El Pibe vai ao cinema

27/05/2008 at 15:17 47 comentários

Mais uma prova definitiva do carisma que Maradona carrega – de forma habilidosa e possessiva, como fazia com a bola – pôde ser testemunhado semana passada, ao final da entrevista que concedia para marcar a primeira exibição do documentário “Maradona by Kusturica”, em Cannes. Quando o eterno camisa 10 dos argentinos encerrou seu palavrório, uma multidão de jornalistas debruçou-se sobre os microfones para pedir autógrafos. Viraram fãs da notícia.

Acontece que a notícia era Maradona, um personagem que supera o indivíduo. Um homem que consegue ser, em apenas uma vida, gênio, monstro e bobo da corte. Não sei o que esperar do filme do sérvio Emir Kusturica. Pelo que andei lendo são grandes as chances de não passar de um diálogo de egos tão inflados quanto o próprio Maradona andava tempos atrás. E, sim, diálogo. Porque na abertura do filme o diretor aparece TOCANDO GUITARRA em Buenos Aires, além de voltar várias vezes para manifestar-se diante das câmeras.

Batizado e casamento na Iglesia Maradoniana

Obviamente admiro Maradona pelo grande jogador que foi, por suas inesquecíveis e polêmicas jogadas. Também tem minha reverência por ter um comportamento absolutamente original. Depois que se aposentou – ou que foi aposentado pela cocaína – evitou cair no mundo das negociatas entre dirigentes, da compra dos direitos de jogadores, das empresas suspeitas. Até onde sei, ao menos. Deu tiros em jornalistas, atitude que não consigo criticar – e me esforço até quase chorar para não considerar brilhante.

A primeira faz tcham

Maradona tornou-se um fantoche da cocaína – parece que certa vez tentou pegar um TÁXI no corredor de uma clínica de desintoxicação. É óbvio que no vício há uma parcela de culpa, mas é impossível responsabilizá-lo plenamente pela decadência do organismo. Agora, el Pibe torna-se extremamente irritante quando manifesta sua posição política – e claro que Maradona teria de ter uma posição política. Minha revolta com seu ideário não está ligada a ideologias, mas à falta de argumentos. Suas idéias têm tanta profundidade quanto teriam as minhas sobre Astronomia.

Gurizote

Com esta breve peregrinação pela trajetória maradoniana quero apenas, e de forma mais incisiva, destacar que Maradona é um personagem maravilhoso, justamente pelo caos e pela contradição que manifestou ao longo de toda sua vida. Neste quesito é muito superior a Pelé. Não consigo imaginar uma obra de ficção que consiga nos pegar pelo pé ao retratar a vida de Édson. Ela é perfeita demais, redonda demais, onírica demais. Se Pelé fosse o sonho americano, Maradona seria a tragédia grega.

Ninfetitas del pibe

É claro que verei o filme. No entanto, pelo que li, não acredito que Kusturica tenha conseguido captar esta intensidade sobrehumana de Maradona, seu profundo carisma e magnetismo que levaram os argentinos a fundar a IGREJA MARADONIANA. Parece que o diretor prendeu-se demais no supérfluo, na galhofa política. Algo extremamente inútil para formar o retrato do jogador que humilhou a Ingalterra poucos anos depois de a Argentina ser escorraçada das Malvinas. Não há mensagem política mais forte que aquele gol, marcado sem que nenhuma palavra fosse necessária.

O que eu li do filme está aqui e aqui.

As duas primeiras fotos são divulgação do filme, de autoria de Juan José Traverso.

Agradeço ao amigo e leitor Gustavo “Xinho” Faraon, que enviou as imagens e o Press Book do documentário.

Saudações,
Douglas Ceconello.

Entry filed under: Colunas.

Duelo de extremos no Chile Dinho, Edinho, Caçapava e Cocito

47 Comentários Add your own

  • 1. Luís Felipe  |  27/05/2008 às 16:13

    ótimo texto.

    também existe a IGLESIA BOCHINESCA na Argentina.

  • 2. Juliano  |  27/05/2008 às 16:21

    Uma CARREIRA de PESO, certamente!

  • 3. mardruck  |  27/05/2008 às 16:22

    D10S

  • 4. Vilbrair  |  27/05/2008 às 16:27

    “Vamos ver o filme do Maradona!”
    del 8, Chaves.

  • 5. Paulo Torres  |  27/05/2008 às 16:40

    Nosso craque de história grandiosa não foi o Pelé, foi o Garrincha…

  • 6. douglasceconello  |  27/05/2008 às 16:43

    Muito bem lembrado, Paulo. Garrincha é um personagem formidável.

  • 7. dante  |  27/05/2008 às 16:55

    bá, mas até o maradona lança dvd.

    brincadeira… çsldksalçdkalçsdklçasdkRORO

  • 8. Rômulo Arbo Menna  |  27/05/2008 às 17:00

    tbm verei, o kusturica fez um dos filmes mais inesquecíveis que já vi, Underground.

    só vi agora o post 1984 e as repercussões sobre o eventual encontro na prévia do jogo do Grêmio. Não vi a Lila (e o Carlos diz que é pegável), não vi o Roger (e não fui de camiseta do Impedimento). Tudo pq fui ao jogo só de última hora, tive inclusive que colocar minha camiseta do avesso, visto que havia detalhes rubros-vexatórios na que eu vestia. Mas vi o 2 a zero!

  • 9. Rômulo Arbo Menna  |  27/05/2008 às 17:00

    rubro-vexatórios

  • 10. Anônimo  |  27/05/2008 às 17:05

    massa o texto, douglas.

  • 11. izabel  |  27/05/2008 às 17:09

    eu quem escrevi acima.

  • 12. Rômulo Arbo Menna  |  27/05/2008 às 17:20

    qto ao gol de mão do maradona na inglaterra (mais que – mas sem subtrair – o gol que ele deixou os ingleses estatelados no gramado), eu penso que é a maior IRONIA HISTÓRICA já produzida pelo futebol. simplesmente sensacional.

  • 13. Dudu Kontra  |  27/05/2008 às 17:22

    “Não vi a Lila (e o Carlos diz que é pegável)” – Por favor fechem o Impedimento!!! Hahahahahahahá

  • 14. Rômulo Arbo Menna  |  27/05/2008 às 17:24

    leia o “1984”, Dudu Kontra, os comentários… e ria tanto qto eu ri

  • 15. Roger  |  27/05/2008 às 17:41

    Era verdade. Ela veio mesmo…


    Lila, acho que te vi saindo do postinho, não sabia que era tu, não tinha ninguém com camisa do impedimento junto, mas devia ter te abordado!
    Jamais vou me perdoar…

  • 16. Rômulo Arbo Menna  |  27/05/2008 às 17:42

    e já q tô lendo post atrasado… concordo com a opção “e”: o Graciliano tava querendo mesmo é falar mesmo da moral encravada, principalmente, no coração dos políticos da época. que eram bem diferentes dos de hj.

  • 17. Rômulo Arbo Menna  |  27/05/2008 às 17:44

    Roger, agora vai deixar GALERA extremamente curiosa. As fotos não abrem assim, pelo menos não para mim.
    E eu que iria de camiseta do Impedimento, mas não fui por causa da correria, como já disse.

  • 18. Rômulo Arbo Menna  |  27/05/2008 às 17:45

    tá, agora abriu, tirei o http:// e abriu

  • 19. Rômulo Arbo Menna  |  27/05/2008 às 17:46

    mas eu daria nome aos bois

  • 20. Lila  |  27/05/2008 às 17:47

    Caraca, TODO MUNDO AQUI LÊ O BLÓÓÓGUE DAS MENINAS. Passada.

  • 21. Lila  |  27/05/2008 às 17:49

    que bois, gente?

  • 22. Rômulo Arbo Menna  |  27/05/2008 às 18:06

    opa, essa aí nem a licença poética desculpa, foi mal

    mandaram as fotos mas não nomearam o pessoal, aí fica difícil, só isso, lilaize

  • 23. Rômulo Arbo Menna  |  27/05/2008 às 18:08

    opa
    lilaiSe

  • 24. Lila  |  27/05/2008 às 18:09

    primeira foto, da esquerda pra direita: fra, cris e eu – papaigando e estragando a foto de casal-feliz-indo-ao-jogo-em-porto-alegre. na segunda eu sou a retardada da esquerda, morrendo de frio e com o gorro enterrado até as orelhas.

  • 25. Rômulo Arbo Menna  |  27/05/2008 às 19:00

    agora SIM

  • 26. alisson Coelho  |  27/05/2008 às 19:57

    Frio? Mas pq o frio Lila?

    hasuhasuhahsuahsuahsuasahsuahs

  • 27. JO  |  27/05/2008 às 21:34

    UMA IGNORANCIA (O QUE É DA NATUREZA HUMANA) OU UM ESQUECIMENTO (O QUE CONTA ATEU FAVOR) OU UMA CARA DE PAU FALAR QUE A VIDA DO PELÉ É IRRETOCÁVEL!UM SUJEITO QUE NÃO FOI AO ENTERRO DA PRÓPRIA FILHA E DISSE QUE O POVO NÃO SABIA VOTAR SENDO UM PUXA SACO POLITICAMENTE FALANDO,NÃO É MODELO PRA NINGUÉM!JOGANDO BOLA NINGUÉM AMARROU SUA CHUTEIRA MAS COMO SER HUMANO TROCADO POR MERDA É LUCRO…

  • 28. Carlos  |  27/05/2008 às 22:19

    Lila…passaste frio pq????
    Te aqueceria, de bom grado.

    Ou será q tava com frio pq estava molhada com pingos de amor?

    ok, não escrevo mais sobre isso.

  • 29. douglasceconello  |  27/05/2008 às 23:33

    “UMA IGNORANCIA (O QUE É DA NATUREZA HUMANA) OU UM ESQUECIMENTO (O QUE CONTA ATEU FAVOR) OU UMA CARA DE PAU FALAR QUE A VIDA DO PELÉ É IRRETOCÁVEL!”

    Leia de novo. ddshusduhs

    Tou brincando. Mas tu entendeu errado. Ok, lá vamos. Personagens e indivíduos são coisas diferentes. Eu disse que o Pelé, como PERSONAGEM, é INSOSSO. Pobreza > ascensão > riqueza > negociata não é algo interessante cinematograficamente, ainda mais sem, sei lá, uma MORTE nas costas, ou um VICIOZINHO que seja. Se, por exemplo e apenas para exercício de raciocínio, ele fosse PRESO agora, aí ele seria um personagem digno de MARTIN SCORSESE. shshs

  • 30. douglasceconello  |  27/05/2008 às 23:45

    Muito obrigado a todos que gostaram do texto.

    E também aos que não gostaram, mas me brindaram com o importante tempo dispensado. hruhs

  • 31. Dudu Kontra  |  28/05/2008 às 08:19

    E eu ainda não consegui abrir essas m@#$% de fotos!

  • 32. Gustavo  |  28/05/2008 às 08:45

    Douglas, o povo tá mais interessado em trovar a Lila. Impressionante. A guria tava lá, a poucos metros dos pintas (Carlos, Romulo) e eles “cagalharam”… ghshgshsgh

    Quanto ao texto, concordo plenamente. As idéias políticas do Maradona, o apoio irrestrito a Chaves e a Fidel, são um pé no saco. Quem é a favor deles deve ter motivos (o FERN vai me matar agora), mas a sensação que dá é que o Pibe só fala isso pra avacalhar, saca?

  • 33. Gustavo  |  28/05/2008 às 08:46

    O fato mais relevante e cinematográfico do Pelé foi ter pego a Xuxa… ghshsghsghsg

  • 34. Carlos  |  28/05/2008 às 09:09

    Gustavo:

    Eu e a lila tínhamos diferenças irreconciliáveis. Agora vivemos um novo momento.

  • 35. Carlos  |  28/05/2008 às 09:11

    A propósito:

    Já mandei meus palpites, sei q vou ganhar, e faço uma exigência:

    No próximo concurso, fotos autografadas de Lila vestida de Diablita e fazendo a coreografia de “pingos del amor”

    alskjdlkasjdksajdasdjaslkjd

  • 36. Rômulo Arbo  |  28/05/2008 às 09:20

    peraí, Gustavo. Eu nunca vi a Lila na vida.
    fui de geral tbm, mas deveria ter mais umas 12 mil pessoas lá

  • 37. Luís Felipe  |  28/05/2008 às 10:08

    Liga de Quito fez gol fora de casa.

    Rumo a Yokohama!

  • 38. Gustavo  |  28/05/2008 às 10:47

    Bah, LF, acho que é nessas horas que o Cabañas aparece…

  • 39. Anônimo  |  28/05/2008 às 10:59

    Romulo, tu não está pendendo nada!

    Dudu Kontra, de graças a Deus, as cena são fortes!

  • 40. Milton Ribeiro  |  28/05/2008 às 11:39

    É difícil o Kusturica fazer filme ruim, viu? Deve ser bom. O personagem é o máximo, não?

  • 41. Roger  |  28/05/2008 às 12:27

    O Pelé Eterno é genial.

  • 42. FERN  |  28/05/2008 às 12:31

    Quanto ao texto, concordo plenamente. As idéias políticas do Maradona, o apoio irrestrito a Chaves e a Fidel, são um pé no saco. Quem é a favor deles deve ter motivos (o FERN vai me matar agora), mas a sensação que dá é que o Pibe só fala isso pra avacalhar, saca?

    GUSTAVO, O CHAVES É MESMO UM SACO, PORÉM É ABSOLUTAMENTE RELEVANTE PARA O NOVO MOMENTO QUE VIVE SUA SOCIEDE.
    FIDEL É MÍTICO.
    PELÉ FOI UM GRANDÍSSIMO JOGADOR UM DOS MAIS COMPLETOS DA HISTÓRIA PORÉM É UM MERDA TOTAL, INSIGNIFICANTE, CAGO PRA ELE.
    JA O MARADONA NÃO ME ENCANTOU NUNCA NEM SEUS DVD’S, PORÉM SUA GRANDE-CARREIRA É DE FATO INCONTESTÁVEL É UM ÍDOLO MEU É UM EXEMPLO DE SER HUMANO, UMA FIGURA QUE AMO.
    MAS VIDA RELEVANTE, FUTIBOLÍSTICAMENTE FALANDO, QUEM TEVE MESMO FOI O OBDULIO VARELA, UM GÊNIO DO FUTEBOL E NÃO BRINCO POIS FOI DE DENTRO E DE FORA DA CANCHA, ALIÁS SUELLEN, JA PASSOU DA HORA DE UM TEXTO BY-IMPEDIMENTO PARA A VIDA DESTE CHE CHARRÚA QUE ASSOMBROU TANTA GENTE.

    E VESTIU CELESTE O QUE O TORNA NATURALMENTE SUPERIOR

    JOGAMOS HOJE COM NORUEGA EM OSLO QUEM QUISER VER JA SABE ONDE, DOMINGO JOGAMOS MAL PORÉM GANHAMOS DA TURQUI DE VIRADA 3×2, COM PÉSSIMA ATUAÇÃO DE CARINI

  • 43. Luís Felipe  |  28/05/2008 às 13:18

    sempre lembrando que a Liga de Quito é o único time sul-americano que tem chance de ganhar em Yokohama = uniforme branco.

  • 44. FERN  |  28/05/2008 às 13:31

    como copa do mundo é mesmo…
    como intercontinental teve o porto, Ex

  • 45. Prestes  |  28/05/2008 às 19:23

    Belo texto!

    Mas também acho que o Pelé é um personagem interessantíssimo, mesmo que seja um vilão. Ocorre que ele se protege muito, deve ter muita história, ser Rei do Futebol só pode ser muito doido. Ah, e faço coro com o FERN:

    OBDÚLIO JÁ!

  • 46. Rogério Tomaz Jr.  |  29/05/2008 às 01:21

    Em termos grossos, como as metáforas boleiras, Maradona é a metáfora do comunismo e Pelé a do capitalismo… daria pra gastar quatro teclados falando disso…

    e o Fluzão não é o Cruzeiro nem o Atlas…

  • 47. FERN  |  29/05/2008 às 12:18

    BOA PRESTES

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: