O River não pôde cruzar os Alpes

22/04/2008 at 12:39 28 comentários

O circo estava montado, num Centenário repleto, defumado pelo gás carbônico de queimadas que ultrapassaram o Rio da Prata. 40 mil bolsos, uma meia-dúzia de darseneros num canto da tribuna Olímpica. River líder, Nacional vice, jogando a preferência pelo título.

A equipe vermelha e branca era o encantamento de todos aqueles que admiram o desporto como arte. É uma pintura de velocidade e geometria. Um-dois, toque curto, deslize, negaça, drible, drible e corrida, corrida, corrida. São três os atacantes, pequenos, extremamente velozes, dois toques na bola e patada. Chutam, forte, não interessa de onde.

Assim conseguiram gols. Urretaviscaya, Souza e um combalido Giménez; Flores pelo meio; Bruno Montelongo por todos os lados. Aliás, guardem esse nome. Um baile impressionante. A defesa se fechava, tranquilamente; depois, ou fazia a ligação direta ou acionava Flores, para fazer a infiltração. Não parecia um time, parecia uma horda de mangudais ensandecidos para saquear a próxima aldeia. Era Aníbal chegando à Espanha e botando os romanos para correr. Era um fenômeno. Os zagueiros não sabiam para onde correr, o treinador queria se enterrar no chão, a torcida gritava “pongan huevos” mas colhões eram a única coisa que não faltava ao Nacional. Um, dois, 3 a 0, no primeiro tempo.

Carrasco, o porta-estandarte, seguia impassível na área técnica. Ordenava a continuidade dos ataques suicidas; os garotos obedeciam, é claro. Jogando sem meia cancha, na base do arranque e tentando aterrorizar o adversário até fazê-lo desistir chorando. Essa era a única tática. Carrasco, assim como Aníbal, não queria apenas conquistar o inimigo, mas alcançar a utopia, fazer os elefantes atravessarem os Alpes. Levou um gol solitário e chorado no final da primeira etapa, mas quem se importava? Chengue Morales nem comemorou.

Voltaram. O Nacional, a Roma assustada, com o poderio da mística e da camiseta. River, com a impetuosidade bárbara. Seguiu a marcha. 45 minutos restavam. Logo no princípio, um cruzamento quase aleatório da intermediária, Tuna Fornaroli encontra espaço, de chiripa, 3-2. Urra o Centenário. A nevasca aparece diante dos garotos de Carrasco. A hinchada rugia, mais uma bola parada da intermediária surgiu, a força aérea lá estava na área darsenera, e todo o peso da camiseta foi leve para o vôo de Victorino: 3-3. O momento era bolso. O River olhou para trás e viu García, Céspedes, Scarone, Espárrago, Gambetta, empurrando aquela camiseta centenária rumo ao impossível.

Que forças poderia ter o River Plate? Chegar até a meta tricolor era como escalar mais uma montanha. Antes, saíra o onipresente Montelongo para a entrada do veterano Abeijón. As corridas pelas pontas já não tinham mais volúpia. Eram garotos assustados querendo uma cama quente, um colo de mãe. Olhavam para trás e só viram a cabeçada de Romero, 4-3. Depois, Roberto Brum entrou e achou o ninho da coruja. 5-3. Saiu o triste Abeijón, expulso por socar alguém. ‘Y el tiki-tiki? La puta que los parió’, cantava a Colombes. No final, a síntese: Darío Flores na rua, fazendo falta de último homem, Victorino convertendo e fechando as cortinas do espetáculo.

6 a 3. Carrasco viu seus garotos destroçados como os elefantes alpinos. Os mangudais, sem flechas. As lágrimas trêmulas dos juvenis sem coragem de sair dos olhos. No quadro decano, a tarde acabou com uma certeza: se algum milagre tirar o campeonato, a honra está salva.


Pelusso saiu ovacionado pela torcida tricolor

O Peñarol venceu o Defensor, Martín Lasarte virou treinador do Danubio depois da equipe franjeada apanhar por 3 do horrível Bella Vista, o Racing subiu de vez. Quem se importa?

Primeiro tempo e segundo tempo de Nacional 6-3 River Plate.

Gols da Rodada

Resultados

River Plate 3 Nacional 6
Central Español 1 Tacuarembó 1
Fénix 2 Liverpool 3
Bella Vista 3 Danubio 0
Juventud 0 Rampla Juniors 0
Miramar Misiones 1 Cerro 1
Wanderers 2 Progreso 1
Defensor Sporting 0 Peñarol 1

Clausura

Nacional 27
River Plate 25
Peñarol 22
Defensor Sporting 21
Liverpool 20
Wanderers 13
Juventud 12
Progreso 12
Miramar M. 11
Cerro 11
Bella Vista 11
Tacuarembó 11
Central Español 10
Danubio 10
Fénix 6
Rampla Jrs. 6

Extasiado,
Luís Felipe dos Santos

Anúncios

Entry filed under: Nacionais.

O lenço, esse desconhecido Sem choro nem vela

28 Comentários Add your own

  • 1. Cassol  |  22/04/2008 às 13:25

    Que beleza de texto.

  • 2. Alisson Coelho  |  22/04/2008 às 13:58

    Concordo

  • 3. dante  |  22/04/2008 às 15:00

    achei o goleiro do river meio DE BOTÃO.

    alguém concorda?

  • 4. Gralha  |  22/04/2008 às 15:43

    Grande campeonato

  • 5. Luís Felipe  |  22/04/2008 às 15:43

    ele é muito bom goleiro, mas afundou como todo o time, e cometeu algumas falhas.

  • 6. Ernesto  |  22/04/2008 às 16:11

    Como tu viu ao vivo esse jogo, Luís Felipe? Algum canal da tv ou pela internet?

    abraço.

  • 7. Luís Felipe  |  22/04/2008 às 16:13

    vi pelo http://www.foroceleste.com. Pela internet, quase quadro a quadro, mas valeu muito a pena.

    aliás, obrigado pelo link dos gols.

  • 8. mardruck  |  22/04/2008 às 16:34

    Que texto bom!

  • 9. John McClane  |  22/04/2008 às 17:05

    legal esse site foroceleste.com! Tava vendo o jogo do liverpool agora, pena que trava muito, mas já quebra o gralho.

  • 10. Rômulo Arbo Menna  |  22/04/2008 às 17:46

    putz, perdi.
    bom texto

  • 11. Prestes  |  22/04/2008 às 18:48

    Ali no La Passiva, no Shopping Total (Poa), fica passando canais uruguaios de televisão. Passam jogos, não sei se freqüentemente, mas uma vez estava lá e passou um jogo. Olhar um joguinho e comer um rango lá é uma boa pedida.

  • 12. Marcos SL  |  22/04/2008 às 20:58

    Muito bom!!
    Tópico característico do Impedimento. É isso aí LF!!!

  • 13. Ismael  |  22/04/2008 às 22:04

    Pra quem analisa só o vídeo do jogo, concordo com o dante. O goleiro mais parece jogador de linha improvisado…

    Adoraria ter visto esse jogo ao vivo!!! Sensacional!!

    Texto muito bom como sempre…

  • 14. FERN  |  22/04/2008 às 23:16

    é isso que ia te perguntar LF donde tu vê???

    mas ja esperava o quadro-quadro do foroceleste que também passo por lá SEMPRE e é sempre quadro-quadro, mas vale.

  • 15. dante  |  23/04/2008 às 08:59

    valeu, ismael.

    até que enfim alguém que entende de futebol por aqui. lçksafgh

  • 16. ilgo  |  23/04/2008 às 09:07

    parabens LF, belo texto. O resultado mostra que o futebol bonito e ofensivo na hora H é superado pela força, marcação e preparo físico. Arte no futebol hoje é tão rara que quando acontece a gente fica pasmo.
    os mais jovens, entao, se impressionam com mais facilidade pq não viveram o tempo em que havia mais equilibrio entre a técnica e a força. hoje, a força se impõe. infelizmente

  • 17. FERN  |  23/04/2008 às 11:12

    ei, não é que pegou o PORTA-ESTANDARTE, jahhsgahgshagsh

    e destaque para vitoria do Wanderers que afundou LOS GAUCHOS do progesso que junto com M.M. e Fênix devm ir a DE SEGUNDA CHARRÚA

  • 18. uruguayo  |  24/04/2008 às 22:55

    fue un lindo partido river 3 nacional 6

    en el futbol brasilero tambie se ven lindos partidos

    en uruguay nos encanta ver futbol brasilero
    mucho nos gusta de rio grande do sul
    somos hermanos

    saludos y muy lindo el blog, sigan asi
    vendre seguido

  • 19. SALTOESBOLSO  |  24/04/2008 às 22:59

    brigado pela sua informacao no futebol uruguaio,

    nacional nacional

    o mais grande

  • 20. Matrer0  |  24/04/2008 às 23:33

    Buenísmo el blog… vamos con fuerza!!!!
    Felicitaciones y te visitaremos seguido!!!!!

  • 21. spc  |  25/04/2008 às 00:31

    Muy bueno el blog…

    Si ven un manya por ahi llamenos.

  • 22. Adrian  |  25/04/2008 às 10:15

    Soy bolso y es el mejor comentario que leí sobre el partido, mejor que cualquier periodista uruguayo.Parabens.El bolso es huevo, garra y corazón.

  • 23. abreuclavagallinas  |  25/04/2008 às 11:11

    nacional nacional

  • 24. Luís Felipe  |  25/04/2008 às 11:41

    gracias por los comentarios. Gracias Adrian!

  • 25. Marcao Montevideo-Uruguai  |  25/04/2008 às 12:18

    Eu sou aurinegro, mais asisti aquele jogo com meu Pai que è torcedor a morte de Nacional, 1er tempo ele estava apavorado, eu acho jà com alguma afecao ao coracao ! mais o segundo jà foi insoportavèl a alegrìa e o festejo.

    Foi uma partida increìvel de assistir ! meus parabebns para os “bolsilludos”…..

  • 26. Bolsoperdido  |  25/04/2008 às 12:53

    Felicitaciones para el redactor, estupendo relato de un gran partido de futbol.
    Mi alegria de bolsilludo se une al orgullo de haber mostrado un gran espectaculo del futbol uruguayo.
    Lo invito al redactor a comentar el partido del
    Miércoles en el GRAN PARQUE CENTRAL ante Sao Paulo por la Libertadores, saludos a todos.

  • 27. Tricolor  |  26/04/2008 às 00:30

    Nacional y Gremio lo mas grande de America

  • 28. Julio  |  13/08/2008 às 11:46

    Sou colorado, estive no uruguai e ví peñarol x liverpool, num estadio terrivel, grama não tinha, …
    foi dos melhores jogos que ví ao vivo, não pelo futebol apresentado, mas pelo espetaculo !
    peñarol é muita raça ! desde o goleiro reserva no banco até a criança ‘manya’ na arquivancada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

  • RT @p14nt40: Com esse resultado, Inter com chances de terminar a rodada no G4. Seria apenas a 5ª rodada em 17. Na série B, importa estar al… 2 hours ago
  • RT @fsmcruz: @impedimento No caso do Vitória acho que isso não basta. Vai ter que misturar com caco de vidro, soda caustica e ácido muriáti… 3 hours ago
  • Vocês aí discutindo tática e o que está resolvendo as crises de Inter e São Paulo é claramente o SAL GROSSO. 3 hours ago
  • A defesa do arqueiro do Oeste foi tão gigantesca que poderia ser vista até no Leste. perdão 3 hours ago
  • Deve doer para alguém de Itápolis que torcia pro clube local ver esse OESTE FC BARUERI na camisa de um time quase centenário que SE MUDOU. 3 hours ago

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: