Dinho, Edinho, Caçapava e Cocito

28/05/2008 at 11:33 99 comentários

Confesso ter ficado feliz quando o Leandro Demori foi a meu blog dizer que eu era um daqueles colorados bem irritantes. Foi um grande elogio do cara que quer expor sua zaga; afinal, o sonho de qualquer torcedor na vida civil é ser irritante e ele também o é.

Não pensem que utilizei “zaga” como metáfora para algum sítio anatômico do gremista em questão ou, falando claramente, não quis dizer “deixar a bunda em exposição”. Aliás, apesar de minha idade, ainda tenho manjares melhores à disposição e não aspiro à bunda masculina alguma, prova de que não sou o fenômeno. Mas tergiverso e procrastino, pois isso é outra história…

Hoje venho ao Impedimento para dizer que o futebol brasileiro realmente padece pelo fato de que se colocam cada vez mais camadas de volantes à frente da tal zaga tão coitadinha. Isso me enche o saco. Enquanto isso, Sir Alex Ferguson escala Andershow na frente da zaga do Manchester United… OK, eu sei que os europeus e o Boca Juniors têm um entendimento diferente do 4-4-2. Lá e em Buenos Aires, há as chamadas duas linhas de quatro homens, apenas quebradas quando mestre Román está em campo para não deixar o placar em branco. Onde, portanto, Andershow jogaria, se não na frente da zaga? Perguntem à sumidade WC ou ao mestre CC (*).

Mas estamos no Brasil e meu treinador acha que seu time ideal joga com Edinho, Magrão e Guiñazu. Não haveria nada de errado nisso se tivéssemos laterais que se atirassem sobre o adversário com a sede de traseiros de uma avalanche tricolor. Porém não, nada disso. O ideal de Abel é Wellington Monteiro na direita – mais um volante! – e um zagueiro boca-aberta e lateral arrependido a fazer suas lentas excursões pela esquerda – tão lentas que nem vemos seus cuidadíssimos cabelos ao vento.

Ora, no Inter, tudo é diferente, tudo é original. Os volantes Guiñazu e Magrão protegem a zaga e tem de jogar muito para que Marcão e Wellington-Jonas-Bustos-Ricardo Lopes possam dedicar-se àquela atividade rarefeita que realizam, a de serem os sonhadores do time. Falando um pouco mais sério, diria que Marcão faz muito mal a função do lateral que vira terceiro zagueiro, fechando o meio na hora do entrevero. Tudo por culpa de sua desatenção. Roger no Grêmio e até o famigerado Espínola eram mais atentos ali atrás. Já na direita, fico constrangido de sentir saudades das arrancadas estilo cancha reta do Ceará e de ver o Granja voltando de lesão.

Digamos que eu até aceite os tais volantes de contenção tão amados pelo Peninha, mas só se puder contar os tais laterais ofensivos tão brasileiros e admirados no mundo inteiro. Isto faria com que o meio campo de esgarçasse de forma a expor nossa zaga que, a propósito, tem de jogar sem excessos de proteção ou zelo, expondo-se.

Boa rodada de quarta-feira a todos.

Milton Ribeiro.

(*) Wianey Carlet e Cláudio Cabral.

Entry filed under: Colunas, Contribuições.

El Pibe vai ao cinema A hora do café quente

99 Comentários Add your own

  • 1. Aurelius  |  28/05/2008 às 11:41

    “sede de traseiros de uma avalanche tricolor”

    Daonde vocês tiram essas metáforas? Quase me mijei de tanto rir!

  • 2. dante  |  28/05/2008 às 11:44

    muito boa, mesmo.

    fora isso, prevejo 96 comentários neste post.

  • 3. Leandro Demori  |  28/05/2008 às 11:46

    Milton, assim tu me assusta, che.
    No primeiro parágrafo eu achei que tu queria me convidar pra algum embate em MOTEL. Me aliviei no segundo bloco.

    E não SEDE injusto, ó INFIEL! Diz também que eu falei que os colorados irritantes são os de melhor tipo.

    No más, grande texto.

  • 4. FERN  |  28/05/2008 às 11:49

    EU COSTUMA AFIRMAR QUE EXATAMENTE PARA TER ATAQUES FORTES TB PELOS LADOS DA CANCHA O ESQUEMA PERFEITO E DE MAS GOSTO É O 4-5-1

    ARQUERO
    LATERAL-ZAGUEIRO-ZAGUEIRO-LATERAL
    VOLANTE C-VOLANTE C
    VOLANTE S-ARMADOR OU AVANÇADO-VOLANTE S
    9

    OS “C” NOS VOLANTES= CONTENÇÃO, FÍSICO
    OS “S” NOS VOLANTES= SAÍDA: FÍSICO E TÉCNICO

  • 5. Luís Felipe  |  28/05/2008 às 11:59

    a saída qualificada está com Guiñazu e Magrão, não com os laterais.

  • 6. Milton Ribeiro  |  28/05/2008 às 11:59

    Um pouco de injustiça faz parte, Leandro…

  • 7. Milton Ribeiro  |  28/05/2008 às 12:00

    Exato, Luis. E os laterais, o que fazem?

  • 8. Leandro Demori  |  28/05/2008 às 12:01

    Aliás, colorados, não deixem barato para essa IMPRENSA AZUL.

    Chamada de Zero Hora:
    Inter pode fazer troca-troca com Goiás
    http://is.gd/mYt

  • 9. Roger  |  28/05/2008 às 12:04

    Só pra esclarecer que o Andershow jogou de volante contra as barbadas do campeonato inglês. Quando a cobra começou a fumar o time do Manchester da final da Liga dos Campeões teve no meio Carrick, Scholes e Hargreaves – 3 volantaços. BONS volantaços, claro.

    O Evra é um lateral esquerdo bom, mas marca que nem o Roger e o Brown na direita é mais BEM mais zagueiro que o Roque Júnior (pra ilustrar).

  • 10. Luís Felipe  |  28/05/2008 às 12:04

    os laterais defendem e não passam do meio campo, saindo só na boa. Eu acho uma boa concepção, na verdade. Eu acho que um time só funciona ofensivamente quando tem pelo menos três jogadores para tabelar de um lado do campo – a famosa triangulação – e dois para oferecerem alternativas do outro lado.

    Sendo assim, num eventual ataque pela direita, tabelam Fernandão, Magrão e Nilmar, com Alex e Guiñazu dando opções. Pela esquerda, onde o Inter ataca melhor, vão Alex, Guiñazu e Fernandão, com Nilmar e Magrão dando opções.

    Nesta formatação ideal, os laterais só precisam avançar quando acontece uma retranca ou quando pelo menos dois jogadores desses estão bem marcados. Aí, o lateral chega livre para a tabela, o que só prejudica o jogo se o lateral for o Claiton.

  • 11. FERN  |  28/05/2008 às 12:09

    Nesta formatação ideal, os laterais só precisam avançar quando acontece uma retranca ou quando pelo menos dois jogadores desses estão bem marcados. Aí, o lateral chega livre para a tabela, o que só prejudica o jogo se o lateral for o Claiton.

    LF TB ACHO QUE ISSO É SER LATERAL

  • 12. Francisco Luz  |  28/05/2008 às 12:32

    Apesar do belo texto, Milton mostra muita faceiricie. Para mim, lateral é só mais um zagueiro. Eles que só avancem na buena, e não deixem uma avenida para que todos os outros oito jogadores de linha precisem ir lá fazer a tão famigerada COBERTURA.

  • 13. FERN  |  28/05/2008 às 12:36

    EXATAMENTE F LUZ, AGORA É VERDADE QUE PARA ESTE CONCEITO SER LEVADO MAIS Á SÉRIO, DUAS LINHAS DE QUATRO FICA MAIS VÍSIVEL AO INDIVÍDUO DESGRAÇADO QUE ACHA QUE SE NÃO TEM NINGUÉM NA FRENTE DELE NA FORMATAÇÃO TÁTICA, ELE DEVE ATACAR LOUCAMENTE.

    PATRÍCIO VIVE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • 14. Antenor  |  28/05/2008 às 12:38

    Os comentaristas da Sportv ficaram três horas formulando uma pergunta ao Alex, do Fenerbahce, sobre como é melhor dispôr um meia-atacante junto a um meia-armador, à frente de um ou dois volantes, conforme o esquema.

    Resposta: “Esses termos que vocês usam não existem mais. Hoje em dia, a única diferenciação que se faz é entre defensor, meio-campista e atacante.”

  • 15. FERN  |  28/05/2008 às 12:38

    e por isso f luz que costuma chamar lateral e zagueiro de DEFENSOR, não mas.

  • 16. FERN  |  28/05/2008 às 12:39

    boa alex, melhor seria, sem preconceitos:

    DEFENSOR-VOLANTES-AVANTE

  • 17. Paulo Sanchotene, RS  |  28/05/2008 às 12:55

    O nome da posição é ZAGUEIRO-lateral-direito(-esquerdo).

    Com o 4-4-2 europeu (diferente do 4-2-2-2 brasileiríssimo), os laterais e os armadores JAMAIS terão as qualidades ofensivas dos nossos. É por isso que os nossos laterais, quando cruzam o Oceano, viram ALAS, e os nossos armadores, ATACANTES.

  • 18. Rômulo Arbo Menna  |  28/05/2008 às 13:37

    E o caso do Anderson, Sancho?

    Já eu sou mais do seguinte equilíbrio: quando um lateral sobe, o outro se aquieta um pouco, e vice-versa, isso deve ser dinâmico no jogo (se possível, ou seja, se houverem dois que saibam apoiar, senão só um). Para dois laterais apoiadores, que joguem 3 zagueiros. E no clássico 4-4-2, que não me venham com mais de 2 volantes, isto é o máximo.

  • 19. FERN  |  28/05/2008 às 13:46

    arbo, a referência aos volantes nãosignifica que estes sejam de contenção, este termo pra mim é o melhor pois reflete exatamente ao exercido pelo rapaz ocupa este local na chancha, volantes= guiar a equipe, dar sentido ao jogo, levar a bola (atras-adiante) é o TODO do futebol, pra mim posição DIGNA, requer força-técnica-aplicação tática, o mais completo ser da cancha é ele o VOLANTE, sem preconceitos e viadices das quais falou bem o demori, isso tudo se dá naturalmente pois o meio é coração do jogo logo quem nele jogar será sempre muy relevante…

  • 20. Flávio  |  28/05/2008 às 13:47

    Até uns 7 anos atrás, a maioria dos laterais brasileiros que iam para a Europa viraravam alas ou meias. Mas hoje mudou. Daniel Alves, Maicon, Rafinha, Maxwell e Marcelo jogam nos seus times como laterais mesmo, na primeira linha de quatro. E os meias (Alex, Diego, Elano) geralmente continuam sendo meias. E até alguns que aqui eram atacantes (Robinho, Deivid, Sóbis), que já vi atuando pelas extremas na segunda linha do 4-4-2 europeu. Sem falar em caras que lá jogam nas duas primeiras funções do meio-de-campo, como Xavi, Pirlo, Fabregas, Ballack, Scholes, que no Rio Grande virariam pontas-de-lança!

  • 21. Luís Felipe  |  28/05/2008 às 13:52

    Pirlo era ponta de lança no início da carreira. Ele como médio defensivo foi invenção do Carlo Ancelotti.

  • 22. FERN  |  28/05/2008 às 13:54

    flávio creio que muito disto se dá pelo tamanho dos grupos que estes endinheirados clubes de europa tem hoje em dia

  • 23. Flávio  |  28/05/2008 às 13:58

    Sim, Fern. Mas se o Pirlo jogasse no Inter ou no Grêmio, continuaria sendo ponta-de-lança até se aposentar… O Tinga aqui era meia ofensivo ou atacante, só virou volante no Botafogo. O Emerson no Grêmio também jogava do meio para a frente (muito bem, por sinal). Na Seleção e na Alemanha que começaram a usá-lo como volante.

  • 24. FERN  |  28/05/2008 às 14:00

    EU SEI E ACHO NORMAL SÃO AS DIFERENÇAS DO FUTEBOL DE CADA LUGAR, PORÉM ESTÃO MUITAS ALARMADAS PELA GRANA QUE UNS TEM E OUTROS NÃO

  • 25. FERN  |  28/05/2008 às 14:01

    mas o ballack seria um belo volante de sáida como eu concebo no coments 4

  • 26. FERN  |  28/05/2008 às 14:04

    xavi é um merda, pirlo ta mais pra armador ou até V.S e fabregas seria um avançado, scholes é um grande jogador e é de contenção

  • 27. izabel  |  28/05/2008 às 14:05

    e todo mundo tá ignorando o comentário do antenor, com a resposta que o Alex deu (o alex que é, além de jogador, inteligente pra usar o português):
    “Esses termos que vocês usam não existem mais. Hoje em dia, a única diferenciação que se faz é entre defensor, meio-campista e atacante.”

    o importante é o cara ser bom, o treinador saber escalar, e os 11 do campo se conversarem pra saber quem sobe, quem desce, quem marca quem, e etc.
    o carlos alberto, volante caçador no figueirense, tá se dando bem como lateral no 4-4-2 do corinthians. o eduardo costa, que chegou como meia, tá sendo um ótimo 2° volante. o lulinha, um meia, funciona como o ponteiro que alguns dizem que não existe mais…

  • 28. Milton Ribeiro  |  28/05/2008 às 14:13

    E eu que pensei que vocês iam falar na inexorável AVALANCHE.

  • 29. Rômulo Arbo Menna  |  28/05/2008 às 14:20

    concordo totalmente com a izabel.
    e, FERN, me refiria ao conceito-público-geral de volante, tipo Dinho, Emerson (na seleção), etc. Nesse estilo, mais de dois é exagero.
    Importante reafirmar que os jogadores não nasceram exclusivamente para uma posição.

    E, izabel, eu sou um eterno admirador dos pontas. E sim! Há!

  • 30. Rômulo Arbo Menna  |  28/05/2008 às 14:21

    Milton, muita coisa deve ser RELEVADA.

  • 31. Luís Felipe  |  28/05/2008 às 14:34

    eu particularmente ignoro por achar que não é verdade.
    o termo pode não existir na Turquia, ou nos países onde se joga sempre com linha média e linha defensiva.
    Na Itália, ainda dão muito valor à figura do trequartista; na Argentina, o enganche é considerado um jogador à parte no meio-campo; entre os times vencedores da Europa, dá para identificar o tempo todo quem marca mais e quem cria mais no meio campo. Não é diferente na América Latina.

  • 32. Antenor  |  28/05/2008 às 14:40

    Isso aí, Izabel.

    Para exemplicar, podemos extrapolar: um time com quatro Léos (grêmio) , quatro Anderson (Machester), e dois Patos (milan), com cada um dos clones em funções pré-definidas, seria muito bom. É a famosa “polivalência”.

    Milton: a maioria preferiu ignorar a corneta gratuita e ver do que se tratava o texto – algo raro nos dias de hoje.

  • 33. Luís Felipe  |  28/05/2008 às 14:42

    Antenor, esse time não ganharia de ninguém. Qual é o time vencedor no mundo inteiro que tem quatro jogadores com características semelhantes no mesmo setor do campo?

  • 34. fino  |  28/05/2008 às 14:46

    la pergunta?

  • 35. Otávio Niewinski  |  28/05/2008 às 14:49

    “os laterais defendem e não passam do meio campo, saindo só na boa”

    E ainda assim o Inter toma gol TODO JOGO, Luís… impressionante, não?

  • 36. Flávio  |  28/05/2008 às 14:49

    “o termo pode não existir na Turquia, ou nos países onde se joga sempre com linha média e linha defensiva.”

    Tens razão. Na própria versão inglesa da Wikipedia usam termos que eu achava que só existiam aqui, como 2º atacante (second striker). E também tem o “playmaker”, que seria +/- a mesma coisa que o trequartista italiano ou o enganche argentino.

  • 37. Beto Borracho  |  28/05/2008 às 14:57

    Muita teoria, na pratica é: linha de quatro (lat-zag-zag-lat), três volantes, um meia-armador (ou o nome que vocês quiserem) e dois coitados atacantes (um de referencia, o centroavantes-centroavante)

    No brasil os treinadores jogam para não perder, se der, ganham o jogo com um golzinho de bola-parada!
    Aqui o cara é despedido com 75% de aproveitamento, imagina ganhando ‘só’ alguns poucos títulos em 20 anos. Todos os cartolas e torcidas estão cagando para o esquema, time bem armado, jogadas ensaiadas, qualidade….. ganhou duas é mestre, perdeu três é burro e já vai tarde.
    Na UEFA é muito mais fácil inventar/testas esquemas, na Conmebol é foda!

  • 38. Luís Felipe  |  28/05/2008 às 15:02

    Otávio,
    Eu falei numa formatação ideal. Na realidade, temos um Fernandão que não aparece nunca para o jogo e um ataque que só funciona quando vem um zagueiro de trás.
    Quis dizer, na real, que com esses jogadores o Inter pode atacar sem precisar de atletas com outras características.

  • 39. Antenor  |  28/05/2008 às 15:13

    LF: Se formos detalhistas, o primeiro motivo para tal time não ganhar de ninguém seria o fato de ele não poder existir. Mas esperava que a expressão EXTRAPOLAR fosse suficiente para justificar tal escalação hipotética e bizarra.

    Ainda assim, se tal equipe de clones existisse, eu apostaria em um bom desempenho, não tenho dúvidas. A idéia central é “um jogador com diversas características”, e não “diversos jogadores com a mesma característica”.

  • 40. alemao  |  28/05/2008 às 15:24

    Eduardo costa é 1º volante, não tem velocidade para ser 2º…pq o segundo é muito mais um 1/2 campo q marca bem…

  • 41. alemao  |  28/05/2008 às 15:26

    eu jogaria com 1 goleiro e 10 centroavantes, é só dar bico e ficar marcando a saida de bola

  • 42. Francisco Luz  |  28/05/2008 às 15:41

    Eu acho que o Alex está certo no conceito, mas isso só funcionaria em um time com 10 jogadores ideais e todos polivalentes.

    Como nem sempre é assim (é só ver o Eduardo Costa, mesmo, ou o Marcão, que se embanana entre ficar na quarta zaga ou na lateral), tem que haver uma diferenciação e uma especialização.

    Por exemplo: hoje, o Falcão nunca seria volante. Por ser um baita jogador, iam adiantar ele até fazer a quarta função do meio, e provavelmente iam tolhir o futebol e a combatividade do cara. E por aí vai.

  • 43. Rômulo Arbo Menna  |  28/05/2008 às 15:41

    off…
    ouvi falar que o Grêmio tá tentando Sorín… alguém sabe alguma coisa?

  • 44. Alexsander  |  28/05/2008 às 15:46

    Essa é fácil.

    Dinho >>> Cocito.
    Caçapava >>> Edinho.

  • 45. Milton Ribeiro  |  28/05/2008 às 15:49

    Umas coisinhas:

    – Acho que o esquema de jogo é secundário e adapta-se ao material disponível.
    – O que interessa é se a dinâmica do time funciona para atender àquelas funções básicas: defender, dar cobertura, armar, lançar, atacar pelos lados e meio.
    – Nada de faceirice. Sou admirador do Edinho e gosto de time que sabe se defender. Sou gaúcho, porra! Só que ele não entrou em campo em 2008 e não precisamos de um time CHEIO de jogadores de marcação. Há que marcar e jogar.

    E especificamente sobre o Inter:
    – Raramente alguém vai à linha de fundo pela esquerda no Inter. E ninguém vai pela direita. O mais comum é o Alex passear por lá.
    – Precisamos de laterais que apóiem. Tá na cara. Ao menos na minha.

    Saludos.

  • 46. Luís Felipe  |  28/05/2008 às 16:12

    Milton,
    Eu deveria fazer um scout, pois tenho certeza que o Guiñazu vai muitas vezes à linha de fundo pela esquerda.

  • 47. Rômulo Arbo Menna  |  28/05/2008 às 16:16

    coitado do Guiñazu, q mais ele tem q fazer?

  • 48. dante  |  28/05/2008 às 16:24

    pagar umas cevas pra galera.

    [comentário 48, chegamos à metade da minha previsão]

    bá, se o sorín vier pro grêmio… NÃO BRINCO MAIS, DEVOLVE A BOLA.

  • 49. Leandro Demori  |  28/05/2008 às 16:39

    49.

  • 50. FERN  |  28/05/2008 às 16:55

    PARABÉNS PARA NÓS, LINDO, NÃO SAÍMOS DO PROPOSTO…

    E SE TEM UMA COIS QUE A MORRENDO É ESTA DE 1ª VOLANTE 2ª VOLANTE

  • 51. Carlos  |  28/05/2008 às 17:01

    Tá tudo muito bom, tá tudo muito bem.

    Mas faz uma porrada de tempo q não botam um post com uma mulher em trajes sumários.

  • 52. izabel  |  28/05/2008 às 17:07

    “E, izabel, eu sou um eterno admirador dos pontas.” eu também!
    e dos zagueiros, volantes, laterais e meias. basta jogar bola bem. e vestindo a camisa do corinthians eu acho LINDO.

    alemão: me referi ao eduardo costa do corinthians.

    um time tem que ter bons laterais (ou ponteiros), ou não há como furar retrancas e boas defesas.

    “Eu falei numa formatação ideal. Na realidade, temos um Fernandão que não aparece nunca para o jogo e um ataque que só funciona quando vem um zagueiro de trás.
    Quis dizer, na real, que com esses jogadores o Inter pode atacar sem precisar de atletas com outras características.”
    É isso, LF: o importante é ter BONS JOGADORES. o Fernandão, q vc usou no exemplo, funciona muito bem de meia ou de centro-avante. o cara é esperto, se quiser ganhar o jogo, pode conversar com o magrão, com o nilmar… e vão se trocando de função.

    sobre a AVALANCHE: melhor corneta. só não posso embarcar nelas pq a discussão de grenais geralmente descambam pra ofensas q tiram mocinhas educadas da conversa.

  • 53. dante  |  28/05/2008 às 17:11

    carlos nas últimas.

    alguém aí apresenta uma VIZINHA pro rapaz.

  • 54. FERN  |  28/05/2008 às 17:12

    URUGUAY EMPATOU EM 2×2 COM NORUEGA,
    NO FINAL COM GOL DE RIISE QUE DESTA VEZ NÃO TEVE CULPA DO CARINI

  • 55. Tiago Medina  |  28/05/2008 às 17:26

    Parte 2, esse é mais difícil:
    http://placar.abril.uol.com.br/diversao/escudos/

  • 56. Anônimo  |  28/05/2008 às 17:38

    Avalachance faz parte do imaginário (sexual) colorado

  • 57. Anônimo  |  28/05/2008 às 17:39

    avalanche faz parte do imaginário (sexual) colorado

  • 58. douglasceconello  |  28/05/2008 às 18:13

    Leandro Demori x MIlton Ribeiro

    Já temos nosso GERALD THOMAS X FERNANDO ARRABAL

    Ciclo de Debates Fronteiras do IMPEDIMENTO.

    dsfasdiofadsof

  • 59. Leandro Demori  |  28/05/2008 às 18:28

    Não haverá debate, vou ABANDONAR O RECINTO.

  • 60. Anônimo  |  28/05/2008 às 18:55

    Avalanche faz parte da realidade (sexual) gremista

  • 61. Prestes  |  28/05/2008 às 19:00

    Tche, mas o problema do Inter não é tático nem técnico. O Inter dominou o Flamengo no primeiro tempo, como fez com o Sport na Ilha.

    O problema do Inter é que o treinador é um homem cordial – para Sérgio Buarque de Holanda – ou Maníaco, para os psiquiatras.

    Abelão é um bebum emotivo: instável, fica radiante na vitória, se deixa levar pela euforia; com as derrotas se abate a ponto de se desmotivar, como sinalizou ontem, e como fez em 2007. Além disso, seus critérios de escalação levam em conta a amizade e, por isso, ele pega no pé dos mais jovens, que ainda não conquistaram sua confiança.

    Com Fernando Carvalho dava certo, porque ele mandava no Abel. Com o Pífio e o banana do Luigi – que quando o Abel saiu disse “agora eu mando”, ou seja admitiu que não manda nada – não tá dando certo.

  • 62. Aurelius  |  28/05/2008 às 19:19

    Alguém aí me dá um help com o joguinho dos escudos.
    Me faltam: 03,05,13,20,38,45,50,52,55 e 62.

  • 63. Milton Ribeiro  |  28/05/2008 às 19:37

    O Leandro tem ciúmes de meu jacarezinho.

    (Essa só entende quem sabe dos detalhes do caso Arrabal X Thomas.)

  • 64. Anônimo  |  28/05/2008 às 19:52

    Caçapava Eterno!

  • 65. Leandro Demori  |  28/05/2008 às 21:04

    Milton tem ciúmes da minha “AMIZADE” com o Brecht.

  • 66. Milton Ribeiro  |  28/05/2008 às 21:20

    E tu da minha relação com Beckett. Nojento!

    E com o Douglas também!

  • 67. Paulo Sanchotene, RS  |  28/05/2008 às 21:56

    Só mais uma. O 4-4-2 argentino difere do nosso por ter um armador (em vez de dois) e um cabeça-de-área (em vez dos nossos dois). Os outros dois são VOLANTES, posto que móveis, tanto podem fechar a defesa, quanto chegarem à frente como meias…

  • 68. Cesar  |  28/05/2008 às 22:52

    Brasil, o país dos 200 milhões de técnicos….

  • 69. Rudi  |  28/05/2008 às 23:16

    infelizmente o futuro caminha prum 3-6-1 ou até um 2-7-1 como foi citado aqui…

  • 70. Luís Felipe  |  28/05/2008 às 23:59

    mas que crime do Fluminense, hein?

    foi amassado por 90 minutos, levou dois gols, mas conseguiu ACHAR outros dois.

    na Bombonera, levaria seis hoje.

  • 71. André  |  29/05/2008 às 00:01

    E o Caranta, cadê ?

    Porque esse Migliore não existe.

  • 72. André  |  29/05/2008 às 00:19

    O Edmundo errou o milésimo pênalti na carreira. Parabéns.

  • 73. bruno  |  29/05/2008 às 00:22

    dá-lhe Fluzão

  • 74. Francisco Luz  |  29/05/2008 às 00:27

    O Flu foi, dos times brasileiros contra o Boca, o mais acossado de todos. E foi o que saiu com o melhor resultado depois do PAYSANDU.

    Mas eu confio na bobagem que vai ser exalada desde RJ, e que o Boca não vai deixar o Portaluppi chegar.

  • 75. Paulo Sanchotene, RS  |  29/05/2008 às 06:43

    Ninguém notou minha homenagem ao Tite na explicação? Chatice pura…

  • 76. joão carlos  |  29/05/2008 às 08:06

    contém spoilers do flash pops.

    3 – australia
    5 – alemana
    13 – não sei.também to procurando.
    20 – nem idéia. ver 13.
    38,45,50,52,55 e 62 – ver 20.

  • 77. joão carlos  |  29/05/2008 às 08:12

    qual o 11, 26, 31, 61?
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    o 13 é middlesbrough.

  • 78. mardruck  |  29/05/2008 às 08:18

    Fluminense fez o crime. Por causa da sorte, sorte de campeão.

    Baita quarta-feira, ainda mais com os duplos pênaltis. Sensacional.

  • 79. Dudu Kontra  |  29/05/2008 às 08:30

    Depois do frango do goleiro do Boca, desliguei a tv e fui dormir. O Boca pagou pau no primeiro jogo contra o Atlas e depois fez o crime. Esse time no Maracanã tem tudo prá incomodar.

  • 80. Francisco Luz  |  29/05/2008 às 08:32

    Acertei todas no flash pops. Mas precisei de ajudas em quatro.

  • 81. Aurelius  |  29/05/2008 às 08:39

    11. tupi
    26. caxias
    31. treze
    61. costa rica

    e a Alemanha é o 6, e não o 5.

  • 82. joão carlos  |  29/05/2008 às 08:52

    exaaaato, eu que to loco, errando os números todos.

    vamos às ERRATAS:
    – onde escrevi 26, leia-se 28.
    – onde está ALEMANHA, leia-se TIME EMPRESA DE SÃO PAULO, SENSAÇÃO DO PAULISTÃO/08

  • 83. Aurelius  |  29/05/2008 às 09:00

    28. homônimo piauiense de um dos 5 grandes argentinos.

  • 84. FERN  |  29/05/2008 às 12:11

    Sancho é o tal losango no meio, realmente especialideda argentina…

  • 85. dante  |  29/05/2008 às 15:22

    percebi que vocês estão tentando me boicotar pra não atingirmos o 96o. comentário.

    : /

  • 86. J Petry  |  29/05/2008 às 17:38

    Não é verdade! Estamos apenas guardando os comentários para o momento oportuno.

  • 87. JO  |  29/05/2008 às 22:17

    SOBRE VOLANTES:CAÇAPAVA FOI O MELHOR PRIMEIRO QUE VI JOGAR:SEM FALTAS , NUNCA EXPULSO E SEM PERDER DIVIDIDAS JAMAIS,LOGO APÓS DINHO,DESLEAL MAS SABIA JOGAR,EDINHO UM LEÃO NA DESTRUIÇÃO SÓMENTE E PASSE HORRIVEL,COCITO PREFIRO NEM COMENTAR…

  • 88. Milton Ribeiro  |  30/05/2008 às 09:03

    Mas o divertido seria comentar o Cocito!

  • 89. dante  |  30/05/2008 às 09:09

    eu acho que o JO é o FERN.

  • 90. Bernardo  |  30/05/2008 às 10:37

    90.

    Hoje é meu aniversário (tema para mais seis mínimos comentários).

  • 91. mardruck  |  30/05/2008 às 11:55

    91

    Parabéns, Bernardo
    (pronto, fiz minha parte)

  • 92. dante  |  30/05/2008 às 13:13

    92.

    VAMULÁ IMPEDIMENTÔ!

    [parabéns, bernardo]

  • 93. J Petry  |  30/05/2008 às 14:41

    Parabéns, Bernardo [3]

  • 94. Luís Felipe  |  30/05/2008 às 16:38

    vamos!

  • 95. joão carlos  |  30/05/2008 às 19:43

    parabéns, bernardo.

    será que alguém, aurelius ou f.luz, poderia dar o gabarito do flash pops dos escudos?
    pra mim ainda faltam 4, que eu não tenho a MENOR idéia de quem seja, e que, obviamente, direi BAH, MAS ERA ESSE? qnd descobrir.

    pliz: 38, 45, 55, 62.
    danke.

  • 96. Aurelius  |  31/05/2008 às 11:21

    Pronto Dante, post 96.

    JC, ainda me faltam 5. Dos que te faltam, só sei o 62=Mirassol.

    Não sei: 20,38,45,52 e 55.

    Quem souber, passa a cola!

    E parabéns atrasado pro Bernardo!

  • 97. joão carlos  |  31/05/2008 às 17:17

    20 – itabuna
    52 – lokomotiv

  • 98. FERN  |  02/06/2008 às 10:39

    não dante, não eras…

  • 99. ewerton dos santos  |  04/02/2010 às 13:25

    aos que desejam um bom meia armador eu deixo meus contatos e a vontade de me aprimorar de modo que possa expandir tenho23,anos sou de86 e creio que ainda tenho chance me deem essa oportunidade tel36523274 grato,.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: