Ode ao masoquismo

22/09/2009 at 12:12 43 comentários

De acordo com o decreto de nº 666, assinado ontem pela Besta Fera dos Pampas, este Sarneyzão/2009 está moralmente condenado. Nenhum dos líderes, garantiu o Endemoniado, tem o mínimo de dignidade para levantar o caneco.

Palavras da salvação.

Por isso, seu garçom, faça o favor de me trazer depressa uma boa cerva bem gelada e vamos falar de jangada, que é pau que bóia (NS, nenhum sentido, mas deixe a porra do acento, revisor).

Seguinte é este.

Se existisse puliça de respeito nestepaiz (alô, Lula) já era pra esta renca de sacanas, que alguns chamam de atletas profissionais, estar toda no xilindró respondendo por homicício doloso. Afinal, é inaceitável o que os boleiros estão fazendo hodiernamente (recebam, fariseus) contra o bom e velho pebolismo.

Aos desinformados, conto qual é o crime. Seguinte. 97,48% dos assassinos, digo, os jogadores, têm entrado em campo neste torneio nacional iguais àqueles cidadãos com 25 anos de casamento: apenas para cumprir a obrigação. Enquanto isso, o futebol romântico, com gosto de querosene e irreverência (seja lá o que isto signifique), tornou-se uma quimera encontrada somente nas excelentes crônicas do menino Thalles Gomes.

Atualmente, além das extintas raça e hombridade, faltam principalmente o brilho, a improvisação e deliciosa a irresponsabilidade.

Ou melhor, faltavam.

Tudo começar a mudar neste insosso campeonato e na história recente do Ludopédio de Pindorama no crepúsculo de agosto, exatamente no dia 30, a partir das 18h30.

Nesta data e horário, Vitória x Cruzeiro se enfrentavam no Manoel Barradas e, pela primeira vez, Sosthenes José dos Santos Salles começava uma partida como titular no Brasileirão. É fato que ele já havia jogado uns minutos em algumas outras, a exemplo do jogo contra o Goiás, quando entrou no finalzinho e guardou este gol de quem conhece. O fato, no entanto, é que a peleja contra a equipe celeste de Minas foi um divisor de águas. E utilizo esta batida expressão não apenas porque neste referido dia chovia de forma inconsequente nesta província baiana. Uso-a porque, apesar do temporal que caia em Soterópolis, o menino Sosthenes começou a tirar o futebol atual da lama, dando uma série de dribles desconcertantes nos zagueiros cruzeirenses e fazendo-nos lembrar dos craques moleques de antanho.

O show não parou aí. Na partida seguinte, Neto Berola, eis o apelido do santo, azucrinou a pomposa defesa do Grêmio, em pleno estádio Olímpico, e, logo na sequência, emendou um partidaço contra o então líder Palmeiras.

Mas, a prova final de que o atacante Rubro-Negro não estava pra brincadeira, ou melhor, que estava também para brincadeira, veio no último sábado, no jogo contra o Internacional – time que tem um elenco acima da capacidade de seu técnico.

Pois muito bem.

O ponteiro do relógio marcava exatamente 17 minutos e 29 segundos da etapa complementar quando o pirralho de Buerarema, que até dois anos antes ainda jogava no futebol amador, ficou diante do monstro sagrado da equipe colorada, sim, Guiñazu, aquele que nas horas vagas faz o papel de B.A no glorioso Esquadrão Classe A. Pois então. Parecendo que estava na frente de mais um zagueiro do campeonato intermunicipal, Neto Berola simplesmente, sem nenhum pudor, meteu a bola por entre as canetas do argentino.

Putaquepariu o Mercosul!

A partir de então, tudo se transformou. A partida, que até aquele momento era absolutamente parelha, tornou-se um suplício para o time Gaudério, que não agüentou ver seu principal ídolo ser humilhado por um sujeito recém-saído dos cueiros. E a verdade que salva e liberta, amigos ouvintes, é uma só: depois do drible fatal, a agremiação do Sul perdeu completamente o Norte (hoje eu tô foda) e entregou a rapadura.

Antes do apito final do juiz ladrão (desculpe-me mais uma vez a redundância), a menina Scarlett, que nunca me deixa quieto, questiona:

– Mas, Sêo Françuel, Neto Berola é realmente este craque todo?.

E, como sói, nunca deixo a loira sem resposta.

– Num é não, fia. É apenas um peladeiro que adora mostrar que os reis estão nus – o que não deixa de ser uma glória, talvez a maior, neste nosso campeonato de várzea bestamente profissionalizado.

Franciel Cruz

Anúncios

Entry filed under: Brasileiro, Clubes, Colunas.

Euforia em azul, vermelho e branco Vagner Mancini leva você a Montevidéu

43 Comentários Add your own

  • 1. douglasceconello  |  22/09/2009 às 12:26

    É preciso que eu revele que este texto MAROTO e cheio de GINGA foi enviado pelo Franciel às CINCO E QUARENTA E DOIS da manhã, hora em que apenas pessoas ABNEGADAS estão acordadas.

  • 2. Frank  |  22/09/2009 às 12:27

    Ótimo texto, e o Franciel está se superando cada vez mais!
    Carlos, alguém ouviu tuas preces… o “BOLUDO COM UM GUAXINIM NA CABEÇA” ganhou sua devida homenagem por aquele lance fantástico…

  • 3. rafael botafoguense  |  22/09/2009 às 12:28

    (ns) significa nenhum sentido,queria saber mas tinha vergonha de perguntar,valeu ai.

  • 4. Diogo  |  22/09/2009 às 12:35

    Bah, mas dorme tarde esse baiano.

  • 5. Rudi  |  22/09/2009 às 12:38

    por mais que eu admire o futebol do guinazu, ainda mais sendo colorado, “boludo com um guaxinim na cabeça” é boa demais…

  • 6. Guilherme  |  22/09/2009 às 12:53

    Genial.

    Eu só discordo do final. Esse tal de Berola é craque mesmo.

  • 7. douglasceconello  |  22/09/2009 às 12:55

    Então espera até ele começar a cair pelas BEROLA.

    iudsahfioasd

    PAREI.

  • 8. alisson  |  22/09/2009 às 13:02

    Ninguém com o nome de NETO BEROLA pode ser craque. Mas que o lance em questão foi foda, isso foi.

    Agora Françuel começa a massagear o ego de Thales Gomes, aí vem facada…

    ahsuahsuahsuahsuhasuhaushuas

  • 9. beretta  |  22/09/2009 às 13:24

    Então espera até ele começar a cair pelas BEROLA.

    O cara fica ligado no texto, dai quando pensa em comentar algo lê um troço desses.

    É demaaaaaaaisss (abs, Pedro Ernesto!)
    haeuhauehauehauehuoehaouehoehohe

  • 10. dante  |  22/09/2009 às 13:31

    “depois do drible fatal, a agremiação do Sul perdeu completamente o Norte (hoje eu tô foda) e entregou a rapadura.”

    dlfçksdlçfksd, gênio.

    pois é, não estou entendendo esse NAMORICO pra cima do thalles gomes – mas apoio o amor incondicional entre baianos da mesma espécie, desde que bem longe do meu quintal.

    e outra: cadê o link dessa jogada no youtube? todos sabem que, se não existe link, é mentira.

  • 11. Prestes  |  22/09/2009 às 13:34

    E diga-se que só este drible de Berola tirou a inspiração de Seo Françuel da caverna onde HIBERNAVA desde que o menino Thalles Gomes lhe desbancou como o maior cronista nordestino desde Manuel Bandeira.

  • 12. Prestes  |  22/09/2009 às 13:50

    Cronista ou CORNISTA??

  • 13. Carlos  |  22/09/2009 às 14:05

    Berola era uma bela loja em Pelotas que vendia quindim (Alô Milton Ribeiro).

    ” B.A no glorioso Esquadrão Classe A.” – Parei ali.

    Esse baiano é fudido…açlsdkçasçldçkalsdklaslkdçkçld

  • 14. Rudi  |  22/09/2009 às 14:10

    vasculhem nos comentários que há alguns decênios (não lembro o post) eu fiz essa associação do Guina com Mr. T

  • 15. rafael  |  22/09/2009 às 14:23

    É importante LEMBRAR e FRISAR que o menino Sósthenes não tem neto no nome, ou seja são DOIS APELIDOS. Neto porque seu avô também é um Sósthenes (ou Sósfênis, como diria um americano) e Berola porque este era o apelido de seu pai.

  • 16. arbo  |  22/09/2009 às 14:29

    “- Num é não, fia. É apenas um peladeiro que adora mostrar que os reis estão nus – o que não deixa de ser uma glória, talvez a maior, neste nosso campeonato de várzea bestamente profissionalizado.”

    mto bom, frança.
    e em terra de reis nus a plebe se diverte.
    jonas é meu pastor e nada me faltará.

  • 17. arbo  |  22/09/2009 às 14:35

    #15
    vejo claramente o futebol grego [alguém faz o favor de linkar “futebol de filósofos” do youtubi] com pitadas do tupiniquim no pebolismo netoberoliano.
    aproveitem e mandem o link com a janela, q eu perdi.

  • 18. João Paulo  |  22/09/2009 às 15:01

    Maravilha, Franciel!

  • 19. Yuri-the man, the legend  |  22/09/2009 às 15:01

    Belo texto.

  • 20. Godo  |  22/09/2009 às 15:30

    Texto fantástico.

    “o futebol romântico, com gosto de querosene e irreverência (seja lá o que isto signifique)” – MELHOR TRECHO.

  • 21. Jean Mello  |  22/09/2009 às 15:53

    Neto Berola é nome de vereador.

  • 22. Mateus Borba  |  22/09/2009 às 16:23

    INFELIZMENTE não achei o dito drible em Guiña, só achei outra bendita CANETA, por dois ângulos:

    http://atarde.com.br/fotos/index.jsf?id=1234311&foto=92978#7

    http://www.felipeoliveira.fot.br/portfolio/vitoria-2-x-0-internacional/30/49/

  • 23. Logan  |  22/09/2009 às 16:36

    # 17 Atendendo a pedidos:

    E vê se nesse vídeo não mostra a tabacada:

  • 24. Rudi  |  22/09/2009 às 16:53

    conversa no gtalk

    beretta: Nao, eu disse afude mesmo
    To so por dar uns tiros
    eu: ah é, TÁ NO TEU SANGUE

  • 25. Luciano do Vale  |  22/09/2009 às 16:54

    “Lá vem Neto Berola pelo costado da zaga…”

  • 26. dante  |  22/09/2009 às 17:00

    #18:

    “Neto Berola humilha Índio com drible por debaixo das pernas”

    legal.

    só que era o sandro.

  • 27. dante  |  22/09/2009 às 17:06

    não vi a tabacada.

  • 28. alisson  |  22/09/2009 às 17:09

    Foi só pra não perder o costume que chamaram de o Sandro de Índio…

  • 29. Mateus Borba  |  22/09/2009 às 17:20

    Fato, era Sandro, não Índio. E nesse vídeo não tem a tabacada.

  • 30. Franciel Chuck Norris Cruz  |  22/09/2009 às 17:45

    Obrigado pelo (i)merecidos elogios e aviso à praça. Tenho nada contra Thalles. O desafeto dele é Cassol.

  • 31. catarina cristo  |  22/09/2009 às 17:51

    A única vantagem desse campeonatinho fubango é render crônicas como essas.

    Valeu, franciel!

  • 32. Mateus  |  22/09/2009 às 20:15

    Agora que eu descobri que o Neto Beirola deu uma caneta no Sandro E no Guinazu, virou meu idolo!
    ahwawhhw

  • 33. Bruno Lorenz  |  22/09/2009 às 21:12

    Vai começar River x Vitória, vou acompanhar o primeiro tempo pelo Roja Directa

  • 34. rafael botafoguense  |  22/09/2009 às 21:22

    odeio qualquer tipo de river,bamo bitória.

  • 35. Anônimo  |  22/09/2009 às 21:23

    1 x 0 River

    Umbora Tritória. sjklgsal

  • 36. Camilo  |  22/09/2009 às 21:58

    Muito bom o texto, mas nessa data de 30 de Agosto, Rentería já era do Galo – HOUVE UM PRECURSOR

  • 37. Carlos  |  22/09/2009 às 23:19

    Que chapuletada, heinhô Françuel????

  • 38. Vitor Hugo  |  23/09/2009 às 01:21

    Quem nunca comeu, se lambuza.
    Festejem o Neto Berola enquanto rumamos e ruminamos de modo pastoril ao título, apesar dos pesares.
    Minha única dúvida no momento é: qual destes dois clubes é o maior, Grêmio ou Vitória?

  • 39. almilano  |  23/09/2009 às 01:44

    Esse Franciel é uma figura hahahahahaha tava inspirado!!!!

    O Inter jogou fora o título de vez, infelizmente essa é a real. É brigar pela Libertadores e rezar pro Adriano não meter dois aqui domingo.

    Depois da bucha dele domingo passado vai ser foda de “segurar a criança” aqui…

  • 40. almilano  |  23/09/2009 às 01:51

    E ô, voltou ao normal o blog. Vírus???

  • 41. Paulo  |  23/09/2009 às 08:40

    Pô Franciel, o ato falho do título foi premonição?

  • 42. Paulo  |  23/09/2009 às 08:43

    Não quero Berola no meu baba, não. Partida de 90 minutos ou cinco gols. O de fora é meu

  • 43. arbo  |  23/09/2009 às 09:05

    valeu, logan ·23!
    o treino secreto do bahia foi mto bom
    e o cara filma O JOGO INTEIRO do vitòria, bah, afude

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: