Um campeão de fino trato – parte II

04/09/2009 at 07:00 37 comentários

Crédito: Arquivo Pessoal

[Clique aqui para ler a primeira parte da reportagem]

Num fim de tarde, Fábio Koff chega ao sítio de Rudi Armin Petry em Viamão. Ia começar o ano de 1983. O bicampeonato brasileiro escapara dentro do Olímpico.

– Preciso de ti.

– Não, não tenho condições de aceitar.

Corre a noite. Koff não convence o presidente do hexa a voltar para o vestiário gremista. “Depois me deu um remorso, pensei: gosto do Grêmio, tenho tempo, posso ajudar”.

Na manhã seguinte vai ao Olímpico.

– Fábio, eu aceito a direção de futebol, mas não total. Tu tens que me dar um vice-presidente ou um diretor porque sozinho eu não agüento mais.

Alberto Galia foi o escolhido para ser vice de futebol com Petry como diretor. “Eu inventei o Mazarópi, fui buscar no Rio. O treinador era o Espinosa, ele inventou o Mário Sérgio. O Caju se ofereceu para treinar no Grêmio e o Espinosa começou a gostar. Osvaldinho, buscamos em Campinas. Mantivemos o time de 82 e ganhamos a Libertadores e depois o Mundial”.

Crédito: blog gremio1983.blogspot.com
Gremistas em chamas em Tóquio: Petry é o de boina à esquerda

Em um intervalo de duas décadas, o dirigente havia sido figura importante por trás dos dois maiores esquadrões montados pelo Grêmio até então. Mas o ano seguinte ainda assim seria um dos mais difíceis de trabalhar.

“Precisa se entender o que é tratar de um plantel ganhador de um Mundial. Os jogadores ficam valorizados, tu tens que honrar o jogador, tens que endeusar. Foi um ano ruim pra mim”, explica. Contudo, o Tricolor ainda foi vice-campeão da Libertadores. “Perdemos num partidaço aqui no Olímpico, para o Independiente”.

Depois daquele ano, seguiu acompanhando o clube, mas sem assumir cargos no futebol. Entretanto, a experiência e a trajetória vitoriosa fizeram com que algumas vezes dirigentes lhe solicitassem ajuda. Uma dessas ocasiões foi no final de 97, quando o Grêmio corria risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

– Tu tens que dar uma mão no futebol, estamos muito mal – disse o presidente Cacalo.

– Tá, eu assumo, Cacalo. Vou meter a cara. Um mês, se perder não posso fazer nada. Eu não tenho vaidade, eu quero é bem do Grêmio.

E o Grêmio se escapou na última rodada, em uma partida contra o Fluminense. No meio de 98, Cacalo tirou Petry do sossego das praias de Guarapari, no Espírito Santo. Com Celso Roth, o clube saiu de situação calamitosa e conseguiu campanha honrosa no Brasileiro daquele ano.

zh-petry
Matéria do jornal Zero Hora.

E por que tantos presidentes tricolores se socorriam do velho dirigente? “Fui diretor de futebol do Pedro Pereira, Renato Souza, Mário Antunes da Cunha, Flávio Obino, Cacalo, Guerreiro, Fábio e normalmente era um ganhador, um tipo apaziguador como me chamavam”.

Petry soube usar como poucos a relação direta com os jogadores para fortalecer as equipes das quais foi diretor de futebol. As técnicas para um bom administrador se baseiam na seriedade. “Nunca mentindo para um atleta, nunca prometendo o impossível, sempre na linha. Tu mentiu uma vez para um jogador, tu está morto”.

Para evitar os rachas no grupo de jogadores o dirigente usava alguns elementos-chave. “Na minha última passagem, o Roger era um sujeito extraordinário. Levamos oito juniores para cima e ele era o padrinho deles”, conta. Mas ressalta que jamais incentivou as panelinhas, nem deu tratamento diferenciado. “Nunca um atleta foi jantar na minha casa. Sempre tratei igualmente todos eles”.

Esta última passagem pelo futebol do Grêmio foi no ano de 2002, com José Alberto Guerreiro na presidência e Tite como treinador. De lá pra cá, Petry segue acompanhando um clube, embora já afastado do Olímpico. Não tem assistido as últimas partidas, porque está em Porto Alegre. Assim que passar o inverno vai para Capão da Canoa onde tem televisão à cabo e aí ficará mais atento aos jogos do Tricolor.

E o que levou alguém a dedicar tanto tempo de sua vida a um clube de futebol? “Isso eu não sei te explicar”.

Felipe Prestes

Anúncios

Entry filed under: Clubes, Contribuições.

ImpedFest relâmpago em honra a Franciel Cruz Memórias de um cara lá

37 Comentários Add your own

  • 1. Francisco Luz  |  04/09/2009 às 08:05

    Bela reportagem, NinoP.

    E bah, RENAULT GORDINI III propagandeado no Olímpico. Bala.

  • 2. Carlos  |  04/09/2009 às 08:26

    Bah, Prestes. PARABÉNS A FU. Tu dá pra repórter (çalsdklaskdklaslçk)…

    Falando sério, ótima matéria MESMO.

    E esse é um gremista que enche o cara de orgulho.

  • 3. Milton Ribeiro  |  04/09/2009 às 08:35

    Como sou velho posso dizer que Petry era assombrosamente gentil e competente. Chegava a dar raiva não ter um assim no Inter.

  • 5. Milton Ribeiro  |  04/09/2009 às 08:39

    O trabalho do Prestes? Sensacional. É que a gente está tão acostumado às boas coisas daqui que até esquece de elogiar!

  • 6. Fernando Cesarotti  |  04/09/2009 às 09:14

    Grande Prestes, excelente matéria. Vale cachê (rs).

  • 7. Lucas Cavalheiro  |  04/09/2009 às 09:15

    Muito bom, seu Prestes!

  • 8. fino  |  04/09/2009 às 10:00

    afude prestes!!

  • 9. marlon  |  04/09/2009 às 10:05

    baita texto, seu Prestes.

    ***

    mas chê, certeza que o sobrenome do Franciel não é FAGUNDES?

    aksdfbjskjfd

  • 10. Carlos  |  04/09/2009 às 10:12

    Nã. Pensando bem, achei esse texto e todos os teus uma merda.

    açsldksaçdlaskçldakçsdçk

    (pra tu continuar humilde e pé no chão)

  • 11. marlon  |  04/09/2009 às 10:15

    qué mierda que não poderei estar no Parangolé [cruzar o Atlântico NU e de sunga vermelha leva um certo tempo] pra tomar umas heinekens e enaltecer o SAMBARILOVI impedimentístico.

    a lo mejor en OCTUBRE. desfrutenlo y pra dentro delesshhhhh [ns]

  • 12. marlon  |  04/09/2009 às 10:16

    Dios.

    dIfrutenlo

  • 13. Prestes  |  04/09/2009 às 10:16

    Valeu gurizada!!!

  • 14. marlon  |  04/09/2009 às 10:16

    perdi.

    disfrutenlo.

  • 15. Prestes  |  04/09/2009 às 10:18

    Reparem que naquela foto do Mundial – extraída do blog do AK, que talvez seja a pessoa com mais material sobre a conquista do mundial do Grêmio – aquele lunático beijando a taça é o Paulo “velhinha de Taubaté” Santana.

  • 16. marlon  |  04/09/2009 às 10:21

    sim, eu lembro do sant’ana totalmente em chamas, distribuindo beijo em todo mundo.

    PEOR noite da minha vida.

  • 17. André K.  |  04/09/2009 às 10:36

    Muito bom Prestes.

    Na primeira foto ele parece um Henry Kissinger do bem

    seu Petry em Toquio:

    e na Libertadores:
    http://bp0.blogger.com/_tX4OHogPG3o/R-3PjQ5gQfI/AAAAAAAAB-c/ppLuTODFg-c/s1600-h/koff_ta%C3%A7a.bmp

  • 18. Milton Ribeiro  |  04/09/2009 às 10:40

    É mesmo. Ele parece o Kissinger.

  • 19. Prestes  |  04/09/2009 às 10:45

    Ceconello já tem candidato para 2010:

    http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Internacional/0,,MUL1291936-9869,00-CLEMER+PARA+DEPUTADO+GOLEIRO+DO+INTER+DEVE+TROCAR+FUTEBOL+PELA+POLITICA+EM.html

  • 20. Daniel Cassol  |  04/09/2009 às 10:46

    Qual vai ser o próximo personagem, Prestes?

  • 21. Prestes  |  04/09/2009 às 10:56

    Alguém dos primórdios do Internacional.

  • 22. Daniel Cassol  |  04/09/2009 às 10:58

    Massa, fazia tempo que eu queria ler uma entrevista com os irmãos Poppe.

  • 23. Rudi  |  04/09/2009 às 10:58

    #20,21,22

    melhor sequencia de comentários da história… huahuahua

  • 24. Prestes  |  04/09/2009 às 11:01

    Vai ser quase isso, Cassol!

  • 25. Lexx steele  |  04/09/2009 às 11:02

    sarah varone….

  • 26. Jean Mello  |  04/09/2009 às 11:03

    Direção de futebol vitoriosa tem que ter um “poderoso chefão”.
    Don Rudi Petry.

  • 27. Yuri  |  04/09/2009 às 11:19

    #26:

    Concordo plenamente. Tem que ter alguém que seja SUPREMO no negócio para dar certo… gosto de Pinto da Costa no comando do FCPorto. Esse é fera. No Brasil não há exemplos.

  • 28. Daniel Cassol  |  04/09/2009 às 11:27

    PRESTES MERCENÁRIO!

    Do blog Carta na Manga:
    Por isso mesmo, o repórter Felipe Prestes assumirá os trabalhos principais por aqui até meu retorno. Garantia de qualidade e de que o Carta na Manga não permanecerá inativo no fim-de-semana.
    http://cartanamanga.blogspot.com/2009/09/feriadao.html

    Tão pagando mais lá?

  • 29. Lucas Cavalheiro  |  04/09/2009 às 11:38

    …gosto de Pinto da Costa …

    Sem comentários.

  • 30. marlon  |  04/09/2009 às 11:44

    Lucas Caballero foi mais rápido.

    emulei o botafogo e perdi.

  • 31. Yuri  |  04/09/2009 às 11:50

    Adorava ele no teu clube, não?

  • 32. Luís Felipe  |  04/09/2009 às 12:56

    sensacional, o avô do Guilherme.

    Felipe Prestes = Milton Neves com CARÁTER.

  • 33. Prestes  |  04/09/2009 às 13:39

    Fonseca pagou 18 nilhões de RUPIAS pelo meu passe.

  • 34. gfpetry  |  04/09/2009 às 14:03

    grande prestes!
    parabéns pela matéria, galo!

  • 35. Diogo  |  04/09/2009 às 16:45

    28.

    Os caras nem colocam o nome do Felipe Prestes no QUEM? e querem cobrar lealdade, ldsfhsdfhçasld?

    Aliás, podiam colocar alguns dados no perfil de cada um. Sugiro o autor do comentário 17 para redigir…

  • 36. PAULO  |  07/09/2009 às 14:46

    BELEZA DE MATÉRIA, PARABÉNS!!!!!!!!!!!!!

  • 37. Vicente Fonseca  |  07/09/2009 às 20:54

    Calma, gurizada. Prestes atuará em duas frentes. Os termos do contrato permitem seu excelente trabalho aqui também.

    Não atravesso negociações, hehehehe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Tradição será interrompida abruptamente ano que vem porque na Série C os grupos são regionalizados e, se o Santa ca… twitter.com/i/web/status/9… 7 hours ago
  • Santa Cruz criando uma tradição anual de golear um time gaúcho depois de ser rebaixado. Ano passado, 5x1 no Grêmio. Agora, 5x1 no Juventude. 7 hours ago
  • @Kiromba No caso, o Ipatinga era o lanterna e foi o primeiro rebaixado. 1 day ago
  • @Kiromba 2008. Naquele ano, o Ipatinga só confirmou matematicamente a queda na 37ª rodada. 1 day ago
  • Vence o Avaí e a disputa mais quente contra o Z4 agora tem quatro times COLADOS na luta por um lugar fora do buraco… twitter.com/i/web/status/9… 1 day ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: