História universal da angústia

17/07/2009 at 15:30 280 comentários

Um atacante gremista largou-se em velocidade e invadiu a área, desferindo um potente chute, defendido parcialmente por Fernández. A bola subiu e sobrou para Alcindo cabecear para o gol vazio. Neste instante, surge um colorado, Daniel Franco, que se joga ao encontro da bola, sobre a linha, e a afasta, meio de ombro, meio com o braço. A metade vermelha do Beira-Rio se levanta, num rugido. O árbitro, incontinenti, estende o braço e anota pênalti. A outra metade, azul, ergue-se numa explosão.

Criando Caráter

Era setembro de 1991, o primeiro Gre-Nal que assisti na arquibancada. Pensando hoje, creio que o empate em um gol realmente mostrou-se uma contribuição maior para o meu ESPÍRITO do que seria uma vitória vermelha. Pelo simples motivo que a grandeza e a imprevisibilidade do clássico foram arremessadas como um tijolo no meu peito.

A parcela de gremistas erguendo-se num estampido para comemorar o gol ainda hoje é uma das sensações mais ATERRADORAS da minha existência. Que os azuis estavam em peso no Beira-Rio, eu percebia visualmente, mas não tinha noção de que, sim, eles comemorariam – em alto e bom som.

Naquela fração de segundo entre a bola tocar nas  redes e o clamor tricolor transformar-se em ÁUDIO e chegar até onde eu estava, ainda tive a esperança de que nada daquilo estava acontecendo, que a bola havia saído e que os jogadores corriam e erguiam os braços por sei lá quais motivos. Foi o ruído gremista que acabou com meus devaneios e jogou a realidade no meu colo. Naquele dia, aos 12 anos, eu percebi que não é possível ser completamente feliz.

Na AURORA da minha adolescência sem-vergonha eu já possuía algum discernimento para perceber que o Gre-Nal era uma representação perfeita do DUALISMO entre a miséria e a glória da humanidade. Sobre como as reversões de expectativas AFUNDAM as cuecas do espírito, enquanto a REDENÇÃO, justamente por ser tão inesperada e singular, gera quase uma sensação de VAZIO.

Esconder o medo é uma arte

Quando desperta para um domingo de Gre-Nal, Porto Alegre é toda falsidade. Porque, apesar do DISFARCE em vivas cores azul e vermelha, basta uma visão um pouquinho mais ACURADA para percebermos que a melancolia está em todos os cantos, nas calçadas sujas, nas sombras do Centro, nos armazéns abandonados à margem da Freeway, nos postes abençoados por cães de bexiga frouxa.

Ainda que a gritaria coma solta ao redor das churrasqueiras imortais e que as bandeiras tremulem marotas, nas sacadas dos prédios ou pendentes na janelas dos Del Rey vindos de Alvorada e adjacências, há um manto de tristeza que desce lentamente sobre a capital, do Sarandi ao Belém Velho. Os dias de clássico são os mais tristes que já presenciei.

Porque, fosse possível, evitaríamos todo esse BAILE DE MÁSCARAS (ns). Afinal, por que correr o risco de perder, por que correr o risco de vê-los felizes, rasgando a noite em gargalhadas após sermos incondicionalmente humilhados depois de uma derrota por 1 a 0 em um jogo no qual fomos superiores? Por que nos empurrar para o matadouro novamente, como em tantas e tantas outras vezes?

Antes de ser vencido, um Gre-Nal nunca é bem-vindo.

O pós-jogo é a eternidade

Após dois milênios de tensão muscular e descabimentos emocionais, termina o jogo. Ganhamos, perdemos ou empatamos – e, nesse caso, geralmente ambos vencemos.  Um boteco ou, na falta de dinheiro e sobra de vergonha, o caminho de casa são os destinos invariáveis.

Gosto de imaginar os momentos pós-Gre-Nal em PRISCAS ERAS, quando provavelmente o matungo deitava solene seu chapéu na mesa de um ESTABELECIMENTO COMERCIAL e sorvia seu trago noite a dentro, consolando-se com o inferno pessoal que seria sua vida até o próximo clássico. Ou, então, transbordando todo o ímpeto do triunfo, mandava fechar uma CASA DE TOLERÂNCIA para se esbaldar em prazeres menos metafísicos do que superar o rival.

Se o digno caminho do lar for a escolha para curar as feridas, os vitoriosos chegam pisando forte para anunciar que adentra o recinto um vivente que foi alvejado de forma fatal pelo que há de mais doce no universo. Nas próximas horas, são santos na arte de escutar a ladainha do mulherio e aturar as peripécias infantis. Tudo lhes causa prazer, lhes dignifica a existência. Seu olhar provavelmente está perdido, tenta incansavelmente tornar visível o prazer de triunfar em um Gre-Nal – e isso nunca pode ser visto, porque está, como diria Roberto Carlos, além do horizonte.

Já os que perdem não são derrotados, são zumbis que caíram numa emboscada digna de George Romero assim que saíram de casa, em qualquer quebrada da Borges de Medeiros ou da Érico Veríssimo. E santificadas serão as mulheres que nada falam, apenas sentam-se e lhe afagam os cabelos, reconfortando seu espírito destroçado. Sinceras e apostólicas, juram: “Te prometo que nunca mais o Jorge Veras vai fazer isso”.

*****

Compreendo as críticas aos departamentos de marketing do Inter e do Grêmio, que pecaram muito na divulgação do jogo que comemora os 100 anos do clássico, mas enxergo nesse comportamento um instinto bem claro: medo de perder. Simplesmente, não querem promover a vitória do rival. Afinal, também é semana de comemorar 100 anos de aflição e angústia, 100 anos aprendendo a levar chicotada na cara e engolir seco, esperando amargamente pela redenção, possível apenas quando o vermelho e o azul estiverem em lados opostos do campo.

Saudações e parabéns por sofrerem tanto,
Douglas Ceconello.

Anúncios

Entry filed under: Brasileiro, Clubes.

Cem anos de Gre-Nal 100 anos depois, uma festa com as mesmas cores

280 Comentários Add your own

  • 1. J Petry  |  17/07/2009 às 15:38

    Eu sabia que ia vir algo ainda mais sensacional.

  • 2. Gabriel Marcondes  |  17/07/2009 às 15:41

    uau

  • 3. Gabriel Teixeira  |  17/07/2009 às 15:44

    Que texto estupendo.

    E santificadas serão as mulheres que nada falam, apenas sentam-se e lhe afagam os cabelos, reconfortando seu espírito destroçado e, sinceras e apostólicas, juram: “Te prometo que nunca mais o Jorge Veras vai fazer isso”.

    Belas palavras.

  • 4. Francisco Luz  |  17/07/2009 às 15:58

    Porra, che. Então foram VOCÊS que ensinaram o Galeano a escrever o Fubo a sol y sombra…

    É chato ter que dizer “genial”, “sensacional” em todos os textos, mas vocês não deixam escolha.

  • 5. Daniel Cassol  |  17/07/2009 às 16:00

    Satisfeito agora, Dante?

  • 6. Lourenço  |  17/07/2009 às 16:04

    “Antes de ser vencido, um Gre-Nal nunca é bem-vindo.”

    Verdade absoluta. Sou contra a banalização de grenais e os grenais antes de maio. O gauchão este ano teve os dois. Grenal jamais pode ser marcado em vão.

  • 7. Prestes  |  17/07/2009 às 16:08

    Maior cronista vivo.

  • 8. fino  |  17/07/2009 às 16:08

    bravíssimo

  • 9. Kleiton  |  17/07/2009 às 16:11

    Que texto estupendo (2).

    Essa sensação pré-GreNal não podia ser melhor expressada. Em dia de clássico, a cidade TRANSPIRA angústia.

    E isso só termina no final do jogo.

    E normalmente só termina realmente pra um dos lados.

  • 10. Sanchotene  |  17/07/2009 às 16:11

    Xi…

    Vou publicar os dois!

    E já. Antes que larguem mais um.

    Tudo bem, Ceco?!

  • 11. Prestes  |  17/07/2009 às 16:12

    Aliás, reparem que geralmente os textos geniais do Douglas sempre falam no JORGE VERAS.

    O Cecco é tipo um Lupiscínio, gênio na arte de SOFRER.

  • 12. Arbo  |  17/07/2009 às 16:12

    estou exatamente aqui
    “Quando desperta para um domingo de Gre-Nal, Porto Alegre é toda falsidade. Porque, apesar do DISFARCE em vivas cores azul e vermelha, basta uma visão um pouquinho mais ACURADA para percebermos que a melancolia está em todos os cantos, nas calçadas sujas, nas sombras do Centro, nos armazéns abandonados à margem da Freeway, nos postes abeçoados por cães de bexiga frouxa.”

    não vejo como possa ficar melhor, embora tenha certeza de q vai

  • 13. Arbo  |  17/07/2009 às 16:13

  • 14. fino  |  17/07/2009 às 16:13

    eu acho espetacular a facilidade que o Douglas tem pra traduzir este tipo de sensação:

    “…eu percebia visualmente, mas não tinha noção de que, sim, eles comemorariam – em alto e bom som.”

    Nada se compara com os 90 minutos de clássico grenal, essa sim é a verdadeira e interminável batalha dos AFLITOS…

  • 15. Arbo  |  17/07/2009 às 16:16

    “Antes de ser vencido, um Gre-Nal nunca é bem-vindo.”
    putaquiopariu, me desculpem, mas façamos uma estátua.
    douglas >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>laçador (ns)

  • 16. Alexsander  |  17/07/2009 às 16:17

    Putz, Jorge Veras! Eu estava naquele jogo, na arquibancada inferior, bem na linha do gol onde o Taffarel engoliu aquele frango. Lembro claramente do lance: o alemão de frente, indo confiante agarrar aquele cruzamento patético, já pensando em lançar a bola com as mãos para algum atacante colorado. Instantes depois, o seu olhar de desespero ao ver que a bola lhe escapou, o movimento de braço que acabou jogando a redonda para dentro das próprias redes, o ruído da torcida adversária e o olhar perplexo dos torcedores ao meu redor.

    Acho que somente no GreNal do Século eu me recuperei…

  • 17. Negrotcho  |  17/07/2009 às 16:20

    VENCEREMOS!!!

  • 18. Ismael  |  17/07/2009 às 16:27

    A parcela de gremistas erguendo-se num estampido para comemorar o gol ainda hoje é uma das sensações mais ATERRADORAS da minha existência

    Parei de ler aqui.

    Sem querer puxar o saco, mas já disse isso aqui umas duzentas vezes… é impressionante a capacidade do Douglas de transmitir pro teclado o que está na alma dos torcedores. O descrito acima – ainda hoje – é uma das piores sensações experimentadas na vida de um ser humano!

    Voltarei ao texto agora

  • 19. mardruck  |  17/07/2009 às 16:39

    Maior cronista vivo. [2]

    Assinatura do Impedimento é o maior custo benefício que um cidadão pode ter. Mais até que o Tsigalko hahaha

  • 20. Hélio Sassen Paz  |  17/07/2009 às 16:40

    SUBLIME!!! Inspirou um post meu (bem menos talentoso e com outro viés)

    []’s,
    Hélio

  • 21. Francisco Luz  |  17/07/2009 às 16:40

    Invejo vocês que conseguem PARAR de ler o texto no meio. Esse fdp coloca COCAÍNA NAS LETRAS, acho, porque eu não consigo fazer nada até parar de ler.

  • 22. beretta  |  17/07/2009 às 16:40

    Não consigo mais elogiar os textos do Douglas.
    Passarei a odiá-lo, só pra gerar discussões, sei lá.

    Col, tu que corneteia até a maneira de uma mãe parir um filho, poderia criar uma discussãozinha textual.

    Ou não.

  • 23. Bruno L.  |  17/07/2009 às 16:42

    Puta que pariu. Foi o melhor da série de Melhores Textos que o Impedimento.

    Só perde praquela história do gordinho que tira a bola em cima da linha, que não sei quem escreveu.

  • 24. dante  |  17/07/2009 às 16:42

    #5: precisa responder?

    AGUANTE CECO!

    FORA CASSOL!

    huaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  • 25. Rudi  |  17/07/2009 às 16:42

    “Assinatura do Impedimento é o maior custo benefício que um cidadão pode ter. Mais até que o Tsigalko hahaha”

    rolando de rir

  • 26. Arbo  |  17/07/2009 às 16:42

    douglas,
    te devo uma derrota BELA, linda de doer.
    minha gratidão – te dou domingo – será torcer.

  • 27. fino  |  17/07/2009 às 16:43

    Se o Douglas escrevesse sobre amor ao invés de futebol, comeria mais mulheres que, sei lá, o GENE SIMONS (ns)

  • 28. beretta  |  17/07/2009 às 16:44

    #23

    E o FILME sobre a história vivida pelo THALLES ficou só na promessa.

    IMPEDIMENTO MENTE!

  • 29. Bruno  |  17/07/2009 às 16:47

    Douglas, vai tomar no cu.
    não consigo pensar em outro elogio.

  • 30. Paul  |  17/07/2009 às 16:55

    “História universal da angústia”

    Acho que de agora em diante eu vou ficar MAIS nervoso e angustiado antes de cada grenal.

    Douglas, eu te odeio.

    E sim, isso foi um elogio.

  • 31. mardruck  |  17/07/2009 às 16:59

    Se o Douglas escrevesse sobre amor invés de futebol se chamaria Vinícius de Moraes.

  • 32. Kleiton  |  17/07/2009 às 17:13

    Se o Douglas escrevesse sobre amor invés de futebol se chamaria Wando.

  • 33. Lucas Cavalheiro  |  17/07/2009 às 17:13

    Hoje não há comentário #17 que supere a genialidade do texto. Por isso, nem tentarei!

    Assistir um grenal em campo é algo mágico. Nunca perdi no Beira-rio, mas já presenciei empates com sabor de derrota (gauchão 2006). E não há nada mais aterrador do que ouvir aquele amontoado de azuis ecoando gritos no estádio em silêncio.

  • 34. Tiago Medina  |  17/07/2009 às 17:15

    Como disse o Kenny Braga, vitória em Gre-Nal deixa até as mulheres feias bonitas…

  • 35. Sanchotene  |  17/07/2009 às 17:31

    Pronto!

    http://mundoesportivo-classicos-grenal.blogspot.com/

  • 36. Col - o cover  |  17/07/2009 às 17:33

    Já que não dá para cornetear o texto, vou cornetear o Prestes:

    Prestes, não é Lupiscínio. É LUPICÍNIO.

  • 37. Luciano Stabel  |  17/07/2009 às 17:44

    “Antes de ser vencido, um Gre-Nal nunca é bem-vindo.”
    Essa é uma das coisas mais espertas que alguém já falou sobre os Grenais.

    E esse texto, vai te cagar, um dos melhores já escritos sobre tema.

    Abraços!

  • 38. Junior  |  17/07/2009 às 17:50

    Esse Gre-Nal que o Douglas citou no texto eu também assisti no estádio. O meu primeiro Gre-Nal foi o Gre-Nal do século, com 7 anos. Infelizmente, hoje é um risco levar uma criança de 7 anos em um Gre-Nal.
    Salve Abelão e suas loucuras, hghjfhfghgfg.

  • 39. Sanchotene  |  17/07/2009 às 17:50

    33: Hoje não há comentário #17 que supere a genialidade do texto. Por isso, nem tentarei!

    Lucas Cavalheiro, admitindo autoria…

  • 40. Prestes  |  17/07/2009 às 17:58

    Tens razão, col. Consultei um vinil que conta a história dele. Era pra se chamar Lupiscínio, mas acabou ficando Lupicínio.

    Como com “sc” é mais bizarro, achei que o erro era ao contrário.

  • 41. valdomiro  |  17/07/2009 às 18:09

    Só consigo pensar numa coisa:
    Puta que PariLLLLL, que texto fantástico.
    Pronto, falei !

  • 42. Celão  |  17/07/2009 às 18:12

    Usarei esta frase no msn, infelizmente é a única maneira de homenagea-lo.
    Ah, tem outra: Obrigado por ter me aceitado no Orkut!!!

  • 43. Sanchotene  |  17/07/2009 às 18:14

    Minha primeira experiência:

    Era outubro de 1994. À época, tinha 13 para 14 anos, e recém virara sócio do Grêmio. Grêmio e Inter haviam caído no mesmo grupo na Segunda Fase do Brasileiro daquele ano e a quarta rodada marcava Gre-Nal, e no Olímpico! Um amigo do meu pai resolveu levar toda a gurizada para o jogo, e aproveitei a carona. Com ingresso sobrando, até um colorado estava no meio da delegação. Sem problemas, pois, naquele tempo (e faz tanto assim, será?), na Azenha, gremistas e colorados caminhavam lado a lado. Crianças de mão com os pais. Algazarra, provocações e festa. Melhor do que imaginei que seria, mas exatamente como tem que ser.

    Até então, tudo o que sabia do Gre-Nal era por relatos. Confirmei-os todos no estádio. Primeiro fato: superlotação. Gremistas e colorados com ingresso de arquibancadas foram deslocados para as cadeiras cativas do Olímpico. NENHUM INCIDENTE. Segundo fato: o sentir o jogo. Tudo é gritos e risos até momentos antes da bola rolar. Entra o árbitro, “elogiado” pelos torcedores de ambos os lados, e os times. O estádio ruge, vibra, treme e… se cala. Só quem grita são os vendedores. No resto, o silêncio domina. Nessa hora, o peso do Gre-Nal verga a todos. Terceiro fato: o coração na garganta. Não importa onde a bola estiver; se é o adversário que a controla, é gol, certo! Não há qualquer explicação racional para isso, mas é essa a sensação que se tem. Toda aquela confiança se esvai no momento em que perde-se a bola e o outro lado do estádio se levanta. Xiiii! É agora…

    Casualmente, o resultado também foi 1-1. E a festa dos quase 15.000 colorados no Olímpico na hora do gol foi, para dizer o mínimo, assustadora. A felicidade pode não ser completa, mas creio ter sido naquele momento de frustração e tristeza que me apaixonei eternamente pelo clássico.

  • 44. marlon  |  17/07/2009 às 18:25

    bá, dos melhores PIÇA, esse é o MELHOR texto que já li sobre grenal.

    e pior que esse desgramento do ceco claramente escreve NA CORRERIA, numa espécie de STREAM OF CONSCIOUSNESS [chamei no jargão], porque sempre ou quase sempre tem uns ERROTES de português os quais o autor não faz a menor questão de corrigir depois, e que formam parte do FOLCLORE CARCAMÂNICO.

    valeu, velho, se um dia voltar a porto, te pago umas heinekens em algum jogo no beira-rio.

  • 45. douglasceconello  |  17/07/2009 às 18:26

    Bah, GURIZAS, agradeço imensamente pelas considerações, mas, sem falsa modéstia, tinha achado o texto MEIA-BOCA. Por muito pouco, ele não foi para a GAVETA-LIMBO da ImpedCorp. Mas que bom que ele TOCOU seus jovens corações.

    Ah, e se eu escrevesse sobre AMOR poderia, no máximo, ganhar um trocado com livros de AUTOAJUDA. Meu público-alvo seria as senhorinhas carentes, ricas e resfolegantes.

    ashuhuashusahusa

  • 46. col  |  17/07/2009 às 18:27

    Não corneteio erro de gramática pois não é a minha área.

  • 47. col  |  17/07/2009 às 18:27

    Texto censasionau.

  • 48. Felipe catarina  |  17/07/2009 às 18:28

    O Douglas tem aquele “dom” de colocar belas imagens no texto. Como aquela vez que ele falou de um cara que segurava um cartaz com a frase “Colorado até o fim” num jogo em que o Inter brigava pra não cair (2002?). Realmente comovente. Mas pra mim nada até hoje bateu essas duas:

    “No entanto, bastou eu sair do churrasco, no início da madrugada de domingo, para ficar absorto na loucura da expectativa. Dirigindo, falava em voz alta: “vai dar, vai ganhar”. E botava a cabeça pela janela e gritava alto para o capim e para os outdoors, quase na ponte de Cachoeirinha: “vair dar, porra”. Que ano louco este de 2006.”:

    “Lembro que quando eu era piá e anunciavam jogos contra Peñarol, Boca, Independiente, Cerro Porteño. Eu tremia na base, imaginava a fumaceira, facas e adagas voando, minas enterradas na grande área, um monte de cabeludos babando e cuspindo pregos. Estes foram os times que aprendi a respeitar.”

    Bicho, vai escrever um livro sobre futebol djá!

  • 49. Junior  |  17/07/2009 às 18:29

    “Ah, e se eu escrevesse sobre AMOR poderia, no máximo, ganhar um trocado com livros de AUTOAJUDA. Meu público-alvo seria as senhorinhas carentes, ricas e resfolegantes.”

    Mestre!
    udfsgdghhjfhj

  • 50. col  |  17/07/2009 às 18:30

    Vocês são gurizada nova, meu primeiro grenal deve ter sido no início dos anos 80…me lembro que era o Mazarop(p?)i o goleiro tricolor.

  • 51. Prestes  |  17/07/2009 às 18:36

    A melhor cosa que eu li do Douglas foi esse comentário:

    “Filho meu só não pode ser gremista nem vegetariano.

    sdyf98ysd87fys

    (mas, se ele fosse um ZEBU TEIMOSO E COM UMA LOUCA VONTADE DE DESGRAÇAR O PAI, admito, com amargor no coração, que SIM, eu o levaria no OLÍMPICO)

    NO ENTANTO, isso dificilmente aconteceria porque, num súbito ARROUBO de vingança, no momento que o fiadasputinha afirmasse estar no lado azul da força, eu ESPONTANEAMENTE teria um ENFARTO e morreria, fazendo com que ele vivesse o resto da vida com REMORSO ou – a hipótese que me convém – se tornasse COLORADO em respeito ao FALECIDO pai.”

  • 52. Lucas Cavalheiro  |  17/07/2009 às 18:40

    #39

    Sancho, quem dera. Nem teria essa audácia (conheci o Impedimento pelo texto do aviãozinho -sensacional, diga-se de passagem), muito menos criatividade.

  • 53. Lucas Cavalheiro  |  17/07/2009 às 18:44

    Bah, idéia:

    TOP 10 PASSAGENS do Impedimento.

  • 54. beretta  |  17/07/2009 às 18:46

    Mas vocês não viram o post onde o Dante SE ENTREGOU?

    Leiam os coments, donzelas:

    https://impedimento.wordpress.com/2009/07/14/o-poquer-interminavel-do-campeonato-uruguaio/#comments

  • 55. Titi  |  17/07/2009 às 19:25

    Bah. DEFERIDO efeito Suspensivo pro D’ale.

    O Auditor foi o Francisco Musnich … ha questao de 2 meses ele foi PALESTRANTE CONVIDADO do Congresso de Dir. Desportivo … organizado pelo Daniel Cravo.

    hehehehehehe.

    13 Grenais com arbitragem gaucha que o Gremio nao vence. So um fato.

  • 56. Prestes  |  17/07/2009 às 19:44

    Mto bom esse post.

    http://www.futepoca.com.br/2009/07/eu-estava-la-no-titulo-do-estudiantes.html

  • 57. Prestes  |  17/07/2009 às 19:45

    “13 Grenais com arbitragem gaucha que o Gremio nao vence. So um fato.”

    Também, o Grêmio nunca ganha Grenal, uhsaduhasduhasdsuhdaasuhduhuhds

  • 58. Titi  |  17/07/2009 às 19:49

    #57

    O Gremio nao existe!

  • 59. Luís Felipe  |  17/07/2009 às 19:56

    top 10, pra mim.

  • 60. Luís Felipe  |  17/07/2009 às 19:57

    eu vou solicitar ao stf a derrubada da obrigatoridade do diploma de gremista para poder exercer a profissão de paranóico.

  • 61. André K.  |  17/07/2009 às 20:06

    os advogados colorados tentam ingressar com uma reconsideração do efeito suspensivo. A coordenadora da secretaria da entidade, Joice Nascimento, diz que isso é possível, porém outros clubes tentaram este ano e não conseguiram.
    http://www.finalsports.com.br/03/comando/headline.php?n_id=108191&u=0

    Fizeram o circo, colocaram o “D´ale” no jogo e de lambuja absolveram o Bolivar

  • 62. .  |  17/07/2009 às 20:09

    LF,

    Como diria a propaganda SKOL: “parece paranóia, mas nós somos TORCEDORES!”

    Um abraço,
    Sancho

  • 63. beretta  |  17/07/2009 às 20:11

    ETERNIZEM o comentário #60.

  • 64. Titi  |  17/07/2009 às 20:12

    Ele tem que cumprir a pena de 1 jogo … eu nao o escalaria!

  • 65. Francisco Luz  |  17/07/2009 às 20:12

    Primeiro efeito suspensivo da história do futebol.

  • 66. Luís Felipe  |  17/07/2009 às 20:13

    O fato novo conseguido pela defesa do Inter foi uma entrevista concedida pelo zagueiro William à apresentadora da Rede Bandeirantres, Renata Fan, onde revelou que não foi ameaçado em momento algum pelo argentino.
    – Isto tem a ver com a entrevista do Willian. Ele se pautou com muita lealdade e isso foi decisivo para conseguirmos esta decisão favorável – afirmou Daniel Cravo.

    —-

    o “agredido” declarou que sequer foi ameaçado.

  • 67. Francisco Luz  |  17/07/2009 às 20:13

    Puta merda, maldito enter.

    Primeiro efeito suspensivo da história do Gre-Nal, se esqueceremos daquele de 97, que o Mauro Galvão nem cumpriu a suspensão de um jogo pela expulsão contra o Brasil na semi, e o de 2003, quando fizeram a mesma coisa com o Danrlei.

    Claro que naquela época não havia paranoia nem nada.

    E Titi, acho que ele cumpriu o jogo na quarta. O julgamento foi na segunda-feira.

  • 68. .  |  17/07/2009 às 20:14

    Que “beleza”!

    http://www.clicrbs.com.br/blog/jsp/default.jsp?source=DYNAMIC,blog.BlogDataServer,getBlog&uf=1&local=1&template=3948.dwt&section=Blogs&post=204913&blog=538&coldir=1&topo=4238.dwt

    Outro dia, ouvi na rádio o apelo de uma professora que pedira ajuda ao Grêmio e ao Inter para doação de prêmios para uma rifa em prol daquisição de uniformes para o time do colégio. O Inter, prontamente, atendeu. Do Grêmio, não recebeu nada além de silêncio…

  • 69. Titi  |  17/07/2009 às 20:14

    Pro LF fato = paranoia.

    Cade a coerencia!?

  • 70. Francisco Luz  |  17/07/2009 às 20:14

    Quer dizer, se ele conseguiu o efeito suspensivo, não precisa cumprir nada. Edmundo não cumpriu pela expulsão no Brasileiro de 97, Mauro Galvão e Danrlei também não nos gre-nais citados.

  • 71. Titi  |  17/07/2009 às 20:15

    Pena de dias suspende imediatamente!

  • 72. Serramalte Extra  |  17/07/2009 às 20:15

    O D’Alessandro não tem condições de jogo domingo. Tem a pena de 1 jogo, que não foi retirada com o efeito suspensivo.

  • 73. Titi  |  17/07/2009 às 20:15

    60 dias + 1 jogo

  • 74. .  |  17/07/2009 às 20:15

    Por que não dão os três pontos direto para o Inter, logo de uma vez?!

    Hehehehehehe…

    Sancho

  • 75. Serramalte Extra  |  17/07/2009 às 20:16

    67 não… o jogo ele cumpre DEPOIS dos dias

  • 76. Luís Felipe  |  17/07/2009 às 20:16

    ah, e os 60 dias continuam valendo.

    até o pleno diminuir a pena – como vocês lembram, o pleno diminuiu todas as penas grandes no tribunal ano passado, também.

  • 77. Serramalte Extra  |  17/07/2009 às 20:16

    70: o efeito suspensivo foi para a punição de 60 dias… mas a de 1 jogo permanece…

  • 78. Titi  |  17/07/2009 às 20:16

    #66

    Foi pena por TENTATIVA, nao distorce!

  • 79. .  |  17/07/2009 às 20:19

    “O efeito suspensivo suspense a suspensão.” (Sìlvio Luiz)

  • 80. Luís Felipe  |  17/07/2009 às 20:19

    paranóia é achar que a declaração do William é menor que o fato do presidente interino do STJD ter sido convidado para um congresso de…Direito Desportivo!

  • 81. beretta  |  17/07/2009 às 20:19

    Bah meu que coisa CHATA esse papo de que tudo conspira contra o Grêmio e a favor do Inter.

    Porra, se é com um cara do Grêmio tem coerência, se é com um colorado dai é “imprensa, tribunal, CBF, STJD, ACBF, SPC, Serasa vermelhos”.

    Ah para tchê! Que troço podre!

    Se fosse ver o que os gremistas tão “reclamando”, aqueles loucos da “batalha dos aflitos” deveriam estar suspensos AD ETERNUM!

  • 82. .  |  17/07/2009 às 20:21

    Atenção! Alteração no Projeto Arena. Grêmio se mudará para Novo Hamburgo.

    NÓOOOOIA!!!
    NÓOOOOIA!!!

    Sancho

  • 83. Lucas Cavalheiro  |  17/07/2009 às 20:22

    Tudo isso é medo do FRANGO argentino que não tá jogando NADA?

    Se fosse gremista, teria mais medo do Andrezinho. Ainda mais que o grêmio ADORA uma faltinha perto da área.

  • 84. Luís Felipe  |  17/07/2009 às 20:23

    vou dizer a real pra vocês: não sei se é uma notícia boa.

    coloquem-se no lugar do treinador. O cara planeja a semana inteira pensando que não contará com o D’Alessandro, que é um jogador com um estilo de jogo bem particular. Aí ele monta o time para um tipo de jogo. Na sexta à noite, um dia e meio antes da partida, ele descobre que o D’Alessandro vai jogar!

    Não pode tirar o cara do time, pois é titular e o clube fez um baita esforço para fazer com que ele atue. Tem que arrumar o time de novo, em um só treino!

  • 85. .  |  17/07/2009 às 20:23

    A FGF é COLORADA!

    O TJD é COLORADO!

    O STJD é COLORADO!

    O STJ é COLORADO!

    O STF é COLORADO!

    A Corte Internacional de Haia é COLORADA!

    Até o De León, deuzdossel, é COLORADO!!!!

  • 86. beretta  |  17/07/2009 às 20:25

    LF, o “treinador” do Inter pensou no jogo com e sem o D’Alessandro. É só conferir nas entrevistas e no treino de ontem ele jogou uma parte no time titular e outra no reserva.

  • 87. Camilo  |  17/07/2009 às 20:26

    “Antes de ser vencido, um Gre-Nal nunca é bem-vindo.”
    que frase foda
    se me desculpem o palavreado

  • 88. Álisson  |  17/07/2009 às 20:30

    “Até o De León, deuzdossel, é COLORADO!!!!”

    haushuashuashuashuahsas, muito bom!

    Só pude ler o texto agora, mas se tivesse grana bancava esse livro na hora.

  • 89. Prestes  |  17/07/2009 às 20:31

    Andrézinho tá jogando mto mais que o Dalessandro. Mas rola um certo TRAUMA por parte dos gremistas, huasuhdasuhdasuhdasuhdasuhd

  • 90. André K.  |  17/07/2009 às 20:32

    Uma entrevista dada o Renata Fan vale mais do que a imagem:
    http://img187.imageshack.us/i/dalew.jpg/

    Vale mais do que a “confissão” do argentino:
    http://www.finalsports.com.br/03/comando/headline.php?n_id=106964&u=0

    é muita desfaçatez

  • 91. Prestes  |  17/07/2009 às 20:33

    Estou sentindo uma dose até alta demais de MEDO.

  • 92. Prestes  |  17/07/2009 às 20:34

    Nos gremistas, é claro.

  • 93. Serramalte Extra  |  17/07/2009 às 20:34

    81: eles foram suspensos… o Patrício eu me lembro que teve a pena reduzida lá por fevereiro (acho que pegou 120 dias)

  • 94. beretta  |  17/07/2009 às 20:35

    Tem vezes que o melhor a se fazer é fechar a janela do Impedimento antes de falar certas coisas.

    Serve pra mais gente, além de mim.

  • 95. Titi  |  17/07/2009 às 20:36

    Nao eh questao de medo de ninguem. O Francisco Musnich ta longe de ser presidente interino do STJD. Ele eh um auditor e compoe uma das camaras do STJD.

    Ele so eh amigo do Daniel Cravo. Participou do Congresso organizado pelo Cravo. So trouxe o fato e ri. A noia saiu da tua cabeca, LF.

    A decisao dele tem amparo legal. Onde esta a noia?

    Sao DOIS fatos. 1) Uma amizade, publica e notoria. 2) Uma decisao legal.

    Deixa de ser 5a serie. Parece aqueles que ficam em volta dizendo “Bah, Bah, Bah”. Te contenta com o fato, com a informacao.

    Eu podia ter emitido uma opiniao, mas nao o fiz, justamente pra nao dar chance a essa tua interpretacao distorcida, como eh de praxe.

    Nao acha que todo mundo eh igual a voce. Nao julga os outros pelos teus atos, pelas tuas noias, e assim por diante.

    Enchi desse papinho.

    __________________________

    Uma decisao que tem amparo legal nao tem TIME, produz efeitos.

  • 96. beretta  |  17/07/2009 às 20:37

    Serra, eu sei que foram suspensos. Mas tu não acha que é FRESCURA demais ficar catando mil coisas na internet com o ÚNICO intuito de dizer que a “imprensa é vermelha”, que o STJD favoreceu o Inter, que tudo conspira contra os azuis.

    Eu to errado ou eu to louco? Não vejo um colorado fazer isso aqui no Impedimento.

  • 97. André K.  |  17/07/2009 às 20:39

    Talvez por que a imprensa não seja azul e o STJD jamais tenha favorecido o Grêmio.

  • 98. Lucas Cavalheiro  |  17/07/2009 às 20:40

    E o Beretta ainda perde tempo…

  • 99. Luís Felipe  |  17/07/2009 às 20:41

    como bem lembrou o paco luz, primeiro efeito suspensivo da história do futebol.

  • 100. Titi  |  17/07/2009 às 20:42

    quero meu comentario!

  • 101. beretta  |  17/07/2009 às 20:42

    André K, pra mim isso soa como uma síndrome de coitadismo.
    Eu não quero te ofender, mas simplesmente não creio que tu ache REALMENTE isso tudo que tu escreve.
    Sei lá, eu prefiro pensar que tu fala isso na base da IRONIA, porque só BRINCANDO pra tu falar todas essas coisas.

    E palavras valem mais do que imagens.

  • 102. Prestes  |  17/07/2009 às 20:43

    Não sabia que QUATRO DERROTAS SEGUIDAS PARA O RIVAL causava tamanho PAVOR.

  • 103. Titi  |  17/07/2009 às 20:43

    O Francisco Musnich ta longe de ser presidente interino do STJD. Ele eh um auditor e compoe uma das camaras do STJD.

    Ele so eh amigo do Daniel Cravo. Participou do Congresso organizado pelo Cravo. So trouxe o fato e ri. A noia saiu da tua cabeca, LF.

    A decisao dele tem amparo legal. Onde esta a noia?

    Sao DOIS fatos. 1) Uma amizade, publica e notoria. 2) Uma decisao legal.

    Deixa de ser 5a serie. Parece aqueles que ficam em volta dizendo “Bah, Bah, Bah”. Te contenta com o fato, com a informacao.

    Eu podia ter emitido uma opiniao, mas nao o fiz, justamente pra nao dar chance a essa tua interpretacao distorcida, como eh de praxe.

    Nao acha que todo mundo eh igual a voce. Nao julga os outros pelos teus atos, pelas tuas noias, e assim por diante.

    Enchi desse papinho.

    __________________________

    Uma decisao que tem amparo legal nao tem TIME, produz efeitos.

  • 104. André K.  |  17/07/2009 às 20:43

    O que seria de alguns aqui se não existisse o sofisma

  • 105. André K.  |  17/07/2009 às 20:45

    Eu só creio em fatos

  • 106. Prestes  |  17/07/2009 às 20:45

    Tudo isso me cheira a DESCULPA ANTECIPADA.

    Ganhem do Inter, porra!

  • 107. Titi  |  17/07/2009 às 20:46

    ta preso pelo UORDI.

    LF, so dei DUAS informacoes.

    Tche, a NOIA ta na tua interpretacao. Pre-determinado a ler o comentario como SENDO ironico.

    A decisao foi legal. A amizade existe. Mas eu nao disse que isso favoreceu o inter, embora possa pensar e ate ter nao dito. Mas tu nao sabes se eh isso que penso. Alias, nao sabe nada sobre mim. Fica feio agira assim, distorcendo, imputando, ou simplesmente ACHANDO, por desdem.

  • 108. beretta  |  17/07/2009 às 20:46

    SOFISMA, pra mim, é aquela gordinha do 2º ano que a galera faz piada, ninguém chega na festa, mas todo mundo queria dar uma COMIDA.

  • 109. Luís Felipe  |  17/07/2009 às 20:48

    Ele so eh amigo do Daniel Cravo. Participou do Congresso organizado pelo Cravo. So trouxe o fato e ri. A noia saiu da tua cabeca, LF.

    ah tá, então tu citou o fato por mera coincidência?

    desculpa então. Eu estou muito paranóico.

  • 110. Lucas Cavalheiro  |  17/07/2009 às 20:51

    Vitóra = blza, 3 pontos, trocentos grenais sem perder
    Empate = 1 ponto, dentro do esperado, trocentos grenais sem perder
    Derrota = fora tite.

    Melhor grenal.

  • 111. Juca  |  17/07/2009 às 20:52

    O que é SOFISMA galera? Eu entrava aqui sempre pra ler sobre FUTEBOL.

    VAMOS DEIXAR O FUTEBOL SER SÓ FUTEBOL?

    Valeu!

  • 112. Prestes  |  17/07/2009 às 20:53

    Procura no Google, husdasuhdasuhdasuhdasuhdasuhdasduhasduh

  • 113. Marimon  |  17/07/2009 às 20:58

    Puta texto Douglas.

    E GURIZAS (2), me admiro de vc´s, com um texto desses, dando ibope pras mesmas malas paranóicas coitadinhas ad eternum.

  • 115. Marimon  |  17/07/2009 às 21:03

    Lendo o link do Prestes, duas conclusões.

    Primeiro que o presidente do Santos não tem um pingo de vergonha na cara, ou sofre de amnésia aguda, esse cara descascou o Luxa em rede nacional em sua última saída do Santos.

    E segundo:

    “O que levou o presidente santista a mudar de postura e desistir de Muricy foi a alta proposta do ex-técnico do São Paulo, que teria exigido salário de R$ 700 mil. Marcelo Teixeira percebeu que Muricy seguia na mesma estratégia usada para dispensar o comando do Palmeiras, pedindo um salário desproporcional ao invés de simplesmente recusar as propostas.”

    Caso a paranóia dos coitadinhos não se confirme, e o Autuori triunfar, acho que teremos uma segunda feira de novidades no Beira Rio.

    Ninguém recusa dos times do “eixão” assim, impunemente. Tem coisa aí. Abre o olho pastor.

  • 116. Juca  |  17/07/2009 às 21:03

    #112 – Valeu Prestes…hehehe
    Sofisma (do grego antigo σόϕισμα -ατος, derivado de σοϕίξεσϑαι “fazer raciocínios capciosos”) em Filosofia, é um raciocínio aparentemente válido, mas inconclusivo, pois é contrário às próprias leis. Também são considerados sofismas os raciocínios que partem de premissas verdadeiras ou verossímeis, mas que são concluídos de uma forma inadmissível ou absurda. Por definição, o sofisma tem o objetivo de dissimular uma ilusão de verdade, apresentado-a sob esquemas que aparentam seguir as regras da lógica.

    O que isso tem a ver com futebol?

  • 117. Juca  |  17/07/2009 às 21:05

    Futebol, filosofia e SOFISMAS deixemos pra PAULO AUTUORI e pro TITE.
    Só sugestão, claro.

  • 119. André K.  |  17/07/2009 às 21:17

    Te contenta com o fato, com a informacao

    Se os fatos não ajudam ao Internacional, luta-se contra os fatos.

  • 120. beretta  |  17/07/2009 às 21:23

    DESISTO!

    Vou ligar pra minha ex e ir ver filmezinhos românticos regados à vinho tinto e pizzas.

    Adeos!

  • 121. Sanchotene  |  17/07/2009 às 21:23

    Vivem copiando as minhas idéias. Depois do Gre-Nal dos 100 anos, agora, é o boicote às partidas:

    http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Bahia/0,,MUL1233625-10071,00-MAGOADA+TORCIDA+DO+BAHIA+FAZ+CAMPANHA+PUBLICO+ZERO+PARA+O+JOGO+CONTRA+O+VAS.html

  • 122. Fernando Cesarotti  |  17/07/2009 às 21:59

    Vão-te à merda, em vez de comentar o baita texto ficam aí com nhenhenhem de arbitragem e tribunal, parecem um bando de são-paulinos, deuzolivre.
    Invejei especialmente a frase “Antes de ser vencido, um Gre-Nal nunca é bem-vindo”, porque resume tudo o que sempre pensei a respeito de um Palmeiras x Corinthians. E, creio, valo FÁCIL pra outros clássicos.
    Douglas RESUMIU O FUTEBOL em uma frase. Depois dessa, perdi pra sempre.

  • 123. Fernando Cesarotti  |  17/07/2009 às 22:08

    Quanto ao Luxa no Santos, a relação entre ele e o Marcelo Teixeira é uma coisa bizarra. Se a mãe do Gabriel não lesse o Impedimento eu diria que “tem c* nessa história”, porque na verdade em todas as crises vividas pelo Palmeiras desde a chegada do Luxburger, no começo do ano passado, sempre vinha um gaiato dizer que “Luxa pode voltar pro Santos”.

  • 124. lair  |  17/07/2009 às 22:38

    e bunda de mulher que é bom nada

  • 125. André K.  |  17/07/2009 às 23:09

    O presidente em exercício do Superior Tribunal de Justiça Desportiva nem entrou no mérito da questão, nem mesmo examinou os vídeos. Ele apenas partiu da ideia de que o objetivo seria não provocar um prejuízo irrecuperável ao jogador e ao clube.

    http://www.clicrbs.com.br/blog/jsp/default.jsp?source=DYNAMIC,blog.BlogDataServer,getBlog&uf=1&local=1&template=3948.dwt&section=Blogs&post=205030&blog=538&coldir=1&topo=4238.dwt

  • 126. Francisco Luz  |  18/07/2009 às 00:16

    Gotta luuuv that internet:

    http://esportes.terra.com.br/interna/0,,OI168287-EI1987,00-Gremio+e+Inter+cheios+de+problemas+para+o+GreNal.html

    Segunda, 3 de março de 2003, 18h22

    Grêmio e Inter cheios de problemas para o Gre-Nal

    Rio ? Grêmio e Inter estão cheios de problemas para o clássico Gre-Nal, marcado para o próximo domingo, no estádio da Beira-Rio, campo do Colorado. A partida é válida pela penúltima rodada da fase de classificação do Grupo 1 do Campeonato Gaúcho.

    O Inter chega no grande confronto mais tranqüila do que o arqui-rival. O time do técnico Muricy lidera a chave com sete pontos e garante a vaga na próxima fase se vencer, ou empatar e o Caxias perder para o Juventude.

    Já o Tricolor, que ainda não venceu no torneio, é o lanterna com apenas dois pontos e joga sua sobrevivência na competição. Se não vencer está fora matematicamente da segunda etapa.

    No clássico de ida, no dia nove de fevereiro, o Inter venceu de virada por 2 a 1 em pleno estádio Olímpico. Além dos três pontos, o Colorado acabou com uma invencibilidade do rival de 13 jogos no Gre-Nal. Luís Mário abriu o marcador, mas Vinícius e Daniel Carvalho viraram.

    GRÊMIO

    Após um final de semana de descanso, os jogadores do Grêmio reiniciaram no domingo os treinamentos para o clássico. O tricolor vai jogar tudo o que pode, pois se não vencer, estará eliminado do campeonato gaúcho.

    Até o momento, a equipe de Tite jogou quatro partidas, tendo empatado duas vezes e perdido as outras duas.

    O treinador só poderá definir a equipe que entrará em campo na sexta-feira à noite, após os julgamentos do volante Tinga, do zagueiro Claudiomiro, do meia Rodrigo Fabri e do goleiro Danrlei.

    Os três primeiros serão julgados na sexta-feira por causa das expulsões sofridas no confronto em que o time perdeu para o Juventude por 2 a 1, na rodada passada do Gauchão. Claudiomiro e Tinga têm grandes possibilidades de serem inocentados, pois os cartões vermelhos que levaram teriam sido um exagero do árbitro Leonardo Gaciba.

    Já Rodrigo Fabri dificilmente se livrará de uma suspensão entre dois e quatro jogos, pois a expulsão sofrida em Caxias do Sul foi a segunda em quatro partidas. Além disso, o meia se recupera de uma torção no tornozelo direito sofrida num treino na semana passada.

    O goleiro Danrlei vai ao banco dos réus na quinta-feira. Será o segundo julgamento do polêmico jogador pelo mesmo motivo: a cabeçada que ele aplicou no árbitro reserva do Gre-Nal no primeiro turno.

    Na primeira vez, Danrlei foi punido com 60 dias de suspensão, mas o Grêmio entrou com efeito suspensivo e conseguiu sua liberação para enfrentar o Juventude na rodada seguinte. O departamento jurídico gremista já avisou que se o goleiro for novamente condenado, tentará novo efeito suspensivo.

    INTER

    O técnico Muricy Ramalho sucumbiu ao nervosismo que precede o Gre-Nal. Depois de ter confirmado o time do para o clássico, o treinador voltou atrás, afirmando ter dúvidas no ataque.

    Segunda foi a reapresentação dos jogadores após dois dias de folga para que curtissem o carnaval.

    Além de não poder contar com o titularíssimo atacante Daniel Carvalho e o meia Cleiton Xavier – ambos se apresentaram no domingo à seleção brasileira sub-20, que disputará o Mundial da categoria, no final do mês, nos Emirados Árabes Unidos – , Muricy está em dúvida quanto a André ou Jéfferson Feijão como o centroavante titular. Os dois não atravessam um bom momento e perderam a confiança do técnico.

    A decisão para a definição do atacante certamente ficará para momentos antes do Gre-Nal, no Beira-Rio, começar. Quem está garantido é o jovem Diego, de apenas 17 anos, que fará o seu segundo clássico como profissional.

    O primeiro foi no dia 9 do mês passado, quando entrou em campo no final da partida e deu o passe para que Daniel Carvalho fizesse o gol que deu a vitória por 2 a 1 sobre o tricolor, dentro do Olímpico.

    Uma vitória sobre o arqui-rival garante o colorado na fase final do campeonato gaúcho, em julho.

    O Internacional deverá jogar o Gre-Nal com Clemer; André Cruz, Wilson e Vinícius; Valdir, Sangaletti. Claiton, Gavilán e Ismael; Diego e André (Jéfferson Feijão).

    =-=-=-=

    Só para explicar: cabeçada é agressão, mesmo. Vai além de tentativa.

  • 127. Luís Felipe  |  18/07/2009 às 00:28

    bah, André Cruz.

  • 128. Serramalte Extra  |  18/07/2009 às 00:49

    126: desde quando o STJD julga confusão de campeonato estadual?

  • 129. Grenalistorado  |  18/07/2009 às 01:40

    Abaixo os maus juízes!

  • 130. Serramalte Extra  |  18/07/2009 às 01:45

    mas quem vai sobrar pra apitar?

  • 131. Anônimo  |  18/07/2009 às 02:12

    D´Alessandro tentou agredir = 60 dias e + 1 jogo!
    Diego Souza no Domingos! agrediu, voltou e agrediu de novo = nada!
    Melhor é acertar na próxima vez que daí não tem mais discussão.

  • 132. Ernesto  |  18/07/2009 às 02:23

    Os cara são amador, tão reclamando do D’Alessandro jogar. O cara saiu e o Andrezinho pegou a meia cancha e colocou debaixo do braço.

    Mas, cada um cada um, diria meu avô.

  • 133. Ernesto  |  18/07/2009 às 02:31

    Basile rules.

    Treiandor estileira:

    http://www.ole.clarin.com/notas/2009/07/18/futbollocal/01961009.html

  • 134. Lucian  |  18/07/2009 às 03:14

    Bah, é impressão minha ou Muricy está escandalosamente oferecendo as pregas para treinar o Inter?

  • 135. Rafael Chat  |  18/07/2009 às 07:57

    Tchê
    não vou ver Grenal no Beira-Rio, não por causa de um ou outro empurrão na entrada – vou sempre com a tricolor – mas por medo da “aterradora” experiência de ouvi-los comemorar um gol

    deve ser como o trovão que antecederia uma batalha campal, entre clãs rivais que lutariam até a morte. é um medo atávico

  • 136. Sanchotene  |  18/07/2009 às 08:35

    Re 135

    Mas o grito é muito assustador no Olímpico. Fora, já se espera que isso aconteça. Agora, na nossa casa, é bem pior…

  • 137. Francisco Luz  |  18/07/2009 às 08:40

    128: não estou falando de STJD ou TJD, mas de que isso já existe e, pior, já aconteceram casos mais graves antes. Mas, naquela época, reclamar era choro antecipado.

    O mundo gira, a lusitana roda e as coisas sempre mudam.

  • 138. André K.  |  18/07/2009 às 10:48

    # 128

    Essa é grande Sem-vergonhice. Comparar decisão de STJD com de TJD, e teve jornal (supostamente gremista) que embarcou nessa.

    Sem falar nesta MENTIRA de dizer que o Diego Souza não foi punido.

    Mas tá certo, o D´ale não poderia ser punido, não fez nada, foi injustamente expulso e saiu prontamente de campo.

  • 139. Francisco Luz  |  18/07/2009 às 10:58

    Alguém disse que ele foi injusamente expulso? Queria encontrar UM LINK que dissesse isso.

    Todo mundo que eu vi ou li concordou com a expulsão e com a punição, mas não com a extensão dela. E efeito suspensivo já foi dado pra cotoveladas e coisas muito piores pelo STJD, aí, sim que não faz nenhum sentido reclamar – a não ser pelo prazer do gritedo, mesmo.

  • 140. André K.  |  18/07/2009 às 11:27

    Se merece ser punido, não há razão para ser concedido efeito suspensivo.

    Mas se usa o velho estratagema de justificar este erro com erros do passado. Ou de citar decisões de mil novecentos e guaraná com rolha, comparar decisões de tribunais diferentes.

    O caso do Neto Baiano foi descaradamente omitido por aqui no RS.

  • 141. Sanchotene  |  18/07/2009 às 11:33

    André,

    É direito do D’Alessandro ter esse efeito suspensivo: a punição foi superior a 29 dias; a decisão pode ser modificada com o recurso; e a declaração do William -que não se sentiu ameaçado- é suficiente para gerar dúvida quanto a correção da decisão original. E só isso BASTA.

    Vamos aproveitar o jogo, OK?

    Eu quero-os COMPLETOS! Vão perder com todos os titulares…

  • 142. André K.  |  18/07/2009 às 11:37

    A declaração do William, dado no programa da apresentadora do banquete do clube do povo, sequer foi apreciada.

  • 143. Sanchotene  |  18/07/2009 às 11:40

    Voltamos, pois:

    É direito do D’Alessandro ter esse efeito suspensivo: a punição foi superior a 29 dias; a decisão pode ser modificada com o recurso; e pode haver outros elementos na defesa suficientes para gerar dúvida quanto a correção da decisão original.

    O que, de novo, já bastaria.

    Alguém viu o D’Alessandro tentar agredir, mesmo, o William?! Desferir um soco, um pontapé, uma cusparada, e errar?

    Essa é a questão.

  • 144. Francisco Luz  |  18/07/2009 às 11:45

    Se merece ser punido, não há razão para ser concedido efeito suspensivo.

    Então é hora de revisar TODA a justiça desportiva brasileira.

    E acho que poucos gremistas reclamaram dos ERROS cometidos em 2003 e guaraná com rolha.

  • 145. Marimon  |  18/07/2009 às 11:49

    O D’alessandro siu de campo dizendo que queria levar um com ele.

    Ele queria era tomar uma bocha do William pra justificar a expulsão do cara. Se quisesse ter batido era só esticar o braço. E pular, é claro.

  • 146. André K.  |  18/07/2009 às 11:57

    Eu me lembro de 2004, Christian suspenso por 60 dias por ter batido boca com o juiz.

    Não houve concessão de efeito suspensivo.

    Também o Grêmio não teve essa esperteza de entregar petição no escritório de quem estava substituindo o substituo do substituto

  • 147. André K.  |  18/07/2009 às 11:59

    Taí teu link Francisco, comentário #145.

    Aquela foto do D´alessandro de punhos fechados e dentes cerrados é o registro do momento em que ele estava tentando APANHAR do William

  • 148. Sanchotene  |  18/07/2009 às 12:05

    Re 147

    André,

    Ainda assim, isso não é tentativa de agressão. Passaria a ser no momento em que ele desferisse o soco. Ameaça não é tentativa.

    Re 146

    I. Se foi assim, a decisão parece equivocada.

    II. Isso é sinal de competência do jurídico vermelho, o que não tem nada a ver com o que estamos discutindo, i.e., o mérito do efeito suspensivo.

  • 149. André K.  |  18/07/2009 às 12:09

    Eu estou sim discutindo o mérito do efeito suspensivo.

    O auditor somente levou um conta o periculum in mora

    Ignorou completamente o fumus bonis iuris, o juízo de verossimilhança, etc…

  • 150. JB  |  18/07/2009 às 12:18

    1º. Sr. Ceconello: VAI TOMAR NO TE CU. (melhor elogio) [2].
    Até a patroa elogiou teu texto

    2º. acabei gerando um link daqui na Máquina do Cafézinho (http://www.maquinadocafezinho.blogspot.com):

    Ramiro,
    Leia este texto:
    https://impedimento.wordpress.com/2009/07/17/historia-universal-da-angustia/

    Contrata essa gente antes que alguém pegue!!!!! Ou, ao menos bota alí no SITES BACANAS.

  • 151. Diogo  |  18/07/2009 às 13:02

    [ ]!!!

  • 152. Luís Felipe  |  18/07/2009 às 14:32

    #133

    AHAHAHAHHAHAHAHAHHAHAHAHAHHAHA

    SENSACIONAL, BASILE!

    “En general son defensores –dijo ayer–, pero yo tengo todos centrales lindos, afeitaditos. El Cata te miraba y, sin hablar, porque no era de los que más hablaban, te metía miedo”, se rió, quizá añorando los tiempos en los que Rolo Schiavi y el Cata Díaz imponían respeto con su sola presencia.”

  • 153. Luís Felipe  |  18/07/2009 às 14:33

    sou a favor da fundação do STAKJD.

  • 154. Shabadinho Tristao  |  18/07/2009 às 14:44

    ¿e de novo La Rodá?

  • 155. André K.  |  18/07/2009 às 14:46

    e a tua mãe é favor também? e o Divino Fonseca?

    Te limita a exercer a desfaçatez, que é o que te faz bem.

  • 156. Luís Felipe  |  18/07/2009 às 14:51

    olha só, AK: o Inter tomou gol do Darío Conca de cabeça na quarta feira.

    o Darío Conca tem 1,57.

    e não saltou sozinho, estava marcado.

    amanhã tem Maxi López.

    não é contigo que eu vou me irritar, né?

  • 157. Guilherme Mallet  |  18/07/2009 às 15:08

    Baita texto. Tenho que aprender a escrever assim.

    Abraços.

  • 158. Anônimo  |  18/07/2009 às 15:17

    mas bah tchê! os caras tão mordidos mesmo! devem ser os trocentos grenais sem vitória!

  • 159. Bruno  |  18/07/2009 às 15:29

    Além de bagunçar o campeonato de novo, o STJD conseguiu tirar o foco do belo texto do Douglas.

    O D’Alessandro merecia ser punido com 2 ou 3 jogos pela papagaiada que fez. Além de uma multa pesada. Isso mediante procedimento sumaríssimo, em que três pessoas capacitadas e remuneradas pra isso resolveriam eventuais polêmicas nos dois dias subseqüentes ao jogo. Dessa decisão, não deveria haver sequer possibilidade de recurso.

    E isso até poderia criar algumas injustiças, mas seriam certamente menores do que as atuais. A palhaçada do efeito suspensivo é só a ponta do iceberg de um sistema que atrapalha mais do que ajuda.

  • 160. Luís Felipe  |  18/07/2009 às 15:44

    bom dia!

    essa é velha, mas é boa.

  • 161. Fred Mantk  |  18/07/2009 às 17:51

    Alguém quer transar ?
    Moro em Dom Pedrito,qualquer coisa entra em contato.

  • 162. Sanchotene  |  18/07/2009 às 18:24

    ‘Tá feia a coisa em Dom Pedrito!

  • 163. Sanchotene  |  18/07/2009 às 18:25

    Gre-Nal no PHD do Cruzeiro.Org

  • 164. Sanchotene  |  18/07/2009 às 18:26

    Gre-Nal no PHD do Cruzeiro.Org

  • 165. Camilo  |  18/07/2009 às 19:35

    E em porto alegre?
    pensem bem – o deslocamento é menor…

  • 166. Chesco  |  18/07/2009 às 19:47

    E o impedimento começando a tomar conta do “globo”.

    http://colunas.globoesporte.com/mateusreck/2009/07/18/uma-obra-prima/

  • 167. almilano  |  18/07/2009 às 19:51

    Bah realmente outro texto fenomenal, parabéns.

    A melhor história que eu tenho de Gre-Nais é aquele 5 a 2 no Olímpico. E não pela vitória, mas pelos fatores anteriores e posteriores ao clássico.

    Fomos em 8 pessoas, sendo 4 colorados e 4 gremistas. E claro, iríamos nos encontrar após o clássico.

    Resumo dos resumos, ficamos parando e bebendo em praticamente TODOS os bares e Postos de Gasolina, do Olímpico à Nilo Peçanha, passando pela Princesa Isabel e Goethe. TODOS foram, os 8. Ficamos até 2 da manhã falando SOMENTE do jogo, algo incrível. Inesquecível e apesar da dor de cabeça no outro dia, tive que ir ao colégio (estava no 3o ano do 2o grau) pra flautear os gremistas.

    Domingo pra lá de especial.

  • 168. Lucas Cavalheiro  |  18/07/2009 às 20:10

    Impedimento cada vez mais lido. Nada mais natural.

    Parabéns gurizada medonha.

  • 169. Anônimo  |  18/07/2009 às 21:07

    Traduzam esse texto pro inglês e mandem pro site da fifa. Já!!!

  • 170. Guilherme Dias  |  18/07/2009 às 23:28

    PQP, D’Alessandro e Bolívar em campo é REFORÇO pro Grêmio, bora parar de reclamar antes que tirem os dois do time de novo.

    E é bom deixar o Inter ganhar Grenais, isso acomoda os caras, que se satisfazem mais com a nossa derrota do que com as suas vitórias. Quem foi que disse mesmo que gremista é iniciante na arte de secar, ao contrário dos colorados? Ele tá coberto de razão.

    De resto, BAITA texto, Cecco. A frase dos Grenais tá registrada aqui, foi de um nível MARIO QUINTANA de ser.

  • 171. Max Augusto  |  19/07/2009 às 00:47

    Que baita texto!

    “Antes de ser vencido, um Gre-Nal nunca é bem-vindo”. Em parte, é verdade. Para o vencedor do último, em muitas ocasiões, não é bem-vindo, porém, o perdedor do mesmo (último clássico) o deseja intensamente.

  • 172. Anônimo  |  19/07/2009 às 00:54

  • 173. Anônimo  |  19/07/2009 às 00:59

  • 174. Daniel Reiner  |  19/07/2009 às 02:17

    Passei o sábado inteiro, entre uma ativida e outra, pensando sobre o que escrever prá falar sobre esse Gre-Nal.

    Agora são: 02:17 da manhã de saábado prá domingo e eu me deparo com essa pérola.

    Douglas, vou publicá-lo. Se achar necessário, depois me mande a intimação.

    PARABÉNS!

  • 175. douglasceconello  |  19/07/2009 às 02:50

    Façam o que quiserem do texto, gurizada. Se nos linkarem, agradecemos. Afinal, o IMPEDIMENTO é do POVO.

    Getúlio neles (ns)!

  • 176. Topolski  |  19/07/2009 às 03:49

    Sobre a entrevista do Willian, ALGUEM teria coragem de falar algo pra contrariar a Renata Fan olhando pra ela?

  • 177. marlon  |  19/07/2009 às 06:10

    bá, vocês tão tudo loco. o d’ale mal encosta no cara do corinthians jogado no chão fazendo cera pura, não coibida pelo juiz, e depois simplesmente NÃO AGRIDE o william. sair atrás do cara com o punho fechado e aquela cara de yoda emboletada não é agressão nem aqui nem em pequim [ns]. e nisso ia ganhar 2 meses de suspensão e mais um jogo? sifudê. olha a cotovelada que deram no rafael moura, dentinho nem amarelo levou. olha o pisão proposital no nilmar, que saiu sangrando, todo ESTROPIAO – igual, o juiz NEM FALTA deu. essas sim agressões violentas, e mesmo desnecessárias.

  • 178. marlon  |  19/07/2009 às 06:13

    e BAMO COLORADO A SER GOLES CARAJO!

  • 179. Lucas Cavalheiro  |  19/07/2009 às 07:02

    sonhei:

    D’Ale dá uma la boba pela direita, na linha de fundo, e cruza rasteiro pra Andrezinho completar.

    2×1 colorado e o fim do 4-4-2 com 3 volantes.

  • 180. Lucian Chaussard  |  19/07/2009 às 09:26

    O 4-4-2 nunca vai acabar na Era Tite. Assim que ele adquirir qualquer vantagem no jogo, vai cagalhoar e voltar para seu esquema chama-derrota.

  • 181. Anônimo  |  19/07/2009 às 09:44

    139. Francisco Luz | 18/07/2009 at 10:58

    Alguém disse que ele foi injusamente expulso? Queria encontrar UM LINK que dissesse isso.

  • 182. marlon  |  19/07/2009 às 10:08

    “agressões violentas” = YODA VIDA LOKA descontrolada = pleonasmo

    PERDI.

  • 183. Sanchotene  |  19/07/2009 às 11:13

    Este é o “Grenal da Gripe A”: vírus “H1M1″ = Herrera, 1; Máxi, 1.

    É 2-0 na conta!

  • 184. Sanchotene  |  19/07/2009 às 12:43

    De Léon: Soy un colorado que en 50 años no participó….

  • 185. Sanchotene  |  19/07/2009 às 12:44

    De Léon: Somos una familia colorada de toda la vida…

  • 186. Sanchotene  |  19/07/2009 às 12:47

    Argentina, em preparação para a Copa de 2014, abandona o Monumental e jogará no Gigante

  • 187. Rudi  |  19/07/2009 às 12:48

    Sancho…

    pablo Horacio guinazu – 1
    Magrao – 1

    ainda sobre o guinazu, vale a pena ler…

    http://desciclo.pedia.ws/wiki/Gui%C3%B1azu

  • 188. Godo  |  19/07/2009 às 12:59

    Aí, Ceconello, se foder. Não vou elogiar, não, chega. Vou almoçar e depois sair pra ver o jogo num bar, é o MÍNIMO que posso fazer em troca dessas palavras. Amém.

  • 189. JB  |  19/07/2009 às 13:05

    Terrorismo numa hora dessas, Sancho?
    Quais tuas cadeiras no Olímpico?

  • 190. Rudi  |  19/07/2009 às 13:07

    segundo a gaucha (estou ouvindo, nao sei) que deu confronto de policia x torcida com inter, com gas e talvez tiros…

  • 191. Rudi  |  19/07/2009 às 13:21

    coronel jones (confiavel? to fora de porto, nao sei) fala em briga entre a 12 e guarda popular, que eles tiveram que dar umas porrada pra separar…

  • 192. Gabriel  |  19/07/2009 às 13:40

    Sonhei com gol do Guiñazu, 3×2.

  • 193. .  |  19/07/2009 às 14:06

    Carta na Manga:

    * A década de 1940 foi tão boa para o Inter que, descontada ela, o Grêmio teria vantagem em números de clássicos vencidos. Das dez décadas de Gre-Nal, seis tiveram melhor desempenho do Grêmio; as do Inter, porém, foram mais dominadoras – notadamente a de 1940 e a de 1970.

  • 194. camilo  |  19/07/2009 às 15:02

    segundo GUAIBA, a mão de tinta no vestiário do time visitante não secou a tempo, então alguns jogadores do inter podem sentir alergias. direção do gremio pede desculpas pelo inconveniente

  • 195. dante  |  19/07/2009 às 16:29

    ’24: NILMARAVILHA.

  • 196. Índio  |  19/07/2009 às 16:35

    E ainda falta o meu.

  • 197. Francisco Luz  |  19/07/2009 às 17:21

    O Inter segue sendo um time covarde; este segundo tempo está lamentável. Tite tem que sair logo.

  • 198. Francisco Luz  |  19/07/2009 às 17:50

    Andrezinho não pode ser titular do Inter NUNCA MAIS.

    Tite que vá pra puta que o pariu.

  • 199. Luís Felipe  |  19/07/2009 às 17:55

    bom, pelo menos tem uma vantagem, além da eminente queda do Tite: não vamos passar a segunda feira inteira discutindo arbitragem, pois hoje o Grêmio não foi roubado.

  • 200. Juliano  |  19/07/2009 às 17:57

    Acaba logo, POFESSOR

  • 201. Luís Felipe  |  19/07/2009 às 17:59

    iminente, a queda.

    ah, o Danilo Silva é craque. No segundo tempo, ele sempre é colocado para decidir o jogo.

  • 202. FERN  |  19/07/2009 às 18:00

    CHUPA TIME DESGRAÇADO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • 203. Juliano  |  19/07/2009 às 18:00

    LF, profeta do Twitter!

  • 204. Lucian Chaussard  |  19/07/2009 às 18:03

    FORA TITE.
    Se esse impostor não cair hoje é tacar fogo nessa direção incompetente.

  • 205. Camilo  |  19/07/2009 às 18:08

    A torcida do gremio nao percebe o BEM que nos fez com essa derrota. Tite sairá.

    Se percebessem a besteira que fizeram causando a demissão do pastor, manteriam seus fogos no armário.

  • 206. beretta  |  19/07/2009 às 18:11

    Devo ser o único colorado feliz.

  • 207. Lucian Chaussard  |  19/07/2009 às 18:12

    E a gente ainda tinha esperança de que ele ia vir com 3-5-2. Jogou exatamente da mesma maneira que joga sempre. Se Magrão não tivesse fora ia ser a mesma escalação.
    NÃO DÁ MAIS. F O R A T I T E

  • 208. Camilo  |  19/07/2009 às 18:12

    Sem comentar as substituições.
    SEMPRE as mesmas substituições, DEPOIS do gremio virar o placar

  • 209. beretta  |  19/07/2009 às 18:14

    O mais tri é:

    Inter x Coritiba

    Vitória, 3-5-2, 3×0.

    Depois, voltou pro 4-4-2 e só tomou balaio.

    Inter x Fluminense

    4×2

    Vitória, 3-5-2, 4×2.

    Agora

    Gremio x Inter

    Derrota, 4-4-2, 2×1.

    Parabéns, Tite! Só tu consegue isso!

  • 210. G. Acuto  |  19/07/2009 às 18:14

    199. “…além da eminente queda do Tite…”

    Não seria IMINENTE?

  • 211. Luís Felipe  |  19/07/2009 às 18:15

    partiu um “Tite facts”?

    eu começo: para Tite, a segunda guerra mundial foi conquistada com a entrada de Danilo Silva pela Normandia.

    Tite fez teste para treinador no filme Rocky. Seu lema era: “depois de dar o primeiro soco, não ataque mais”. Foi demitido.

  • 212. Camilo  |  19/07/2009 às 18:16

    211: Tite era o treinador do “spider” Rico no Rocky 1

  • 213. beretta  |  19/07/2009 às 18:19

    PARA TUDO!

    LF e Camilo, as análises de vocês não fecham.

    Motivo? Tite não é treinador.
    É um PASTOR. Coisas bem diferentes.

    Alguém vai ouvir a entrevista coletiva?

  • 214. Lucian Chaussard  |  19/07/2009 às 18:21

    Quero ver quem que vai defender esse bosta agora.

  • 215. Luís Felipe  |  19/07/2009 às 18:22

    eu vou ouvir. Sou masoquista.

  • 216. beretta  |  19/07/2009 às 18:22

    Saudades do Alex…

    Já que o único cara que chuta a gol no time do Inter é o… o… perai… o… como é mesmo o nome dele? Po, o…

    É, esqueci. Ou NÃO TEM!!

  • 217. Lucian Chaussard  |  19/07/2009 às 18:24

    Segundo FC, Tite não caia nem se perdesse o grenal. Cagalhão.

  • 218. joão carlos  |  19/07/2009 às 18:24

    eu.

    FICA TITE!

  • 219. Lucian Chaussard  |  19/07/2009 às 18:24

    O D’ale deu uns 2, 3 chutes no primeiro tempo. No segundo Inter esqueceu de entrar em campo.

  • 220. beretta  |  19/07/2009 às 18:26

    Eu digo CHUTAR, não recuar a bola pro goleiro.

    D’Ale mostra por que não se criou em time nenhum da Europa…

  • 221. beretta  |  19/07/2009 às 18:34

    POR QUE O TITE NÃO CONSEGUE RESPONDER UMA PERGUNTA FEITO HOMEM?

    POR QUE MEU DEUS ALGUÉM ME EXPLICA ISSO!!

  • 222. Francisco Machado  |  19/07/2009 às 18:39

    É muito engraçado ver os colorados reclamando do ataque do Inter.

  • 223. beretta  |  19/07/2009 às 18:40

    #222

    Engraçado porque tu não é colorado…

    haeaeoahoehaeoahoaeahouea

  • 224. Lucas Cavalheiro  |  19/07/2009 às 18:42

    Eu não sei vocês, mas eu não estou irritado com o jogo.

    Time que entra pra empatar merece perder.

  • 225. beretta  |  19/07/2009 às 18:43

    Eu to feliz. Incrivelmente feliz.

    E não é ironia.

  • 226. Lucian Chaussard  |  19/07/2009 às 18:44

    Eu não tô nada feliz. Tô sentido que esse pastor pedófilo não vai cair.

  • 227. Juliano  |  19/07/2009 às 18:47

    Fica TITE. Pelo menos até o GRENAL do segundo turno.

  • 228. Lucas Cavalheiro  |  19/07/2009 às 18:52

    No más, grenal mais ÓBVIO;

    10 jogos, 19 gol tomados, a maioria em falha pelo alto.
    Só Nilmar decidindo.

    Grêmio sempre tomando gol pela esquerda:

    2×1.

  • 229. marlon  |  19/07/2009 às 18:56

    aos 25 minutos do primeiro tempo, consigo ouvir a GUAIBA. a cada 20 SEGUNDOS, F5 no justin. quase quebro meu notebook, a justiça divina, o axl rose e a mãe do gaciba, só com o poder MALÉVOLO da minha mente.

    não vou nem comentar o grenal, porque EU NAO VI-O [fodam-se as regras de gramática]. dos cositas, si us plau:
    1) o primeiro gol foi por causa de uma “vantagem” dada pelo gaciba pro inter, quando a bola saía da NOSSA grande área. uma falta clarissima, pra segurar contraataque, o qual nunca iria acontecer – portanto, FALTA, porra. o gremio recuperou e redundou na jogada do gol. [nada a ver com argumento “fomos roubados”; o argumento – de sempre – é mais ou menos o seguinte, “se há regras, estas têm de ser cumpridas”: se não fossem pelos PUTOS juizes, o futebol seria muito melhor. e vão tomar no cu – heineken, please – todos os que dizem o contrário].
    2) FORA TITE.

  • 230. Lucian Chaussard  |  19/07/2009 às 19:08

    FC: “Não há nenhum motivo para pensar em substituição da comissão técnica.”

  • 231. ministro  |  19/07/2009 às 19:09

    “Mas o defunto nem esfriou ainda e já tão brigando pela herança” (NS).

  • 232. Luís Felipe  |  19/07/2009 às 19:10

    qual é o dirigente que fala em saída do treinador no vestiário?

  • 233. .  |  19/07/2009 às 19:11

    Até o André Kruse pode vir com a tese mais mirabolante de que o jogo seria 18-1 não fosse o complô STJD-CBF-Noveletto-Carvalho-Bin Laden-Obama-Guiñasu-Chuck Norris-Mãe Joana-Impedimento-Chavez que assola o ludopédio pátrio, eu não me importo.

    Dois a um, e isso me basta!

    Agora, só falta nascer o Henrique.

    Um abraço a todos,
    Sanchotene

  • 234. .  |  19/07/2009 às 19:12

    P.S.: Noveletto, Herói do Centenário!

  • 235. tite cu de zurrilho  |  19/07/2009 às 19:15

    parabéns aos gremistas.

    conseguiram superar o empate na história do clássico.

    inter jogou pela permanência da rivalidade.

  • 236. Luís Felipe  |  19/07/2009 às 19:17

    bah, imagina se o #233 é meu.

    não seria só a minha mãe a xingada.

  • 237. .  |  19/07/2009 às 19:17

    A assistência do Souza para o gol do Nilmar foi primorosa!

  • 238. Luís Felipe  |  19/07/2009 às 19:18

    e a assistência do Guiñazu para o Maxi López? futevôlei!

  • 239. Luís Felipe  |  19/07/2009 às 19:19

    bom, me despeço, agora o futebol só vai importar no início da madrugada, quando saberemos se o Muricy será anunciado hoje ou não.

  • 240. Lucian Chaussard  |  19/07/2009 às 19:20

    Píffero: “Só quem entra em campo ganha, empata ou perde”.
    Gênio.

  • 241. Lucian Chaussard  |  19/07/2009 às 19:24

    Jornalistas da Gaúcha dando xilique porque os jogadores do Inter, em especial Guiña, não quiseram falar.

  • 242. Luís Felipe  |  19/07/2009 às 19:28

    é, cada um tem seus interesses. O interesse do jornalista é pegar declaração.

    o interesse do Guiña certamente é chutar o lustre de casa até ele se desintegrar, depois da entregada que deu hoje.

  • 243. Lucian Chaussard  |  19/07/2009 às 19:31

    Wianey, o pai da corneta, em chamas.

  • 244. JB  |  19/07/2009 às 19:33

    Dante?

  • 245. Lucas Cavalheiro  |  19/07/2009 às 19:34

    Eu prefiro me isolar dos jornalistas nessas horas. Quer dizer, dos “jornalistas”.

    Mas agora é a hora de fazer terra arrasada. Nitidamente quem perdeu o jogo foi o Tite.

  • 246. Lucian Chaussard  |  19/07/2009 às 19:34

    WC “O Bolívar é um cinamomo, plantou suas raízes na lateral.”

  • 247. Luís Felipe  |  19/07/2009 às 19:35

    Já havia acontecido com a Geral e a Tradição.

    Tradição? Tipo, a dissidência da Portela?

    WC, só pra variar, adaptando os fatos à tese. A quantidade de fracassos com o 4-3-1-2 ele esqueceu. Mas eu vou esperar o quê dele?

  • 248. Guilherme Dias  |  19/07/2009 às 19:35

    Até agora, no ano, ganha quem jogar em casa(campo neutro o Novelleto dá uma empurradinha pra auxiliar o Inter).

  • 249. Luís Felipe  |  19/07/2009 às 19:47

    é que esse jogo, na real, não se resume na entrada do Danilo Silva (o maior absurdo do jogo) nem na má atuação do Andrezinho, nem no esquema.

    esse jogo mostra a continuidade de uma tendência. O Inter vem treinando mal e isso é visível em campo. É impossível um time errar tantas vezes em bola levantada na área por acaso. E o Tite está em rota de colisão com alguns jogadores. O problema do Bolívar não é só técnico. O Nilmar não sai reclamando TODO JOGO que está isolado na frente por acaso.

    O Inter com dois meias, com um meia, com 3-5-2, sempre se encastela atrás quando marca um gol. Me perdoem, mas isso não é privilégio do esquema 7-3. Isso é um conceito de futebol que está fracassando por ser mal treinado, mal executado. O Inter depende demais de boas atuações de dois jogadores que precisam carregar a bola até a frente e ainda criar jogadas ofensivas, o D’Alessandro e o Taison. Ganhou jogos pq os dois são muito bons. Se fossem o Tcheco e o Souza, esse desastre técnico teria ficado evidente muito mais cedo.

    É todo um conceito que está desmoronando agora e deveria começar a ter sido reconstruído pelo menos um mês antes. Por isso, a culpa é do treinador. E também do vice de futebol, sim, o Fernando Carvalho, que ajudou nesse processo de consolidação de uma idéia de futebol muito trancada, muito sufocada.

    Nenhum time joga tanto tempo de forma igual sem passar por um declínio. O São Paulo do Muricy inventou o Hernanes, um criador, para substituir o Josué, um jogador dinâmico, e ganhou em 2007. É isso que o Inter tem que descobrir agora. O Inter não está sufocado apenas no esquema, pois o esquema muda e a forma de jogar continua a mesma. Tem que inventar uma outra forma de jogar. E ao mesmo tempo, voltar a treinar bola aérea, senão não adianta nada.

  • 250. Francisco Luz  |  19/07/2009 às 19:56

    Tem que inventar uma outra forma de jogar.

    Para isso, só se tirar aquele usurpador de lá.

    O resto do teu comentário está perfeito.

  • 251. .  |  19/07/2009 às 19:56

    Toda vez que o Sport perde em casa (está Avaí 2-1), toda vez que o Flu perde em casa, me dá uma raiva da incompetência gremista fora de casa.

    Aí, eu lembro que a gente venceu o Gre-Nal, e volto a sorrir.

    Hehehehehehehe…

    Sanchotene

  • 252. Luís Felipe  |  19/07/2009 às 19:58

    com a provável suspensão do D’Alessandro, o Inter vai ter a melhor oportunidade do ano para mudar a forma de jogar.

  • 253. .  |  19/07/2009 às 19:58

    Cada vez mais, me parece que aquele Grêmio de 2001 foi totalmente SORTE…

    Um abraço.

  • 254. Frank  |  19/07/2009 às 20:07

    Primeira vitória dos próximos 100 anos de GRENAL…
    Inter ultrapassado pelo Palmeiras…
    TARDE PERFEITA…

  • 255. Mateus  |  19/07/2009 às 20:07

    Vou expor aqui a minha tese sobre o Inter…

    Eu digo faz um tempo que um problema do Inter é o Guiñazu, mesmo sendo ele muito bom jogador.

    Ele não tem posicionamento de volante, não sabe jogar bem ali. Mas também, para ser um terceiro homem de meio campo, falta bola pra ele. Ele tem boa técnica, mas pra fazer a saída de bola, não é um jogador de ataque.

    Assim, jogando com dois volantes + ele, falta companhia ao D’alessandro, e o time fica travado. Com o Guiña de volante, além dele sumir, o Sandro fica sobrecarregado, pois o Guiñazu se movimenta muito e fica bastante fora do lugar.
    É difícil de resolver…

    A solução seria ter laterais que se juntassem mais à armação de jogadas, mas pela direita eles são muito ruins para fazer isso, e pela esquerda, o Kleber já cansou dessa vida de lateral que vai ao ataque.

    Ele olha aquele campo todo lá na frente, e pensa: se eu for, bah, é uma corrida enorme pra ir, depois mais uma pra voltar… não vale a pena….

    Mesmo com toda a adoração colorada, a verdade é que o Guiñazu é um Tinga piorado. Mesmo estilo, mas falta a chegada do Tinga, que esse sim era excepcional…

  • 256. Lucas Cavalheiro  |  19/07/2009 às 20:15

    Se o Inter tivesse dois furadores de bola, o Guiña jogaria no que hoje se revezam Magrão e Andrezinho. E, a meu ver, com muito mais qualidade.

    O grande problema, pra mim, é a CAGONICE. Começa jogando bem, faz um gol trabalhando bem a bola, depois do gol mantém inteligentemente a posse de bola, trocando passes no campo do adversário.

    Aí, DO NADA, começa a se encolher e só pensar no contra-ataque. E toma a virada e resolve querer voltar a jogar. E, não pela primeira vez, é tarde demais. Contra o Fluminense, o Taison salvou. Hoje não teve jeito.

  • 257. Cassol  |  19/07/2009 às 20:16

    “o interesse do Guiña certamente é chutar o lustre de casa até ele se desintegrar, depois da entregada que deu hoje.”

    Entregada do Guiñazu? Faça-me o favor. Queria que o cara saísse da bola, pra ela entrar direto em gol?

    Cada tese que me aparece…

  • 258. Fernando Cesarotti  |  19/07/2009 às 20:17

    Sancho, boa sorte com o Henrique pra vc e a patroa.
    De resto, gostei do placar: 18 pontos seco no bolão graças ao Mr. Random, e Palmeiras passando o Inter na classificação.

  • 259. Frank  |  19/07/2009 às 20:22

    #256

    Aliás, como está inconstante esse Taison… hoje, mais uma vez, não jogou NADA…
    Pra mim, é jogador de Gauchão e só…

  • 260. Mateus  |  19/07/2009 às 20:43

    Eu to achando o Taison bem constante, isso sim….

  • 261. fino  |  19/07/2009 às 21:22

    ESTOU EM CHAMAS !!!!!!!!!!!!!!!!!

    NO OLIMPICO NÃO, CAMBADA!

    QUERO VER SE O PALADINO VAI DAR AS CARAS! PEGA NO MEU CAJADO!!!!!

  • 262. col  |  19/07/2009 às 21:24

    O LF matou a pau no #249.

    Acho que o FC ou repensa seus conceitos ou larga o cargo. Não vejo como culpar o Tite, dado que o FC banca o Pastor, logo…

  • 263. Roger  |  19/07/2009 às 21:26

    DÁ-LHE IMORTAL TRICOLOR!!!

  • 264. fino  |  19/07/2009 às 21:45

    MEU DEUS

    SANT’ANNA EM CHAMAS

    COMO EU!!!

    PENTEANDO MACACO NA TV

    TOMALEEEEEEEEEEEE

  • 265. douglasceconello  |  19/07/2009 às 22:00

    Cara, algum gremista se sentiu constrangido pelo texto do Zé Pedro Goulart na ZH de hoje?

  • 266. Mateus  |  19/07/2009 às 22:09

    Eu não sei quem é Zé Pedro Goulart e não li o texto, mas já fiquei muito constrangido por idiotices ditas por gremistas mongolões…

  • 267. Matheus  |  19/07/2009 às 22:12

    Douglas,

    ZH é só pagode, samba enredo é o Impedimento, o resto é alegoria de carnaval!

  • 268. Sanchotene  |  19/07/2009 às 23:49

    re 265

    Não achei nada demais. O “pior” foi o Tabajara tâ-lo colocado no bolso, mas nada demais. Não me ofendi como “gremista”…

  • 269. André K.  |  20/07/2009 às 09:37

    O texto em questão não me constrangeu mais do que as demais manifestações do Zé Pedro.

    Em 2003 (ou 2004) ele pediu Dunga de treinador do Grêmio. Um visionário

  • 270. fino  |  20/07/2009 às 09:45

    Não sei quem é esse cidadão…

  • 271. Godo  |  20/07/2009 às 10:44

    #255

    Mateus, se tem um cara que joga muito no Colorado, esse cara é o Guina. Tem jogo do Inter que eu vejo só pra ver um meio de campo TRABALHAR como se deve.

    A merda desse time do Inter é a completa obviedade. Não há laterais, tudo depende do meio. Kléber não aparece pra jogar, Taison fica lá na frente esperando a bola chegar limpinha pra ele… aí não há técnico ou camisa 10 que dê jeito.

  • 272. Sanchotene  |  20/07/2009 às 11:06

    Re 255

    O Tostão tampouco gosta do Guiñazu, tendo escrito sobre isso na sua coluna no jornal “O Povo” de Fortaleza.

  • 273. Frank  |  20/07/2009 às 11:53

    #265
    Agora vou me arriar…
    Desculpem-me quem trabalha por lá, mas EU NÃO LEIO ZH…
    [/off RBS mente…)

    ahoifdhoidfaoihaoih

  • 274. Francisco Luz  |  20/07/2009 às 16:49

    Ninguém vai colocar aqui o tal do texto do filho do Jango?

  • 275. Bessa  |  21/07/2009 às 14:27

    Quatro dias depois, e os aplausos ainda não cessam…

    Dale Douglas!
    Dale Grêmio!

  • 276. Link  |  27/08/2009 às 00:27

    poutz… baita texto

  • 277. Lucas Cavalheiro  |  25/04/2011 às 01:08

    Acho que nos próximos dias vou ler mais umas 5 vezes esse texto.

  • 278. Tiago Marcon  |  25/04/2011 às 15:36

    espetáculo

    verbalizou todo desgosto e agonia que representa um Gre-nal

    maior cronista vivo(2)

  • 279. Gerhardt  |  25/04/2011 às 17:24

    putaqmerrecontrapariu

  • 280. Amanda  |  25/04/2011 às 19:54

    Bah, que baita texto!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Já garantiu dois e tem um terceiro (CSA) com tudo na mão. E também o Confiança vivo, ainda que precisando de façanha. 8 hours ago
  • Nordeste pode ser a primeira região a subir mais que 2 times juntos em uma edição da C, desde que adotaram a fórmula atual (2012). 8 hours ago
  • O São Bento na B também seria notícia, é claro, mas do São Bento se espera menos do que um clube que é gigante em seu estado. 8 hours ago
  • Um eventual acesso do CSA seria um feito enorme: sem contar a bagunça da João Havelange, time não joga acima da terceira divisão desde 1992. 8 hours ago
  • Hoje subiram para a B 2018 o Sampaio e o Fortaleza. Outras vagas são definidas amanhã e segunda, mas São Bento e CSA têm ampla vantagem. 8 hours ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: