL BRAGA ÉBRIO’S LIFESTYLE.

  • 102. matheus  |  21/10/2009 às 20:39

    MAS ESSA ESPOSINHA DO SOUZA NÃO DÁ EIN

    LASKDLAKLA

  • 103. Godo  |  21/10/2009 às 21:00

    Cecco WINS.

    (De novo)

  • 104. Gabriel  |  21/10/2009 às 23:59

    Que texto perfeito.
    Eu tenho uma teoria: o advento do orkut piorou sobremaneira a cornetagem. Muito espaço pra gte sem noção, comunidades pautando um jeito de ser torcedor q não tolera a derrota.
    Por isso o impedimento e especial mesmo. Pq fala sobre a vida ATRAVES do futebol.
    Sensacional o texto.

  • 105. Felipe (o canoense)  |  22/10/2009 às 00:08

    Inspiradíssimo!

  • 106. dante  |  22/10/2009 às 08:09

    carlos:

    não entendi qual link tu ainda quer. coloquei lá no #42:

    http://rapidshare.com/files/173136152/EL.CAM.rar

    chico light:

    como assim, senha? tu baixou o arquivo zipado e falta senha pra descompactar? tenta digitar isso aqui:

    http://soydelmonton.com

  • 107. bernardo (o filho do mito) ribeiro  |  23/10/2009 às 10:13

    que coisa linda…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: