Memórias de um cara lá

04/09/2009 at 12:15 73 comentários

“Sou ex-jogador de futebol afastado dos gramados por ter sido pego sete vezes seguidas no exame antidoping. Fazer o que, sou nordestino e sempre tive uma queda por farinha.”

Assim começa o contundente relato daquele que foi conhecido por um nome bastante famoso no tempo que era muito badalado. Cobrador de ônibus, ostenta nove anéis em cada uma das mãos. “Um pra cada gol de mão que fiz”, revela entre um troco e outro. Confira abaixo a íntegra da entrevista explosiva deste artilheiro cujo nome será preservado para evitar futuras indenizações por danos morais contra o Conselho Editorial do Impedimento – e porque no calor das bombásticas revelações, esqueci de perguntar seu nome.

Impedimento: Esse ônibus passa no Derby?

Um Cara Lá: Passa.

I: Quanto é?

UCL: Um e oitenta e cinco.

I: E aumentou foi? Não era um e setenta e cinco?

UCL: Aumentou desde o início do ano. Agora é um e oitenta e cinco.

I: Então peraí que eu tava com as moedas contadas… Tá aqui ó.

UCL: Falta cinco centavos.

I:

Nesse momento pego uma nota de dois reais que estava servindo de marcador de página do livro “Eu e o Futebol” do Almir Pernambuquinho.

Impedimento: Então toma esses dois e me dá as moedas.

Um Cara Lá: Esse é o livro do Pernambuquinho?

I: É sim, você conhece?

UCL: Conheço a história dele.

I: Então você já leu esse livro?

UCL: Não, mas tive um técnico que conheceu o Almir e falava dele.

I: Treinador? Você joga futebol?

UCL: Sou ex-jogador de futebol.

I: Sério?

UCL: Sim. Fui afastado dos gramados por ter sido pego sete vezes seguidas no exame antidoping. Fazer o que, sou nordestino e sempre tive uma queda por farinha.

I: Sete vezes?

UCL: Me chamavam de Farofeiro.

I: Realmente… E como foi que você começou?

UCL: Eu comecei macaco velho já. Com vinte e cinco anos. Nunca joguei em time grande. Só em time do interior. Era mais fácil e a viadagem não rolava solta.

I: Como assim? Tá querendo dizer que em time grande rola muita viadagem?

UCL: Ah, se não… Eu nunca precisei, mas conheço muito jogador novinho que teve que traçar treinador, empresário, dirigente e até presidente pra ter uma chance no time. Meu primeiro treinador mesmo deve ter ensinado galinha a dar o cu de tão viado que era. Um dia ele veio se engraçar pro meu lado no vestiário, passando a mão na minha perna e dizendo que admirava minha virilidade em campo. Levou um safanão nas venta. Comi um puta banco, mas não comi o puto.

I: E tu ganhava muito?

UCL: Meu maior salário foi mil e quinhentos. Pode parecer pouco, mas pra quem já tinha sido bombeiro de posto de gasolina e ganhava cem conto por mês, era a glória. Tinha meu gol quadrado 87, roda aro 16, rebaixado e com vidro fumê. Coisa linda. O pessoal chamava de marmita, pois quem entrava era comida. Até bala levou quando tive que sair fugido daquela cidade em Goiás, depois que o dirigente do time, que também era promotor, descobriu que eu tava traçando sua filha de treze anos. O que eu podia fazer se ela me jurava de pé junto que já tinha quinze? Fazia coisas incríveis a Rosineide quando a gente se encontrava escondido depois da sua aula de ginástica olímpica.

I: Tu deve ter pego umas trocentas mulheres!

UCL: Não vou menti, peguei pra caralho! Agora a minha maior tara nunca realizei.

I: Já sei, comer uma mulher no meio do gramado! Eu também tenho mó tara nisso…

UCL: Isso eu já fiz.

I: Puta! Invejei…

UCL: Agora, o que eu sempre sonhei foi comer uma bandeirinha. O mais perto que cheguei foi ver uma se trocando no vestiário. Bati uma três punheta seguida e tive que sair aos quinze do primeiro tempo, com câimbra até na unha do dedão do pé.

I: Sei… e ficou no vestiário até o final do jogo pra bizoiar a bandeirinha tomando banho.

UCL: Pior que não. Vacilei.

I: E diz uma coisa, o que você acha dessa onda de violência nos estádios? No teu tempo era assim?

UCL: Voadora no meio da coluna do vivente era minha especialidade. Já comecei muita confusão dentro de campo. Batia e corria, porque herói é o cara que não teve tempo de correr.

I: E religião, tu era do Atletas de Cristo ou coisa parecida?

UCL: Não! Os crentes acabaram com o futebol! Puta chatice esse negócio de Jesus pra cá, Nosso Senhor pra lá. Não pode fumar, não pode beber, não pode trepar. Vai jogar voleibol então! Enquanto o pessoal rezava o Pai Nosso no vestiário, eu cheirava minha carreirinha pra entrar em campo ‘abençoado’.

I: E você ainda tem algum contato com o mundo do futebol?

UCL: Eu tô começando a empresariar uns muleques aí. Não tem ninguém especial, mas minha esperança é vender algum deles prum desses times que eu nunca ouvi falar da Europa e levantar uma grana. E nem me venha com essa cara de fedor não, que ninguém é santo nesse meio. Futebol é assim. Um comendo o outro. E eu não quero acabar minha vida como cobrador de ônibus. Se eu não me aproveitar, têm outros que aproveitam.

Minha parada chegou e antes de descer, perguntei:

Impedimento: Tu já ouviu falar num site sobre futebol chamado Impedimento?

Um Cara Lá: Não.

Thalles Gomes

Anúncios

Entry filed under: Contribuições.

Um campeão de fino trato – parte II O flagelo de Dios

73 Comentários Add your own

  • 1. Juca  |  04/09/2009 às 12:52

    Mestre! Foi difícil chegar ao fim sem CHORAR SOLITÁRIO.
    Parabéns Thalles. Me consegue um gole do que tu toma antes de escrever?

  • 2. Lucas Cavalheiro  |  04/09/2009 às 12:56

    O pior de tudo é que eu não sei se é ficção ou realidade.

    Ou melhor: o melhor de tudo.

  • 3. arbo  |  04/09/2009 às 13:01

  • 4. Leo Garcia  |  04/09/2009 às 13:03

    Muito bom mesmo.
    Sugiro que corte o primeiro parágrafo para não estragar nenhuma surpresa deste nobre relato.

  • 5. Gabriel R.  |  04/09/2009 às 13:05

    Muito bom!

    #2

    Pensei a mesma coisa.

  • 6. Álisson  |  04/09/2009 às 13:05

    SENSACIONAL

    SEM MAIS PALAVRAS.

  • 7. mardruck  |  04/09/2009 às 13:12

    Genial.

  • 8. Luís Felipe  |  04/09/2009 às 13:24

    “Tinha meu gol quadrado 87, roda aro 16, rebaixado e com vidro fumê. Coisa linda. O pessoal chamava de marmita, pois quem entrava era comida.”

    deve ser velha, mas não conhecia.

    editorial do impedimento.

  • 9. dante  |  04/09/2009 às 13:26

    bá [2]

  • 10. Francisco Luz  |  04/09/2009 às 13:44

    Lindo texto, mesmo. E essa da marmita é nova.

    Qual é a desse Klein?

  • 11. Prestes  |  04/09/2009 às 13:46

    MAIOR ENTREVISTADOR!

  • 12. beretta  |  04/09/2009 às 13:46

    PELOAMORDEDEUS!!

    Excelente post!!! Ta louco, Thalles MESTRE!!
    Gênio!!

    Sei lá, tomanocu e me consegue DOIS KILOS dessa erva!!

  • 13. arbo  |  04/09/2009 às 13:49

    bá, o dante vê a mãe ao meio dia
    INVEJA

  • 14. marlon  |  04/09/2009 às 13:54

    *acho que é

  • 15. Lucas Cavalheiro  |  04/09/2009 às 13:56

    Sabia que me lembrava desse nome. Rendeu até prêmio Esso

    http://www.jornalja.com.br/2004/12/20/a-tragedia-de-felipe-klein/

  • 16. dante  |  04/09/2009 às 13:57

    arbo: a mãe e a namorada.

    gracias.

    ***

    sobre o OK [pior ABREVIATURA], acho que ele tá lançando um livro sobre como se livrou do alcoolismo e etc.

    aguardo ansiosamente um livro sobre como ele se livrou da CADEIA. kljlskhdfashfk

  • 17. arbo  |  04/09/2009 às 14:02

    doS

  • 18. col  |  04/09/2009 às 14:08

    Rapidamente soh pra dizer que as melhores atuacoes de 2009 do Inter foram SEM O ANDREZINHO.

    hauahuahauha

  • 19. Rudi  |  04/09/2009 às 14:18

    claro
    o cara bebado e principalmente pessoa pública ao ver a merda pensa em se livrar de qualquer jeito
    mas nada justifica

  • 20. Prestes  |  04/09/2009 às 14:21

    o uso de drogas jamais pode ser atenuante de um crime.

  • 21. Rudi  |  04/09/2009 às 14:21

    acabamos de perder o campeonato brasileiro

    http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Futebol/Brasileirao/Serie_A/0,,MUL1292833-9827,00.html

  • 22. Prestes  |  04/09/2009 às 14:38

    “Mas, enfim, não emporcalhemos o texto djenial do Thalles.”

    Acho que é por aí.

  • 23. Anônimo  |  04/09/2009 às 14:40

    BloGreNal de cara nova:

    http://mundoesportivo-classicos-grenal.blogspot.com/

    Sanchotene

  • 24. rafael botafoguense  |  04/09/2009 às 14:42

    moral da historia:

    impedimentistas>>>>>>>>>>>>>>>qualquer pessoa da sociedade

    EH NOIS!

  • 25. arbo  |  04/09/2009 às 14:43

    impressão minha ou é o TERCEIRO texto do thalles envolvendo ônibus?
    impedcorp, favor dar aumento em VALE TRANSPORTE. sempre sai coisa sensacional qdo o cara sobe num bus.

  • 26. Rudi  |  04/09/2009 às 14:47

    #36

    concordo, o foda é q todos os textos são geniais a ponto de não podermos emporcalhar… fica foda escolher um lugar pra falar de adjacências… hehehe

  • 27. Suzana  |  04/09/2009 às 15:00

    Bah, baita texto.

  • 28. vicente  |  04/09/2009 às 15:10

    bah, muito bom.
    mas ainda espero uma entrevista que o fino faça uma entrevista gutural com HÉBER UGA BUGA.

  • 29. dante  |  04/09/2009 às 15:11

    “Mas, enfim, não emporcalhemos o texto djenial do Thalles.” [3]

    exato, lamento ter dado REPERCUSSÃO à história desse sujeito [o OK].

    culpa do carlos, todos sabem. aslkjaskfu

    texto genial, precisa dizer? precisa: texto genial.

  • 30. cassiano  |  04/09/2009 às 15:19

    “….Fazia coisas incríveis a Rosineide quando a gente se encontrava escondido depois da sua aula de ginástica olímpica….”

    heheheheheheheheheheheh

  • 31. vicente  |  04/09/2009 às 15:21

    OPS, “ainda espero que o fino faça uma entrevista…”

    preciso parar de beber no trabalho.

  • 32. Rudi  |  04/09/2009 às 15:24

    “….Fazia coisas incríveis a Rosineide quando a gente se encontrava escondido depois da sua aula de ginástica olímpica….”

    isso foi uma homenagem ao Carlos?

  • 33. thalles gomes  |  04/09/2009 às 15:25

    quando enviei o texto para o conselho editorial do impedimento, recebi como resposta a indagação:

    – aconteceu mesmo este diálogo?

    “importa saber se o diálogo aconteceu?” respondi enigmaticamente, querendo pagar de misterioso.

    – importa pra mim que sou um CARTESIANO (por aí vocês tiram quem era o indagador). se for de verdade, publico durante a semana. se for ficção, no sábado.

    “então deixa meus textos pro sábado”, respondi contrariado, como a dizer “então fudeu, porque eu não sei mais o que é verdade ou ficção…”

    – fica pra sexta à tarde, então, dia da putaria.

    cá estou, sexta à tarde. gostei daqui, ambiente familiar. vou ficar.

    adoro putas.

  • 34. rafael botafoguense  |  04/09/2009 às 15:30

    hahahhq porra de dialogo aahhahahaha.

  • 35. dante  |  04/09/2009 às 15:32

    cassol = descartes

    ceconello = mussum [ns]

    franciel = LUIZ CALDAS [pronto, falei]

    LF = lenny kravitz

    sdfçlksdf

  • 36. dante  |  04/09/2009 às 15:37

    achei uma FOTO do rené descartes, pior que parece mesmo com o cassol:

    [mentira]

  • 37. Junior  |  04/09/2009 às 15:39

    Sobre a imprensa bovina, é “curioso” que essa parte do processo que o MP moveu contra a Yeda e os asseclas não tenha sido repercutida:

    Na denúncia que encaminhou à Justiça Federal, o Ministério Público Federal apontou (na página 56) a existência de um braço midiático da fraude:

    “Os denunciados integrantes da quadrilha não descuidavam da imagem dos grupos familiares e empresariais, bem assim da vinculação com a imprensa. O grupo investia não apenas na imagem de seus integrantes, mas também na própria formação de uma opinião pública favorável aos seus interesses, ou seja, aos projetos que objetivavam desenvolver. A busca de proximidade com jornais estaduais, aportes financeiros destinados a controlar jornais de interesse regional, freqüentes contratações de agências de publicidade e mesmo a formação de empresas destinadas à publicidade são comportamentos periféricos adotados pela quadrilha para enuviar a opinião pública, dificultar o controle social e lhes conferir aparente imagem de lisura e idoneidade”.

    Outra coisa, a imprensa bovina é unânime em criticar a família Sarney pela censura ao Estadão, mas eu não li nada sobre a censura que a família Rigotto pratica contra o Jornal Já. Descobri essa história ontem, lendo esse blog:
    http://bovinenses.blog.de/

    Thalles, mais uma vez o teu texto é ótimo. Desculpe por “emporcalhar” com essesassuntos, como escreveram antes, mas não dá para permitir que a sujeira fique sempre escondida debaixo do tapete.

  • 38. Alexsander  |  04/09/2009 às 16:03

    “Fazia coisas incríveis a Rosineide quando a gente se encontrava escondido depois da sua aula de ginástica olímpica.”

    Aqui eu tive certeza de que o texto era ficção. Ginastas boas de cama são lenda – posso dizer com conhecimento de causa.

  • 39. dante  |  04/09/2009 às 16:14

    mazá, comedor!

    huaaaaaaaaaaaaaaaaaaklçksafçaskfasf

  • 40. Lucas Cavalheiro  |  04/09/2009 às 16:19

    O cara fica dando gaitada na frente do PC e todo mundo olhando..

    a vida é foda.

  • 41. rafael botafoguense  |  04/09/2009 às 16:23

    porra carlos, so faz merda hein?

  • 42. Diogo  |  04/09/2009 às 16:35

    Podia jurar que é verdade essa história, não fosse pela ginástica olímpica. Porra o cara traçava uma Daiane dos Santos com treze anos, CERTAMENTE com corpo de 8, e que jurava que tinha 15.

    Kkçlhfpoewihrçk.

    No mais:

    Talhes Gomes >>>>>>>>>>Taxitramas.
    Sandro Sotilli >>>>>>>>>>> UCL.

  • 43. Anônimo  |  04/09/2009 às 16:42

    “Aliás, doS: o pessoal do Sala de Redação não vale uma propaganda de Barita Composta. Pior programa, síntese do bovinismo.”

    Luz, há coisa pior. O Pretinho Básico. Até porque tem o “acréscimo” do David Coimbra.

  • 44. catarina cristo  |  04/09/2009 às 16:42

    da várzea pro derby deu pra conversar isso tudinho?

    CDU-CAXANGÁ-BOA VIAGEM feelings

    🙂

  • 45. catarina cristo  |  04/09/2009 às 16:46

    que emoticonzinho patetico esse, hein?

    fiquei com cara de besta.

    Já não se pode nem sorrir nos comentários (:

  • 46. dante  |  04/09/2009 às 16:48

    tu pelo menos é mulher, catarina.

    imagina quando nós, MARMANJOS, publicamos comentários com esse ICON GAY aí.

    é de amargar.

    😦

    ops.

    dlsçksdflçkglçsdfkg

  • 47. Carlos  |  04/09/2009 às 17:07

    Bah. Pretinho Básico.

    Sintese da falência multipla de órgãos, de cerébros, da raça humana.

    Dia desses tava comprando um presente pro meu sobrinho de 2 anos…anviersário e tal.
    Tava lá dentro o Mano Changes (grande presença!!! ns)…cara…a mulher do cara é tão boa, mas tão boa, q eu quase esqueci o pacote em cima do balcão. PQP. Pior q o cara tá com uma pança muito maior q a minha. Vai ver por isso q ela se apaixonou pelo cara. açlkdçsakldskçaldkçlsakçdl

  • 48. dante  |  04/09/2009 às 17:18

    li numa revista de MODA [não me critiquem, eu leio de tudo, até os TEXTOS da playboy] que PANÇA vai ser FASHION no verão.

    carlos arrasará.

    dona denise que se cuide.

    fslflçld

  • 49. Anônimo  |  04/09/2009 às 17:49

    Dante, pedir para não ser criticado é A SENHA para ser criticado, hjklkfdsmgrt.

  • 50. Junior  |  04/09/2009 às 17:51

    Sou eu no # 65.

  • 51. Yuri  |  04/09/2009 às 17:52

    =)

  • 52. Prestes  |  04/09/2009 às 18:06

    “LF = lenny kravitz”

    PASSEI DESTA PARA UMA MELHOR

  • 53. Felipe (o catarina)  |  04/09/2009 às 18:37

    ahahaha, genial o texto. Eu acho que esse diálogo é 100% VENÉRICO. Aproveito o comentário para desejar boa sorte ao Inter. Que perca de pouco no domingo.

  • 54. Junior  |  04/09/2009 às 18:57

    Para quem vai ficar em POA e é colorado, uma boa dica é assistir ao filme do Inter. Segundo os produtores (espero que seja verdade), toda a renda de bilheteria desse feriadão será destinada ao Escurinho.

  • 55. col  |  04/09/2009 às 22:40

    Caras, que perola esse texto! Se nao foi veridico eh mais sensacional ainda.

  • 56. Guilherme  |  05/09/2009 às 06:03

    Olha a merda. Quer estragar um treinador, é só dar opção pra ele:

    http://www.clicrbs.com.br/esportes/rs/noticias/futebol-gremio,2642920,Autuori-admite-possibilidade-de-impor-modelo-europeu-no-Gremio.html

  • 57. Anônimo  |  05/09/2009 às 07:36

    Santa Climber
    por Elias Junior, 10/08/2009

    Há quase 4 anos atrás, mais de 60 mil tricolores comemoravam no Arruda uma vitória que garantiu o acesso do clube a primeira divisão, coroando um ano repleto de alegrias para a torcida coral.

    Porém a vida é uma caixinha de surpresas,

    No ano seguinte, em que o clube seria o único representante do estado na elite do futebol Brasileiro, deixou escapar o bicampeonato estadual nos pênaltis para o maior rival e acabou rebaixado para a série B.

    Qualquer torcedor ficaria chateado, abatido, desmotivado, mas não esta torcida, não a torcida do Santa Cruz.

    Nos articulamos numa campanha a favor da chapa de oposição, afinal, era preciso mudar tudo dentro do Santa Cruz e pela primeira vez na história do clube, a oposição venceu uma eleição, graças a vontade da maioria. Um exemplo de força, de que não devemos desistir tão fácil.

    Mas a vida é uma caixinha de surpresas,

    O presidente tão apoiado pelos torcedores acabou fazendo a mais desastrosa gestão da história do clube. Não bastasse a pior campanha da história do clube no campeonato estadual, o clube acabou sendo rebaixado pela primeira vez para a série C, após o segundo rebaixamento consecutivo.

    Qualquer torcedor ficaria chateado, abatido, desmotivado, mas lembrem-se que estamos falando da torcida do Santa Cruz.

    Teríamos a oportunidade de mostrar ao mundo que o nosso amor pelo clube não teria divisão. Organizamos caravanas e tivemos uma das maiores médias de público do país. Um exemplo de fidelidade, de que não devemos desistir por qualquer bobagem.

    Mas a vida é uma caixinha de surpresas e nem tudo são flores para nossa torcida,

    Conseguimos bater novamente nosso recorde negativo no campeonato estadual e um incrível terceiro rebaixamento consecutivo acabou levando o Santa Cruz para a recém criada série D.

    Qualquer torcedor ficaria abatido,sem vontade de cantar uma bela canção… Mas esta é a torcida do Santa Cruz!

    A esperança estava de volta quando o Secretário de Desenvolvimento do Estado foi eleito presidente. Um homem inteligente, influente, praticamente o salvador da pátria.

    Montamos um novo time, fizemos um planejamento, finalmente tínhamos uma gestão profissional. Um grande exemplo de que nunca tudo está perdido.

    Mas a vida… A vida é uma caixinha de surpresas,

    Fomos pelo terceiro ano consecutivo eliminados na primeira fase da Copa do Brasil em casa e não conseguimos vencer nossos rivais em nenhum dos quatro confrontos direto.

    Qualquer torcedor ficaria chateado, qualquer torcedor ficaria desmotivado.

    Mas por Deus! Esta é a torcida do Santa Cruz!!!

    Invadimos os estádios adversários, mais 115 mil pessoas nas três partidas em casa, tínhamos o melhor elenco, a melhor estrutura…

    Mas a vida…

    Ah! vai… %$#@&!!!

    http://colunas.globoesporte.com/eliasjunior/2009/08/10/565/

  • 58. Logan  |  05/09/2009 às 07:46

    #74 Isso o mancini já vem fazendo e só venceu uma em cinco jogos.
    Texto genial.

  • 59. Lucas Cavalheiro  |  05/09/2009 às 14:45

    É impressão minha ou comeram uns 20 comentários?

  • 60. Juca  |  05/09/2009 às 16:53

    É impressão minha ou comeram uns 20 comentários? [2]

    Hey, UORDIPRÉIS, VTNC

  • 61. Juca  |  05/09/2009 às 16:54

    flames mode=off

  • 62. Anônimo  |  05/09/2009 às 19:59

    É impressão minha ou o Autuori acha que eu sou a solução para o 2º tempo?

    O Herrera, quem sabe?

    AGUANTE FRÃ SUEL

  • 63. Tcheco  |  05/09/2009 às 19:59

    Sou eu aí em cima!

  • 64. Prestes  |  05/09/2009 às 20:31

    Seu Françuel está devidamente desmoralizado.

  • 65. rafael botafoguense  |  05/09/2009 às 20:48

    FUDEU!!

  • 66. Luís Felipe.  |  06/09/2009 às 00:20

    desmoralizada está a Seleção Brasileira, acaba o jogo e ninguém comenta!

  • 67. col  |  06/09/2009 às 00:47

    chocolate.

  • 68. Anônimo  |  06/09/2009 às 00:56

    ¡¡Ad10s!!

  • 69. Xavante  |  06/09/2009 às 01:06

    O que mais me impressionou em Brasil x Argentina foi o bronzeado do Galvão Bueno.

  • 70. Guilherme  |  06/09/2009 às 01:17

    Chupa Maradona! Como é bom humilhar os hermanos faladores na bola e na porrada também.

    Argentina = máscara.

  • 71. Camilo  |  06/09/2009 às 01:30

    achei interessante a atuação do Ramires, que entrou pra dar rapa em gringo

  • 72. Lucian Chaussard  |  06/09/2009 às 03:11

    Seleção Brasileira = Inter no Bovinazzo 2009. Ganha bem, mas é embuste.
    Só espero que a Copa do Mundo não seja o equivalente da Copa do Brasil.

  • 73. Little Potato  |  06/09/2009 às 08:52

    Jogar com um à menos contra a Argentina não é fácil, e o Brasil se saiu bem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: