Graxinha vence e ganha prestígio no cargo

21/08/2009 at 15:00 45 comentários

IMG_2546
Professor Graxinha desorienta a equipe.

E quem carajo é esse tal de Graxinha? Ora crianças, Graxinha é o treinador do MORRO REUTER no Estadual de Amadores. Sim, a partir de agora vocês terão o excelso privilégio de conhecer futebol de verdade, com esta que é a maior competição do universo. Vale lembrar que o Estadual de Amadores tem a inolvidável marca de qualidade e credibilidade da Federação Gaúcha de Futebol.

O bom e velho formulismo

O campeonato já contou com a participação de mais de 200 times. Seguindo a tônica das grandes competições, o estadual diminuiu esse número para 11 seletas equipes (as outras não se inscreveram), que se digladiam alucinadamente pelo caneco. Os times são divididos em três chaves. Os dois primeiros se classificam, além dos dois melhores terceiros colocados. “É mais difícil NÃO se classificar”, lembra o técnico CABEÇA, do Ivoti. As próximas fases são matar ou morrer filhote, quartas, semis e final.

Cartolagens a parte, o que vale é que a competição anda movimentando as principais cidades do país, como Ivoti, Morro Reuter e Lajeado, entre outras. No último final de semana foi disputada a quinta de seis rodadas que marcam a primeira fase da competição. E uma coisa ninguém pode negar, são emoções que fariam José Serra ter ataques de euforia.

The best of the bosta

Como o título do post já anuncia, pela chave 1 o Morro Reuter venceu. E não foi uma vitória qualquer. Foi a PRIMEIRA da equipe comandada pelo supracitado treinador Graxinha, e ainda de virada. Os 3 a 2 fora de casa contra o Guaíba deixam a equipe muito próxima da classificação, mesmo com quatro derrotas e apenas uma vitória. Basta somente vencer o Ivoti, o sargento Garcia prender o Zorro, e torcer por derrota do Guaíba contra o Estância. Sobre o outro jogo da chave, entre Estância e Ivoti, não vou fazer comentários. Apenas digo que o Estância perdeu em casa por 2 a 0, classificando antecipadamente o Ivoti. Acrescento ainda as palavras de um cronista de um jornal local sobre o jogo: “A bola não rolou durante 20 minutos, na maior parte do tempo era chutada para fora do estádio”. Não posso deixar de salientar que o maestro do Ivoti é o ex-ASTRO da lateral direita colorada, BARÃO.

Pela chave 2 o atual campeão, Americano, time que me viu desfilar uma habilidade inigualável dos 10 aos 13 anos, venceu fora de casa o Serrano, e carimbou passaporte para a segunda fase. Outro que venceu fora de casa foi Gramadense, que tocou o 2 a 0 no Tamoio, em Viamão. Para os gremistas saudosos de um bom lateral, aviso que Itaqui enverga com garbo único a jaqueta do Gramadense. Pela chave 3 um jogo de quatro gols no “estádio” CAMPESTRÃO marcou a rodada. Grêmio Ibirubá e Associação Nova Prata empataram em 2 a 2. Como a chave 3 tem apenas três times, o Lajeadense folgou.

Em tempos de pontos corridos, grandes patrocinadores e transferências milionárias, não há como ficar indiferente a um campeonato que mistura botinadas, bola para o mato, formulismo e mata-mata.

ISSO é futebol.

Alisson Coelho, em colaboração especial para o Impedimento.

Últimos jogos da primeira fase do Estadual de Amadores (via FGF)

Domingo, 23/08

Chave 1
Guaíba x Estância
Morro Reuter x Ivoti

Chave 2
Gramadense x Serrano

Chave 3
Grêmio Ibirubá x Lajeadense

Segunda, 24

Chave 2
Americano x Tamoio

Anúncios

Entry filed under: Contribuições, Pelo Interior.

A batalha do Avaí rumo ao topo Bolão do Brasileirão – 20ª rodada

45 Comentários Add your own

  • 1. Yuri  |  21/08/2009 às 15:17

    Lembro de uma BELA modelo nascida em Morro Reuter… creio que isso deve ser regra nas cidadezinhas do interior gaúcho. Ou não.

    Realmente é louvável campeonatos assim, mas a fórmula do certame ficou a desejar… os caras têm que aprender comigo. Essa aí é muito estranha.

    Aliás, cadê o SC AMERICANO de Novo Hamburgo?? Esse time venceu o Torneio Sulbrasileiro realizado em SP ano passado. Um grande título.

  • 2. alemao  |  21/08/2009 às 15:23

    môroróiter

  • 3. Prestes  |  21/08/2009 às 15:32

    SENSACIONAL!

  • 4. beretta  |  21/08/2009 às 15:38

    The best of the bosta

    M
    O
    R
    R
    I

    .
    .
    .

  • 5. Álisson  |  21/08/2009 às 15:47

    Sobre o Americano, eles venceram ano passado o Estadual. É um título interessante para um time de bairro. Esse ano eles vão classificar de novo e é certo que vão incomodar.

    Mas é complicado manter um time bem montado em um dos bairros mais pobres de Novo Hamburgo. Se a cidade ao menos tivesse um capeonato municipal para ser disputado no início do ano preencheria o calendário, mas esperar isso de NH é meio demais.

  • 6. Gustavo  |  21/08/2009 às 16:11

    Esse CABEÇA do Ivoti, por acaso é aquele bicheiro, que era sócio da falida Eletric de Portão?

    Acho que não… é que ele costuma treinar times por aí…

  • 7. Juca  |  21/08/2009 às 16:13

    Ae Alisson! Baita texto negão.
    Feevale celeiro de ases..HAHAHAAHAA

  • 8. Juca  |  21/08/2009 às 16:13

    E eu achando que o BARÃO já estava debaixo da terra…

  • 9. Álisson  |  21/08/2009 às 16:15

    Dupla GreNal celeiro de ASES:
    BARÃO e ITAQUI.

    Eu não sei muito sobre a vida pregressa do Cabeça. Ele já treina o Ivoti há duas temporadas. Antes andava treinando o Estância eu acho…

  • 10. Juca  |  21/08/2009 às 16:15

    O estadual de amadores dá vaga pra alguma outra competição?

  • 11. Junior  |  21/08/2009 às 16:15

    Fora Tite! Graxinha Djá!

  • 12. Felipe (o catarina)  |  21/08/2009 às 16:27

    trabalhei um ano fazendo reportagens sobre os campeonatos amadores da Grande Florianópolis. Claro que trabalhar no futebol profi é mais massa, mas o amador era divertido também. Legal o envolvimento das comunidades com os times e, claro, os quebra-paus que rolavam quase sempre. Futebol amador é futebol com alma. Meu time é o Avante, do bairro Santo Antônio de Lisboa. Apesar de eu não morar lá, o time tem uma história muito bonita, fundado por agricultores e pescadores do local na década de 1940. E melhor de tudo: é azul e branco por causa do Avaí.

  • 13. Daniel Cassol  |  21/08/2009 às 16:28

    10. Juca | 21/08/2009 at 16:15
    O estadual de amadores dá vaga pra alguma outra competição?

    Deveria dar vaga à LIBERTADORES.

    Maior campeonato.

  • 14. Juca  |  21/08/2009 às 16:29

    E.C. Sul América, desde de criança!

  • 15. Daniel Cassol  |  21/08/2009 às 16:35

    Esses campeonatos gigantescos são massa. A Copa A Razão, de Santa Maria, tem uns MIL times em cada categoria. Isso é democracia.

  • 16. Juca  |  21/08/2009 às 16:36

    #13.

    A expectativa mesmo pra disputar o estadual de amadores é digna de prêmio cara. Falo como ex-atleta…hahaha

  • 17. Yuri  |  21/08/2009 às 16:38

    #10:

    Incautos, infiéis e etc… o estadual dá vaga pro supracitado TORNEIO SULBRASILEIRO… ano passado foi realizado em São Paulo, por organização da amada (?????????) e odiada FPF, só que não sei se a FPF fará de novo esse ano ou será por contra de uma federação sulista. O importante é que haja o torneio, nem qe seja no Oiapoque.

  • 18. André K  |  21/08/2009 às 16:39

    Copa A Razão é um dos nomes mais irônicos.

    Só não ganha da antiga taça Amizade de Poa

  • 19. Felipe (o catarina)  |  21/08/2009 às 16:40

    achei a matéria que eu fiz sobre os 60 anos do Avante, em 2007:

    http://www.an.com.br/ancapital/2007/abr/01/1esp.jsp

  • 20. Francisco Luz  |  21/08/2009 às 16:41

    O brabo é que o VARZIANO de NH não vai sair esse ano. Depois de perdermos mercados nos domingos, agora não teremos mais futebol. Pior cidade.

    Grande texto, Alisson. Tinham que te dar espaço para fazer uma coluna semanal no Diário.

  • 21. Álisson  |  21/08/2009 às 16:42

    O Estadual daqui já movimentou mais de 200 times. Infelizmente ele está esvaziado. Mesmo assim ainda movimenta muito as comunidades envolvidas.

    Notem que a camisa de treino do morro é IGUAL a do IMPEDIMENTO. Grife, é esse o nome.

  • 22. Álisson  |  21/08/2009 às 16:49

    Só se a coluna trouxer junto um aumento salarial!

    haushaushuahsuahsuahs

  • 23. Gustavo  |  21/08/2009 às 16:49

    Bah, o Serrano de Carlos Barbosa já ganhou o estadual de amadores. Hoje o futebas do clube tá desativado…

  • 24. Rudi  |  21/08/2009 às 17:33

    lajeadense… PERAÍ!!

    É AQUELA LAJEADENSE???

  • 25. Paul  |  21/08/2009 às 19:54

    O site da FGF não mente:

    http://www.fgf.com.br/portal/campeoes_amadores.php

    Campeão 1961 – Cruzeiro (Jaguarão) – Série Verde

    Este time contava com o centroavante NÊGO BETO, o qual 15 anos depois viria a ser mais conhecido como PAI DO PAUL.

    Mazáááh!

    No próxima nua assumirei a CENTROAVÂNCIA que corre em minhas veias!

    Te cuida Willian MEU BRUXO!

  • 26. Gervásio Artigas  |  22/08/2009 às 00:08

    de 200 times pra 11…onde o novvelletto (nuca sei qual é a consoante dupla) mete a mão….

  • 27. douglasceconello  |  22/08/2009 às 01:23

    Bah, que sensacional.

    É sério isso, Paul? Se é mesmo, te libero de jogar na zaga comigo. huashusahu

    Depois da Copa A Razão, penso que o Impedimento deveria lançar a Copa A Zarão.

    Tá. Parei.

  • 28. Luís Felipe  |  22/08/2009 às 08:28

    Só no Impedimento se vê uma coisa dessas.

    Álisson: entrevista exclusiva com Graxinha URG.

  • 29. Fernando Cesarotti  |  22/08/2009 às 10:04

    -ensacional. A várzea aqui em Sorocaba é bem forte, melhor que o São Bento dos últimos anos. Conta com CRAQUES do naipe do ex-corintiano Guinei e dos ex-palmeirenses Odair e Helio – este um atacante que conseguia juntar o pior de Obina, Herrera e Leandrão. E é pai do Bernardo, do Cruzeiro.
    E Morro Reuter = MELHOR NOME de cidade. Pra ficar perfeito, só se pronunciasse RÊUTER.

  • 30. Sanchotene  |  22/08/2009 às 10:43

    O Campeonato Estadual de Amadores perdeu espaço para os campeonatos locais.

    O Muncipal de Gramado tem mais times…

  • 31. Sanchotene  |  22/08/2009 às 10:44

    Re 29

    Pronuncia-se: “Mororóiter

  • 32. Sanchotene  |  22/08/2009 às 10:45

    Na Argentina, para ficarmos aqui por perto (na Europa: Inglaterra, Itália, França, Espanha, Portugal), as divisões amateurs são integradas às profissionais, formando as divisões inferiores.

    No RS, optamos pelo apartheid.

  • 33. Prestes  |  22/08/2009 às 11:25

    Como assim, Sancho??

  • 34. Rudi  |  22/08/2009 às 11:43

    Prestes, um exemplo claro e facil de entender eh a holanda
    tem serie A e B profissional
    da “terceiraag” em diante sao divisoes amadores… ate, sei la… a nonagesima oitava… e rola acesso e descendo…
    soh nao sei se entre a terceira e a segunda, qd um time sobe, recebe ajuda pra estruturar profissionalmente
    mas os amadores jogam a copa nacional e tudo mais… contra os profissionais

  • 35. Luís Felipe  |  22/08/2009 às 11:54

    http://en.wikipedia.org/wiki/English_football_league_system

    presta atenção a partir do nível 9, Prestes.

    isso sem falar na França, que chega ao absurdo de misturar na Coupe de France os times das COLÔNIAS. Ou seja: já aconteceu de um time da matriz ir jogar em REUNIÃO, uma ilha da COSTA AFRICANA, para passar à próxima fase.

  • 36. Luís Felipe  |  22/08/2009 às 11:56

    No Uruguai, os amadores têm uma confederação própria e tal, mas a partir do ano retrasado foi formada a Segunda Divisão B, com acesso direto à Segunda Divisão Profissional.

    às vezes acontece de determinados times perderem o profissionalismo (como o Basañez, por não pagar dívidas) mas times amadores que ganham a Segunda B tem que cumprir uma série de exigências da Federação para ascender à segunda e se profissionalizar.

  • 37. Luís Felipe  |  22/08/2009 às 11:57

    e antes disso teve o PORONGOS DE TRINIDAD, primeiro clube amador uruguaio a jogar uma competição internacional (Conmebol de 1996).

  • 38. Rudi  |  22/08/2009 às 12:08

    LF, eles foram bem em alguma copa local pra classificar?

  • 39. Prestes  |  22/08/2009 às 13:28

    Não tava entendendo. Então os caras viram profissionais, ou seja, não se junta amadores e profissionais.

    Por este aspecto no Rio Grande do Sul não há segregação nenhuma. Vários clubes se tornam profissionais e jogam a Segundona Gaúcha, que eu saiba sem problemas.

    Os clubes que jogam no amador pelo visto são os que não querem ou não têm condições de se tornar profissionais.

  • 40. Marcelo C. Brazil  |  22/08/2009 às 13:32

    O XV de Campo Bom, muito tempo antes de assombrar os times no gauchão, foi campeão trocentas vezes desse gauchão amador.

  • 41. Luís Felipe  |  22/08/2009 às 22:48

    a questão, Prestes, é que nesses lugares é prevista a unidade. Ou seja: o time que ganha o campeonato amador é convidado á liga profissional e pode substituir o time rebaixado no campeonato profissional, se conseguir cumprir as exigências.

    No Brasil, isso não acontece. Mas aqui também muitos clubes abrem e fecham de um ano para o outro…é complicado fazer uma divisão linear.

    Rudi, o Porongos ganhou o Campeonato do Interior, organizado pela OFI, que é uma confederação paralela à AUF com times amadores. Naquele ano, a AUF convidou o campeão da OFI para disputar a Liguilla, que é aquele hexagonal que na época dava duas vagas à LIbertadores e mais duas para a Conmebol. O Porongos ficou em 3º ou 4º lugar e se classificou. Disputou só duas partidas, contra o River Plate do Uruguai, e foi eliminado.

  • 42. Anônimo  |  23/08/2009 às 23:42

    Na Argentina, na Espanha, na França e na Inglaterra, a verdade é que o clube amador chega a um ponto em que não se agüenta. Ou se profissionaliza, ou desce (ou, pelo menos, não sobe). Não tem como competir. Assim, há divisões formadas por profissionais, divisões mistas, e divisões amadoras.

    Amadoras, claro, no modo de dizer. Até no nosso Estadual, os jogadores recebem para jogar.

    Sanchotene

  • 43. Fabio  |  24/08/2009 às 09:55

    “Os 3 a 2 fora de casa contra o Guaíba deixam a equipe muito próxima da classificação, mesmo com quatro derrotas e apenas uma vitória.”

    A vitoria contra o Guaiba FC foi em casa, não fora…

  • 44. gerson  |  24/08/2009 às 20:20

    Na boa, 11 times é um atentado ao estadual amador.Pelo jeito chegamos à vitória do futebol da colônia sobre a FGF.
    Pra mim o sistema tradicional é o melhor. Jogava-se por região. Isso criava rivalidades entre os Municípios.
    Estadual com 11 é melhor nem fazer.

  • 45. BPD  |  26/08/2009 às 23:26

    so lembrando, esse ivoti ja jogou contra o gremio, em 2008, durante aquele periodo que o MESTRE SUPREMO celso roth eliminou o time de tudo que estava disputando, apesar da preocupacao com o time do CRAQUE BANANA ( http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/Futebol/Gremio/0,,MUL426425-4411,00-IVOTI+DE+BANANA+PREOCUPA+SOARES.html ), o gremio ganhou de 3 x 0

    IVOTI 0 x 3 GRÊMIO
    Estádio: Eucaliptos, em Ivoti (RS)
    Gols: André Luís, aos 34, e Jonas, aos 38 minutos do primeiro tempo; e Julio dos Santos, aos 12 do segundo.

    Ivoti: Galas (Rodrigo Silva), Maiquel (Roxo), Éder e Brizola (Ademir); Eliéser (Pelezinho), Sandro (Tsuga), Pataço (Paulo), Murilo (Caco), Banana (Pipoca) e Gersinho (João Carlos); Fernandinho (Finzinho). Técnico: Cabeça
    Grêmio: Victor (Marcelo Grohe); Jean, Leo (Réver) e Thiego; Paulo Sérgio (Felipe Matione), Rafael Carioca, William Magrão (Adílson), Jonas (Rodrigo Mendes) e Bruno Teles (Élder); Perea (Julio dos Santos) e André Luis (Soares). Técnico: Celso Roth

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: