O pôquer interminável do campeonato uruguaio

14/07/2009 at 20:45 25 comentários

O irmão mais novo vai jogar LUDO com a irmã mais velha. Na primeira rodada, ela tira um SEIS. Não valeu, é claro, pois bateu na pecinha. Na segunda, a guria come uma das pecinhas e o irmão é obrigado a voltar pra casinha. Não valeu, é claro, pois a primeira jogada é café com leite. O jogo segue e a guria continua ganhando, enquanto o piá continua na sua sanha masoquista. Em resumo, é isso que está acontecendo na final do campeonato uruguaio.

O Defensor Sporting, campeão do Clausura e da Anual, tinha uma infinidade de vantagens sobre o Nacional, reles campeão do Apertura. Jogava por dois empates nas semifinais, poderia jogar pelo empate no terceiro jogo das semifinais e mesmo perdendo, teria a vantagem do empate nos jogos finais. Isso sem contar no harém de virgens vestais e nos bocaditos com café garantidos pela AUF.

Entretanto, o Defensor perdeu as semifinais. Empatou o primeiro jogo em 1-1 e o segundo pelo mesmo placar, diante de um Nacional combalido pelo duro enfrentamento contra o Estudiantes na quarta-feira anterior. Ainda houve uma terceira semifinal, dia 5, na qual o Defensor teve um pênalti a seu favor logo no início, desperdiçado por Diego de Souza. O jogo se desequilibrou de vez quando o mesmo de Souza foi expulso por entrada violenta na segunda etapa, possibilitando ao Nacional definir a partida com maior facilidade. Acabou 3-0 e o Nacional foi ás finais contra o mesmo Defensor.

A primeira final (ou quarta final, como dizem no Uruguai) foi disputada neste domingo, com um estádio vazio e a regra do não vale bomba. A AUF, tentando abrilhantar um pouco a disputa, levou a campo a taça do campeonato uruguaio – mesmo que nenhum dos clubes pudesse conquistá-la naquele jogo. Como acabou a partida? Com vitória do Nacional, a irmã mais velha da relação do primeiro parágrafo. Com gols de Sebastián Coates – o melhor zagueiro do campeonato, apenas 19 anos – e Gustavo Biscayzacú, venceu por 2-1, virando o jogo sobre o Defensor.

Agora, finalmente, o Nacional joga pelo empate na próxima partida. Uma derrota levará ao terceiro jogo, ainda que ninguém mais suporte essas finais. O El Observador que o diga: “La gente no va porque sabe que puede llegar a tener que pagar seis entradas para ver a su equipo campeón. Los jugadores se arrastran en la cancha. Ambos equipos tuvieron doble actividad este semestre y nadie sabe en qué condiciones llegarán a jugar la Liguilla.”

O jogo acontece nesta quarta às 20h10, como preliminar de luxo para a final da Copa Libertadores. Quem estiver DE BANDA por Montevidéu tem o serviço do jogo aqui. O ingresso mais caro custa menos de 30 reais.

Até a vitória,
Luís Felipe dos Santos

Anúncios

Entry filed under: Nacionais, Pela América.

Confesso que sequei – o Fluminense DEZtaques da 50ª Copa

25 Comentários Add your own

  • 1. Sanchotene  |  14/07/2009 às 20:59

    Nunca entendi porque não fazem jogo único em ambas as fases…

  • 2. Sanchotene  |  14/07/2009 às 21:00

    Não entrarei no mérito do regulamento, mas isto está confuso:

    Jogava por dois empates nas semifinais, poderia jogar pelo empate no terceiro jogo das semifinais e mesmo perdendo, teria a vantagem do empate nos jogos finais…

    Entretanto, o Defensor perdeu as semifinais. Empatou o primeiro jogo em 1-1 e o segundo pelo mesmo placar…

  • 3. Júnior Martins  |  14/07/2009 às 21:03

    Como hincha do Peñarol, claro torço pela vitória do Defensor, mesmo que leve ao EXDRÚXULO terceiro jogo, aliás, que fórmulazinha EXDRÚXULA essa do Campeonato Uruguaio, não tem torcedor que aguente…

    Mas a culpa é do Defensor por tamanho EXDRÚXULO em um campeonato, perdeu muitas oportunidades, se eu não fosse hincha do Peñarol torceria para o Nacional liquidar logo a fatura EXDRÚXULAR ainda mais essa peleja.

  • 4. Daniel Cassol  |  14/07/2009 às 21:20

    Eu não vejo o menor sentido nesse jeito de decidir o uruguaio.

    No mais, segue a campanha:

    ASSUME, DANTE.

  • 5. Sanchotene  |  14/07/2009 às 21:32

    A culpa é do Peñarol, Cassol. Campeonato de 1997.

    Fosse a semifinal e a final em jogo único, e ficariam tão simples quanto emocionante.

  • 6. Luís Felipe  |  14/07/2009 às 21:35

    com um regulamento desses, Sancho, é complicadíssimo fazer um texto simples!

  • 7. Sanchotene  |  14/07/2009 às 21:47

    Eu ainda não sei que raios de vantagem desportiva tem o Defensor. Pelo que eu entendi até agora, é nenhuma. Pelo que andei lendo, ambas as séries são em melhor-de-quatro-pontos; e em caso de empate em pontos ao final da terceira partida, há pênaltis.

  • 8. Sanchotene  |  14/07/2009 às 21:51

    P.S.

    Por isso que eu acho jogo único mais vantajoso. Joga-se uma vez; e quem vencer, leva…

  • 9. Luís Felipe  |  14/07/2009 às 22:29

    a vantagem de ser campeão vencendo a primeira série?

  • 10. Sanchotene  |  14/07/2009 às 22:41

    Re 9

    Pode ser. Achava que “vantagem desportiva” referia-se a série específica; não, às finais como um todo. Que ele seria campeão antecipadamente, por já ser finalista, é meio óbvio. Afinal, não tem como disputar a final contra ele mesmo…

  • 11. Sanchotene  |  14/07/2009 às 22:42

    Agora, porque os uruguaios chamam a “semifinal” de “final” é outro mistério para mim…

  • 12. Francisco Luz  |  14/07/2009 às 23:43

    Já eu acho genial essa final. Quanto mais posts gerar, melhor.

    Mas, falando sério, não só é absurda quanto também é totalmente FUDEDORA de times. Os demais times só treinando pra Liguilla e os outros dois se esgualepando para decidir simplesmente o título do país.

  • 13. Sanchotene  |  15/07/2009 às 00:17

    … os outros dois se esgualepando para decidir simplesmente o título do país

    Como assim, simplesmente?! Se fosse o final, mesmo, de temporada, tinham mais é que se esgualepar todos.

  • 14. Francisco Luz  |  15/07/2009 às 00:32

    O simplesmente foi uma ironia, Sancho my man. É que acho ridículo os times que disputam o título mais importante do Uruguai serem obrigados a jogar a Liguilla em condições físicas piores do que as outras quatro equipes.

  • 15. Sanchotene  |  15/07/2009 às 00:37

    Ah! Bom… Desculpa, mas eu estou ocupado com outros assuntos. Não vi a ironia…

  • 16. Sanchotene  |  15/07/2009 às 01:07

    Pois bem, segue minha sugestão à AUF (alguém do Impedimento com os contatos certos, envia por mim) :

    Tudo em jogo ÚNICO!

    I. Finais com 3 clubes

    Dia 1: Semifinal – Camp.Ap x Camp.Cl
    Dia 2: Final – Camp.An x Venc.SF

    Dia 2: Liguilla – 1ª Fase: (1) 4ºAn x 5ºAn; (2) 6ºAn x Perd.SF
    Dia 3: Liguilla – 2ª Fase: (3) Venc.1 x Venc.2; (4) Perd.1 x Perd.2

    Campeão: Libertadores+Sul-Americana
    Vice-Campeão: Libertadores
    Venc.3 (camp. Liguilla): Libertadores (Rep.) ou Sul-Americana (caso perca a Rep.)
    Perd.3: Sul-Americana
    Venc.4: Sul-Americana (caso Venc. 3 passe pela Repescagem da Liber)

    II. Finais com 2 clubes

    Dia 1: Semifinal – Camp.Ap x Camp.Cl
    Dia 2: Final (caso necessário) – Camp.An x Venc.SF

    Dia 1: Liguilla – 1ª Fase: (1) 4ºAn x 5ºAn; (2) 6ºAn x 3ºAn
    Dia 2: Liguilla – 2ª Fase: (3) Venc.1 x Venc.2; (4) Perd.1 x Perd.2
    Dia 3: Liguilla – 3ª Fase (caso necessário): (5) Venc.3 x Perd.SF

    Campeão: Libertadores+Sul-Americana
    Vice-Campeão ou Venc.5 (camp. Liguilla): Libertadores
    Venc.3 (camp. Liguilla) ou Perd.5: Libertadores (Rep.) ou Sul-Americana (caso perca a Rep.)
    Perd.3: Sul-Americana
    Venc.4: Sul-Americana (caso Venc. 3 passe pela Repescagem da Liber)

    III. Sem finais

    Dia 1: Liguilla – 1ª Fase: (1) 6ºAn x 5ºAn
    Dia 2: Liguilla – 2ª Fase: (2) 2º x Venc.1; (3) 3º x 4º
    Dia 3: Liguilla – 3ª Fase: (4) Venc.3 x Venc.2; (5) Perd.2 x Perd.3

    Campeão: Libertadores+Sul-Americana
    Venc.4 (camp. Liguilla): Libertadores
    Perd.4: Libertadores (Rep.) ou Sul-Americana (caso perca a Rep.)
    Venc.5: Sul-Americana
    Perd.5: Sul-Americana (caso Venc. 3 passe pela Repescagem da Liber)

    A partir de 2010, provavelmente, haverá 3 vagas para a Sul-A.

    Do jeito sugerido, com três datas extras, tudo se resolve. Hoje, são ONZE! (3 das sêmis, 3 das finais e 5 da Liguiila).

  • 17. dante  |  15/07/2009 às 09:30

    tá, cassol, fui eu, pronto.

    agora para de encher o saco.

    sflkdfçskdçfksçd

    ***

    não faz o menor sentido esse monte de jogos. como diz ali no trecho do el observador, não há torcedor que aguente.

  • 18. Gustavo  |  15/07/2009 às 09:33

    Nada pior do que ver dois times se enfrentarem TROCENTAS VEZES em sequencia. Isso paradoxalmente DIMINUI a rivalidade, em vez de aumenta-la.

  • 19. André K.  |  15/07/2009 às 09:46

    Eu gosto muito da fórmula do campeonato uruguaio.

    mas melhor de três (ou jogo único) é aberração.

  • 20. beretta  |  15/07/2009 às 09:51

    #17

    Foi DE PROPOSITO este ser o COMENTARIO 17???

    DANTE ASSUMIU!!

    Huuuuuuuuuuuuuaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!

  • 21. dante  |  15/07/2009 às 09:59

    perdi.

  • 22. Godo  |  15/07/2009 às 10:20

    Quem é que REGULOU o BRIZOLÃO 2009, Jorge Luís Borges?

  • 23. dante  |  15/07/2009 às 10:24

    CORTÁZAR, pelo jeito.

  • 24. Prestes  |  15/07/2009 às 10:48

    Bah, seis jogos pra decidir é chato pra caralho. Até os jogadores devem tá de saco cheio.

  • 25. Yuri  |  15/07/2009 às 12:01

    Finais com 3 jogos = DIGNIDADE

    Campeonato com mais de 40 jogos = DIGNIDADE

    Só ficaria ainda melhor se não houvesse penales, se depois da prorrogação do terceiro jogo acabasse empatado, tudo acabava ali. Sem penaltis. Essa regra é muito boa, utilizada a rodo por estaduais ao longo dos anos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • Alguns dias após o Barcelona 5x0 Chapecoense, hoje veio a consagração: Real Madrid 0x2 Chapecoense. 2 hours ago
  • Semifinais da Série D, jogos de ida: Juazeirense-BA 3x1 Globo-RN (volta 27/8) Atlético-AC 0x0 Operário-PR (volta 28/8) 2 hours ago
  • Corinthians finalmente perde e o que o resto do G4 faz? O resto do G4 não ganha nem três pontos contando os três times juntos. 2 hours ago
  • O Palmeiras não ficou só na promessa de ajudar. twitter.com/IPEonline/stat… 2 hours ago
  • O consolo palmeirense é que o São Paulo entrou no Z4 após essa apresentação pífia. 2 hours ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: