O continente está pensando sobre a Copa

20/12/2007 at 10:31 37 comentários

As equipes avaliam seus adversários e tecem teorias sobre o tema da altitude. Sobram críticas para os critérios (ou a falta deles) estabelecidos pela Conmebol para posicionar os vencedores da repescagem. É o recorrido da peronha na América Latina, com os jornais do continente avaliando o sorteio de grupos da Libertadores 2008.

A competição, que desde o início contará com 38 times, terá 138 partidas que serão disputadas entre 30 de janeiro e 2 de julho. A fase eliminatória começa no dia 30 de janeiro e vai até 6 de fevereiro. O pontapé para a fase de grupos será dado no dia 13 de fevereiro. As finais serão disputadas nos dias 25 de junho e 2 de julho.

Argentina – O diário Olé destaca a altitude que será enfrentada pelos times argentinos na competição. Pior para o San Lorenzo, que jogará nos quase quatro mil metros de Potosí. O jornal argentino, a exemplo do Impedimento e de seus leitores, também questiona a organização do evento da Conmebol e indaga: “Com que critério se decide a posição dos ganhadores da Pré-Libertadores neste ou naquele grupo?”. (Olé)

Bolívia – O jornal El Mundo comemora a decisão da Conmebol de permitir que os times da Bolívia mandem seus jogos em casa, mesmo com a altitude, contrariando orientação da Fifa. O Ministro dos Esportes da Bolívia, Milton Melgar, assegurou também que as partidas as eliminatórias da Copa do Mundo serão disputadas em La Paz. “Não podemos parar o trabalho que iniciamos, de defender o tema da altitude, para que definitivamente se reverta a posição da Fifa”, disse. (El Mundo)

Equador – Os equatorianos também comemoram que poderão jogar bola enquanto os adversário sofrem de dor de cabeça e sangria no nariz. O Olmedo, que jogará a repescagem contra o Lanús, trouxe o treinador colombiano Armando Osma e pretende reforçar-se com atletas da Colômbia e, quiçá, da Argentina. (Mundo Hoy)

Chile – O mais importante para os clubes chilenos no sorteio de ontem foi saber que Boca Juniors e River Plate vão ao país delgado no ano que vem, enfrentar-se com Colo Colo, no caso do Boca, e com Universidad Católica ou Universidad Concepción, do River. O Audax Italiano gostou de jogar a primeira fora de casa contra possivelmente o Boyacá Chicó da Colômbia, mas sabe que vai ser osso cair depois no grupo do São Paulo, do Luqueño e do Atlético Nacional. (El Mercúrio)

Colômbia – Após o empate sem gols com o La Equidad na noite de ontem, o Atlético Nacional, que já era campeão do Apertura, papou também o Clausura. Resultado: abriu caminho para o Cúcuta ir para a fase de grupos e o Boyocá Chicó jogar classificatória contra o Audax Italiano.

Venezuela – Baita constatação do El Nacional: as equipes venezuelanas – Maracaibo, Mineros e Caracas – terão extremas dificuldades na Libertadores. (El Nacional)

Paraguai – O ABC Color lembra que as equipes paraguaias têm o comum o destino de enfrentarem times do Brasil na Libertadores do ano que vem. O Libertad considera que caiu no grupo mais forte, ao emparelhar-se com Fluminense, LDU e o vencedor de Arsenal e Mineros de Guayana. (ABC Color)

Peru – Enquanto o San Martín terá os argentinos do River pela frente, para o Bolognesi a luta será contra os brasileiros do Flamengo, destaca o diário peruano Expreso. O jornal também afirma que a Conmebol permitiu jogos nas alturas, favorecendo partidas disputadas em cidades como Cusco, Huaraz e Huancayo. (Expreso)

México – O Chivas, por enquanto único dos três times mexicanos definidos, não terá maiores complicações no seu grupo. É o que pensa o jornal El Universal. O time de Guadalajara terá pela frente Santos, San José e Cúcuta. O torneio que definirá as outras duas vagas mexicanas será disputado nos ESTADOS UNIDOS. (El Universal)

Uruguai – O Nacional está mais preocupado com o início precoce da competição do que com os adversários do grupo 4 (Flamengo, Bolognesi e vencedor de Cienciano e Montevidéu Wanderers). O clube terá de mudar o planejamento e deixar de realizar alguns amistosos na pré-temporada. Mauricio Larriera, treinador do Nacional, disse que a situação ficou boa para os três times uruguaios. Já Gustavo Dalto, treinador do Danubio, gostou que precisará fazer uma viagem ao Equador e duas a Buenos Aires, caso o Lanús passe para a fase de grupos. O atacante do Wanderers, Danilo Peinado, está na ponta dos cascos para passar pelo Cienciano e cair no grupo dos conterrâneos do Nacional. A altitude de Cusco não preocupa o jogador, que no ano passado viajou até lá com o Defensor. (El País)

Brasil – “Passar pelo Cerro não será o mais complicado para o Cruzeiro. Complicados são os adversários San Lorenzo e Real Potosí, se os mineiros tiverem que jogar a quase 4000 metros de altitude. Já o Flamengo tem só o Nacional para se preocupar, desde que não pegue o Cienciano em Cusco, outro sofrimento como em Potosí. Vamos ver se a novas regras da Fifa prevalecerão, como se espera. Para o Santos está mais ou menos tranqüilo, dependendo de quem venha a ser o adversário colombiano, porque o Chivas é respeitável. O São Paulo pegou moleza nesta fase. E o Fluminense está no grupo mais difícil, sem refresco, principalmente porque o Arsenal deverá ser o quarto membro.” (Juca Kfouri)

Daniel Cassol

Entry filed under: Libertadores.

Definidos os grupos da Libertadores Nobreza e galhardia no areião do Ramiro Souto

37 Comentários Add your own

  • 1. Larápio do Sanchotene  |  20/12/2007 às 10:47

    Cassol,

    Lembro-me apenas de que o Vélez caiu no grupo do Inter pelo fato de o Colorado ser o pior dos cabeça-de-chave brasileiro no ranking da Conmebol.

  • 2. Renato K.  |  20/12/2007 às 10:52

    Com ou sem critério, o SP deu sorte de novo. Falta agora fazer a lição de casa e não ficar empatando com os Audax da vida, pra não ter que decidir fora depois.

  • 3. Francisco Luz  |  20/12/2007 às 11:27

    Sanchotene, tem certeza?

    Me lembro de que, no sorteio para 2007, os brasileiros e argentinos eram cabeças de chave, e foi simplesmente sorteado que o vencedor do playoff 2 (digamos) entraria no grupo 4. Mas não foi relacionado ao ranking da conmebol.

    Como não vi o sorteio ontem, acredito que tenha mudado.

  • 4. Beto Borracho  |  20/12/2007 às 11:28

    Copa Santander Libertadores da América. Aonde isso vai parar?

    Que saudade das antigas Libertadores. Quando a Rede Globo ainda não tinha transformado “La Copa” nesse programa de freiras. Que saudade dos estádios argentinos lotados, dos “Calderones del Diablo”, de La Plata e de Avellaneda. Que saudade do Centenário enfumaçado, gelado e enlameado. De Victorino e De Leon, de Morena e Spencer. Qualquer time que hoje tivesse Billardo, Dinho ou Simeone seria preso em campo. Aliás, na Libertadores se chegou ao cúmulo de se prender um jogador em campo.

    “Se a final for entre brasileiros, a Taça será entrego pelo Selton Melo e Fernanda Torres” diretor executivo do Banco Santander. É tão ridículo que não é nem engraçado. É triste.

  • 5. Larápio do Sanchotene  |  20/12/2007 às 11:39

    Pelo visto, o único critério estabelecido é o que eu citei acima.

    Outros dois prováveis critérios:

    a) o Estudiantes, por ser o 3º argentino no ranking, deveria pegar um dos argentinos da Repescagem (Lanús ou Arsenal), a exemplo do que ocorreu com o Flamengo no ano passado, 3º brasileiro, que recebeu o Paraná no seu grupo; e

    b) o outro argentino da Pré deveria cair em grupo com cabeça-de-chave brasileiro (Arsenal e Fluminense, este ano; Santos e GELP, no passado).

    O resto, é na sorte das bolinhas…

    P.S.: A inversão entre brasileiros e argentinos se dá pelo fato do atual camepão ser daquele país, enquanto no ano passado era daqui.

  • 6. Larápio do Sanchotene  |  20/12/2007 às 11:40

    Luz, tenho absoluta certeza de que o Vélez OBRIGATORIAMENTE estaria no grupo do Inter.

  • 7. Luís Felipe  |  20/12/2007 às 11:41

    não faz o menor sentido, Sancho. O Nacional tem três libertadores e não foi cabeça de chave.

  • 8. Luís Felipe  |  20/12/2007 às 11:42

    além do mais, o ranking da Conmebol não é atualizado desde 2005!!!!

  • 9. Luís Felipe  |  20/12/2007 às 11:44

    Qualquer time que hoje tivesse Billardo, Dinho ou Simeone seria preso em campo.

    eu sei onde esse “saudosismo” vai chegar…

  • 10. Larápio do Sanchotene  |  20/12/2007 às 11:47

    Felipe, os cabeças-de-chave são sempre 4 brasileiros e 4 argentinos.

  • 11. Luís Felipe  |  20/12/2007 às 11:54

    o que é um tremendo erro.

    olha só, Sancho: em 2006, dois grupos tinham um brasileiro e um argentino. O grupo do Goiás, com o Newell’s, e o grupo do River com o Paulista de Jundiaí. Se fosse pelo ranking, isso indicaria que o Inter estaria na frente do River Plate no ranking, o que não era verdade em 2005.

    Além do mais, me parece no mínimo varzeano uma entidade usar um ranking que não é atualizado há dois anos para basear alguma coisa.

  • 12. Luzardo  |  20/12/2007 às 11:55

    Não entendi a bronca do saudosismo com o Santander. O Santander entrou este ano substituindo a Toyota, que patrocinou a Libertadores nos últimos dez anos e organizou um certo campeonato, bastante valorizado, desde 1980 até que a FIFA assumir.

  • 13. Daniel Cassol  |  20/12/2007 às 11:59

    A Toyota dava um carro pro melhor da final. Agora que o Santo André patrocina a Libertadores, vão abrir uma conta bancária pro vivente?

  • 14. douglasceconello  |  20/12/2007 às 12:01

    Caras, desistam de entender o regulamento e os critérios de sorteio da Conmebol. Aí é que está o charme, a tabela simplesmente aparece pronta.

  • 15. Larápio do Sanchotene  |  20/12/2007 às 12:03

    Felipe, o ranking da Conmebol é por país isoladamente. Por ele, não se pode comparar River e Internacional, p.e.

    Quanto ao critério de cabeças-de-chave, não fiz juízo de valor. Só disse qual era, de fato.

    Luzardo, a Toyota jamais organizou torneio algum. A competição era da UEFA e da Conmebol. A Toyota passou a pagar a conta a partir de 1980 e segue pagando até hoje…

  • 16. Flávio  |  20/12/2007 às 12:12

    Se não me engano, o contrato de patrocínio da Toyota com o Mundial expirou este ano e não foi renovado. Kaká pode ter sido o último ganahdor do carrão.

  • 17. joão carlos  |  20/12/2007 às 12:20

    HOSTED by fifa

  • 18. Luís Felipe  |  20/12/2007 às 12:22

    Felipe, o ranking da Conmebol é por país isoladamente. Por ele, não se pode comparar River e Internacional, p.e.

    Quanto ao critério de cabeças-de-chave, não fiz juízo de valor. Só disse qual era, de fato.

    deixa o juízo de valor comigo, então: faz sentido, mas é dez vezes mais absurdo deste critério.

    digamos que numa Libertadores se classifiquem o São Caetano, campeão da Copa do Brasil, e o Ipatinga como quarto colocado.

    o São Caetano vira cabeça de chave, pelo ranking da Conmebol, no qual está na frente do Ipatinga. Mas na Argentina, se classificam Boca, River, Racing, Independiente e Estudiantes.

    temos um grupo onde o São Caetano é cabeça de chave e o Racing vai pro sorteio!

    Isso sem falar na injustiça com Nacional, Olímpia, Peñarol…

    bom almoço pra vocês.

  • 19. Larápio do Sanchotene  |  20/12/2007 às 12:33

    O Campeão da Copa do Brasil é cabeça-de-chave por ser Brasil 2, não é pelo ranking.

  • 20. Larápio do Sanchotene  |  20/12/2007 às 12:34

    No ano passado, Banfield e GELP foram cabeças-de-chave e o Vélez, por ser Argentina 5, foi para a Repescagem.

  • 21. Marco  |  20/12/2007 às 12:43

    Sem o Gremio, essa Libertadores não presta! Viva a Copa do Brasil!

  • 22. Gabriel Teixeira  |  20/12/2007 às 13:05

    Abel Braga pediu Edmundo. aiehjaiuehaiuehauiehaiuseaiea

  • 23. mardruck  |  20/12/2007 às 13:15

    Sem o Bangu essa Libertadores não presta.

  • 24. Araã  |  20/12/2007 às 13:19

    A quantas anda o Red Bull Juventude?

  • 25. Gustavo  |  20/12/2007 às 13:29

    Ouvi dizer que mudaram de idéia, e o nome vai ser Juventude Vinhos Canção.

    Que será apelidado de Junção.

  • 26. Lila  |  20/12/2007 às 13:37

    Sem o Bangu essa Libertadores não presta.

    Que nada. Cardosão eterno.

  • 27. FERN  |  20/12/2007 às 13:44

    GENTE QUANTO A RANKING, TINHA UM MUY BEM ELABORADO QUE JA NÃO ATUALIZAVA A PELO MENOS UM ANO, MAS A DERROTA FRAGOROSA DO BOCA E O CENTENÁRIO DE NIEMEYER ME FIZERAM RELEMBRAR O COITADO QUE JA ESTÁ ATUALIZADO E POSTAREI EM BREVE.

    qual é o valor do Banrisul em Grêmio e Internacional?

    magazine luiza oferece 14 mi pro curinthians.

    naõ quero iggual e nem perto, pois sei a diferença de ser de SP e ser um mero club gaúcho, mas queria saber quanto é pra ver se a tão celebrada gestão finaceira do Grêmio é isto tudo mesmo.

  • 28. dante  |  20/12/2007 às 14:08

    sem o inter, essa libertadores vai ser barbada.

    fsçflsflçsdlklsdfsdf

  • 29. Marco  |  20/12/2007 às 14:15

    Bela frase dante…

  • 30. Gabriel  |  20/12/2007 às 14:20

    concordo com o Dannte, e dá até saudades de ver o colorado na Copa…
    Não da nada, em 2009 estamos de novo!

    Li que o Inter vai levar uma proposta de mkt pra arabia e tentar fazer uns negocios com o complexo beira-rio, patrocinio em camisetas e tudo mais, alguem sabe algo sobre isso?

  • 31. Francisco Luz  |  20/12/2007 às 14:42

    Sim, Gabriel. “Li que o Inter vai levar uma proposta de mkt pra arabia e tentar fazer uns negocios com o complexo beira-rio, patrocinio em camisetas e tudo mais”

    Por enquanto é isso que foi divulgado, mesmo. Tu está tão bem informado quanto eu, hdjsgdsa

  • 32. Otávio Niewinski  |  20/12/2007 às 16:58

    “Li que o Inter vai levar uma proposta de mkt pra arabia e tentar fazer uns negocios com o complexo beira-rio, patrocinio em camisetas e tudo mais, alguem sabe algo sobre isso?”

    Porra, também isso é o MÍNIMO que poderiam fazer, né…

  • 33. bruno  |  20/12/2007 às 19:31

    grêmio x peñarol hoje às 23h no Sportv

    abrass

  • 34. Egon  |  21/12/2007 às 00:39

    http://esportes.terra.com.br/interna/0,,OI2167272-EI2055,00.html

    bom, daí cai a casa…

  • 35. Gralha  |  21/12/2007 às 16:18

    FERN lançará seu ranking particular em breve, aquele que valerá quando ele assumir a FIFA

  • 36. Felipe catarina  |  21/12/2007 às 18:38

    Tá no original (http://www.as.com/futbol/articulo/futbol-libertadores-estudia-acoger-equipos/dasftbmft/20071220dasdaiftb_69/Tes):

    Argentina es el país suramericano que más equipos aportará a la próxima edición de la Liberatadores: seis. Además de Boca Juniors, que acude a defender su título, estarán Estudiantes de la Plata, San Lorenzo, River, Arsenal y Lanús. Brasil es el segundo país que pondrá más equipos en liza: Fluminense, Sao Paulo, Santos, Flamengo y Cruzeiro. El resto de los países suramericanos (Bolivia, Chile, Colombia, Ecuador, Paraguay, Perú, Uruguay, Venezuela y México) aportarán tres equipos cada uno. La idea, aún en embrión, es que algún equipo norteamericano pueda jugar algún día la Copa Libertadores: ¿Los Galaxy de Beckham?…

    Não tem ninguém falando sobre a entrada dos ianques na Libertadores, apenas o cara jogou no ar e o Terra comprou. Mas como eles já jogam a Sul-americana, acho que isso não tá muito longe não. Quem sabe assim o Beckham aprende a jogar bola.

  • 37. FERN  |  22/12/2007 às 21:05

    F.BARRIGA VERDE, TEM SIM, EU VI A ALGUNS MESES ATRAS UMA RNTREVISTA DO DONO DA MLS DIZENDO QUE ESPERA EM 2010 ESTÁ PREPARADO PARA COMEÇAR AS TRATATIVAS COM A CONMEBOL

    E O GRALHA ESTÁ LIGADO! sasdadsafdgsdfdgaskkkkkkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Especial – Libertadores 2011

A bola da ImpedCopa

Toco e me voy

Feeds

web tracker

%d blogueiros gostam disto: